Publicado novo número da Pesquisar – Revista de Estudos e Pesquisas em Ensino de Geografia

06/12/2021 13:06

O Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino de Geografia (Nepegeo) da Universidade Federal Santa Catarina (UFSC) publicou uma nova edição da Pesquisar – Revista de Estudos e Pesquisas em Ensino de Geografia. O periódico semestral tem a proposta de reunir contribuições de pesquisas e experiências metodológicas da Geografia escolar e divulga artigos, notas e relatos de pesquisa, entre outros. 

A Pesquisar é um veículo de comunicação cultural e científica do Departamento de Metodologia de Ensino do Centro de Ciências da Educação (CED), do Departamento de Geociências do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) e do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFSC.

Acesse a publicação.

Tags: CEDCFHDepartamento de GeociênciasDepartamento de Metodologia de EnsinogeografiaNEPEGeoPesquisar – Revista de Estudos e Pesquisas em Ensino de GeografiaPrograma de Pós-Graduação em GeografiaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Prêmio Mulheres na Ciência: Daniela Karine Ramos

16/11/2021 09:00

Desde a semana passada, a Agência de Comunicação da Universidade Federal de Santa Catarina (Agecom/UFSC) tem publicado reportagens sobre as vencedoras do Prêmio Mulheres na Ciência 2021, promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq). A quarta matéria da série aborda a trajetória e o trabalho da professora do Centro de Ciências da Educação (CED) Daniela Karine Ramos, vencedora na área de Ciências Humanas, Categoria Plena, voltada a docentes que ingressaram na UFSC entre 31 de dezembro de 2000 e 31 de dezembro de 2013.

Daniela é professora do Departamento de Metodologia de Ensino e do Programa de Pós-Graduação em Educação e uma das coordenadoras do grupo de pesquisa Edumídia – Educação, Comunicação e Mídias, além de atuar como como professora colaboradora do Mestrado em Recursos Digitais em Educação do Instituto Politécnico de Santarém (Portugal). Há mais de dez anos, dedica-se a projetos de pesquisa e extensão relacionados ao uso de jogos eletrônicos na Educação, com estudos voltados especialmente à aprendizagem e ao desenvolvimento de funções cognitivas. Sua produção acadêmica e científica soma 85 artigos em revistas científicas, 13 livros publicados e organizados, 37 capítulos de livro e 49 trabalhos completos em anais de evento. 

Ela também é divorciada e mãe de três crianças – Julia, Mateus e Eduarda, de 11, 9 e 6 anos, respectivamente. E foi justamente da percepção dos múltiplos papéis que assume, assim como muitas outras mulheres, que veio um dos estímulos para se inscrever na premiação. Para Daniela, essa era uma forma de valorizar a iniciativa e reconhecer a importância da mulher na ciência e os diferentes desafios enfrentados pelas pesquisadoras. “Tenho três crianças pequenas, fiquei na pandemia com eles sozinha, e [com ensino] remoto, computador e trabalho… Então muitas vezes é uma condição bem diferente da de homens que atuam na universidade. A gente tem esse desafio, muitas vezes, de uma responsabilidade maior como mãe. Normalmente, numa situação de divorcio é a mãe que acaba ficando mais responsável pelas crianças”, enfatiza. 

(mais…)

Tags: CEDDepartamento de Metodologia de EnsinoeducaçãoGrupo de Pesquisa Edumídiajogos eletrônicosMulheres na CiênciaPrêmio Mulheres na Ciência 2021Programa de Pós-Graduação em EducaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Congresso Internacional Freire e Vigotski promove reflexões sobre educação e liberdade

12/11/2021 09:23

*atualizado em 12 de novembro com informações sobre a Carta de Florianópolis

Ainda é possível inscrever-se para acompanhar as atividades do Congresso Internacional Freire e Vigotski: educação pública emancipatória, que ocorre de 8 a 12 de novembro. Sediado no Centro de Ciências da Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com apoio da Comissão da Educação da Câmara dos Deputados, o evento foi construído em parcerias com diversas universidades brasileiras e movimentos sociais. O Congresso tem mais de 8 mil inscritos, de todos os estados brasileiros e de 30 diferentes países.

O Congresso ocorre de forma remota e as inscrições são gratuitas. Para mais informações acesse: https://congressofreirevigotski2021.ufsc.br/.
O evento terá conferências com renomados estudiosos de Freire e Vigotski, apresentações de trabalho, simpósios de pesquisas, além de um Espaço Cultural.

Para consultar diretamente a programação das conferências, acesse https://congressofreirevigotski2021.ufsc.br/geral/conferencias/

Confira o resumo preparado por organizadores do evento:

“Para quem tem em Freire e Vigotski as referências de sua atuação, a educação tem o sentido de emancipar, libertar, voltar-se ao pleno desenvolvimento humano. Deve estar pautada na coletividade e na ciência orientada para o bem comum. A educação deve estar, assim como a vida de Freire e Vigotski, a serviço da construção de uma sociedade sem opressores e sem oprimidos.

O Congresso faz uma homenagem ao centenário de nascimento de Paulo Freire – Patrono da Educação Brasileira. Reconhecido em todo o  mundo por sua obra, que alia refinamento intelectual e compromisso popular, Freire dialoga com os oprimidos e com os grandes pensadores da humanidade. Os ataques que Freire sofre das elites econômicas e políticas no Brasil evidenciam a potência libertadora de sua vida e obra.

