Feira do Livro da EdUFSC no Centro de Cultura e Eventos tem descontos de até 70%

02/08/2017 08:49

Começou nesta segunda-feira, 31, no Centro de Cultura e Eventos, a Feira do Livro 2017/2 da Editora da UFSC. Na programação do evento, que vai até o dia 6 de setembro, sessões de autógrafos e a exposição “Caminhos do Conhecimento”, composta de um conjunto de banners de capas de livros publicados nos últimos dois anos.

“A Feira inova promovendo o espaço físico da EdUFSC no Centro de Cultura e Eventos, promove e consolida a importância da Editora estar localizada num espaço central da universidade e ratifica a parceria com outros setores da instituição na promoção e divulgação da produção científica da UFSC, de seus servidores docentes e técnicos, nas diversas áreas do conhecimento”, ressalta a professora Gleisy Fachin, diretora da EdUFSC.

Nesta segunda edição serão disponibilizados aproximadamente 450 títulos publicados pela EdUFSC com descontos de até 70 por cento. Mais informações e novidades da feira no facebook da editora.

Serviço:

O quê: Feira do Livro 2017/2

Quando: de 31/07 até 06/09

Onde: Livraria da EdUFSC, Centro de Cultura e Eventos da UFSC

 

Tags: 70%Editora da UFSCEdUFSCFeira do LivroLivros

Biblioteca Universitária promove programação especial para dia dos namorados

02/06/2017 08:06

A Biblioteca Universitária (BU) está organizando uma programação especial em comemoração ao dia dos namorados, com exibição de filmes e o sorteio de um jantar romântico.

De 5 a 9 de junho, às 12h30, serão exibidos filmes do projeto “Livros, Câmera, Ação!”, no auditório Elke Hering. Além disso, a BU vai sortear um jantar romântico em um restaurante na Avenida Madre Benvenuta, no bairro Santa Mônica. Para participar da promoção é necessário seguir as instruções que estão na página da BU no Facebook.

Confira a programação completa da exibição de filmes:

Segunda-feira, (5/6) – Casablanca, de Michael Curtiz (1942)

Terça-feira (6/6) – Romance, de Guel Arraes (2008)

Quarta-feira (7/6) – Três Vezes Amor, de Adam Brooks (2008)

Quinta-feira (8/6) – Avassaladoras, de Mara Mourão (2002)

Sexta-feira (9/6) – Titanic, de James Cameron (1998)

Mais informações no Facebook.

 

Tags: AçãoBiblioteca UniversitáriaCâmeraLivrosUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC recebe comissão Qualis-CAPES/livros da área de Comunicação e Informação

26/04/2017 15:26

Nesta quarta-feira, 26 de abril, estiveram na Biblioteca Universitária (BU/UFSC) 16 especialistas da área Comunicação e Informação para avaliar os livros das áreas e atribuir valores de L4 a L1. A Reunião da Comissão Qualis Livros da área de Comunicação e Informação da Capes ocorre até esta sexta, 28 de abril. O processo de avaliação contempla cerca de 3 mil livros de 66 programas de pós-graduação brasileiros das áreas de Comunicação, Ciência da Informação, Museologia, Arquivologia e Biblioteconomia.

Os livros enviados pelos programas correspondem à produção científica dos docentes no período de 2013 a 2016. É um acervo valioso e atualizado, que ficará à disposição da comunidade universitária na biblioteca.

