Estudantes do projeto Level Up da UFSC vencem o Startup Weekend Floripa 2024

24/05/2024 20:33

Estudantes criaram plataforma voltada para a educação de segurança cibernética. Foto: Divulgação

Estudantes do projeto Level Up da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) venceram o Startup Weekend Floripa 2024, promovido entre sexta-feira e domingo, 17 e 19 de maio, no Sapiens Park, em Florianópolis. O evento reuniu empreendedores que foram desafiados a transformar ideias em negócios viáveis em apenas 54 horas. O Level Up é um projeto da Universidade que prepara os acadêmicos para o desenvolvimento de soluções inovadoras e conta com o apoio do Departamento de Inovação (Sinova) da UFSC. O projeto está vinculado ao Grupo de Pesquisa sobre Inteligência, Gestão e Inovação (IGTI) do Departamento de Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC.

Durante o Startup Weekend, os alunos criaram a startup CyberSure, que se destacou pelo desenvolvimento de uma plataforma voltada para a educação de segurança cibernética dos colaboradores  de empresas. A equipe apresentou uma solução que combina tecnologia e metodologia gamificada para proteger dados das empresas e informações pessoais. Em apenas dois dias, a equipe conseguiu clientes que se interessaram pela solução, fechando cinco contratos equivalentes a aproximadamente R$ 12 mil.

Durante o evento, os participantes passaram por uma maratona intensa de trabalho, contando com a orientação de mentores experientes e a colaboração de outros participantes. A equipe CyberSure foi composta pelos estudantes do curso de Sistemas de Informação: Rafael Vieira Ferreira, Pedro Lara Heuser, Arthur Alexandre Schurhaus Hermes Rosa, Nicholas Derham e Nícolas Michielon Cunha. Participaram ainda da equipe Gustavo Accetta, Stefana Baumgarten, Yuri Lourenço Ribeiro e Júlia Magalhães. A equipe contou também com apoio remoto do professor Mauro Junior.
(mais…)

Tags: equipeestudantesIGTIinovaçãoLevelUPPrêmioSinovastartupStartup Weekend FloripaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC na mídia: ex-aluna cria produto capaz de matar mosquito da dengue em tecidos

22/03/2024 18:25

Protec nasceu de uma necessidade de Fernanda, que é alérgica a insetos. Foto: Divulgação

A cientista Fernanda Checchinato, egressa do curso de Engenharia Química, com mestrado e doutorado em Engenharia de Materiais, todos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), foi destaque no portal NSC Total por criar um repelente capaz de matar o mosquito da dengue. De acordo com a reportagem, o produto, denominado Protec, é eficaz contra a dengue, febre amarela, baratas, mosquitos, chikungunya, dentre outros.

Segundo a publicação, após a aplicação do produto, o inseto sente o princípio ativo e se afasta imediatamente. Se ainda assim insistir em pousar ou passar perto da superfície aplicada, ele absorve os ativos e entra em estado de paralisia e morte.

De acordo com a reportagem, a proteção comprovada é de até 60 dias ou 20 lavagens, e pode ser aplicado em várias superfícies, desde tecidos a veículos e partes da casa. Além disso, a cientista cita que o repelente é inodoro, antialérgico e inofensivo para humanos, e que foi desenvolvido a partir de uma combinação de componentes químicos com os compostos naturais e água.

“O Protec é sustentável e não existia nada como ele em todo o mundo antes do seu lançamento. Por isso tenho muito orgulho, além de um incontestável respaldo científico “, destaca Fernanda em entrevista para o NSC Total.

Leia a reportagem completa no site do NSC Total.

Tags: Curso de Engenharia QuímicadengueinovaçãoinseticidamosquitomosquitosNSC TotalrepenteUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

De reator para o lixo a aplicativo contra a dengue: UFSC tem 791 pedidos de registro de invenções

08/03/2024 17:43

Imagem ilustrativa de Karuvadgraphy por Pixabay

Quando decidiu relacionar seu interesse pela área espacial ao desenvolvimento de novas tecnologias para a indústria, a professora Marcia Barbosa Henrique Mantelli, do Departamento de Engenharia Mecânica, passou a ser uma assídua registradora de patentes – inovações conduzidas por equipes de pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) que permitem o seu direito ao invento e à propriedade. No ano passado, com a parceria de um egresso e agora professor no Chile, viu um reator de tratamento de lixo chegar longe, literalmente, mais especificamente na região do Atacama, área desértica do país vizinho.

Essa ideia é uma das que a UFSC tem, hoje, entre os 791 ativos depositados como parte da sua gestão de propriedade intelectual – nome técnico que abriga os pedidos de patente e de outros tipos de registros, como desenhos e softwares. Destes, a instituição é titular em mais de 60% e co-titular em outros 40%, com parcerias com empresas nacionais, multinacionais, além de outras instituições. Há, nessa relação, patentes de invenção, programas de computador, desenhos industriais, modelos de utilidade,  cultivares e um certificado de adição, o que protege aperfeiçoamento ou desenvolvimento no objeto da invenção.

Reator de pirólise para tratamento por lote de resíduos urbanos é o nome técnico do ativo depositado junto à Departamento de Inovação (Sinova) da UFSC, em parceria com a Universidade de Tarapacá e com o professor da instituição que se doutorou pela UFSC em 2019, Luis Cisterna.

(mais…)

Tags: aplicativo contra a dengueativos depositadosinovaçãoPI UFSCreator de lixoregistros de propriedade intelectualSinovasoftware odontológicoUFSC

Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos está com inscrições abertas

15/01/2024 08:39

O 29º Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos (CBCTA), promovido pelo Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos e pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), já está com inscrições abertas. O evento irá ocorrer de 14 a 17 de outubro, no Centrosul, em Florianópolis, com o tema “O futuro dos alimentos: inovação, saúde e sustentabilidade na cadeia produtiva de alimentos”.