Freire divide as homenagens com Lev Semenovich Vigotski, psicólogo e educador soviético, nascido na Bielorrúsia há 125 anos. Seu trabalho abriu novas fronteiras à psicologia e à educação, fundando uma escola de pensamento incontornável às perspectivas críticas. Seu compromisso com uma educação e uma sociedade emancipadas, com a coletividade, com a autonomia e com o pleno desenvolvimento humano, revelam-se em sua vida e obra. A Teoria Histórico Cultural, que tem em Vigotski um dos principais autores, é reconhecida  mundialmente de grande atualidade para pensar o humano em nosso tempo.

Vigotski e Freire nos ensinam da íntima articulação entre educação e sociedade, que mudar a educação, exige, radicalmente, a mudança da sociedade e vice-versa. Se dedicaram a mostrar que precisamos de um mundo novo, pautado no social e não no capital, para que a educação possa emergir emancipatória, libertadora.

A realização de um Congresso Internacional que tem sua base no pensamento de Freire e Vigotski e suas escolas de pensamento assinala o compromisso da universidade pública com uma sociedade livre, justa e com uma educação emancipatória e libertadora”.

Clique aqui e acesse a Carta de Florianópolis, divulgada na Mesa de Encerramento do Congresso.

 

Tags: CEDCongresso Internacional Freire e VigotskieducaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Docentes da UFSC recebem homenagem em sessão especial da Alesc em comemoração ao centenário de Paulo Freire

28/10/2021 15:53

*atualizado em 29/10/2021 às 15:36

Assembleia Legislativa de Santa Catarina promoveu, nesta quinta-feira, 28 de outubro, uma Sessão Especial em Homenagem ao Centenário de nascimento de Paulo Freire. A sessão foi conduzida pela Deputada Estadual Luciane Carminatti e transmitida ao vivo pelo YouTube.

Dentre as experiências e práticas freireanas homenageadas estão algumas da UFSC. O pró-reitor de Graduação, Daniel Vasconcelos representou a Universidade no evento.

Confira:

Professora Ivonete. Foto: Jeferson Baldo/Agência AL

Professora Ivonete Teresinha Schulter Buss Heidemann, do Departamento de Enfermagem, Centro de Ciências da Saúde

Será homenageada por seu trabalho com o referencial teórico-metodológico de Paulo Freire no Laboratório de Pesquisa em Enfermagem e Promoção da Saúde (Lapeps), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. O grupo busca desenvolver ações de promoção da saúde articuladas a determinantes sociais, com objetivo de promover transformações na vida de populações, mediadas pelo Itinerário de Paulo Freire. Leia mais.

Professor Elizandro Maurício Brick, do Departamento de Metodologia de Ensino, Centro de Ciências da Educação

É responsável pelo Laboratório de Novas Tecnologias (Lantec) e participa como membro do Coletivo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisa em Educação, Culturas, Ciências e Filosofas (Ceuci) e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ensino de Ciências (Gepecisc). Atua na área de Educação, com ênfase em Educação em Ciências e Tecnologias, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de educadores, tecnologias e educação, educação em ciências da natureza, educação do campo. Leia mais.

Professor Paulo Capela. Foto: Jeferson Baldo/Agência AL

Professor Paulo Ricardo do Canto Capela, do Departamento de Educação Física, Centro de Desportos

É um dos coordenadores do Vitral Latino Americano de Educação Física, Esporte e Saúde, que além de fazer parte do Centro de Desportos, também vinculado ao Instituto de Estudos Latino-Americanos, o IELA/UFSC. Atua com a linha de pesquisa do Grupo de Estudos em Cultura Popular e de Movimento/Futebol (Gecupom/Futebol). O principal objetivo do grupo de pesquisa é investigar, intervir e assessorar proposições de Educação Física, Esportes e Saúde a favor da vida e da construção de projetos nacionais populares que contribuam para a libertação, emancipação e humanização plena dos povos, desde a realidade latino-americana. Leia mais.
(mais…)

Tags: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc)CCSCDSCEDCentenário Paulo Freiresessão especialUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Nova direção do Centro de Ciências da Educação toma posse

28/09/2021 08:00

O Centro de Ciências da Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está sob nova direção.  As professoras Joana Célia dos Passos e Larissa Moreira Ferreira tomaram posse como diretora e vice-diretora, respectivamente, em cerimônia on-line na última segunda-feira, 27 de setembro. O mandato das docentes vai de 2021 a 2025.

Ambas foram eleitas pela comunidade do centro com a Chapa “Resiste CED”, que recebeu um total de 355 votos de professores, técnicos e estudantes. A votação ocorreu no dia 9 de setembro.
(mais…)

Tags: CEDdireção de centroUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Seminário discute o papel da universidade na promoção da igualdade

24/09/2021 15:23

Como a universidade pode ao mesmo tempo promover a igualdade na sociedade brasileira e tornar-se um espaço social igualitário, refratário a todo tipo de discriminação? Esse é o questionamento que norteia o próximo seminário do ciclo Universidade InComum, agendado para esta terça-feira, 28 de setembro, às 19h. A transmissão ocorre pelo canal do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) no Youtube.

Conheça os participantes:

José Jorge de Carvalho é professor titular de Antropologia da Universidade de Brasília (UnB) e um dos idealizadores da política de cotas adotada naquela universidade em 2004, a pioneira entre as federais do Brasil.

Lia Vainer Schucman, professora do departamento de Psicologia da UFSC, é uma das principais especialistas do país no tema e no debate público sobre a branquitude.

Joana Célia dos Passosdiretora eleita do Centro de Ciências da Educação (CED) da UFSC, é uma liderança do movimento negro e do feminismo negro em Santa Catarina e uma das principais pesquisadoras dos efeitos das políticas de cotas na sociedade brasileira.

