Ciclo de cinema alemão exibe documentário ‘Viagem à Alemanha’ nesta sexta-feira

20/09/2023 08:30

O projeto de extensão “Ciclo de cinema alemão (Deutsches Kino)” exibe documentário “Viagem à Alemanha” nesta sexta-feira, 22 de setembro, às 19h. A atividade, que é gratuita e aberta a todos, ocorre na sala de projeções do LEC, no 1º andar do Bloco D do Centro de Comunicação e Expressão (CCE/UFSC). A sessão é com legendas em português e será fornecido certificado de 2 horas de participação.

O “Ciclo de cinema alemão” é coordenado pelo professor Daniel Martineschen, com o o objetivo de difundir a língua e o cinema alemão para toda a comunidade. O filme desta semana é uma viagem no tempo pela Alemanha Oriental, 30 anos após a reunificação. Poucos meses após a queda do Muro, em novembro de 1989, o realizador da Alemanha Ocidental Wolfgang Ettlich e o cinegrafista Hans-Albrecht Lusznat embarcam em uma viagem cinematográfica rumo ao desconhecido. Essa mesma viagem posteriormente foi repetida diversas vezes. Ettlich e Lusznat visitam pessoas que já haviam entrevistado e filmado e perguntam sobre suas esperanças e medos na época: foram realizados? Justificados? Como foi o caminho para o capitalismo?

Mais informações pelo e-mail daniel.martineschen@ufsc.br

Tags: Alemanha OcidentalAlemanha OrientalAlemãoCiclo de cinema alemãocinemaDeutsches KinoletrasMuro de BerlimUFSCViagem à Alemanha

Inscrições abertas para curso de escrita acadêmica

20/09/2022 17:15

O Laboratório de Leituras e Escrita Acadêmica (Labeal) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) abre inscrições para o primeiro módulo do curso Gramática na escrita acadêmica. Os encontros serão nas segundas-feiras, de 10 a 31 de outubro, das 9h30 às 11h30. 

O curso tem dez vagas e duração total de 8 horas, com direito a certificado. Os encontros serão realizados no Labeal, no Bloco B do Centro de Comunicação e Expressão (CCE), sala 321. Os interessados devem enviar um e-mail com nome completo e CPF para ufsc.labeal@gmail.com, escrevendo no campo assunto “Inscrição Módulo 1”. Os primeiros dez pedidos de matrícula receberão um e-mail de confirmação.

Tags: cursoEscrita acadêmicaGramáticaletrasredação

Slam Estrela D’Alva realiza quarta edição do evento na UFSC

26/08/2022 16:49

A próxima edição do Slam Estrela D’Alva ocorre na próxima terça-feira, 30 de agosto, às 18h, no varandão do Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina (CCE/UFSC). A atividade faz parte da programação de recepção e acolhimento aos estudantes de graduação da UFSC do segundo semestre de 2022. O evento é aberto ao público e oferece certificado de participação mediante inscrição pelo site inscricoes.ufsc.br/slam4-petletras-publico.

Nesta edição, doze poetas, finalistas das três edições anteriores, disputarão quatro vagas na competição estadual de Slam. A competição está organizada em três etapas, em que os poetas mais votados pelos jurados avançam para a fase seguinte.

O evento Slam Poetry, do Programa de Educação Tutorial dos Cursos de Letras (PET-Letras), teve início em maio de 2022, como parte do projeto PET-Eventos: planejamento e organização. Com o retorno das atividades presenciais o Slam Estrela D’Alva: competição de poesia falada popular na UFSC tornou-se um momento de encontro e trocas entre professores e estudantes, assim como entre a comunidade acadêmica e comunidade externa à universidade. O evento é apresentado pelo bolsista do PET-Letras Angelo Perusso e interpretado em Libras pelas estagiárias de acessibilidade Vitória Amancio e Mariane Pordeus.

Poetas classificados para a 4ª edição: 
Jaci; MVHS; WD; Sebah; Bianca Maria; BLK; Preto Lauffer; Podresia; Luan Renato; Laís Goes; Gab e Lucas Brasil.

