Brasil aprova Participação Social em Saúde na OMS com auxílio de pesquisadora da UFSC

12/06/2024 17:24

Assembleia ocorreu em Genebra, na Suíça. Foto: Antoine Tardy/Divulgação/OMS

A 77ª Assembleia Mundial da Saúde (World Health Assembly, na sigla em inglês) aprovou por consenso uma resolução inédita que legitima a Participação Social em Saúde, informa o Conselho Nacional de Saúde, em seu site. A resolução – proposta por 27 países, entre eles o Brasil – determina que a sociedade civil influencie na tomada de decisões em todo ciclo das políticas públicas de saúde, de forma transparente, em todos os níveis dos sistemas de saúde. A assembleia é um evento da Organização Mundial de Saúde (OMS), que foi promovido entre o final de maio e início de junho de 2024, em Genebra, na Suíça.

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) tem uma pesquisadora entre os membros do Conselho Nacional de Saúde que participou da assembleia da OMS. A professora Silvana Nair Leite, do Departamento de Ciências Farmacêuticas da UFSC, atuou no apoio e na negociação para aprovação da proposta entre os membros da OMS. A professora, que também atua no Conselho Municipal de Saúde de Florianópolis, participou de reuniões com a comissão para implementação da participação social, deliberações com outras entidades representadas na assembleia na Suíça e atividades paralelas promovidas por outras instituições internacionais.

(mais…)

Tags: CiênciaDepartamento de Ciências FarmacêuticasFarmáciaOMSONUparticipação socialpesquisaPós-Graduação em FarmáciaResoluçãosaúdeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Comunidade pode se vacinar na UFSC até sexta-feira, 10 de novembro

08/11/2023 10:40

Equipe começou a vacinar na UFSC nesta terça (Foto: Amanda Miranda)

A van da vacinação disponibiliza todas as vacinas do calendário nacional, inclusive a da COVID-19, para toda a comunidade interna e externa da UFSC até sexta-feira, 10 de novembro. Quem quiser se vacinar precisa apenas apresentar documento de identidade com foto. A vacinação ocorre no hall da Reitoria I, no campus da Trindade, em Florianópolis (SC), das 9h às 17h.

Por que precisamos nos vacinar?

As vacinas estimulam nosso sistema imune a produzir anticorpos contra diversas doenças. Ao longo do tempo, elas permitiram a erradicação ou controle, evitando sequelas graves, de inúmeras doenças, tais como: varíola, poliomielite, sarampo e febre amarela. As campanhas de vacinação são a estratégia de saúde pública mais eficaz para prevenir doenças. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as vacinas evitam, a cada ano, entre 2 e 3 milhões de mortes.

O Sistema Único de Saúde (SUS) incentiva a vacinação de toda a população, promovendo a vacina como um bem coletivo. A ação na UFSC é organizada pelo Departamento de Atenção à Saúde (DAS/PRODEGESP) em parceria com a equipe da Prefeitura Municipal de Florianópolis. Para a comunidade acadêmica, o DAS reitera a necessidade de atualização do esquema vacinal no sistema da UFSC neste link.

Tags: calendário nacional de vacinaçãoesquema vacinalimunizaçãosaúdeUFSCvacinaçãovan da vacinação

Cursos na área da saúde são os mais pedidos pela comunidade externa na UFSC Blumenau

20/10/2023 17:29

Cursos de graduação na área da saúde foram os mais solicitados pela comunidade externa na pesquisa realizada pelo Campus de Blumenau da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) entre os meses de junho e julho de 2023. O resultado foi apresentado nesta quarta-feira, 18 de outubro, durante a reunião do Conselho da Unidade do Centro Tecnológico, de Ciências Exatas e Educação (CTE) da UFSC Blumenau.

A consulta pública externa iniciou em junho, com a aplicação de formulários específicos para estudantes de ensino médio das escolas de Blumenau e região e dirigentes do setor produtivo local. Em julho, foi realizada a última etapa, em que foi disponibilizado um formulário no site do campus para que a comunidade em geral também pudesse se manifestar.

(mais…)

Tags: consulta externaexpansãonovos cursossaúdeUFSCUFSC BlumenauUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC participa de estudo internacional que acompanha saúde mental de estudantes

24/07/2023 13:56

Já foram coletados dados de 5 mil discentes. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

O projeto de pesquisa Unilife-M, que visa investigar como os comportamentos de estilo de vida e saúde mental dos estudantes mudam ao longo de sua jornada acadêmica e como essas mudanças estão associadas, tem participação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O estudo será realizado com alunos em 11 universidades no Brasil  e outros 50 centros em 15  países. Até agora, já foram coletados dados de mais de 5 mil discentes.

