UFSC Araranguá celebra os 140 anos do município com ações de combate ao Coronavírus

03/04/2020 12:50

Cidade de Araranguá. Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal

O dia 3 de abril marca o aniversário de 140 anos da cidade que acolheu a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2009. Este ano, excepcionalmente, esta data será comemorada seguindo as orientações de isolamento social diante da situação de pandemia gerada pelo Coronavírus.

Esta situação criou novas demandas e prioridades para a populações de todo o mundo, nos diferentes países e culturas. Em Araranguá não é diferente. A UFSC suspendeu as aulas e segue em teletrabalho, para priorizar o cuidado em saúde e o bem coletivo. As redes de saúde, assistência, segurança pública e demais serviços essenciais continuam trabalhando no enfrentamento à pandemia.

Desde o dia 15 de março de 2020, quando a Administração Central decidiu pela suspensão das aulas presenciais em acordo com orientações nacionais, diferentes ações internas e externas têm ocorrido no sentido de contribuir com a população do município e região. Algumas ações são:
(mais…)

Tags: aniversáriocoronavírusCovid-19UFSCUFSC Araranguá

Coronavírus: especialistas da UFSC ensinam a fabricar máscaras caseiras seguras

02/04/2020 16:43

Um grupo de cerca de 60 professores e pesquisadores do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) preparou um guia para que as pessoas possam fabricar suas próprias máscaras faciais. Em documento criado nesta quinta-feira, 2 de abril, os especialistas apontam que as máscaras caseiras podem proteger contra infecções respiratórias, desde que mantidos os cuidados adicionais de higiene das mãos e distanciamento social.

Os cientistas da UFSC, após estímulo do professor Carlos Rodrigo Zárate-Bladés, formaram um grupo de discussão, para entender melhor as recomendações de pesquisadores e autoridades sanitárias de diversos países a respeito do uso de máscaras caseiras. O debate, para que a população em geral adotasse o uso das máscaras, intensificou-se nos últimos dias, e a comunidade científica concluiu que é possível prevenir-se ou proteger outros contra a infecção pela Covid-19. 
(mais…)

Tags: CCBcoronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Ministério Público convoca comunidade acadêmica para elaborar estudos sobre pandemia de Covid-19

02/04/2020 11:43

O Ministério Público Federal fez um chamamento a toda a comunidade acadêmica, para a produção, em caráter urgente e voluntário, de projeções e propostas científicas para questões relativas à pandemia de Covid–19, com o objetivo de colaborar com conhecimento acadêmico para qualificação das políticas públicas de contenção do vírus que estão sendo adotadas no Brasil.

Os objetos de estudo são:

1) Critérios objetivos de decisão de início, duração e encerramento de medidas de restrição de circulação social (como quarentenas e isolamento).

2) Cálculo e metodologia de cálculo de estimativa de número de infectados pelo novo coronavírus que necessitarão de leitos de UTI/ventiladores durante o pico do surto de covid-19; número de UTIs/ventiladores disponíveis/disponibilizáveis durante o pico do surto da doença e outras estimativas e projeções relativas às demandas e disponibilidades em relação ao sistema de saúde brasileiro.
(mais…)

Tags: coronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Coronavírus: UFSC prorroga suspensão de atividades presenciais até 8 de abril

31/03/2020 16:32

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio da Portaria nº 356/2020/GR, prorroga por mais sete dias a suspensão do expediente presencial na instituição, adiando a data de possível retorno das atividades administrativas presenciais para 8 de abril. As atividades de ensino (aulas presenciais e a distância) seguem suspensas de acordo com portaria anterior.

A medida faz-se necessária mediante as ações do governo Federal e Estadual frente à pandemia Covid-19 e o combate à proliferação do Coronavírus em Santa Catarina. As atividades que permanecem são aquelas nos setores de saúde, segurança e nas situações de caráter inadiável e essencial.

As aulas foram suspensas em 18 de março, pela Portaria Normativa da UFSC, nº354/2020, que determinou “a suspensão, por 30 (trinta) dias, das atividades de ensino, em todos os níveis e modalidades e em todas as unidades da UFSC”.

Para mais informações sobre as medidas contra o Coronavírus na UFSC, acesse o site.

Para mais informações sobre as medidas do Governo do Estado de Santa Catarina, acesse o site.

Tags: Administração CentralcoronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Protótipo de ventilador pulmonar alternativo é desenvolvido por professor da UFSC

31/03/2020 12:10

Barato, com peças nacionais ou acessíveis no Brasil, fácil de fabricar e que cumpre os requisitos médicos: são estes os requisitos para o protótipo de ventilador pulmonar alternativo desenvolvido por Saulo Güths, professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O resultado foi divulgado em vídeo pelo YouTube, na noite de segunda-feira, 30 de março.

Saulo explica que um dos gargalos dos ventiladores pulmonares é a vazão do gás injetado. “São vazões baixas e pulsantes, e isso até justifica o valor elevado que possuem no mercado. Aqui a ideia não foi utilizar a vazão como parâmetro, mas ter essa vazão a partir de uma válvula bastante comum, o bico de injeção de GNV automotivo”, afirma o professor. Este tipo de peça, completa Saulo, tem como vantagens o fato de modular a vazão atravessada em alta frequência, ser robusta, intercambiável e esterilizável.
(mais…)

Tags: coronavírusCovid-19UFSC

Departamento de Licitações lança link com destaques da logística pública no combate à Covid-19

30/03/2020 11:53

O Departamento de Licitações da UFSC agregou em um único ambiente virtual normativas, diretrizes, entendimentos, materiais de apoio, notícias e outros conteúdos que possam subsidiar tomadas de decisões e ações diversas de gestores. “A dinâmica processual precisa ser ágil e inovadora frente aos desafios que estamos vivenciando no combate a esta pandemia”, diz o diretor do DPL, Ricardo Porto. Ele explica que “a proposição do departamento é facilitar a consulta destes importantes recursos indispensáveis nas instruções processuais para as aquisições e contratações que subsidiarão as ações de combate ao novo coronavírus, assim, fundamentando os atos administrativos dos servidores e gestores que atuam na área da logística pública”.