Canal no YouTube do PET-Letras UFSC: youtube.com/PetLetrasUFSC

Tags: CCEeventoinscriçãoletraspet letraspoesiaPoesia faladaslamUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Nota de pesar: falece o professor aposentado José Curi

06/05/2022 11:14

Professor José Curi (Foto ACL/Divulgação)

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) lamenta o falecimento do professor aposentado José Curi, ocorrido no dia 29 de abril, em Florianópolis, aos 90 anos. José Curi foi professor da UFSC de 1962 a 1986, quando se aposentou. Ele lecionava Filologia Românica no Departamento de Letras e Literatura Vernáculas (DLLV) do Centro de Comunicação e Expressão. Era formado em Letras Neolatinas (bacharelado e licenciatura) e em Filosofia (bacharelado), pós-graduado em Linguística, doutor em Letras e Livre Docente em Linguística.

Desde abril de 1968 José Curi ocupava a Cadeira 18 da Academia Catarinense de Letras. A Academia emitiu uma nota de falecimento destacando que o professor “deixa um excepcional legado de excelentes serviços prestados no magistério superior de Santa Catarina, na formação de novas gerações nas últimas décadas e de uma rica contribuição à literatura estadual e nacional”.

O professor Celestino Sachet, colega do professor Curi na Academia Catarinense de Letras, prestou uma homenagem ao amigo e confrade. “José Curi cultivou seu compromisso estético-literário com o sorriso estampado nos lábios, tonando agradável seu trabalho não só de divulgar a cultura das letras catarinenses, mas e principalmente torná-la fraterna pelo maior número de cultivadores da saborosa atividade”, escreveu Sachet.

Além da Academia Catarinense de Letras, o professor José Curi pertencia à Academia Catarinense de Filosofia e ao Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina. Era académicien correspondant da Academia Belles-Lettres, Sciences et Arts de La Rochelle, França. Poliglota, falava e escrevia em várias línguas.

Natural de Rio dos Cedros, o professor José Curi escreveu várias obras ligadas à cultura italiana (Raconti de Rio Cedro (1984); Resta Quà Con Noaltri (1987); Da Terra da Cucanha (2007); El Talian – A Língua dos Imigrantes Italianos de Santa Catarina (2009); Curso de Italiano para Brasileiros (didático – 4ª. Edição, 2001). A Câmara Municipal de Rio dos Cedros emitiu um ofício de pesar pela morte do professor.

Em luto, a comunidade universitária presta solidariedade à família, colegas e amigos do professor José Curi.

(com informações da Academia Catarinense de Letras e do Circolo Trentino de Rio dos Cedros)

Tags: CCEDLLVJosé CuriletrasliteraturaNota de pesarprofessorUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Mestrado Profissional em Letras publica edital de seleção

13/09/2021 14:54

O Conselho Gestor do Mestrado Profissional em Letras (Profletras) em Rede Nacional publicou nesta segunda-feira, 13 de setembro, o edital de seu processo seletivo. Coordenado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o curso tem oferta simultânea nacional no âmbito do Sistema da Universidade Aberta do Brasil (UAB). Para o polo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Florianópolis, são ofertadas nove vagas. As inscrições são realizadas pela internet de 27 de setembro a 24 de outubro

O Profletras tem como objetivo capacitar professores de Língua Portuguesa para o exercício da docência no Ensino Fundamental, com o intuito de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino no país. Para participar, é necessário ter diploma em Licenciatura em Letras, habilitação português, e ser professor de Língua Portuguesa do Ensino Fundamental em escola da rede pública de ensino do Brasil, regularmente admitido e pertencente ao quadro permanente de servidores.

O exame de acesso ocorrerá de forma remota em duas etapas: prova escrita (avaliação do memorial) e prova oral (entrevista). A taxa de inscrição é de R$ 90, sendo que os pedidos de isenção podem ser encaminhados entre 27 de setembro e 13 de outubro.  

O edital e demais informações sobre o programa de mestrado estão disponíveis em profletras.ufsc.br.

Tags: letrasLetras Portuguêsmestradomestrado profissionalMestrado Profissional em LetrasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

PET-Idiomas recebe inscrições para cursos gratuitos até 14 de julho

08/07/2021 16:27

O Programa de Educação Tutorial do curso de Letras da Universidade Federal de Santa Catarina (PET-Letras/UFSC) está com inscrições abertas até a próxima quarta-feira, 14 de julho, às 14h, para cursos são gratuitos  de idiomas. AS vagas são abertas a todos e todas.

