UFSC Explica: República como forma de governo

14/11/2018 19:15

República como forma de governo” é o tema da segunda edição da série “UFSC Explica”. Foram convidados três professores da universidade para abordar o assunto a partir de suas diferentes áreas de conhecimento: Adriano Luiz Duarte, do departamento de História; Aylton Barbieri Durão, do departamento de Filosofia; e Tiago Bahia Losso, do departamento de Sociologia e Ciência Política. Confira o vídeo aqui.

A república é um regime político que amplia a participação popular? Quais são os elementos da monarquia, da aristocracia e da democracia na república brasileira? Quando e onde a república como categoria política foi formulada pela primeira vez? Qual a relação entre interesse público e interesse privado em um regime republicano? Essas são algumas das perguntas que os pesquisadores da universidade respondem no vídeo.

UFSC Explica

A série UFSC Explica tem por objetivo apresentar perspectivas acadêmicas, com a participação de pesquisadores da Universidade, sobre temas relevantes e em evidência na atualidade. O assunto da primeira edição em vídeo da série foi “Liberdade de Cátedra“, que está disponível aqui.

Em audiência com estudantes, Administração Central encaminha reativação do Fórum de Segurança

14/11/2018 18:43

Hall da Reitoria recebeu audiência entre estudantes e Administração Central. (Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC)

“Na sessão ordinária [do Conselho Universitário da UFSC] de 27 de novembro entrarão em pauta duas questões: a composição de um Fórum de Segurança e a solicitação de manifestação do Conselho quanto aos eventos que aconteceram entre os dias 1º e 2 de novembro”. Com essas palavras, o chefe de Gabinete da Reitoria da UFSC, Áureo de Moraes, firmou o consenso entre os participantes da audiência pública entre a Administração Central da Universidade e seus estudantes de graduação.

A audiência, realizada na tarde de quarta-feira, 14 de novembro, a partir das 13h no hall do prédio da Reitoria, foi um pedido do Conselho de Entidades de Base (CEB) da UFSC, que reúne todos os Centros Acadêmicos da instituição. A solicitação se deu após diversas denúncias de estudantes quanto à ação da Polícia Militar (PM) no campus central, na madrugada do último 2 de novembro. Na ocasião, os presentes relataram intimidação, ameaças e violência física, com tiros de bala de borracha, contra os estudantes. A reitoria da UFSC informou que aguarda relatório da PM para se manifestar sobre o incidente.
(mais…)

Direitos indígenas e atual conjuntura política: ‘Hoje, como sempre, é um dia de luta’

14/11/2018 17:47

O aluno Jafe Sataré-Mawé abriu o debate sobre direitos indígenas no atual cenário político do Brasil, no CSE da UFSC

O debate entre estudantes e lideranças indígenas, representantes do Ministério Público Federal (MPF) e da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) no início da tarde desta quarta-feira, 14 de novembro, no Auditório do Centro Socioeconômico (CSE), evidencia uma preocupação social na iminência de um novo cenário político no Brasil, somada à luta constante dos povos originários pela vida, pela conservação das florestas, dos rios e do ar, por suas aldeias, costumes, línguas e tradições.

Trajando cocar e colar indígenas, o aluno de Direito Jafe Sataré-Mawé abriu o evento. De início, proferiu palavras na língua nativa e ressaltou que a Associação dos Estudantes Indígenas da UFSC, promotora do evento, irá fazer de 2019 um ano de luta, bem próximo do que diz seu lema “Se fere minha existência, eu serei resistência”. Falou que “a atual conjuntura política não é das melhores, nem favorável ao povo indígena”, frequentemente direitos são violados, a violência é sentida e sofrida, e a negligência do Estado se faz presente na demarcação de terras tradicionais, ou seja, em territórios sagrados.

