Colações de grau on-line são alternativa às formaturas presenciais durante a pandemia

01/10/2020 11:37

Formatura de Arquitetura e Urbanismo. Foto: reprodução/Youtube

A suspensão de eventos como formaturas e solenidades foi uma das primeiras medidas de contingência anunciadas em razão da pandemia de Covid-19 na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ainda antes de definida a interrupção das aulas e demais atividades presenciais. Desde então, as tradicionais solenidades no Centro de Cultura e Eventos foram substituídas por cerimônias on-line, por meio de videoconferência. Apesar das restrições que o momento determina, alunos, professores e servidores técnico-administrativos têm se empenhado para organizar as colações de grau e proporcionar a melhor experiência possível aos formandos e seus amigos e familiares.

A regulamentação das formaturas por meio de ferramentas ou plataformas digitais foi feita em 16 de abril com a portaria normativa nº 001/2020, da Pró-reitoria de Graduação (Prograd) – um mês após a suspensão das atividades presenciais na Universidade. “A pandemia nos impôs um novo formato de formaturas. Para nós, esse é um ato importante, porque celebra o encerramento de um importante ciclo de formação dos estudantes e permite que possam colar grau e estejam em condições de desenvolver sua atividade profissional junto à sociedade. As formaturas on-line representam hoje uma necessidade de realização das colações de grau para que os formandos possam receber o título”, afirma o pró-reitor de Graduação Alexandre Marino.
(mais…)

Tags: CCBCFHcoronavírusCTCformaturagestão coronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Palestra discute o uso de psicodélicos no tratamento de depressão

27/07/2020 14:55

O uso de psicodélicos no tratamento de depressão é o tema da próxima palestra on-line do projeto NEUROTalks. O evento ocorre na próxima quarta-feira, 29 de julho, às 18h, e terá como palestrante Fernanda Palhano, engenheira e pesquisadora do Instituto de Cérebro (ICe) da Universidade Federal do Rio de Grande do Norte (UFRN).

O NEUROTalks tem como objetivo oferecer, gratuitamente, palestras de neurocientistas nacionais e internacionais em linguagem acessível. Todas são transmitidas ao vivo no canal do Youtube A culpa é do cérebro, do professor Andrei Mayer, do Departamento de Ciências Fisiológicas (CFS) do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Tags: CCBDivulgação CientíficaliveneurociênciasNEUROTalksUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Palestra on-line aborda os benefícios do exercício físico para a memória e a prevenção do Alzheimer

01/07/2020 09:42

O projeto NEUROTalks promove na próxima quinta-feira, 2 de julho, às 19h, uma palestra on-line sobre como o exercício físico auxilia na memória e previne o desenvolvimento da Doença de Alzheimer. O ministrante será o professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Mychael Lourenço, referência nas área de memória, Alzheimer e outras doenças neurodegenerativas.

O evento será transmitido ao vivo no canal do Youtube A culpa é do cérebro, do professor Andrei Mayer, do Departamento de Ciências Fisiológicas (CFS) do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Esta é a terceira edição do projeto, que tem como objetivo oferecer, gratuitamente, palestras de neurocientistas nacionais e internacionais em linguagem acessível.

Tags: CCBDivulgação CientíficaliveneurociênciasNEUROTalksUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Projeto Imagine estreia quarta temporada da série ‘Ciência na Pandemia’

30/06/2020 09:20

O Projeto Imagine, em parceria com professores e pesquisadores do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), lançou a nova temporada da série de vídeos educacionais A Ciência na Pandemia. O foco desta quarta temporada será nas vacinas, sua relevância e como são desenvolvidas, inclusive contra Covid-19.

A temporada será conduzida pelos professores Aguinaldo Pinto e Carlos Zanetti e pela mestranda Monique Américo. O primeiro episódio traz um histórico das vacinações e está disponível no canal do Youtube do Projeto Imagine.

(mais…)

Tags: CCBciência na pandemiacoronavírusCovid-19extensão coronavíruspandemiaProjeto ImaginesérieUFSC

Professor da UFSC oferece dicas para o uso do transporte coletivo durante a pandemia

12/06/2020 12:13

A volta do transporte coletivo municipal já é uma realidade a partir desta semana em muitas cidades catarinenses. Com a liberação de funcionamento pelo governo do Estado, cidades onde a UFSC tem campi já precisam lidar com medidas de segurança nos ônibus. 