Os estudantes calouros de 2023 podem responder aos questionários on-line até o início do segundo semestre de 2023, em 7 de agosto. Os estudantes devem ter iniciado no primeiro semestre de 2023 da UFSC, com idade entre 16 a 35 anos, e devem ler e concordar com o termo de consentimento online. A participação envolve responder uma pesquisa online com perguntas sobre comportamentos de estilo de vida e como o aluno tem se sentido nos últimos meses.

A pesquisa leva cerca de 10 a 20 minutos e será respondida em quatro momentos diferentes: a primeira no ano letivo de 2023; a segunda e a terceira respostas, após um e dois anos da primeira participação, e a última 3,5 anos após a primeira participação. Alguns participantes farão alguns testes de aptidão física e coletas de sangue para acompanhamento de marcadores neurobiológicos.
(mais…)

Tags: CDSestudanteestudo internacionalsaúdeSaúde MentalUFSCUNILIFE-MUniversidade Federal de Santa Catarina

PET Nutrição promove programa de educação alimentar para crianças de 5 a 10 anos

20/07/2023 10:54

Estão abertas as inscrições para o último grupo de atendimento do ano do Ambulatório de Educação Nutricional Infantil (Amenuti), programa de educação alimentar para crianças de 5 a 10 anos de todo o Brasil. O programa de acompanhamento nutricional é gratuito e consiste em consultas online, de forma individual e em grupo, voltadas a quem deseja mudar os hábitos alimentares. A atividade será realizada com encontros semanais nas sextas-feiras de manhã, no período de agosto a setembro, e mais alguns encontros em novembro e dezembro de 2023. A inscrição pode ser realizada pelos responsáveis através do formulário. O programa inicia com um grupo de até seis crianças.

O Amenuti é um projeto de extensão composto por integrantes do Programa de Educação Tutorial de Nutrição (PET Nutrição) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), coordenado pela professora Daniela Barbieri Hauschild.

Para mais informações, consulte o perfil de Instagram do AMENUTI.

Tags: Amenutieducação alimentarhábitos alimentaresPET NutriçãosaúdeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Ministério da Saúde estuda repasse de recursos para o Hospital Universitário da UFSC

19/07/2023 18:35

Superintendente informou que buscará implantar a política do governo federal para a saúde. Foto: Divulgação/HU-UFSC

O superintendente do Ministério da Saúde em Santa Catarina, Sylvio da Costa Junior, e seu substituto, Edson Carlos, visitaram o Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago da Universidade Federal de Santa Catarina (HU-UFSC), em Florianópolis, nesta quarta-feira, 19 de julho. Eles foram recepcionados pelo reitor da UFSC, Irineu Manoel de Souza, e pelo superintendente do HU, Spyros Cardoso Dimatos. Na conversa, Sylvio anunciou que estudará repasses financeiros para o hospital.

Ao reconhecer as dificuldades financeiras que se apresentam, não apenas no HU-UFSC, mas em hospitais de todo o país, Sylvio lembrou que já existem inúmeras parcerias entre o Ministério da Saúde e a UFSC. “Estamos cientes dos desafios, que não são pequenos, mas vamos trabalhar para executar a política do governo federal para a saúde”.

Uma equipe de técnicos do HU-UFSC apresentou detalhes sobre receitas e despesas e as possibilidades de investimentos do hospital no encontro, além de demonstrar o custeio do hospital, que depende majoritariamente de repasses do Governo do Estado para se manter. De acordo com Dimatos, o HU-UFSC realiza mensalmente 450 cirurgias, cerca de 5 mil atendimentos de urgência/emergência e 150 partos entre diversas especialidades, além de oferecer terapia intensiva e outros serviços.

O reitor da UFSC destacou a importância do hospital para a comunidade. “Nós vemos no dia-a-dia muitas pessoas procurarem o hospital para as mais diversas necessidades, sempre recebendo atendimento, o que indica o quanto o HU é essencial em nossas vidas”.

Tags: Hospital UniversitárioHUministério da saude em santa catarinasaúdeUFSCuniversidade federa de santa catarina

Laboratório da UFSC lança e-book gratuito ‘Gestão em Enfermagem e Saúde’

27/06/2023 19:14

O livro Gestão em Enfermagem e Saúde é a mais recente publicação do Laboratório de Pesquisa, Tecnologia e Inovação em Políticas e Gestão do Cuidado e da Educação em Enfermagem e Saúde (Gepades) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi organizado pelos professores José Luís Guedes dos Santos, Gabriela Marcellino de Melo Lanzoni e Alacoque Lorenzini Erdmann, líderes do laboratório. A obra é composta por 21 capítulos que contemplam as diferentes dimensões da atuação do enfermeiro na gestão dos serviços de saúde, a partir de uma perspectiva teórico-prática. Além de professores e estudantes da UFSC, o livro conta com a participação de representantes de outras 10 instituições nacionais de ensino.

O e-book está disponível online, de forma gratuita. Os custos editoriais foram integralmente cobertos pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UFSC, através do Proex-Capes. O e-book pode ser acessado neste link.