“Hoje, como sempre, é um dia de luta”. A frase dita por Jafe demonstra que há tempos os índios são massacrados, disseminados, alvos de ataques sistemáticos, e resistem pelos que já se foram e para as futuras gerações. “Querem instituir um marco temporal que contrariam as regras e as normas dos direitos humanos internacionais e interamericanos. “Não aceitamos tamanho desrespeito para com nossas comunidades, nossas mulheres e crianças, no sentido que nós, povos indígenas, temos nossa própria maneira de pensar”, enfatizou. E, juntamente com outros representantes Guarani, Xokleng e Kaingang foi apresentado um ritual tribal.
(mais…)

Espetáculo ‘Luz em Einstein’ reestreia no Teatro da UFSC, no projeto Cena Aberta

14/11/2018 17:00

O espetáculo “Luz em Einstein”, com o Grupo Pesquisa Teatro Novo, reestreia nos dias 9, 10, 11, 16, 17 e 18 de novembro, de sexta a domingo, às 20 horas, no Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha). A peça tem texto e direção de Carmen L. Fossari, profissional de teatro do Departamento Artístico Cultural (DAC)/SeCArte da UFSC. Essas apresentações integram a programação do projeto Cena Aberta, realizado pelo DAC. Os ingressos são gratuitos e serão distribuídos na bilheteria do teatro, que abre uma hora antes do início do espetáculo.

A peça foi apresentada pela primeira vez no ano passado, mas, segundo Carmen Fossari, diretora do espetáculo, estas novas apresentações são reestreia “porque damos uma nova configuração à montagem. Há a presença de novos atores e a peça sai do palco italiano para ser realizada no mesmo plano do público, com algumas cenas inseridas ao meio do público; tais mudanças implicaram um novo processo de montagem, o que aconteceu durante o transcorrer do ano em curso”.
(mais…)

Novembro lilás: CCA desenvolve atividades de enfrentamento à violência contra a mulher

13/11/2018 18:13

O projeto de extensão “Novembro Lilás: CCA/UFSC pelo enfrentamento da violência contra a mulher” realiza nos dias 21, 22 e 23 de novembro palestras e oficina voltadas à temática do novembro lilás. O  projeto está inserido na campanha mundial “16 dias de Ativismo de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, que busca conscientizar a população sobre os diferentes tipos de agressão contra as mulheres em todo o mundo. A campanha é realizada em escala mundial e contempla o Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher e o dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que também tem o objetivo de propor medidas de prevenção e combate à violência, além de ampliar os espaços de debate com a sociedade.

Todas as atividades são gratuitas, abertas ao público e certificadas. Para participar das atividades oferecidas basta se inscrever pelos link informados, ou, realizar a inscrição no momento da atividade, conforme a programação que segue abaixo:
(mais…)

Cumplicidade como alicerce para a construção das narrativas literárias: e-book comemora 90 anos de Eglê Malheiros

13/11/2018 09:25

Eglê Malheiros em Salim Miguel. Salim Miguel em Eglê Malheiros. A escrita de um está viva na obra de outro, e vice-versa. Não há como desassociar que a fala, os traquejos e os trejeitos dos autores se mesclam em suas obras e são sentidos pelo leitor ao passar os olhos pelas palavras vivas dos escritores.

A cumplicidade é vívida a partir de janeiro de 1948 quando o poema de Eglê, “Nove badaladas repletas de luar…”, publicado na página 3, e o Editorial de Salim que salienta a publicação de ideias, compõem a primeira edição da Sul – Revista do Círculo de Arte Moderna. Os 14 textos publicados nessa primeira edição por jovens intelectuais catarinenses do Grupo Sul representam o debate de ideias em torno da literatura, com o sentido artístico, mas sem desvencilhar da visão crítica em torno de aspectos políticos, econômicos e sociais aos quais a sociedade local passava: “O homem moderno não pode ignorar, totalmente, a maravilhosa complexidade e as reais transformações da vida que o rodeia, nem as <realidades psicológicas> da sua própria vida. […] O Sul, que hoje apresentamos, em Florianópolis, se propõe, na medida das coisas possíveis, revelar os valores novos e acompanhar as ideias do mundo atual no campo da filosofia, da ciência, da cultura e, principalmente, no campo das letras e das artes”, diz o diretor Anibal Nunes Pires.

Ideias e literatura compuseram os 30 números da revista do Grupo Sul, finalizada em dezembro de 1957. Neles, a participação de Eglê Malheiros é constante e fundamental: “A Eglê e o Salim, e talvez mais um ou dois dos intelectuais, são as pessoas que atuaram do início ao fim da revista. Destaque para a Eglê, que é a única presença feminina do início ao fim”, revela Luciana Rassier, professora vinculada ao Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras (DLLE) da UFSC e pesquisadora das obras do casal e do Grupo Sul desde 2004.