Coordenação da comissão:

Mauricio Lissovsky (UFRJ) – Coordenador da Área de Comunicação e Informação da Capes

Marisa Bräscher (UFSC) – Coordenadora Adjunta da Área de Comunicação e Informação da Capes

Gisela Eggert-Steindel (UDESC)- Coordenadora de Mestrados Profissionais da Área de Comunicação e Informação da Capes

Professores convidados:

Gislene da Silva (UFSC)

Paula Sibilia (UFF)

Fernanda Bruno (UFRJ)

Fabricio Lopes da Silveira (UNISINOS),

Greiner Christine (PUC/SP),

Eduardo Cunha Morettin (USP)

Osmar Goncalves (UFC)

Maria Ataide (UFPA)

Bruno Leal (UFMG)

José Augusto Guimarães (UNESP)

Brigida Cervantes (UEL)

Icleia Thiesen (UNIRIO)

Julibio David Ardigo (UDESC)

Tags: avaliaçãoBiblioteca UniversitáriaBUcapesLivrosQualisQualis LivrosUFSC

‘Violência e verdade: notas sobre a intolerância’ é tema de aula inaugural na UFSC

09/03/2015 14:53

O Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFSC promove aula inaugural nesta quarta-feira, 11 de março, às 14 horas, no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH). Com o tema “Violência e verdade: notas sobre a intolerância”, será ministrada pelo professor José Newton Garcia de Araújo, da PUC – Minas Gerais e membro do Centre Internacional de Reserche, Formation et Intervention em Psychosociologie, na França.

O evento contará com lançamento de livros e coffee break.

Livros:

– Psicologia Social e Trabalho: perspectivas críticas (Maria Chalfin Coutinho, Odair Furtado, Tania Regina Raitz – Organizadores)

– Violências e Figuras Subjetivas – Investigações acerca do mal incontrolável (Mériti de Souza, Francisco Martins, José Newton Garcia de Araújo – Organizadores)

– Vygotski: contexto, contribuições à psicologia e o conceito de zona de desenvolvimento proximal (Andréa V. Zanella)

– Polícia Federal: retratos de vidas e carreira. (Dulce Helena Penna Soares, Marilaine B. de Freitas Lima – Organizadores)

Mais informações com a professora Mériti de Souza, ramal 9984.

convite-aula

Tags: aula inauguralLivrosPrograma de Pós-Graduação em PsicologiaUFSC

Feira da EdUFSC abre dia 18 com descontos de 30% a 70% no Centro de Convivência

14/03/2013 12:19

Foto: Wagner Behr/Agecom/arquivo 2012

Consolidada como evento cultural e já integrada ao calendário do Estado, a tradicional Feira do Livro da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC ) começa , oficialmente, segunda-feira, dia 18, no Centro de Convivência, no Campus da Trindade, em Florianópolis. A solenidade de abertura, às 10 horas, deverá ser prestigiada pela reitora Roselane Neckel. A feira terá como patrono Franklin Cascaes, falecido no dia 15 de março de 1983, portanto, há 30 anos. Durante três semanas, além de lançamentos e conversas com escritores, a editora  oferecerá 600 títulos e seis mil livros do seu catálogo com descontos de 30% a 70%. Outros quatro mil títulos disponibilizados são oriundos de outras editoras universitárias e privadas. “O principal critério para participar é a qualidade da publicação”, esclarece Sérgio Medeiros, diretor executivo da EdUFSC. A feira coincide com o início do primeiro semestre letivo na universidade e está localizada no trajeto dos calouros.
(mais…)

Tags: EdUFSCfeiraLivros

Feira de Livros da EdUFSC começa no dia 18 no Centro de Convivência

12/03/2013 11:02

Foto: Wagner Behr/Agecom/arquivo 2012

A tradicional Feira do Livro da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que já faz parte do calendário cultural do Estado, será realizada pela décima vez no Campus da Trindade, em Florianópolis, no período de 18 de março a 2 de abril. Oferecendo descontos de até 70% nos títulos próprios, incluindo as obras cobradas nos vestibulares, o evento deixa a lona da Praça da Cidadania, em frente à reitoria, para se abrigar no recém-vitalizado Centro de Convivência, no coração do Campus. O funcionamento nas três semanas será de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 19 horas. Nas quartas-feiras, lembra o diretor Sérgio Medeiros, a feira vai até às 20 horas, por conta de lançamentos, conversas e visitas de escritores e leitores.
(mais…)