Os cinco primeiros capítulos da obra apresentam referenciais teóricos e conceitos que dão sustentação à prática gerencial em enfermagem e saúde: teorias da administração, complexidade, pensamento lean, gestão participativa e cogestão e planejamento. O sexto capítulo contextualiza o panorama do sistema de saúde e a força de trabalho da Enfermagem no Brasil. Na sequência, são apresentadas as competências e/ou os instrumentos gerenciais do enfermeiro em oito capítulos: gestão de pessoas, dimensionamento de pessoal, sistemas de classificação de pacientes, liderança, tomada de decisão, empreendedorismo e educação permanente.

(mais…)

Tags: e-bookenfermagemGEPADESgestãogestão em enfermagemsaúdeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Departamento de Esporte, Cultura e Lazer promove caminhadas semanais

30/05/2023 14:30

O Departamento de Esporte, Cultura e Lazer (DECL) da Secretaria de Cultura, Arte e Esporte (Secarte) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), promove o projeto Caminhantes – Amantes da Caminhada a partir da próxima sexta feira, 2 de junho, às 9h. A ação é focada na caminhada como uma proposta formativa e geradora de conhecimento. Os interessados em participar do projeto devem realizar a inscrição por meio do formulário on-line. Não é preciso ter vínculo com a UFSC para participar.

A proposta é realizar caminhadas semanais por diferentes locais da cidade de Florianópolis, integrando participantes de toda a comunidade. O objetivo é construir encontros temáticos que auxiliem os participantes a refletir e perceber a si mesmos no ato de caminhar, os ritmos corporais, a conexão com a natureza e os sentimentos que despertam em nós. Essas atividades serão desenvolvidas e guiadas por uma equipe de bolsistas do Departamento de Esportes, Cultura e Lazer.

Os encontros acontecerão às sextas-feiras, das 9h às 10h30, no Núcleo de Integração Multicultural Popular (NIMP), localizado na rua Desembargador Vitor Lima, 193 (Antiga Associação Atlética dos Volantes – Aasufsc), em frente à Reitoria II do Campus de Florianópolis, no bairro Trindade. A atividade é gratuita e destinada ao público acima de 15 anos. As programações das atividades ocorrerão de acordo com a previsão climática, e serão canceladas em casos de chuva.

Mais informações no site da SeCArtE.

Tags: atividades físicascaminhadaDECLsaúdeSeCArteUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Nova disciplina da Nutrição UFSC estimula autonomia na cozinha desde a escolha dos ingredientes

05/05/2023 07:23

Aula estará aberta para matrícula de qualquer estudante da UFSC em 2024

Todas as segundas-feiras pela manhã, 21 alunos se reúnem no laboratório de Técnica Dietética (LTD), no Centro de Ciências da Saúde (CCS), para a aula semanal da nova disciplina optativa do curso de Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Durante a aula de Habilidades Culinárias e Alimentação Saudável, no Campus de Florianópolis, a professora Greyce Bernardo, do Departamento de Nutrição, instrui os alunos, primeiro com demonstração de alguma técnica culinária e a explicação da receita do dia e depois, tirando dúvidas e circulando por entre os balcões do laboratório.

A disciplina, ofertada pela primeira vez neste semestre (2023.1), será disponibilizada anualmente e é aberta a todos os estudantes da UFSC, com o objetivo de ensinar técnicas culinárias básicas e alimentação saudável, desde a escolha dos ingredientes até o armazenamento dos alimentos. Os interessados em cursarem a matéria poderão fazer a solicitação pelo CAGR em 2024, no período habitual da matrícula, procurando pelo código NTR 5706.

Segundo a técnica em nutrição e dietética responsável pelo LTD, Fernanda Cristina de Souza, toda a rotina para a aula já começa na semana anterior, quando a professora responsável pela aula faz a lista dos ingredientes necessários para os preparos. Ao receber a lista, ela se dirige até o mercado e compra tudo na quantidade exata, evitando ao máximo o desperdício. No dia da aula, as receitas que serão produzidas são escritas em um quadro na frente das bancadas, cada uma contendo duplas ou trios de estudantes. Entre as 8h20 e as 11h50, os alunos se dividem entre cortar, cozinhar e misturar ingredientes, sob a orientação da professora. Assim que os pratos ficam prontos, todos se reúnem ao redor da mesa para experimentarem e debaterem conceitos da Nutrição e da Culinária, bem como sobre dificuldades e os aprendizados do dia. A degustação também gera troca de conhecimento entre professores e alunos, que aproveitam para dividir experiências e tirar dúvidas na hora do almoço.

