Nota de Pesar: falece Juliana Cardoso Coelho, professora do Colégio de Aplicação

19/01/2024 10:42

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e o Colégio de Aplicação (CA) comunicam, com pesar, o falecimento da professora Juliana Cardoso Coelho, ocorrido nesta quarta-feira, 18 de janeiro. A professora Juliana faleceu aos 48 anos, em Florianópolis.

Juliana lecionava Química para as turmas do Ensino Médio do Colégio desde 2011. Sua carreira, desde a graduação em Química, mestrado e doutorado em Educação Cientifica e Tecnológica foi toda realizada na UFSC.

O Colégio de Aplicação emitiu nota no site e nas redes sociais ressaltando que a professora Juliana orientou centenas de licenciandos, além da sua atuação com os estudantes do CA/UFSC.

O velório ocorrerá nesta sexta-feira, na cidade de Meleiro, Santa Catarina.

As comunidades universitária e do Colégio de Aplicação, em luto, solidarizam-se com a família, colegas e amigos da professora Juliana e, em especial, com seu marido e filha.

Tags: CEDColégio de AplicaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pesquisadores da UFSC partem em missão de cooperação acadêmica entre Brasil e Timor-Leste

10/01/2024 11:08

Um grupo de professores do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (CED/UFSC) partirá com destino ao Timor-Leste, no sudeste asiático, na próxima segunda-feira, 15 de janeiro. O objetivo é apoiar e assessorar a implantação do primeiro programa regular de mestrado em Educação do país. A atividade faz parte do acordo de cooperação internacional entre Brasil e Timor-Leste, sob mediação da Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores (ABC/MRE).

A delegação é composta por docentes do Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica (PPGECT) – Suzani Cassiani, Irlan Von Linsingen, Patricia Montanari Giraldi e Regina Célia Grando –, do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) – Elison Antônio Paim –, e do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCIN) – Camila Monteiro de Barros. No Timor-Leste, os professores atuarão junto à Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL), localiza em Díli, capital do país.

Mais informações com a professora Suzani Cassiani pelo e-mail suzanicassiani@gmail.com.

Tags: CEDCentro de Ciências da Educaçãocooperação acadêmicaPPGCINPPGEPPGECTPrograma de Pós-Graduação em Ciência da InformaçãoPrograma de Pós-Graduação em EducaçãoPrograma de Pós-Graduação em Educação Científica e TecnológicaTimor-LesteUFSCUniversidade Nacional Timor Lorosa'eUNTL

Nota de Pesar: falece Maurília Francisco, técnica-administrativa aposentada do CED

20/12/2023 11:01

Maurília Francisco (Foto: Facebook)

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunica, com pesar, o falecimento da servidora técnico-administrativa em Educação aposentada do Centro de Ciências da Educação (CED), Maurília Francisco. Ela faleceu aos 70 anos, no dia 5 de dezembro, em São José.

Maurília ingressou na UFSC como servidora em 1976, e aposentou-se em 2003. Em sua trajetória, sempre trabalhando no CED, Maurília exerceu funções de chefia de Expediente no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade. Seu filho, Cristyan Francisco da Silva, formou-se no Colégio de Aplicação da UFSC e em 2014 no curso de Graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental.

O Sindicato dos Trabalhadores da UFSC (Sintufsc) publicou uma Nota de Pesar em sua homenagem.

A comunidade universitária solidariza-se com a família e os amigos de Maurília em seu luto.

Tags: CEDNota de pesarUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC e TRT-SC trabalham para criar laboratório de preservação da memória do judiciário trabalhista

14/12/2023 11:30

Da esq. p/ a dir: Jeferson Corbari, Simone Dalcin, Rita de Cássia Castro Cunha e Cezar Karpinski (Foto: Divulgação/TRT-SC)

O professor do Departamento de Ciência da Informação, Cezar Karpinski, e a mestranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Rita de Cássia Castro da Cunha, pesquisadores do Laboratório de Conservação e Restauração de Documentos (Labcon) da UFSC participam de um projeto junto ao Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (TRT-SC) de preservação da memória institucional do Judiciário trabalhista catarinense. No último mês de novembro, os pesquisadores se reuniram com o diretor da Secretaria de Gestão Judiciária (Segejud) do TRT-SC, Jefferson Neri Corbari, e a chefe da Seção de Gestão de Memória, Simone Dalcin, para discutir ações do projeto.

O encontro foi realizado na Seção de Gestão de Memória do tribunal, localizada em São José-SC, como parte do projeto de implantação do Laboratório de Conservação e Restauração de Documentos do TRT-SC. Para esse fim, e também para fazer um diagnóstico do acervo do TRT-SC, um Termo de Execução Descentralizada (TED) entre o tribunal e a Universidade foi firmado em outubro. Também está prevista uma capacitação em conservação de documentos, em suporte de papel, aos servidores da Segejud. “Com estas ações, o TRT-12 espera ampliar ainda mais as ações de tratamento do seu patrimônio documental para que toda a sociedade se beneficie da difusão dos seus arquivos históricos”, afirma Jefferson Corbari.

Além do laboratório, a iniciativa contempla a restauração de 60 processos históricos, entre documentos da primeira metade do Século XX, sendo o mais antigo datado de 4 de outubro de 1939. Dez processos já estão em recuperação.
(mais…)

Tags: CEDCiência da InformaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC promove encontro com prática de yoga aberta ao publico nesta segunda

16/11/2023 11:45

Uma vivência em “Yoga na Aprendizagem” ocorre no dia 20 de novembro, das 16h às 17h, no saguão do Bloco D do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (CED/UFSC). Será um encontro com prática de yoga aberta ao público, com a participação de estudantes das disciplinas optativas de Yoga na Aprendizagem do Curso de Pedagogia da UFSC e alunos do terceiro ano da Escola Sarapiquá. A atividade é coordenada pelo professor Diego Arenaza Vecino, do Departamento de Metodologia de Ensino (MEN/CED/UFSC), e faz parte do projeto de pesquisa sobre Yoga na Educação.

Mais informações no site do projeto.

