Labsolda amplia infraestrutura de pesquisa e inovação da UFSC. Inauguração nesta quinta

07/08/2019 14:30

Representantes da Petrobras virão a Florianópolis no dia 8 de agosto para inaugurar novas instalações no Instituto de Soldagem e Mecatrônica (Labsolda), que no mês passado concluiu projeto ligado ao transporte de petróleo e gás. Demonstrações de processos de soldagem serão feitas na cerimônia de inauguração marcada para as 16h, no bloco B do Departamento de Engenharia Mecânica (EMC) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

A obra renova o layout do laboratório e foi viabilizada com contribuição de premiação recebida pelo Labsolda em 2017. “Recebemos recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) por termos conquistado o segundo lugar na categoria Instituição de CTI (Ciência, Tecnologia e Inovação) no Prêmio Stemmer Inovação Catarinense”, disse o professor Régis Henrique Gonçalves e Silva, supervisor do Laboratório. Ele também ressalta o apoio do EMC, nas etapas de planejamento e execução. A ampliação da infraestrutura de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação é complementada pelos investimentos da Petrobras em avançados sistemas tecnológicos.
(mais…)

Tags: FapescInstituto de Soldagem e MecatrônicaLABSOLDAPrêmio Stemmer Inovação CatarinenseUFSC

Inscrições abertas para Edital de Chamada Pública Fapesc Proeventos

27/02/2019 12:39

A Pró-reitoria de Pesquisa (Propesq) informa que estão abertas as inscrições para o Edital de Chamada Pública FAPESC Nº 01/2019 Proeventos 2019/2020, que visa fomentar a organização e a realização de eventos científicos, tecnológicos e/ou de inovação, coordenados por pesquisadores vinculados a Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação, ICTIs, de Santa Catarina.

Inscrições:

– até 06 de março de 2019: Fase I para eventos previstos entre 01/05/2019 a 31/07/2019;

– até 27 de maio de 2019: Fase II para eventos previstos entre 01/08/2019 a 31/10/2019;

– até 02 de setembro de 2019: Fase III para eventos previstos entre 01/11/2019 a 31/03/2019.

Informações adicionais estão disponíveis no link. A Propesq também divulga outras oportunidades no Portal de Oportunidades de Pesquisa (POP).

Mais informações na página da Fapesc e no Edital.

Tags: FapescPROEVENTOSPROPESQUFSC

Profissionais da saúde debatem cuidados a pacientes com Doença de Parkinson

27/04/2018 12:00

A necessidade de estrutura para pacientes com Parkinson e seu empoderamento serão temas discutidos no 4º Encontro Catarinense sobre a Doença de Parkinson, promovido pelo Laboratório de Pesquisas e Tecnologias em Enfermagem, Cuidado em Saúde a Pessoas Idosas (GESPI) da Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC), em parceria com a Associação Parkinson Santa Catarina. O evento será realizado de 3 a 5 de maio no SESC Cacupé, em Florianópolis, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

O Encontro tem o objetivo de reunir pessoas com os mesmos problemas, familiares, cuidadores e a comunidade, para discutir sobre o enfrentamento da doença e apresentar estudos realizados pela comunidade científica que contribuem com a melhoria da qualidade de vida das pessoas com Parkinson e seus familiares. “Mesmo que o envelhecimento humano seja natural, é preocupante a presença de processos patológicos que demandam cuidados contínuos levando ao risco de dependência física. A atenção integral à pessoa com Doença de Parkinson faz da Associação uma prova concreta do trabalho interdisciplinar, que tem como meta a promoção da saúde e a prevenção das complicações”, diz a professora que coordena o evento, Angela Maria Alvarez, do Departamento de Enfermagem da UFSC.
(mais…)

Tags: 4º Encontro Catarinense sobre a Doença de ParkinsonFapescLaboratório de Pesquisas e Tecnologias em EnfermagemUFSC

Edital para eventos científicos, tecnológicos e de inovação abre inscrições

24/04/2018 16:53

A Pró-Reitoria de Pesquisa informa que estão abertas as inscrições para o edital Proeventos. A fase II tem inscrições até 26 de abril, enquanto a fase III se estende até 19 de julho. O Proeventos visa à fomentar a organização e a realização de eventos científicos, tecnológicos e/ou de inovação, coordenados por pesquisadores vinculados a Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação, ICTIs, de Santa Catarina.

Informações adicionais estão disponíveis neste link. Outras oportunidades disponibilizadas pela Propesq podem ser conferidas no Portal de Oportunidades de Pesquisa (POP).