(mais…)

Tags: alimentação e nutriçãoalimentação saudávelaula presencialsaúdeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC promove atividade de cuidado com a saúde para toda a comunidade nesta quarta-feira

10/04/2023 09:01

O Departamento de Atenção à Saúde da Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp) promove o evento Juntos pela Saúde nesta quarta-feira, 12 de abril, das 9h às 12h, na Reitoria 1 da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), no Campus de Florianópolis. A ação tem como objetivo conscientizar a comunidade a respeito da qualidade de vida e dos diferentes fatores que afetam a saúde, além de proporcionar uma manhã de cuidados com a saúde tanto física quanto mental. As atividades são abertas a toda a comunidade. Não é necessário ter vínculo com a UFSC para participar.
(mais…)

Tags: atividadeDASDAS/ProdegespexamesPraça da CidadaniaProdegespReitoria 1saúdeUFSC

Posto móvel de vacinação reduz faixa etária de vacina bivalente contra COVID-19

09/03/2023 09:35

O posto móvel de vacinação instalado no Campus Universitário Trindade da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, localizado no hall da Reitoria, está vacinando com a dose bivalente contra a COVID-19, pessoas com 60 anos ou mais. A nova faixa etária passou a valer no dia 9 de março, até o dia 8, o público-alvo eram pessoas com mais de 70 anos.  O serviço de vacinação deve permanecer no local até a sexta-feira, 10 de março, mas ainda pode haver alterações.  A ação é uma parceria da UFSC com a Prefeitura Municipal de Florianópolis.

O atendimento móvel considera a retomada da Campanha Nacional de Vacinação, ocorrida em 27 de fevereiro. Nos dias 15 e 16, uma ação semelhante, também no Campus Universitário Trindade, promoveu a aplicação de 806 doses do calendário nacional. O início do ano letivo motivou a organização conjunta dessa nova oportunidade, reunindo o Departamento de Atenção à Saúde da Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp), a Comissão de Monitoramento Epidemiológico da UFSC e a Pró-Reitoria de Graduação e Educação Básica (Prograd).

O Departamento de Atenção à Saúde reitera a importância da atualização do esquema vacinal no sistema da UFSC – via site https://setic.ufsc.br/vacina/ – pelos servidores e alunos após tomarem o imunizante para a Covid-19.

Tags: AulasCovid-19reinício das aulassaúdeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarinavacinação

Projeto da Enfermagem realiza último ‘Café com Ciência’ do ano

13/12/2022 12:36

O projeto Enfermagem Dermatológica em Condições Crônicas de Saúde (EDCCS) realizou, ao longo de 2022, encontros mensais do projeto Café com Ciência. Nesta quinta-feira, dia 15 de dezembro, ocorre o XXII Café com Ciência: Papel do enfermeiro no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ), o último desse ano. As reuniões têm o intuito de propor um momento de discussão e compartilhamento de conhecimentos relacionados à prevenção, tratamento e cicatrização de feridas.

O evento começará às 18h na plataforma Google Meet e disponibilizará certificado de 2 horas aos participantes. Os interessados deverão se inscrever gratuitamente via Sistema de Inscrições UFSC, até a data do encontro. Para aprofundamento da temática desse mês, o Café com Ciência trouxe como convidada a enfermeira Elisângela Flauzino, mestre em Ciências da Saúde e coordenadora no Centro de Tratamento de Queimados de Londrina.

Para mais informações, acesse o Instagram do EDCCS.

Tags: enfermagemsaúdeUFSC

Pesquisa sobre depressão e atividade física recruta voluntários

22/11/2022 16:15

O Projeto Vincular seleciona voluntários para participar da pesquisa Efetividade de um programa de aconselhamento nos sintomas de depressão e nos comportamentos de movimento das 24 horas em adultos com sintomatologia depressiva. A ação faz parte da tese de doutorado da pesquisadora Cecília Bertuol, do Programa de Pós-Graduação em Educação Física (PPGEF) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Podem se inscrever pessoas com sintomas depressivos, com idade entre 20 e 59 anos, que possuam dispositivo eletrônico (como computador, tablet ou celular) com câmera e microfone instalados e que tenham acesso à internet. Para participar é necessário realizar inscrição pelo formulário.

A pesquisa é dividida em etapas remotas e presenciais. Inicia-se com a aplicação de um questionário on-line, seguido de um questionário complementar presencial e da utilização de um pequeno sensor de movimento por sete dias para medição da atividade física habitual, de comportamento sedentário e sono. O equipamento será entregue pelos membros da pesquisa no mesmo dia da aplicação do questionário presencial.

O projeto busca avaliar a efetividade de uma intervenção, baseada na Teoria da Autodeterminação, nos sintomas de depressão e no comportamento ativo de adultos. A ideia é que o estudo possa contribuir com a redução de sintomas depressivos a partir de mudanças nos níveis de atividade física e em fatores relacionados às necessidades psicológicas básicas. Cabe mencionar que o questionário utilizado para a verificação dos sintomas depressivos não substitui o diagnóstico de depressão, realizado por profissionais da área médica.

Todos os participantes terão acesso aos resultados do estudo, e, caso haja a comprovação de eficácia do programa de aconselhamento, os pesquisadores disponibilizarão a intervenção ao grupo controle posteriormente, visando estender o benefício a todos os participantes. Todas as informações coletadas serão mantidas em anonimato e armazenadas em local seguro, resguardando o sigilo.