Tags: CEDCentro de Ciências da EducaçãoeducaçãopedagogiaUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaYoga

Colégio de Aplicação abre inscrições para sorteio de vagas do ano letivo 2024

09/10/2023 09:34

O Colégio de Aplicação da UFSC, unidade do Centro de Ciências da Educação (CED) anunciou a abertura de edital, com inscrições abertas para sorteio de vagas e formação de lista de espera para o ano letivo de 2024. A instituição atende estudantes do primeiro ano do Ensino Fundamental até o terceiro ano do Ensino Médio. A escola é pública e gratuita e está localizada dentro da UFSC, no bairro Trindade, em Florianópolis. O edital é destinado ao público em geral e também conta com reservas de vagas para pessoas com deficiência e/ou candidatos declarados negros (pretos e pardos), indígenas e quilombolas.

As inscrições são gratuitas, estão abertas e podem ser feitas até o dia 7 de novembro, às 18h. Todas as informações sobre o processo de inscrição e sorteio estão disponíveis no edital, e a escola orienta a leitura atenta de todo o documento. Serão ofertadas 60 vagas para o primeiro ano do Ensino Fundamental e formação de lista de espera para as demais turmas. Há reserva de três vagas a alunos com deficiência e 12 vagas para alunos declarados negros (pretos e pardos) pela família ou declarados indígenas ou quilombolas.

O resultado final da seleção será divulgado no dia 23 de novembro.

 

Mais informações e inscrições pelo site ingressoaplicacao.ufsc.br

Tags: CACEDColégio de AplicaçãoColégio de Aplicação (CA/UFSC)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC na mídia: caloura com paralisia cerebral destaca sensação de liberdade e acolhimento

06/10/2023 17:18

A caloura de Pedagogia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Isabelli Macedo de Ávila tem paralisia cerebral e, em entrevista para a NDTV, destacou a sensação de liberdade e o acolhimento da Universidade. “Recebi um acolhimento dos professores, da minha turma e da nossa assistência de acessibilidade.”

Além de um café de acolhimento, Isabelli recebeu um notebook emprestado da Universidade para facilitar sua adaptação. Uma colega de turma da jovem também destaca a dedicação e participação dela nas aulas. 

Toda a adaptação e jornada dos estudantes com deficiência é acompanhada pela Coordenadoria de Acessibilidade Educacional (CAE). A equipe é responsável por acolher e dar apoio para a permanência desses alunos. Ao todo 8% das vagas dos vestibulares são reservadas para esse público, e a CAE trabalha de acordo com as demandas de cada indivíduo. Na reportagem, a coordenadora da CAE, Bianca Costa Silva de Souza, explica como é feito o acompanhamento dos estudantes com deficiência na Universidade: “A gente entende qual é a especificidade de cada pessoa, e a gente vai traçando um plano de acompanhamento desse sujeito, e ele vai participando do processo também”.

Confira a reportagem completa.

Tags: CAECEDCoordenadoria de Acessibilidade EducacionalUFSCUFSC na mídiaUniversidade Federal de Santa Catarina

Núcleo de Desenvolvimento Infantil abre inscrições para sorteio de vagas do ano letivo de 2024

05/10/2023 10:50

Foto: Juliane Mendes Rosa La Banca

O Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) do Centro de Ciências da Educação (CED) da UFSC  anunciou a abertura do período de rematrículas, inscrições para novos alunos por meio de sorteio de vagas e a formação de listas de espera para o ano letivo de 2024. O edital do processo seletivo foi publicado nesta quarta, 4 de outubro. O período de inscrições para novos alunos inicia-se na segunda-feira, dia 9 de outubro e segue aberto até o dia 7 de novembro. As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo site ndi.ufsc.br.

Há 14 vagas disponíveis e podem se inscrever as crianças nascidas entre 31 de março de 2018 e 31 de dezembro de 2023. Há quatro vagas reservadas para crianças declaradas negras (pretas e pardas), indígenas e quilombolas e duas vagas reservadas para crianças com deficiência. A Secretaria do NDI disponibilizará, no período das inscrições, equipamentos para aqueles que não dispõem de acesso à internet, no horário das 7h30 às 18h30, ininterruptamente, no local.

O resultado final será divulgado em 24 de novembro.
Mais informações:
ndi.ufsc.br
matriculas.ndi@contato.ufsc.br
Telefone e WhatsApp (48) 3721-2322

Tags: CEDNDINúcleo de Desenvolvimento InfantilUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Projeto de extensão da UFSC exibe filme ‘Close’ no Museu Victor Meirelles nesta sexta-feira, 16

14/06/2023 11:25

O projeto de extensão ATA-ME – CINENUVIC da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) exibirá, mensalmente, filmes longa-metragem com o objetivo de fomentar discussões sobre temas cotidianos como feminismo, sexualidade e relações de gênero e étnico-raciais. As exibições ocorrem no Museu Victor Meirelles (Ibram/MinC), e inclui a participação de debatedores convidados para problematizar questões suscitadas pelos filmes abordados. Serão ao todo sete encontros, e o primeiro deles ocorre nesta sexta-feira, 16 de junho, às 19h, com o filme “Close” (2022), dirigido por Lukas Dhont. Conduzem a conversa posterior ao filme o professor Alexandre Bello e a professora Carolina Votto, ambos do Departamento de Metodologia de Ensino da UFSC.

A entrada é gratuita. A programação completa está disponível no site museuvictormeirelles.museus.gov.br. O museu é localizado à Rua Victor Meirelles, número 59, no Centro de Florianópolis. Não é preciso fazer inscrição prévia, e a participação integral no projeto dá direito a certificado de 25 horas.

Sobre o Projeto

O projeto é articulado entre dois Núcleos de Pesquisa do Centro de Ciências da Educação (CED) da UFSC: o Núcleo Vida e Cuidado (NUVIC) e o Núcleo de Estudos sobre Gênero e Sexualidade (NÓS). O NUVIC é um espaço interinstitucional que se organiza interdisciplinarmente, compreendendo as violências como fenômenos complexos, multifacetados e situados em termos geopolíticos, culturais e institucionais. Já o NÓS é um grupo de estudos e pesquisas de caráter multi/interdisciplinar, interinstitucional e acadêmico, composto por profissionais de diferentes áreas do conhecimento com interesse em gênero e sexualidade no campo da Educação.