No ambiente desenvolvido pelo DPL, “os usuários poderão se conectar diretamente com as diretrizes e orientações do Governo Federal, por meio de um canal que fora disposto para facilitar a busca dos interessados”, explica Fábio Rosa, Coordenador de Apoio Geral e Transparência e responsável pela elaboração do link.

Mais informações aqui.

Tags: coronavírusCovid-19UFSC

Farmácia Escola irá atender usuários agendados para abril

30/03/2020 10:10

A Farmácia Escola da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) reorganizou o atendimento no período de restrição de aglomerações devido à pandemia do novo coronavírus e irá atender apenas usuários agendados a partir de 1º de abril, quarta-feira. Dúvidas devem ser encaminhadas para o e-mail farmaciapmfufsc@gmail.com

Todos os usuários foram previamente agendados em dias e horários específicos, para evitar contatos desnecessários. Não serão atendidos encaixes – se o usuário não estiver programado, deve enviar e-mail para farmaciapmfufsc@gmail.com solicitando agendamento.

A Farmácia Escola não possui atendimento telefônico. Quem não puder comparecer na data prevista, deve avisar por e-mail (farmaciapmfufsc@gmail.com) com pelo menos um dia útil de antecedência.

Para evitar aglomerações e atrasos nos atendimentos:

– Todos os atendimentos serão realizados sem a entrada do usuário na farmácia, ou seja, todos os usuários permanecerão do lado de fora. Portanto, procure chegar no horário exato do atendimento;

– Não será necessário confirmar a presença (não é necessário retirar senha);

– O usuário será chamado pelo seu nome (será utilizado microfone);

– Todas as renovações e reavaliações serão feitas automaticamente até o mês de maio. Portanto, não é necessário apresentar laudo e receita;

– Para o fornecimento de isotretinoína, acitretina e talidomida permanece necessário apresentar a notificação de receita e termo;

– Caso o médico tenha alterado a dosagem/quantidade dos medicamentos já utilizados, os documentos e exames necessários deverão ser enviados por e-mail;

– Novas solicitações de medicamentos (abertura de processos) estão suspensas por 30 dias, a partir de 18 de março, por determinação da DIAF/SES, exceto para: transplantes, mieloma múltiplo, prevenção do vírus sincicial respiratório, hipertensão arterial pulmonar, anemia na doença renal crônica, dieta, púrpura (imunoglobulina), síndrome de guillain barré, hepatite B em situações especiais, e miastenia gravis. Caso sua solicitação seja para uma dessas doenças, envie os documentos e exames por e-mail. Caso sua solicitação não se enquadre nos casos acima, envie um novo e-mail solicitando agendamento, a partir de 18 de abril;

– Usuários portadores de doenças crônicas e/ou idosos são orientados a solicitar a terceiros que façam a retirada. Neste momento não é necessário apresentar declaração autorizadora, apenas o documento ou cópia ou foto do documento do usuário.

Mais informações pelo e-mail farmaciapmfufsc@gmail.com

 

 

Tags: coronavírusCovid-19Farmácia EscolaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC na mídia: ‘Corriere Torino’ destaca parceria entre italianos e UFSC para combater Covid-19

30/03/2020 08:12

O desenvolvimento do CovidApp, aplicativo para celular que permite detectar e notificar pessoas que tenham tido contato próximo com casos suspeitos ou confirmados da Covid-19, ganhou destaque no jornal italiano Corriere Torino: “Startup que rastreia contágios nasceu entre Biella e Brasil”.

A ferramenta indica de forma completamente anônima se o usuário esteve a menos de dois metros de uma pessoa infectada ou com suspeita de ser portadora do vírus. O CovidApp é um esforço de desenvolvedores voluntários coordenado pelos professores Jônata Tyska e Vania Bogorny, do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação (PPGCC) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em conjunto com um grupo europeu liderado pelo italiano Luca Mastrostefano.

Confira o texto em italiano.

 

Tags: coronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC na mídia: professora da UFSC publica reflexão sobre pandemia em revista italiana

30/03/2020 07:58

Professora do Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras e do Programa de Pós-Graduação em Literatura, Patricia Peterle publicou uma reflexão sobre o impacto do coronavírus na revista italiana Antinomie.

De acordo com Peterle, “o que aparenta ser uma ficção histérica para uma pequena minoria desconcerta grandes e pequenas economias planetárias, coloca-as em crise e, ao mesmo tempo, põe em xeque o nosso estar no mundo. Nada de histeria ou fantasia, pois as mortes são reais, a quantidade de contaminados e internados em alguns países apontam para o colapso dos sistemas de saúde. Os números, sim, aumentam dia após dia, apesar de a China ter conseguido frear a epidemia em seu território. De epidemia para pandemia, somos todos afetados e todos somos possíveis vítimas da Covid-19, que já entrou para a história do século 21. A imagem que circulou o mundo dos caminhões do exército italiano, na cidade de Bergamo, carregando os corpos das vítimas para outras cidades, sem dúvida, assusta. É uma imagem da guerra: o fantástico tocando o real. A crise que estamos experienciando leva a tantas outras crises, mas também ao desmascaramento de crises que estavam encobertas ou escondidas. Sem dúvida, uma visão de mundo implodiu com a chegada da Covid-19 — ou, melhor, já havia implodido, mas agora se apresenta de forma tão virulenta nos corpos dos estados e dos cidadãos. A emergência, normalmente, requer a urgência, mas nós já vivemos — muitas vezes sem nos darmos conta — sob esse mesmo regime da emergência. Uma emergência significa também aprender no limite do colapso, romper com os jogos do possível diante de um imprevisto. O dos nossos tempos não é somente um imprevisto, é também algo de ingovernável e incontrolável, e, por isso mesmo, mais ameaçador. A saída do curso comum se impõe inclusive no plano econômico, pois a sociedade — como estamos acompanhando na Itália e agora por aqui — padece pouco a pouco com isolamentos necessários, o ritmo frenético vai sendo freado por imposições e restrições que ferem importantes conquistas que não devem ser esquecidas”.