Tags: atividade físicadepressãoPPGEFPrograma de Pós-Graduação em Educação Física (PPGEF)saúdeUFSC

Novembro Azul: campanha relembra importância da prevenção do câncer de próstata

11/11/2022 15:20

Durante o mês de Novembro, Reitoria da UFSC terá iluminação azul referente à campanha (Foto: Camila Collato/Agecom UFSC)

Novembro é época de focar a atenção nas ações de promoção à saúde do homem. A campanha Novembro Azul visa conscientizar essa população sobre a importância de deixar preconceitos de lado e realizar os exames preventivos de câncer de próstata.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca) o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Ele ocorre principalmente em homens mais velhos, sendo 75% dos casos concentrados em indivíduos com 65 anos ou mais. Alguns sinais de alerta são:

  • dificuldade de urinar;
  • demora em começar e terminar de urinar;
  • sangue na urina;
  • diminuição do jato de urina;
  • necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

Veja ainda o vídeo da campanha institucional do Novembro Azul UFSC com o professor Rodrigo Moretti, do Departamento de Saúde Pública e compartilhe os materiais nas suas redes:

Tags: novembro azulsaúde

Informe Necat: aumento da contaminação por covid-19, novos óbitos e diminuição de casos ativos

19/07/2022 09:46

O Núcleo de Estudos de Economia Catarinense (Necat) publicou o Informe Semanal de acompanhamento da covid-19 em Santa Catarina, relativo ao período de 9 a 15 de julho. No levantamento são considerados apenas três principais indicadores, sendo eles: o número total de casos, os casos ativos e os óbitos. 

O contínuo aumento do contágio fez com que a média diária de novos casos atingisse 1.677/dia na última semana, número considerado elevado comparativamente ao comportamento do mesmo indicador verificado nos meses finais de 2021, quando essa média se situava entre 350 a 400 registros diários.  Já os casos ativos sofreram uma redução de 6% no agregado estadual, indicando que apenas 820 pessoas deixaram de fazer parte do contingente de contaminados existentes no estado, que somava 12.144 pessoas ao final do período considerado.

A região da Grande Florianópolis passa a responder por 21,90% do total estadual, percentual que em termos absolutos somava 2.667 pessoas positivadas – o maior número absoluto dentre todas as regiões do estado. Além dessa região, merecem destaque também as regiões do Planalto Norte-Nordeste, com 19,68% agregado estadual, e a região do Vale do Itajaí, que passou a responder por 14,04% do número de pessoas positivadas.

Já os óbitos apresentaram uma oscilação superior àquela registrada na semana anterior, fazendo com que a média diária se situe no patamar de 8,5 óbitos diários, representando a ocorrência de mais 60 mortes pela doença. Mesmo diante desse cenário de expansão da contaminação da população catarinense pela covid-19, nota-se que tal situação não está causando maiores impactos sobre a estrutura hospitalar estadual de saúde. 

A análise publicada pelo Informe Semanal descreve que o cenário de baixa ocupação da estrutura hospitalar por pessoas acometidas pela covid-19 é creditado aos efeitos benéficos da vacinação completa. “Decorre daí a importância de que todos procurem manter seu calendário vacinal em dia”, ressalta o documento. 

Mais informações no site do Necat.

Tags: contágiocontaminaçãocoronavírusCovid-19Hospitaisinforme Necatsanta catarinasaúdeUTIs

Projeto Infovírus inaugura exposição virtual: “Covid² – a pandemia nas prisões”

14/07/2022 11:00

O Infovírus, observatório da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sobre o impacto da covid-19 no cárcere, realiza a exposição virtual “Covid² – a pandemia nas prisões”. O memorial está disponível no endereço memorialcovidprisoes.ufsc.br, inaugurado nesta quinta-feira, 14 de julho.

Dividida em três seções principais, a exposição toca nas questões de humanização da justiça penal, invisibilidade da população carcerária e necessidade de valorização da ciência. Na página, que é interativa e multimídia, há dados, documentos, relatos e cartas que testemunham o impacto da doença nos presídios brasileiros. 

O projeto tem sido elaborado coletivamente por grupos de pesquisa em criminologia, que atuaram fazendo denúncias contra violências sofridas pelas pessoas privadas de liberdade e suas famílias no período de restrição da pandemia. Segundo os organizadores, um dos desafios na exploração do tema foi a falta de transparência da informação e dados oficiais sobre covid-19 no Brasil. O trabalho de apuração dos relatórios do observatório Infovírus acontece desde 2020, e está em sua página no Instagram (infovirusprisoes).

A apuração dos dados e o material para constituir o acervo digital, a produção e a curadoria são da equipe de professores e alunos ligados ao departamento de Museologia da Universidade e do grupo de pesquisa Poder, controle e dano social. O projeto tem apoio financeiro do Fundo Brasil de Direitos Humanos.

