UFSC na mídia: ‘Folha de São Paulo’ publica artigo de professor da UFSC

11/02/2019 09:02

O jornal “Folha de São Paulo” publicou o artigo “Sertão de Guimarães Rosa pode ser visto como laboratório da condição humana,” do professor Berthold Zilly, do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução (UFSC), sobre como o romance é considerado uma revelação do potencial expressivo da língua portuguesa.

Confira o texto.

Departamento Artístico Cultural abre inscrições para Madrigal e Orquestra de Câmara

11/02/2019 07:45

Estão abertas as inscrições para novos participantes para o Madrigal e a Orquestra de Câmara da UFSC, grupos musicais vinculados ao Departamento Artístico Cultural (DAC), da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). As inscrições e o agendamento para os testes devem ser realizados pelo e-mail da regente, Miriam Motitz.

Os projetos culturais permanentes Madrigal e Orquestra de Câmara da UFSC têm por objetivo fomentar e difundir a música instrumental e vocal além de proporcionar aos músicos em potencial do corpo estudantil da Universidade, espaço para desenvolverem seus potenciais artístico-musicais. Os projetos também visam divulgar a música erudita e popular através de apresentações, incentivar a formação e a cultura local; incentivar sua participação no processo de interação entre Universidade e Sociedade; e aprimorar o processo de ensino-aprendizagem através do envolvimento de estudantes em atividades de extensão.
(mais…)

Reforma da Igrejinha da UFSC expõe estrutura original do século XIX

05/02/2019 18:01

Ao retirar o reboco, as paredes originais ficaram expostas.

Conhecida hoje como “Igrejinha da UFSC”, a antiga “capela da freguesia da Santíssima Trindade” é um edifício de importante valor histórico e cultural. Construída em 1848 e inaugurada oficialmente em 1853, época em que o bairro Trindade era ainda região rural da Ilha de Santa Catarina, a Igrejinha preserva, em sua estrutura, os materiais de construção comuns daquela época – pedras, areia da praia, conchinhas, cal etc. –, além de resquícios de utensílios utilizados nas cerimônias religiosas, como pias de água benta. Assim que finalizada a reforma atualmente em andamento, parte de tudo isso estará exposta para que o público possa conhecer ao visitar o espaço.

“A Igrejinha deixou de ser igreja e agora é mais, é cultura, é história, porque será transformada em um espaço sacro museal. Ela tem todos os elementos de uma igreja, mas tem também esse painel do Hassis, que muitos dizem que é profano, mas que na verdade é mais sacro do que a gente imagina, numa leitura muito contemporânea. É a única no mundo com uma representação tão chocante”, afirma Márcia Regina Escorteganha, responsável pela restauração do Mural Humanidade, do artista catarinense Hassis, que também está em andamento paralelamente às obras estruturais. O processo de restauro começou no dia 31 de outubro de 2018, mas precisou ser temporariamente interrompido com o início da reforma do edifício.
(mais…)

Espetáculo desenvolvido no curso de Artes Cênicas da UFSC integra mostra em São Paulo

28/01/2019 09:02

O trabalho Insânia loquaz, de Ricardo Koscialkowski Tetzner, irá representar a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) na mostra “a_ponte: Cena do Teatro Universitário”, do Itaú Cultural, em São Paulo. A apresentação será no dia 30 de janeiro, no Teatro Itaú Cultural na Avenida Paulista.

Dentre as 230 propostas somente 14 foram selecionadas e além da apresentação, Ricardo participa de uma programação intensa de 12 dias que incluem palestras, mesas redondas, encontros e as apresentações.

O espetáculo Insânia loquaz é fruto do trabalho de conclusão da matéria Encenação IV, com o orientador Fábio Salvatti, no curso de Artes Cênicas da UFSC.