Realizado a cada dois anos pela Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos (SBCTA), o encontro tem o objetivo de reunir autoridades, profissionais, grandes nomes da área de ciência e tecnologia de alimentos, pesquisadores, professores e estudantes para trocas de experiências e networking. Desde sua primeira edição em 1977, o CBCTA se tornou um dos congressos mais importantes na área de alimentos na América Latina, reunindo mais de 20 mil participantes de 50 países e apresentando cerca de 15 mil trabalhos científicos.

O evento desempenha um papel crucial na promoção da inovação na produção de alimentos, saúde e sustentabilidade na cadeia produtiva de alimentos e contará com uma programação científica de alto nível, com palestrantes renomados, minicursos e apresentação de trabalhos científicos. Além disso, oferecerá oportunidades para o contato direto entre pesquisadores e representantes da indústria de alimentos e inovação, bem como oportunidades únicas para empresas de todos os tamanhos, por meio da exposição e divulgação de seus produtos.

A partir da inovação, o CBCTA pretende integrar pesquisadores e indústrias de diferentes áreas do conhecimento e vincular pesquisadores que desenvolvam pesquisas em nível de iniciação científica, mestrado e doutorado, com a finalidade de sistematizar a experiência da pesquisa, pautar a construção de novos planos de estudo na área em questão, bem como proporcionar uma melhoria do desempenho científico e sua articulação com o ensino, a extensão, a pós-graduação e parceiras.

Mais informações na página do Congresso.

 

Tags: Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de AlimentosDepartamento de Ciência e Tecnologia de Alimentosfuturo dos alimentosinovaçãoPrograma de Pós-Graduação em CIência dos AlimentosUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Estudantes de graduação e pós-graduação já podem matricular-se em disciplinas voltadas para a área de inovação

15/12/2023 09:30

O Departamento de Inovação (Sinova) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) mapeou todas as disciplinas de Graduação e Pós-Graduação que têm relação com áreas-chave ligadas ao empreendedorismo, criatividade, inovação e propriedade intelectual.  O mapeamento conta com 312 disciplinas, nos cinco campi da UFSC.

Entre os dias 14 e 19 de dezembro, a UFSC abre a primeira etapa de matrículas referente ao primeiro semestre letivo de 2024. Nesse período, estudantes interessados em incluir essas disciplinas em sua formação têm oportunidade de escolher quais disciplinas cursar no próximo semestre. A lista com as disciplinas pode ser acessada no site da Sinova, na aba de Disciplinas de Inovação e Empreendedorismo.

A Sinova também oferece um e-book com a listagem e detalhamento das disciplinas, como o código e nome das disciplinas, além de outras informações extras como curso que promove a disciplina, nível, departamento, centro e carga horária.

Mais informações no site da Sinova.

Tags: inovaçãoSinovaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC na Mídia: embalagem inovadora criada pela UFSC é destaque no G1

21/11/2023 08:11

Uma embalagem inovadora criada pela Universidade Federal de Santa Catarina para alimentos foi destaque no G1, portal de notícias. O professor Pedro Luiz Manique Barreto, de Ciência e Tecnologia dos Alimentos da UFSC, falou sobre o produto que muda de cor indicando quando algo não deve mais ser consumido. A embalagem está em processo de patenteamento e foi testada preliminarmente com pescados.

Reprodução G1

Segundo o professor, queijos e embutidos serão testados na nova fase do projeto. “É uma embalagem inovadora que tem um potencial muito grande de vir para as prateleiras de supermercado. Trata-se de um ‘filme’ (película), que contém um composto sinalizador microencapsulado”, disse ele ao portal. Ainda conforme a notícia, o filme desenvolvido tem cor avermelhada. “Se o alimento estraga a película muda para verde. Essa alteração é o sinal de que houve deterioração e, portanto, não pode mais ser consumido”, diz o texto.

No caso dos pescados, o professor explicou que a mudança na coloração ocorre quando a embalagem entra em contato com gases (amônia) oriundos da degradação microbiana do pescado. Com os queijos e embutidos existem diferenças, já que queijos podem liberar amônia, mas o estudo pretende verificar se a mudança de pH do alimento pode indicar deterioração também.

Confira a reportagem completa aqui.

Tags: Ciência e Tecnologia de Alimentosembalagem inteligenteinovaçãopesquisaUFSC na mídia

Sepex 2023: UFSC oferece mais de 100 minicursos abertos à comunidade

10/10/2023 19:00

Com temas diversos – que vão desde redação científica, curiosidades sobre bactérias, amamentação, cuidados pessoais, jogos didáticos, escrita manual, justiça climática, entre outros – a 20ª Semana de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação (Sepex), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), irá promover 105 minicursos abertos a toda comunidade.

As inscrições já podem ser feitas. O prazo depende da data de realização da atividade, mas o limite é 27 de outubro. Os minicursos começam em 23 de outubro. O número de vagas é diferente para cada atividade, podendo ultrapassar o número de 100 inscritos em alguns casos.

Para acessar a lista completa dos minicursos e as instruções de como se inscrever acesse o site da 20ª Sepex.

