UFSC e Epagri lançam vídeo de animação infantil sobre o solo

05/06/2024 13:40

Com o intuito de despertar a curiosidade sobre os conceitos de biodiversidade, solos e biomas, o Centro de Ciências Agrárias (CCA) e o curso de Animação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) adaptaram o livro infantil Começo meio e fim: o solo é assim para um vídeo de animação voltado a crianças de 6 a 11 anos. A publicação original é fruto de uma parceria entre pesquisadores do CCA e da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). O vídeo de animação foi lançado oficialmente nesta quarta-feira, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, nos canais do YouTube do CCA e da Epagri.

A iniciativa busca introduzir de forma lúdica os principais solos dos biomas latino-americanos, despertar o interesse das crianças sobre o mundo abaixo de seus pés e propagar conceitos da biodiversidade, informam os organizadores. Com as ferramentas da animação, foi produzida uma narrativa educativa, com recursos visuais capazes de traduzir conceitos técnicos em uma linguagem acessível.

Na obra, a história é protagonizada pelo pequeno indígena Ibiacy e seu amigo Tucan, um tatu-canastra. Juntos, eles embarcam em uma aventura para explorar os solos e biomas da América Latina e do Caribe. A história original está no livro publicado em parceria entre UFSC e Epagri em 2023. A publicação está acessível gratuitamente.
(mais…)

Tags: animaçãoCentro de Ciências AgrágriasCentro de Ciências Agrárias (CCA)curso de animaçãoDia Mundial do Meio Ambienteeducação infantilEpagrilivroparceriaprojeto de extensãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Dia mundial das abelhas: pesquisas da UFSC valorizam espécies nativas sem ferrão

20/05/2024 08:06

O dia 20 de maio foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Dia Mundial das Abelhas, uma data para destacar a importância da polinização para o desenvolvimento sustentável e produção de alimentos. Quase 90% das espécies de flores silvestres dependem dos polinizadores, assim como 75% das plantações de alimentos. A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio de diversos projetos de pesquisa e extensão, programas de pós-graduação, laboratórios e iniciativas, participa dos esforços de preservar e tornar cada vez mais conhecidos esses importantes agentes de polinização.

 

Deus salve as abelhas

 

UFSC já catalogou mais de 300 espécies em Santa Catarina, indicando que abelhas nativas sem ferrão possam ser a chave para sustentabilidade ambiental

Acesse esta matéria em formato multimídia pelo site UFSC Ciência

Em 1977 era apresentado ao mundo um dos personagens mais icônicos dos desenhos infantis — o Ursinho Pooh, que sempre entrava nas mais inimagináveis confusões para saciar sua fome de mel. Quinze anos depois, em 1992, o Candyman era responsável por aterrorizar qualquer um que dissesse seu nome cinco vezes na frente de um espelho. Dezembro de 2007 marcou o clássico animado Bee Movie, no qual acompanhamos a abelha Barry se revoltar contra os humanos na tentativa de recuperar seu precioso mel. O que torna esses filmes e personagens comuns entre si é a presença caricata das abelhas — simpáticos insetos coloridos de listras pretas e amarelas, pequenas asas, temperamento forte e, é claro, o mel.

Bugias são abelhas nativas cada vez mais raras na natureza. (Foto: Letícia Schlemper de Souza Gonçalves)

Abelhas europeias, ou africanizadas, da espécie Apis mellifera, foram trazidas do continente europeu e introduzidas no Brasil no século XIX e desde então dominam a economia. Em 2021, houve recorde de produção, com 55,8 mil toneladas de mel, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Estudos das Abelhas (A.B.E.L.H.A.). Essas abelhas não somente são usadas na produção de mel, como também na agricultura, para ajudar no processo de polinização dos campos. Dados fornecidos pelo Censo Agropecuário do IBGE e pelo Atlas da Apicultura no Brasil apontam que existem mais de 100 mil estabelecimentos que fazem uso da apicultura, distribuídos entre todos os 26 estados e Distrito Federal. Porém,  sendo uma espécie exótica no nosso país, essas abelhas competem com outros polinizadores nativos para produzir alimento. 