O festival

De 24 de janeiro a 4 de fevereiro, o Itaú Cultural apresenta uma programação especial de espetáculos realizados por estudantes de todo o país. Por meio da convocatória “a_ponte: cena do teatro universitário”, grupos vinculados a instituições de ensino de nível superior, escolas técnicas de nível médio ou escolas independentes de teatro foram selecionados no segundo semestre de 2018 para compor uma mostra na programação do instituto em 2019.

Além da seleção das 14 peças, a_ponte convida os grupos Coato (BA) e Nós do Morro (RJ) para a abertura e o encerramento dos 12 dias de evento com os espetáculos Eu É Outro: Ensaio sobre Fronteiras e Encontros 32 anos depois, respectivamente.

Como complemento formativo à programação, encontros entre os grupos e mesas debatem temas como festivais universitários – uma expansão da sala de aula – e as relações entre os processos de formação e os territórios em que estes se inserem. Já a Oficina Apontamentos sobre a Cena, comandada por Beth Néspoli e Kil Abreu, alinha as artes cênicas com a produção de textos e pretende trazer aportes teóricos que possam ser úteis à abordagem crítica da cena.

As mesas de debate e os espetáculos contam com interpretação na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Mais informações no site do evento.

 

 

UFSC na mídia: Estado de S.Paulo publica resenha de peça traduzida por aluna da UFSC

14/01/2019 13:06

No sábado, dia 12 de janeiro, o jornal O Estado de S.Paulo publicou uma resenha de autoria do poeta e ensaísta Sérgio Medeiros sobre “A Armadilha de Medusa”, peça de Erik Satie traduzida pela primeira vez no Brasil pela estudante de doutorado da Pós-graduação em Estudos da Tradução da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGET/UFSC), Marina Bento Veshagem. 

A tradução, lançada em novembro durante o III Seminário de Escrita Dramática, no Centro de Comunicação e Expressão (CCE) da UFSC, tornou acessível uma obra de grande relevância no cenário do século XX, considerada precursora do teatro dadaísta, do surrealismo e do teatro do absurdo.

Confira a resenha completa a seguir ou por meio do endereço eletrônico https://alias.estadao.com.br/noticias/geral,peca-do-musico-erik-satie-e-traduzida-pela-primeira-vez-no-brasil,70002674843.

 

Peça do músico Erik Satie é traduzida pela primeira vez no Brasil
Autor de ‘A Armadilha de Medusa’ foi considerado um precursor do dadaísmo e do surrealismo

Sérgio Medeiros*, Especial para o Estado
12 Janeiro 2019 | 16h00

Encenação da peça ‘A Armadilha de Medusa’, de Erik Satie, na Alemanha Foto: SONORE WANDBEHÄNG. Disponível em https://alias.estadao.com.br/noticias/geral,peca-do-musico-erik-satie-e-traduzida-pela-primeira-vez-no-brasil,70002674843.

Grande intérprete da obra para piano de Erik Satie (1866-1925), Jean-Pierre Armengaud, também renomado musicólogo, dedicou um estudo de fôlego ao conjunto das criações musicais desse irreverente mestre francês, que realizou uma das mais significativas revoluções estéticas do século 20, tendo influenciado, entre outros compositores, John Cage e Gilberto Mendes, que viram nele um precursor do dadaísmo e do surrealismo. Sobre a “comédia lírica em um ato do Sr. Erik Satie com música de dança do mesmo senhor”, que acaba de ser publicada no Brasil sob o título A Armadilha de Medusa, em tradução de Marina Bento Veshagem, pesquisadora do programa de pós-graduação em estudos da tradução da UFSC, Armengaud afirmou que se tratava de um “objeto” aparentemente inclassificável, o qual ele próprio não conseguiria definir.

(mais…)

O Conto dos contos: primeira tradução de clássico da literatura é realizada por pós-doutorando da UFSC

20/12/2018 13:36

Rapunzel, o Gato de Botas, a Pequena Sereia, a Bela Adormecida, João e Maria e outros contos de fadas são conhecidos por praticamente todos os leitores. Mas Petrosinella, Talia, Nennilo e Nennela soam como estranhas personagens mesmo a alguns dos mais aficionados apreciadores de históricas mágicas. O que poucos sabem é que as personagens notórias são adaptações de contos para adultos pela primeira vez publicados na primeira metade do século XVII, como parte de uma mesma história.