São oferecidas 15 turmas, com 16 vagas cada uma, para os seguintes idiomas: Inglês, Alemão, Italiano, Francês, Espanhol Libras e Português para Estrangeiros. Os interessados devem se inscrever pelo sistema de inscrições da UFSC.
(mais…)

Tags: Alemãocursos gratuitosespanholfrancêsInglêsinscriçõesItalianoletrasLibrasPET Idiomaspet letrasUFSC

Projeto Diversifica Letras promove roda de conversa sobre ações afirmativas e questões raciais

07/07/2021 17:16

O Diversifica Letras, projeto que envolve cursos e programas de pós-graduação do Centro de Comunicação e Expressão (CCE), promove no dia 16 de julho, às 14 horas, a 1ª Roda de conversa do semestre letivo de 2021.1, com o tema “Ações afirmativas, educação antirracista, letramento racial”. O encontro terá como convidados a professora Aparecida de Jesus Ferreira (UEPG) e o professor Ivan Claudio Pereira Siqueira (USP), com moderação do professor Pedro de Souza (UFSC).

O evento é aberto a toda a comunidade e contará com intérpretes de Libras. Será transmitido pelo canal do YouTube do Diversifica Letras: https://www.youtube.com/watch?v=p5vJEK-KccQ&ab_channel=DiversificaLetras. A organização está a cargo dos cursos de Letras Língua Portuguesa e Literaturas; Letras Línguas Estrangeiras e Secretariado Executivo; Letras Libras; Programa de Pós-Graduação em Linguística e Mestrado Profissional em Letras.

O Diversifica Letras objetiva propor rodas de conversa durante o semestre de 2021.1 sobre os mais variados temas, tal como racismo, misoginia, violência de gênero, LGBTfobia, capacitismo, letramento digital. A ideia central é promover o diálogo e a inclusão, contribuindo para a formação crítica dos estudantes de Letras (e demais interessados) e para um espaço de convivência múltiplo, diverso, colorido e acolhedor.

 

Tags: ações afirmativasCCEdiversidadeletrasracismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

PET Letras divulga nova edição da Revista Preguiça

05/07/2021 17:10

O Programa de Educação Tutorial (PET) Letras da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) lançou a terceira edição da Preguiça, sua “revista (des)acadêmica”. Pensado para proporcionar a interação social e criativa dos alunos de diferentes fases dos cursos de Letras, o periódico divulga as produções literárias dos estudantes, estimula a produção criativa e disponibiliza um veículo institucionalizado para a difusão das ideias dos discentes.

A primeira edição, lançada em 2017 e republicada em 2020, contou com a colaboração de alunos dos cursos de Letras Inglês, Letras Português, Física e Jornalismo. A segunda edição, publicada em 2020, contou com a colaboração de estudantes de Letras Francês e Letras Português. O terceiro número, lançado em junho deste ano, conta com textos de alunos de Letras e autores externos à Universidade.

A revista promove textos para serem lidos nos momentos de preguiça, nos breves ócios diários, nos intervalos obrigatórios, nos espreguiçamentos do dia. Além de produções literárias, como poesias, contos, crônicas, ensaios, resenhas e outros formatos afins, a Preguiça também recebe imagens, como desenhos, ilustrações e fotos que podem ser usados em seu projeto gráfico.

Confira as três edições já lançadas:

Revista Preguiça – 1ª edição

Revista Preguiça – 2ª edição

Revista Preguiça – 3ª edição

Tags: letraspet letrasRevista PreguiçaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Núcleo da UFSC divulga livro destinado às aulas de Língua Portuguesa na Educação Básica

10/06/2021 11:19

O Núcleo de Estudos em Linguística Aplicada (Nela) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove a divulgação do livro “Prática de análise linguística na aula de Língua Portuguesa”. Segundo os autores, é a primeira obra no Brasil especificamente dedicada à prática de análise linguística na aula de Língua Portuguesa na escola de Educação Básica brasileira.

“Em resposta ao discurso da tradição que ainda advoga em favor da gramática na escola, esta coletânea vem como uma força ideológico-axiológica de se distanciar desse discurso e reiterar o trabalho com as práticas de linguagem na esfera escolar a partir dos usos sociais da linguagem nos múltiplos contextos de interação da vida”.