Leia o artigo na íntegra aqui.

Tags: coronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC e entidades pedem manutenção das medidas de restrição de atividades

28/03/2020 15:31

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) aderiu ao Movimento de Entidades Consciência SC, que pede governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, e ao secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, a manutenção das medidas de suspensão das atividades. O Coletivo de Professoras do Direito da UFSC também divulgou uma carta aberta reforçando a necessidade de que os serviços não essenciais não sejam retomados.

Segundo o Consciência SC, sem as medidas de restrição, “podemos entrar na lista mundial dos lugares com mais mortes e pessoas infectadas. O colapso do sistema de saúde e o pânico causado pela disseminação acelerada da doença levarão à paralisação da economia, porém num cenário ainda mais frágil do que este pelo qual passamos agora”. O documento, assinado por entidades, sindicatos, coletivos, núcleos e movimentos sociais, foi lançado neste sábado, 28 de março. A carta lembra a experiência da Itália onde, há um mês, houve o lançamento da campanha #MilãoNãoPara e neste sábado ultrapassou o número de 10 mil mortes por Covid-19, com mais de 92 mil casos.

De acordo com a carta aberta do Coletivo de Professoras do Direito da UFSC, “não há pior momento para retomar as atividades de convívio social: as projeções indicam que em abril estaremos na subida da curva de aumento do número de casos . Portanto, a retomada das atividades nesse momento conduzirá, necessariamente, a uma grande perda de vidas. Quando essas vidas já estiverem perdidas, o retorno ao isolamento social já não surtirá o mesmo efeito. Não é mais hora de cobrar o preço daqueles que historicamente pagam a conta, porque dessa vez pagarão não com a fome, com a miséria, mas com a vida. Passou do momento de se praticar a solidariedade humana e a responsabilidade social. Ao invés de cederem à pressão, os governadores devem exigir do Governo Federal que assuma o papel que cabe ao Estado nesse momento: elaborar políticas de forte investimento estatal em hospitais, crédito para as pequenas empresas e a necessária proteção social”.

Confira a íntegra do documento do Consciência SC aqui.

Confira a íntegra da Carta aberta do Coletivo de Professoras do Direito da UFSC aqui.

 

Tags: coronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Coronavírus: entidades científicas manifestam preocupação com Plano de Retomada

27/03/2020 18:43

Cerca de 70 entidades científicas, acadêmicas e de saúde assinaram um manifesto nesta sexta-feira, 27 de março, no qual expressam preocupação com a divulgação do Plano Estratégico de Retomada das Atividades Econômicas anunciado pelo governo do Estado de Santa Catarina.

Assinam o documento a Secretaria Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência de SC (SBPC/SC), Centros de Ensino, Núcleos de Pesquisa, Laboratórios, Sindicatos e Associações, como a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Associação Brasileira de Saúde Mental (Abrasme), a Associação Brasileira de Enfermagem (Aben/SC), a Sociedade Brasileira de Bioética – Regional SC, a Sociedade Brasileira de Virologia (SBV) e a Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI), entre outras.

Leia o documento na íntegra, abaixo ou pelo link (PDF).

(mais…)

Tags: coronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

CCA contribui com equipamento para auxiliar na detecção do Covid-19

27/03/2020 11:46

O Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) emprestou um sistema PCR em tempo real (qPCR) para auxiliar o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), da Secretaria Estadual de Saúde de Santa Catarina, na detecção do Novo Coronavírus (Covid-19). Nesta fase inicial, os qPCR foram cedidos também pelo Laboratório Multiusuário de Estudos em Biologia (Lameb), pelo Laboratório de Imunobiologia (Lidi/MIP), pelo Laboratório de Virologia Aplicada (MIP) e pelo Laboratório de Imunologia Aplicada à Aquicultura (LIAA/BEG), do Centro de Ciências Biológicas (CCB).

Diversos laboratórios da UFSC integram a força-tarefa destinada a trabalhar na detecção de casos da pandemia. A força-tarefa da Universidade atuará sob a coordenação do Lacen com o objetivo de contribuir na ampliação do número de amostras testadas para detectar os casos de Covid-19, aportando equipamentos e pessoal técnico. Inicialmente fazem parte da força-tarefa o Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia (LBMMS/CCS), o Laboratório de Virologia Aplicada (MIP/CCB) e o Laboratório de Protozoologia (MIP/CCB), podendo ser ampliado o número de laboratórios envolvidos de acordo com a necessidade de ampliação do número de testes a serem realizados.

Tags: CCACentro de Ciências AgráriascoronavírusCovid-19pandemia

Professores da UFSC coordenam desenvolvimento de aplicativo que detecta exposição de pessoas ao Coronavírus

27/03/2020 09:42

Para colaborar com o esforço contra a pandemia do Coronavírus, um grupo de desenvolvedores voluntários, coordenado pelos professores Jônata Tyska e Vania Bogorny, da Pós-Graduação em Ciência da Computação (PPGCC) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), está desenvolvendo um aplicativo para celular que permite detectar e notificar pessoas que tenham tido contato próximo com casos suspeitos ou confirmados da Covid-19. A ferramenta, desenvolvida em conjunto com um grupo europeu liderado pelo italiano Luca Mastrostefano, indica de forma completamente anônima se o usuário esteve a menos de dois metros de uma pessoa infectada ou com suspeita de ser portadora do vírus.