Tags: ensinoextençãoinovaçãoinscrições para minicursosminicursospesquisaSemana de Ensino Pesquisa Extensão e InovaçãoSepex 2023UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Congresso de Engenharia de Aquicultura ocorre de 6 a 10 de novembro na UFSC

09/10/2023 17:03

O 22º Congresso de Engenharia de Aquicultura (SEMAQUI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) ocorre de 6 a 10 de novembro, às 19h. Organizado por estudantes e professores do curso de Aquicultura, o tema desta edição é “Inovação, Ciência e Produção”. Com o objetivo de promover debates e interações sobre a área da aquicultura,  serão apresentadas palestras, mini-cursos e exposições de trabalhos científicos. As inscrições devem ser feitas neste link e será cobrada a taxa R$ 5 de estudantes de graduação, R$ 10 de estudantes de pós-graduação e R$ 15 do público em geral.

O evento terá formato híbrido, com atividades presenciais e transmissão on-line. Também constam na programação palestras assíncronas pela plataforma Even3 e, no último dia, apresentações de trabalhos (presencial e em formato de vídeo) e o mini-curso (presencial) no Departamento de Aquicultura, no Centro de Ciências Agrárias (CCA/UFSC). 

Mais informações na página do evento e no Instagram @semaquicultura.

 

Tags: CCACiênciaDepartamento de AquiculturainovaçãopalestraUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaXXI Semaqui- Congresso de Engenharia de Aquicultura

Rede Federal de Educação Superior de Santa Catarina promove encontro entre os dias 28 e 29 de setembro

27/09/2023 12:22

O Departamento de Inovação (Sinova) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em parceria com o Instituto Federal Catarinense (IFC), promove o 1º Encontro dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) da Rede Federal de Educação Superior de Santa Catarina entre os dias 28 e 29 de setembro. Com foco na aproximação e compartilhamento de boas práticas que auxiliem na mitigação dos desafios enfrentados pela inovação nas instituições públicas. 

Realizado no formato híbrido, online e presencial, o evento é aberto para todos os públicos e traz painéis, palestras e discussões, que apontam os caminhos da transferência de tecnologias, ferramentas para a maturação de projetos (TRL), propriedade intelectual, startups e muitos outros ligados à inovação e ao empreendedorismo.

Inscrições pelo link. Devido ao número de lugares disponíveis no auditório, apenas a modalidade online ainda conta com vagas.
(mais…)

Tags: inovaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC construirá reator com tecnologia inovadora para plataforma da Petrobras

25/09/2023 09:42

Foto: Geraldo Falcão / Agência Petrobras

A Universidade Federal de Santa Catarina firmou um projeto de R$ 6 milhões de reais com a Petrobras para desenvolver um reator experimental e com diversas inovações, tanto para a indústria de petróleo quanto para a preservação ambiental. A iniciativa será liderada pela professora Regina Peralta Moreira, do Laboratório de Energia e Meio Ambiente do Departamento de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos, com previsão de três anos de duração.

As tecnologias utilizadas no novo sistema já começaram a ser estudadas. Segundo a professora, embora sejam conhecidas e referenciadas na literatura da área, ainda não foram consolidadas em um equipamento, o que será feito de forma inédita pela UFSC. O reator será construído para separar e destruir os rejeitos da chamada “água produzida” de um modo mais eficiente e sustentável.

Regina explica que a água produzida está presente nos reservatórios de óleo e gás natural e é trazida à superfície junto com o petróleo. Esta água tem uma complexidade química e um potencial risco ao meio ambiente, por isso os seus descartes podem ser responsáveis pela alteração da qualidade da água do mar.

Segundo a professora, os poluentes da água são removidos através de processos de separação na própria plataforma de petróleo. “Após um processo eficiente de tratamento, a água produzida pode ser descartada ou reinjetada nos poços produtores de petróleo”, explica. É justamente o processo de purificação dessa água que pode ser aperfeiçoado, além de se tornar mais sustentável.

“Qualquer que seja a destinação, o tratamento da água produzida precisa eliminar os sólidos suspensos, compostos orgânicos dissolvidos e dispersos – óleos e graxas. Assim, a eliminação eficiente do teor de óleos e graxas da água produzida é um problema que precisa ter solução econômica e eficiente”, completa.

A solução encontrada pela professora e pela equipe que irá trabalhar com ela é destruir os contaminantes por meio da eletroxidação, integrando com outros processos de tratamento, como flotação e separação com membranas, em um design inovador que busca a intensificação de processos. A oxidação é um processo químico que destrói material orgânico e trata a água. “É um processo de decomposição para despoluir águas contaminadas. A primeira motivação é ambiental, mas também estamos em busca de uma solução economicamente viável”, conta.

A eficiência e a consequente ampliação da capacidade de tratamento da água de produção vai aumentar a capacidade de processamento de óleo e gás, com impactos ambientais e econômicos positivos. O reator será primeiro construído em escala de laboratório e depois em plataforma da empresa numa escala piloto. “O desafio será propor sistemas de tratamento compactos, eficientes e de custo competitivo para serem implementados em plataformas de petróleo”, sintetiza a professora.

Inovação e ineditismo

A professora reforça que, embora utilize processos já conhecidos na literatura, sua combinação e constituição – primeiro em nível laboratorial e, depois, como projeto piloto em plataforma – trarão inovações. “Da forma como a gente está propondo, como um processo integrado, é totalmente novo e bastante inovador, não existem plantas como essas, no mundo, especialmente para petróleo”.

O processo de eletroxidação leva até o poluente uma corrente elétrica que permite a formação de radicais livres com alto poder oxidativo e permite a ocorrência de uma série de reações. Já com relação à tecnologia de separação por membranas, a água passa por um meio poroso que retém as partículas indesejadas. Embora já estudados no tratamento de água, no estudo da UFSC eles são combinados em um design inovador.