A biodiversidade desempenha um papel vital em nosso ecossistema, e as abelhas desempenham um papel especialmente significativo nesse equilíbrio. E assim como destaca o nome do single da banda catarinense Exclusive os Cabides, é de extrema importância a preservação desses polinizadores. Embora a situação atual das abelhas no país possa ser considerada estável, é crucial concentrar esforços de conservação em tipos específicos de abelhas. Surge a pergunta: ao clamarmos “Deus Salve as Abelhas”, qual subespécie ou variedade de abelhas merece uma atenção mais dedicada na busca pela preservação da biodiversidade?

(mais…)

Tags: abelhas nativas sem ferrãoabelhas sem ferrãoCCACCBCidade das AbelhasEpagriEpagri/CiramLaboratório de Abelhas Nativas da UFSC (LANUFSC)Laboratório de Química de AlimentosLabQAMeliponiculturaNúcleo de Educação Ambiental (Neamb)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pesquisa da UFSC sobre batata-doce impulsiona projeto alimentício no nordeste baiano

27/02/2023 14:37

A tecnologia de uma tese de doutorado aprovada pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos (PPGCAL), do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fará com que batatas-doces biofortificadas, registradas pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Santa Catarina (Epagri), em breve estejam ao alcance do consumidor. A biofortificação de alimentos consiste em uma técnica de melhoramento genético convencional, em que se realiza seleção e cruzamento de plantas da mesma espécie, buscando gerar plantas mais nutritivas. A tese de doutorado de Cláudio Eduardo Cartabiano Leite foi responsável por orientar o plantio desses novos cultivares na cidade de Nova Soure, localizada no nordeste baiano. Em longo prazo, a plantação do legume complementará a alimentação de estudantes da rede municipal da região.

(mais…)

Tags: BahiaBatata-docedoutoradoEpagriUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Professores da UFSC colaboram na produção de livro sobre variedades de uvas viníferas no estado

24/09/2021 15:50

Uma parceria entre a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a Fundação Edmund Mach de Trento na Itália, a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) e produtores catarinenses possibilitou a realização de testes com 36 variedades de uvas viníferas em quatro locais de diferentes regiões de altitude do estado. A pesquisa, que avaliou o potencial da produção de vinho de qualidade de cada variedade, resultou no livro Potencial de variedades de uvas viníferas nas regiões de altitude de Santa Catarina, disponível para download gratuito.

Os resultados apresentados caracterizam-se como um marco histórico na avaliação da aptidão do estado de Santa Catarina para a produção de vinhos finos. Dentre os pesquisadores responsáveis pela coleta de informações e conhecimentos científicos, os engenheiros-agrônomos e professores da UFSC Alberto Fontanella Brighenti e Aparecido Lima da Silva se destacam entre os organizadores da obra. O trabalho levou 15 anos para ser concluído e possibilitou o reconhecimento internacional do estado como produtor de vinhos finos de qualidade. 

Além disso, a parceria entre instituições e produtores proporcionou novos conhecimentos no sistema de produção a campo, investimentos em modernização da infraestrutura de vinificação e formação de competência humana pela qualificação de professores, pesquisadores e estudantes. O livro descreve as 36 variedades de uvas testadas, os aspectos socioeconômicos, incluindo solo, clima e fisiologia da produção de uva a campo e a avaliação enológica das diferentes variedades nas regiões de altitude de Santa Catarina.

Tags: CCACentro de Ciências AgráriasEpagriFundação Edmund Mach de Trentoprodução de vinhosprofessores UFSCvitivinicultura

Secretaria de Inovação participa de workshop sobre núcleos de inovação tecnológica 

19/05/2021 16:37

Na manhã desta quarta-feira, 19 de maio, a Secretaria de Inovação (Sinova) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) participou do workshop Organização e gestão de núcleos de inovação tecnológica (NITs), promovido pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). O evento reuniu 47 pessoas – entre gerentes de unidades de pesquisa e NITs convidados e o colegiado do NIT da Epagri –, para trocar experiências na condução de núcleos de inovação.