O ciclo Universidade InComum é organizado pelo CFH, com o apoio do CED, do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) e do Centro Socioeconômico (CSE).

Tags: CCECEDCFHCSEliveUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaUniversidade InComum

Rapper e presidente da SBPC fazem conferência de abertura do ciclo Universidade InComum

13/09/2021 16:30

O rapper brasiliense GOG e o presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Renato Janine Ribeiro, foram os palestrantes da conferência de abertura do ciclo Universidade InComum, cujo tema é A universidade e a reconstrução do Brasil democrático. O encontro on-line foi realizado nesta segunda-feira, 13 de setembro, com transmissão pelo canal no YouTube do Centro de Filosofia e Ciências Humanas.

O ciclo Universidade InComum é uma iniciativa do CFH com apoio dos centros de Ciências da Educação (CED), Socioeconômico (CSE) e de Comunicação e Expressão (CCE). O próximo encontro será no dia 28 de setembro.

A palestra desta segunda-feira foi mediada pela professora Miriam Furtado Hartung, diretora do CFH, após apresentação feita pelo vice-diretor do Centro, Jacques Mick. De acordo com a professora Miriam, a ideia do ciclo se originou de uma inquietação sobre os efeitos das mudanças que estão ocorrendo no Brasil e no mundo e quanto ao lugar e ao papel da universidade no mundo que se desenha. “O que temos visto ao longo dos últimos anos é uma insidiosa tentativa de transformar as universidades públicas em organizações sujeitas a regras e perspectivas contábeis e gerenciais”.
(mais…)

Tags: CCECEDCFHCSESBPCUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaUniversidade InComum

Colégio de Aplicação e Núcleo de Desenvolvimento Infantil iniciam preparação para ensino semipresencial

16/08/2021 21:36

O Colégio de Aplicação (CA) e o Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) começarão, nos próximos dias, a preparar um retorno às atividades semipresenciais de ensino. As unidades foram autorizadas, por meio da Portaria Normativa nº 406/2021/GR, a retomar, de modo gradual e em horário integral, a partir de 20 de setembro de 2021, as atividades administrativas na modalidade presencial, na Pré-Fase 2. A Portaria foi publicada nesta segunda-feira, 16 de agosto.

A oferta de atividades de ensino deverá começar entre o final de setembro e início de outubro, após a imunização dos professores e técnicos-administrativos contra a Covid-19, bem como a adequação dos ambientes às medidas sanitárias necessárias para garantir a segurança de toda comunidade escolar.

“Estamos planejando as condições que poderemos oferecer aos estudantes de acordo com a opção deles de ficarem ainda no ensino remoto ou migrarem para o semipresencial”, diz o diretor do Colégio de Aplicação, Edson Azevedo. Dessa forma, uma parte dos alunos poderá voltar às salas de aula, respeitando o distanciamento entre as carteiras. “Possivelmente, os nossos horários serão escalonados em todos os turnos e atividades”, informa o diretor.

No Colégio de Aplicação, a preparação dos ambientes inclui manutenção de pisos, portas e pinturas de salas. Toda a escola receberá marcações para orientar o distanciamento e será equipada com totens de álcool em gel. Uma tenda de isolamento será  instalada para isolar algum caso suspeito até ser encaminhado à avaliação da Vigilância Sanitária.

Medidas semelhantes estão sendo planejadas pelo NDI, que atende 212 crianças de 0 a 6 anos e contemplará atividades presenciais, além de continuar com as propostas pedagógicas de aproximação virtual com as crianças e famílias – que já vêm sendo realizadas -, para as famílias que optarem por não retornar presencialmente. 

O NDI prevê o retorno semipresencial de forma gradual e escalonada realizando a divisão dos grupos (turmas) que irão presencialmente em dias alternados. “A escola aguarda um cronograma que deve sair nos próximos dias em relação às obras e reformas necessárias na estrutura física do NDI, que necessita de reparos relacionados especialmente à parte elétrica e hidráulica para que possa definir mais concretamente a data do retorno semipresencial”, afirma a diretora do Núcleo, Juliane La Banca.
(mais…)

Tags: CEDColégio de AplicaçãoComissão Permanente de Monitoramento EpidemiológicocoronavírusCovid-19ndiPré-Fase 2UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC emite nota oficial sobre Curso de Extensão

07/07/2021 12:53

A Administração Central da UFSC emitiu, nesta quarta-feira, 7 de julho, uma Nota Oficial, na qual esclarece acerca da atuação da Universidade no desenvolvimento agrícola de Santa Catarina e do Brasil, e repudia críticas ao curso de extensão “Reforma Agrária Popular, Agroecologia e Educação do Campo: alimentação e educação no enfrentamento ao agronegócio e às pandemias”.

Confira, abaixo, a nota na íntegra.

Nota Oficial

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) vem a público repudiar veementemente as narrativas construídas de forma midiática e enganadora, acerca de um de seus cursos de extensão, promovido pela Licenciatura e Educação do Campo, do Centro de Ciências da Educação (CED). 

A UFSC valoriza a pluralidade de ideias, o debate e a construção coletiva da realidade, eixos que estão na gênese da universidade pública, e que há mais de 60 anos fazem parte da atuação histórica desta instituição. Sustentada nos pilares do Ensino, Pesquisa e Extensão, a UFSC não se resume a um ou outro projeto. Se formos considerar a atuação da Universidade apenas no que diz respeito à produção catarinense, temos cursos, projetos de pesquisa e extensão em diversas áreas, com destaque ao Centro de Ciências Agrárias (CCA) e Centro de Ciências Rurais (CCR), no Campus de Curitibanos. 