Tags: EdUFSCfeiraLivros

Feira da EdUFSC relança Contos Gauchescos, clássico da literatura sulista

08/10/2012 10:51

A Feira de Livros da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC), que prossegue no Campus da Trindade, em Florianópolis, até o dia 25 de outubro, apresenta nesta quarta-feira, dia 10 de outubro, a partir das 16h30min, mais uma atração cultural. Será uma sessão de autógrafos, seguida de uma conversa com leitores, com o organizador do livro Contos Gauchescos, Cláudio Cruz, relançado pela EdUFSC e que marca o centenário desse clássico da literatura sulista escrito pelo escritor João Simões Lopes Neto. A feira oferece obras com descontos de 50 a 70%, funcionando de segunda à sexta-feira, das 8h30min às 19 horas.

Segundo Cláudio Cruz, o escritor Simões Lopes, natural de Pelotas (RS), é reconhecido hoje como um dos principais nomes da literatura regionalista do País. Nasceu em 1865 e faleceu em 1916. Contos Gauchescos foi lançado em 1912, dando “voz a um dos personagens mais ricos e instigantes da literatura nacional, o campeiro Blau Nunes, narrador de todos episódios do livro”. Valorizado aos poucos, o autor produziu “uma verdadeira revolução na linguagem literária”.

Inicialmente restritos à sua terra natal, os contos de Simões Lopes alcançaram o Estado, depois fama nacional e, na sequência, conquistaram também os leitores dos países do Prata. Esta reedição, comemorativa ao centenário da obra, terá, na opinião do organizador, papel fundamental na consolidação da literatura produzida pelo escritor regionalista. O livro integra a Coleção Repertório, destinada à difusão do clássico da arte e do pensamento.

A Feira da EdUFSC, que abriu com o relançamento de O detetive de Florianópolis, de Jair Hamms, marcou ainda a apresentação, em volume único, de O Fantástico na Ilha de Santa Catarina, de Franklin Cascaes, para o dia 17, às 16h30min, com a presença do divulgador e discípulo do autor Gelci José Coelho ( o Peninha ).  O encerramento do evento será em alto estilo. Dia 24, às 16h30min, a EdUFSC lança a primeira edição mundial póstuma de Pensar em não ver: escritos sobre a arte visível, dofilósofo francês Jacques Derrida.

Mais informações e contatos: Sérgio Medeiros e Fernando Wolff,(48) – 3721-9605 , 3721-9408 , 3721-9686  e  3721-8507, e-mails: , .

Moacir Loth/Jornalista da Agecom / UFSC

Tags: contosfeiraLivrosUFSC

Governo estadual atende à demanda da comunidade científica

01/08/2012 15:37

Nesta quinta-feira (2 de agosto), às 16h, o governador Raimundo Colombo e o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Paulo Bornhausen, lançam dezenas de livros impressos com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

Entre os 22 títulos estão “Gerando um adulto saudável” (Fundação Educacional da Região de Joinville), “A cultura da pereira” (Universidade do Estado de Santa Catarina) e “História diversa: africanos e afrodescendentes na Ilha de Santa Catarina” (Universidade Federal de Santa Catarina).

Outra obra que será lançada é “Fitoterapia Racional: Aspectos Etnobotânicos, Taxonômicos, Agroecológicos e Terapêuticos”, baseada em pesquisa realizada na Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). O livro nasceu do acompanhamento de pessoas com conhecimentos sobre o uso de plantas medicinais, mediante encontros mensais em que a sabedoria popular era avaliada por farmacêuticas.

“Elas conferiam se as plantam se adequavam aos problemas que deveriam tratar ou tinham apenas efeito placebo”, diz a professora Vanilde Citadini Zanette, do curso de Ciências Biológicas e de Farmácia da Unesc. Sua equipe produziu o livro com apoio governamental e vai distribuí-lo gratuitamente a bibliotecas, às Pastorais de Saúde do Brasil e aos interessados. Contato pelo telefone (48) 3431-2704.