Segundo os organizadores, o Ciclo tem como objetivo agenciar as diferentes possibilidades estéticas e imagéticas propiciadas pelo cinema a partir de desdobramentos pedagógicos acessíveis ao público interno e externo à UFSC; dar a oportunidade de se refletir sobre feminismo, sexualidade e relações de gênero, e, também, sobre a importância do respeito e do reconhecimento das diferenças expressas em realidades que desconhecemos.

 

Mais informações no site do Museu 

Tags: CEDNósNUVICUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pós-graduação em Educação Científica e Tecnológica abre processo seletivo para Mestrado

15/05/2023 09:46

O Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica (PPGECT) abre, nesta terça-feira, 16 de maio, as inscrições de seu processo seletivo para o curso de Mestrado em Educação Científica e Tecnológica, para ingresso no primeiro período letivo de 2024. As inscrições podem ser realizadas de 16 de maio a 29 de junho, de forma online pelo site.

Serão oferecidas 30 vagas, distribuídas pelas linhas de pesquisa do Programa. A listagem das linhas de pesquisa e o número de vagas, bem como os requisitos para ingresso e demais informações estão disponíveis no Edital. Estão previstas vagas para ações afirmativas, sendo três vagas para pessoas negras (pretas e pardas) e três vagas para indígenas. Há também a disponibilidade de uma vaga para pessoa com deficiência, uma vaga para pessoa que pertença a comunidades remanescente de quilombo, e uma vaga para pessoa trans (transexual, travesti e transgênera).

As inscrições são gratuitas. O resultado final da seleção será divulgado até 22 de dezembro.

 

Mais informações no site do PPGECT

Tags: CEDinscriçõesmestradoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Comunidade celebra a paz e o desarmamento nas escolas com música e arte

28/04/2023 14:07

A comunidade escolar do Colégio de Aplicação (CA) e do Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) reuniu-se nesta sexta-feira, 28 de abril, para celebrar o Dia Mundial da Educação e o Dia pela Paz e pelo Desarmamento nas Escolas, organizado pela UFSC, pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e pelo Instituto Federal Catarinense (IFC).

Estavam presentes estudantes do CA e NDI, além de autoridades da UFSC e do IFC: o reitor da UFSC, Irineu Manoel de Souza; a reitora do IFC, Sônia Regina de Souza Fernandes; a vice-reitora da UFSC, Joana Célia Dos Passos; a pró-reitora de Graduação e Educação Básica, Dilceane Carraro; a pró-reitora de Ações Afirmativas e Equidade (Proafe), Leslie Sedrez Chaves; a diretora da Proafe Marilise Sayão; o diretor do Centro de Ciências da Educação, Hamilton De Godoy Wielewicki; a diretora do Colégio de Aplicação, Carla Cristiane Loureiro; e a coordenadora Pedagógica do NDI, Jucilaine Zucco. 

O coordenador de Educação Básica, George França, abriu o evento, destacando que a motivação da reunião – a violência nas escolas – demanda um movimento de resposta. “Diante dos acontecimentos e ameaças recentes que envolveram instituições de ensino, em especial de educação básica, queremos hoje, nesta data, afirmar o compromisso do CA, do NDI e da UFSC pela paz, contra a violência e pelo desarmamento nas escolas. Entendemos que isso se faz com educação, com cultura e com arte”, salientou.
(mais…)

Tags: CACEDColégio de AplicaçãoDia Mundial da EducaçãoEducação pela Paz e pelo Desarmamento nas EscolasNDINúcleo de Desenvolvimento InfantilPazUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Aplicação e NDI celebram a Paz e o Desarmamento nas Escolas com cultura nesta sexta, 28

27/04/2023 19:30

O Colégio de Aplicação (CA) e o Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) estarão reunidos em uma ação conjunta para celebrar o Dia Mundial da Educação, com o evento Dia pela Paz e pelo Desarmamento nas Escolas. A programação integra a iniciativa criada pelas Instituições Federais de Ensino Superior de Santa Catarina para ocorrer nesta sexta-feira, 28 de abril. O reitor da UFSC, Irineu Manoel de Souza, e a vice-reitora, Joana Célia dos Passos, confirmaram sua presença. Também estarão presentes autoridades do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e o Instituto Federal Catarinense (IFC).

O evento inicia-se no Pátio do Colégio de Aplicação (CA), a partir das 9h, e inclui apresentações artístico-culturais, e a presença dos estudantes do CA e NDI. Apresentam-se a Orquestra de Câmara da UFSC, e haverá ainda apresentações musicais dos docentes e estudantes do CA que desenvolvem a oficina de Música.
(mais…)

Tags: CEDColégio de AplicaçãoDia Mundial da EducaçãoEducação pela Paz e pelo Desarmamento nas EscolasNDINúcleo de Desenvolvimento InfantilprogradUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC se mobiliza para repudiar e enfrentar atos de racismo

10/10/2022 17:34

Alunos do curso de Pedagogia se mobilizaram rapidamente após o caso de racismo (Foto: Reprodução TV UFSC)

Um ato de injúria racial ocorrido nas dependências do Centro de Ciências da Educação (CED) mobilizou toda a comunidade acadêmica e jogou luz sobre a importância de uma política institucional de enfrentamento ao racismo. No dia 28 de setembro, uma aluna do curso de Pedagogia foi vítima de racismo por meio de frase escrita no banheiro feminino do Bloco A do Centro.

A reação da comunidade acadêmica foi imediata. As aulas foram interrompidas pela Coordenação do curso e o Centro Acadêmico promoveu uma assembleia de emergência no hall do CED. Além dos estudantes e professores do curso, estiveram presentes também estudantes da pós-graduação, o Diretor do Centro, professor Hamilton Wielewicki, e representantes da Pró-reitoria de Ações Afirmativas e Equidade. No dia seguinte, os estudantes promoveram nova reunião, que teve a participação do movimento negro.

Além dos protestos, foram tomadas medidas efetivas para apuração do ato racista. No mesmo dia, um boletim de ocorrência foi registrado na Secretaria de Segurança Institucional da UFSC e no dia seguinte a estudante foi acompanhada para registro também na Delegacia da Mulher, da Polícia Civil.