A obra que os reuniu, intitulada O conto dos contos, apesar de ter sido traduzida poucos anos após sua publicação para o francês e o alemão, por exemplo, não tinha uma versão em português até o final de novembro de 2018. Esta lacuna foi preenchida com o lançamento da tradução realizada por Francisco Degani, como fruto de seu pós-doutorado junto ao Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução (PGET), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
(mais…)

UFSC 58 anos: Camerata Florianópolis realiza dia 18 de dezembro espetáculo de música erudita

18/12/2018 11:01

Em comemoração aos 58 anos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), no dia 18 de dezembro de 2018, às 20 horas, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos – Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, será realizado um espetáculo gratuito de música erudita com a Camerata Florianópolis. O evento é promovido pela Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) da instituição.

Os ingressos foram disponibilizados, antecipadamente, para a comunidade universitária – estudantes e servidores docentes e técnico-administrativos em Educação da UFSC, no dia 3 de dezembro de 2018 pelo Departamento de Cultura e Eventos e estão esgotados. Foram concedidas até dois (2) ingressos por pessoa.
(mais…)

UFSC 58 anos: transmissão ao vivo da apresentação da Camerata Florianópolis

18/12/2018 10:54

A apresentação da Camerata Florianópolis na comemoração dos 58 anos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) será transmitida ao vivo pela internet, nesta terça-feira, às 20h. Para acompanhar a apresentação é preciso acessar a página do Aniversário — 58 anos e clicar no link “ASSISTA AO VIVO“. Observação: o vídeo dever ser assistido em desktops ou notebooks, utilizando o Windows Media Player.

A comemoração ocorre neste dia 18 de dezembro, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, com espetáculo gratuito de música erudita com a Camerata Florianópolis.

Mais informações no site.
(mais…)

Exposição de professor da UFSC será inaugurada nesta quinta, 13 de dezembro

12/12/2018 12:47

O professor do Departamento de Exposição Gráfica do Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina (EGR/CCE/UFSC), Mário César Coelho, inaugura sua exposição “Paisagem Passagem: uma ponte em 30 dias” nesta quinta-feira, 13 de dezembro. A abertura será às 19h, no Museu Histórico de Santa Catarina, no Palácio Cruz e Sousa. As visitas à exposição são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 3 de fevereiro de 2019.
(mais…)

UFSC lança edital para seleção de mostras e exposições de artes plásticas de curta duração

10/12/2018 09:26

O Departamento de Cultura e Eventos (DCEven) da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC (SeCArte) lançou o edital do Espaço Vivo 2018, destinado a seleção de projetos de mostras e exposições de artes plásticas de curta duração para ocupação do “Espaço Expositivo do CCEven”, localizado no térreo do Centro de Cultura e Eventos,  no período de 11 de março a  6 de dezembro de 2019.

Serão aceitos propostas de discentes, servidores técnico-administrativos, servidores docentes e comunidade externa a UFSC que apresentem projetos de exposições de artes plásticas bidimensionais, pinturas, gravuras, fotografias entre outros. 

As inscrições são gratuitas e estão disponíveis até 22 de fevereiro de 2019.
(mais…)

Apresentação da Camerata na UFSC está com os ingressos esgotados

07/12/2018 08:49

Os ingressos para a apresentação da Camerata Florianópolis estão esgotados, informa a Secretaria de Cultura e Arte da UFSC (SeCArte). O show em comemoração aos 58 anos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) será no dia 18 de dezembro, às 20 horas, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo.