“Essas tecnologias têm muitas particularidades que precisam ser estudadas, por isso vamos propor modelos pioneiros”, conta. De acordo com a professora, a eletroxidação por meio da utilização de energias renováveis vem sendo um foco das investigações. “É um processo que demanda muita energia, e com o uso de energias renováveis – eólica, fotovoltaica, por exemplo – , é possível acionar os reatores de forma eficiente e sustentável”.

Regina explica, ainda, que dentre as inovações que o laboratório e a equipe de pesquisa vão estudar, serão explorados vários arranjos pois não existe uma única solução possível, o que amplia a possibilidade de respostas satisfatórias. O projeto conta com uma equipe formada por oito professores, pós-doutorandos, doutorandos, mestrandos e estudantes de iniciação científica. Além do trabalho em laboratório, também haverá pesquisa de campo, em plataforma. “Queremos desenvolver a tecnologia mais segura e que possa ser aplicada em todos os lugares, protegendo o oceano e o meio ambiente”.

Amanda Miranda, jornalista da Agecom/UFSC

Tags: eletroxidaçãoenergiainovaçãomeio ambientePetrobrasplataforma de petróleoreatorUFSC

UFSC vence maior competição de empreendedorismo universitário do Brasil

19/09/2023 11:23

Equipe se destacou com solução para supermercado

Uma equipe da UFSC foi a campeã do REUNI CHallenge 2023, que envolveu universidades de todo o país e é considerado o maior evento de inovação aberta do Brasil. A professora Gertrudes  Dandolini, do Núcleo de Pesquisa em Inteligência, Gestão e Tecnologia para Inovação – IGTI, liderou a equipe Engaja+, formada por estudantes dos cursos de Administração e de Economia da UFSC. Os desafios foram cumpridos ao longo do último final de semana, na cidade de Lages, em Santa Catarina.

Reunindo universidades de todo o Brasil, a competição de empreendedorismo incentiva a criatividade, o espírito empreendedor e o trabalho em equipe. Além disso, proporciona uma experiência prática de empreendedorismo aos participantes e premia as ideias mais promissoras com recursos financeiros para auxiliar na sua implementação. A equipe da UFSC recebeu R$10 mil. Os grupos poderiam escolher um dentre 25 desafios reais para proporem soluções.

A professora conta que a UFSC escolheu um desafio aberto intitulado Conecte sua startup ou empresa inovadora ao Supermercado Pinheiro e impulsione o futuro do Varejo. “Após pesquisas com diversos supermercados, funcionários e Associação Brasileira de Supermercados, selecionamos a dor do engajamento dos funcionários e trouxemos uma solução personalizada aos supermercados, que visa trazer o bem-estar dos funcionários”, explica a professora.  “A UFSC se destacou por trazer uma solução que resolve um problema da maioria dos supermercados, com uma solução voltada para as pessoas”, completa.

Conforme Gertrudes, os quatro dias de competição foram de muitas emoções, aprendizados, e resiliência. “A equipe foi incansável, lapidando a solução e a apresentação do pitch até o último segundo. A apresentação do pitch me emocionou. Não só a mim, mas também os mentores e a banca”, conta. O pitch é justamente o momento de “vender” a ideia.

“Esses desafios trazem a oportunidade dos alunos colocarem na prática seus aprendizados da Universidade. E o desafio de resolver um problema real, sair conversando com pessoas para entender a real dor das pessoas, propor a solução, convencer os mentores e a banca, traz novos aprendizados, engajamento, resiliência, desenvolve competências de trabalho em equipe, do saber ouvir, do se colocar no lugar do outro. Enfim, é uma experiência muito rica, tanto aos alunos quanto aos professores”, sintetiza a professora.

Uma das acadêmicas participantes, Talya Aparecida Zuchi, celebrou a oportunidade de participar do desafio. “Participar do Reuni Challenge foi uma virada de chave, pessoal e profissionalmente falando. Desafios como esses nos preparam ainda mais para o mercado de trabalho e para a realidade em que estamos inseridos”, comenta. Ela conta que, nos dias de evento, conseguiu ver na prática a aplicação de vários conceitos aprendidos em sala de aula. “Somos gratos por poder representar uma das melhores universidades do país em uma competição nacional e conseguir trazer o título de Universidade Mais Empreendedora do País para a UFSC. Com certeza isso transformou nosso olhar para nossa carreira profissional”.

A equipe vencedora tem como integrantes os acadêmicos Bianca Maria dos Santos Gonzaga, Rafael Curtarelli Soccol, Elizeu Raimundo de Oliveira Neto, Rodrigo Cintra de Oliveira e Cunha, Talya Aparecida Zuchi e José Paulo Rodrigues dos Santos.

Tags: EmpreendedorismoinovaçãoREUNI CHallenge 2023

UFSC assina termo de cooperação técnica para promoção da educação empreendedora

29/08/2023 17:23

Superintendente estadual do Sebrae, Carlos Henrique Ramos Fonseca (E); reitor Irineu Manoel de Souza; sócio-administrador da Sapienza, João Geraldo Cardoso Campos; diretora de Inovação da Sinova, Clarissa Stefani Teixeira; diretor administrativo do Sebrae, Anacleto Ortigara e chefe de gabinete da UFSC, Bernardo Meyer (Foto: Luís Carlos Ferrari/Secom)

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a empresa Mentor Match Ltda – Sapienza assinaram um acordo de cooperação técnica para a promoção da educação empreendedora na Universidade. A assinatura ocorreu durante o Startup Summit 2023, evento de empreendedorismo e inovação realizado de 23 a 25 de agosto no Centrosul – Centro de Convenções de Florianópolis. Pelos termos do acordo, a UFSC e a Mentor Match deverão conjugar esforços para desenvolver o projeto de extensão intitulado Educação Empreendedora na UFSC.