Mais informações

Tags: editalFapescPró-Reitoria de PesquisaPROEVENTOSUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Departamento de Psicologia promove jornada de análise do comportamento

23/04/2018 14:54
Tags: #JACFLORIPADepartamento de Psicologia da UFSCFapescJornada de Análise do ComportamentoPROEVENTOSUFSC

UFSC recebe evento sobre oportunidades de pesquisa e pós-graduação na Europa

28/02/2018 09:53

A Universidade Federal de Santa Catarina recebe nos próximo dia 7, quarta-feira, membros da Delegação da União Europeia no Brasil e do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) para a sessão informativa “Fomentos europeus para mobilidade de pesquisadores”. O evento é gratuito, será realizado no auditório da Biblioteca Universitária, a partir das 14 horas, e aberto pelo professor Sérgio Gargioni, do curso de Engenharia Mecânica da UFSC e presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

Os palestrantes irão tirar dúvidas a respeito das oportunidades de apoio oferecidas pelas Ações Marie Sklodowska Curie e pelo Conselho Europeu de Pesquisa para realizar doutorado, pós-doutorado ou projetos de pesquisa na Europa, além do apoio personalizado e informações práticas – sobre, por exemplo, moradia, saúde e até escolas para filhos de pesquisadores – fornecidas pela EURAXESS, entidade internacional que visa facilitar a ida de cientistas para a Europa. 

Programação
(mais…)

Tags: Biblioteca UniversitáriaConfapFapescpesquisaSérgio Gargioni

Submissão de trabalhos para evento internacional em Física de Hádrons segue até segunda, 19

16/02/2018 09:14
Tags: FapescFísica de HádronsUFSCXIV Workshop Internacional em Física de Hádrons

Florianópolis sedia evento ítalo-brasileiro sobre indústria 4.0

16/11/2017 12:33

Entre os dias 18 e 21 de dezembro, Florianópolis receberá uma comitiva de pesquisadores, empresários e integrantes do governo italiano para o Udesc-Unibo Joint Lab on Big Data for Industry 4.0, evento que promoverá parcerias entre empresas brasileiras e italianas, bem como a mobilidade acadêmica em pesquisas da área tecnológica. Além disso, a ideia é criar também um laboratório voltado a estudos da indústria 4.0 com a participação de universidades e empresas brasileiras e europeias. A UFSC é uma das instituições participantes e está prevista uma programação na universidade para o dia 21 de dezembro.

A programação prevê visitas técnicas da comitiva italiana às empresas e entidades catarinenses de base tecnológica, que são exemplo de inovação em diversos setores. Além disso, no dia 19 de dezembro, ocorrerão um workshop e face-to-face meetings, abertos aos interessados, na sede da Fapesc, que fica no Parque Tecnológico Alfa, no bairro João Paulo.

​A programação completa e as inscrições podem ser verificadas no site do evento.

Tags: Fapescindústria 4.0Joint Lab on Big Data for Industry 4.0UDESCUdesc-UniboUFSC

Instituto de Soldagem e Mecatrônica da UFSC recebe Prêmio Stemmer Inovação Catarinense

08/11/2017 09:07

Jair Dutra: obrigação institucional. Foto: Divulgação

O Instituto de Soldagem e Mecatrônica (Labsolda) da UFSC recebeu nesta última segunda-feira, 6 de novembro, o Prêmio Stemmer Inovação Catarinense, entregue ao professor Jair Carlos Dutra. O instituto apresentou três cases de destaque entre os projetos desenvolvidos recentemente e foi premiado na categoria Instituição CTI pelo conjunto da obra. A cerimônia, realizada no Centro de Eventos da Fiesc, teve a presença do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

O prêmio, na sua sétima edição, é uma promoção da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). Criada em 2008 pela Lei Catarinense de Inovação, a premiação leva o nome do ex-reitor da UFSC, Caspar Erich Stemmer, e visa reconhecer, com troféus, certificados e valores financeiros, ações inovadoras de instituições, empresas e pessoas consideradas “protagonistas da inovação”. O Labsolda, que concorreu com a Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e o Instituto Stela, apresentou três cases de destaque.
(mais…)

Tags: FapescJair DutraLABSOLDAPrêmio StemmerUFSC

Pesquisadora da UFSC desenvolve ‘nariz eletrônico’ para identificar infecções bacterianas letais

18/10/2017 17:57

Desenvolver sensores eletrônicos para a detecção e discriminação rápida de compostos voláteis microbianos é o que farão, conjuntamente, pesquisadoras da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Universidade Nova de Lisboa. Chamados de “narizes eletrônicos”, os sensores são especialmente importantes diante da ameaça global de bactérias resistentes a antimicrobianos que se espalham a ritmo alarmante, pois a detecção precoce auxilia o controle de uma propagação.