A retomada, em todas elas, vem com uma série de regras para passageiros e empresas. O professor da UFSC, Oscar Bruna-Romero, tem dicas para você, passageira ou passageiro que precisa usar o ônibus para se deslocar durante a pandemia de Covid-19. 
(mais…)

Tags: CCBcoronavírusdicasdicas Covid-19Oscar Bruna-Romerotransporte coletivoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Projeto da UFSC sobre manejo de pinus invasores na Lagoa da Conceição completa 10 anos

01/06/2020 08:00

O projeto de extensão da UFSC Restaurando ecossistemas e paisagens – Manejo de pínus invasores no Parque Natural Municipal das Dunas da Lagoa da Conceição (Florianópolis, SC) completa 10 anos este ano. Para comemorar a data, nesta segunda-feira, dia 1º de junho, na Semana do Meio Ambiente, será lançado um vídeo comemorativo.

Michele de Sá Dechoum, docente do Departamento de Ecologia e Zoologia (CCB/UFSC) e coordenadora do projeto, relata um pouco desta experiência como forma de “agradecer imensamente a todas e todos que, de forma direta e indireta, nos ajudaram e seguem nos ajudando a restaurar ecossistemas e paisagens. E prosseguimos, pois ainda temos muito trabalho pela frente”, ressalta a pesquisadora.

Acrescenta que a principal motivação desta atividade “são os quase 200 hectares de restinga que já foram restaurados nesses 10 anos de trabalho conjunto, em um esforço comunitário. Protegendo espécies nativas e o funcionamento de ecossistemas garantimos também nossa saúde e nosso bem-estar. Estamos também restaurando paisagens, esse importante componente da nossa identidade e da nossa cultura”.
(mais…)

Tags: CCBLagoa da ConceiçãoMichele de Sá Dechoumpinus invasoresUFSC

Coronavírus: o que fazer e o que não fazer no uso de máscaras faciais

19/05/2020 14:10

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio de seus diversos departamentos e centros de ensino, como o Centro de Ciências Biológicas (CCB), Centro de Ciências da Saúde (CCS) e o Centro de Ciências Físicas e Matemáticas (CFM), tem fornecido informações acerca da prevenção ao Coronavírus, com o uso das máscaras faciais.

Fizemos aqui a seleção de algumas matérias e vídeos sobre como produzir, higienizar e fazer o uso correto das máscaras faciais.

Como produzir suas próprias máscaras

Coronavírus: especialistas da UFSC ensinam a fabricar máscaras caseiras seguras

Como utilizar máscaras faciais corretamente

Laboratório de Química divulga material sobre mucosas, transmissão da Covid-19 e uso de máscara

Vídeo: Pílulas da Quarentena (Apufsc-Sindical) com o professor Osvaldo Vitorino Oliveira

Vídeos: Canal Pati Papos usa informações com aval do Centro de Ciências Biológicas (CCB) para orientar sobre produção, uso e manutenção das máscaras faciais

 

Tags: CCBCCSCFMcoronavírusmáscaramáscarasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pós-Graduação em Biologia de Fungos, Algas e Plantas abre inscrições para bolsa de estudo

17/04/2020 11:14

O Programa de Pós-Graduação em Biologia de Fungos, Algas e Plantas (PPGFAP), do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), informa que estão abertas as inscrições para candidaturas a uma vaga para cadastro de reserva destinada a bolsa de estudo, em nível de pós-doutorado.

A bolsa é para a área de concentração “Biologia de Fungos, Algas e Plantas”, linha de pesquisa “Fisiologia e Ecologia”, para atuação em Fisiologia de Plantas com Sementes. O período de inscrições é das 8h do dia 17 de abril até as 18h do dia 3 de maio.

Mais informações no endereço ppgfap.posgrad.ufsc.br/selecao-de-pos-doutorado.