De acordo com o desenvolvedores, o CovidApp tem como objetivo a criação de um aplicativo para notificação de possíveis contágios, tendo como prioridade a garantia da preservação da privacidade dos usuários do aplicativo. A solução em desenvolvimento pelo grupo é composta por um aplicativo móvel, com dois tipos de usuários, população em geral e profissionais de saúde, e uma aplicação web para gestores. O aplicativo móvel irá coletar os encontros físicos entre pessoas, através de identificadores anônimos, usando a tecnologia bluetooth. Bluetooth é uma tecnologia que detecta outros dispositivos próximos sem armazenar a localização física (geográfica) de cada indivíduo, ou qualquer informação que identifique pessoas.

Serão armazenados apenas os encontros entre bluetooths, a duração deles, a data e a distância. Profissionais de saúde poderão “marcar” usuários como casos confirmados ou suspeitos, por meio da leitura do identificador anônimo diretamente do telefone do paciente. A partir disso, todas as pessoas que tiveram contato com este paciente nos últimos 14 dias (período de incubação da doença) recebem uma notificação através do aplicativo proposto, com mensagem definida pelos gestores de saúde, infectologistas e especialistas da área.

Veja como funciona o aplicativo:

 

O aplicativo não rastreia a localização espacial dos usuários, diferentemente de outros similares desenvolvidos pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e países como Coréia do Sul, Israel e Singapura, que utilizam a trajetória ou o número do celular, invadindo a privacidade dos indivíduos. Além disso, o CovidApp recomenda a quarentena ou isolamento apenas para um grupo de pessoas e não a toda população. Profissionais da saúde poderão alertar pessoas que entraram em contato com infectados e informar as autoridades sanitárias sobre o nível de isolamento em relação às medidas adotadas. “A solução será ainda muito útil depois do pico da epidemia, quando as pessoas começarem a sair do atual isolamento, evitando ou minimizando uma segunda onda de contaminação”, traz a página sobre o projeto.

Para mais informações, acesse a página do CovidApp.

Tags: aplicativoAPPCiência da ComputaçãocoronavírusCovid-19CovidApppandemia

Departamento de Educação Física da UFSC oferece dicas para exercícios físicos em casa

26/03/2020 16:46

Professores do Departamento de Educação Física da UFSC prepararam um material para divulgar informações a respeito da prática adequada de exercícios físicos durante os períodos de quarentena da população. As dicas incluem pessoas com ou sem hábito de atividade física. Inclui exercícios para melhorar a capacidade respiratória, além de conteúdo para idosos e crianças.

Assinam o material os docentes: Rodrigo Sudatti Delevatti, Michele Caroline de Souza Ribas, Cíntia de da Rocha Freitas e Juliano Fernandes da Silva. O acadêmico do curso de Bacharelado em Educação Física Arthur Pereira Ventura contribuiu com a elaboração do documento, e é o modelo das imagens abaixo.

Conheça também o Projeto Inicia UFSC, do Departamento de Educação Física da UFSC, pelo Instagram (@iniciaufsc). Ali você confere algumas ideias de atividades a serem realizadas com as crianças, bem como dicas de outras contas que podem auxiliar pais e responsáveis durante o momento de isolamento social.

Exercícios e a Covid-19

Fazer exercícios físicos com orientação a distância, com recomendações, e especialmente protocolos de treinamento a serem realizados nas suas residências (home-based exercises), é frequente. Muitas destas postagens são feitas por profissionais, com competência, e isso tem contribuído positivamente neste momento de dificuldade.

Porém, a realização de exercício físico sem a supervisão de um profissional de educação física e prescrito sem prévia avaliação do estado fisiológico, psicológico e das necessidades individuais, demanda cautela.

É preciso considerar várias questões, por pessoas que já realizam alguma modalidade de treinamento físico e as pessoas que não realizam.

Já treino.

  • Mantenha contato com o profissional de educação física que o acompanha a fim de propor atividades mais similares possível àquelas que já estavam sendo realizadas;
  • Evite grandes modificações, pois aumentos expressivos de intensidade e/ou quantidade de exercícios podem gerar imunossupressão (queda na imunidade) após a sessão de exercícios, o que é contra-indicado na preparação física para um possível contágio pelo Coronavírus. Apesar desse risco agudo em exercícios extenuantes, manter-se treinado auxilia na imunidade, pois cronicamente a resposta imune a agentes infecciosos e inflamatórios é melhor em pessoas treinadas, em comparação a pessoas não treinadas;
  • Lembre-se de controlar todas as variáveis:
    • Volume: Número de exercícios, séries, duração e frequência semanal;
    • Intensidade: Nível de esforço em que cada exercício será realizado;
    • Densidade: Respeitar intervalo entre os estímulos. Isso é muito importante, especialmente para hipertensos e cardiopatas em geral, pois reduz a chance de aumento gradual e exagerado da pressão arterial ao longo das sessões. Intervalos de um a três minutos entre exercícios e de um a dois dias entre as sessões mais fortes são direcionamentos seguros, especialmente a este público;
  • Pessoas com algumas condições especiais, como hipertensos e diabéticos, poderão ser beneficiados com a realização de exercícios em casa, porém para isso, precisam assegurar estarem com os níveis pressóricos e glicêmicos controlados.

 

Não treino.

O adequado início de um programa de exercícios exige, primeiramente, o conhecimento das condições da pessoa, realizado por meio de anamnese e algumas avaliações. Porém, tendo em vista a inédita situação, mesmo sem uma triagem e classificação de risco completa, algumas atividades físicas podem ser indicadas.

Algumas atividades baseadas em movimentos habituais podem auxiliar a manter as funções físicas e fisiológicas em bom estado, evitando um declínio funcional importante, especialmente em idosos, e ajudar também em aspectos psicossociais, como sono, níveis de ansiedade e sintomas depressivos.

