UFSC Blumenau divulga jogo ‘Mulheres Cientistas’ em escolas da região; saiba como participar

09/05/2024 17:52

Atividade é como o Jogo do Mico, com cartas, em que fica com o ‘mico’ quem acha que mulher não pode ser cientista. Foto: UFSC Blumenau/Divulgação

Um projeto de extensão do Campus de Blumenau da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) iniciou nesta terça-feira, 7 de maio, as visitas a escolas para divulgação do jogo Mulheres Cientistas para meninos e meninas. O público alvo são estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e também do Ensino Médio. A primeira unidade de ensino a receber o projeto foi a Escola Municipal de Educação Básica Rodolpho Dornbusch, em Jaraguá do Sul, com as turmas do 8º ano.

O Mulheres Cientistas é um projeto de popularização da ciência voltado ao público em idade escolar por meio de jogos analógicos. Ele é coordenado pela professora Selene de Souza Siqueira Soares e conta com a participação das professoras Ana Julia Dal Forno e Louise Reips, além de bolsistas e integrantes do Coletivo Feminino da UFSC Blumenau. O projeto possui financiamento pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pela UFSC por meio de bolsas de extensão.

Durante a visita, os estudantes acompanharam uma apresentação sobre a UFSC Blumenau e sobre as desigualdades entre homens e mulheres na ciência. Depois os estudantes utilizam o jogo em sala de aula e fazem uma breve avaliação do mesmo. No final da visita, eles ainda levam para casa um exemplar do jogo e um livreto informativo com as histórias das mulheres citadas.

(mais…)

Tags: CiênciaeducaçãoEscolasestudantesextensãoincentivoJogomulheresmulheres cientistasUFSCUFSC BlumenauUniversidade Federal de Santa Catarina

Projeto da UFSC disponibiliza livro sobre políticas linguísticas educacionais africanas

02/05/2024 09:40

Em comemoração ao mês da África, celebrado em maio, o projeto de pesquisa e extensão Oralidades, Multilinguismos e Letramentos Políticos: Diálogos com a Educação disponibilizou o livro Políticas linguísticas educacionais em contextos africanos, lançado pela Editora Mazza. A obra tem caráter internacional e interinstitucional e é organizada por Ezra Chambal Nhampoca, da Universidade Eduardo Mondlane, de Moçambique, Ezequiel Bernardo, do Instituto Superior de Ciências da Educação, de Angola, e pela professora Cristine Gorski Severo, docente da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

> Conheça o projeto Oralidades, Multilinguismos e Letramentos Políticos

O livro trata do papel que a educação escolar desempenha na legitimação institucional de uma língua. De acordo com os organizadores, a obra busca um diálogo entre as políticas linguísticas e a esfera educacional, com enfoque em contextos sociolinguísticos africanos. “Defende-se que as experiências africanas podem contribuir para um debate mais amplo sobre a importância de modelos educacionais multilíngues, interculturais e engajados com os interesses das comunidades. Atenta-se para uma abordagem sensível às realidades locais, criando, em parceria com os sujeitos interessados, espaços de interlocução que reconheçam a pluralidade linguística, em diálogo com discursos e práticas institucionalizados”.

A obra conta com contribuições de pesquisadores da África do Sul (Universidade Nelson Mandela), Moçambique (Universidade Eduardo Mondlane e Universidade Save), Angola (Instituto Superior de Ciências da Educação de Cabinda e Universidade Agostinho Neto) e Ghana (Universidade Estadual da Pensilvânia). O prefácio é assinado pelo professor Bento Sitoe, membro fundador da Academia de Ciências de Moçambique e da Associação dos Escritores Moçambicanos.

> O livro pode ser acessado gratuitamente neste link.

Tags: ÁfricaeducaçãoLinguísticaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Game sobre educação midiática produzido pela UFSC se destaca por ensinar e divertir

24/11/2023 11:16

Telas do game, disponível gratuitamente

Com um conjunto de games online, abertos ao grande público, de forma gratuita, tanto em seu formato digital como no formato print and play para jogos de cartas e tabuleiros, o grupo de pesquisa EDUMIDIA – Educação, Comunicação e Mídia, do Centro de Ciências da Educação, forma, informa e diverte estudantes de licenciatura e professores de modo geral, desde 2015, quando começou a ser produzido. Recentemente, o Game Comenius 3 chegou a ser finalista no Congresso Brasileiro de Informática na Educação.

Para a professora Dulce Márcia Cruz, coordenadora do projeto, o fato de o grupo ter chegado longe em um evento da área de informática já foi uma vitória, considerando que a atividade está ligada ao departamento de Metodologia de Ensino e o evento é para profissionais de informática. O grupo da UFSC foi um dos finalistas na categoria produto com um dos módulos desenvolvidos numa iniciativa que começou em 2015.