Tags: bolsa de pós-doutoradoCCBUFSC

Análise de cientistas aponta expansão significativa da Covid-19 em Santa Catarina

10/04/2020 12:58

Um grupo formado por engenheiros e matemáticos da Universidade Federal de Santa Catarina (campi de Florianópolis, Blumenau e Joinville) e da Univille de Joinville, e pelo professor Oscar Bruna-Romero, do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia da UFSC, preparou uma análise técnico-científica, encaminhada nesta sexta-feira, 10 de abril ao reitor da UFSC, Ubaldo Cesar Balthazar. O estudo aponta uma significativa expansão recente da Covid-19 no estado de Santa Catarina.

“Esses dados só confirmam e reforçam a seriedade e responsabilidade das medidas que estamos adotando.  Fiquem em casa”, reforçou o reitor da UFSC. Os dados serão encaminhados ainda nesta data ao Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

Os especialistas trabalharam com modelagem matemática e usaram os dados reais da infecção que está acontecendo em Santa Catarina, no Brasil e no resto do mundo. Os dados demonstram que, como provável consequência da retomada parcial das atividades no estado durante as últimas duas semanas, é possível observar, desde a quinta feira dia 1° de abril (ver gráficos abaixo), um aumento muito significativo e imprevisto no número de casos positivos para Coronavírus, que deverá continuar durante os próximos dias e semanas.

Da mesma forma, “o número registrado de óbitos por Covid-19 mais do que triplicou no nosso estado durante a última semana (passou de 5 para 18), mostrando que não é fácil evitar um desenlace trágico na evolução de muitos pacientes”.

A conclusão dos cientistas é que, em nenhum país até agora foi observada uma taxa de óbito da população geral inferior a 0,7%. “Nem nos países com a melhor tecnologia de diagnóstico e controle de espalhamento da infecção; isto representaria um número mínimo de mais de 1,4 milhão de mortes no país e mais de 50 mil mortes no estado de Santa Catarina”.

Portanto, escreve Bruna-Romero, “não existe qualquer justificativa científica para a flexibilização de medidas de isolamento social restrito (quarentena total) mantido até o controle da pandemia”.

>> Leia, na íntegra, o estudo encaminhado ao reitor da UFSC

Cenários

Os gráficos gerados a partir dos dados oficiais mostram que, até o dia 1° de abril, havia um efetivo “achatamento” da curva dos números de infectados.

Clique na imagem para ampliar

No entanto, após essa data, observa-se um aumento cada vez menos controlado dos casos. “Após o relaxamento do isolamento social (coincidindo com a ‘janela de infecção-patologia’ da Covid-19, ou seja o tempo desde que o vírus entra até que os sinais e sintomas aparecem) esse ‘achatamento’ desapareceu e a curva retomou uma tendência exponencial de crescimento, como pode ser observado a seguir”.

Clique na imagem para ampliar

‘Verticalidade Exponencial’

A nova curva, concluem os cientistas, “está atingindo as características (verticalidade exponencial) de países com altíssimo crescimento do numero de casos, como são a Itália ou os Estados Unidos (ver a seguir), e mostrando também que, ainda dentro do nosso país, temos no estado algumas das cidades com maior aumento do numero de casos”.

Clique na imagem para ampliar

Tendência

A mesma tendência da curva é observada também no cenário nacional. “Acreditamos que possa ser consequência de algum pronunciamento a respeito do relaxamento da quarentena proferido por alguma autoridade nacional entre os dias 24-26 de março (5-7 dias antes do efeito observado, como corresponde com a janela infecção-patologia da Covid-19)”.

Clique na imagem para ampliar

As conclusões do documento apontam que “a situação está longe de ser controlada”. O grupo reforça que “não existe qualquer justificativa científica para a flexibilização de medidas de isolamento social estrito (quarentena total) mantido até o controle da pandemia”.

“De posse destes dados, somente podemos concluir que está acontecendo uma aceleração descontrolada da curva epidêmica, e que a flexibilização da quarentena, sem a possibilidade de identificação dos infectados pela falta de testes diagnósticos, levará de forma irremediável à subsequente infecção de milhares de pessoas, e à convergência quase imediata com as terríveis taxas de contágio e morte associadas que estão sendo observadas em outros países do mundo”.