Tags: cárcerecoronavírusCovid-19criminologiajustiçamuseologiapresídiossaúde

Inscrições para curso de capacitação para cuidar de crianças abre nesta sexta-feira

29/06/2022 16:56

Um curso remoto focado na capacitação para cuidar de crianças com enfoque nas necessidades especiais de saúde abre inscrições na próxima sexta-feira, 01 de junho, e será ministrado do dia 1º de agosto até 30 de novembro, às terças e quintas-feiras, às 19h. As inscrições podem ser realizadas por pessoas com o ensino médio completo, pelo sistema de inscrições da UFSC. São ofertadas 120 vagas.

A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal de Santa Catarina e a Prefeitura Municipal de Florianópolis, como forma de apoio à geração de empregos. O curso é gratuito e desenvolvido na modalidade remota, tendo como objetivo capacitar pessoas para o cuidado da criança, com enfoque nas necessidades especiais de saúde, para atuar em diferentes contextos, como residências, instituições de acolhimento infantil e como acompanhantes em internações hospitalares. 

As atividades ocorrerão de forma assíncrona e síncrona (no período noturno). O curso é estruturado nos seguintes módulos: 1. Introdução à saúde da criança e às necessidades especiais de saúde; 2. Promoção da saúde e bem-estar e prevenção de acidentes; 3. Cuidados básicos em situações especiais e intercorrências. 

 

Tags: criançascursoinscriçãosaúdeUFSC

Informe Necat: casos de Covid-19 ainda estão em expansão em SC

14/06/2022 11:50

O Informe semanal do Núcleo de Estudos de Economia Catarinense (Necat) divulgou a evolução da Covid-19 em Santa Catarina. Considerando três indicadores principais (número de casos, casos ativos e óbitos), nota-se um crescimento de 1,60% durante o período de 4 a 10 de junho em relação à semana anterior. Ao total, são 12.077 novos casos notificados, 930 registros a menos no levantamento anterior, porém mantendo a tendência de aumento indicada desde o mês de maio.

De acordo com o documento, por mais que o cenário de continuidade da contaminação da população catarinense continue como previsto, esta situação não está causando impactos na estrutura da saúde, uma vez que a taxa de ocupação dos leitos UTI-SUS para Covid-19 apresentou oscilações negativas em praticamente todas as regiões do estado. “Sem dúvida, esse cenário de baixa ocupação da estrutura hospitalar por pessoas acometidas pela Covid-19 que vem sendo registrado nas últimas semanas pode ser creditado aos efeitos benéficos da vacinação completa da população contra a pandemia, a qual evita uma maior pressão sobre a rede hospitalar pública de saúde do estado”, afirma o documento.

Por fim, o Informe ressalta que o Autoteste Antígeno Novel Coronavírus está dificultando a formação de dados sobre a realidade do contágio da Covid-19 no estado, uma vez que, segundo constatado em diversas farmácias nesta semana, não há qualquer registro sobre o que acontece após a pessoa adquirir esse teste. Tal fato pode estar indicando que a contaminação da população pode ser bem maior daquela registrada nas estatísticas oficiais, pois não existe nenhum protocolo oficial em relação a esse tipo de procedimento (autoteste). Isso leva à suposição de que no momento existe uma elevada taxa de subestimação do contágio no estado.

O texto completo pode ser acessado no site do Necat, onde também podem ser acessados os informes anteriores.

Tags: Covid-19informeinforme NecatNecatpandemiasaúdeUFSC

Aditivos alimentares têm risco potencial à saúde das crianças

14/06/2022 10:00

Em recente estudo publicado na Revista de Saúde Pública acerca do consumo de aditivos alimentares na infância (Aditivos alimentares na infância: uma revisão sobre consumo e consequências à saúde), é apontado que os aditivos comumente usados não costumam ser avaliados em conjunto, ou seja, cada pesquisa examina um tipo de aditivo separadamente. Logo, com as evidências científicas disponíveis, ainda não existe conhecimento sobre os efeitos à saúde, decorrentes do consumo diário de alimentos que tenham dois ou mais aditivos diferentes que interagem entre si e com os outros componentes do alimento industrializado.

Apesar disso, é com base nos poucos estudos existentes que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), agência reguladora ligada ao Ministério da Saúde, que atua com base nas recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), decide quais aditivos podem ser usados nos alimentos e qual quantidade é segura para consumo humano.

Estes aditivos alimentares são substâncias químicas adicionadas nos alimentos para fins tecnológicos, isto é, conservar, colorir ou intensificar a cor, melhorar textura, intensificar o sabor, controlar acidez, entre outras funções. Logo, os aditivos não conferem aos alimentos qualquer atribuição nutricional. No Brasil, há 23 classes de aditivos permitidas e, portanto, 23 funções diferentes que estas substâncias podem desempenhar nos alimentos. Todos eles são devidamente aprovados pela Anvisa.