A bióloga brasileira Regina Celis Lopes Affonso concluiu o doutorado em maio e em outubro foi selecionada na chamada pública que o European Research Council (ligado à Comissão Europeia) promoveu com entidades como a FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina). “Considerando minha experiência em biologia celular e biologia vegetal, estarei contribuindo com o grupo europeu, da renomada pesquisadora Ana Cecília Roque, da Faculdade de Ciências e Tecnologia (Universidade Nova de Lisboa)”, disse Regina. “Focaremos especificamente na detecção microbiana rápida. Este projeto tem alta aplicabilidade na área da saúde, considerando que o desenvolvimento de sensores, rápidos e seguros, de voláteis de bactérias patogênicas são ferramentas importantes para o controle de infecções bacterianas, especialmente tratando-se de infecções hospitalares.”
(mais…)

Tags: biologiaFapescnariz eletrônicoUFSCUniversidade Nova de Lisboa

Pesquisador britânico visita UFSC e realiza teste com atletas paralímpicos

11/10/2017 16:54

O Laboratório de Esforço Físico (Laef) do Centro de Desportos (CDS) da UFSC foi contemplado com o Edital Fundo Newton, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). Os pesquisadores Ricardo Dantas Lucas (UFSC) e Gary Brickley (Universidade de Brighton) participam de projeto que envolve medidas fisiológicas em atletas cadeirantes. Na manhã desta quarta-feira, 11 de outubro, a triatleta cadeirante Danielle Nobile, participou do teste realizado com esportistas paralímpicos.

Danielle Nobile, primeira mulher cadeirante triatleta do Brasil. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

(mais…)

Tags: (LAEF)CDSFapescParaatletaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Laboratório Fotovoltaica-UFSC assina acordo de colaboração com centro de pesquisa português

01/08/2017 12:51

O Ministro de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, Manuel Heitor, e uma comitiva do governo português visitaram o Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar da UFSC (Laboratório Fotovoltaica-UFSC) na segunda-feira, 31 de julho, no Sapiens Parque. Eles conheceram os projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) do laboratório e representantes da UFSC e do Laboratório Fotovoltaica-UFSC assinaram um acordo de colaboração nas áreas de mobilidade elétrica e geração solar fotovoltaica com o Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto (CEiiA, vinculado ao Ministério de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal).

O professor Ricardo Rüther apresentou aos visitantes o ônibus elétrico que realiza cinco viagens por dia entre a universidade e o Sapiens, alimentado pela eletricidade solar gerada nas estruturas do laboratório. O ônibus tem duas mesas de reunião, tomadas 220V e USB, para que os usuários tenham um ambiente de trabalho durante os 30 minutos do deslocamento.

Outro veículo, o veleiro ECO UFSC, foi apresentado aos portugueses pelo professor Orestes Alarcon, do Departamento de Engenharia Mecânica. Desenvolvido em alumínio com apoio da FAPESC e tecnologia local para expedições em mar aberto e regiões polares, a embarcação tem  capacidade para transportar confortavelmente até 10 pessoas, entre tripulantes e pesquisadores, que podem conduzir projetos de ciência oceânica.
(mais…)

Tags: AIR Centerconvênioenergia solarFapescFotovoltaicaPortugalUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Fonoaudiólogos da UFSC criam centro de referência em voz e deglutição com apoio da Fapesc

28/06/2017 15:55

Devido à inexistência de atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina nas áreas de voz e disfagia, uma equipe formada por médicos e fonoaudiólogos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) estudou por três anos as alterações nas estruturas envolvidas no processo de deglutição, que podem levar a problemas respiratórios.

A pesquisa foi desenvolvida no Ambulatório de Voz do Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago, em Florianópolis, que tem se tornado um Centro de Referência no estado, desde a sua criação, em 2009. A clínica hoje atende cerca de 30 pacientes por mês, com demanda crescente.

Pesquisa foi desenvolvida no Ambulatório de Voz do Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago.

(mais…)

Tags: DisfagiaFapescFonoaudiologiasistema único de saúdeSUSUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pesquisadores da UFSC lançam livro sobre educação patrimonial

22/06/2017 15:40

Pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) lançaram o livro “Patrimônio cultural e escola: entretecendo saberes”, composto por 21 artigos sobre patrimônio, memória, ensino de história, cidade e educação patrimonial. A obra é resultado de um projeto de pesquisa homônimo apoiado pela Fundação de Amparo à pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). Os artigos foram elaborados por membros do Grupo de Pesquisa em Patrimônio, Memória e Educação (Pameduc) e professores convidados, somando 52 autores.