Só nestes dois centros, na Extensão, a UFSC possui 208 projetos em andamento, que fortalecem o setor agrícola e agropecuário de Santa Catarina e do Brasil, dentre os quais podemos citar:

  • Produção de touros Bradford com foco na bovinocultura de corte;
  • Análise de alimentos para nutrição animal;
  • Consultorias em formulação de ração animal;
  • Avaliação de insumos agropecuários;
  • Suporte técnico-científico para empresas de base bionanotecnológica;
  • Reprodução animal com foco no aumento da produtividade catarinense;
  • Apoio à cadeia de produção de moluscos em parceria com as comunidades pesqueiras;
  • Estudos em nutrição animal com foco em ruminantes;
  • Apoio técnico ao setor de produção e transformação de alimentos;
  • Atendimento clínico, ortopédico e cirúrgico em bovinos e equinos;
  • Ações focadas em controle de doenças e pragas agrícolas;
  • Assistência técnica em vitivinicultura;
  • Cursos em hidroponia e hortifrutícolas;
  • Manejo sanitário e reprodutivo de cavalos, com vistas à preservação de espécies típicas de SC;
  • Manejo de solos com vistas à manutenção e aumento de produtividade;
  • Manejo e biossegurança dos pomares catarinenses, dentre tantos outros.

É ofensivo e inaceitável o desrespeito com o qual a UFSC vem sendo retratada.

A Universidade Federal de Santa Catarina é uma das instituições públicas que mais contribui para modernizar e impulsionar as grandes culturas catarinenses – com tecnologia, profissionais altamente qualificados e com seres humanos capazes de discernir o que é Ciência do que é opinião e desinformação.

Nossas parcerias com instituições como Epagri, Embrapa, dentre tantas outras são notórias e têm gerado ótimos resultados, inclusive com destaque nacional e internacional. 

A universidade, como a própria denominação sugere, constitui-se como universo plural, servindo como ambiente para o exercício livre e democrático da pesquisa, do debate e da reflexão em diversas áreas de estudos e pesquisas. Resumir o trabalho de milhares de profissionais, graduandos e pós-graduandos a linhas ideológicas a ou b serve tão somente para reforçar a danosa polarização que tem tomado conta de nosso debate público, a qual tem mais se preocupado em criar cisões do que pontes entre os saberes, pessoas e entidades.

Esta, definitivamente, não é a postura da Universidade Federal de Santa Catarina, que seguirá desempenhando o seu papel estratégico de cooperação e de diálogo junto à população catarinense e brasileira.

 

Administração Central
Universidade Federal de Santa Catarina

Tags: CCACEDCurso de Licenciatura em Educação do CampoUFSCUFSC CuritibanosUniversidade Federal de Santa Catarina

Colégio de Aplicação promove reunião com famílias para apresentar medidas e discutir retorno presencial

30/06/2021 19:19

O Colégio de Aplicação (CA) da UFSC promoveu uma reunião on-line com as famílias nesta terça-feira, 29 de junho, para apresentar e esclarecer informações sobre o Plano de Contingenciamento do Colégio, e indicar quais condições precisam existir para que haja um retorno futuro das aulas presenciais. 

O encontro teve duração de cerca de 1h30 e contou com a presença do chefe de Gabinete da Reitoria, Aureo Moraes, do diretor do Centro de Ciências da Educação (CED), Antonio Alberto Brunetta, do diretor Geral do Colégio, Edson Souza de Azevedo e da diretora de Ensino do CA, Marina Guazzelli Soligo. 

>> Assista à reunião na íntegra

Durante a reunião as famílias puderam acompanhar, pelo YouTube, as explanações das autoridades e fazer perguntas por meio do chat. O diretor Geral do CA, Edson Azevedo iniciou as apresentações, e abordou assuntos como as demandas atuais do Colégio, importantes para o planejamento de retorno presencial, além de detalhar quais são as condições para que a UFSC saia da Fase 1 da pandemia de Covid-19, etapa em que não são autorizadas as atividades presenciais, a não ser alguns casos especificados no Guia de Biossegurança

Edson lembrou os participantes que há uma Portaria do reitor que suspende as atividades presenciais até 2 de outubro, e que a vacinação dos trabalhadores só estará completa após a aplicação da segunda dose e do prazo de imunização, o que deverá acontecer em meados de setembro. Salientou que agora é o momento de planejar, preparar e organizar o retorno presencial quando for possível haver o retorno seguro.

Planejamento inclui demandas externas

A direção abordou as finanças do CA, e enumerou ações que planeja realizar para que seja possível, quando a Universidade estipular, o retorno das aulas presenciais. A primeira demanda é o apoio técnico da Comissão Permanente de Monitoramento Epidemiológico da UFSC, que irá avaliar o Plano de Contingência e as ações para assegurar a segurança sanitária da comunidade escolar. 

Dentre as necessidades de investimento inicial, a direção citou EPIs, reparos e manutenção predial, 60 bolsas de estágio não-obrigatório para atendimento de estudantes, sendo 30 delas para assegurar a acessibilidade dos estudantes público-alvo da Educação Especial. Outros itens dependem da disponibilidade de outros setores da UFSC e da cidade, como o acesso ao Restaurante Universitário, Biblioteca Universitária e quadras e ginásios do Centro de Desportos, além das linhas de transporte público e escolar.