Por trabalhar com dados científicos para produzir suas recomendações, a falta de evidência neste assunto dificulta a tarefa da Anvisa de estabelecer regras e instruções sobre o uso de aditivos em alimentos industrializados. No momento, os valores considerados seguros para o consumo humano são determinados pela quantidade de aditivo em relação ao peso corporal. Considerando que as crianças apresentam peso corporal proporcionalmente menor do que os adultos, a toxicidade dos aditivos pode ser maior nessa faixa etária.

“As crianças estão consumindo aditivo, desde o primeiro dia de vida delas”, relata a nutricionista Mariana Kraemer, autora do estudo, atuante no Núcleo de Pesquisa de Nutrição em Produção de Refeições e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) com bolsa da Capes.

(mais…)

Tags: Aditivos AlimentaresalimentaçãonutriçãosaúdeUFSCultraprocessados

Pesquisadoras da UFSC participam de seminário internacional sobre efeitos da exposição aos agrotóxicos sobre a saúde

17/03/2022 10:45

O Observatório de Justiça Ecológica (OJE), grupo de pesquisa da Universidade Federal de Santa Catarina, cadastrado no CNPq,  participa do seminário “Exposer, s’exposer, être exposé aux pesticides: l’exposition au prisme des SHS”, parte da terceira jornada de estudos da rede “SHS PESTICIDES”. O evento ocorre nesta quinta e sexta-feira – 17 e 18 de março –, de forma híbrida (presencial e on-line), na Universidade de Bordeux, França.

As pesquisadoras Letícia Albuquerque e Isabele Bruna Barbieri participam do painel “A exposição sob o prisma das normas e regulamentações” (L’exposition au prisme des normes et des réglementations) com a pesquisa intitulada “Pesticidas e saúde no Brasil: envenenamento silencioso” (Pesticides et santé au Brésil:  l’empoisonnement silencieux). Isabele defendeu a tese de doutorado sobre o tema junto ao Programa de Pós-graduação em Direito, em 2021, sob a orientação da professora Letícia. O trabalho está disponível no repositório da UFSC.
(mais…)

Tags: agrotóxicosDireitoFrançaObservatório de Justiça Ecológicasaúdeseminário internacionalUFSC

‘Lesbianidades: Direito e Saúde’ é tema de evento no dia 24 de agosto

19/08/2021 15:24

O Dispolítica: Núcleo de Pesquisas em Direito, Subjetividades e Política (CNPq/UFSC), coordenado pela professora Grazielly Baggenstoss, e o Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão em População e Políticas da Espacialidade, coordenado pela professora Maria Helena Lenzi, promovem o evento “Lesbianidades: Direito e Saúde” no dia 24 de agosto, das 19h às 21h.

A atividade é realizada no contexto do mês da Visibilidade Lésbica e terá como palestrantes Ale Mujica Rodriguez, médique ativista transfeminista e anticolonial, e Fran Rocha – advogada e presidenta da Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da OAB/Maringá (PR).

O evento será transmitido pelo Google Meet. Para participar, é necessário se inscrever previamente pelo formulário on-line.

Mais informações pelo Instagram.

Tags: CNPqDireitoDispolíticaLesbianidadesNúcleo de Pesquisas em Direito Subjetividades e PolíticasaúdeUFSCvisibilidade lésbica

Sistema desenvolvido em pesquisa da UFSC pode contribuir com redução de lesões em pacientes acamados

12/04/2021 13:45

Um sistema baseado na Internet das Coisas, inteiramente projetado e construído em uma pesquisa de mestrado, pode contribuir com os cuidados de pacientes acamados e ajudar a evitar a lesão por pressão, um problema comum e grave que afeta os enfermos. O trabalho Sistema para prevenção de lesão por pressão em pacientes acamados e sem mobilidade baseado na internet das coisas da saúde foi defendido pelo pesquisador Jamil Yahuza Felippe no Programa de Pós-Graduação de Mestrado Profissional em Informática em Saúde da UFSC. Ele utiliza a metodologia Design Science Research Methodology para propor um dispositivo e um software capazes de identificar e registrar rotinas de mudança de posição do paciente realizada pela equipe do hospital. A pesquisa tem orientação da professora Sayonara de Fátima Faria Barbosa.

Acervo do pesquisador

As lesões por pressão, segundo o pesquisador, atingem diretamente a qualidade de vida dos pacientes, gerando reinternações, dor, desconforto, doenças oportunistas e até mesmo a morte. Jamil convivia com casos assim atuando como servidor da Saúde Pública em Santa Catarina desde 1994. No estudo, ao analisar o problema com mais profundidade e consultar protocolos, registrou que elas podem ser ocasionadas pela frequência e rotina da execução da mudança de posição do paciente.