A coletânea vem a se somar às pesquisas, estudos e propostas didático-pedagógicas que visam à língua viva na escola, de forma a possibilitar a criticidade e a emancipação dos sujeitos numa prática que une o social e o linguístico na sala de aula.

Link de acesso gratuito: https://pedroejoaoeditores.com.br/site/pratica-de-analise-linguistica-nas-aulas-de-lingua-portuguesa/

O Núcleo de Estudos em Linguística Aplicada está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Linguística e ao Programa de Mestrado Profissional em Letras da UFSC.

Tags: educação básicaletrasNúcleo de Estudos em Linguística AplicadaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

PET-Letras divulga nova edição da ‘Revista Preguiça’

08/02/2021 18:03

Pensada para proporcionar a interação social e criativa dos alunos de diferentes fases, a Revista Preguiça foi criada pelo Programa de Educação Tutorial dos Cursos de Letras (PET-Letras) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) para divulgar as produções literárias dos estudantes, estimular a produção criativa e disponibilizar um veículo institucionalizado para a difusão das ideias dos alunos. Sua primeira edição, lançada em 2017, contou com a colaboração de acadêmicos dos cursos de Letras Inglês, Letras Português, Física e Jornalismo. Na segunda edição, lançada em dezembro de 2020, participaram alunos de Letras Francês e Letras Português.

Segundo seus organizadores, a publicação “promove textos para serem lidos nos momentos de preguiça, nos breves ócios diários, nos intervalos obrigatórios, nos espreguiçamentos do dia”. Além de produções literárias, como poesias, contos, crônicas, ensaios, resenhas e outros formatos afins, a Preguiça recebe também imagens, como desenhos, ilustrações e fotos que podem ser usados em seu projeto gráfico.

Confira as duas edições já lançadas:

Revista Preguiça – 1ª edição

Revista Preguiça – 2ª edição

Tags: letraspet letrasRevista PreguiçaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Projeto de PET-Letras oferece reflexões sobre temas variados à comunidade

17/12/2020 10:46

O Programa de Educação Tutorial dos Cursos de Letras da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) produziu, ao longo do ano, um total de 52 textos pelo projeto comunicaPET, ação de extensão com o objetivo de compartilhar conhecimentos gerais e experiências com a comunidade interna e externa. O projeto começou no dia 8 de maio e contempla temáticas que variam do racismo à poesia italiana, passando por dicas de leituras.
(mais…)

Tags: comunicaPETletraspet letras

PET Letras promove ‘I Jornada de Educação e Diversidade: por uma educação anticapacitista’

26/11/2020 11:40

O Programa de Educação Tutorial dos cursos de Letras da Universidade Federal de Santa Catarina promove nos dias 2 e 3 de dezembro a “I Jornada de Educação e Diversidade do PET Letras UFSC: por uma educação anticapacitista”, com palestras e mesas redondas on-line. O evento busca difundir práticas e ações afirmativas em prol da equidade e da inclusão social. Idealizado pela petiana Ana Maria Santiago, a Jornada “surge da necessidade de se promover discussões que não só considerem a diversidade e as diferenças no âmbito da educação, mas também sejam constituídas, dentro das possibilidades, pelos próprios sujeitos”. Capacitismo designa discriminações contra pessoas com deficiência.

As inscrições podem ser realizadas aqui.

A Jornada será totalmente on-line e é uma oportunidade para conhecer um pouco mais sobre educação e diversidade na atualidade e assumir uma postura anticapacitista.

A palestra de abertura, “Educação e Diversidade: o que é capacitismo?”, estará a cargo da professora Adriana Dias. Haverá a participação de Acauã Pozzino, Saulo Wellington e João Gabriel Ferreira na mesa “O (anti)capacitismo no âmbito universitário” e dos professores/as Luana Tillmann, Tarso Germany Dornelles e Luciana Viegas na mesa “Professores/as por uma educação anticapacitista”. O evento contará com interpretação para Libras.

Mais informações no site do PET-Letras, coordenado atualmente pelo  professor Carlos Rodrigues, ou pelo Instagram e Facebook.