Plano de Contingência

O Plano de Contingência para Retorno das Atividades Presenciais (Placon) do Colégio foi elaborado por uma comissão, que envolve famílias e servidores. O documento tem mais de 160 páginas, e tramita agora para aprovação do Colegiado do CA e do Centro de Ciências da Educação (CED), para então ser submetido à Comissão Permanente de Monitoramento Epidemiológico. 

“O Placon é um documento cuidadosamente elaborado para que até 2 de outubro nós tenhamos o planejamento para o retorno presencial, primeiro na modalidade semipresencial, conforme a Fase 2 preconiza. Da forma mais segura e adequada à nossa realidade possível ou, caso a situação epidemiológica nos permitir o retorno antes desta data, nós estaremos com o Plano elaborado e o planejamento realizado. Destacamos que se trata de um plano de contingência, pois pode ou não acontecer, e quando ele vai acontecer é incerto, uma vez que indicar o retorno presencial cabe exclusivamente aos indicadores epidemiológicos para a segurança de todos e todas”, disse o diretor geral.

Após a abertura das interações via chat, o diretor, auxiliado pelas demais autoridades, respondeu perguntas sobre prazos, próximas etapas, e sobre as recentes reivindicações pelo retorno das aulas. A direção ressaltou que não há ainda data definida de retorno, e que a realidade do Colégio de Aplicação difere-se das escolas municipais e estaduais que já retomaram o ensino presencial em Santa Catarina. “Somos um local de formação de professores, vinculados a uma universidade federal, não somos vinculados ao município ou ao Estado”, ressaltou. 

O diretor do CED, Antonio Alberto Brunetta, agradeceu o apoio das famílias, as críticas e os questionamentos enviados pelo chat, “porque elas nos ajudam a pensar novos horizontes. Sou professor há mais de 25 anos e me sensibilizo com as dificuldades dos alunos, sejam elas afetivas, sejam elas intelectuais. Fico muito sensibilizado e tenho a responsabilidade de dizer que os alunos não estão desassistidos. Eles estão bastante amparados, seja no momento síncrono das aulas, nas atividades de recuperação dos estudos, pelo grupo de Educação Especial, gostaria de lembrar da competência do corpo docente e técnico administrativo deste Colégio”. 

O chefe de Gabinete da Reitoria, Aureo Moraes, encerrou a reunião lembrando os presentes da necessidade de manter-se firmes no combate à pandemia. “O que estamos vivendo é fruto de uma situação de absoluta anormalidade sanitária. E não temos um plano nacional efetivo para combater essa pandemia. As universidades federais tiveram que buscar, elas próprias, as suas soluções. Estamos numa instituição que oferece a educação como a sua essência. Aprender é da nossa natureza e ensinar também. O que estamos a fazer aqui é aprender com a pandemia, com todos os desgastes que ela traz para nós. Estamos todos exaustos da pandemia, mas ela não pode nos levar ao desânimo, à incapacidade de enfrentá-la com sabedoria, paciência, cautela que tem nos conduzido até aqui, e sobretudo com a ciência – disso, nós não abriremos mão”. 

Comissões 

O CA nomeou, como medida para organizar o retorno primeiramente por meio do ensino híbrido (semipresencial), quatro comissões de trabalho para propor as ações para a execução desse modelo de ensino, tendo como base o Placon. A ideia é que as comissões possam trabalhar para que, quando chegar o momento dessa retomada, os profissionais, alunos e familiares estejam preparados. As comissões dividem-se em: Comissão de Ensino Fase 2 – Anos Iniciais; Comissão de Ensino Fase 2 – Anos Finais; Comissão de Ensino Fase 2 – Ensino Médio; e Comissão de Capacitação da Comunidade Escolar para o Ensino – Fase 2.

 

Mais informações:
Assista à reunião na íntegra
Site do Colégio de Aplicação

Tags: CEDColégio de Aplicação (CA)coronavírusCovid-19gestão coronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Instituto Memória e Direitos Humanos promove palestra sobre Educação em Santa Catarina em tempos de pandemia

05/04/2021 09:19

O ciclo de debates Educação em Santa Catarina em tempos de pandemia, organizado pelo Instituto Memória e Direitos Humanos (IMDH) e pelo Laboratório Interdisciplinar de Ensino de Filosofia e Sociologia (Lefis) terá sua primeira mesa nesta quarta-feira, 7 de abril. A atividade ocorrerá às 16h e será transmitida pelo Canal do YouTube do IMDH

A mesa tratará da saúde e formação docente e contará com a moderação da professora Simone Vieira de Souza (IMDH e CED-UFSC) e as convidadas Carolina Puerto (professora EEB Padre Anchieta e EEB Simão Hess e doutoranda CED-UFSC), Joana Célia dos Passos (CED-UFSC) e Sofia V. Andrade (graduanda CFH-UFSC). 

A próxima palestra ocorrerá também, às 16h, no dia 15 de abril, quinta-feira. O foco da segunda mesa serão os desafios e perspectivas na educação de jovens e adultos. O professor Sandor Bringmann será o moderador e a atividade terá como convidados Antonio Chedid Neto (Educação de Jovens e Adultos Florianópolis), Luísa Bonetti Scirea (Centro de Educação de Jovens e Adultos SC) e Célia Regina Vendramini (CED-UFSC). 

Mais informações pelo site https://imdh.ufsc.br/  

 

Tags: CEDeducaçãoIMDHInstituto Memória e Direitos Humanos (IMDH)Laboratório Interdisciplinar de Ensino de Filosofia e Sociologia (Lefis)palestraUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Lançamento de livro comemora 20 anos do Núcleo Infância, Comunicação, Cultura e Arte

30/03/2021 09:57

O livro Trajetórias Inventivas de Pesquisa em Educação Contemporânea: Infância, comunicação, cultura e arte será lançado nesta quarta-feira, 31 de março, às 18h pelo Núcleo Infância, Comunicação, Cultura e Arte (Nica) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). 