No Brasil, por exemplo, segundo dados trazidos pela pesquisa, entre 2014 e 2017 houve mais de 23 mil casos notificados destas lesões. “Minha vontade era fazer a diferença diretamente na vida dos pacientes”, aponta Jamil. “O curso expandiu meus horizontes para um universo de possibilidades. O volume de benefícios que a informática em saúde gerará para os pacientes é infinita”.

O pesquisador utilizou uma metodologia que consiste em seis etapas, das quais ele desenvolveu cinco: identificação e motivação do problema; definição dos objetivos de uma solução; design e desenvolvimento do artefato; demonstração do uso e avaliação. Uma vez definido o problema, a busca da solução passou pela utilização de um dispositivo do tamanho de uma moeda de cinco centavos.

A inovação projetada por Jamil é composta por um Beacon, que se comunica com um smartphone, e, através do acelerômetro de três eixos integrado ao Beacon, comunica-se ao aplicativo por meio do sistema Android, composto por uma arquitetura de softwares baseada em Linux. A conexão ocorre via Bluetooth, o armazenamento dos dados utiliza-se do banco de dados SQLite, sendo desenvolvido através do AndroidStudio.
(mais…)

Tags: Mestrado Profissional em Informática em SaúdePrograma de Pós-Graduação de Mestrado Profissional em Informática em Saúdesaúde

Projeto ‘Saúde na Melhor idade’ publica cartilha com orientações para idosos

16/12/2020 09:55

O projeto de extensão Saúde na melhor idade, vinculado ao Laboratório de Envelhecimento, Recursos e Reumatologia do Campus de Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), publicou a segunda edição da cartilha Temas de educação em saúde com idosos. O material contempla diversos assuntos relacionados à saúde da pessoa idosa, como tabagismo, lazer, sono, vacinação, depressão e osteoporose.

O projeto iniciou suas atividades em março de 2019, numa parceria entre professores dos cursos de Fisioterapia e Medicina do Campus de Araranguá, com a proposta de difundir a importância de ações interdisciplinares. Seu objetivo  é realizar ações educativas coletivas com foco na promoção e na prevenção da saúde dos idosos que residem no município Balneário Arroio do Silva (SC) e região. As atividades presenciais eram conduzidas pelas acadêmicas bolsistas do projeto sob a supervisão da professora coordenadora, e ocorriam semanalmente na Unidade Básica de Saúde central do município.

Em 2020, devido às adaptações curriculares em decorrência da pandemia Covid-19, o projeto vem desenvolvendo suas atividades de maneira virtual com os idosos participantes, por meio de grupos de Whatsapp e redes sociais. Todos os materiais informativos utilizados ao longo do ano foram agrupados e publicados em formato de cartilhas, visando à ampla divulgação para a comunidade.

Os materiais completos estão disponíveis no site do projeto.

Tags: Campus AraranguáenvelhecimentoidososLaboratório de Envelhecimento Recursos e ReumatologiasaúdeSaúde na melhor idadeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pesquisa avalia raciocínio clínico e pensamento crítico de estudantes da área da saúde

01/10/2020 14:12

O Laboratório de Pesquisa e Tecnologia da Educação em Enfermagem e Saúde da Pós em Enfermagem da UFSC, em parceria com a Insight Assessment da Califórnia (EUA), desenvolve um pesquisa inédita sobre raciocínio clínico e pensamento crítico de estudantes da área da saúde. O estudo é uma versão traduzida para o português do Health Sciences Reasoning Test (HSRT) na cultura brasileira. O instrumento é utilizado mundialmente e avalia o raciocínio clínico de estudantes da área da saúde.

Estudantes de Medicina, Enfermagem, Odontologia e Farmácia podem participar do estudo e receber um relatório de desempenho individual e confidencial para que possam verificar os escores obtidos em cada habilidade de pensamento crítico. Inicialmente, são 100 vagas para cada curso.
(mais…)

Tags: enfermagempesquisasaúdeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Projeto Acolhe CED realiza encontro virtual sobre Corporeidade e pandemia

28/09/2020 11:16

O Centro de Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina promove mais um encontro do projeto “Acolhe CED”, com o tema Corporeidade e pandemia: vivências no/do cotidiano, na quinta-feira, 1º de outubro, às 19h,

O projeto Acolhe CED tem o objetivo de oferecer atenção psicossocial em educação e saúde para estudantes do Centro de Ciências da Educação da UFSC através de debates e rodas de conversas virtuais, mediadas pelas professoras Marta Corrêa de Moraes (CED) e Maria Fernanda Diogo (CFH) e pelo professor Rogério Machado Rosa (CED) .

Para se inscrever no encontro basta acessar a sala virtual. Será permitida a entrada e inscrição no evento com até 15 minutos de tolerância. Em caso de dúvidas você pode entrar em contato pelo e-mail do projeto.

Tags: Acolhe CEDCEDpandemiasaúdeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina
  • Página 1 de 4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4