Sempre importante lembrar que a melhor conduta, mesmo nesse momento, é procurar de forma remota, por um profissional de educação física, que lhe conduza no processo de treinamento. Porém, não tendo acesso a esse profissional, indicamos algumas possibilidades:

Aquecimento das articulações:
série(s) de 10 a 15 repetições, intervalo de 30 segundos entre cada uma – repetir esta série de exercícios de 1 a 3 vezes, conforme seu condicionamento. Diabéticos e cardiopatas devem fazer intervalos maiores, entre 1 e 3 minutos. 

  • Balanço de braços – Flexão – Extensão
    com o cotovelo estendido, levar a mão para cima da cabeça e depois descer até ultrapassar o quadril. O movimento pode ser simultâneo ou alternado (realizado com os dois braços ao mesmo tempo ou intercalados);
  • Balanço de pernas ântero-posterior
    série(s) de 10 a 15 repetições, intervalo de 30 segundos entre cada uma – repetir esta série de exercícios de 1 a 3 vezes, conforme seu condicionamento. Diabéticos e cardiopatas devem fazer intervalos maiores, entre 1 e 3 minutos. Um dos pés manterá o apoio no solo enquanto a outra perna fará um movimento pendular para frente e para trás. O joelho permanecerá estendido.

Exercícios de fortalecimento muscular de membros inferiores:
série(s) de 10 a 15 repetições para cada perna, intervalo de 30 segundos entre cada uma – repetir esta série de exercícios de 1 a 3 vezes, conforme seu condicionamento). Diabéticos e cardiopatas devem fazer intervalos maiores, entre 1 e 3 minutos. 

  • Sentar e levantar conforme imagens abaixo:
  • Flexão plantar
    série(s) de 10 a 15 repetições, intervalo de 30 segundos entre cada uma – repetir esta série de exercícios de 1 a 3 vezes, conforme seu condicionamento. Diabéticos e cardiopatas devem fazer intervalos maiores, entre 1 e 3 minutos. Ficar na ponta dos pés e retornar os calcanhares ao solo.

Exercícios de fortalecimento muscular de membros superiores
série(s) de 10 a 15 repetições, intervalo de 30 segundos entre cada uma – repetir esta série de exercícios de 1 a 3 vezes, conforme seu condicionamento. Diabéticos e cardiopatas devem fazer intervalos maiores, entre 1 e 3 minutos. 

  • Empurrar o corpo em um apoio seguro na altura do peito (parede por exemplo);
  • Puxar garrafas (tipo produto de limpeza) com o quadril e joelhos levemente flexionados. As garrafas podem ser preenchidas com água ou areia de acordo com o nível de condicionamento físico do praticante.

Exercícios para capacidade cardiorrespiratória

  • Realizar uma caminhada em casa, mesmo que considerando a distância curta em muitas residências, ou de modo estacionário (marcha) em um ritmo que considere leve ou moderado. Começar com dois a três blocos de dois minutos é uma boa opção, adaptando esse tempo para sua realidade. O exercício deve ser interrompido sempre que sentir-se mais cansado(a) que de costume ou não conseguir falar uma frase sem interrupções;
  • O exercício de marcha pode ser intercalado ou substituído por subir e descer de um degrau/step, caso tenha essa possibilidade em sua residência.

Alongamento

  • Permanecer nas posições ilustradas nas figuras por 30 segundos. Diabéticos e cardiopatas devem fazer intervalos maiores, entre 1 e 3 minutos.

 

Atenção para as dicas:

Segurança

Cuidados com móveis, pisos escorregadios, apoio em sacadas e janelas, vidros, crianças correndo ao seu redor, animais domésticos, entre outros. A cautela é crucial, pois não devemos medir esforços para evitar o uso dos sistemas de saúde em momento de pandemia.

Evite exercícios extenuantes e movimentos diferentes do que está acostumado.

Higiene

Os locais de prática devem ser higienizados antes e após as atividades. Procure usar uma toalha ou outro objeto similar para os exercícios de alongamento no solo. Realize os exercícios em ambientes ventilados.

E as crianças?

Crianças precisam brincar e se divertir. O importante, sempre que possível, é mantê-las ocupadas mediante a realização de atividades lúdicas e estimulantes. Os pais podem alternar entre brincadeiras mais motoras (como minicircuitos com desafios de rolar, rastejar, saltar, equilibrar, arremessar, etc.) com atividades mais cognitivas/motoras (como desenhar, pintar, montar um quebra cabeça, ler ou escutar uma história, encenar um teatro, etc.).

Não se esqueça das precauções com segurança, para evitar possíveis acidentes e lesões.

Evite deixar as crianças em tarefas sedentárias por muito tempo (ver televisão, utilizar computador, notebook e videogames) e tente tornar a rotina de seus filhos dinâmica, envolvendo-os em atividades físicas e brincadeiras.

Esse momento de quarentena pode ser uma oportunidade de se aproximar ainda mais dos seus filhos e ensinar algumas brincadeiras que você gostava de fazer em casa quando era criança. Ou até mesmo tornar as tarefas diárias mais divertidas, como, por exemplo, cozinhar e arrumar a casa.

Tags: coronavírusCovid-19Departamento de Educação FísicaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

BU divulga página com conteúdo científico sobre Covid-19

26/03/2020 13:34

A Comissão de Análise de Conteúdos de Informação (CACI) da Biblioteca Universitária da UFSC manterá, no período da pandemia, uma página no Portal da BU com conteúdo científico sobre a Covid-19 (doença) e o SARS-CoV-2 (novo coronavírus).

Os recursos indicados são conteúdos referentes à Covid-19 disponíveis de forma gratuita pelos editores e, por isso, o prazo de disponibilidade ficará a critério de cada editor.