O projeto investigou as diferentes práticas e experiências usadas para produzir conhecimento histórico nas instituições públicas de educação básica e identificou como os professores trabalham cidade, memória e patrimônio com seus alunos. “Todos os professores entrevistados, de alguma forma, realizam atividades de educação patrimonial, étnico-raciais e de memória histórica, mas não são atividades sistematizadas e não recebem a denominação de ‘Educação Patrimonial'”, explica o professor Elison Paim, coordenador da pesquisa. Os pesquisadores verificaram que muitos dos professores levaram seus alunos para conhecer monumentos históricos de Florianópolis, como o circuito do centro histórico, a Fortaleza de Anhatomirim, e os bairros Santo Antônio de Lisboa, Morro das Pedras e Ribeirão da Ilha.
(mais…)

Tags: Educação patrimonialFapescPameducUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

NETI e TV UFSC lançam curta-metragem sobre expectativa de vida de portadores de deficiência

22/05/2017 18:24

O curta-metragem Ana e Guerthe, realizado pelo Núcleo de Estudos da Terceira Idade (NETI) e TV UFSC, foi lançado na sexta-feira, 19 de maio, no Centro Sócio-Econômico(CSE/UFSC). O filme trata da expectativa de vida de portadores de deficiência e está ligado ao projeto “A rede de atenção à saúde e de suporte social à pessoa idosa com deficiência na Grande Florianópolis e as tecnologias de cuidado”, que recebeu, desde 2013, apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) no Programa de Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (PPSUS). Após a exibição, houve uma mesa-redonda com pesquisadores, membros do Grupo de Estudos sobre Deficiência e Envelhecimento do NETI e da TV UFSC.

A pesquisa foi realizada em 22 municípios da Grande Florianópolis, 26 cursos universitários da área de Saúde da região e outras 26 ONGs, diagnosticando a rede de cuidado e suporte ao idoso portador de deficiências. “Falar do processo de envelhecimento é essencial, pois é um tema pouco explorado, e com isso há pouca visibilidade. Há um grande despreparo público e déficit técnico para receber e atender essa população”, diz a coordenadora da pesquisa, Juliana Balbinot Girondi.

De acordo com a pesquisadora, o aumento da expectativa de vida desta população mostra a falta de estrutura adequada ao seu atendimento, bem como a necessidade de investimento em pesquisa nessa área e de fortalecimento desse cuidado a fim de oferecer maior qualdiade de vida aos deficientes e a seus familiares. A produção científica resultante desse projeto inclui 26 trabalhos apresentados em eventos, 11 TCCs e 15 resumos de trabalhos publicados em anais de eventos científicos, entre outros.

Mais informações no site da Fapesc.

Tags: curta-metragemFapescNETINúcleo de Estudos da Terceira Idadeportadores de deficiênciaTV UFSCUFSC

Simpósio Catarinense de Clínica, Cirurgia e Anestesiologia de Pequenos Animais ocorre em maio em Curitibanos

16/03/2017 12:22

O I Simpósio Catarinense de Clínica, Cirurgia e Anestesiologia de Pequenos Animais será realizado nos dias 4, 5 e 6 de maio no campus de Curitibanos com apoio da Federação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). Inscrições e informações no site http://simcapeq.paginas.ufsc.br/.

Confira a programação:

programação

Tags: Cirurgia AnestesiologiaClínicaFapescPequenos AnimaissimpósioVeterinária

Workshop apresenta soluções em nanotecnologia para a indústria catarinense

06/05/2016 09:40

O Laboratório Interdisciplinar para o Desenvolvimento de Nanoestruturas (Linden) da UFSC, a Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação em Santa Catarina (Fapesc) promoveram um workshop para apresentar as funcionalidades da nanotecnologia a empresários e fomentar a articulação entre indústrias e pesquisadores. O encontro, Soluções inovadoras em nanotecnologia para a indústria catarinense, foi realizado no Centro de Eventos da FIESC, durante a quarta-feira, 5 de maio.
(mais…)

Tags: FapescFederação das Indústrias de Santa CatarinaLaboratório Interdisciplinar para o Desenvolvimento de NanoestruturasLindenpesquisa

Projeto Infravias promove demonstração da montagem de redes de infraestrutura

06/04/2016 16:05

Uma demonstração técnica da montagem dos painéis de plástico reciclado e das redes de infraestrutura do sistema Infravias será realizada nesta quinta-feira, 7 de abril, às 9h. O projeto é uma solução inovadora de redes de infraestrutura urbana e está em construção no Sapiens Parque, em Canasvieiras, com previsão de conclusão para o final de abril.

A montagem das estruturas   será aberta ao público e contará com a participação de gestores municipais de prefeituras da Grande Florianópolis, com representantes da Superintendência da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf) e técnicos e especialistas da área de planejamento urbano e construção civil.

Segundo o coordenador do projeto, o engenheiro civil Aloisio Pereira da Silva, “o objetivo do evento é proporcionar à comunidade técnica e ao público em geral a oportunidade de interagir com o projeto, pois além de conhecerem todas as etapas de montagem do sistema in loco, estes poderão contribuir de forma a agregar conhecimento ao processo”.