Representantes de coletivos e do movimento negro também participaram de manifestações (Foto: Reprodução TV UFSC)

A vice-reitora Joana Célia dos Passos ressalta que a Reitoria vem tomando atitudes em relação ao caso e que, pela primeira vez, um ato desta natureza é tratado como crime. Pesquisadora de ações afirmativas e relações raciais, a professora Joana afirma que o combate ao racismo é do campo das relações sociais, mas defende que será preciso incluir ações pedagógicas no enfrentamento da questão, tais como a inclusão do tema nos currículos.

Ao mesmo tempo, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está aperfeiçoando o texto de uma minuta de Resolução Normativa de enfrentamento ao racismo institucional e violência de gênero, para apresentar uma proposta ao Conselho Universitário.

Ações e reações da comunidade universitária

28/09/2022

Estudante quilombola entra no banheiro feminino do Centro de Ciências da Educação (CED) e lê na parede uma inscrição com injúria racial dirigida a ela. A partir daí, são desencadeadas várias ações e iniciativas da comunidade universitária.

1) Acolhimento da estudante vítima de injúria pelo Atendimento Técnico Pedagógico e Coordenação do Curso de Pedagogia;

2) Identificação do crime com o testemunho dos professores e estudantes do curso;

3) Ação de mobilização do movimento estudantil;

4) Registro do Boletim de Ocorrência na Secretaria de Segurança Institucional da UFSC;

5) Acionamento imediato da Pró-reitoria de Ações Afirmativas e Equidade (Proafe), da Direção do Centro e da Coordenadoria de Relações Étnico-raciais (Coema);

6) Produção e divulgação de nota informativa da Coordenação do curso.

7) Produção e divulgação da nota de posicionamento institucional pela Pró-reitoria de Ações Afirmativas e Equidade (Proafe).

8) Acionamento da Central de Segurança para disponibilização de imagens;

29/09/2022

1) Registro do fato na reunião do Conselho de Unidade e encaminhamentos;

2) Registro de boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher, acompanhada de chefe de Segurança da UFSC;

3) Realização de reunião entre a Coordenação do curso e a pró-reitora de Permanência e Assuntos Estudantis (Prae);

4) Presença da vice-reitora no Curso de Pedagogia para tratar sobre o ocorrido;

5) Encaminhamentos coordenados pela Técnica Pedagoga junto ao Serviço de Escuta Preta e Psicologia Escolar da Prae;

6) Produção de matéria pela TV UFSC, com entrevista da Coordenadora e da Técnica Pedagoga do Curso.

 

7) Ato mobilizado pelos estudantes do curso com presença do movimento negro e divulgação de nota pública

8) Comunicado geral da Coordenação do curso para os estudantes sobre o registro de crime na Delegacia da Mulher e solicitando que quem tiver informações procure a Coordenação

03/10/2022

Atendimento psicológico à estudante pela psicóloga da Coema, mediado pela técnica pedagoga do Curso de Pedagogia;

04/10/2022

Reunião do NDE, Colegiado do Curso e coordenadores de fase para a construção de ações internas ao Curso de Pedagogia e medidas e protocolos na Universidade.

Tags: CEDenfrentamento ao racismopedagogiaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Curso gratuito de Iniciação à Biodanza está com inscrições abertas

10/05/2022 15:47

O Núcleo Vida e Cuidado: Estudos e Pesquisas sobre as Violências da Universidade Federal de Santa Catarina (NUVIC/UFSC), em parceria com a Escola Catarinense de Biodanza, promove o Curso de Iniciação à Biodanza. A atividade é gratuita e aberta a toda a comunidade.

Há vagas abertas para dois grupos, que ocorrerão em dois dias da semanas: nas segundas-feiras, às 18h30, e às sextas-feiras, às 9h. As aulas serão realizadas na Sala do Corpo, localizada no Bloco A do Centro de Ciências da Educação (CED/UFSC). As inscrições devem ser feitas pelos telefones: (48) 991613939 ou (48) 988198669. As atividades iniciam a partir do dia 13 de maio e vão até 29 de agosto.
(mais…)

Tags: biodanzaCEDNúcleo Vida e Cuidado: Estudos e Pesquisas sobre Violências (NUVIC)NUVICPrática Integrativa Completar

PET Educampo realiza evento para comemorar dois anos do programa Orgânico Solidário

13/04/2022 10:18

O PET Educampo promoverá um evento no dia 18 de abril para comemorar o retorno das aulas presenciais na Educação do Campo no Centro de Ciências da Educação (CED) e o aniversário de dois anos do programa Orgânico Solidário em Santa Catarina. O evento acontecerá das 10h às 12h no Hall de entrada do CED, bloco A.

A programação contará com Feira da Reforma Agrária, uma roda de conversa sobre Insegurança Alimentar e Justiça Alimentar na Grande Florianópolis, com a presença do padre Vilson Groh. Além disso, o lançamento do livro sobre as experiências do Orgânico Solidário Florianópolis.

Confira a programação: 

10h – Abertura ao público da Feira Agroecológica e de produtos da Reforma Agrária (da Escola 25 de Maio, Fraiburgo/SC);

10h30 às 11h30 – Apresentação sobre o Orgânico Solidário e roda de conversa sobre Insegurança Alimentar e Justiça Alimentar na Grande Florianópolis, com a presença do padre Vilson Groh (Rede IVG);

11h30 às 12h – Lançamento do livro publicado pela UFSC, sobre a experiência do Orgânico Solidário Florianópolis – Mostra fotográfica com registros destes dois anos de atuação.

Para conferir o livro, clique aqui. 

 

 

Tags: CEDeventoPET Educação do CampoPet EducampoUFSC

Fase 3: primeira semana de retorno do Colégio de Aplicação às atividades presenciais é de transição e de cuidados com a saúde

16/02/2022 15:46

Entrada dos alunos dos Anos Iniciais, do Ensino Fundamental no Colégio de Aplicação na quinta-feira, 10 de fevereiro. (Foto: Naiara Chaves/Comunicação CA/UFSC)

O Colégio de Aplicação (CA) do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (CED/UFSC) iniciou as atividades de ensino presencial, e ingressou na Fase 3 de combate à pandemia na última quinta-feira, 10 de fevereiro. Frequentam o Colégio mais de 950 alunos, 115 professores, 51 técnicos, 35 estagiários e 25 trabalhadores terceirizados, que passaram a conviver, há alguns dias, de forma presencial nos períodos matutino e vespertino.