O e-book ‘Manhã e Outros Poemas’ é uma edição comemorativa aos 90 anos da autora que “reúne toda a sua obra poética: o material publicado em Manhã (seu primeiro e único livro no gênero, de 1952), na Revista Sul, em coletâneas ou na imprensa, como também poemas inéditos que estavam entre seus guardados”, revela o texto de apresentação da coletânea.

Disponibilizado em julho de 2018, o material foi organizado por Sônia Malheiros Miguel, filha do casal, e o projeto visual ficou a cargo da neta Atiaia Sant’Anna Miguel, que usou como inspiração a capa original de Manhã (1952) criada por Carlos Scliar. “O livro é resultado de uma produção caseira realizada com muito afeto, que envolveu filha e filhos, noras, netos e netas”, diz a apresentação do e-book, sendo que o levantamento, a garimpagem e a organização do material encontrado foram feitos por Sônia. Integram, ainda, a publicação três textos: um da nora Regina Dalcastagnè, um do filho Luis Felipe Miguel e outro do neto Jorge Luiz Miguel.
(mais…)

Ações Afirmativas e Permanência Estudantil são temas de Fórum na UFSC

12/11/2018 18:13

Na manhã desta segunda-feira, 12 de novembro, foi realizada a abertura do “I Fórum de Ações Afirmativas e Permanência Estudantil da UFSC”. O evento, organizado pelo Comitê Institucional de Ações Afirmativas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), propõe-se a promover um espaço de debate sobre questões centrais de acesso e permanência dos estudantes da UFSC e construir propostas de consolidação de uma política institucional que agregue as ações afirmativas e a permanência, mais aproximada da realidade dos estudantes.

A mesa de abertura do evento contou com a participação do reitor Ubaldo Cesar Balthazar, dos pró-reitores, Pedro Luiz Manique Barreto (PRAE) e Alexandre Marino Costa (Prograd), da secretária, Francis Solange Vieira Tourinho (SAAD), da presidente do Comitê Institucional de Ações Afirmativas UFSC, Claudia Priscila Chupel, e da representante dos estudantes indígenas, Débora Priprá. “Estamos passando do momento de discutir essas políticas, precisamos institucionalizá-las. Temos que trabalhar na universidade com uma política que não dependa do governo”, ressaltou o reitor. Para Ubaldo, essas políticas não podem estar atreladas a um governo, elas devem ser ações de Estado.

Reitor, Ubaldo Cesar Balthazar, participou da mesa de abertura do Fórum. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

O pró-reitor Pedro Luiz Manique Barreto (PRAE) também enalteceu a necessidade de institucionalização da assistência estudantil, que atualmente é regulada por decreto e precisa de uma regulação mais sólida. Barreto destacou os quatro objetivos do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) (I – democratizar as condições de permanência dos jovens na educação superior pública federal; II – minimizar os efeitos das desigualdades sociais e regionais na permanência e conclusão da educação superior; III – reduzir as taxas de retenção e evasão; IV – contribuir para a promoção da inclusão social pela educação;) e 10 ações para consolidá-los (I – moradia estudantil; II – alimentação; III – transporte; IV – atenção à saúde; V – inclusão digital; VI – cultura; VII – esporte; VIII – creche; IX – apoio pedagógico; X – acesso, participação e aprendizagem de estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades e superdotação;).
(mais…)

Evento do projeto Gestão Amiga debate empreendedorismo e gestão de negócios

12/11/2018 15:46

Os estudantes da 8ª fase do curso de graduação em Administração da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizam no dia 21 de novembro, quarta-feira, das 8h30 às 11h30, no Auditório do Centro Socioeconômico (CSE), a mesa redonda ‘Aprendendo a empreender na prática’. A atividade faz parte do projeto Gestão Amiga, desenvolvido pelos estudantes para a disciplina Gestão de Projetos.

O objetivo da mesa é apresentar a experiência vivida durante a aplicação do projeto, realizado entre microempreendedores e alunos. Em seguida, os professores Gilson Karkotli, Ani Caroline G. Potrich e Marcos Abílio Bosquetti participam de uma roda de conversa sobre a importância, questões jurídicas, plano de negócios e finanças do Microempreendedor Individual (MEI) no Brasil.