Divulgação Científica
Devido à demanda da comunidade científica por ações sistemáticas de divulgação científica, a Fapesc criou a Chamada Pública 07/2010 e repassou R$ 262.498,00, para financiar 22 livros de natureza científica ou tecnológica, em diferentes áreas do conhecimento, vinculados a temáticas catarinenses ou ao desenvolvimento sustentável e à melhoria da qualidade de vida da população do Estado. Todos foram impressos na Diretoria de Imprensa Oficial e Editora do Estado de Santa Catarina (Dioesc).

Heloisa Dallanhol / Assessora de Imprensa / Fapesc
/ (48) 3215-1208  / (48) 8418-1180

Tags: Divulgação CientíficaFapescLivros

Quatro lançamentos integram o Bapijor

13/04/2012 12:17

O mestrado em Jornalismo promove no próximo dia 17, às 17 horas, no Auditório da Reitoria, o lançamento e a sessão de autógrafos dos livros “Los dueños de la palabra”, de Guillermo Mastrini; “Em luta pela terra sem mal: a saga guarani contra a escravidão na Bolívia”, de Juliana Dal Piva; “Nuevos escenarios de  trás de las noticias: agenda, tecnologias y consumo”, de Lila Luchessi; “Nascidos para perder”, de Mylton Severiano e “Ideologia e técnica da noticia”, de Nilson Lage. Os quatro lançamentos integram as atividades do 2º Seminário Brasil-Argentina de Pesquisa e Investigação em Jornalismo (Bapijor).

Tags: jornalismoLivrosmestradoUFSC

Romancista premiado conversa com leitores na Feira de Livros da EdUFSC

20/03/2012 10:49

“E foi assim que, sem mais escorregar nada não e com bem menos de dificuldade, ele apegou-se um só instantinho àquele e último galho, antes de se despenhar de lá de cima e chegar no ao-chão a bordo de um baque seco cheio de ecos. Que tapa dado em cara de filho e queda de suicida nunca param de ecoar.”

(trecho de Ao que minha vida veio, de Alckmar Luiz dos Santos)

Tapa dado em cara de filho e queda de suicida nunca se desesquece, sobretudo quando assistidos por um futuro escritor. Ficam mesmo “atroando ainda depois de terem silenciado as carpideiras todas, e desaparecido tudo quanto é soluço fingido e não”, como diz a abertura do romance de Alckmar Luiz dos Santos. Vencedor do Concurso Romance Salim Miguel, promovido pela Editora UFSC no ano passado, Alckmar faz a cena de um adolescente de 17 anos caindo de um prédio de 12 andares que guardou na memória por muitos anos derivar e entrelaçar-se à aparição do cometa de Halley em 1954. O romance dá partida nos anos 30 e se desdobra em quatro décadas de alucinante narrativa, desfilando uma rede de paisagens e de personagens históricos e fictícios na saga do tropeiro Juca Capuch

Depois do lançamento em Florianópolis e na capital de São Paulo, obra e autor foram recebidos em festa em Silveiras, na serrapaulista, terra natal do escritor e cenário dessa narrativa que entremeia lembranças de juventude no universo campeiroe história do Brasil em tempos de guerra e de esquadria da fumaça. O lançamento na Feira de Livros da UFSC ocorrerá no dia 21 de março, quarta-feira, às 17 horas, na Praça da Cidadania. Alckmar estará na Tenda dos Autores para uma conversa com o público, dentro da Programação da Tarde de Encontro com Leitores. Radicado há 20 anos em Santa Catarina, onde é professor de Letras e Literatura da UFSC e coordena há 17 anos o Núcleo de Pesquisa em Informática Linguística e Literatura, maior banco digital de literatura do Brasil, o escritor carrega na sua criação o traço dos lugares geográficos e literários onde viveu.