A coordenação e execução do acordo, na UFSC, ficará sob responsabilidade da técnica-administrativa em Educação Juliana de Souza Corrêa, do Departamento de Inovação da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (Sinova/Propesq). O acordo tem prazo inicial de 36 meses, podendo ser renovado ao final deste período. Visa executar atividades como mapeamentos, mentorias e metodologias para a educação inovadora e empreendedora, área na qual a Sapienza tem grande experiência.

Entre as metas do compromisso firmado estão a realização de workshops com professores; análise de disciplinas de cursos oferecidos pela UFSC com foco em inovação e empreendedorismo, traçando trilhas de aprendizagem e novas soluções; acompanhar projetos de inovação e empreendedorismo da Sinova; realizar mentorias e formar professores mentores; apoiar a formação de startups e analisar o perfil dos egressos da UFSC.

O reitor Irineu Manoel de Souza disse que o convênio era importante para incluir a temática nos cursos de graduação e pós-graduação da UFSC, “possibilitando a inovação e as boas práticas e aproximando cada vez mais a Universidade do setor produtivo e da sociedade”. Presente ao evento, o superintendente estadual do Sebrae, Carlos Henrique Ramos Fonseca, destacou aspectos positivos da parceria. “A Universidade é o nascedouro do nosso ecossistema de inovação, e iniciativas como essa impulsionam e fortalecem esse ecossistema”, afirmou.
(mais…)

Tags: inovaçãoPROPESQSinovaStartup SummitUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Equipe de estudantes da UFSC Blumenau é campeã do Desafio ValeEUrobotic 2023

15/08/2023 14:30

Foto: Jéssica Goulart

A Equipe de Aço, composta por alunos do curso de Engenharia de Materiais da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – campus Blumenau, é a campeã da etapa técnico e superior do Desafio ValeEUrobotic 2023. O evento reuniu equipes de estudantes do ensino fundamental, médio, técnico e superior, de instituições de ensino públicas e privadas de Blumenau e região. A apresentação final e a premiação ocorreram no dia 9 de agosto, no Complexo Esportivo do Sesi, em Blumenau.
(mais…)

Tags: Campus BlumenauDesafio ValeEUrobotic 2023engenharia de materiaisEquipe de AçoinovaçãoSindicato das Indústrias MetalúrgicasUFSC

Departamento de Inovação da UFSC recebe inscrições para programa de mentoria

14/08/2023 14:08

O Departamento de Inovação da Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação da Universidade Federal de Santa Catarina (Sinova/Propesq/UFSC) está com inscrições abertas, até 20 de agosto, para o “SINOVA UFSC Startup Mentoring” – Ciclo 2023/2. O programa é destinado a empreendedores, estudantes, egressos, entusiastas do empreendedorismo e inovação e comunidade externa em geral. Os interessados em participar devem se inscrever pelo formulário on-line
(mais…)

Tags: Departamento de InovaçãoEmpreendedorismoinovaçãoMentoriaPró-Reitoria de Pesquisa e InovaçãoPROPESQSinovastart-upStartup MentoringUFSC

‘Como proteger meus direitos autorais?’: palestra discute propriedade intelectual nesta quinta, 17 de agosto

14/08/2023 13:35

O Núcleo de Pesquisa em Propriedade Intelectual, o Departamento de Inovação da Universidade Federal de Santa Catarina (Sinova) e o Floripa Conecta promovem a palestra “Como proteger meus direitos autorais? Uma abordagem prática em quatro frentes: programação, música, literatura e audiovisual” , no dia 17 de agosto, quinta-feira,às 18h30, no Auditório da Fapeu. Os palestrantes são Lucas Silveira Duarte (Mestre em Direito Privado pelo PPGD/UFSC; advogado e músico; autor do livro Direitos Autorais e Formalidades: uma rediscussão necessária em prol do interesse público no mercado cultural) e Lucas Moser Goulart (mestre em Direito Privado PPGD/UFSC; advogado, músico e produtor cultural). 

O evento buscará realizar uma abordagem prática acerca do exercício dos direitos autorais no mercado a partir da perspectiva de quem cria, ilustrando quatro posições possíveis: a) programadores/desenvolvedores;  b) músicos;  c) escritores; d) produtores de conteúdo audiovisual. Será abordado o fenômeno da incidência da proteção do autor conferida por leis nacionais e internacionais, dentro e fora da internet: Como protejo e ganho dinheiro com o que desenvolvi ou criei? Como utilizo criações de terceiros? Essas e outras questões, a partir de atividades práticas, serão discutidas buscando despertar o interesse dos criadores no conhecimento de seus próprios direitos, bem como orientar aqueles que trabalham com criações de terceiros que por sua vez são protegidas por direitos autorais.

As inscrições podem ser realizadas aqui.

Mais informações pelo Instagram ou pelo e-mail nuppi.ufsc@gmail.com

 

Tags: direitos autoraisFloripa ConectainovaçãoNúcleo de Pesquisa em Propriedade IntelectualNuppipropriedade intelectualSinovaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Inscrições abertas para Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação

11/08/2023 16:37

O exame de acesso para o Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação (Profnit) está com inscrições abertas até 20 de agosto. O curso é uma parceria do Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia com a UFSC e outras instituições de ensino. O curso é voltado ao aprimoramento da formação profissional para atuar nas competências dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) e nos Ambientes Promotores de Inovação nos diversos setores acadêmico, empresarial, governamental, organizações sociais, entre outros.