Segundo Ana Flávia Justino, gerente do projeto, o trabalho coloca os estudantes em contato com a prática, por meio de ações que envolvem a sociedade. “Nós, futuros administradores, decidimos que o nosso projeto faria consultorias aos pequenos empreendedores como forma de aprimorar e aprender com as práticas já utilizadas por eles”.
(mais…)

Laboratório da UFSC estuda os impactos das mudanças climáticas nos ecossistemas marinhos e costeiros

12/11/2018 15:04

O Laboratório de Biodiversidade e Conservação Marinha do curso de Oceanografia e do Núcleo de Estudos do Mar da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) tem realizado estudos pra entender como as mudanças climáticas estão afetando organismos e ecossistemas marinho-costeiros, como os estuários, as baías e as lagoas. O professor Paulo Pagliosa, coordenador do laboratório, afirma que na região das baías da Ilha de Santa Catarina (Baías Norte, Sul e Tijucas) é emblemática a perda da biodiversidade, de recursos pesqueiros e seus bens e serviços ecossistêmicos, apontando para uma crise hídrica, energética e alimentar. Essa perda de espécies tem acontecido por duas causas principais, uma mais local, por conta das modificações ambientais causadas pelo aumento populacional nas cidades costeiras, e outra de escala mais ampla, relacionada com as mudanças climáticas globais, que também são causadas pelas atividades humanas.
(mais…)

Últimos dias: inscrições para Educação do Campo e vagas suplementares a negros, indígenas e quilombolas

12/11/2018 14:30

A Comissão Permanente do Vestibular (Coperve) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulgou os editais referentes às inscrições aos processos seletivos para a licenciatura em Educação do Campo e para as vagas suplementares destinadas ao grupo etnicorracial negro, indígenas e quilombolas.

As inscrições para as vagas suplementares devem ser realizadas até esta terça-feira, 13 de novembro.

As inscrições para licenciatura em Educação do Campo devem ser realizadas até 21 de novembro.

Mais informações na página da Coperve.

 

 

UFSC realiza testes com fumaça para detectar origem das águas que chegam aos córregos na instituição

12/11/2018 12:25

A Coordenadoria de Gestão Ambiental da UFSC, com a ajuda de uma equipe da Casan, irá realizar testes de fumaça para identificar a origem das contribuições pluviais ainda não identificadas aos córregos da UFSC. A operação será nesta terça-feira, 13 de novembro, a partir das 9h30. A equipe irá utilizar um equipamento insuflador de fumaça, com pressão suficiente para atingir até 400 metros de distância. A fumaça não é tóxica, sendo atestada pelos órgãos de controle, mas poderá gerar incômodo visual próximo aos locais de saída de fumaça ou ser confundida com incêndio.

A operação visa identificar a origem das águas que chegam aos córregos da UFSC, indicando se provenientes de tubulações pluviais (da chuva) ou de esgoto. A fumaça será injetada nas tubulações no ponto de chegada aos córregos, irá percorrer as tubulações até sair pelos pontos altos, como bueiros, tampas, e podem até mesmo sair por pias, ralos, e demais instalações hidráulicas que contribuem aos córregos irregularmente.

A verificação das redes de drenagem da UFSC com aplicação de fumaça inicia às 9h30, na ponte nos fundos da Editora da UFSC. A equipe irá percorrer o trecho até a ponte entre o Centro de Eventos e a Reitoria, abrangendo as seguintes edificações: EGR, Editora da UFSC, NUMA, Centro de Eventos, LabCAL, Arquitetura, Fundação Certi e CDS. Somente neste trecho, há oito pontos de lançamento no córrego onde não há identificação da origem. Os trabalhos devem se estender até as 17h. 
(mais…)

Seminário internacional debate mídia, política e credibilidade jornalística

12/11/2018 08:33

Refletir o papel do jornalismo na cobertura das eleições brasileiras 2018 e a credibilidade da informação divulgada para a sociedade são os objetivos do “Seminário Internacional: mídia, política e credibilidade da informação jornalística”. O evento gratuito ocorrerá no dia 30 de novembro, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis. Entre os convidados estão o pesquisador colombiano Germán Ortiz-Leiva (Universidad del Rosário, Bogotá) e o editor-executivo do The Intercept Brasil, Leadro Demori.