O projeto está sendo desenvolvido através de pesquisa de doutorado, envolvendo a Universidade Federal de Santa Catarina e o Texas A&M Transportation Institute, com o apoio do governo do Estado de Santa Catarina, através da Suderf, da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), e de parceiros públicos e privados.

O projeto Infravias propõe a criação de um modelo sustentável de redes para instalações de infraestruturas urbanas, que remove as tradicionais instalações, tanto aéreas quanto aquelas enterradas sob as ruas, concentrando‐as de forma inovadora sob as calçadas de pedestres. Uma das vantagens é evitar a quebra do pavimento e a interrupção do trânsito durante a construção, manutenção, operação e ampliação das redes urbanas. Além de organizar os serviços de gás, água, esgoto, energia elétrica e comunicações de forma sistemática, o projeto traz melhorias ao sistema viário, contribuindo para o bem estar e qualidade de vida da população.

Durante a demonstração, serão montados os compartimentos e sistemas que irão abrigar os fios e tubulações que formam as redes subterrâneas. Para o coordenador do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável da Grande Florianópolis (Plamus), Guilherme Medeiros, “a proposta de organização da infraestrutura subterrânea apresentada pelo Infravias é uma solução que irá facilitar a implantação e a manutenção do cabeamento e tubulações, de forma racional e com baixo custo. Além disso, proporciona a melhoria das condições da infraestrutura na superfície, especialmente para os pedestres e ciclistas. É uma metodologia inovadora, mas ao mesmo tempo bastante simples de ser adotada, que permitirá uma melhoria de qualidade em nossas cidades”, explica.

Interesse ambiental e de segurança

Um dos conceitos na área da sustentabilidade utilizados no projeto é o de “lixo zero”. No modelo piloto, a base das valas é coberta com brita reaproveitada de resíduos da construção civil, uma condição que apoia uma política adequada de destinação dos restos de material de obras, demolições e reformas em toda a região metropolitana. Já os painéis que formam o fundo e os compartimentos das valas técnicas são feitos de plástico reciclado, obtido a partir da transformação do lixo urbano, coletado e reprocessado, garantindo sustentabilidade e relevância do projeto.

O modelo propõe ainda o uso de pavers, que são facilmente removidos e reaplicados, evitando o desperdício de material e tornando desnecessária a utilização de ferramentas de corte e equipamentos de escavação, que apresentam riscos tanto para os trabalhadores quanto para as redes. Os compartimentos são assim preenchidos com areia, que pode ser retirada através de aparelhos de sucção e também reaplicada no local, contribuindo para a segurança e proporcionando menos impacto ambiental.

Além das calçadas, o projeto propõe que ciclovias possam abrigar sistemas subterrâneos como o esgoto, rede de água reciclada, adutoras e drenagem de água pluvial, encorajando o enfoque em transporte multimodal (pedestre, bicicleta e automóvel). A ciclovia, com separação física da rua através de um jardim, torna o deslocamento mais seguro, além de propiciar um ambiente mais bonito e agradável.

Aqui também o projeto prevê uma estrutura que recolhe, armazena e filtra as águas das chuvas, para seu uso ou devolução de água limpa à natureza. O modelo possibilita ainda o ordenamento e cadastro urbano, já que cada rede estará em uma posição definida e as operadoras terão conhecimento preciso de sua localidade. O sistema poderá ser complementado com galerias técnicas em concreto em locais de grande concentração de infraestrutura subterrânea e linhas de distribuição, principalmente em metrópoles.

Dada a relevância do tema, a ABNT iniciou, em janeiro de 2016, o projeto de norma brasileira de número 18:600.25‐001 ‐ Galeria Técnica Pré‐Fabricadas em Concreto para Compartilhamento de Infraestrutura e Ordenamento do Subsolo. A norma diz respeito à elaboração de regras para a fabricação de galerias técnicas em concreto para compartilhamento de infraestrutura e ordenamento do subsolo.

Mais informações no site.

Com informações da assessoria de comunicação do Infravias.

Tags: FapescInfraviasTexas A&MUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Professoras da UFSC participam de reunião para compor edital de apoio a periódicos científicos

21/03/2016 12:16

Um encontro entre editores científicos catarinenses e a Fundação de Apoio à Pesquisa e Tecnológica do Estado de Santa Catarina (Fapesc) com o intuito de discutir critérios de participação e subsídios para com compor um edital de apoio à revistas científicas catarinenses foi realizado no dia 2 de março.