No evento, o secretário de Inovação da UFSC, Alexandre Moraes Ramos, apresentou o planejamento estratégico da Sinova, tendo por base as operações de gestão da propriedade intelectual, transferência de tecnologia e gestão de contratos. Além disso, também foram foco da apresentação, a equipe da Sinova e suas competências, o programa de compliance da secretaria, o Comitê de Inovação da UFSC, e cases de sucesso, com destaque para pequenas empresas de Santa Catarina como a Ypy (composto alimentar) e a Bioart (produtora do primeiro protetor solar vegano do mundo).

Tags: EpagriSinovaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Gigante na Maricultura: produção da macroalga traz benefícios ao meio ambiente e ao produtor

22/01/2021 15:29

A macroalga Kappaphycus alvarezii é pesquisada na UFSC há mais de 10 anos. Foto: Divulgação

Mesmo sendo 2020 um ano em que a pandemia de Covid-19 paralisou muitas atividades econômicas, em se tratando da produção da macroalga Kappaphycus alvarezii houve dois avanços importantes. Em meio a tantas notícias nada animadoras para alguns setores estratégicos em Santa Catarina, este pode comemorar a liberação e a regularização, por parte dos órgãos ambientais e de fiscalização, do cultivo comercial dessa espécie no litoral catarinense.

Os dois marcos ocorreram, respectivamente, nos meses de fevereiro e de dezembro, e são os fundamentos legais para que a macroalga desponte como uma nova alternativa de renda aos maricultores da região, ao lado da reconhecida produção de ostras, mexilhões e vieiras. A emergência sanitária não interrompeu o trabalho de pesquisa realizada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) há mais de uma década e é essa história, cujo desfecho já foi antecipado, que será contada a seguir.

A pesquisa

A macroalga foi introduzida no Brasil, em 1994, pelo professor da Universidade de São Paulo (USP) Edison José de Paula, que trouxe um clone da espécie proveniente do Japão. O desafio da sua pesquisa era suprir a ausência de uma espécie nativa economicamente viável para a Maricultura. Os primeiros experimentos foram realizados no município de Ubatuba, no litoral paulista, e, concomitantemente, buscava-se a legalização desse tipo de cultivo no país.
(mais…)

Tags: CCADepartamento de AquiculturaEpagriLeila HayashiMacroalgamacroalga Kappaphycus alvareziimariculturaUFSC

Semana do Alimento Orgânico começa nesta quarta-feira, no CCA

31/05/2017 09:19

 

A Semana Nacional do Alimento Orgânico, que começou na quarta, 24 de maio em todo o Brasil chega ao Centro de Ciências Agrárias da UFSC no dia 31 de maio com debates, palestras, oficinas e celebrações. A data marca também a comemoração dos 27 anos de fundação do Cepagro, ONG sediada no CCA e que trabalha pela promoção da agroecologia em comunidades do campo e da cidade.

Durante a manhã e tarde do dia 31 de maio, o Hall do CCA estará ocupado com a Mostra Cepagro Fora de Casa, com banners, vídeos, publicações e fotos do trabalho da entidade ao longo de mais de duas décadas. Na hora do almoço, entre uma apresentação musical e outra da Hora Feliz do CCA, estarão presentes profissionais que começaram sua trajetória no Cepagro, contando suas experiências na ONG.  

Na 5ª feira, 1 de junho, o Auditório darFiesc recebe, a partir das 9h, o Seminário sobre Qualidade dos Produtos Orgânicos em Santa Catarina, com apresentação dos resultados de monitoramento de alimentos orgânicos e de um questionário sobre alimentos orgânicos pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). À tarde, ainda na Fiesc, haverá palestras sobre Qualidade do Alimento Orgânico e Segurança Alimentar, com a nutricionista Elaine de Azevedo e sobre a Relação Produtor e Consumidor no Mercado dos Orgânicos, com o Prof. Oscar José Rover, coordenador do Laboratório de Comercialização da Agricultura Familiar da UFSC. Agricultores e agricultoras da Rede Ecovida de Agroecologia também estarão presentes para falar sobre seu trabalho na produção orgânica, a partir das 15h50.