A indicação do professor Bruna-Romero é que haja “teste exaustivo de todos os possíveis indivíduos infectados e seus contatos próximos, somente permitindo uma liberação gradual e controlada de indivíduos curados ou que não representem riscos, após ter alcançado essa massiva capacidade diagnóstica”.

>> Leia, na íntegra, o estudo encaminhado ao reitor da UFSC

Tags: CCBCFMcoronavírusCovid-19CTCMPSCOscar Bruna-RomeroUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaUniville

Coronavírus: confira a eficácia dos diferentes tipos de máscaras faciais

08/04/2020 13:36

Cerca de 60 professores e pesquisadores do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) prepararam, na última quinta-feira, 2 de abril, um guia para que as pessoas possam fabricar suas próprias máscaras faciais. No documento (confira versión en español), os especialistas apontam que as máscaras caseiras podem proteger contra infecções respiratórias, desde que mantidos os cuidados adicionais de higiene das mãos e distanciamento social.

O professor Oscar Bruña-Romero preparou um teste de eficácia dos diferentes tipos de máscaras disponíveis. Confira o vídeo abaixo com a demonstração.

 

Quer aprender a fazer a máscara facial recomendada pelos pesquisadores?

Acesse aqui a publicação.

 

Veja também:

Tags: CCBcoronavírusmáscarasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Professor da UFSC participa de iniciativa pelo lockdown na Espanha

08/04/2020 12:43

Pesquisadores ao redor do mundo assinaram uma carta ao governo da Espanha para que endurecesse as medidas de isolamento social e promovesse o lockdown do país, em decorrência das contaminações pelo novo Coronavírus. O professor Oscar Bruña-Romero, que é espanhol e leciona no Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia (MIP/CCB) da UFSC é um dos 62 signatários.

“O presidente espanhol só fez o lockdown no país depois dessa carta”, explica o professor. O documento acompanha um estudo, que foi publicado na revista científica britânica The Lancet. O lockdown é um protocolo que estipula um bloqueio de emergência, impedindo que pessoas ou informações saiam de uma área.

Tags: CCBcoronavírusCovid-19Oscar Bruna-RomeroUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Coronavírus: especialistas da UFSC ensinam a fabricar máscaras caseiras seguras

06/04/2020 09:43

Um grupo de cerca de 60 professores e pesquisadores do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) preparou um guia para que as pessoas possam fabricar suas próprias máscaras faciais. Em documento (confira versión en español) criado nesta quinta-feira, 2 de abril, os especialistas apontam que as máscaras caseiras podem proteger contra infecções respiratórias, desde que mantidos os cuidados adicionais de higiene das mãos e distanciamento social.

Os cientistas da UFSC, após estímulo do professor Carlos Rodrigo Zárate-Bladés, formaram um grupo de discussão, para entender melhor as recomendações de pesquisadores e autoridades sanitárias de diversos países a respeito do uso de máscaras caseiras. O debate, para que a população em geral adotasse o uso das máscaras, intensificou-se nos últimos dias, e a comunidade científica concluiu que é possível prevenir-se ou proteger outros contra a infecção pela Covid-19. 

(mais…)

Tags: CCBcoronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Única alternativa é quarentena total até o controle da pandemia, apontam especialistas da UFSC

28/03/2020 12:25

Um parecer elaborado por mais de 50 cientistas do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) conclui que “não parece existir do ponto de vista científico uma alternativa
segura à quarentena total mantida até o controle da pandemia”. Os argumentos reunidos pelos pesquisadores (médicos, biólogos, biomédicos e farmacêuticos) que fizeram parte do grupo apontam, ainda, que em Santa Catarina, desde o início do isolamento social, já há resultados eficazes na contenção do contágio pelo novo Coronavírus.

O parecer, assinado pelo professor Oscar Bruña-Romero, foi solicitado pela Administração Central da UFSC, para atender a um pedido do promotor de Justiça Douglas Roberto Martins, coordenador do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos e do Terceiro Setor do Ministério Público de Santa Catarina (CDH/MPSC). A intenção foi oferecer subsídios técnicos a respeito do  Plano Estratégico de Retomada das Atividades Econômicas apresentado pelo Governo do Estado de Santa Catarina. os argumentos serão apresentados ao governador Carlos Moisés. A Universidade encaminhou Ofício junto ao parecer técnico na noite desta sexta-feira, 27 de março.