A volta presencial contou com reformas, mudanças nas rotinas, e a adoção de vários cuidados, necessários para manter a saúde dos estudantes e trabalhadores. “Esse retorno representa uma transição, que é desafiadora, mas ao mesmo tempo muito gratificante. Estamos transformando um modelo híbrido de atividades de ensino para um modelo 100% presencial, e percebemos que o volume de trabalho para todos aumentou bastante”, relata o diretor do CA, Edson Souza de Azevedo. Além da necessidade de planejamento pedagógico e administrativo, as equipes precisaram criar protocolos sanitários, e monitorar constantemente sua aplicação. “É preciso avaliar constantemente os fluxos da rotina escolar e pensar em tudo o que pode ser aprimorado: melhorias aos ambientes de aprendizagem, procedimentos que colocamos em prática, para que o retorno presencial seja ao mesmo tempo funcional, estruturado e organizado”, complementa.

O reitor Ubaldo Cesar Balthazar visitou o Colégio no primeiro dia de aulas e chegou a participar da testagem dos trabalhadores. Ele parabenizou a equipe pela organização e disposição na recepção aos estudantes. “Está tudo bem organizado, bem cuidado. Mais um motivo de orgulho para a UFSC esse retorno respeitoso e cuidadoso. A experiência aqui no Aplicação e no NDI para a Fase 3 será de grande importância para os demais setores da UFSC”, ressalta.
(mais…)

Tags: CEDColégio de AplicaçãocoronavírusCovid-19Fase 3UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Fase 3: veja como foi a retomada das aulas presenciais no NDI

15/02/2022 17:28

O Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (CED/UFSC) iniciou as atividades de ensino presencial para mais de 180 alunos, com idades entre três meses e seis anos, nesta segunda-feira, 14 de fevereiro. O NDI ingressa, assim, na Fase 3 de combate à Pandemia de Covid-19 na UFSC a partir dessa data.

Tiago Aurélio Alves e Paulo Eduardo Botelho do DAS/PRODEGESP, reunidos com Juliane Mendes Rosa La Banca, diretora do NDI e Isabel Cristina da Rosa, coordenadora administrativa do NDI. (Foto: Dyego Anderson Silva Pereira)

Cuidados com a saúde

O retorno às atividades 100% presenciais no NDI demanda cuidados em tempo integral para garantir a saúde plena dos trabalhadores e alunos. A Portaria Normativa nº 423/2022/GR, publicada em 4 de fevereiro, apresentou as regras para o ingresso na Fase 3 do NDI e do Colégio de Aplicação (CA). O CA ingressou na Fase 3 em 10 de fevereiro.

Dentre os cuidados, estão os protocolos de distanciamento, uso de máscaras, vacinação dos trabalhadores e a realização de testes para detectar casos de Covid-19 no quadro funcional. Nesta terça-feira, dia 15, todos os servidores e estagiários passaram pela testagem. A equipe da enfermagem do NDI, atuando em parceria com o Departamento de Atenção à Saúde (DAS/Prodegesp), também conduz casos suspeitos e confirmados, além de terem atualizado os protocolos sanitários, que foram compartilhados com toda a comunidade escolar.

“O retorno às aulas aqui no NDI está sendo muito gratificante, porque estamos conseguindo observar nas crianças uma colaboração incrível. Elas estão fazendo o uso adequado da máscara, dentro do possível, estão preocupadas com o uso do álcool gel e com a lavagem das mãos. É interessante observar que elas vêm de casa com esses cuidados. Então, a gente entende que as famílias estão sendo nossas parceiras nesse processo”, explica Karla Gomes Sifroni, enfermeira do NDI.

“Foi feito um trabalho cuidadoso de monitoramento da circulação do ar nos espaços do NDI, ofertado EPIs de qualidade, uma politica de testagem e manejo ocupacional dos servidores, tudo com muito carinho para garantir um espaço seguro no retorno as atividades educacionais,” conta Paulo Eduardo Botelho, diretor do DAS.

Parque do módulo I. (Foto: Juliane Mendes Rosa La Banca)

Acolhimento

Os primeiros dias de aula, de acordo com planejamento do Núcleo, são marcados por atividades de inserção das crianças e famílias no espaço escolar, prevendo períodos de adaptação e acolhimento. “Os horários são organizados de forma diferenciada, com a possibilidade da presença das famílias conforme a faixa etária e as necessidades das crianças. Para muitas famílias é o primeiro momento de separação de seus filhos; então, todo o trabalho pedagógico é pensado para garantir a segurança e o acolhimento desse processo”, explica a diretora Juliane Mendes Rosa La Banca. “Tivemos um grande trabalho no planejamento e preparação dos ambientes para receber as crianças e famílias de forma segura e acolhedora”, ressalta.

Roberta Krahe Edelweiss é mãe do Martin, de 10 meses. Ela conta que o período de adaptação é difícil, mas se sente acolhida pela equipe do NDI. “Eu estou muito feliz. Esse ambiente é muito lindo e muito alegre, cheio de estímulos. O carinho que ele está recebendo e a atenção… Todo mundo está bem preparado. Eu achei que ia ser mais difícil . Estou com o coração partido de deixar ele aqui e sair da sala, pois é o primeiro momento que nos separamos. Mas a gente fica muito confortável porque ele está em ótimas mãos e com muito cuidado”, conta.

Parque da frente do NDI. (Foto: Juliane Mendes Rosa La Banca)

Daniele Detanico, mãe do Pedro Lucca de 7 meses, conta que ter sido sorteada para a vaga no NDI foi motivo de comemoração na família. “A gente ficou super feliz por ter conseguido a vaga, por ser um lugar bem bacana, com uma proposta pedagógica bem diferenciada. Esse primeiro momento tem sido um desafio mais para os pais do que propriamente para as crianças. Mas, pra minha surpresa, ele ficou super à vontade com as professoras e aí a gente vai vendo ao longo da semana como ele vai se comportando. Mas a expectativa é muito boa. A cada dia ele vai se soltando um pouco mais,” relata.