Organizado pelas professoras Gilka Girardello e Monica Fantin, do Centro de Ciências da Educação (CED), o livro celebra os 20 anos de atividade do núcleo e reúne 35 capítulos baseados em pesquisas de mestrado e doutorado realizadas na última década no âmbito do grupo. A obra foi produzida em formato e-book e pode ser baixada gratuitamente.

O evento será transmitido na plataforma Zoom neste link

 

 

Tags: CEDcomunicaçãoCultura e Arte (Nica)NICANúcleo InfânciaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Grupo da UFSC desenvolve pesquisas em ações afirmativas, gênero e relações raciais

18/03/2021 17:47

O “Alteritas: Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Diferença, Arte e Educação” foi criado em 1996 pela professora Ida Mara Freire, com vistas a valorizar as diferenças e o protagonismo dos movimentos sociais pela equidade racial e de gênero, tendo como princípio o diálogo na pluralidade. Atualmente, vem realizando importantes ações nas áreas de ações afirmativas, gênero e relações raciais. O grupo, localizado no Centro de Ciências da Educação (CED), está vinculado ao Instituto de Estudos de Gênero (IEG) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Nos últimos anos, o grupo Alteritas desenvolveu projetos importantes e para citar alguns: de 2014 a 2016, “Negras Vozes: arte, presença e memória”, com mostra itinerante sobre intelectuais negros e Saraus poético-musicais; em 2016, o curso de extensão “Introdução ao pensamento de Frantz Fanon”; de 2016 a 2017, o III Congresso de Pesquisadores/as Negro/as da Região Sul (III Copene SUL); de 2017 a 2018, “Negras Vozes e Acervo Digital – Resistências Negras em Santa Catarina”.
(mais…)

Tags: CEDGrupo de estudos ALTERITASUFSC

Curso sobre pedagogia histórico-crítica tem início nesta quinta-feira

17/03/2021 09:29

Começa nesta quinta-feira, 18 de março, o curso de extensão Pedagogia histórico-crítica: ciência, currículo e didática. As aulas ocorrem semanalmente, às quintas-feiras, das 9h às 13h, até 8 de julho, com carga horária de 60 horas e transmissão pelo Youtube. As inscrições podem ser realizadas até 1º de abril pelo site inscricoes.ufsc.br/phc.

Voltada a alunos de graduação, pós-graduação, professores, coordenadores, gestores escolares e demais interessados na educação escolar, a atividade consiste em um projeto de formação inicial e continuada em rede. Seu objetivo é realizar estudos sistemáticos das questões teóricas e práticas da pedagogia histórico-crítica no que diz respeito à concepção de ciência, método, currículo e didática, na perspectiva de assegurar a compreensão da articulação dialética da teoria pedagógica com a prática docente no desenvolvimento da atividade educacional. 
(mais…)

Tags: CEDcurso de extensãoeducaçãopedagogiaTMTUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Revista Zero-a-Seis publica dossiê sobre Migrações Internacionais e Infâncias

15/03/2021 09:26

Pesquisadoras(es) das áreas de Antropologia, Artes, Geografia, Educação, Sociologia, Psicologia, Direito e Literatura, entre outras, participaram da discussão que deu origem ao Dossiê: Migrações Internacionais e Infâncias. Publicado pela Revista Zero-a-Seis, do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Educação na Pequena Infância (Nupein) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), no dia 12 de março, essa edição tem como objetivo ressaltar e analisar o protagonismos de crianças em idade entre zero e seis anos nos fluxos migratórios internacionais.

O Dossiê, que teve entre os envolvidos parceiras(os) latino-americanos, estadunidenses, europeus e asiáticos, é composto por um total de 28 textos, que incluem uma carta ao leitor, sete artigos internacionais e 15 nacionais, um ensaio, dois relatos de experiência, uma entrevista e uma resenha. Ao fim da organização do material, foi destacada uma sub-representação e/ou invisibilidade de concepções de infância e da presença de crianças nas experiências de mobilidade e deslocamento internacional, o que é demonstrado pela quase ausência de pesquisas a respeito de crianças migrantes de até seis anos.

A Revista Zero-a-Seis é comprometida com a divulgação de pesquisas acadêmicas sobre Educação Infantil que aprofundem temas que tenham como foco a criança, enquanto sujeito de direito, e a educação. A edição é coordenada por Márcia Buss-Simão, professora do Departamento de Estudos Especializados em Educação da UFSC. 

A coletânea foi organizada por Flávio Santiago, pós-doutorando em Educação na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP) e pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Sociologia da Infância e Educação Infantil (Gepsi/USP), e por Katia Norões, professora da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul e da Universidade Federal do ABC e pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas, Educação e Sociedade (GPPES/ Unicamp).

O dossiê pode ser conferido no site da Revista Zero-a-Seis.

Tags: CEDcriançasinfânciamigraçõesNUPEINRevista Zero-a-SeisUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pré-lançamento do livro ‘Yoga na Escola’ será nesta quinta, em live especial

09/02/2021 17:37

Na próxima quinta-feira, 11 de fevereiro, às 19h30, será realizada uma live especial com o professor da UFSC Diego Ernesto Marcelo Arenaza, que também é presidente do Recherche sur le Yoga dans l’ Education (RYE) no Brasil. Na ocasião haverá o pré-lançamento do livro “Yoga na Escola”. O título é a base da disciplina Yoga na Aprendizagem, ministrada por Diego desde 2004, no curso de Pedagogia da instituição. O evento será transmitido no Canal Educação para Paz no YouTube.