O parecer aponta que, “em consequência da diminuição das atividades no estado de Santa Catarina desde semana passada, podemos afirmar que começamos a observar desde o domingo dia 22/03/2020 diferenças entre a expectativa de evolução da infecção (se usássemos as constantes internacionais de disseminação) e os dados reais observados até a data de hoje, mostrando a eficácia da medida tomada no nosso território (quarentena)”.

O documento conclui que o controle da pandemia será atingido “mediante teste exaustivo de todas as possíveis pessoas infectadas, podendo assim determinar de forma clara o pico (ou plateau) da epidemia, e somente
permitindo uma posterior liberação gradual e controlada de indivíduos”. A liberação, segundo os cientistas, “deverá incluir inicialmente indivíduos que já tenham passado pela infecção ou que pelas suas características demográficas e/ou de saúde venham a representar riscos muito baixos ao sistema de saúde, de modo a continuar mantendo sob estrito controle o número estimado de possíveis pacientes graves que possam precisar de ajuda do sistema de saúde”.

“Se não respeitadas essas medidas conforme os critérios acima expostos correremos um risco inaceitável do ponto de vista científico, e estaremos colocando o bem maior do ser humano, qual é a sua vida, na frente de bens materiais de menor importância, não conseguindo achar justificativa alguma na Ciência para este fato”.

Leia o documento na íntegra aqui.

 

Saiba mais:

Coronavírus: entidades científicas manifestam preocupação com Plano de Retomada

Tags: CCBcoronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Revista americana publica pesquisa de doutoranda em Bioquímica

10/03/2020 14:31

Foto: Lattes

A revista científica PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences) publicou parte da tese de Doutorado da aluna Fernanda Neutzling Kaufmann, defendida no Programa de Pós-Graduação em Bioquímica da UFSC sob orientação da professora Manuella Kaster. A estudante caracterizou a influência de um receptor presente nas células da microglia (células do Sistema Nervoso responsáveis pela defesa) na modulação de aspectos comportamentais associados à depressão. Foram realizados estudos in vitro em roedores e em pacientes para caracterizar a influência desses receptores na função da microglia e seu impacto na regulação do humor e nos sintomas de depressão. Como as células apresentam uma comunicação bidirecional e intensa com os neurônios, a descoberta pode abrir caminho para a identificação de novos alvos terapêuticos.

Confira a publicação na íntegra.

Tags: bioquímicaCCBFernanda KaufmannUFSC

Professora de Bioquímica da UFSC destaca-se na ciência brasileira

10/03/2020 14:03

A “Gênero e Número” – organização de mídia – criou o Open Box da Ciência, uma plataforma que identificou as 250 mulheres que protagonizam a pesquisa brasileira. Cinquenta dessas cientistas são das áreas de ciências biológicas, exatas e da terra, da saúde, sociais aplicadas e engenharias. Entre elas, destaca-se a professora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Ana Lúcia Severo Rodrigues.

A iniciativa contou com o apoio do Instituto Serrapilheira e extraiu dados da plataforma Lattes para criar um algoritmo capaz de pontuar as pesquisadoras a partir de critérios como a quantidade e impacto dos artigos publicados, prêmios recebidos, participação e organização de eventos científicos, entre outros.

Ao longo de sua carreira científica, totalmente desenvolvida no Brasil, a docente começou a estabelecer uma nova linha de pesquisa focada na Neurobiologia da Depressão, que busca compreender os mecanismos biológicos deste transtorno e o potencial de compostos endógenos e derivados de plantas com potenciais propriedades antidepressivas.
(mais…)

Tags: Ana Lúcia Severo RodriguesbioquímicaCCBNeurobiologia da DepressãoUFSC

Evento online celebra legado de Charles Darwin

12/02/2020 14:24

Em comemoração ao aniversário de Charles Darwin, nos dias 12 e 13 de fevereiro, é realizado o evento online Darwin Day. Organizada pelas professoras do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrea Marrero e Maria Alice Neves, a atividade celebra o trabalho e o legado do autor de A origem das espécies, marco da Teoria da Evolução.