O encontro reuniu membros da Universidade do Estado de Santa Catrina (Udesc), Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), Universidade Regional de Blumenau (Furb), Senac, Fapesc e representando a UFSC estavam as professoras Gleisy Fachin, coordenadora da Incubadora de Periódicos da UFSC,  e Rosângela Schwarz Rodrigues, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.

A reunião foi marcada após o XV Encontro Nacional de Editores Científicos (ENEC) realizado em novembro de 2015 em Florianópolis, com a organização da Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC). Durante o evento foi realizado o Primeiro Seminário Pró-periódicos Catarinenses com o objetivo de dar mais visibilidade aos periódicos da região. Cinco editoras dos principais portais periódicos do estado puderam apresentar ideias sobre gestão, os critérios de acesso das revistas aos portais, o tipo de suporte disponibilizado aos editores científicos, e o setor responsável pelos portais na instituição.

Mais informações no site.

Tags: AbecFapescperiódicos científicosUFSC

Prêmio de inovação recebe inscrições de acadêmicos até 31 de maio

01/03/2016 08:42

Até o fim de maio, acadêmicos universitários, alunos de cursos técnicos e estudantes de graduações em mestrado e doutorado têm a oportunidade de ver seu projeto reconhecido. Estão abertas as inscrições para a 5ª edição do Prêmio Ciser de Inovação Tecnológica e alunos que tenham uma proposta inovadora podem participar. Realizado a cada dois anos, o prêmio tem como objetivo estimular o tema da inovação no meio acadêmico, reconhecendo jovens talentos e aproximando a economia do mercado.

Os projetos inscritos deverão apresentar novos produtos, sistemas de fixação ou alterações em itens já existentes no mercado. Serão aceitas também propostas que visem melhorias nos processos de produção de elementos de fixação. Sendo coerente com a temática, o trabalho será avaliado em critérios como impacto inovador, aplicabilidade, viabilidade técnica, viabilidade de mercado e qualidade. Entre os projetos inscritos, a comissão julgadora irá selecionar os três melhores de cada categoria para que estes integrem a última etapa da avaliação: a defesa oral da proposta. Depois desta etapa serão definidos os ganhadores.

Os autores dos trabalhos classificados em primeiro, segundo e terceiro lugar receberão premiações em dinheiro, troféus e certificados, assim como o professor orientador de cada projeto. A divulgação dos vencedores ocorre no dia 25 de agosto, data do evento de premiação. A inscrição dos projetos deve ser feita pelo site www.premiociserdeinovacao.com.br até 31 de maio. No site, também é possível ter acesso ao regulamento completo.

O Prêmio Ciser de Inovação Tecnológica conta com o apoio de entidades ligadas à inovação, como o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), Fapesc e Anpei.

Com informações da assessoria de imprensa da Ciser.

Tags: AnpeiFapescMinistério da Ciência e TecnologiaPrêmio Ciser de Inovação TecnológicaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC na mídia: UFSC Joinville terá projeto apoiado pelo Fundo Newton e pela Fapesc

29/02/2016 08:12

Um projeto no setor ferroviário submetido por pesquisadores da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), campus Joinville, em parceria com a Universidade de Newcastle. Este e outros cinco projetos de Santa Catarina foram selecionados por meio da FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina) em edital internacional no âmbito do Fundo Newton. A chamada Fellowships, Research Mobility and Young Investigator foi lançada em 2015 pelo Research Council do Reino Unido, em parceria com o CONFAP (Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa).

Intitulado “Um método sistemático para a concepção de serviços ferroviários para ferrovias regionais, incorporando transferência e aplicação de novas tecnologias para o transporte de passageiros e carga”, o estudo tem o objetivo de iniciar e estabelecer uma parceria de longa duração em pesquisa ferroviária entre a Universidade de Newcastle e a UFSC Joinville.
(mais…)

Tags: campus joinvilleComissão Eleitoral de Entidades Representativas da Universidade Federal de Santa CatarinaConfapConselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à PesquisaFapescFundo NewtonUFSCufsc na mídia

Seis projetos da UFSC selecionados em chamada do Fundo Newton

15/02/2016 08:47

Seis projetos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foram contemplados em chamada do Fundo Newton, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). Os pesquisadores vão desenvolver estudos conjuntos com britânicos, que vêm ao Brasil por períodos que variam de duas semanas a quatro anos. A chamada Fellowships, Research Mobility and Young Investigator foi lançada em 2015 em parceria com as Academias Britânicas no escopo do Fundo Newton.

Ao todo, foram submetidas 96 propostas, das quais 55 serão financiadas. O coordenador de Área Internacional do Confap, Mario Neto Borges, considera este um número elevado de propostas contempladas, representando 57% do total. As 41 propostas restantes não serão financiadas por alguma das seguintes razões: não se enquadraram; não foram recomendadas no mérito; ou ultrapassaram o limite de recursos que a FAP destinou para esta chamada. Ao todo, 17 FAPs estiveram envolvidas na chamada, sendo que 11 delas tiveram projetos selecionados em seus estados e vão dar contrapartida aos valores investidos pelo Fundo Newton.