 

Tags: Educação anticapacitistaletrasLibraspet letrasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Professores criam podcast com breves reflexões sobre temas do universo das Letras

18/05/2020 11:07

Professores do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas, Luiz Henrique Queriquelli e Fábio Lopes da Silva, organizam o Destarte Podcasts, um canal para oferecer à comunidade, diariamente, breves reflexões sobre o universo das Letras, que possam contribuir para o momento atual.

Semanalmente, haverá uma série de cinco episódios sobre um mesmo tema, com podcasts de cinco a dez minutos cada.

Mais informações pelo Instagram e pelo Soundcloud.

Confira os três primeiros episódios:

 

Tags: coronavírusDestarte PodcastsletraspodcastUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Projeto Cinema Mundo apresenta ‘Irreversível’ em sessão comentada

07/08/2019 10:34

Projeto Cinema Mundo inicia o segundo semestre do ano abordando como tema a violência e suas transgressões estéticas e conceituais. Em sua sessão de estreia, o ciclo Violências Várias apresenta Irreversível (Irréversible, França, 2002), de Gaspar Noé, dia 15 de agosto, quinta-feira, às 18h30, no Auditório Elke Hering da Biblioteca Universitária (BU), com entrada gratuita. Após a sessão, haverá debate sobre o filme com os comentários de Raquel Maysa Keller e Allende Renck.

Sinopse

Em ordem cronológica inversa, acompanhamos uma noite derradeira na vida do casal Alex (Monica Bellucci) e Marcus (Vincent Cassel). Após uma festa, Alex é violentamente estuprada, levando Marcus e seu amigo Pierre (Albert Dupontel) a uma alucinada caçada pelas ruas de Paris em busca do estuprador.

(mais…)

Tags: Biblioteca UniversitáriaCCEletrasProjeto Cinema MundoUFSCViolências Várias

GEPET Letras promove sessão com filme ‘Um homem com uma câmera’ na biblioteca da UFSC

31/05/2019 13:03

O Grupo de Estudos do Programa de Educação Tutorial (GEPET) A Cidade ao Longe: uma introdução ao pensamento das cidades, dos cursos de Letras da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), promoverá a exibição do filme soviético Um homem com uma câmera (1929). A sessão está marcada para o dia 4 de junho, a partir das 15h30min, no auditório Elke Hering, na Biblioteca Central da UFSC. O evento será aberto ao público e, na ocasião, o grupo de estudos abrirá espaço para “reflexões sobre a cidade, nos seus múltiplos aspectos”.

O filme-documentário, com direção e roteiro de Dziga Vertov, traz a história de um cinegrafista que viaja documentando cenas da União Soviética no começo do século XX. A obra mostra o cotidiano da vida na cidade à época e a intimidade das pessoas comuns. Com uma variedade de filmagens inovadoras e complexas, tornou-se um filme importante para a história do cinema. Ainda hoje alguns truques de montagem utilizados em sua produção são recorrentes em produções cinematográficas. Destaca-se também por ser um dos primeiros documentários existentes amparados pela teoria de representação da realidade, conforme sinopse divulgada pelo GEPET em seu site.

Tags: Biblioteca CentralBU UFSCcinemadocumentárioGEPETletras

Disciplina e conferência online sobre tradução ocorrem de 8 a 12 de abril

05/04/2019 18:33

Entre os dias 8 e 12 de abril, o Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução da UFSC e o Grupo de Pesquisa InterTrads-UFSC, em parceria com o Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística da UFG e o Grupo de Pesquisa FORTRAD-UFG, promovem, no âmbito da Escola de Altos Estudos da CAPES, a disciplina intensiva “Tópicos II: Perspectivas atuais das pesquisas em Estudos da Tradução e a formação de professores de tradução e interpretação” ministrada pela professora Anabel Galán-Mañas da Universitat Autònoma de Barcelona e o professor da UFSC Carlos Henrique Rodrigues.

Além da disciplina, a professora Galán-Mañas realizará uma conferência on-line sobre “Didática da Tradução: ensino e avaliação na formação de tradutores” no dia 9 de abril às 18h30. Para participar da conferência basta realizar a inscrição no link e acessar a sala de webconferência, no dia e horário previstos.