Duas mesas redondas irão compor a programação que marca os nove anos de fundação do Observatório da Ética Jornalística (objETHOS) da UFSC. A primeira, “Credibilidade jornalística”, será entre 9h30 e 12h30. Contará, como palestrante, com o professor Francisco Belda, da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), como debatedor, com Jacques Mick, professor do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPGJOR) da UFSC e pesquisador do objETHOS, e, como mediadora, com a professora de curso de jornalismo da faculdade Bom Jesus/Ielusc, em Joinville (SC), Lívia Vieira. Belda falará, dentre outras questões, sobre sua experiência como coordenador do “Projeto Credibilidade” no Brasil, que busca aferir atributos de credibilidade jornalística em meios digitais.
(mais…)

‘I Seminário de Pesquisa em Esporte e Mídia’ ocorre no Centro de Desportos dia 12

08/11/2018 17:43

O “I Seminário de Pesquisa em Esporte e Mídia” ocorre no dia 12 de novembro, a partir das 10h, no auditório do Centro de Desportos da Universidade Federal de Santa Catarina (CDS/UFSC). A atividade tem o objetivo discutir as relações estabelecidas na sociedade contemporânea entre o esporte, a educação física e a mídia. O evento é promovido pelo Centro de Desenvolvimento de Pesquisas em Políticas Públicas de Esporte e Lazer de Santa Catarina (Rede CEDES-SC) e pelo Laboratório e Observatório da Mídia Esportiva (LaboMídia). Serão emitidos certificados de 6 horas aos participantes.

Mais informações no link.

(mais…)

Abertura da exposição fotográfica ‘Coisas estranhas acontecem…’ será realizada dia 12

08/11/2018 10:19

A exposição fotográfica “Coisas estranhas acontecem…” será realizada nesta segunda-feira, dia 12, às 19h no Hall da Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Serão expostas 32 fotos produzidas por alunos da oficina de Fotografia Digital, ministrada por Rosana Cacciotore, no Departamento Artístico Cultural (DAC) da UFSC. A exposição é gratuita, aberta à comunidade e poderá ser visitada de segunda a sexta-feira, das 7h às 20h, até o dia 22 de novembro.

Sobre a exposição

A exposição “Coisas Estranhas Acontecem…” é resultado de um exercício prático realizado por estudantes da oficina de Fotografia Digital do Departamento Artístico Cultural, durante o segundo semestre de 2018. Serão expostas 32 fotografias, tamanho A3, em papel couchê, divididas em seis séries temáticas de naturezas mortas (cenas preparadas a partir de objetos imóveis), exceto uma, a última, que retrata uma paisagem (cena encontrada).

Segundo Rosana, o processo de criação se deu a partir de objetos trazidos pelos alunos, cujo objetivo era produzir imagens fotográficas que, de alguma forma, dissessem algo sobre o momento histórico que vivemos. Os objetos, nas naturezas-mortas, foram associados poeticamente, sem conclusões prontas, por conexões impensadas, resultando imagens que sugerem estranheza na sua leitura.
(mais…)

Fotovoltaica UFSC e Nissan levam baterias de lítio de segunda vida para o Salão do Automóvel 2018

07/11/2018 16:19

Baterias usadas do Nissan LEAF estão sendo utilizadas no Salão do Automóvel para iluminar a sala VIP do stand da Nissan. (Foto: Divulgação)

Laboratório Fotovoltaica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desenvolve, de 8 a 18 de novembro, atividades com a parceira Nissan do Brasil, durante o Salão do Automóvel 2018. A empresa e a UFSC firmaram uma parceria, em agosto, para o teste de baterias de segunda vida do veículo 100% elétrico mais vendido do mundo, o Nissan LEAF.

A parceria visa iniciar estudos de soluções futuras para as baterias de segunda vida. Para isso, a Nissan cedeu à UFSC, inicialmente, seis baterias de veículos Nissan LEAF, que foram usados como táxis em São Paulo e no Rio de Janeiro como parte de um projeto especial da empresa entre 2012 e 2016. A aplicação principal a ser testada é o armazenamento de energia solar fotovoltaica para uso durante o período noturno, quando a tarifa de energia elétrica é mais cara.