O evento ocorre nas páginas do Facebook (no evento Darwin Day UFSC) e do Instagram (darwinday_ufsc). As postagens incluem artigos e curiosidades, alimentadas por pesquisadores e estudantes que ajudaram a compilar as informações. A interação poderá ser feita por meio de comentários nas publicações.
(mais…)

Tags: CCBCentro de Ciências BiológicasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Darwin Day na UFSC será realizado em evento online, dia 12

10/02/2020 08:00

Em comemoração ao aniversário de Charles Darwin, 12 de fevereiro, será realizado o Darwin Day, em plataforma digital. O evento é organizado pelas professoras do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrea Marrero e Maria Alice Neves. Charles Darwin é autor de A origem das espécies, marco da Teoria da Evolução.

O evento ocorrerá nas páginas do Facebook (no evento Darwin Day UFSC) e Instagram (darwinday_ufsc), com postagens que celebram Darwin, seu trabalho e legado. As postagens vão incluir artigos e curiosidades, alimentadas por pesquisadores e estudantes que ajudaram a compilar as informações. A interação poderá ser feita por meio de comentários nas publicações.

Mais informações na página do evento.

Tags: CCBCentro de Ciências BiológicasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

CCB homenageia a ex-aluna Mítia Heusi Silveira. Coleção Entomólogica leva seu nome

25/09/2019 13:11

No dia 23 de setembro de 2019, o Centro de Ciências Biológicas (CCB) da UFSC prestou uma homenagem a ex-aluna Mítia Heusi Silveira, colocando seu nome na Coleção Entomólogica do centro de ensino. Mítia se graduou em Ciências Biológicas no ano 2009 e estava cursando o mestrado em Biotecnologia quando foi vítima de feminicídio em 20 de dezembro de 2010, na idade de 26 anos.

A homenagem foi idealizada pela sua professora Malva Isabel Medina Hernández, com quem Mítia realizou um trabalho de pesquisa sobre insetos: “Diversidade de besouros de solo da restinga da Praia do Pântano do Sul, Florianópolis, SC, Brasil”, o qual foi posteriormente publicado in memoriam na Revista Studies on Neotropical Fauna and Environment no ano 2012.

Na homenagem, familiares, amigos, estudantes, servidores e professores da UFSC se reuniram para lembrar da aluna e amiga, cujo nome ficará de forma permanente na placa e na memória da Universidade.

Tags: CCBMalva Isabel Medina HernándezMítia Heusi SilveiraUFSC

Câmara do CCB de Programas de Pós-Graduação emite carta aberta à sociedade

16/09/2019 16:35

Na sexta-feira, 13 de setembro de 2019, o Conselho do Centro de Ciências Biológicas (CCB) aprovou, por unanimidade, a publicação de dois importantes documentos para a sociedade. O primeiro deles é uma Carta Aberta da Câmara do CCB de Programas de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O segundo texto é uma contribuição à sociedade dos Programas de Pós-Graduação do CCB/UFSC.

Acesse os documentos aqui.

 

Tags: Carta AbertaCCBUFSC

‘Biologia de sistemas com aplicações em terapia celular e câncer’ será tema de palestra dia 16

10/09/2019 11:40

O Grupo de Estudos em Aprendizagem de Máquina (GEAM/UFSC) promoverá a palestra “Biologia de sistemas com aplicações em terapia celular e câncer”, na próxima segunda-feira, dia 16 de setembro. Serão discutidos tópicos atuais em biologia de sistemas e análise de dados biológicos multidimensionais com aplicações em diferenciação celular e câncer.

O palestrante Edroaldo Lummertz da Rocha é professor e pesquisador do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia do Centro de Ciências Biológicas (MIP/CCB). A atividade ocorrerá no Auditório Airton Silva, localizado no Departamento de Matemática, Sala MTM 007, no térreo, às 10h30. A atividade será aberta ao público em geral.