Fechando a Semana, no dia 2 de junho, a edição festiva da Feira Orgânica do CCA – que acontece todas as sextas no estacionamento do Campus Itacorubi – traz degustação de receitas preparadas por ecochefs Slow Food e da erva mate orgânica Catanduvas, distribuição de sementes, oficinas e visitas guiadas com o grupo Horta Orgânica do CCA (Hocca). Estarão presentes os parceiros e parceiras da Revolução dos Baldinhos e da Horta Comunitária do Parque Cultural do Campeche (Pacuca), além de agricultoras e agricultores do Núcleo Litoral Catarinense da Rede Ecovida de Agroecologia. Além do Grupo Flor do Fruto de Agroecologia, haverá outros grupos de agricultores e agricultoras ofertando seus alimentos na Feira neste dia. Ao meio-dia, o Trio Papadu apresenta seu repertório de jazz, swing e improvisação para animar a celebração dos 27 anos do Cepagro.  

Mais informações:
Cepagro – comunicacao@cepagro.org.br

(mais…)

Tags: CCACentro de Ciências AgráriasCidascEpagriorgânicosUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Jornada sobre Acidificação dos Oceanos promovida pela UFSC ocorre de 5 a 8 de junho

26/05/2017 08:06

A Jornada sobre Acidificação dos Oceanos, evento inserido no cenário mundial, tem por objetivo trazer para a comunidade a questão da acidificação oceânica, tópico recente, cujo conhecimento até então transita apenas pelos meios acadêmicos. Em Santa Catarina a relação desta ameaça com a aquicultura, pesca e turismo, eleva a responsabilidade para informar e discutir iniciativas que elevem a resiliência da comunidade.

A semana de eventos para a elucidação desta questão ambiental, ocorre de 5 a 8 de junho em diferentes espaços de Florianópolis, como o auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da UFSC. A abertura da Jornada ocorre dia 5, às 9h, no auditório da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

O evento contará com palestrantes internacionais e grupos de discussão diversos, com o intuito de aproximar os saberes acadêmicos da sociedade em geral, contribuindo com mais incentivos para futuras tomadas de decisão de âmbito econômico-social e ambiental. O evento é uma realização da UFSC, em parceria com a Rede Brasileira de Pesquisas sobre Mudanças Climáticas Mundiais (Rede Clima), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), subredes e Epagri.

As vagas para participação no evento são limitadas, e as inscrições devem ser feitas no site.

 

 

 

Tags: CFHEpagriInstituto Nacional de Pesquisas EspaciaisJornada sobre Acidificação dos OceanosRede CLIMAsemana dos oceanosUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Programa de Pós-Graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturais promove aula inaugural

04/05/2017 15:34

Aula inaugural da segunda turma do Programa de Pós-graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturais. Foto: Divulgação

No dia 27 de abril ocorreu a aula inaugural da segunda turma do Programa de Pós-Graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturais (PPGEAN). O evento foi realizado no auditório do bloco CBS-01, do Campus Curitibanos, e foi realizado por Paulo Roberto Lisboa Arruda, diretor de Extensão Rural da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

Durante a apresentação, cujo tema foi “Possibilidade de Interação entre a Extensão Rural e a Pesquisa Agropecuária no Estado de Santa Catarina”, Arruda destacou as principais atividades da Epagri na pesquisa e na extensão rural. Enfatizou a importância da dependência entre ensino, pesquisa e extensão – sendo este um ponto em comum entre as atividades da Epagri e da UFSC. O palestrante ressaltou ainda o desafio de “produzir alimentos em quantidade, qualidade, saudáveis, que respeitem a natureza, o homem e que tragam retornos”.  que está intimamente relacionado com as ações de pesquisa do PPGEAN na integração entre os sistemas agrícolas e naturais visando aprimorar a produção e promover a conservação em busca do desenvolvimento sustentável.
(mais…)