Neste módulo 3, segundo Dulce, o jogo educativo é pensado para promover a diversificação de recursos e práticas didáticas incentivando o uso de diferentes mídias digitais, integradas ao planejamento da aula. A ideia é incentivar metodologias ativas: aprendizagem baseada em problemas, sala de aula invertida e aprendizagem baseada em projetos.

“No Centro de Ciências da Educação da UFSC, o Game Comenius tem sido jogado em disciplinas da graduação, a cada semestre. No total, de 2015 a 2023, mais de 200 estudantes de graduação  jogaram os protótipos e jogos prontos. No ensino à distância, os diversos formatos foram jogados por cerca de 90 estudantes da Licenciatura em Filosofia”, comenta. O game também é acessado na pós-graduação, em eventos de extensão e em diferentes cursos promovidos dentro e fora da UFSC.

Jogo de didática

O Game Comenius é um jogo de didática que busca incentivar a inclusão das mídias na prática pedagógica. As gerações de mídias são a base do jogo e desafiam os jogadores a pensar, escolher e executar o planejamento de suas aulas, distribuídas por suas características e potencial educativo, fases ou gerações.

Uma heroína chamada Lurdinha, uma normalista dos anos 1960, aceita o convite do pai da Didática, Comenius, para viajar no tempo e responder ao desafio de aprender a tornar as aulas mais significativas incorporando as mídias em seu planejamento didático. Para ajudar a Lurdinha a alcançar esse objetivo, o jogador precisa planejar missões, responder a variados quizzes de diversos conteúdos e ter contato com as teorias, os teóricos e as metodologias da educação. O jogador do game é desafiado a escolher como vai planejar e ministrar suas missões (aulas), testando seus elementos componentes.

Dulce explica que o projeto tem a proposta de fazer a educação midiática, tanto com formação inicial, como com formação continuada.  Disciplinas, cursos e oficinas em diversos espaços e formatos, de modo presencial e online, buscam alcançar o maior número possível de pessoas para serem usuários da plataforma.

 

Tags: Centro de Ciências da EducaçãoComunicação e MídiaeducaçãoEDUMIDIAGame Comenius

UFSC promove encontro com prática de yoga aberta ao publico nesta segunda

16/11/2023 11:45

Uma vivência em “Yoga na Aprendizagem” ocorre no dia 20 de novembro, das 16h às 17h, no saguão do Bloco D do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (CED/UFSC). Será um encontro com prática de yoga aberta ao público, com a participação de estudantes das disciplinas optativas de Yoga na Aprendizagem do Curso de Pedagogia da UFSC e alunos do terceiro ano da Escola Sarapiquá. A atividade é coordenada pelo professor Diego Arenaza Vecino, do Departamento de Metodologia de Ensino (MEN/CED/UFSC), e faz parte do projeto de pesquisa sobre Yoga na Educação.

Mais informações no site do projeto.

Tags: CEDCentro de Ciências da EducaçãoeducaçãopedagogiaUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaYoga

Unesco aprova projeto da UFSC para criação da cátedra Antonieta de Barros

23/10/2023 18:08

Painel de Antonieta de Barros no Centro de Florianópolis. Foto: Divulgação

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) aprovou a criação da Cátedra Antonieta de Barros: educação para a igualdade racial e combate ao racismo, proposta por um grupo de professores(as) e pesquisadores(as) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) liderados pela vice-reitora, Joana Célia dos Passos. O anúncio da aprovação ocorreu em 15 de outubro, Dia do Professor, data comemorativa instituída por um projeto da própria Antonieta de Barros, primeira deputada negra de Santa Catarina.

A criação de uma cátedra de combate ao racismo e promoção da igualdade racial está prevista na Resolução Normativa nº 175/2022/CUn, que estabelece a política de enfrentamento ao racismo institucional na UFSC. Um dos objetivos da cátedra, elencados no projeto apresentado à Unesco, é justamente o de “analisar o impacto do racismo na universidade e contribuir na formulação e implementação de políticas curriculares multidisciplinares para inclusão da história e cultura afro-brasileira, africana e indígena na formação de profissionais das diferentes áreas”.