Presente em 11 países, o RYE é um método criado pela professora Micheline Flak e apresenta técnicas simples de yoga adaptadas à sala de aula ou qualquer local, conectadas com valores educacionais do pré-escolar até a universidade.
(mais…)

Tags: CEDDiego Ernesto Marcelo ArenazaRYEUFSCYoga na Escola

E-book, produzido por estudantes de Pedagogia, traz narrativas para crianças sobre a pandemia

15/12/2020 17:09

“Cartas às crianças do futuro: narrativas sobre a pandemia Covid-19” é uma publicação que resulta de uma atividade didática realizada no contexto de duas disciplinas desenvolvidas no curso de Pedagogia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), durante a retomada das aulas com ensino remoto. A partir da proposta de escrita de uma carta às crianças do futuro, reais ou imaginadas, em torno de 60 estudantes refletiram sobre a singularidade desse momento histórico e expressaram suas emoções e percepções por meio das palavras, socializando o que sentiam diante da complexidade de uma situação tão inesperada que mudou nossas vidas.

O e-book se configura num registro histórico e social que documenta diversas impressões sobre esse acontecimento de alcance planetário. A publicação também significa o reconhecimento e a valorização das produções discentes num semestre tão atípico e com tantas excepcionalidades, em que foi preciso reinventar os modos do agir pedagógico. É com a intenção de compartilhar a beleza e a poética presente em cada olhar e em cada escrita endereçada às crianças, mas que não se limitam a elas,  que os/as autores/as convidam pais, professores e demais estudantes e pessoas interessadas a ler as cartas, que contam diversas experiências e implicações da pandemia na vida de cada um/a e trazem também algumas palavras de esperança, tão necessárias para este momento. Versão em PDF neste link.

Organizado pela professora Monica Fantin, do Departamento de Metodologia de Ensino e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UFSC, e pelo doutorando José Douglas Alves dos Santos, o livro pode ser baixado gratuitamente no site http://pimentacultural.com/cartas-criancas.

Mais informações pelos e-mails: monica.fantin@ufsc.br  ou jdneo@hotmail.com

 

Tags: Cartas às crianças do futuro: narrativas sobre a pandemia Covid-19CEDextensão coronavírusJosé Douglas Alves dos SantosMõnica FantinpedagogiaUFSC

Docentes do CED lançam livro sobre organização escolar no processo formativo das licenciaturas

17/11/2020 09:55

O Centro de Ciências da Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina, sob a supervisão de docentes da área de organização escolar do Departamento de Estudos Especializados em Educação (EED), lança o e-book: A organização escolar no processo formativo das licenciaturas.

A obra, dividida em sete capítulos, retrata questões sobre o currículo e organização escolar na educação básica, estudos críticos da escola, relações raciais, educação especial, inserção de tecnologias nos currículos escolares, entre outros. O e-book foi escrito e organizado por docentes do EED/CED, do campus Blumenau e da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Aqui você pode ler e baixar a obra: eBook_Organizacao-escolar

Tags: CEDe-bookOrganização escolarUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

‘O Segundo Violino: Engels em seu Bicentenário’ é tema de evento online entre os dias 25 e 27

10/11/2020 17:01

Nos dias 25, 26 e 27 de novembro de 2020 será realizado o seminário online, público e gratuito, “O Segundo Violino: Engels em seu Bicentenário”. Inscrições obrigatórias pelo link: http://bit.ly/engels2020. Após realizar a inscrição, receberá um link de acesso à sala virtual do evento. O objetivo é comemorar sua história e importância na luta dos trabalhadores – ainda reverberante entre nós – bem como sua participação na publicação de importantes obras (sejam aquelas escritas conjuntamente com Marx, como “A ideologia Alemã” e a “Miséria da Filosofia”, ou as autorais, como por exemplo “A Situação da Classe Trabalhadora na Inglaterra”, “A origem da Família, da propriedade privada e do Estado”, “A dialética da natureza” e “Sobre a Moradia”.

Apesar de se considerar um coadjuvante do trabalho desenvolvido por Marx na construção de O Capital, Friederich Engels, o auto-proclamado “segundo violino”, é, sem dúvida, um pensador central na história do socialismo mundial. Nascido em 1820 na Alemanha, o jovem burguês desde cedo resistiu ao seu destino de classe – herdeiro e gestor dos negócios do pai – comprometendo-se com a classe trabalhadora, seu cotidiano, suas lutas, sua organização. 
(mais…)

Tags: CEDEngels em seu BicentenárioUDESCUFSC

Projeto de extensão promove conferências para formação de professores

21/10/2020 12:05

Nesta quarta-feira, dia 21 de outubro ocorre a videoconferência Os supervisores escolares e o PPP em tempos de pandemia, integrando a série de conferências da 29ª edição do Encontro Estadual de Supervisores Escolares de Santa Catarina. Neste ano, o evento acontece de forma virtual, com transmissão das atividades pelo canal da Associação dos Supervisores Escolares (Asesc) no Youtube.