Na reinvenção de uma sintaxe tropeira, na largueza e riqueza de vocabulário que lança o dicionário regionalista em uma linguagem e uma reflexão universalizante, salta aos olhos a influência da prosa de Guimarães Rosa, cuja obra Alckmar estudou no mestrado. A gramática ao mesmo tempo erudita e popular, o modoselvagem de enrilhar as frases e puxar os diálogos, trazendo para o registro escrito o ritmo e a musicalidade da fala tropeira, torna a leitura desafiante, mas sem freios. A estranheza de vocabulário não param a leitura, trôpega como um terreno montanhoso, mas veloz como um cavalo xucro.  Não é do tipo de romance que começa devagarzinho, para ir fisgando o leitor aos poucos. Ao que minha vida veio começa com o cavalo encilhado e dispara até o fim, antes que o leitor pense em saltar, montado na garupa de um narrador que busca descobrir na história de sua região, suas próprias origens: o nome do pai e da mãe que lhe são escondidos.

Na busca de repostas para sua história pessoal, há o esforço de reconstrução de fatos da história do Brasil. “Por exemplo, há uma passagem do cometa Halley, contada pelo meu avô, que ficou muito espantado ao ver voar aquela bolona com rabo no céu.” Esse evento individual se emaranha a casos importantes para a região, como a revolução de 1932, quanto Silveiras foi bombardeada por aviões cariocas das forças federais,chamados de vermelhinhos pelos habitantes. “É historia que ouço ainda hoje de minha mãe. Ninguém conhecia avião, mas todos sabiam que dele se jogavam bombas”. A história adentra a Segunda Guerra Mundial, quando o personagem desiludido, vai, como voluntário da FEB, lutar na Itália e se entremeia commemóriasda infância do autor sobre pessoas que perderam amigos na guerra ou de jovens que regressaram loucos.  O romance passa pelosuicídio de Getúlio, em 54, e segue sempre cruzando a história miúda com a história grande, uma forma, segundo o responsável pela essa obra de alquimia, de dizer que uma é tão importante quanto a outra.

Sobre o autor

Alckmar Santos é professor de Literatura Brasileira na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde coordena o Núcleo de Pesquisas em Informática, Literatura e Linguística (NUPILL). Foi pesquisador convidado na Université Paris 3 – Sorbonne Nouvelle (2000-2001) e na UniversidadComplutense de Madrid (2009-2010). É também poeta, romancista e ensaísta. Autor dos livros Leituras de nós: ciberespaço e literaturaDos desconcertos da vida filosoficamente considerada (ensaio e poemas, respectivamente Prêmio Transmídia – Instituto Itaú Cultural), Rios imprestáveis (poemas, Prêmio Redescoberta da Literatura Brasileira da revista Cult).

Sobre o livro

Romance- Ao que minha vida veio…

Autor: Alckmar Santos

Editora UFSC

Páginas: 202

Preço: R$ 15,00

Lançamento

Data: dia 21 de março de 2012.

Hora: 17 horas

Local: Tenda dos Autores Feira de Livros da UFSC, Praça da Cidadania

Contatos do autor:

E-mail:

Raquel Wandelli/Jornalista – SeCArte – UFSC

Fones: (48) 37218729 e 37218910 e 99110524

www.secarte.ufsc.br – www.ufsc.br

Tags: ConversaLivrosRomancista

Feira de Livros da UFSC vai até 4 de abril

20/03/2012 09:28

Grande mostra de livros com 30 a 70% de desconto terá 21 lançamentos. Os autores Alckmar dos Santos, RosvithaBlume, MarkusWeininger, Silveira de Souza e Lincoln Frias são os próximos convidados da Tarde de Encontro com Leitores, sempre às quartas-feiras, a partir das 17 horas.