De acordo com a definição apresentada no site da instituição, uma cátedra Unesco é uma equipe liderada por uma instituição de ensino superior ou pesquisa que faz parceria com a Unesco em um projeto para promover o conhecimento e a prática em uma área de prioridade comum. Na UFSC, essa equipe é integrada por professores(as) e pesquisadores(as) de nove programas de pós-graduação (Interdisciplinar em Ciências Humanas, História, Educação, Direito, Física, Saúde Coletiva, Relações Internacionais, Psicologia e Antropologia Social).
(mais…)

Tags: Antonieta de BarrosCátedraCátedra Antonieta de Barros: educação para a igualdade racial e combate ao racismoCátedra UnescoDia do Professoreducaçãoenfrentamento ao racismoUFSCunescoUniversidade Federal de Santa Catarina

Projeto da UFSC promove palestra em escola estadual para debater sobre políticas de cultura e de educação

04/08/2023 12:51

“Políticas de educação e de cultura” é o tema da palestra que será proferida pelo professor Alfredo Manevy, do curso de Cinema da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), nesta segunda-feira, 07 de agosto, às 14h. A atividade é voltada a docentes da rede estadual de ensino e ocorre na Escola de Educação Básica Aderbal Ramos da Silva, localizada no bairro Estreito, em Florianópolis.

O evento é promovido pelo projeto de extensão “Experimentextos: Laboratório de Tradução e Performance“, vinculado ao Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras (DLLE/CCE/UFSC), que se propõe a oferecer, ao longo do segundo semestre de 2023, oficinas de criação em poesia e performance na escola Aderbal Ramos da Silva. Essa iniciativa é organizada no âmbito do projeto de pesquisa “Poetas performers latino-americanas: práticas artísticas e políticas culturais”, coordenado pela professora Eleonora Frenkel (DLLE/UFSC).
(mais…)

Tags: CCEcinemaculturaDepartamento de Língua e Literatura EstrangeirasDLLEeducaçãoEscola de Educação Básica Aderbal Ramos da SilvaExperimentextosLaboratório de Tradução e Performancepolíticas de educaçãoUFSC

Webinário discute os impactos do ChatGPT na sala de aula

07/02/2023 10:53

O Operanda, programa de educação científica online do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), realiza o webinário Inteligência artificial e o futuro do ensino superior: ChatGPT e o seu impacto na sala de aula. A atividade ocorre nesta quarta-feira, 8 de fevereiro, das 20h às 21h30, pela plataforma Zoom.

Os professores Hugo Cristo, da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), e o professor Helder Lima Gusso, da UFSC, vão conduzir um debate sobre o ChatGPT sob a perspectiva do professor. “Proibir? Fingir que não existe? Ensinar a usar? Como usar? O que mudará na avaliação dos estudantes?”, questionam os organizadores do evento.

A atividade é destinada a professores universitários, mas docentes dos demais níveis de ensino, servidores e gestores educacionais e estudantes também são bem-vindos. Não é preciso nenhum tipo de conhecimento prévio em inteligência artificial ou no recurso ChatGPT para participar. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até dia 8, às 18h, pelo formulário on-line.

Tags: educaçãointeligência artificialOperandaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC sedia encontro sobre financiamento da educação

22/11/2022 15:43

O X Encontro da Associação Nacional de Pesquisa em Financiamento da Educação (Fineduca) ocorre de 30 de novembro a 2 de dezembro no Espaço Físico Integrado (EFI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Com o tema Neoliberalismo, fundo público e o financiamento da educação: como conter o desmonte do Estado Brasileiro?, o evento discute as preocupações da educação brasileira e busca desenvolver o aprendizado de estudantes dos cursos de licenciatura.

Em cada um dos dias, será realizada uma mesa-redonda com convidados de outros órgãos e universidades, como Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade de São Paulo (USP) e Universidade do Chile. As inscrições já foram encerradas, mas é possível participar do evento e assistir às palestras como ouvinte, sem necessidade de inscrição. Confira a programação completa e demais informações no site da Fineduca.

Tags: educaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Seminário internacional debate educação hacker e em direitos humanos

10/11/2022 11:25

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) será a anfitriã do II Seminário Internacional Conexão Escola-Mundo, entre os dias 21 e 23 de novembro. Organizado pelo Grupo de Pesquisa Mídia-Educação e Comunicação Educacional (Comunic) da UFSC e Grupo de Pesquisa em Educação (GEC) da Universidade Federal da Bahia (UFBA), o evento visa debater a educação hacker e a educação em direitos humanos a partir das experiências do projeto Conexão-Escola Mundo: espaços inovadores de formação cidadã.

A programação do seminário contará com mesas-redondas, discussão de metodologias de ensino e conferências internacionais, com a participação de Antonio Bartolomé, da Universidade de Barcelona. O evento será realizado no auditório do Espaço Físico Integrado (EFI) e é destinado a docentes, estudantes de graduação e pós-graduação. Os interessados podem se inscrever neste link.

Mais informações pelo site escolamundo.ufsc.br/seminario2022 ou pelo e-mail comunic.ced@contato.ufsc.br.