Ranchos de pesca são tema de livro a ser lançado no hall do CIC

06/12/2018 11:06

Será lançado nesta quinta-feira, 6 de dezembro, às 19h30, no hall do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, o livro “Rancho de pescador na Ilha de Santa Catarina”, do jornalista Paulo Clóvis Schmitz (ex-colaborador da Agecom) e do fotógrafo Danísio Silva. Os autores entrevistaram e realizaram ensaios fotográficos com pescadores que trabalham em pontos da Ilha em que ainda existem ranchos. A obra foi viabilizada pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura, via Fundação Franklin Cascaes. A distribuição será gratuita no dia do lançamento e o restante dos livros será entregue em escolas, bibliotecas, instituições culturais e universidades. Mais informações pelo e-mail

Quase todos os pescadores ouvidos são veteranos, com décadas de experiência no mar, seja aqui, seja no litoral do Rio Grande do Sul, de São Paulo e de estados do nordeste do país. É nos ranchos que eles consertam as redes, arrumam as embarcações, ficam à espreita dos cardumes de tainhas, anchovas, corvinas e do camarão em diferentes épocas do ano. Nesses locais eles também fazem comida, dormem e jogam baralho e dominó enquanto o peixe não vem. Ali se revezam os donos de ranchos e de barcos e pescadores que trabalham por dia, como profissionais do ramo ou empregados sazonais que complementam na pesca a magra aposentadoria mensal.
(mais…)

Espetáculo ‘Manicômicas’ no Espaço Cultural Gênero e Diversidades nesta quinta, 6

06/12/2018 09:31

O Espaço Cultural Gênero e Diversidades (IEG) recebe nesta quinta-feira, 6 de dezembro, o espetáculo ‘Manicômicas’, a partir das 19 horas. O espetáculo de palhaçaria feminista da Companhia Lunáticas tem entrada gratuita.

Sinopse

E a mulher o que é? É o que ela quiser, inclusive Palhaça! E este universo das mulheres é tão vasto, diverso e singular, que é impossível falar de um assunto único. Por isso estas quatro palhaças se reuniram para expressar os seus percursos, para ter voz e ação, para lutar, para provocar, gerar expressões por meio da arte. Somos Mulheres, somos Palhaças, somos Manicômicas. Este espetáculo é composto por quatro cenas de palhaças que trazem para o palco diferentes abordagens sobre a comicidade feita por mulheres. O malabarismo, a música, a política, a poesia, e a existência humana são revisitadas pelas palhaças, que a partir de suas lógicas tortas, exercitam a desestabilização de padrões, tanto na palhaçaria quanto nas relações cotidianamente estabelecidas.
(mais…)

UFSC recebe mostra de Teatro de Animação produzido por alunos do IFSC

05/12/2018 12:30

A Mostra Finta – Formação Inicial em Teatro de Animação será apresentada no Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha), nesta quarta-feira, 5 de dezembro, às 19 horas. Nela serão apresentados experimentos cênicos de conclusão dos cursos de Formação Inicial em Teatro de Animação nas áreas de Teatro Lambe-lambe e Teatro de Máscaras, de alunos do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). A entrada é gratuita e aberta à comunidade.
(mais…)

Cancelado espetáculo na UFSC com Tom Cavalcante

04/12/2018 15:48

O espetáculo “STOMDUP com Tom Cavalcante”, agendado para o dia 8 de dezembro de 2018, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, foi cancelado e nova data em 2019 será definida. Os ingressos adquiridos pela “Disk Ingressos” ou nos pontos de vendas o consumidor deverá proceder da seguinte maneira para obter o respectivo reembolso:

– Compras efetuadas online, pelo “Disk Ingressos”, entrar em contato pelo e-mail e solicitar o estorno do Cartão de Crédito e/ou depósito bancário, caso tenha sido comprado em dinheiro.

Mais informações sobre os ingressos podem ser obtidas pelos seguintes telefones: (48) 4042-1942 / (41) 3315-0808

Pedimos desculpas pelos eventuais transtornos.