Para demonstrar a aplicação das baterias de segunda vida, durante o Salão do Automóvel, a iluminação da sala VIP do stand da Nissan será toda energizada com baterias retiradas de unidades do Nissan LEAF. Serão utilizadas 35 unidades de armazenamento (um carro possui 48) divididos em 5 módulos de baterias. A capacidade de armazenamento desses módulos é de 14kWh de energia elétrica, o suficiente para sustentar uma residência brasileira típica por mais de dois dias. Uma tela voltada para o corredor lateral do estande mostrará a quantidade de energia consumida em gráficos para que o público consiga ter parâmetros do sistema.
(mais…)

Programa Estratégico de Advocacia Preventiva é lançado pela Procuradoria Federal junto à UFSC

07/11/2018 10:44

A Procuradoria Federal junto à Universidade Federal de Santa Catarina (PFUFSC) realizou o lançamento do Programa Estratégico de Advocacia Preventiva (PEAP) na manhã desta terça-feira, 6 de novembro, no Auditório do Centro Socioeconômico (CSE). Como primeira ação do programa, 123 servidores federais participam até quinta-feira, 8, do curso Controle Externo da Administração Universitária.

O objetivo do programa é a resolução preventiva de conflitos e o aperfeiçoamento da qualidade do suporte jurídico aos agentes públicos. Segundo Juliano Scherner Rossi, procurador chefe junto à UFSC, o enfoque é diferenciado porque estimula uma atitude proativa no sentido de melhorar e autocuidar. “Além da redução de litígios e de conformidades com a legislação, pensamos também na redução de perdas. O foco é diferenciado no âmbito da Advocacia da União, pois falamos também em minimização de perdas como riscos reputacionais. Ao estruturar o programa desta maneira conseguiremos auxiliar a universidade e a administração pública de modo a conduzir seus objetivos de modo mais seguro”.

A advocacia preventiva dará maior segurança jurídica e controle preventivo da legalidade e legitimidade de forma clara, uniformizada e em caráter proativo. Para o reitor da UFSC, Ubaldo Cesar Balthazar, iniciativas como essa encorajam o gestor na tomada de decisão. “Neste um ano na Reitoria da UFSC tenho observado que as pessoas estão receosas em assumirem cargos de gestão e tomar decisões porque os tempos em que vivemos gera uma insegurança muito grande. Cursos como esse certamente ajudarão os nossos gestores a conhecerem um pouco sobre os problemas e conflitos na tomada de decisão. Que esse seja um momento de aprendizado, de conhecimento e, principalmente, de perder o medo”, frisou ele aos presentes.
(mais…)

Simulações com hologramas são utilizadas em pesquisa para o ensino de geometria

05/11/2018 12:20

Parece ficção científica, mas o uso de hologramas no ensino de matemática é apenas uma boa dose de criatividade aliada a uma metodologia inovadora. A ideia de Rafael Lisboa, professor do Colégio de Aplicação da UFSC e doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica, é utilizar o método no Laboratório de Matemática e disseminá-lo para outros educadores.

O uso de um simulador de hologramas tridimensional surgiu quando Lisboa estava envolvido num projeto de formação de professores. “A gente buscava recursos na internet, alguma coisa que pudesse trazer um diferencial para a sala de aula, motivador, mas que também tivesse um impacto significativo no engajamento do aluno com o conteúdo. Então observei que existia um recurso que imitava um holograma”, conta o professor.

Lisboa levou a ideia aos estagiários que orientava no Colégio de Aplicação e propôs um primeiro ensaio do uso de hologramas para o ensino de geometria. Para formar o “holograma”, o professor aponta que são necessários um computador conectado a uma televisão de tela plana e um anteparo de projeção, que pode ser de acrílico ou plástico. São quatro imagens iguais que, quando projetadas, simulam um holograma tridimensional.