Tags: Conexão Escola-Mundodireitos humanoseducaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC tem roda de conversa com pesquisadores de Moçambique sobre canções na aprendizagem

06/09/2022 16:40

O grupo de Políticas Linguísticas Críticas e Direitos Linguísticos (PoLiTicas) divulga a realização de rodas de conversa virtuais mensais do projeto “Oralidades, multilinguismos e letramentos políticos: diálogos com a educação”. A próxima roda de conversa será realizada no dia 15 de setembro, quinta-feira, sobre o tema “A canção tradicional e o uso da cultura local no processo de ensino e aprendizagem”. A atividade conta com a presença de pesquisadores da Universidade Púnguè-Tete de Moçambique: doutor Arcénio Olíndio Luabo, mestre Julio Sandaca e mestra Marta Pedro Matsimbe, transmitida às 11h no Brasil (sendo 15h para Angola e às 16h para Moçambique), pelo canal do grupo PoLiTicas.

As rodas são compostas por pesquisadores e representantes das diferentes comunidades acadêmicas e não-acadêmicas. O grupo propõe um diálogo entre as políticas linguísticas e a esfera educacional no que tange a três elementos interligados: os conceitos de língua e oralidade, as propostas de educação multilíngue e os letramentos políticos, e é coordenado pela docente Cristine Severo do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLV).

Todas as rodas podem ser acessadas no canal do grupo no YouTube. As demais atividades já abordaram temas vinculados às políticas linguísticas educacionais, como educação multilíngue, diálogos da universidade com a comunidade, educação escolar quilombola, comunidades surdas plurais, pensamento negro afrodiaspórico, letramentos indígenas, línguas e culturas ciganas, línguas e imigração, entre outros. 

Mais informações disponíveis na página do projeto Oralidades, multilinguismos e letramentos políticos: diálogos com a educação.

 

Tags: aprendizagemcançãocultura localeducaçãoletramento indígenaMoçambiquepensamento negropopular

Evento on-line discute currículo educacional no contexto pós-pandemia

23/08/2022 16:47

O Itinera – Grupo de Pesquisa em Currículo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove nesta quinta-feira, 25 de agosto, a palestra on-line Currículo e cultura digital: cenários pós-pandemia. Parte do II Ciclo de debates sobre temas contemporâneos em currículo, a atividade tem início às 19h e transmissão pelo Canal do Itinera no Youtube.

Os professores Karina Marcon, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), e Thiago Souza Vale, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), debaterão elementos sobre currículo e tecnologias. Os estudos curriculares constituem um campo de conhecimento com centralidade no âmbito da Educação. Segundo os organizadores do evento, o empoderamento do campo tem sido marcado pela capacidade de pesquisadores de diferentes perspectivas teóricas problematizarem questões educacionais fundamentais, trazendo, assim, para debate os principais elementos constitutivos da formação humana. 

A primeira atividade do ciclo ocorreu em 26 de julho e teve como tema A cidade como um currículo aberto à formação humana, e, no dia 28 de setembro, será realizado o debate Currículo e decolonialidade: entre utopias e realidades. Quem participar de ao menos duas palestras terá direito a certificado de dez horas. As inscrições são feitas pelo formulário on-line.

Tags: educaçãoItineraliveUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Revista do Colégio de Aplicação recebe trabalhos sobre Educação

18/08/2022 16:32

A Sobre Tudo, revista científica do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), está com prazo aberto para submissão de trabalhos até 16 de setembro. São aceitos artigos científicos, trabalhos de iniciação científica (Pibic, Pibid e outros), relatos de experiências de docência, de estágio e de intercâmbio estudantil, ensaios, textos literários e trabalhos de estudantes da Educação Básica. 

Os textos podem ser de tema livre, desde que estabeleçam relações com o ensino e/ou a escola, ou sobre a temática Educação inclusiva na escola. A previsão é que a publicação ocorra em dezembro de 2022. 

Mais informações no edital de chamada (em pdf) e no site da revista.

Tags: Colégio de AplicaçãoeducaçãoRevista Sobre Tudosubmissão de trabalhosUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Professora da UFSC encomenda livro com propostas sobre ciência e educação a grupo de cientistas

28/07/2022 18:04

A professora Débora Peres Menezes, docente do Departamento de Física da UFSC e atual presidente da Sociedade Brasileira de Física (SBF) é uma das responsáveis pela publicação do livro “Ciência para o desenvolvimento sustentável – O Papel da Física”. Lançado na última quarta-feira, 27 de julho, durante a Assembleia Geral da SBF, o livro será encaminhado para candidatos à Presidência da República e aos governos estaduais nas eleições de 2022.