Tags: Campus de CuritibanosEpagriExtensão RuralPaulo Roberto Lisboa ArrudaPesquisa AgropecuáriaPós-graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturaissistemas agrícolasUFSC

Abertas inscrições para seminários sobre Homeopatia na Agropecuária Orgânica e Epigenética

18/10/2016 10:34

convite homeopatiaCONVITEEPIGENETICAO curso de Mestrado Profissional em Agroecossistemas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promoverá os 18º Seminário Brasileiro sobre Homeopatia na Agropecuária Orgânica e 3º Seminário Brasileiro sobre Epigenética, Ambiente e Qualidade de Vida. Os seminários serão realizados no dia 25 de outubro, com abertura às 8h e às 14h, respectivamente, no auditório da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), localizada no bairro Itacorubi, em Florianópolis. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo e-mail mp.ppga@contato.ufsc.br.

O professor do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa (UFV), Vicente Casali, participará dos eventos, que contam com o apoio do Laboratório de Parasitologia Animal, Núcleo de Agroecologia e Laboratório de Educação no Campo e Reforma Agrária (Lecera) da Universidade. Os participantes terão direito a certificado.

Mais informações pelos telefones (48) 3721-5341.

Tags: agropecuária orgânicaEpagriEpigenéticahomeopatiaPPGASemináriosUFSCUFV

Inscrições para Semana da Agronomia até 21 de setembro

14/09/2016 08:11

A Semana da Agronomia será realizada entre os dias 26 e 30 de setembro no auditório da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), localizado à Rodovia Admar Gonzaga, nº 1347, no bairro Itacorubi, em Florianópolis. As inscrições podem ser feitas até o dia 21 de setembro com os membros da comissão, formada por alunos da 8ª e 9ª fase da Agronomia, no hall do CCA entre meio-dia e 13h30.

O evento acadêmico do Centro de Ciências Agrárias da (CCA) contará com palestras e outras atividades sobre assuntos que relacionados ao setor. O tema proposto em 2016 é “Agricultura Brasileira: Dificuldades e Desafios”, cujo objetivo é apresentar os principais problemas e desafios do atual cenário agrícola brasileiro.

Mais informações no evento do Facebook: https://www.facebook.com/events/1160387410701199/

 

Tags: CCAEpagriSemana da AgronomiaUFSC

Evento internacional discutirá redução das emissões de metano

06/02/2014 14:35

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) integra a organização do workshop internacional “Redução das Emissões de Metano, boas práticas, oportunidades para aproveitamento e mitigação na agricultura e pecuária intensiva, no tratamento de efluentes, nos Resíduos Sólidos Municipais – RSM”, juntamente com a Global Methane Initiative (GMI), Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) e Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc). O evento será realizado nos dias 12 e 13 de março, na Alesc.

Os participantes terão a oportunidade de conhecer e aprender estratégias de especialistas globais para a mitigação e redução das emissões de metano, e assim poder contribuir com a preservação do meio ambiente e futuro do planeta.
(mais…)

Tags: ALESCemissão de metanoEpagriFatmaGlobal Methane InitiativeUFSCworkshop internacional

Segunda fase do projeto sobre uso sustentável da água em SC será apresentado nos dias 16 e 17 de maio

13/05/2013 17:43

A apresentação da segunda edição do “Projeto Tecnologias Sociais para a Gestão da Água (TSGA) em Santa Catarina”, coordenado pelo professor da UFSC Paulo Belli Filho, será realizada nos dias 16 e 17 de maio, no Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental no Centro Tecnológico (CTC). O evento é gratuito é aberto à comunidade.

O objetivo geral do projeto “Tecnologias Social para a Gestão da Água – Fase II” é proporcionar o uso sustentável da água, através do apoio à capacidade de gestão local de comunidades de bacias hidrográficas em Santa Catarina (SC), integrado à disseminação e implementação de práticas de produção de alimento e saneamento básico do meio rural, como tecnologia social e a consolidação de estruturas permanentes.

(mais…)

Tags: CTCEpagrifapeuFase IIPrograma Petrobras AmbientalProjeto Tecnologias Sociais para a Gestão da Água (SCTSGAUFSC