Outros grupos de crianças maiores também receberam novos alunos. “Crianças entre quatro e seis anos de idade também têm necessidade de adaptação, portanto, o planejamento pedagógico do NDI também considera as necessidades das crianças e famílias nesse contexto inicial de criação de vínculos com a nova professora e os novos estagiários, de socialização com os colegas e de exploração dos espaços, materiais e brinquedos”, complementa a diretora Juliane.

Fila para testagem de trabalhadores. (Foto: Juliane Mendes Rosa La Banca)

“Esta está sendo a primeira experiência na minha filha no NDI e o que a gente sente já de diferença é na inclusão, na preocupação com o bem-estar da criança. Ela está à vontade, tá curtindo o espaço, e tem a liberdade de se sentir bem antes que a gente vá embora, o que é muito vantajoso pra ela. Agradeço muito pela oportunidade de estar aqui”, conta Carla Alecssandra Bruckmann, mãe da Alice Leona, de quatro anos.

Professoras e famílias relataram a saudade da interação presencial. A professora Andressa Joseane da Silva conta que a expectativa pelo primeiro dia de aulas era grande. “Eu senti falta de estar no presencial com as crianças e estou na expectativa de poder ter esse trabalho letivo com as crianças como já costumávamos ter. Tenho curiosidade de saber como será esse retorno, de saber qual será o impacto de todo esse tempo distante da convivência com outras crianças, de saber as outras experiências que elas tiveram na escola. No período de inserção, que no meu grupo está sendo muito tranquilo, umas das coisas que tenho me interessado é nesse retorno das crianças, como elas vão se comportar, que experiências vão relatar, quais vão ser os interesses. Tenho registrado esse movimento e falas das crianças nesse momento de retorno presencial”, conta.

Ana La Banca Francisco, aluna do NDI (Foto: Juliane Mendes Rosa La Banca)

Os primeiros dias já foram preenchidos de sorrisos, sons, conversas e muita animação. A diretora Juliane relata que o momento de brincar no parque da escola preenche de vida o pátio do NDI. “Reencontro com os amigos, a hora de brincar no parque, que é uma unanimidade entre os pequenos. Ainda de máscaras, tomando cuidado e seguindo as orientações, o reencontro com o ambiente escolar e com tudo o que ele representa na aprendizagem e desenvolvimento das crianças faz valer a pena todo o trabalho dispendido para que o NDI pudesse iniciar a Fase 3”, pontua.

“Eu trabalho no NDI há aproximadamente 23 anos. Esse momento antes do início das aulas foi de muita preparação, muita preocupação em garantir o conforto, a segurança e a qualidade do trabalho, questões que sempre foram prioritárias para o NDI. E agora, quando pudemos receber as crianças de uma forma 100% presencial, todo esse trabalho que envolve reuniões, discussões e cuidado minucioso com todos os detalhes passa a fazer sentido. Eu me sinto muito contente em estar aqui, pois a equipe toda pegou junto e vestiu a camisa e agora podemos estar nesse momento de escutar os risos, os gritos, as corridas, todo esse movimento dentro da escola,”  diz o assistente em administração do NDI, Gilberto Lopes Lerina.

Para Ana La Banca Francisco, de cinco anos, a experiência é muito simples de definir: “O primeiro dia de aula foi ótimo! No NDI eu gosto de brincar e de fazer aventuras”, sorri.

com contribuições e fotos do NDI

Tags: CEDcoronavírusCovid-19Fase 3NDINúcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarinavida universitária

Colégio de Aplicação e NDI voltam às aulas presenciais com exigência de comprovante de vacinação para trabalhadores

07/02/2022 11:27

O Colégio de Aplicação (CA) volta a ofertar ensino presencial em horário integral para todos os seus alunos a partir do dia 10 de fevereiro, e o Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) a partir de 14 de fevereiro. As datas marcam a entrada na Fase 3 para estes setores, com o retorno às atividades presenciais, acompanhadas de uma série de medidas visando preservar a saúde da comunidade, entre as quais está a exigência de comprovante de vacinação para os trabalhadores. 

Todos os servidores docentes e técnicos administrativos em educação, estagiários, colaboradores terceirizados e qualquer trabalhador que realize atividades no NDI e no CA deverão apresentar comprovação de que realizaram o ciclo vacinal completo de imunização contra a Covid-19 até a data de início das atividades presenciais. A determinação está expressa na Portaria Normativa nº 423/2022/GR.

>> Fase 2: UFSC exigirá comprovante de vacinação de todos os seus trabalhadores a partir de 14 de fevereiro

Quem não puder ser vacinado contra a Covid-19 por contraindicação médica deverá encaminhar à Comissão Médica um atestado justificando a condição, conforme as orientações contidas no site Prodegesp Coronavírus. Os servidores que recusarem a vacinação contra a Covid-19 não poderão frequentar o ambiente escolar e estarão sujeitos “às medidas administrativas cabíveis” definidas na Portaria Normativa nº 424/2022/GR

A forma e os procedimentos para a comprovação de vacinação por parte dos servidores da UFSC estão contidos na Portaria Normativa nº 422/2022/GR. Os procedimentos de envio digital dos documentos estão disponíveis na página Setic.ufsc.br/vacina.
(mais…)

Tags: CEDColégio de Aplicação (CA)coronavírusCovid-19Fase 3Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Colégio de Aplicação e NDI preparam estruturas para início das aulas presenciais em fevereiro

28/01/2022 15:53

Visita de gestores ao Colégio de Aplicação nesta quinta-feira, 27. (Foto: Agecom/UFSC)

O Colégio de Aplicação (CA) e o Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) da UFSC receberam as equipes da Administração Central e do Centro de Ciências da Educação (CED) nesta quinta-feira, 27 de janeiro, para uma visita às estruturas e para conhecer as rotinas de preparação dos espaços para receber a comunidade escolar. O CA inicia o ano letivo em 10 de fevereiro e o NDI no dia 14 de fevereiro, com aulas presenciais para todos os alunos.