De acordo com publicação na página da SBF, o livro “aborda temas que vão da necessária transição energética para uma matriz limpa até a ciência de dados e as novas tecnologias quânticas, passando pela discussão sobre a nossa educação básica e pelo modo como cientistas devem se comunicar com a sociedade.”

O livro pode ser baixado gratuitamente no portal da SBF.

De acordo com a professora Débora, o livro foi elaborado para atender uma solicitação do Conselho da SBF. Foi coordenado por Adalberto Fazzio e teve como editor responsável Alaor Chaves, ambos ex-presidentes da SBF. “Houve consulta a vários notáveis da Física”, revela a professora, citando o ex-presidente do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) Ricardo Galvão e Paulo Artaxo, representante brasileiro no IPCC, o painel internacional das mudanças climáticas.

Além do lançamento na Assembleia Geral da SBF, o livro foi distribuído aos comitês dos candidatos à Presidência da República durante a 74ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que ocorre de 24 a 30 de julho em Brasília.

 

Tags: CiênciaeducaçãofísicalivroUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Programa de Formação Continuada abre inscrições para atividades educativas em julho e agosto

28/06/2022 08:32

O Programa de Formação Continuada (Profor) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) tem inscrições abertas para diversas atividades formativas que ocorrem nos meses de julho e agosto. As atividades têm número de vagas limitadas e serão realizadas de forma remota e, em alguns casos, modo assíncrono.

Na página do Sistema Gestor de Capacitação também há diversas opções de atividades formativas com inscrições abertas. Para se inscrever basta acessar o site, efetuar o login e buscar o quadro do Profor. São elas:

Práticas pedagógicas e metodologias na educação jurídica
Ministrante: Diego Nunes
Período: de 04/07 a 20/07/2022 (encontros síncronos nos dias 04/07, 11/07 e 18/07)
Horário: das 14:00 às 16:00
Público: Docentes de graduação e pós-graduação em Direito ou áreas afins com estudos sobre o sistema de justiça brasileiro ou áreas contempladas nas diretrizes curriculares para cursos jurídicos no MEC
Modalidade remota
Vagas: 30

Educação como prática social na contemporaneidade: a linguagem e suas
Interações
Ministrante: Fabiana Giovani
Período: de 04/07 a 29/07/2022 (curso realizado de modo assíncrono)
Horário: curso assíncrono
Público: professores(as) na educação básica e/ou do ensino superior envolvidos(as) com licenciatura
Modalidade remota
Vagas: 50
(mais…)

Tags: capacitaçãocursoeducaçãoinscriçõespedagogiaUFSC

Curso de extensão discute as relações entre currículo e escola

18/11/2021 15:07

O curso de extensão “Currículo: o quê? Para quem?” está com inscrições abertas para estudantes de Pedagogia e demais licenciaturas da UFSC. A inscrição pode ser feita até final de novembro através do e-mail: asesc2020@gmail.com

A atividade, que é gratuita e on-line, começou na quinta-feira, 18 de novembro, e segue até 26 de fevereiro. Além dos estudantes, o curso também é aberto a supervisores e administradores escolares, orientadores educacionais, educadores, professores e demais profissionais que atuem nas redes de ensino básico, bem como docentes dos cursos de licenciatura.
(mais…)

Tags: Departamento de Metodologia de Ensinoeducaçãoeducação básicaformação de professoresGEPDiMPrograma de Pós-Graduação em EducaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Palestra aborda Paulo Freire e o círculo de cultura

17/11/2021 09:22

O Grupo de Estudos e Pesquisas em Didática e suas Multidimensões (GEPDiM) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove nesta quinta-feira, 18 de novembro, das 15h às 17h, a palestra on-line Paulo Freire e o círculo de cultura, em homenagem ao centenário do patrono da educação brasileira e ao trigésimo aniversário de formação da Associação dos Supervisores Escolares de Santa Catarina (Asesc). A atividade será transmitida pelo canal da Asesc no Youtube.

Ministrada por Carlos Rodrigues Brandão, professor emérito da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), e coordenada pelo professor da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) Lourival José Martins Filho, a palestra está integrada ao XXX Encontro Estadual dos Supervisores Escolares, que começou em outubro.

 

Tags: Centenário Paulo FreireeducaçãoGEPDiMlivepalestraPaulo FreireUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Prêmio Mulheres na Ciência: Daniela Karine Ramos

16/11/2021 09:00

Desde a semana passada, a Agência de Comunicação da Universidade Federal de Santa Catarina (Agecom/UFSC) tem publicado reportagens sobre as vencedoras do Prêmio Mulheres na Ciência 2021, promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq). A quarta matéria da série aborda a trajetória e o trabalho da professora do Centro de Ciências da Educação (CED) Daniela Karine Ramos, vencedora na área de Ciências Humanas, Categoria Plena, voltada a docentes que ingressaram na UFSC entre 31 de dezembro de 2000 e 31 de dezembro de 2013.