Acesse aqui: Especial Covid-19 

Mais informações pelos e-mails ref.bu@contato.ufsc.br e aquisicao.bu@contato.ufsc.br

Tags: coronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Coronavírus: professor da UFSC auxilia na produção de álcool 70 em Curitibanos

25/03/2020 19:12

Uma parceria entre produtores rurais, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e prefeitura de Curitibanos iniciou a produção de álcool 70° INPM, que tem a capacidade de desinfecção contra o novo coronavírus.­­­ O processo foi realizado em uma destilaria artesanal da família Girotto, no Assentamento Primeiro de Maio, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), a partir de 76 litros de álcool 46° INPM, adquiridos pela prefeitura. A iniciativa foi possível pela participação da Epagri, que desenvolveu o destilador.

Professor de Química do Campus Curitibanos da UFSC, Cristian Soldi utilizou uma técnica de destilação para o aumento da eficácia de desinfecção do produto, em cooperação com Lulis, Antônio e Adriana Francisco, da família Girotto. “Foi um primeiro teste para ver se o equipamento conseguiria produzir o álcool 70°. É possível produzir até 200 litros por dia, se tiver álcool 46° disponível, que é a capacidade do destilador deles”, explica o professor.

O álcool 46° encontrado para comercialização nos estabelecimentos comerciais não tem eficácia para desinfetar ambientes e prevenir contra a contaminação pelo novo coronavírus. “A iniciativa surgiu da alta demanda por álcool 70 e o baixo estoque dos mercados e farmácias. A gente vê que sobra álcool 46 e pensou que poderia destilar para fazer o 70”, conta Soldi. “Esse processo tem um custo mais alto, mas que se justifica para um caso emergencial. Podemos realizar essa produção e manter os locais que necessitam abastecidos”, afirma o professor.

O álcool será utilizado pela prefeitura de Curitibanos, em centros de saúde e outros ambientes que precisam de higienização. “A expansão da produção depende de a prefeitura solicitar, eles teriam que fornecer os insumos”, diz Soldi.  “A participação dos produtores de cachaça do Assentamento Primeiro de Maio foi a mais importante, porque eles têm experiência na destilação. A Epagri também participou um pouco deste processo porque desenvolveu a tecnologia do destilador”, completa Soldi.

O álcool inicialmente é destilado numa concentração maior e depois é ajustado com um pouco de água, para finalizar o acerto. O professor alerta que somente empresas autorizadas pela Anvisa  podem comercializar produtos desinfetantes a base de álcool.

Confira dicas para desinfecção.

Com informações da prefeitura de Curitibanos.

Tags: campus curitibanoscoronavírusCovid-19CuritibanosUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Universidades federais e o combate à Covid-19

25/03/2020 11:38

As Universidades Federais de todo o Brasil estão mobilizadas no combate à pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus. Confira, abaixo os links para cada Universidade e as ações que estão sendo desenvolvidas.

UFF – http://www.uff.br/coronavirus

UFFS – https://www.uffs.edu.br/acessofacil/coronavirus/orientacao

UFG – https://ufg.br/n/124654-coronavirus-a-ufg-esta-de-olho-previna-se

UNIFEI – https://unifei.edu.br/atualizacoes-sobre-o-coronavirus/

UFJF – https://www2.ufjf.br/noticias/2020/03/13/ufjf-cria-comite-de-monitoramento-e-orientacoes-de-conduta-sobre-coronavirus/

UFMG – https://ufmg.br/coronavirus

UFPA – https://coronavirus.ufpa.br/

UFPR – https://www.ufpr.br/portalufpr/noticias/saiba-tudo-sobre-as-acoes-da-ufpr-relacionadas-ao-coronavirus/

UFRJ – https://coronavirus.ufrj.br/

UFS – http://coronavirus.ufs.br/pagina/22079

UFSM – https://www.ufsm.br/2020/03/17/coronavirus/

UNIPAMPA – https://sites.unipampa.edu.br/coronavirus/

UFRPE – http://www.ufrpe.br/br/content/ufrpe-divulga-orienta%C3%A7%C3%B5es-preventivas-sobre-o-coronav%C3%ADrus-covid-19

UFBA – https://ufba.br/ufba_em_pauta/ufba-adota-novas-medidas-para-o-combate-ao-coronavirus

UFC – http://www.ufc.br/coronavirus

UFCSPA – www.ufcspa.edu.br/coronavirus

UFES – http://coronavirus.ufes.br/

UFERSA – https://assecom.ufersa.edu.br/2020/03/17/medidas-adotadas-pela-ufersa-na-luta-contra-o-coronavirus/

UFU – http://comunica.ufu.br/topicos/ufucontraocorona

UTFPR – http://portal.utfpr.edu.br/noticias/geral/atividades-de-ensino-estao-suspensas-por-tempo-indeterminado

UFSM – https://www.ufsm.br/2020/03/17/coronavirus/

UNIRIO – http://www.unirio.br/news/unirio-suspende-atividades-academicas-presenciais-ate-dia-30

UFV – https://www.ufv.br/coronavirus/

UFABC – http://www.ufabc.edu.br/sobre-o-coronavirus

UFSCAR – https://www2.ufscar.br/noticia?codigo=12556

UNIFESP – https://www.unifesp.br/coronavirus

UFPI – https://coronavirus.ufpi.edu.br/

UFOP – https://ufop.br/coronavirus

UFRGS – https://www.ufrgs.br/coronavirus

UFRB – https://www.ufrb.edu.br/portal/coronavirus

UFRN – https://www.ufrn.br/imprensa/noticias/34348/ufrn-cria-forca-tarefa-de-combate-ao-coronavirus

UFTM- http://www.uftm.edu.br/coronavirus

UNIFESSPA – https://www.unifesspa.edu.br/noticias/119-covid-19

UFSB – https://ufsb.edu.br/component/content/article/2231-reitoria-atualiza-orientacoes-a-comunidade-academica-sobre-o-covid-19

UFPB – https://www.ufpb.br/ufpb/contents/noticias/ufpb-suspende-aulas-presenciais-para-evitar-contaminacao-do-novo-coronavirus

UFPE – https://www.ufpe.br/covid-19

UFSC – https://noticias.ufsc.br/tags/coronavirus/

UFMS – http://www.ufms.br/coronavirus

UFGD – https://www.ufgd.edu.br/secao/coronavirus/index

UNILA – https://portal.unila.edu.br/coronavirus

UFPel – http://ccs2.ufpel.edu.br/wp/covid-19/

UFVJM – http://portal.ufvjm.edu.br/noticias/2020/coronavirus

Tags: coronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Confira as novas regras para licenças para tratamento de saúde e de familiar

25/03/2020 07:25

Os servidores docentes e técnico-administrativos em Educação da UFSC têm, em função do novo Coronavírus e da pandemia da Covid-19, novos procedimentos para solicitar e ter concedidos direitos como a Licença para Tratamento de Saúde (LTS) e Licença para Tratamento de Familiar (LTF).