 

 

Tags: CCBImunologia e Parasitologia (MIP)MTMUFSC

Como camundongos e coelhos transformaram a trajetória de um cientista

04/07/2019 16:20

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.

Carlos Roberto Zanetti, professor titular do departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia da Universidade Federal de Santa Catarina (MIP/CCB/UFSC), escolheu a Biologia por gostar de animais e plantas. “Adorava estar na natureza. Um avô, que foi meu grande incentivador, sabia o nome de tudo quanto é árvore, tudo quanto é passarinho, o que cada um comia… Eu ficava fascinado com tudo aquilo”, recorda. Hoje, aos 58 anos e há 22 como docente da universidade, essa admiração e respeito pelos bichos permanece. Zanetti tornou-se referência nacional na difusão de métodos alternativos ao uso de animais na ciência. Sua enorme contribuição ao campo da Bioética é fruto de um longo caminho que inclui, paradoxalmente, amplo uso de animais em atividades acadêmicas.
(mais…)

Tags: animaisCarlos ZanettiCCBDepartamento de Microbiologia Imunologia e ParasitologiaMIPpesquisaraivaUFSC

Pós em Farmacologia realiza simpósio internacional ‘Café e Saúde’ nesta sexta

09/04/2019 14:44

O Programa de Pós-Graduação em Farmacologia, do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da UFSC, realiza o Simpósio Internacional “Café e Saúde” na sexta-feira, 12 de abril, das 15h às 17h, na sala SIPG08, piso térreo do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia (MIP), Bloco A. O evento será aberto a toda a comunidade.

Palestrantes:

“Café e Saúde Humana: O que sabemos e o que gostaríamos de saber”

Professor Rodrigo Cunha, Center for Neuroscience and Cell Biology, University of Coimbra, Portugal

“Atenção! Café, por favor!”

Professora Lisiane Porciúncula, Departamento de Bioquímica, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

“Álcool e Café: Quem não gosta?”

Professora Cristiane Socorro Maia, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará

Mais informações no cartaz.

Tags: Café e SaúdeCCBfarmacologiaUFSC

Professor aposentado do CCB está entre os três finalistas para o Prêmio Péter Murányi

01/02/2019 12:27

O trabalho coordenado por João Batista Calixto, professor aposentado do Departamento de Farmacologia do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da UFSC, está entre os três trabalhos selecionados para a votação final no Prêmio Péter Murányi, da Fundação Péter Murányi. A cada edição, os temas se alternam entre as áreas de Saúde, Ciência & Tecnologia, Alimentação e Educação. A 18ª edição do prêmio, em 2019, tem como tema Ciência e Tecnologia.

O professor João Calixto desenvolveu um medicamento de uso tópico, comercializado desde 2004, utilizando como princípio ativo a Cordia verbenacea (erva baleeira), típica da biodiversidade brasileira, com excelente ação anti-inflamatória e analgésica, sendo o produto mais prescrito na sua categoria.

Para esta edição, a Fundação Péter Murányi recebeu mais de 149 trabalhos, oriundos de toda a América Latina. O vencedor será escolhido por um júri composto por representantes de entidades nacionais e internacionais ligadas à ciência e tecnologia, representantes de universidades federais, estaduais e privadas; personalidades de renome e membros da sociedade. Este ano, a premiação distribuirá R$ 250 mil, sendo R$ 200 mil para o primeiro colocado, R$ 30 mil para o segundo e R$ 20 mil entregues ao terceiro colocado. O vencedor será conhecido em 5 de fevereiro.

João Batista Calixto é professor aposentado do Departamento de Farmacologia do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da UFSC

Os trabalhos avaliados têm como ponto em comum o uso da tecnologia para melhoria da qualidade da vida das populações. Com foco na solução de problemas comuns nas esferas da agronomia, saúde e perdas provocadas por eventos climáticos extremos, pesquisadores brasileiros investiram na elaboração de projetos inovadores e com aplicação prática imediata, capazes de modificar o cotidiano das populações onde foram implementados.