Tags: Estudos da traduçãoletrasLinguísticaUFSC

PET-Letras abre processo seletivo para bolsistas dos cursos de Letras da UFSC

26/03/2019 13:30

O Programa de Educação Tutorial ao curso de Letras (PET-Letras) da Universidade Federal de Santa Catarina divulga processo seletivo para três vagas como bolsistas do Programa de Educação Tutorial (PET). As vagas são voltadas para estudantes dos cursos de graduação em Letras da UFSC com disponibilidade de 20 horas semanais, conforme requisitos apresentados no Edital 02/2019/PET.

Cronograma

Período de inscrição 25 de março até 31 de março de 2019
Divulgação das inscrições homologadas 1º de abril, a partir das 18h
Primeira etapa 3 de abril (sem a presença do candidato)
Resultado da primeira etapa 3 de abril, a partir das 18h
Segunda etapa 5 de abril
Resultado final 8 de abril, a partir das 18h

Mais informações no site.

Tags: letrasPETpet letrasPrograma de Educação TutorialUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC sedia evento internacional de linguística entre os dias 25 e 29 de junho

20/06/2018 15:13

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sedia, na próxima semana, a 3° edição do Encontro Internacional de Sintaxe e Semântica & Interfaces (EISSI), destinado aos alunos de pós-graduação e graduação em Letras. O encontro busca debater e refletir sobre as línguas naturais, em ambientes de ensino de línguas, revitalização de línguas, línguas de herança e multi-linguismo do mundo contemporâneo. É a primeira vez que o estado recebe o evento, que neste ano tem como tema central a cognição. O Encontro ocorre no auditório do Espaço Físico Integrado (EFI), entre 25 e 29 de junho.

A programação inclui minicursos, palestras e debates. Os convidados estrangeiros são Luigi Rizzi (Universidade de Genebra e Universidade de Siena) e  Angelika Kratzer (Universidade de Massachusetts, Amherst). A agenda completa está disponível no site.

O evento será em inglês com tradução para o português brasileiro e língua de sinais brasileira.

Tags: EISSIEncontro Internacional de Sintaxe e Semântica & InterfacesletrasLinguísticaUFSC

‘1ª Jornada de Poesia em Expressão Alemã’, dia 19 na BU

13/03/2018 15:10

O Curso de Letras-Alemão, os programas de pós-graduação em Literatura (PPGLit) e em Estudos da Tradução (PGET) promovem a 1ª Jornada de Poesia em Expressão Alemã, no dia 19 de março, às 14h, no auditório Elke Hering, na Biblioteca Universitária (BU). O evento recebe os palestrantes Maurício Mendonça Cardozo (UFPR), Ulisses Vaccari (UFSC), Susana Kampff Lages (UFF) e Maria Aparecida Barbosa (UFSC).
(mais…)

Tags: AlemãoletrasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Professora da UFSC será homenageada pela Academia Catarinense de Letras

04/12/2017 10:13

A professora Dirce Waltrick do Amarante, do Curso de Artes Cênicas e da Pós-Graduação em Estudos da Tradução da UFSC, irá receber Prêmio Literário da Academia Catarinense de Letras pelo seu livro de contos Ascensão: contos dramáticos, publicado em 2016 pela Editora Armazém. Na ocasião também serão homenageadas as obras de Salim Miguel e Lauro Junkes. 

O evento será no dia 11 de dezembro, às 19h, na Casa José Boiteux.

 

Tags: Academia Catarinense de LetrasletrasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Conferência da Semana Acadêmica de Letras aborda os discursos da intolerância

09/06/2017 20:09

Professora Diana Luz Pessoa de Barros. Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC.

“Neste momento, no Brasil, temos exemplos e exemplos e exemplos para falar de discursos da intolerância.” Foi com esse enunciado que Diana Luz Pessoa de Barros, professora de Linguística da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), abriu a conferência “O discurso da intolerância: questões de intolerância e política, intolerância e internet, intolerância e ensino”, que ocorreu na tarde de quinta-feira, 8 de junho, durante a XI Semana de Letras da UFSC.