São três as modalidades de auxílio: Fellowships, Research Mobility Grants, e Young Investigator Grants (esta última apenas no estado de São Paulo). As áreas de pesquisa atendidas foram: Engenharias, Ciências Naturais, Humanas, Sociais e Médicas (incluindo pesquisa clínica e orientada a pacientes). O início das atividades contempladas será em março.

A chamada foi lançada em julho de 2015 e encerrou a submissão de propostas em outubro. Devido à grande quantidade de projetos, houve atraso na divulgação dos contemplados, anteriormente prevista para dezembro de 2015.

Confira os nomes dos contemplados de Santa Catarina, seus parceiros de pesquisa e os títulos dos projetos:

Rodrigo Castelan Carlson (UFSC)  – Konstantinos Ampountolas (University of Glasgow) – Cooperative and Flexible Public Transportation Systems (CFPTS).

Moisés Ferber de Vieira Lessa (UFSC) – David W P Thomas (University of Nottingham) – Enabling the Smart Grid through optimization of the power quality of distributed and renewable generation.

Yesid Ernesto Asaff Mendoza  (UFSC) – Marin Varbanov Marinov (Newcastle University ) – A Systematic Method for designing Rail Services for Regional Rail Networks, incorporating Transfer and Application of New Technologies for both passengers and freight.

Mario Antonio Ribeiro Dantas (UFSC ) – Marcos A Rodrigues (Sheffield Hallam University) – Secure Cloud Access infrastructure and regional innovation support.

Rogerio Gomes de Oliveira (UFSC ) – Huashan  Bao (Newcastle University) – Multiple effects and multiple stages chemisorption heat pump for solar thermal energy storage.

Mailce Borges Mota (UFSC) – Ali Mazaheri e Katrien Segaert (University of Birmingham) – Syntactic processing and the development of reading and writing skills: and EEG study with Brazilian chil.

Com informações de Jessica Trombini/Fapesc

Tags: FapescFundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa CatarinaFundo NewtonnewtonNewton FundUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Grupo de pesquisadores da UFSC estuda disseminação do HIV no Sul do país

18/01/2016 10:00

Um grupo de oito pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) estudou nos últimos dois anos a dinâmica de disseminação do HIV e suas rotas de dispersão na região Sul do Brasil. Eles caracterizaram a epidemia do HIV quanto aos subtipos que circulam pela região, gerando informações que vão auxiliar na escolha dos medicamentos antirretrovirais e que poderão ser utilizadas na saúde pública. Dados divulgados pelo Ministério da Saúde em dezembro de 2015 mostram que, apesar de a incidência de aids no Sul ter se mantido estável nos últimos, a região ainda possui o maior índice de detecção a cada 100 mil habitantes: 31,1 casos, bem acima da média brasileira, com 20,5 casos/ 100 mil habitantes. Santa Catarina é 3º estado com a maior taxa de aids, atrás apenas do Amazonas e do Rio Grande do Sul.

O estudo pode influenciar o direcionamento de campanhas públicas a públicos-alvo específicos para diminuir a transmissão do vírus e conter o avanço de novos casos, além de facilitar a identificação de fatores de risco ligados à infecção pelo HIV. “Investigações quanto à origem, disseminação e transmissão do HIV poderão garantir formas de beneficiar a saúde pública, caracterizando os principais pontos de transmissão, incluindo as cidades com importantes focos de disseminação, o comportamento de risco e a idade com o maior risco de infecção”, diz o coordenador da pesquisa, Aguinaldo Pintomapa expansao subtipo c

O HIV é classificado em tipos, grupos, subtipos e formas recombinantes que se distribuem de maneira heterogênea na população mundial. No Brasil e na maioria dos países dos continentes americano e europeu, o HIV-1 subtipo B predomina; no entanto, na região Sul existe alta prevalência do subtipo C, uma forma viral de alta incidência mundial e atualmente responsável por mais da metade das infecções por HIV no mundo. “A epidemia do HIV-1 no Sul do Brasil é diferente da no resto do país. Principalmente em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, mas também em menor escala no Paraná, o HIV-1 subtipo C é muito prevalente”, relata o professor.

Os dados da pesquisa demonstram que a epidemia do HIV-1 subtipo C está em expansão pelo país, e seus dados são corroborados por outros estudos que encontraram uma crescente prevalência do subtipo também nas regiões Centro-Oeste e Sudeste. “Acreditamos que nossa pesquisa chama a atenção para a ascensão dessa nova forma do HIV-1 no Brasil e também contribui para identificar grupos que podem ser alvos de campanhas de saúde para prevenir a rápida disseminação do subtipo C”, afirma Aguinaldo.