Segundo o Ofício Circular nº 12/2020/GR, as perícias médicas documentais (não presenciais) para avaliação de LTS e de LTF serão feitas pela Junta Médica Oficial em Saúde (Unidade SIASS-UFSC) por meio da avaliação de documentos de forma não presencial, não havendo, portanto, a necessidade de o servidor comparecer presencialmente à Universidade para a realização de perícia.

Os servidores deverão encaminhar e-mail ao endereço perito.juntamedica@contato.ufsc.br contendo: o nome completo e CPF do servidor; e o atestado médico digitalizado, bem como outros documentos médicos que comprovem a sua condição de saúde ou a de seu familiar.

Tags: coronavírusCovid-19perícia médicaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Coronavírus: para auxiliar instituições de saúde, grupo desenvolve equipamentos de emergência

24/03/2020 18:12

O Grupo EME, formado por servidores – professores e técnicos – e alunos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), está desenvolvendo Equipamentos Médicos de Emergência e gerenciando as demandas no estado de Santa Catarina para o combate à pandemia do novo Coronavírus. A partir das solicitações, o grupo fará a ponte entre os contatos para acelerar a possibilidade de ajudar as instituições de saúde.

A equipe multidisciplinar visa levantar, projetar, desenvolver, produzir e distribuir os equipamentos médicos. No momento, o EME coordena a produção descentralizada das máscaras do tipo face shield, e segue no desenvolvimento de respiradores pulmonares (mecânico, eletrônico e ambu), entre outros acessórios de proteção como as máscaras N95.

A força-tarefa conta com a coordenação dos professores Daniel Martins (UFSC) e Humberto R. Cazangi (IFSC). Vale ressaltar a participação de profissionais de várias áreas, capacitados a desenvolver os equipamentos que exigem controle e respeito à normas específicas sanitárias para produção, higienização e destinação dos materiais.

Segundo o professor Humberto, que coordena as operações do EME, a equipe vem atuando fortemente na organização de demandas das instituições de saúde pelas máscaras do tipo face shield, já que há muitos produtores individuais querendo ajudar neste momento, porém esses materiais têm de ser impressos segundo regras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Desta forma, o EME criou uma logística com capacidade para atender, inicialmente, a Grande Florianópolis. “O time está trabalhando e aguardando para que essa demanda por todos os insumos possa chegar à instituição com a condição necessária e conforme o aumento da necessidade dos hospitais e dos pacientes”.

“Inclusive, nós temos a informação de que o processo de produção das máscaras já está sendo industrializado, o que acelera em muito a capacidade diária de fornecimento para as instituições de saúde, e isto exige que se tenha uma organização para conseguir centralizar essa necessidade e distribuir corretamente”, finaliza Humberto.

A comunidade em geral pode participar deste trabalho voluntário de captação das demandas, recursos e na produção dos equipamentos. O convite se estende também a empresários.

Para ser voluntário, os interessados devem preencher formulário com seus dados e como podem colaborar.

Mais informações no site eme.ufsc.br

Agecom/UFSC

 

Tags: coronavírusCovid-19EMEface shieldmáscaraUFSCventilador mecânico

UFSC prorroga suspensão do expediente presencial por mais sete dias

24/03/2020 12:41

A Administração Central da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), considerando as medidas tomadas pelo governo Federal e Estadual frente à pandemia Covid-19 e o combate à proliferação do Coronavírus em Santa Catarina, prorrogou, por mais sete dias, a suspensão da maioria das atividades presenciais na instituição.

O reitor Ubaldo Cesar Balthazar assinou a Portaria Normativa nº 355/2020 nesta terça-feira, 24 de março. A medida prorroga, até 1º de abril, a suspensão do expediente presencial nas atividades técnicas e administrativas em todas as unidades da UFSC, exceto nos setores de saúde, segurança e nas situações de caráter inadiável e essencial.

Na segunda-feira, 23 de março, o governo do Estado de Santa Catarina publicou o Decreto nº 525/2020, que, dentre outras medidas, prorroga por mais sete dias as determinações de restrição do convívio social no Estado.

Para mais informações sobre as medidas contra o Coronavírus na UFSC, acesse o site.

Para mais informações sobre as medidas do Governo do Estado de Santa Catarina, acesse o site.

 

Tags: Administração CentralcoronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC participa de força-tarefa para detecção da Covid-19

24/03/2020 10:12

Foto: CDC/Unsplash

Quatro laboratórios da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) passaram a integrar, a partir desta terça-feira, 24 de março, a força-tarefa destinada a trabalhar na detecção de casos de infeção pelo Novo Coronavírus (Covid-19).

A força-tarefa da UFSC atuará sob a coordenação do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), da Secretaria Estadual de Saúde de Santa Catarina, com o objetivo de contribuir na ampliação do número de amostras testadas para detectar os casos de Covid-19, aportando equipamentos e pessoal técnico.