(mais…)

Ciclo de palestras da neurociência discute o papel do hipocampo em doenças do sistema nervoso

05/11/2018 09:03

O ciclo de palestras do “II dia do Hipocampo: O papel do hipocampo nas doenças do sistema nervoso” ocorre no dia 23 de novembro, no Anfiteatro do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da UFSC. A atividade discute o papel do hipocampo em doenças do sistema nervoso e contará com pesquisadores nacionais e internacionais, apresentando estudos que comprovam o papel dessa estrutura em diferentes processos patológicos. O evento é destinado a estudantes e professores de graduação e pós-graduação interessados pela área de neurociência. As inscrições podem ser realizadas até 21 de novembro, pelo link.
(mais…)

Espetáculo ‘O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu’ emociona e inspira o público

01/11/2018 19:57

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.

“Estou sem palavras.” “Maravilhoso!” “Muito forte! Muito linda!” “Sensacional!” “Nossa, fiquei muito emocionada!” “Inspirador!” “Revigorante!” Foi com essas palavras, e nesse estado de êxtase e encantamento, que o público descreveu o que sentia ao final do espetáculo “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, com a atriz trans Renata Carvalho. A peça foi apresentada na última terça-feira, 30 de outubro, dentro da programação da terceira edição da Semana de Arte Experimenta, promovida pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Após cerca de uma hora de espetáculo, aproximadamente 600 pessoas presentes na plateia aplaudiram de pé durante vários minutos. Os aplausos só cessaram quando a própria atriz os interrompeu para proferir um breve discurso sobre o monólogo.
(mais…)

Vestindo nudez, performance ‘Céu’ encanta público no segundo dia do Experimenta UFSC

01/11/2018 19:01

Volmir Cordeiro apresenta seu espetáculo “Céu”. Foto: divulgação

A programação da noite de terça, 30 de outubro, do Experimenta UFSC contou com a apresentação do espetáculo “Céu”, do coreógrafo Volmir Cordeiro. Realizada às 19h na Caixa Preta do bloco D do Centro de Comunicação e Expressão (CCE), a apresentação gerou grande expectativa na plateia, que lotou o espaço.

A apresentação solo do artista foi muito bem-recebida pelos presentes, que o aplaudiram em pé por mais de 3 minutos ao fim do espetáculo. Na performance de cerca de 30min, o coreógrafo exibiu domínio do corpo, alternando movimentos delicados e bruscos, com destaque a posturas complexas e expressões faciais marcantes.

Com poucas palavras, ditas em uma ausência de estrutura narrativa, Volmir utiliza todo o espaço cênico disponível em “Céu”. O espetáculo, no entanto, extravasa a beleza performática e de domínio do corpo do coreógrafo. “Céu” é um convite ao conhecimento do bailarino. O frágil, diminuto e transparente collant do figurino do dançarino em cena expressa essa exposição. Volmir está vestindo sua nudez, enquanto desnuda a obra coreografada e executada pelo exímio bailarino, doutorando em dança pela Universidade de Paris.
(mais…)

Recomendação do MPF reforça a ‘liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento’

31/10/2018 19:21

O Ministério Público Federal publicou na terça-feira, 30 de outubro, uma recomendação à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), à Universidade Federal da Fronteira Sul, ao Instituto Federal de Santa Catarina e ao Instituto Federal de Catarinense, para que “se abstenham de qualquer atuação ou sanção arbitrária em relação a professores, com fundamento que represente violação aos princípios constitucionais e demais normas que regem a educação nacional, em especial quanto à liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber; ao pluralismo de ideias e de concepções ideológicas, adotando as medidas cabíveis e necessárias para que não haja qualquer forma de assédio moral em face desses profissionais, por parte de estudantes, familiares ou responsáveis.”

A Administração Central da UFSC acata esta recomendação e a torna pública para toda a comunidade universitária.

O texto da recomendação na íntegra está disponível aqui.

UFSC manifesta-se em defesa da universidade pública, gratuita, autônoma e plural

31/10/2018 18:06

Em defesa da Universidade Pública, Gratuita, Autônoma e Plural

A Administração da Universidade Federal de Santa Catarina, passado o processo das eleições em todos os níveis, reitera seu compromisso histórico e institucional em defesa das Instituições Públicas de Ensino – laicas, republicanas e autônomas – além do posicionamento intransigente no sentido do pleno respeito à Democracia. Superadas as questões político partidárias, a Universidade posiciona-se em favor da manutenção de um ambiente saudável, seguro, em que prevaleçam o respeito às diferenças e o convívio harmonioso e tolerante entre as pessoas. Ainda reiteramos o caráter intocável da Liberdade de Cátedra e da ampla autonomia no exercício da docência, em todas as esferas de Educação, a fim de que a formação cidadã se dê nas bases Legais, morais e éticas, sem admitir qualquer tipo de cerceamento ou ameaça à atuação de professoras e professores. Por fim, acreditamos firmemente no papel de cada cidadão e cidadã, das instituições, dos governos, e na força do ensino, da pesquisa e da extensão, como ferramentas essenciais na construção de uma nação livre, democrática e diversa.