A principal contribuição da pesquisa está na identificação de grupos que podem ser alvos de campanhas de saúde para prevenir a rápida disseminação do subtipo C. “No estado de Santa Catarina, observamos que a epidemia do HIV-1 apresenta dois padrões distintos. Pessoas heterossexuais se infectam mais frequentemente com o HIV-1 subtipo C, enquanto homens que fazem sexo com homens (HSH) são mais infectados pelo subtipo B”, explica o coordenador da pesquisa. Os resultados podem ser uma evidência de que o subtipo C esteja promovendo um crescimento maior da epidemia entre heterossexuais, podendo ser este um ponto de ação de campanhas de prevenção à Aids. A segregação da epidemia está relacionada com o fato de heterossexuais e HSH comporem diferentes redes de transmissão do vírus, que não se comunicam eficientemente. “Isso significa que, no passado, o subtipo B foi introduzido em uma rede HSH; e o subtipo C, em uma rede heterossexual, mantendo-se ‘separados’ até hoje.”

boletim hiv ministério da saude Os estudos em epidemiologia molecular, como o projeto coordenado pelo professor Aguinaldo, buscam descrever com mais detalhes o processo de disseminação de epidemias. Liderado pela UFSC, o estudo contou também com a participação de pesquisadores da Fundação Estadual de Pesquisa e Produção em Saúde – RS (FEPPS), permitindo o recrutamento de voluntários do interior gaúcho e catarinense para realizar a pesquisa. Ao todo participaram 300 voluntários, de 14 cidades, sendo sete catarinenses: Criciúma, Blumenau, Itajaí, Chapecó, Joinville, Lages e Florianópolis.

A pesquisa contou com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), da Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde por meio do PPSUS, o Programa de Pesquisa para o Sistema Único de Saúde. O projeto foi selecionado na chamada de 2012, e está em fase de conclusão.

Este financiamento permitiu a formação de recursos humanos de excelência, uma vez que possibilitou a obtenção de reativos necessários para os experimentos realizados por diversos alunos”, relata o professor Aguinaldo. O pesquisador Tiago Gräf, por exemplo, realizou sua tese de doutorado em um tema relacionado ao projeto, e conduziu parte das análises no Rega Institute, ligado à KU Leuven University, da Bélgica. O estágio na Bélgica, apoiado pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), permitiu que fosse realizada uma análise refinada das informações obtidas dos voluntários do estudo.

Texto: Jéssica Trombini – Coordenadoria de Comunicação da Fapesc

 

Tags: FapescFEPPSHIVHIV-1HSHPrograma de Pesquisa para o Sistema Único de SaúdeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Evento aponta oportunidades de financiamento e pesquisa na Europa

24/11/2015 11:14

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), juntamente a Euraxess Links Brazil, com o apoio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação da UFSC, organizou o Destination Europe, uma sessão informativa sobre oportunidades de financiamento e suporte a pesquisadores, nesta terça-feira, 17 de novembro. O evento ainda reuniu representantes de outras instituições que fomentam o intercâmbio na área de pesquisa.

O auditório Luiz Antônio Teixeira (Teixeirão), do Centro Tecnológico (CTC) teve lotação máxima e o encontro contou com a presença de alunos, docentes, técnicos e membros dos programas de pós-graduação. Também estiveram presentes representantes do Conselho Europeu de Pesquisa (ERC) e das Ações Sklodowska-Curie (MSCA).

Pesquisadores de todas as áreas são contemplados com programas de intercâmbio. Os documentos que mostram como os pesquisadores podem se candidatar à vaga estão disponíveis neste link.

Tags: Destination EuropeFapescUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Laboratório de Camarões Marinhos recebe nova conexão de internet

15/10/2015 09:22

A SeTIC comunica que em maio de 2015 foi instalada nova conexão de internet no Laboratório de Camarões Marinhos (LCM) do Centro de Ciências Agrárias (CCA), aumentando a velocidade de 10 Mbps para 20 Mbps. Esta nova capacidade teve sua homologação concluída em setembro e proporcionará melhor acesso à redeUFSC e Internet pelos usuários.

Este é o resultado de uma parceria entre SeTIC/UFSC e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), apoiados pelo PoP-SC/RNP (Rede Nacional de Pesquisa). A conexão é financiada pela Fapesc dentro do projeto da Rede Catarinense de Ciência e Tecnologia (RCT).

 

Tags: CCACentro de Ciências AgráriasFapescinternetLaboratório de Camarões MarinhosLCMSeTICUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina
  • Página 1 de 4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4