Confira aqui o edital. Poderão se inscrever candidatos graduados portadores de diploma de qualquer curso de nível superior – graduação – emitido por instituição oficial e reconhecida pelo MEC. Ao todo são 12 vagas ofertadas na UFSC, com quatros vagas para ações afirmativas, três para pretos, pardos e indígenas e uma para pessoas com deficiência. As inscrições custam R$ 300,00. O resultado final da seleção será divulgado no dia 10 de novembro  e o ingresso dos selecionados será em 2024.

Mais informações aqui.

 

Tags: inovaçãoPROFNITpropriedade intelectualUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pesquisadores da UFSC recebem Prêmio Inventor Petrobras 2023

01/06/2023 18:28

Lucas Militão, à esquerda, e Felipe Castro, gerente da Petrobras

Pesquisadores do Laboratório Polo, referência mundial em pesquisa, desenvolvimento e inovação em refrigeração e termofísica, do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), receberam, na quarta-feira da semana passada, 24 de maio, o Prêmio Inventor Petrobras 2023. A premiação foi concedida pela patente Sistema de resfriamento submarino para conjunto de circuito de eletrônica de potência e método para dimensionamento do sistema de resfriamento submarino para conjunto de circuito de eletrônica de potência, desenvolvida pelos pesquisadores Lucas Militão, Jader Riso Barbosa Jr., Alexandre Kupka da Silva, Carlos Renato Rambo, Marcelo Lobo Heldwein, Caio Dias Fernandes e Douglas Mateus Machado.

A patente foi depositada com o intuito de proteger um sistema de resfriamento passivo para eletrônica submarina que, ao ser comparado através de métodos matemáticos e numéricos com sistemas de resfriamentos passivos para eletrônica submarina já existentes na literatura, provou-se ter desempenho térmico superior e mais compacidade.

O estudo foi financiado pela Petrobras, sob o projeto de pesquisa Desenvolvimento de sistemas avançados de proteção e resfriamento de sistemas elétricos submarinos sob alta pressão, e pelo Programa Institutos Nacionais de Ciência, Tecnologia e Inovação (INCT), com recursos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior  (Capes). O Prêmio Inventor Petrobras 2-23 reconhece os pesquisadores e os colaboradores da petroleira que contribuíram para inovação na empresa através de depósito de patentes além de seu potencial de impacto, para que a empresa se mantenha dentre as mais inovadoras do país no setor de óleo e gás.

Tags: Eletrônica de potênciainovaçãoPatentepesquisaPrêmio Inventor PetrobrasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC tem três finalistas no Prêmio Inovação Catarinense

16/05/2023 09:18

A Universidade Federal de Santa Catarina tem três finalistas no Prêmio Inovação Catarinense Professor Caspar Erich Stemmer – Edição 2022, promovido pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).  Clarissa Stefani Teixeira, diretora de inovação da Sinova, é finalista na categoria Agente de Inovação. Já  Dimas Rafael Broering, aluno do Departamento de Engenharia Elétrica e Eletrônica do Centro Tecnológico e Mariana Rodrigues Marcelino, do Departamento de Arquitetura e Urbanismo estão entre os nomes selecionados como Estudante Universitário Inovador.

A premiação seleciona atores do ecossistema de inovação (empresas e pessoas) que se destacam em suas atividades. O prêmio reuniu 272 candidaturas com ações bem sucedidas de gestão da Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI). Segundo Clarissa, “a premiação é essencial para o estímulo ao engajamento de novas pessoas na busca da transferência de conhecimento para os diversos atores do ecossistema de inovação e para o próprio reconhecimento de quem já está engajado nas ações de ciência, tecnologia e inovação”.

Os ganhadores receberão R$ 420 mil ao todo, divididos entre primeiros, segundos e terceiros colocados em cada categoria. Além disso, os participantes também contarão com troféus e certificados de participação.O prêmio dispõe sobre incentivos à Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) no ambiente produtivo, permitindo o equilíbrio regional e o desenvolvimento econômico e social sustentável do Estado de Santa Catarina.

A premiação homenageia a memória do Professor Caspar Erich Stemmer, personalidade catarinense de destaque nacional no desenvolvimento da CTI, e reconhece os esforços bem sucedidos de gestão da CTI que auxiliam no desenvolvimento dos ecossistemas de empreendedorismo e inovação no Estado Catarinense.

Informações da Sinova e Fapesc

Tags: FapescinovaçãoPrêmio Inovação Catarinense

Núcleo promove evento sobre mulheres, inovação e criatividade

24/04/2023 09:56

O Núcleo de Pesquisa em Propriedade Intelectual (Nuppi) promove, nesta quarta-feira, 26 de abril, o evento Mulheres e a propriedade intelectual: acelerar a inovação e a criatividade. A atividade está programa para 18h30, no auditório João Ernesto E. Castro, junto ao departamento de Engenharia de Produção da UFSC.

O evento é realizado em comemoração ao dia mundial da propriedade intelectual, instituído pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual, que acontece no dia 26 de abril. O objetivo é discutir as possíveis trajetórias das mulheres no contexto da inovação e da criatividade e incentivar a participação feminina na área, por meio da promoção de uma reflexão crítica sobre as questões de gênero, equidade e inclusão. Para isso, serão reunidas mulheres com histórias inspiradoras, que debaterão o tema a partir de suas experiências profissionais e acadêmicas.