Orth Produções
(mais…)

Festival Fora do Mapa exibe ‘O limoeiro’ nesta terça, dia 4

04/12/2018 12:37

O Projeto de Extensão Fora do Circuito exibe nesta terça-feira, dia 4 de dezembro, a partir das 19 horas, no Auditório Elke Hering (Biblioteca Universitária/UFSC) o terceiro e último filme do Festival Fora do Mapa: O limoeiro (Palestina, 2008).

Sinopse

Salma (Hiam Abbass), uma viúva Palestina, vê sua plantação ser ameaçada quando seu novo vizinho, o Ministro de Defesa de Israel (Doron Tavory), se muda para a casa ao lado. A Força de Segurança Israelense logo declara que os limoeiros de Salma colocam em risco a segurança do ministro e por isso precisam ser derrubados. Salma leva o caso à Suprema Corte de Israel para tentar salvar a plantação. Confira o trailer aqui
(mais…)

Coral, Madrigal e Orquestra de Câmara realizam concerto nesta segunda-feira

03/12/2018 11:17

O Coral, o Madrigal e a Orquestra de Câmara da UFSC — projetos musicais permanentes do Departamento Artístico Cultural (DAC) da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) da UFSC — apresentam-se nesta segunda-feira, 3 de dezembro, às 20 h, no Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha, em concerto de encerramento das atividades do ano. O repertório é variado, com músicas populares e eruditas, de autores brasileiros e internacionais. O evento é gratuito e aberto à comunidade.
(mais…)

Primeira tradução de peça de Satie é lançada em leitura dramática na UFSC

30/11/2018 19:10

Companhia Elefants realizou primeira leitura dramática de peça de Satie. Foto: Diana Pedott

Após contar seu dinheiro, o barão Medusa recebe Astolfo, pretendente de sua filha, Frisette. Mas, será que o futuro genro o amará? Envolto em pilhas de dinheiro, o barão cria uma armadilha para testar a lealdade do candidato a noivo de Frisette. O desenrolar desse conflito é recheado de pequenos absurdos. Observadas por um macaco empalhado que dança e acompanhadas de um pianista, as personagens vivem a única peça teatral escrita pelo pianista francês Erik Satie, um dos mais importantes músicos do século XX.

A comédia em um ato foi originalmente redigida em 1913 e foi apresentada pelo próprio Satie, interpretando o Barão Medusa e tocando o piano. Repleta de ironias e sátiras, a peça teve sua primeira tradução brasileira realizada em 2015, como trabalho de mestrado de Marina Bento Veshagem, junto ao Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução (PGET), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O resultado desta tradução, entretanto, extrapolou os círculos acadêmicos e a peça, intitulada “A armadilha de Medusa”, é agora publicada em livro, em edição bilíngue.

O lançamento ocorreu durante a III Semana de Leitura Dramática da UFSC, realizada entre os dias 26 a 28 de novembro de 2018. Na ocasião, os presentes puderam apreciar a leitura dramática da íntegra do texto em português. A leitura ocorreu a partir das 20h30, na Caixa Preta, espaço de apresentações artísticas localizado no Bloco D do Centro de Comunicação e Expressão (CCE). Foi a última atividade da Semana e a expectativa e recepção do público não poderiam ter sido mais entusiasmadas: lotação máxima e aplausos em pé.
(mais…)

‘O Pequeno Príncipe’ será apresentado no Teatro da UFSC, nos dias 1º e 2 de dezembro

30/11/2018 08:03

O espetáculo “O Pequeno Príncipe”, com o grupo de teatro ‘O Dromedário Loquaz’, volta a ser apresentado no Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha), nos dias 1º e 2 de dezembro (sábado e domingo), às 18 horas. A peça, que é uma adaptação da obra de Antoine de Saint-Exupéry, apresenta a história de um garotinho que vem de um planeta bem pequeno, distante e muito diferente do nosso. Os ingressos para o espetáculo custam R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada), e serão vendidos na bilheteria do Teatro, que abre uma hora antes do início da sessão. A apresentação na Universidade integra o Projeto Cena Aberta do Departamento Artístico Cultural (DAC)/ SeCArte da UFSC.