Daniela é professora do Departamento de Metodologia de Ensino e do Programa de Pós-Graduação em Educação e uma das coordenadoras do grupo de pesquisa Edumídia – Educação, Comunicação e Mídias, além de atuar como como professora colaboradora do Mestrado em Recursos Digitais em Educação do Instituto Politécnico de Santarém (Portugal). Há mais de dez anos, dedica-se a projetos de pesquisa e extensão relacionados ao uso de jogos eletrônicos na Educação, com estudos voltados especialmente à aprendizagem e ao desenvolvimento de funções cognitivas. Sua produção acadêmica e científica soma 85 artigos em revistas científicas, 13 livros publicados e organizados, 37 capítulos de livro e 49 trabalhos completos em anais de evento. 

Ela também é divorciada e mãe de três crianças – Julia, Mateus e Eduarda, de 11, 9 e 6 anos, respectivamente. E foi justamente da percepção dos múltiplos papéis que assume, assim como muitas outras mulheres, que veio um dos estímulos para se inscrever na premiação. Para Daniela, essa era uma forma de valorizar a iniciativa e reconhecer a importância da mulher na ciência e os diferentes desafios enfrentados pelas pesquisadoras. “Tenho três crianças pequenas, fiquei na pandemia com eles sozinha, e [com ensino] remoto, computador e trabalho… Então muitas vezes é uma condição bem diferente da de homens que atuam na universidade. A gente tem esse desafio, muitas vezes, de uma responsabilidade maior como mãe. Normalmente, numa situação de divorcio é a mãe que acaba ficando mais responsável pelas crianças”, enfatiza. 

(mais…)

Tags: CEDDepartamento de Metodologia de EnsinoeducaçãoGrupo de Pesquisa Edumídiajogos eletrônicosMulheres na CiênciaPrêmio Mulheres na Ciência 2021Programa de Pós-Graduação em EducaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Congresso Internacional Freire e Vigotski promove reflexões sobre educação e liberdade

12/11/2021 09:23

*atualizado em 12 de novembro com informações sobre a Carta de Florianópolis

Ainda é possível inscrever-se para acompanhar as atividades do Congresso Internacional Freire e Vigotski: educação pública emancipatória, que ocorre de 8 a 12 de novembro. Sediado no Centro de Ciências da Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com apoio da Comissão da Educação da Câmara dos Deputados, o evento foi construído em parcerias com diversas universidades brasileiras e movimentos sociais. O Congresso tem mais de 8 mil inscritos, de todos os estados brasileiros e de 30 diferentes países.

O Congresso ocorre de forma remota e as inscrições são gratuitas. Para mais informações acesse: https://congressofreirevigotski2021.ufsc.br/.
O evento terá conferências com renomados estudiosos de Freire e Vigotski, apresentações de trabalho, simpósios de pesquisas, além de um Espaço Cultural.

Para consultar diretamente a programação das conferências, acesse https://congressofreirevigotski2021.ufsc.br/geral/conferencias/

Confira o resumo preparado por organizadores do evento:

“Para quem tem em Freire e Vigotski as referências de sua atuação, a educação tem o sentido de emancipar, libertar, voltar-se ao pleno desenvolvimento humano. Deve estar pautada na coletividade e na ciência orientada para o bem comum. A educação deve estar, assim como a vida de Freire e Vigotski, a serviço da construção de uma sociedade sem opressores e sem oprimidos.

O Congresso faz uma homenagem ao centenário de nascimento de Paulo Freire – Patrono da Educação Brasileira. Reconhecido em todo o  mundo por sua obra, que alia refinamento intelectual e compromisso popular, Freire dialoga com os oprimidos e com os grandes pensadores da humanidade. Os ataques que Freire sofre das elites econômicas e políticas no Brasil evidenciam a potência libertadora de sua vida e obra.

Freire divide as homenagens com Lev Semenovich Vigotski, psicólogo e educador soviético, nascido na Bielorrúsia há 125 anos. Seu trabalho abriu novas fronteiras à psicologia e à educação, fundando uma escola de pensamento incontornável às perspectivas críticas. Seu compromisso com uma educação e uma sociedade emancipadas, com a coletividade, com a autonomia e com o pleno desenvolvimento humano, revelam-se em sua vida e obra. A Teoria Histórico Cultural, que tem em Vigotski um dos principais autores, é reconhecida  mundialmente de grande atualidade para pensar o humano em nosso tempo.