As painelistas serão Luana Bayestorff, do Laboratório de Inovação do Governo de Santa Catarina, Michele Copetti, ex-diretora de marcas do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual e Márcia Mantelli, professora e pesquisadora do UFSC. Debaterão o tema as professoras Luana Heinen e Liz Beatriz Sass, ambas professoras vinculadas ao Centro de Ciências Jurídicas.

Espera-se que o evento contribua para a ampliação da reflexão crítica sobre a participação das mulheres no campo da propriedade Intelectual e da inovação, estimulando a participação feminina em atividades inovadoras e criativas, além de promover a conscientização sobre a importância da equidade de gênero na área de inovação e criatividade. A iniciativa também busca fortalecer a rede de colaboração entre as organizações parceiras e a comunidade acadêmica e profissional envolvida na área de propriedade Intelectual e inovação. Mais informações no site www.nuppi.com.br.

Tags: criatividadeinovaçãoNúcleo de Pesquisa em Propriedade IntelectualSinovaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Palestra ensina a apresentar projetos de negócios inovadores

11/04/2023 16:12

O programa Academy UFSC promove uma palestra online sobre pitch de negócios nesta quinta-feira, 13 de abril, das 19h às 20h30, com transmissão pelo Youtube. Henrique Otte e Marinês Garcia falarão sobre como apresentar um projeto inovador, as especificidades da estrutura do pitch de negócios e erros comuns na área.

Henrique Otte é fundador e CEO da Bridge Aceleradora, onde formou mais de uma centena de startups. Também fundou o Bridge Bank e atua como consultor, autor, palestrante, mentor, professor e investidor-anjo.

Já Marinês Garcia é gestora de Startups e Projetos na Bridge Aceleradora e ajudou empreendedores em mais de cem projetos. Economista especialista em internacionalização de startups, descobriu sua paixão pelo empreendedorismo de startups trabalhando na Associação Catarinense de Tecnologia (Acate).

Para ter direito a certificado, é necessário realizar a inscrição pela plataforma Sympla e preencher o formulário de presença disponibilizado ao longo da transmissão.

Tags: Academy UFSCEmpreendedorismoinovaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC oferece 312 disciplinas de inovação e empreendedorismo e vai estimular projetos na área

15/02/2023 14:05

O Departamento de Inovação (Sinova) realizou um mapeamento de todas as disciplinas, de graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) voltadas para os temas inovação e empreendedorismo. Segundo a Sinova, a UFSC possui atualmente 312 disciplinas de inovação e empreendedorismo nos mais diversos cursos. Os interessados podem conferir as disciplinas oferecidas pela Universidade através do site

Além das disciplinas oferecidas, a UFSC está com edital aberto para seleção de projetos de extensão focados na inovação e empreendedorismo social, em diferente áreas de conhecimento. O edital tem como objetivo apoiar e estimular a criação de até 12 propostas, prevendo aporte de até R$ 14.580,00 por projeto contemplado, na forma de bolsas de extensão.

(mais…)

Tags: Departamento de Inovação (Sinova)disciplinasemprendedorismoinovaçãoSinovaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC e Acate assinam acordo para promoção do empreendedorismo e da inovação

03/02/2023 12:02

Presidente da Acate, Iomani Engelmann, e reitor Irineu exibem documento do termo de cooperação técnica assinado (Fotos: Robson Ribeiro / Secretaria de Comunicação da UFSC)

O reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Irineu Manoel de Souza, e o presidente da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), Iomani Engelmann, assinaram nesta sexta-feira, 3 de fevereiro, um acordo de cooperação técnica para a realização do projeto ACATE Campus. O projeto visa a transferência de conhecimento para a promoção de empreendedorismo e inovação na UFSC e será desenvolvido durante um período de três anos.

A cerimônia de assinatura ocorreu na Sala dos Conselhos e foi prestigiada pelo superintendente do Sebrae-SC, Carlos Henrique Ramos Fonseca; o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Juliano Richter Pires; o pró-reitor de Pesquisa e Inovação da UFSC, Jacques Mick; o diretor em exercício do Centro Tecnológico (CTC), Sérgio Peters, além de membros da diretoria da Acate, professores da Universidade e integrantes da equipe da Propesq.

Pelos termos do acordo, a UFSC deverá a oferecer espaço físico para o projeto; mobilizar alunos, técnicos e professores para participar das atividades extensionistas promovidas; promover junto à comunidade universitária palestras, workshops e aulas e estimular a participação de alunos, técnicos e professores em atividades de pré-incubação, incubação e de promoção à inovação e empreendedorismo desenvolvidas pela Acate. As atividades do projeto ACATE Campus serão desenvolvidas nos espaços do Ambiente de Desenvolvimento de Empreendimentos Inovadores (Novus), vinculado ao CTC e localizado no Sapiens Parque.

A Associação Catarinense de Tecnologia, por sua vez, deverá indicar profissionais empreendedores para participar de aulas, palestras e workshops; contribuir com atividades de curricularização da UFSC; realizar ações de pré-incubação e incubação que estimulem o desenvolvimento da inovação e do empreendedorismo na UFSC e promover e estimular a participação de empresas, instituições do terceiro setor e parceiros externos, a exemplo do Sebrae, Prefeitura de Florianópolis e Fapesc, no apoio de projetos e ações universitárias desenvolvidas na UFSC.

(mais…)

Tags: AcateAcate CampusEmpreendedorismoinovaçãoNovusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC conquista prêmio Startup Awards na categoria universidade

21/11/2022 17:40

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) ganhou o prêmio Startup Awards na categoria universidade na noite de sexta-feira, 18 de novembro. A premiação ocorreu em São Paulo e é promovida pela Associação Brasileira de Startups. É a segunda vez que a UFSC conquista a premiação que busca reconhecer instituições de ensino com conteúdos e áreas voltadas à educação empreendedora no mercado de inovação e startups em sua grade curricular. O primeiro prêmio recebido foi em 2016.