Poesia, conto, romance, filosofia, bioética, história, sociologia e literatura, além de obras didáticas de engenharia, física e matemática estão entre os 21 lançamentos programados para a Feira de Livros da Editora UFSC, que entrou na sua terceira semana com um público diário de duas mil pessoas. Aberta ao público, a mostra começou na segunda-feira (5), marcando a volta às aulas na UFSC efunciona de segunda a sexta, das 8:30 às 19 horas, com extensão do horário nas quartas-feiras até as 20h30min. Até o dia 4 de abril, em uma grande tenda coberta na Praça da Cidadania, a Editora está expondo com até 70% de desconto 1.800 títulos e cerca de 20 mil exemplares, entre lançamentos do seu catálogo, das instituições livreiras que integram a Liga de Editoras Universitárias e de outras editoras reconhecidas no mercado.
(mais…)

Tags: EditorafeiraLivros

Silveira de Souza e Guido Sassi são leituras obrigatórias no vestibular da UFSC

10/02/2012 12:12

Dois autores catarinenses constam da relação de livros que vão cair no Concurso Vestibular 2013 da UFSC. Um deles é o livro de contos “Ecos no Porão 2”, do consagrado escritor catarinense Silveira de Souza,  publicado pela Editora UFSC  no ano passado. O outro é Geração do Deserto, romance histórico de Guido Wilmar Sassi, de 1964.

Segundo volume da série de livros de contos, Ecos no Porão já está à disposição para leitura on-line no site da Editora UFSC, que também providenciou uma segunda impressão com três mil exemplares. Silveira de Souza irá autografar a obra e conversar com os leitores no seu relançamento na Praça da Cidadania, durante a Feira de Livros da UFSC, que inicia com a volta às aulas, em 5 de março e se estenderá até 4 de abril, quando o volume será vendido com 50% de desconto.

Em Ecos no Porão 2, Florianópolis é o cenário para uma legião de homenzinhos bizarros fazendo cooper com calções esdrúxulos, velhinhos trovadores, desempregados, avozinhas, solteironas, aposentados, enfim, habitantes da vizinhança da Ilha onde pulsa um coração decrépito, murchando para a vida, que pode ser acordado de súbito por um pequeno incidente, a fuga de um canário ou uma rajada de vento. Mas Florianópolis não é mero pretexto para o quase octogenário escritor Silveira de Souza descrever o local onde nasceu e viveu. Mais do que isso, a Ilha é o “mundinho” onde se constituem essas “figurinhas ridículas” e apaixonantes do grotesco que vão ganhar dramaticidade e lirismo no segundo volume da antologia de contos de Silveira.

Esses habitantes ao mesmo tempo ordinários e excêntricos dos porões da ficção de Silveira, que podem estar no café, na Beira-Mar, na Praça XV, no Calçadão ou em quarto de hotel, carregam um traço em comum: todos experimentam o vazio da existência. Mas ao longo das 137 páginas são surpreendidos no automatismo banal do seu dia a dia urbano por sutis acontecimentos que anunciam possibilidades de conhecerem uma dimensão mais sublime da vida. E o que produz esse acesso ao “mundão”? Uma sinfonia de Bethoven, um sonho ou um pesadelo, uma emoção inesperada, uma cena da memória, um abalroamento de carro, enfim, interferências mais ou menos perceptíveis que alteram o estado de coisas e, como em um poema hai kai, sugerem uma revelação.

Considerado o melhor da obra de Silveira, o livro reúne três seleções do próprio autor dos livros Canário de assobio (1985), Relatos escolhidos (1988), Contas de vidro (2002) e ainda cinco contos inéditos, entre eles a narrativa metalinguística “Ecos no porão”, que dá nome à obra e traduz uma metáfora de Silveira para as interferências da leitura dos escritores clássicos que inundam seu imaginário desde os dez anos de idade. Com linguagem habilidosa, uma dose do humor e outra da ironia que lhe são características e ainda um olhar lírico para o grotesco, Silveira parece rir-se baixinho ao final de cada um dos 28 contos, onde reside uma possibilidade de descoberta que nunca se entrega sem esforço do leitor.