Coordenado por Luiz Augusto Machado e Eduardo Guarino, o segundo projeto é um aplicativo denominado “SOS Chuva” e foi criado para reduzir a vulnerabilidade de moradores de diversas regiões do país a eventos climáticos extremos. Integrado a estações meteorológicas de todo o Brasil, o serviço oferece monitoramento do clima em tempo real, permitindo a visualização de imagens de satélite e de radares, além de possibilitar que os usuários compartilhem informações sobre o clima em suas regiões e oferecer informações sobre procedimentos durante enchentes.

O terceiro finalista trouxe os resultados de um programa de melhoramento genético de aveia, permitindo o cultivo desse cereal em áreas do sul do Brasil e o uso de sementes produzidas em território nacional. Coordenado pelos professores Luiz Carlos Federizzi e Marcelo Teixeira Pacheco, o projeto reduziu os custos destes cultivos, ampliou a produção e possibilitou o surgimento de novos negócios. Como resultado, a iniciativa permitiu que o país deixasse de importar sementes de aveia, elevando sua produção anual para 837.500 toneladas em 2018 e resultando no surgimento de pequenas empresas processadoras dos grãos na região sul.

A premiação conta com o apoio das seguintes entidades: CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Anpei (Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras), SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), Aciesp (Academia de Ciências do Estado de São Paulo), ABC (Academia Brasileira de Ciências), Aconbras (Associação dos Cônsules no Brasil) e CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

Tags: CCBCentro de Ciências BiológicasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pesquisadores propõem novo termo para representar a diversidade de fungos

08/01/2019 11:49

O professor Elisandro Ricardo Drechsler dos Santos, ligado ao Departamento de Botânica da Universidade Federal de Santa Catarina (Bot/CCB), faz parte da equipe de micólogos responsável pelo artigo propondo a independência do Reino Fungi das categorias “Fauna e Flora”. O artigo foi publicado no dia 18 de dezembro na revista da Associação Internacional de Micologia, apresentando o termo “Funga” para representar a diversidade dos fungos como um grupo equivalente e, ao mesmo tempo, autônomo à Fauna e à Flora.

Segundo o professor a ideia de formalizar um termo para distinguir os fungos de plantas ou do grupo dos microrganismos surge da necessidade de reconhecimento dos fungos. O Reino Fungi têm se tornado mais popular, principalmente quanto a sua importância socioeconômica e socioambiental, na produção de alimentos, medicamentos, recuperação de área e etc. Do ponto de vista acadêmico, será útil no âmbito internacional, porque são poucos os programas de pós-graduação que tratam os fungos como um grupo separado da botânica. O Programa de Pós-graduação da UFSC, por exemplo, foi recentemente alterado e agora é apresentado como Biologia de Fungos, Algas e Plantas, para ser mais inclusivo e representativo.

“É novo e é justo, porque tratar os fungos como plantas ou animais é uma falha grave. Não nos ocorreria dizer que os animais têm caule, nem que as plantas têm fígado (tradução livre)”, comenta a micóloga chilena fundadora da Fundación Fungi, Giuliana Furci. O grupo de pesquisadores acredita que com o pleno reconhecimento desses organismos, serão iniciadas mudanças substanciais nas políticas educativas e agrícolas, como a incorporação da micologia em assuntos de interesse nacional, como conservação, educação e proteção de habitats e de suas espécies.

A publicação foi um esforço conjunto de argentinos, chilenos, brasileiros e o destacado micólogo estadunidense Donald H. Pfister, que propõem o termo Funga como o mais adequado, considerando dentre os demais argumentos, a possibilidade de leitura em várias línguas como “Fauna, Flora e Funga”, abreviado como ‘FF&F’. “É importante usar um termo simples, eufônico e paralelo ao que as pessoas já conhecem (tradução livre)“, mencionou o micólogo argentino Francisco Kuhar. O uso das 3F (Fauna, Flora e Funga) em assembleias internacionais como a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) e a Convenção sobre a Diversidade Biológica das Nações Unidas (CDB), proporcionará uma base moderna para servir de referência a um dos maiores grupos de organismos na Terra.
(mais…)

Tags: Algas e PlantasCCBCentro de Ciências BiológicasDepartamento de BotânicaPrograma de Pós-Graduação em Biologia de Fungos