O Pequeno Príncipe

“O Pequeno Príncipe” é a aposta do grupo de teatro “O Dromedário Loquaz” para a sua mais recente encenação teatral. O espetáculo é uma livre adaptação do livro de Antoine de Saint-Exupéry e teve a sua estreia em 2017, em teatro de Florianópolis, alcançando boa repercussão de público — no início deste ano, a peça esteve em cartaz no Teatro da UFSC. Com ênfase no trabalho dos atores, na trilha sonora original e na projeção de filme com animações inspiradas nas conhecidas aquarelas de Saint-Exupéry como recurso cenográfico, a montagem de “O Pequeno Príncipe” atende a um antigo anseio de Isnard Azevedo, fundador do Dromedário Loquaz: a encenação de espetáculo para o público infantojuvenil.

A diretora do espetáculo, Sulanger Bavaresco, explica que a escolha da obra deu-se em razão dos temas apresentados: “Revelam-se extremamente contemporâneos na medida em que escancaram a forma como o homem passa pela vida em velocidade cega, entregando-se às exigências do sistema e às suas preocupações diárias, tornando-se, enfim, adultos definitivos que esquecem a criança que foram outrora”.

Segundo integrantes do grupo, na cidade de Florianópolis a produção teatral para o público infantojuvenil tem se revelado escassa e descontínua, se comparada às produções voltadas para o público adulto: “Como grupo, pretendemos contribuir para a mudança deste panorama, com realização de trabalho sério e comprometido que inicia com a escolha da obra e perpassa todo o processo de montagem técnica e artística com vistas a um resultado que prime pela qualidade”, afirma Sérgio Bellozupko ator da montagem.
(mais…)

Confraria Literária do Colégio de Aplicação promove encontro sobre tradução de tirinhas nesta sexta

29/11/2018 16:59

A Confraria Literária do Colégio de Aplicação (CA) promove o ateliê “Nous sommes en train de traduire: uma experiência de tradução” nesta sexta-feira, 30 de novembro, às 20h. O evento — que terá a participação de Arlyse Ditter, Clarissa Laus, Narceli Piucco, Fabrício Leal e Walter Costa Filho — é resultado do estudo da tradução de tirinhas e dos processos nela envolvidos.

Alunos do 3º ano do Ensino Médio, juntamente com os estagiários Fabrício Leal e Walter Costa Filho, sob supervisão das professoras Clarissa Laus (UFSC) e Narceli Piucco (CA), realizaram a experiência de tradução de algumas tirinhas. Armandinho, personagem de Alexandre Beck, foi objeto do trabalho de tradução para língua francesa.

A atividade, que é aberta a todos, ocorre no Laboratório de Linguagens e os participantes devem levar algum alimento para o café comunitário e sua própria caneca sustentável, uma vez que o Colégio de Aplicação participa do projeto Lixo Zero.

Para quem não conhece o Colégio pode se guiar pelo mapa disponível aqui.

Mais informações pelo e-mail 

Projetos na UFSC valorizam conhecimento e cultura africana e afrodescendente

29/11/2018 10:24

De mãos dadas e olhos fechados, os participantes formam um círculo. Suas vozes ganham volume ao cantarem juntos os versos “se eu disser que eu sou mais um, cuidado não tropeçar / Se eu disser que eu sou teatro é pra cantar Axé e Euá”. O termo “teatro” foi improvisado por Toni Edson Costa Santos, ministrante da oficina Breve Passagem por Jogos de Escuta: Teatro de Rua e o Encontro com a Tradição Mandinga. O círculo estava organizado para que os integrantes pudessem exercitar a concentração e a percepção sensorial por meio de um jogo. A regra fundamental era passar adiante um aperto de mão – ao mesmo tempo, os participantes deveriam acompanhar a letra da música.