Ecos no porão 2 e Geração do Deserto  constam da relação divulgada no dia 7 de fevereiro pela Comissão Permanente do Vestibular, entre oito livros que incluem Amar, verbo intransitivo, de Mário de Andrade; Beijo no Asfalto, de Nelson Rodrigues; Capitães de Areia, de Jorge Amado; Memórias de um sargento de Milícias, de Manoel Antônio de Almeida (também publicado pela Livraria Digital do Núcleo de Pesquisa Informática Linguística e Literatura da UFSC); Memórias Sentimentais de João Miramar, de Oswald de Andrade e Poesia Marginal, de diversos autores.

Os livros são selecionados por professores representantes do ensino médio, do Curso de Graduação e Pós-Graduação em Literatura da UFSC e pesquisa em escolas. De acordo com a coordenadora pedagógica da Coperve, Maria Luíza Ferraro, o conhecimento dessas obras supõe capacidade de análise e interpretação de textos, assim como o reconhecimento de aspectos próprios aos diferentes gêneros. Além da leitura integral dos textos, a UFSC recomenda que os candidatos compreendam o contexto histórico, social, cultural e estético dessas obras.

Escolhido como marco das comemorações dos cem anos da Guerra do Contestado, Geração do Deserto inspirou em 1970 o filme Guerra dos pelados, de Sylvio Back. Reeditado três vezes pela Movimento, de Porto Alegre, o livro oferece uma importante reconstituição histórica e literária da vida, da cultura da época e dos personagens dessa guerra que envolveu camponeses, peões, jagunços e coronéis nas disputas territoriais dos estados de Santa Catarina e Paraná.

 Serviço:

Ecos no Porão 2
Autor:  Silveira de Souza
Editora UFSC
Preço do catálogo: R$ 29,00 e a R$ 15,00 na Feira de Livros da UFSC

Por Raquel Wandelli / Jornalista Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) / / Fones: 3721-8729, 3721-8910 e 9911-0524

Tags: EdUFSCLivrosVestibular

Feira de Livros da UFSC é estendida mais uma semana

29/08/2011 10:50

Foto: Camila Peixer/bolsista de Jornalismo na Agecom

A pedido dos alunos da instituição, a Feira de Livros da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina/Liga de Editoras Universitárias alongou o prazo e vai até o dia 9 de setembro. No semestre passado, o evento durou três semanas e agora vai ficar um mês em atividade, disponibilizando 1.670 títulos e mais de quinze mil exemplares com descontos de 50 a 70%. O horário de atendimento é das 9 às 19 horas, mas na última semana a feira vai funcionar todos os dias até às 20h30, na Praça da Cidadania da UFSC.
(mais…)

Tags: EditorafeiraLivros

Professor Lucídio Bianchetti lança dois livros nesta quinta-feira

25/08/2011 15:18

O professor Lucídio Bianchetti, do Departamento de Estudos Especializados em Educação/UFSC, lança dois livros nesta quinta-feira, dia 25 de agosto, às 17h30, na Livraria Livros & Livros, localizada no Centro de Cultura e Eventos da Universidade.

O primeiro livro “In/Exclusão no Trabalho e na Educação, aspectos mitológicos, históricos e conceituais” foi escrito em parceria com o professor José Alberto Correia. A segunda obra “Interdisciplinaridade, para além da filosofia do sujeito” é uma coletânea organiza por Bianchetti e pelo professor Ari Paulo Jantsch, que faleceu há pouco mais de um ano. O relançamento é uma homenagem a Jantsch.