Dentre os esforços das unidades escolares estão a adequação e manutenção do espaço físico e a definição de protocolos para o convívio presencial – como o uso de máscaras do tipo PFF2, vacinação e testagem dos servidores. 

No Colégio de Aplicação, por exemplo, a Direção anunciou às famílias que o retorno presencial será para todos os alunos, e não haverá ensino remoto síncrono. O Colégio está definindo a ocupação das salas de aula de acordo com as medições de qualidade do ar e espera receber uma comunidade de 1.882 pessoas, sendo 956 alunos e 115 professores. Serão fornecidas máscaras PFF2 para os docentes, técnicos, estagiários e estudantes em vulnerabilidade socioeconômica cadastrados no setor de Serviço Social junto ao Colégio.
(mais…)

Tags: CEDColégio de AplicaçãocoronavírusCovid-19Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Publicado novo número da Pesquisar – Revista de Estudos e Pesquisas em Ensino de Geografia

06/12/2021 13:06

O Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino de Geografia (Nepegeo) da Universidade Federal Santa Catarina (UFSC) publicou uma nova edição da Pesquisar – Revista de Estudos e Pesquisas em Ensino de Geografia. O periódico semestral tem a proposta de reunir contribuições de pesquisas e experiências metodológicas da Geografia escolar e divulga artigos, notas e relatos de pesquisa, entre outros. 

A Pesquisar é um veículo de comunicação cultural e científica do Departamento de Metodologia de Ensino do Centro de Ciências da Educação (CED), do Departamento de Geociências do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) e do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFSC.

Acesse a publicação.

Tags: CEDCFHDepartamento de GeociênciasDepartamento de Metodologia de EnsinogeografiaNEPEGeoPesquisar – Revista de Estudos e Pesquisas em Ensino de GeografiaPrograma de Pós-Graduação em GeografiaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Prêmio Mulheres na Ciência: Daniela Karine Ramos

16/11/2021 09:00

Desde a semana passada, a Agência de Comunicação da Universidade Federal de Santa Catarina (Agecom/UFSC) tem publicado reportagens sobre as vencedoras do Prêmio Mulheres na Ciência 2021, promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq). A quarta matéria da série aborda a trajetória e o trabalho da professora do Centro de Ciências da Educação (CED) Daniela Karine Ramos, vencedora na área de Ciências Humanas, Categoria Plena, voltada a docentes que ingressaram na UFSC entre 31 de dezembro de 2000 e 31 de dezembro de 2013.

Daniela é professora do Departamento de Metodologia de Ensino e do Programa de Pós-Graduação em Educação e uma das coordenadoras do grupo de pesquisa Edumídia – Educação, Comunicação e Mídias, além de atuar como como professora colaboradora do Mestrado em Recursos Digitais em Educação do Instituto Politécnico de Santarém (Portugal). Há mais de dez anos, dedica-se a projetos de pesquisa e extensão relacionados ao uso de jogos eletrônicos na Educação, com estudos voltados especialmente à aprendizagem e ao desenvolvimento de funções cognitivas. Sua produção acadêmica e científica soma 85 artigos em revistas científicas, 13 livros publicados e organizados, 37 capítulos de livro e 49 trabalhos completos em anais de evento. 

Ela também é divorciada e mãe de três crianças – Julia, Mateus e Eduarda, de 11, 9 e 6 anos, respectivamente. E foi justamente da percepção dos múltiplos papéis que assume, assim como muitas outras mulheres, que veio um dos estímulos para se inscrever na premiação. Para Daniela, essa era uma forma de valorizar a iniciativa e reconhecer a importância da mulher na ciência e os diferentes desafios enfrentados pelas pesquisadoras. “Tenho três crianças pequenas, fiquei na pandemia com eles sozinha, e [com ensino] remoto, computador e trabalho… Então muitas vezes é uma condição bem diferente da de homens que atuam na universidade. A gente tem esse desafio, muitas vezes, de uma responsabilidade maior como mãe. Normalmente, numa situação de divorcio é a mãe que acaba ficando mais responsável pelas crianças”, enfatiza. 

(mais…)

Tags: CEDDepartamento de Metodologia de EnsinoeducaçãoGrupo de Pesquisa Edumídiajogos eletrônicosMulheres na CiênciaPrêmio Mulheres na Ciência 2021Programa de Pós-Graduação em EducaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Congresso Internacional Freire e Vigotski promove reflexões sobre educação e liberdade

12/11/2021 09:23

*atualizado em 12 de novembro com informações sobre a Carta de Florianópolis

Ainda é possível inscrever-se para acompanhar as atividades do Congresso Internacional Freire e Vigotski: educação pública emancipatória, que ocorre de 8 a 12 de novembro. Sediado no Centro de Ciências da Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com apoio da Comissão da Educação da Câmara dos Deputados, o evento foi construído em parcerias com diversas universidades brasileiras e movimentos sociais. O Congresso tem mais de 8 mil inscritos, de todos os estados brasileiros e de 30 diferentes países.

O Congresso ocorre de forma remota e as inscrições são gratuitas. Para mais informações acesse: https://congressofreirevigotski2021.ufsc.br/.
O evento terá conferências com renomados estudiosos de Freire e Vigotski, apresentações de trabalho, simpósios de pesquisas, além de um Espaço Cultural.

Para consultar diretamente a programação das conferências, acesse https://congressofreirevigotski2021.ufsc.br/geral/conferencias/

Confira o resumo preparado por organizadores do evento:

“Para quem tem em Freire e Vigotski as referências de sua atuação, a educação tem o sentido de emancipar, libertar, voltar-se ao pleno desenvolvimento humano. Deve estar pautada na coletividade e na ciência orientada para o bem comum. A educação deve estar, assim como a vida de Freire e Vigotski, a serviço da construção de uma sociedade sem opressores e sem oprimidos.

O Congresso faz uma homenagem ao centenário de nascimento de Paulo Freire – Patrono da Educação Brasileira. Reconhecido em todo o  mundo por sua obra, que alia refinamento intelectual e compromisso popular, Freire dialoga com os oprimidos e com os grandes pensadores da humanidade. Os ataques que Freire sofre das elites econômicas e políticas no Brasil evidenciam a potência libertadora de sua vida e obra.