Esses aspectos foram desenvolvidos na oficina realizada nos dias 8 e 9 de agosto, na sala 210 do Bloco D do Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina (CCE/UFSC). O professor de Encenação e Teatro de Rua da Escola Técnica da Universidade Federal de Alagoas (ETA/UFAL), Toni Edson, foi convidado para ministrar essa e outras oficinas e palestras na terceira edição da Formação do Fórum Permanente de Estudos sobre as Artes Negras da Cena, História e Cultura Africana e Afro-Brasileira da Universidade Federal de Santa Catarina (FANCA/UFSC). Junto ao Coletivo Kurima: estudantes negros e negras da UFSC, ao Kurima Bantu Mulheres e ao Projeto 10 Anos do Curso de Artes Cênicas da UFSC, o FANCA promoveu uma ampla programação entre os dias 7 e 10 de novembro. O evento teve como temática central Diálogos com Tradições Orais de Matriz Africana.
(mais…)

Cine Clube Sessão de Arte na UFSC exibe o filme ‘Pai dos tenentes’

29/11/2018 09:20

O Cine Clube Sessão de Arte à tarde na UFSC exibe o longa ‘Pai dos tenentes’ do diretor João Batista de Andrade no dia 4 de dezembro, às 14h30, na Sala de projeção, do Bloco D do Centro de Comunicação e Expressão (CCE). A sessão contará com comentário do professor Luiz Fernando Pereira, do Curso de Artes Cênicas (ART/CCE), que falará sobre a direção de arte do filme e da importância desta obra neste momento político brasileiro. O filme mostra e provoca uma reflexão sobre a influência de movimentos militares no Brasil.

Sinopse

Em 1984, em meio a Campanha pelas Diretas Já, um general da reserva é homenageado por uma multinacional alemã da qual é dirigente. Uma repórter o aborda e pergunta sobre fatos históricos do país como a Revolta dos 18 do Forte de Copacabana e as Revoluções tenentistas da década de 1920 das quais o general fizera parte. A partir daí, o general entra em crise pessoal recolhendo-se em sua casa de campo e começa a lembrar sua trajetória, que coincide com 60 anos de vida política brasileira.
(mais…)

Estudante da UFSC traduz peça teatral de Erik Satie, que chega a Florianópolis nesta quarta

27/11/2018 08:35

Foto: Rodrigo Melleiro

A estudante de doutorado da Pós-graduação em Estudos da Tradução da UFSC (PPGET), Marina Bento Veshagem, traduziu o livro ‘A armadilha de Medusa’, peça escrita pelo pianista Erik Satie e que chega à Florianópolis nesta quarta-feira, dia 28. O lançamento da obra será realizado durante o III Seminário de Escrita Dramática, no Espaço Caixa Preta, bloco D do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) da UFSC. O evento vai começar com a leitura dramática encenada da peça, com figurinos e pianista tocando ao vivo, pela Elefants Companhia de Teatro (grupo formada por alunos e ex-alunos do curso de Artes Cênicas da UFSC). A peça tem uma relevante importância no século XX, precursora do teatro dadaísta, do surrealismo e do teatro do absurdo e, ainda, é pouco conhecida. ‘A Armadilha de Medusa’ será lançada com leitura dramática da peça e música ao vivo.

(mais…)

O conto dos contos: dia 28 é lançada tradução de clássico da literatura italiana

26/11/2018 18:09

“O conto dos contos” é uma coletânea de contos de fadas que inspirou obras como a dos irmãos Grimm e de Charles Perrault. De autoria de Giambattista Basile (1566-1632), o livro é composto por um conto de fadas que permeia outros 49 contos. Escrita em dialeto napolitano, a obra é agora traduzida para o português por Francisco Degani, como resultado de seu trabalho de pós-doutorado junto ao Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução (PPGET), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

O livro, traduzido sob a supervisão de Andréia Guerini, terá seu lançamento realizado nesta quarta-feira, 28 de novembro, a partir das 19h na Biblioteca de Arte e Cultura, do Centro Integrado de Cultura (CIC).
(mais…)