Os docentes do Centro de Ciências da Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) integram a equipe de coordenação geral do projeto de extensão e atuam na formação de professores. As próximas videoconferências acontecem nos dias 4 e 11 de novembro, respectivamente com as temáticas Didática, Cibernética e Racismo: reflexões contemporâneas, com exposição dos professores Edméa Santos J e Luiz Fernandes de Oliveira, ambos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e O planejamento escolar no contexto do ensino remoto, apresentada pelo professor José Carlos Libâneo (Universidade Católica de Goiás). Além disso, é ofertado um curso de 10 horas no Moodle-UFSC, com os professores convidados Cipriano Luckesi (Universidade Federal da Bahia), Luiz Fernandes de Oliveira (UFRRJ) e Tel Amiel (UnB), entre outros.
(mais…)

Tags: CEDformação de professoresliveUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Servidor da UFSC lança livro sobre a universidade pública brasileira

01/10/2020 16:41

Para que serve o SINAES? Que modelos de universidade estão em disputa atualmente na sociedade? Que modelo de universidade o SINAES induz? O que tem o planejamento institucional e a gestão universitária a ver com avaliação ou com um modelo de universidade? Essas são algumas perguntas que a leitura do livro “A Universidade Eficiente no Brasil”, de autoria de Rafael dos Santos Pereira, pode ajudar a responder.

A política nacional de avaliação tem sido central no debate educacional há anos. Na educação superior, o atual sistema nacional de avaliação, o SINAES, foi elaborado em um contexto de grandes debates e mudanças na política Brasileira, conformando em si um processo histórico que envolve não só a questão da avaliação, mas as questões da universidade, do Estado e também da sociedade.

Realizar uma avaliação da política de avaliação da educação superior atual, a partir de uma perspectiva histórica, discutindo as interseções entre a avaliação de políticas públicas, a política de avaliação e as reformas do Estado foi um dos desafios da pesquisa que sustenta este livro, o que foi permitido dialogando com a literatura da educação, administração pública e sociologia política.
(mais…)

Tags: A Universidade Eficiente no BrasilCEDRafael dos Santos PereiraUFSC

Projeto Acolhe CED realiza encontro virtual sobre Corporeidade e pandemia

28/09/2020 11:16

O Centro de Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina promove mais um encontro do projeto “Acolhe CED”, com o tema Corporeidade e pandemia: vivências no/do cotidiano, na quinta-feira, 1º de outubro, às 19h,

O projeto Acolhe CED tem o objetivo de oferecer atenção psicossocial em educação e saúde para estudantes do Centro de Ciências da Educação da UFSC através de debates e rodas de conversas virtuais, mediadas pelas professoras Marta Corrêa de Moraes (CED) e Maria Fernanda Diogo (CFH) e pelo professor Rogério Machado Rosa (CED) .

Para se inscrever no encontro basta acessar a sala virtual. Será permitida a entrada e inscrição no evento com até 15 minutos de tolerância. Em caso de dúvidas você pode entrar em contato pelo e-mail do projeto.

Tags: Acolhe CEDCEDpandemiasaúdeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC na mídia: bolsistas do Colégio de Aplicação oferecem atividades pela internet

03/09/2020 13:28

Um grupo do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) levou para a internet algumas atividades que caíram no gosto da criançada.

Assista à reportagem produzida pelo Portal ND+, cuja gravação foi feita antes do retorno às aulas de forma não presencial.

 

Tags: brinquedotecaCEDColégio de Aplicaçãoextensão coronavírusUFSC

Projeto Acolhe CED realiza encontro on-line

17/08/2020 18:00

O Projeto Acolhe CED visa promover atenção psicossocial em educação e saúde aos estudantes do Centro de Ciências da Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Seu quarto encontro ocorre na próxima quinta-feira, 21 de agosto, às 15h, e terá como tema Rede de Afetos: o estar-junto solidário em tempos de Covid-19. A proposta é criar uma roda de conversas virtuais, mediada pelos professores do CED Marta Corrêa de Moraes e Rogério Machado Rosa e pela docente do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) Maria Fernanda Diogo

Podem participar alunos de graduação e pós-graduação, e, apesar da prioridade para estudantes do CED, a atividade também é aberta a acadêmicos de outros centros. O encontro ocorre pela sala virtual:  webconf.setic.ufsc.br/mar-fvb-fqe. Somente será permitida a entrada com até 15 minutos de tolerância.

Mais informações pelo e-mail  acolheced.ufsc@gmail.com.

Tags: Acolhe CEDCEDcoronavírusextensão coronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Narração de histórias, música e fantoches: ações de extensão do NDI para se aproximar das crianças

06/08/2020 16:56

O Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI), vinculado ao Centro de Ciências da Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), dedica-se à educação de crianças de 0 a 5 anos e 11 meses de idade. No atual período de suspensão das atividades presenciais, os profissionais do Núcleo têm desenvolvido atividades de extensão para divulgar suas ações com a comunidade em geral e se aproximar de seus alunos nesse contexto de isolamento social. Acompanhe algumas dessas ações:

Narração de histórias:

Em seu canal do Youtube, o NDI disponibiliza vídeos do projeto “Infância e Literatura: experiência estética e formação de pequenos leitores”. O livro “Dois Fios”, do autor Pep Molist, foi um dos escolhidos e compartilhou mais uma das histórias que foram contadas no último Piquenique Literário.

Música e fantoches:

Outro projeto de pesquisa do NDI, oferecido neste período de pandemia intitula-se “Boi-de-mamão: da cultura popular à cultura da escola”. Como ainda não é possível reunir as crianças para a brincadeira completa, o Núcleo preparou uma contação de histórias utilizando fantoches e dedoches e cantando as músicas do boi-de-mamão.

Qualquer dúvida, entre em contato pelo e-mail: copex.ndi@contato.ufsc.br.

Tags: CEDcoronavírusextensão coronavírusndiUFSC