Diana iniciou a palestra contextualizando o paradoxo em que vivem os estudiosos da área de Letras: de um lado, o poder da língua e da linguagem é reconhecido; do outro, os cursos de Letras são, em geral, desprestigiados e considerados menos importantes do que outras áreas acadêmicas. Em seguida, a professora abordou o papel que os pesquisadores da linguagem, e em especial do discurso, têm no tratamento das intolerâncias: “Dentro da universidade temos, em primeiro lugar, a obrigação de produzir conhecimento sobre essas questões. O saber sobre a dominação da linguagem e sobre a construção discursiva da intolerância e do preconceito é uma forma, entre outras, de atenuá-los e de contribuir para a aceitação e a inclusão social.”

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC.

Sua perspectiva de reflexão é a semiótica discursiva de língua francesa, linha de análise que compreende que é na língua em uso, no campo dos discursos, que a dominação ocorre, que o poder se manifesta. “E é lá também que ele pode ser contestado”, explicou. Para fundamentar suas reflexões, a professora recorreu a três autores: o francês Roland Barthes; o russo Mikhail Bakthin; e o moçambicano Mia Couto. “Eles compreendem que é tarefa do estudioso do discurso, e das humanidades em geral, não emudecer  o homem, mas, ao contrário, dar-lhe voz. Para isso, é preciso, com os meios desenvolvidos pelas diferentes teorias do discurso, mostrar as formas, as estratégias, os procedimentos que fazem de um texto, mesmo dialogicamente constituído, discursos monofônicos. No desmascaramento dessas estratégias, outras vozes se farão ouvir. E esse saber contribuirá para a promoção da igualdade linguística e social.”

Os discursos a serem “desmascarados” seriam, sobretudo, aqueles considerados discriminatórios, preconceituosos, intolerantes, de exclusão e de incitação à violência. Diana acrescenta que também é papel dos pesquisadores desenvolver procedimentos de construção de discursos contrários: “Temos que mostrar o que são esses discursos de aceitação, intervenção e inclusão social, como eles se constroem.” Para ilustrar seus argumentos, citou diversos exemplos de textos preconceituosos publicados em jornais, revistas, páginas na internet e redes sociais. Destacaram-se os depoimentos dos deputados federais Marco Feliciano e Jair Bolsonaro, que explicitavam preconceitos raciais e de gênero. “Há políticos que fazem da intolerância a sua plataforma.”

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC.

A professora também ressaltou o caráter passional dos discursos intolerantes. “São sempre sujeitos apaixonados. Predominam, nesses discursos, dois tipos de paixões. As malevolentes, de antipatia, raiva, ódio, xenofobia, medo do diferente e dos danos que ele pode causar. A malevolência é considerada uma espécie de caminho para que as coisas sejam postas nos seus ‘devidos lugares’.” As outras paixões, segundo a pesquisadora, seriam as benevolentes. “O sujeito do ódio em relação ao estrangeiro, ao diferente, aos maus usuários da língua, é também o sujeito do ‘amor à pátria’, amor à língua, ao grupo étnico, aos de sua cor, aos de sua religião. Os textos intolerantes são também aqueles do nacionalismo exacerbado. Ou seja: complementam-se as paixões malevolentes do ódio em relação ao diferente e as paixões benevolentes do amor aos iguais.”

Além das questões relativas ao preconceito e à intolerância em relação aos usos da linguagem, a professora abordou a variedade linguística, a oralidade, o plurilinguismo (ou multilinguismo). A aceitação das “várias línguas portuguesas”, por exemplo – da cidade e do campo, dos falantes cultos e dos iletrados, do nordeste e do sudeste etc –, evitariam preconceitos e intolerâncias em relação à linguagem e ao diferente em geral. “Promovê-las à igualdade seria o luxo da liberdade. A diversidade e a pluralidade, o multiculturalismo e de multilinguismo, são condições imprescindíveis ao desenvolvimento da civilização. Um homem plural deve estar munido de um idioma plural.”

Diana começou a pesquisar a intolerância nos discursos quando integrou o Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerâncias e Conflitos (Diversitas), coordenando um projeto de pesquisa sobre intolerância e preconceito linguístico. “Minha proposta é que os discursos intolerantes são principalmente discursos que julgam os sujeitos considerados maus cumpridores de certos contratos sociais. Por exemplo, o contrato de ‘branqueamento da sociedade’, ou o da ‘pureza da língua’, da ‘heterossexualidade’ e por aí afora. Esses sujeitos são, portanto, reconhecidos como maus atores sociais, maus cidadãos, maus usuários da língua. Eles não são só julgados cognitivamente, mas são também punidos, com a perda de direitos, de emprego e até mesmo com a morte.”