Inicialmente farão parte da força-tarefa o Laboratório de Biologia Molecular, Microbiologia e Sorologia (LBMMS/CCS), o Laboratório de Virologia Aplicada (MIP/CCB) e o Laboratório de Protozoologia (MIP/CCB), podendo ser ampliado o número de laboratórios envolvidos de acordo com a necessidade de ampliação do número de testes a serem realizados.

Nesta fase inicial, os equipamentos de PCR em tempo real (qPCR) a serem utilizados no âmbito do CCB foram cedidos pelo Laboratório Multiusuário de Estudos em Biologia (Lameb), pelo Laboratório de Imunobiologia (Lidi/MIP), pelo Laboratório de Virologia Aplicada (MIP)  e pelo Laboratório de Imunologia Aplicada à Aquicultura (LIAA/BEG) do CCB.

Em nota publicada no site do Laboratório de Protozoologia, a equipe agradeceu a “imediata e voluntária disponibilização de equipamentos, de insumos e de oferta de mão de obra de inúmeros pesquisadores, professores, laboratórios e grupos de pesquisa de diferentes unidades da UFSC”.

Tags: coronavírusCovid-19Força TarefaLaboratório de Biologia MolecularLaboratório de ProtozoologiaLaboratório de Virologia AplicadaLacenMicrobiologia e Sorologia

UFSC na mídia: máscaras de prevenção ao Coronavírus são produzidas em parceira com IFSC

24/03/2020 09:29

Uma iniciativa fruto da parceira entre professores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC) foi destaque na imprensa na última segunda-feira, 23 de março. Os portais NSC e ND divulgaram o trabalho da equipe de docentes, que iniciou a produção de máscaras 3D para prevenção dos profissionais da área da saúde que estão envolvidos com a pandemia do Coronavírus.

Os equipamentos são feitos em impressoras digitais 3D. Elas serão distribuídas de forma gratuita no Hospital Universitário (HU) e demais unidades de saúde. O uso é destinado apenas aos profissionais que trabalham no atendimento aos casos da doença. De acordo com uma das reportagens, cada suporte leva em torno de duas horas para ser produzido, enquanto o corte da lâmina cerca de cinco minutos. A proposta da ação partiu do professor Fernando Osni Machado, médico intensitivista no Hospital Universitário da UFSC.

Confira a íntegra das reportagens:
> Coronavírus em SC: UFSC e IFSC produzem máscaras de prevenção
> Coronavírus: Professores do IFSC e UFSC produzem máscaras em impressora 3D

Tags: coronavírusCovid-19Hospital Universitário (HU)máscarasUFSC na mídia

Dicas de compras de alimentos em época de Covid-19

24/03/2020 07:00

Uma cartilha para a compra de alimentos em época de Covid-19 foi divulgada pela Teia de Articulação pelo Fortalecimento da Segurança Alimentar e Nutricional (TearSAN), grupo de pesquisa do departamento de Nutrição da UFSC. São dicas de como planejar e armazenar um estoque de alimentos para uma nutrição saudável. Confira as dicas preparadas pelas alunas Luiza Pigozzi e Beatriz Vitorino (bolsistas do Pró-Bolsas), com orientação das professoras do curso de Nutrição Claudia Soar e Cristine Garcia Gabriel:

* Não é necessário estocar grandes quantidades de comida. Comprar demais gera desperdício, falta de alimentos e aumento de preços (limitando o acesso dos mais pobres à comida). Não estocar é uma forma de defender os mais vulneráveis.

* Planeje uma lista semanal. Isso evita um estoque excessivo e otimiza o armazenamento dos alimentos.  A compra desnecessária e injustificada só contribui com a escassez das prateleiras.

* Nenhum alimento específico tem o poder de proteger contra o contágio, mas uma boa alimentação contribui para o fortalecimento do sistema imunológico.

* Variedade, diversidade e equilíbrio: a alimentação saudável é colorida e inclui legumes, verduras da época (sempre bem lavados).

* Lembre-se de manter a hidratação: tome bastante água.

* Caso não esteja em grupos de risco, ofereça-se para fazer as compras de quem você conhece que esteja. Seja solidário.

* Adote as medidas preventivas recomendadas pelo Ministério da Saúde e proteja a saúde de todos.

Quais alimentos adquirir e como armazená-los?

Escolha de três a cinco tipos de frutas e verduras por semana.

* Prefira as frutas da estação: Laranja, banana, limão, goiaba, manga, uva, pêra, mamão e maçã. Laranjas, bananas e limão podem ficar fora da geladeira. Para as demais, a recomendação é armazenar na geladeira em recipiente plástico ou sacola higienizada.

* Vegetais de maior duração: Abóbora, batatas (inglesa, doce), mandioca e cebola. Conservar fora da geladeira, em lugar seco e arejada, sem exposição solar.

* As demais verduras podem ser acondicionadas na geladeira por não mais que sete a dez dias, dependendo do grau de maturidade.

Confira também as medidas de proteção para ida ao mercado.

Tags: coronavírusCovid-19nutriçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC disponibiliza infraestrutura para combate à Covid-19

20/03/2020 15:56

A Administração Central da UFSC encaminhou ofícios ao Governo do Estado de Santa Catarina e à Prefeitura Municipal de Florianópolis nesta sexta-feira, 20 de março, para oferecer ajuda no combate à pandemia de Covid-19. O reitor Ubaldo Cesar Balthazar ofereceu as sedes da instituição, apoio ao atendimento de ligações telefônicas, entre outros recursos.

“Tendo em vista o crescimento inevitável dos casos confirmados, os riscos de colapso das unidades de saúde, e o fundamental papel da Universidade, colocamos a nossa infraestrutura à disposição”, salientou o reitor. “Tomamos as nossas decisões de suspensão de aulas e adoção de diferentes formatos de trabalho com relativa antecedência. Isso nos permite hoje esvaziar espaços que temos, com infraestrutura e capacidade física para funcionar como importante espaço de apoio em
diferentes demandas”.
(mais…)

Tags: Campus de CuritibanoscoronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2