Fonte: Boletim – 751 – Apufsc-Sindical – 22 de Agosto de 2011

Tags: lançamentoLivrosLucídio BianchettiUFSC

Pesquisadores da UFSC lançam livros sobre Criatividade e Evolução das mídias

19/05/2011 09:01

Na próxima quarta-feira, 25 de maio às 19h, serão lançados no Espaço Lindolf Bell, localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, os livros Criatividade & Conhecimento e Mídias do Conhecimento (Editora Pandion – www.editorapandion.blogspot.com), organizados por professores e pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Criatividade & Conhecimento, organizado por Vânia Ribas Ulbricht, Tarcísio Vanzin e Ana Lúcia Zandomeneghi discute o tema pelo viés acadêmico contemporâneo, que considera como resultante de um processo cognitivo inerente a todos os seres humanos. Por meio da criatividade é possível gerar novos conhecimentos, fundamentais para a inovação. Dessa capacidade que o ser humano tem de transformar, interferir, criar e atribuir valor resulta a infinidade de produtos que inundam os mercados e que
movimenta a economia.

O livro Mídias do conhecimento, organizado por Tarcísio Vanzin e Gertrudes Aparecida Dandolini, permite entender a evolução das mídias ligada ao progresso tecnológico até a atual era da mídia digital. Esta visão evolutiva faz com que o leitor entenda as mudanças em seu próprio papel, fazendo com que este deixe de ser passivo, para ser um leitor ativo e que interage contribuindo para o conteúdo percebido.

Serviço:
Coquetel de lançamento: 25 de maio
Horário:19h
Local: Centro Integrado de Cultura – CIC | Espaço Lindolf Bell | Avenida
Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis – SC

Informações: Mariana Lapolli (48) 9914-2555 /

Fonte: Assessoria de Imprensa – Editora Pandion

Tags: conhecimentocriatividadeLivrosmídiasUFSC

Biblioteca Central recebe recursos para atualização do acervo

19/04/2011 08:55

A direção da Biblioteca Universitária da UFSC vai investir um milhão de reais na compra de livros – nacionais e estrangeiros – atendendo assim exigência do Ministério da Educação, que é de um livro para cada oito alunos. Para cumprir este objetivo, a biblioteca conta com a parceria da Comissão de Desenvolvimento de Coleções – formada por um professor representante de cada Centro – que também trabalha na atualização do acervo.

Em de reuniões nos Centros de Ensino, a direção da BU e a comissão estão sensibilizando professores para a importância da participação na aquisição de novos livros. Mas para o professor Irineu Afonso Frey – representante do Centro Sócio-Econômico – a maior dificuldade é convencer os docentes da mudança.

“Os professores estão incrédulos com a aquisição de livros pelo histórico de poucos recursos disponíveis nos últimos anos. Estamos vivenciando outros tempos, nos quais os livros solicitados são efetivamente adquiridos pela BU. O papel do professor é fundamental nesse processo, pois é ele que detém o conhecimento sobre a qualidade das obras a serem adquiridas”, destaca Frey.

O processo de atualização do acervo se dá em seis etapas:

  • O professor deve atualizar a bibliografia de suas disciplinas.
  • Verificar através do sistema Pergamum se o título está disponível na BU.
  • Enviar os títulos desejados ao chefe de departamento.
  • O chefe de departamento envia ao professor representante do seu centro na Comissão de Desenvolvimento de Coleções.
  • O professor representante insere os pedidos no sistema Pergamum.
  • A BU fará a aquisição de acordo com o critério do MEC (1 exemplar para cada 8 alunos)

Por Lucas Inácio / Bolsista de Jornalismo da BU

Tags: acervoBULivros

Lançamentos em Brasília

28/03/2011 10:06

O professor Lauro Mattei, do Departamento de Economia da UFSC , participa como um dos autores e organizadores de dois livros que serão lançados em Brasília nesta terça, dia 29: “Nunca antes na história desse país…Um balanço das políticas do Governo Lula”; e “Pobreza rural: concepções, determinantes e proposições para agenda de políticas públicas”.

Tags: brasíliaLivrosMattei