O problema da intolerância, portanto, é que ela vai além da “etapa passional do preconceito”. A intolerância aparece nas ações discriminatórias. “O sujeito intolerante passa para a ação e age contra o outro, contra aquele que ele odeia.” A professora citou uma frase que conheceu quando vistou o museu “Memoria y Tolerancia“, na Cidade do México: “Todos temos preconceitos, mas nem todos discriminamos.” Ou seja, se não podemos ser impedidos de ter preconceitos, podemos — e devemos — ser impedidos de discriminar, de desrespeitar, de matar.

Mais informações sobre a XI Semana Acadêmica de Letras na página do evento e no Facebook.

Daniela Caniçali/Jornalista da Agecom/UFSC

Tags: conferênciadiscursointolerâncialetrasLinguagempreconceitoRoland BarthesUFSCXI Semana de Letras

Em sua 11ª edição, Semana Acadêmica de Letras da UFSC ganha relevância nacional

06/06/2017 17:28

Cancellier (centro): variação de fazer ciência. Foto: Brenda Dilli/GR

Iniciada nesta segunda, 5 de junho, a 11ª Semana Acadêmica de Letras da UFSC. O evento tem como tema “O intelectual ausente: Umberto Eco, semiótica e literatura”, em homenagem ao pesquisador italiano que faleceu em 2016. Eco apresenta obras diversificadas que estimulam a problematização de vários campos da área de Letras.

Pela terceira vez consecutiva a semana conta com recursos do Programa de Apoio a Eventos no País (PAEP), tornando-se um evento de âmbito nacional. Para o professor Atílio Butturi Junior, da comissão organizadora, essa expansão garante o diferencial dessa edição, que agora traz pesquisadores de diferentes regiões e países.

O reitor Luiz Carlos Cancellier reforçou importância do evento para o desenvolvimento das pessoas e das relações e destacou que essa área de estudo possibilita uma variação no fazer da ciência.
(mais…)

Tags: letrasSemana AcadêmicaUFSCUmberto Eco

Submissão de trabalhos para Revista Uox até 15 de abril

30/03/2017 10:09

A equipe do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLV) da UFSC informa que está aberta a chamada para submissão de trabalhos para a Revista Uox – revista acadêmica do curso Letras-Português – até o dia 15 de abril. Mais informações no site http://ojs.sites.ufsc.br/index.php/uox/index ou pelo telefone (48)99681-1721.

Tags: DLLVletrasportuguêsRevista UoxUFSC

Nota de pesar: falece estudante Rafael Alves de Souza

21/06/2016 14:05

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunica, com pesar, o falecimento de Rafael Alves de Souza, 28 anos, estudante de Letras-Português, do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLV) do Centro de Comunicação e Expressão (CCE), ocorrido na última sexta-feira, 17 de junho. O sepultamento foi realizado no domingo, 19 de junho, na cidade de Rio Negrinho. rafa

 

Tags: falecimentoletrasNota de pesarUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

PET Letras promove palestra ‘O contexto histórico no Inferno de Dante’

03/12/2015 12:44

O PET Letras promove  a palestra “O contexto histórico inferno-de-danteno Inferno de Dante” no dia 9 de novembro, às 10h30, na sala 244 do Bloco A do Centro de Comunicação e Expressão (CCE). A discussão gira em torno da situação histórica, política e literária em que se passa o Inferno da Divina Comédia de Dante Alighieri. A professora Silvana de Gáspari, do curso de Letras/Italiano, será a palestrante convidada para o evento.

A Divina Comédia é um poema de viés épico e teológico escrito por Dante Alighieri no século XIV, e dividido em três partes: “Inferno”, “Purgatório” e “Paraíso”. Cheio de simbolismos, é um marco da literatura italiana e mundial.

O evento dará direito a certificado de duas horas aos participantes, e não necessita de inscrição prévia.

Mais informações sobre a atividade neste link.

Tags: Dante AlighieriletrasPET Letras UFSCUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2