Vigotski e Freire nos ensinam da íntima articulação entre educação e sociedade, que mudar a educação, exige, radicalmente, a mudança da sociedade e vice-versa. Se dedicaram a mostrar que precisamos de um mundo novo, pautado no social e não no capital, para que a educação possa emergir emancipatória, libertadora.

A realização de um Congresso Internacional que tem sua base no pensamento de Freire e Vigotski e suas escolas de pensamento assinala o compromisso da universidade pública com uma sociedade livre, justa e com uma educação emancipatória e libertadora”.

Clique aqui e acesse a Carta de Florianópolis, divulgada na Mesa de Encerramento do Congresso.

 

Tags: CEDCongresso Internacional Freire e VigotskieducaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Conferência discute educação, tecnologia e conectividade

20/10/2021 15:40

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e o Fórum Estadual de Educação de Santa Catarina (FEE/SC) promovem na próxima segunda-feira, 25 de outubro, a conferência Uma escola para o futuro: tecnologia e conectividade a serviço da educação, um evento preparatório para a próxima Conferência Nacional da Educação – Conae 2021/2022. A atividade tem início às 19h e transmissão pelo canal da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação de Santa Catarina (Uncme/SC) no Youtube.

Participam do evento o pró-reitor de Graduação da UFSC, Daniel de Santana Vasconcelos; a professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Udesc Martha Kaschny Borges; o professor emérito da UFSC e ex-reitor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) Dilvo Ilvo Ristoff; e o diretor do Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed) da Udesc, Celso João Carminati, como mediador.

A Conae constitui um espaço de discussão e fortalecimento da qualidade social da educação e busca conferir os desafios e avanços dos planos de educação em vigência nos últimos anos, com o olhar para o próximo ciclo de avaliação, 2024- 2034. Com o tema Inclusão, equidade e qualidade: compromisso com o futuro da educação brasileira, a etapa estadual de Santa Catarina será realizada de 26 a 28 de abril de 2022, e a etapa nacional, entre 23 e 25 de novembro do mesmo ano. Durante as conferências, são avaliados os planos de educação municipais, estaduais e nacional e propostas as metas e estratégias que devem compor o novo documento nacional, que entrará em vigor em 2025.

Mais informações no site da Conae/SC.

Tags: CONAECONAE-SCeducaçãoliveUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Prograd e Prae divulgam a programação da 1ª Semana Pedagógica da UFSC

13/10/2021 11:35

As pró-reitorias de Graduação (Prograd) e de Assuntos Estudantis (Prae) organizam a 1ª Semana Pedagógica da UFSC, aberta a professores e demais trabalhadores da educação dos cinco campi da Universidade. O objetivo é consolidar um espaço de escuta e conversas interdisciplinares que estimule e inspire diálogos e práticas pedagógicas para os próximos semestres letivos. A programação vai de 19 a 21 de outubro, terça a quinta-feira, sempre das 14h às 16h. 

A iniciativa propõe um tempo-espaço de compartilhamento e formação continuada para docentes de todas as áreas e campos dos saberes, com foco nos processos educacionais de ensino-aprendizagem na UFSC. A ênfase recai sobre os encontros pedagógicos possíveis no contexto da pandemia e o estímulo à reflexão sobre os fazeres docentes que impactam a comunidade universitária.
(mais…)

Tags: capacitaçãocoronavírusCovid-19educaçãopandemiaPRAEprogradSemana Pedagógica da UFSCUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Cultura, patrimônio e memória escolar são temas de rodas de conversa

13/10/2021 10:33

Começam nesta sexta-feira, 15 de outubro, as rodas de conversa da série Cultura, patrimônio e educação. História oral: infância escolar, promovida pelo Núcleo de Estudos da Terceira Idade (Neti) e pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Aberta a toda a comunidade, a atividade ocorre pelo Moodle Grupos e visa compartilhar histórias e fotografias dos tempos de escola. Os participantes são convidados a levar ao primeiro encontro fotos de turma, provas, atividades, cadernos e apostilas. Os interessados devem se inscrever até quinta-feira (14) pelo site inscricoes.ufsc.br/historias-rodas-de-conversas.

A ação faz parte do programa de extensão Memórias dos tempos de escola: memórias que ficarão on-line e é composta por sete encontros virtuais, até 26 de novembro, todas as sextas-feiras, das 16h às 18h. Os participantes terão direito a certificado de 30 horas.

Mais informações no site do projeto.

Tags: educaçãoNETIPROEXUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Educação como ferramenta de inclusão e diversidade nas organizações é temas de evento no mês de outubro

16/09/2021 10:25

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGEGC/UFSC), por meio do Grupo de Pesquisa Inovação em Ciência e Tecnologia (CoMovI), e o Núcleo de Estudos de Gênero e Sexualidade (NUGE), vinculado ao Centro Universitário FMU,  promovem no dia 20 de outubro, das 8h às 17h, o Diverses: Encontro nacional de consultorias e consultores em diversidade e inclusão.

A primeira edição do DIVERƧEƧ aborda o tema Como a educação pode auxiliar na criação e implementação de ações e ferramentas voltadas às diversidades e à inclusão nas organizações?. A ideia nasce da vivência de seus organizadores, que possuem experiência em formações e assessorias nas áreas de educação, ensino, diversidades e inclusão, e que utilizam como base as perspectivas pedagógicas e educacionais como propulsoras no processo de desconstrução de preconceitos e promotoras de equidade e justiça nos mais diversos campos sociais e laborais.

O evento é gratuito, aberto para toda comunidade acadêmica, ocorre em formato on-line e dá direito a certificado de participação. Para mais informações sobre a programação e inscrição, basta acessar o site.

 

 

 

Tags: diversidadeDIVERƧEƧeducaçãoinclusãoPPGEGCUFSC

Evento discute o acesso à educação para mulheres em privação de liberdade

08/09/2021 09:30

A Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (Saad) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove nesta sexta-feira, 10 de setembro, um debate sobre o acesso à educação para mulheres em privação de liberdade. A atividade tem início às 10h e transmissão ao vivo pelo canal da Saad no Youtube. Os interessados em obter certificado de participação devem preencher o formulário de inscrições.

Participam do evento a secretária de Ações Afirmativas e Diversidades, Francis Tourinho, a doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação Amabile Costa, que trabalha com bibliotecas prisionais, e Marinês da Rosa, professora da Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat) e pesquisadora do Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (Nigs) da UFSC. A organização é da assistente social Elisani Bastos e da estagiária Fabiana Vieira. 

A ação compõe as atividades do estágio curricular obrigatório em Serviço Social realizado na Saad em 2020 e 2021. No período, foi implementado o projeto de extensão Janelas do Saber, que atende estudantes privados de liberdade na UFSC. Atualmente, são onze os alunos atendidos no projeto, todos homens, matriculados em cursos de graduação e vinculados ao sistema prisional e socioeducativo do Estado de Santa Catarina. 

O objetivo da atividade é ampliar a discussão sobre a temática da educação, gênero e cárcere e construir espaços que contribuam para a superação de estigmas, somando esforços na defesa do acesso à educação como um direito humano fundamental. A ideia é mostrar a universidade como um lugar possível também para as mulheres encarceradas.

Tags: educaçãoestudantes privados de liberdadeJanelas do SaberliveSaadServiço SocialUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Curso de Pedagogia promove conferência em defesa da democracia

30/08/2021 18:14

A coordenação do Curso de Pedagogia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove uma conferência virtual sobre a construção de um projeto de nação soberana e de Estado democrático, em defesa da democracia, da vida, dos direitos sociais, da educação e do Plano Nacional de Educação (PNE). O evento ocorre nesta quinta-feira, 2 de setembro, às 19hno canal do curso no Youtube.

A atividade contará com a participação da professora da Universidade Federal de Paraná (UFPR) Megg Rayara Gomes de Oliveira e de Marcos Aurélio dos Santos, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de São José (Sintram) e militante do Movimento Negro de Santa Catarina.

Tags: democraciaeducaçãolivepedagogiaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Roda de conversa discute inclusão na infância

25/08/2021 12:08

O Núcleo de Educação na Perspectiva das Tecnologias e Alteridade (Nepta) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Escola Básica Municipal José Jacinto Cardoso (Serrinha/Florianópolis) promovem neste sábado, 28 de agosto, das 14h às 15h30, uma roda de conversa sobre inclusão na infância intitulada Falas de si. O evento, que será realizado de forma on-line, é totalmente gratuito e aberto à comunidade em geral. Para participar e receber o link de acesso à videoconferência, é necessário realizar a inscrição até a data da atividade

Os convidados do evento são a professora da UFSC Blumenau Fabiana Schmitt Corrêa; o estudante da rede municipal de Indaial/SC Augusto Selhorst; a professora da rede municipal de ensino de Florianópolis Tábata Duarte; e estudante da EEB Adolpho Konder, de Blumenau/SC, Djenifer Cruz da Silva.

 

Tags: educaçãoinclusãoinfânciaNúcleo de Educação na Perspectiva das Tecnologias e AlteridadeRoda de ConversaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina
  • Página 1 de 4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4