Freire divide as homenagens com Lev Semenovich Vigotski, psicólogo e educador soviético, nascido na Bielorrúsia há 125 anos. Seu trabalho abriu novas fronteiras à psicologia e à educação, fundando uma escola de pensamento incontornável às perspectivas críticas. Seu compromisso com uma educação e uma sociedade emancipadas, com a coletividade, com a autonomia e com o pleno desenvolvimento humano, revelam-se em sua vida e obra. A Teoria Histórico Cultural, que tem em Vigotski um dos principais autores, é reconhecida  mundialmente de grande atualidade para pensar o humano em nosso tempo.

Vigotski e Freire nos ensinam da íntima articulação entre educação e sociedade, que mudar a educação, exige, radicalmente, a mudança da sociedade e vice-versa. Se dedicaram a mostrar que precisamos de um mundo novo, pautado no social e não no capital, para que a educação possa emergir emancipatória, libertadora.

A realização de um Congresso Internacional que tem sua base no pensamento de Freire e Vigotski e suas escolas de pensamento assinala o compromisso da universidade pública com uma sociedade livre, justa e com uma educação emancipatória e libertadora”.

Clique aqui e acesse a Carta de Florianópolis, divulgada na Mesa de Encerramento do Congresso.

 

Tags: CEDCongresso Internacional Freire e VigotskieducaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Docentes da UFSC recebem homenagem em sessão especial da Alesc em comemoração ao centenário de Paulo Freire

28/10/2021 15:53

*atualizado em 29/10/2021 às 15:36

Assembleia Legislativa de Santa Catarina promoveu, nesta quinta-feira, 28 de outubro, uma Sessão Especial em Homenagem ao Centenário de nascimento de Paulo Freire. A sessão foi conduzida pela Deputada Estadual Luciane Carminatti e transmitida ao vivo pelo YouTube.

Dentre as experiências e práticas freireanas homenageadas estão algumas da UFSC. O pró-reitor de Graduação, Daniel Vasconcelos representou a Universidade no evento.

Confira:

Professora Ivonete. Foto: Jeferson Baldo/Agência AL

Professora Ivonete Teresinha Schulter Buss Heidemann, do Departamento de Enfermagem, Centro de Ciências da Saúde

Será homenageada por seu trabalho com o referencial teórico-metodológico de Paulo Freire no Laboratório de Pesquisa em Enfermagem e Promoção da Saúde (Lapeps), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. O grupo busca desenvolver ações de promoção da saúde articuladas a determinantes sociais, com objetivo de promover transformações na vida de populações, mediadas pelo Itinerário de Paulo Freire. Leia mais.

Professor Elizandro Maurício Brick, do Departamento de Metodologia de Ensino, Centro de Ciências da Educação

É responsável pelo Laboratório de Novas Tecnologias (Lantec) e participa como membro do Coletivo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisa em Educação, Culturas, Ciências e Filosofas (Ceuci) e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ensino de Ciências (Gepecisc). Atua na área de Educação, com ênfase em Educação em Ciências e Tecnologias, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de educadores, tecnologias e educação, educação em ciências da natureza, educação do campo. Leia mais.

Professor Paulo Capela. Foto: Jeferson Baldo/Agência AL

Professor Paulo Ricardo do Canto Capela, do Departamento de Educação Física, Centro de Desportos

É um dos coordenadores do Vitral Latino Americano de Educação Física, Esporte e Saúde, que além de fazer parte do Centro de Desportos, também vinculado ao Instituto de Estudos Latino-Americanos, o IELA/UFSC. Atua com a linha de pesquisa do Grupo de Estudos em Cultura Popular e de Movimento/Futebol (Gecupom/Futebol). O principal objetivo do grupo de pesquisa é investigar, intervir e assessorar proposições de Educação Física, Esportes e Saúde a favor da vida e da construção de projetos nacionais populares que contribuam para a libertação, emancipação e humanização plena dos povos, desde a realidade latino-americana. Leia mais.
(mais…)

Tags: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc)CCSCDSCEDCentenário Paulo Freiresessão especialUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Nova direção do Centro de Ciências da Educação toma posse

28/09/2021 08:00

O Centro de Ciências da Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está sob nova direção.  As professoras Joana Célia dos Passos e Larissa Moreira Ferreira tomaram posse como diretora e vice-diretora, respectivamente, em cerimônia on-line na última segunda-feira, 27 de setembro. O mandato das docentes vai de 2021 a 2025.

Ambas foram eleitas pela comunidade do centro com a Chapa “Resiste CED”, que recebeu um total de 355 votos de professores, técnicos e estudantes. A votação ocorreu no dia 9 de setembro.
(mais…)

Tags: CEDdireção de centroUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Seminário discute o papel da universidade na promoção da igualdade

24/09/2021 15:23

Como a universidade pode ao mesmo tempo promover a igualdade na sociedade brasileira e tornar-se um espaço social igualitário, refratário a todo tipo de discriminação? Esse é o questionamento que norteia o próximo seminário do ciclo Universidade InComum, agendado para esta terça-feira, 28 de setembro, às 19h. A transmissão ocorre pelo canal do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) no Youtube.

Conheça os participantes:

José Jorge de Carvalho é professor titular de Antropologia da Universidade de Brasília (UnB) e um dos idealizadores da política de cotas adotada naquela universidade em 2004, a pioneira entre as federais do Brasil.

Lia Vainer Schucman, professora do departamento de Psicologia da UFSC, é uma das principais especialistas do país no tema e no debate público sobre a branquitude.

Joana Célia dos Passosdiretora eleita do Centro de Ciências da Educação (CED) da UFSC, é uma liderança do movimento negro e do feminismo negro em Santa Catarina e uma das principais pesquisadoras dos efeitos das políticas de cotas na sociedade brasileira.

O ciclo Universidade InComum é organizado pelo CFH, com o apoio do CED, do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) e do Centro Socioeconômico (CSE).

Tags: CCECEDCFHCSEliveUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaUniversidade InComum