Florianópolis, 31 de outubro de 2018

A Administração da UFSC

UFSC Joinville recebe comunidade durante Sepex 2018 e Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

31/10/2018 11:10

Abertura da Sepex 2018 e SNCT na UFSC Jonville (Foto: UFSC)

A UFSC Joinville abriu, nesta segunda-feira, 29 de outubro, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), integrada à Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex) e a Semana Acadêmica Integrada dos Cursos do Centro Tecnológico de Joinville (CTJ). O tema deste ano é “Ciência para Redução de Desigualdades” e as atividades seguem até quinta-feira, 1 de novembro. Confira os principais destaques da semana.

29 de outubro – Abertura

Participaram da abertura do evento o pró-reitor de Pesquisa (Propesq), Sebastião Roberto Soares; a diretora do campus de Joinville, Cátia de Carvalho Pinto; o vice-diretor, Lucas Weihmann; a Presidente da SNCT em Joinville, Tatiana Renata Garcia; vice-coordenador de Extensão da UFSC Joinville, Antônio Otaviano Dourado; a diretora Administrativa em exercício, Luana de Freitas Gonçalves; o chefe do Departamento EMB, André Luís Condino Fujarra; e o coordenador de Pesquisa da UFSC Joinville, Wagner Maurício Pachekoski.

Soares destacou que é a terceira Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSC, pois nas semanas anteriores ocorreram em outros dois campi da Universidade e que é uma oportunidade para abrirmos as portas para a comunidade e mostrar o quê fazemos em ensino, pesquisa e extensão com mostras, palestras, minicursos, desafios, entre outros assuntos com uma linguagem acessível a todos.
(mais…)

Calendário UFSC 2019 unifica início das aulas e prevê cursos de verão e semanas acadêmicas

30/10/2018 20:00

O Conselho Universitário (CUn) aprovou, na sessão de 30 de outubro de 2018, o Calendário Acadêmico 2019. Debatido na sessão ordinária realizada na tarde de terça-feira, o calendário unifica para o dia 11 de março o início das aulas para os regimes semestrais, bimestrais e trimestrais.

Outros aspectos relevantes discutidos em relação ao calendário acadêmico 2019 são a previsão do mês de fevereiro para a realização de cursos de verão e a inserção das semanas acadêmicas na versão aprovada e que será divulgada assim que assinada pelo reitor Ubaldo César Balthazar.
(mais…)

Riscos ao berçário da Baleia Franca em Santa Catarina preocupam especialistas

30/10/2018 18:53

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.

Santa Catarina tem o privilégio e a responsabilidade de abrigar em sua costa o último berçário das baleias francas que ainda resiste em toda a costa brasileira. Localizado nas enseadas dos municípios de Garopaba, Imbituba e Laguna, o berçário deveria estar, a princípio, preservado e protegido de ameaças por integrar uma unidade de conservação, a Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca (APA-BF). Entretanto, apesar das legislações vigentes, as baleias e seus filhotes são vítimas de muitas fontes de molestamento oriundas de ações humanas, o que força esses animais a abandonarem o berçário antes do tempo ou mesmo nem chegarem até aqui. Essa problemática, que também coloca em risco a própria preservação da espécie, foi apresentada e discutida em debate organizado pelo Observatório de Justiça Ecológica da Universidade Federal de Santa Catarina (OJE/UFSC) no último dia 16 de outubro. Participaram as professoras Paula Brügger, do Departamento de Ecologia e Zoologia (ECZ/UFSC) e Letícia Albuquerque, do Departamento de Direito (CCJ/UFSC); o biólogo Luiz Augusto Farnetani; e a advogada Renata Fortes, representante da Associação Catarinense de Proteção aos Animais (ACAPRA).
(mais…)