Para o reitor Irineu Manoel de Souza, “essa premiação reconhece o protagonismo da UFSC no apoio ao empreendedorismo e na construção do ecossistema de inovação da nossa região”. O Startup Awards existe desde 2013 e busca reconhecer os agentes mais importantes do ano no cenário do empreendedorismo digital brasileiro em 15 categorias. Na categoria universidade, a UFSC concorreu com outras duas finalistas: a Fiap e a Insper. A UFSC foi finalista também no ano de 2021.

Além da UFSC, outras duas instituições catarinenses receberam prêmios. A Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) foi contemplada na categoria hub de inovação, e a 49 Educação foi reconhecida na categoria educação. Para conhecer mais sobre o Startup Awards, acesse o site oficial do evento.

Tags: EmpreendedorismoinovaçãoPrêmioStartup AwardsUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Solenidade marca abertura oficial da 19ª Sepex na UFSC

08/11/2022 17:53

Uma solenidade no auditório da Reitoria, com participação da vice-reitora Joana Célia dos Passos e representantes da Administração Central, marca a abertura oficial da 19ª Semana de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação (Sepex) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A cerimônia será realizada na quarta-feira, 9 de novembro, às 14 horas.

Com uma programação que contempla minicursos, rotas temáticas, programações artístico-culturais e feira de ciências, a Sepex é um dos eventos mais tradicionais da UFSC e promove a interlocução direta com a comunidade ao longo de cinco dias de programação – os minicursos gratuitos iniciaram no dia 7 de novembro.

Logo na sequência, às 14h30, a Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (Propesq), em conjunto com o Departamento de Inovação da Universidade Federal de Santa Catarina (Sinova), promove o primeiro Inova UFSC – Rodada de Conexão Interna e Externa. A proposta é explorar os ambientes de inovação e empreendedorismo na Universidade, como laboratórios e centros.

Também a partir do dia 9, o hall do Centro de Eventos da UFSC receberá a Feira de Ciências 2022, com 52 estandes nas mais variadas temáticas que levarão informações sobre projetos e atividades científicas aos visitantes. A exposição estará aberta até 11 de novembro, das 8h30 até 19h.

A programação da Sepex também contempla, de 9 a 11 de novembro, rotas temáticas, agregadas por áreas. São nove opções com programação especiais. Ciências Agrárias; Comunicação e Expressão; Desporto; Filosofia, Ciências Humanas e Educação; Física, Matemática, Química e Oceanografia; Tecnologia; Saúde; Reitoria, Pró-reitorias e Secretarias e Colégio de Aplicação.

Na rota de Desporto, por exemplo, o Núcleo de Aventuras vai promover a prática de slackline em árvores ao lado das quadras de tênis no Centro de Desportos e em frente à Reitoria. Já na rota de Tecnologia será possível fazer um percurso histórico desde a máquina a vapor até a Indústria 5.0, atividade promovida pelo Departamento de Automação e Sistemas.

Para participar das rotas temáticas é necessário estar atento às informações das atividades indicadas, seus horários e capacidade de público, disponíveis no site do evento.

Outra atração da semana são as atividades culturais, que contarão com apresentação de coral, boi de mamão, dos terapeutas da alegria, de alunos do Núcleo de Estudos da Terceira Idade, Scam e Kyudo. A participação nas atividades da Sepex é gratuita.

A cerimônia de encerramento da 19ª Sepex está programada para o auditório da Reitoria da UFSC, às 10h da próxima sexta-feira, com a mesa redonda Mudanças climáticas: Qual a contribuição da ciência feita na UFSC? Para mais informações, acesse o site do evento e também o Instagram e acompanhe as atualizações nas redes sociais da UFSC.

 

 

Tags: 19ª SEPEXensinoextensãoinovaçãopesquisaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Evento apresenta ações de inovação e empreendedorismo da UFSC

07/11/2022 17:10

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (Propesq) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em conjunto com o Departamento de Inovação (Sinova), promove, nesta quarta-feira, 9 de novembro, o primeiro Inova UFSC – Rodada de Conexão Interna e Externa. O evento ocorre às 14h no Auditório da Reitoria e apresenta um panorama das atividades de inovação e empreendedorismo realizadas na Universidade. As inscrições podem ser realizadas pelo formulário online.

Após as falas institucionais, o Inova UFSC se divide em cinco momentos. Às 15h, serão apresentadas as práticas da UFSC na promoção de um ecossistema de inovação, passando por projetos desenvolvidos e eventos organizados regularmente. Depois, o foco passa para ambientes de inovação e empreendedorismo na Universidade, como laboratórios e centros de inovação. Na sequência, serão divulgados dados do Observatório UFSC e da Sinova.

Ao fim do panorama, será realizado um painel sobre os Ativos de Propriedade Intelectual (PI) da Universidade, no qual se busca apresentar oportunidades para a realização de pesquisas voltadas à inovação. A atividade é finalizada com a apresentação das estratégias do Programa Develop UFSC, que busca transformar Ativos PI em produtos com valor agregado e, com isso, criar modelos de negócios atrativos para licenciamento.

O evento integra a 19a Sepex (Semana de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação) da UFSC, que ocorre entre os 7 e 11 de novembro e conta com diversas outras atividades em formato virtual e presencial. A programação completa pode ser acessada em sepex.ufsc.br.

Tags: EmpreendedorismoinovaçãoPROPESQSinovaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina