CFH recebe conferência internacional ‘Foucault, Bourdieu e a questão do neoliberalismo’ dia 27

20/09/2018 07:00

No dia 27 de setembro, quinta-feira, o auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da UFSC (CFH) recebe o Christian Laval, professor da Universidade de Paris Nanterre, para a conferência Foucault, Bourdieu e a Questão do Neoliberalismo.

O evento inicia às 18h e a entrada é franca, sem necessidade de inscrição. A atividade é promovida pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política (PGSP/UFSC), com apoio do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC/UFSC).

Tags: BourdieuconferênciaFoucaultneoliberalismoPrograma de Pós Graduação em Saúde ColetivaPrograma de Pós-Graduação em Sociologia PolíticaUniversidade de Paris NanterreUniversidade Federal de Santa Catarina

Conferência da Rede de Estudos Rurais aborda problemas no modelo da agricultura brasileira

04/09/2018 18:05

Conferência de abertura. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sediou, entre os dias 27 e 30 de agosto, o VIII Encontro da Rede de Estudos Rurais. O evento reuniu, ao longo de quatro dias, pesquisadores de todo o país, que participaram de conferências, mesas-redondas, grupos de trabalhos e atividades culturais. Um dos destaques da programação foi a conferência de abertura, com a participação da professora Maria de Nazareth Baudel Wanderley, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Seu mais recente livro, “Uma singularidade histórica: o olhar de uma pesquisadora brasileira sobre o mundo rural francês”, publicado em março deste ano, foi o ponto de partida de sua palestra.
(mais…)

Tags: BrasilconferênciaFrançaRede de Estudos RuraisRuralUFSC

Conferência ‘Enfermagem de Reabilitação: formação, trabalho e organização’ dia 16

08/11/2017 13:26

A Conferência “Enfermagem de Reabilitação: formação, trabalho e organização”, promovida pelo Laboratório de Pesquisa, Ensino e Tecnologia em Saúde, Enfermagem e Reabilitação, ocorre no dia 16, às 14h, no auditório da Pós-Graduação, bloco H, do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UFSC.

O evento terá participação das enfermeiras, Gorete Reis, professora coordenadora na Universidade de Évora; Isabel Ribeiro, presidente da Associação Portuguesa dos Enfermeiros de Reabilitação (Aper); Maria Manuela Martins, professora coordenadora na Escola Superior de Enfermagem do Porto; Olga Ribeiro, da Escola Superior de Saúde de Santa Maria (ESESMP); e Salomé Ferreira, da Escola de Enfermagem de Viana do Castelo.
(mais…)

Tags: Centro de Ciências da SaúdeconferênciaEnfermagem de ReabilitaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Conferencistas do Planeta.doc abordam meio ambiente, sustentabilidade, cinema e economia

24/10/2017 17:33

“Uma ferramenta usada para entretenimento ou como elemento de propaganda, mas também para informar e sensibilizar sobre os problemas que a todos nos afeta”, afirmou Pedro Fuente, diretor do Festival Internacional de Cinema e Meio Ambiente de Saragoça, na Espanha. Ele se refere ao cinema. O II Planeta.Doc Conferência, parte da mostra de cinema socioambiental Planeta.doc, reuniu cineastas, cientistas e empreendedores de diversos lugares do mundo para falar sobre essa questão que é responsabilidade de todos: o meio ambiente e o futuro da humanidade. Os palestrantes falaram de problemas a serem resolvidos, soluções criativas e iniciativas que já estão em andamento, em uma programação que iniciou às 14h e foi até 22h30, no auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos da UFSC.

(mais…)

Tags: alimentaçãoconferênciaFomemeio ambientePlaneta.docsustentabilidadeUFSC

UFSC sedia nesta segunda ‘Planeta.doc Conferência’ com especialistas na área socioambiental

23/10/2017 08:30

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sedia, nesta segunda-feira, 23 de outubro, o evento internacional “Planeta.doc Conferência”. Estão programadas palestras com renomados pensadores, cineastas, ativistas e cientistas nacionais e internacionais (EUA, Inglaterra, Suécia, Índia, Austrália, Portugal, Nova Zelândia, França), que vêm inovando em questões ligadas à sustentabilidade. O evento tem o objetivo principal de repensar ações e as relações de sociedade-natureza e também debater os dilemas sustentáveis atuais.

As atividades são gratuitas e abertas a toda a comunidade. Haverá emissão certificado para os participantes. As inscrições podem ser feitas antecipadamente pelo link e pelo site do evento, ou pessoalmente no dia do evento. A Conferência ocorrerá das 11h às 22h30, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos da UFSC.
(mais…)

Tags: Auditório Garapuvucentro de Cultura e EventosconferênciainternacionalPlaneta.docUFSC

Inscrições abertas para Planeta.doc Conferência, dia 23, na UFSC

16/10/2017 09:00

Mais de cem filmes compõem a programação do Festival Internacional de Cinema Socioambiental, que transformará Florianópolis na capital do meio ambiente até o próximo mês. No dia 23 de outubro ocorre o II Planeta.doc Conferência, na UFSC, que já está com inscrições abertas. Toda a programação é gratuita e pode ser baixada na APP PLANETA.doc ou no site do festival www.planetadoc.com.

“Há água suficiente na Terra para prover nove bilhões de pessoas em 2050?”. A pergunta que moveu os diretores franceses no documentário Expedição  Grand Rift – Os Guerreiros da Chuva (2012, 52 min) e os incitou a percorrer milhares de quilômetros de territórios africanos em processo de desertificação é uma entre as centenas de questões instigantes trazidas pelo Festival PLANETA.doc, que inicia nesta segunda-feira, dia 16 de outubro, em Florianópolis e outras várias cidades catarinenses, e vai até 10 de novembro.
(mais…)

Tags: conferênciaPlaneta.docUFSC

Conferência da Semana Acadêmica de Letras aborda os discursos da intolerância

09/06/2017 20:09

Professora Diana Luz Pessoa de Barros. Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC.

“Neste momento, no Brasil, temos exemplos e exemplos e exemplos para falar de discursos da intolerância.” Foi com esse enunciado que Diana Luz Pessoa de Barros, professora de Linguística da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), abriu a conferência “O discurso da intolerância: questões de intolerância e política, intolerância e internet, intolerância e ensino”, que ocorreu na tarde de quinta-feira, 8 de junho, durante a XI Semana de Letras da UFSC.

Diana iniciou a palestra contextualizando o paradoxo em que vivem os estudiosos da área de Letras: de um lado, o poder da língua e da linguagem é reconhecido; do outro, os cursos de Letras são, em geral, desprestigiados e considerados menos importantes do que outras áreas acadêmicas. Em seguida, a professora abordou o papel que os pesquisadores da linguagem, e em especial do discurso, têm no tratamento das intolerâncias: “Dentro da universidade temos, em primeiro lugar, a obrigação de produzir conhecimento sobre essas questões. O saber sobre a dominação da linguagem e sobre a construção discursiva da intolerância e do preconceito é uma forma, entre outras, de atenuá-los e de contribuir para a aceitação e a inclusão social.”

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC.

Sua perspectiva de reflexão é a semiótica discursiva de língua francesa, linha de análise que compreende que é na língua em uso, no campo dos discursos, que a dominação ocorre, que o poder se manifesta. “E é lá também que ele pode ser contestado”, explicou. Para fundamentar suas reflexões, a professora recorreu a três autores: o francês Roland Barthes; o russo Mikhail Bakthin; e o moçambicano Mia Couto. “Eles compreendem que é tarefa do estudioso do discurso, e das humanidades em geral, não emudecer  o homem, mas, ao contrário, dar-lhe voz. Para isso, é preciso, com os meios desenvolvidos pelas diferentes teorias do discurso, mostrar as formas, as estratégias, os procedimentos que fazem de um texto, mesmo dialogicamente constituído, discursos monofônicos. No desmascaramento dessas estratégias, outras vozes se farão ouvir. E esse saber contribuirá para a promoção da igualdade linguística e social.”

Os discursos a serem “desmascarados” seriam, sobretudo, aqueles considerados discriminatórios, preconceituosos, intolerantes, de exclusão e de incitação à violência. Diana acrescenta que também é papel dos pesquisadores desenvolver procedimentos de construção de discursos contrários: “Temos que mostrar o que são esses discursos de aceitação, intervenção e inclusão social, como eles se constroem.” Para ilustrar seus argumentos, citou diversos exemplos de textos preconceituosos publicados em jornais, revistas, páginas na internet e redes sociais. Destacaram-se os depoimentos dos deputados federais Marco Feliciano e Jair Bolsonaro, que explicitavam preconceitos raciais e de gênero. “Há políticos que fazem da intolerância a sua plataforma.”

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC.

A professora também ressaltou o caráter passional dos discursos intolerantes. “São sempre sujeitos apaixonados. Predominam, nesses discursos, dois tipos de paixões. As malevolentes, de antipatia, raiva, ódio, xenofobia, medo do diferente e dos danos que ele pode causar. A malevolência é considerada uma espécie de caminho para que as coisas sejam postas nos seus ‘devidos lugares’.” As outras paixões, segundo a pesquisadora, seriam as benevolentes. “O sujeito do ódio em relação ao estrangeiro, ao diferente, aos maus usuários da língua, é também o sujeito do ‘amor à pátria’, amor à língua, ao grupo étnico, aos de sua cor, aos de sua religião. Os textos intolerantes são também aqueles do nacionalismo exacerbado. Ou seja: complementam-se as paixões malevolentes do ódio em relação ao diferente e as paixões benevolentes do amor aos iguais.”

Além das questões relativas ao preconceito e à intolerância em relação aos usos da linguagem, a professora abordou a variedade linguística, a oralidade, o plurilinguismo (ou multilinguismo). A aceitação das “várias línguas portuguesas”, por exemplo – da cidade e do campo, dos falantes cultos e dos iletrados, do nordeste e do sudeste etc –, evitariam preconceitos e intolerâncias em relação à linguagem e ao diferente em geral. “Promovê-las à igualdade seria o luxo da liberdade. A diversidade e a pluralidade, o multiculturalismo e de multilinguismo, são condições imprescindíveis ao desenvolvimento da civilização. Um homem plural deve estar munido de um idioma plural.”

Diana começou a pesquisar a intolerância nos discursos quando integrou o Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerâncias e Conflitos (Diversitas), coordenando um projeto de pesquisa sobre intolerância e preconceito linguístico. “Minha proposta é que os discursos intolerantes são principalmente discursos que julgam os sujeitos considerados maus cumpridores de certos contratos sociais. Por exemplo, o contrato de ‘branqueamento da sociedade’, ou o da ‘pureza da língua’, da ‘heterossexualidade’ e por aí afora. Esses sujeitos são, portanto, reconhecidos como maus atores sociais, maus cidadãos, maus usuários da língua. Eles não são só julgados cognitivamente, mas são também punidos, com a perda de direitos, de emprego e até mesmo com a morte.”

O problema da intolerância, portanto, é que ela vai além da “etapa passional do preconceito”. A intolerância aparece nas ações discriminatórias. “O sujeito intolerante passa para a ação e age contra o outro, contra aquele que ele odeia.” A professora citou uma frase que conheceu quando vistou o museu “Memoria y Tolerancia“, na Cidade do México: “Todos temos preconceitos, mas nem todos discriminamos.” Ou seja, se não podemos ser impedidos de ter preconceitos, podemos — e devemos — ser impedidos de discriminar, de desrespeitar, de matar.

Mais informações sobre a XI Semana Acadêmica de Letras na página do evento e no Facebook.

Daniela Caniçali/Jornalista da Agecom/UFSC

Tags: conferênciadiscursointolerâncialetrasLinguagempreconceitoRoland BarthesUFSCXI Semana de Letras

‘Cuba e o protagonismo popular’ é tema de conferência no dia 14 de junho

06/06/2017 12:27

O Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, coordenado pela professora Beatriz Paiva, organiza, no dia 14 de junho, a conferência com a professora Olga Pérez Soto, da Universidad de La Habana, em Cuba. O tema da palestra será “Política social em Cuba: protagonismo popular no projeto antissistêmico”, buscando aprofundar o conhecimento sobre a política social na América Latina.

Olga Pérez Soto é professora titular da Faculdade de Economia da Universidade de Habana, Cuba, desde 2003. É doutora em Ciência Econômica com ênfase em Desenvolvimento pela Universidade de Barcelona, Espanha, mestra em Economia na Universidade de Carleton, Canadá, e licenciada em Economia Política pela Universidade de Habana, Cuba.

A atividade será no auditório do Centro Socioeconômico (CSE/UFSC), às 8h30.

Mais informações pelo e-mail

Tags: América LatinaCentro SocioeconômicoconferênciaCSECubapolítica socialPrograma de Pós-Graduação em Serviço SocialUFSC

Conferência com professor da University of New Hampshire ocorre dia 25 no CFH

18/05/2017 12:14

A conferência organizada pelo Núcleo Transdisciplinar de Meio Ambiente e Desenvolvimento (NMD), tratará sobre “O Papel dos Cientistas em Sistemas de Gestão Compartilhada de Recursos Costeiros – Uma visão comparativa Brasil-EUA”. O evento terá participação do professor Tom Safford, do Departamento de Sociologia e Escola de Ciências Marinhas da Universidade de New Hampshire, dos EUA. Ocorrerá dia 25 de maio, de 14h às 17h, na sala de reuniões Sílvio Coelho dos Santos, bloco D do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH).

O tema da conferência deverá ser desenvolvido a partir dos resultados gerados até o momento pela implementação de dois projetos de pesquisa de campo. O primeiro investigou o desenvolvimento do turismo de praia e da maricultura na região da Nova Inglaterra, nos Estados Unidos. Nele foram colocadas em primeiro plano as relações envolvendo cientistas, empresários e gestores na identificação de problemas relativos à garantia de qualidade dos recursos hídricos e também à efetividade da comunicação social de evidências de riscos de comprometimento da saúde e da qualidade de vida da população.

E no segundo, realizado no Brasil, em colaboração com o NMD da UFSC, o professor Safford vem examinando o papel desempenhado pelos cientistas no desenvolvimento do setor de maricultura no estado de Santa Catarina. Para isso, foram realizadas entrevistas com pesquisadores, gestores e maricultores em Florianópolis, Palhoça e Penha.

Neste evento pretende-se também colocar em discussão a abertura de novas oportunidades de pesquisa colaborativa sobre o assunto envolvendo a UFSC e a Universidade de New Hampshire.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-8610 e pelo site.

Tags: CFHconferênciaDepartamento de Sociologia e Escola de Ciências Marinhas da Universidade de New Hampshirenúcleo transdisciplinar de meio ambiente e desenvolvimentoprofessor Tom SaffordUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaUniversity of New Hampshire

Pesquisadores da UFSC promovem conferência sobre sistemas dinâmicos simbólicos

16/03/2017 16:07

Cartaz_III_FloripaDynSysconferência internacional sobre a teoria Sistemas Dinâmicos Simbólicos, área de estudos da Matemática, será realizada, entre 20 e 24 de março, em Florianópolis. Com o título III Workshop on dynamics, numeration, tilings and graph algebras (FloripaDynSys), o evento é organizado em parceria entre a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia da Matemática (INCT). Esta será a terceira edição do FloripaDynSys, que vem sendo realizado a cada dois anos. A primeira foi em 2013 e a segunda, em 2015.

Focado nos desenvolvimentos recentes na área de sistemas dinâmicos e temas relacionados, o workshop abordará também como os sistemas dinâmicos são utilizados para modelar e resolver diversos problemas da física, biologia, computação etc. A teoria dos sistemas dinâmicos é a área de estudos do ganhador da Medalha Fields, o brasileiro Artur Avila, e dialoga com diversas outras áreas da Matemática, como análise, topologia, teoria de grafos, álgebra abstrata, álgebra de operadores, ordem aperiódica.

A programação do workshop contará com palestras — voltadas para alunos de pós-graduação e pesquisadores —, e apresentações de pôsteres. Cerca de 50 participantes, incluindo pesquisadores internacionalmente destacados, participarão dos cinco dias de atividades, em um ambiente propício ao intercâmbio de idéias e ao estabelecimento de novas redes de colaboração.  As atividades ocorrem no Hotel Palace Praia, em Canasvieiras.

Mais informações no site do evento ou do departamento de Matemática.

Tags: conferênciaFloripaDynSysmatemáticasistemas dinâmicosUFSCworkshop

Pós-graduação em Literatura promove conferência com pesquisadora da Argentina

13/03/2017 16:07

O Programa de Pós-graduação em Literatura (PPGLit/UFSC) promove, nesta quarta-feira, 15 de março, a conferência “La investigación literaria en Argentina y su internacionalización (1958-2015): notas sobre la conexión con Brasil“. A palestra será ministrada por Analía Gerbaudo, professora titular de “Teoría Literaria I” e “Didácticas de la Lengua y de la Literatura“, na Facultad de Humanidades y Ciencias (FHUC) da Universidad Nacional del Litoral (UNL) e pesquisadora independente do Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (Conicet).

A pesquisadora coordenou o grupo que mapeou as condições de institucionalização e internacionalização da área de letras na Argentina (1945-2010). A palestra ocorre no auditório Henrique Fontes, no Bloco B do Centro de Comunicação e Expressão (CCE), às 15h.

Mais informações pelo e-mail  ou pelo telefone (48) 3721-3799.

Tags: ArgentinaconferêncialiteraturapalestraPPGLitPrograma de Pós-graduação em Literatura da UFSCUFSC

Conferência nesta quarta sobre o Rio Doce encerra 4º Simpósio de História Ambiental e Migrações

14/09/2016 12:47

O 4º Simpósio de História Ambiental e Migrações, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) e o Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (PPGICH) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio do Grupo de Pesquisa Laboratório de Imigração, Migração e História Ambiental (LABIMHA), encerra nesta quarta-feira, 13, com a conferência “A transformação do Vale do Rio Doce em perspectiva transnacional, 1880 – 1950”. A palestra é aberta ao público e será apresentada no Auditório da Reitoria da UNIVERSIDADE, às 16h30min, pelo professor Georg Fischer, da Universidade de Aaruhns.

Mais informações no site.

Tags: 4º Simpósio de História Ambiental e MigraçõesCFHconferênciaPrograma de Pós-Graduação em HistóriaPrograma de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências HumanasRio DoceUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Conferência expõe pensamento de Hannah Arendt sobre crise na educação

15/07/2016 13:54
Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Na quarta-feira, 13 de julho, ocorreu a sétima e última conferência do seminário Dimensões Estéticas da Formação Humana. Com o título “A natalidade como possibilidade de amor mundi – humanismo e formação em Hannah Arendt”, a aula foi ministrada pela professora Daiane Eccel, do departamento de Estudos Especializados em Educação (EED) da UFSC. “Hannah Arendt não é uma pensadora específica da educação, mas ela faz um bom diagnóstico de época — a modernidade —, sobre a atual crise na educação. Minha proposta é pensar em que medida a ideia de amor mundi, relacionada à natalidade, pode ajudar a refletir sobre essa crise”, explica Daiane.

A professora iniciou a conferência diferenciando os conceitos de amor e amor mundi – que, segundo ela, não está explícito na obra de Hannah Arendt: “O conceito amor mundi aparece disperso, não há nenhuma referência clara e direta sobre ele.” Daiane destacou as duras críticas da filósofa alemã à ideia de amor ao próximo. “Para ela, quando o cristão tem a pretensão de amar a todos, ele não ama ninguém. Não é possível amar ao próximo como a ti mesmo. No cristianismo, ‘o próximo’ é só um meio para chegarmos a um fim. Isso, para Arendt, não é amor, é uma espécie de deturpação do amor.”

Hannah Arendt também critica a ideia de amor romântico: “A pessoa retira-se do mundo para construir um outro mundo, junto da pessoa amada. O amor romântico, portanto, é um ‘egoísmo a dois’. Mas esse amor também gera uma contribuição ao mundo, uma nova possibilidade, que é uma criança.” Daiane seguiu discorrendo sobre a relação do conceito de amor mundi com a natalidade, que seria o “segundo nascimento”.

O primeiro nascimento, o biológico, envolve apenas as necessidades essenciais para a sobrevivência. “Para o segundo nascimento acontecer, é necessário uma preparação. É aí que entra o papel da educação, da formação. Hannah Arendt afirma que a educação deve se dar na passagem do primeiro nascimento para o segundo nascimento. É nesse meio onde operam os pais e a escola”, expôs Daiane.

A professora discursou também sobre a interdependência entre democracia e educação. “O primeiro nascimento está na esfera do lar, da necessidade. O segundo nascimento, na esfera pública, da liberdade. Todos devem ter acesso a determinado conteúdo, para então estar preparado para agir sobre o mundo.” Na modernidade há problemas na transição entre esses dois momentos. A crise na educação, segundo Hannah Arendt, tem a ver com essa passagem mal feita.

Daiane explicou que, quando o processo educacional não possibilita o segundo nascimento, ele é julgado como falho. “O indivíduo pode escolher se vai ou não agir na esfera pública, mas ele deve ter as ferramentas para isso. O amor mundi não é um sentimento privado. Ele é externo, está completamente ligado à esfera pública. É a responsabilidade que todos temos com as próximas gerações”, finaliza a pesquisadora.

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

 Seminário

Coordenado pela professora Marlene de Souza Dozol, o seminário teve por objetivo discutir a relação da estética com a formação humana. “Abordamos as categorias estéticas que marcam cada momento da História. Passamos pela Grécia, Roma, Idade Média, Renascimento, séculos XVIII, XIX, XX. Para cada período, escolhemos um pensador que tratou, de alguma forma, de filosofia da educação”, explica Marlene. Montaigne, Jean-Jacques Rousseau e Hegel foram alguns dos autores escolhidos.

Um aspecto positivo do seminário, segundo a coordenadora, foi a oportunidade de valorizar as pesquisas de professores da própria universidade. “Os conferencistas convidados eram todos da UFSC. Foi possível conhecer a riqueza de seus trabalhos, os talentos que temos aqui e o quanto cada um tem a contribuir em diferentes campos de saber.” Cerca de 40 estudantes participaram do evento, oriundos da graduação e pós-graduação de diversos departamentos da UFSC: Filosofia, Letras, Sociologia, Pedagogia, Direito, Biologia, entre outros.

Nesta sexta-feira, 15 de julho, às 18h30, ocorre a última atividade do seminário. Integrantes do grupo de estudos “Estética e Educação” apresentarão suas pesquisas na sala 618 do PPGE, 2º andar do Centro de Ciências da Educação (CED). Confira os trabalhos:

Título Autora
“A noção de uma cultura da juventude romântica em Walter Benjamin” Priscilla Stuart da Silva
“A força da linguagem nos ‘Devaneios’ de Rousseau” Luana Aversa
“Arte de educar e conexão razão-sentimento e pensamento-arte na obra de Rousseau: uma formação estética na infância” Lia Presgrave

Interessados no conteúdo das conferências podem acessar toda a bibliografia indicada pelos professores na xerox do CFH, na pasta com o título “Dimensões Estéticas da formação humana”. A segunda edição do seminário está prevista para o primeiro semestre de 2017.

Grupo de estudos

“Nosso grupo tem um perfil plural, aberto em termos de perspectivas e pensadores. Essa é nossa marca registrada”, afirma Marlene. O grupo de estudos “Estética e Educação” está aberto a novos integrantes interessados na área. As reuniões são quinzenais e a agenda de estudos e pesquisa é definida a cada início de semestre. São escolhidas obras que estabeleçam um diálogo da filosofia da educação com outras áreas, como a literatura, pintura, música.

“Nos encontros, há um amadurecimento de ideias que, muitas vezes, resultam em publicações. Também aproveitamos para aprimorar a produção textual, promovendo oficinas de escrita científica”, afirma Marlene. Os principais autores que vêm sendo estudados são Hannah Arendt, Jean-Jacques Rousseau e Walter Benjamin.

Mais informações sobre o grupo:

Professora Marlene de Souza Dozol:

Professora  Daiane Eccel:

Doutoranda Priscilla Stuart da Silva:

Daniela Caniçali/Jornalista da Agecom/UFSC

Tags: CEDCentro de Ciências da EducaçãoconferênciaeducaçãoEstéticaHannah ArendtPPGEUFSC

Conferência ‘A natalidade como possibilidade de amor mundi’ ocorre nesta quarta

12/07/2016 07:38

Conferência Profa Daiane Eccel_Dois eventos estão programados para a última semana do seminário “Dimensões estéticas da formação humana”. Nesta quarta-feira, 13 de julho, às 16h, ocorre a conferência “A natalidade como possibilidade de amor mundi – humanismo e formação em Hannah Arendt”. A palestra será ministrada pela professora Daiane Eccel, do Departamento de Estudos Especializados em Educação (EED) da UFSC. Na sexta-feira, 15 de julho, às 18h30, haverá apresentação de comunicações de estudantes do grupo de estudos “Estética e Educação”, do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE). As duas atividades serão realizadas na sala 618 do PPGE, 2º andar do Centro de Ciências da Educação (CED).

Tags: CEDconferênciaEEDEstéticaHannah ArendtPPGEseminárioUFSC

Conferência ‘Estética e retórica nos ensaios de Montaigne’ quarta no CFH

06/06/2016 16:00

A próxima conferência do seminário especial “Dimensões Estéticas da Formação Humana” será ministrada pelo professor associado do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Jaimir Conte, na próxima quarta-feira, 8 de junho, das 18h30 às 20h30, no miniauditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) com o título “Estética e retórica nos ensaios de Montaigne”. O evento é promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE).

Quarta Conferência 'Estética e retórica nos ensaios de Montaigne' - Prof. Jaimir Conte

Tags: CFHconferênciaDimensões Estéticas da Formação HumanaMontaigneseminárioUFSC

Conferência ‘Estado e políticas públicas para a promoção da diversidade’ nesta segunda na UFSC

11/05/2015 10:08

Nesta segunda feira, 11 de maio, o presidente da Associação Brasileira de Antropologia (ABA), Antonio Carlos de Souza Lima, ministra a conferência “Estado e políticas públicas para a promoção da diversidade”, às 16h30min na Sala Silvio Coelho dos Santos, no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH).

unnamed

 

 

Tags: Antonio Carlos de Souza Limaconferênciapresidente da ABA

Conferência ‘Somos todos Charlie’ é nesta quinta-feira, no Centro Socioeconômico

12/03/2015 11:07

sciencepoA conferência “Somos todos Charlie: dimensões nacionais e internacionais da crise”, com o professor Olivier Dabène, do instituto Sciences Po Paris, será no dia 12 de março (quinta-feira), às 16h, no miniauditório do Departamento de Economia e Relações Internacionais, bloco D, 3º andar, Centro Socioeconômico (CSE) da UFSC.

Mais informações: http://cnm.ufsc.br

 

Tags: conferênciaCSESomos todos CharlieUFSC

Pós em Bioquímica promove palestra com professor de universidade do Canadá

02/03/2015 16:16

O Programa de Pós-graduação em Bioquímica promove palestra nesta terça-feira, 3 de março, às 14h, na sala 208, 2º andar do Bloco C,  prédio do Centro de Ciências Biológicas (CCB), no Córrego Grande, Florianópolis,  com Glen Van der Kraak, da Universidade de Guelph (Department of Integrative Biology, and Associate Dean, Research, College of Biological Science), Ontário, Canadá.

Palestra: The Regulation and Function of Ovarian-derived Insulin-like Growth Factors in Zebrafish (Daniorerio)

Tags: conferênciaGlen Van der Kraakpós em BioquímicaUFSC

Professor da UFSC ministra conferência em congresso sobre Educação Integral

23/07/2014 08:31

congresso_maristaNo dia 31 de julho será realizado o “Congresso Marista de Educação: Educação Integral, territórios e suas linguagens”, no Centro Multiusos de São José (SC). A promoção é da Rede Marista de Solidariedade, com o objetivo de abordar temas relevantes sobre a educação e o desenvolvimento infantis.

(mais…)

Tags: conferênciaCongresso Marista de EducaçãoJéferson DantasMENUFSC

Conferência sobre obesidade em crianças e adolescentes nesta quinta na UFSC

15/05/2014 07:53

Os programas de pós-graduação em  Nutrição,  Saúde Coletiva e Educação Física da Universidade Federal de Santa Catarina promovem a conferência “Définition de l’obésité chez les enfants et les adolescents: Données épidémiologiques” (Definição de obesidade em crianças e  adolescentes: dados epidemiológicos), com Marie Françoise Cachera, pesquisadora visitante nos programas promotores do evento.

A conferência será ministrada em Francês (com tradução subsequente) nesta quinta-feira, 15 de maio,às 14h, no auditório do bloco V do Centro de Desportos (CDS). Mapa do local: http://goo.gl/tyBdCS

Marie Françoise Cachera é doutora em Ciências da Nutrição e Pesquisadora Honorária da Université Paris 13. Atualmente atua na linha de pesquisa Epidemiologia Nutricional da Université Paris 5 e Université Paris 7.

 

Tags: adolescentesconferênciacriançasMarie Françoise CacheraobesidadePPGNPPSCPrograma de Pós-Graduação em Educação Física

Conferência sobre as ‘proletárias saint-simonianas’ nesta quarta-feira no CFH

14/05/2014 11:45

O Núcleo de Antropologia do Contemporâneo (TRANSES/PPGAS), o Laboratório de Estudos de Gênero e História (LEGH/PPGH) e o INCT Brasil Plural convidam para a Conferência “As proletárias saint-simonianas e sua herança. Entre ocultação e (re)descoberta de seus itinerários e escritos”, com a pesquisadora francesa Christiane Veauvy, nesta quarta-feira, 14 de maio, às 14h30min, na sala 10 da História.

As “proletárias saint-simonianas” (denominação que as próprias mulheres do movimento se deram em 1832 para se diferenciar das “grandes damas do movimento”) foram objeto de uma grande recusa ao longo do século XIX, em particular Claire Demar, demonizada por seus contemporâneos (a mulher livre como “mulher-monstro”). Fundaram o primeiro periódico redigido por mulheres e destinado às mulheres,  La femme libre (1832-1834).
(mais…)

Tags: Christiane VeauvyconferênciaPPGASTransesUFSC

UFSC promove conferência com o tema ‘Doçura, saciação e saciedade’

28/04/2014 21:18

Pesquisadora France Bellisle

Os programas de pós-graduação em Nutrição (PPGN) e em Saúde Coletiva (PPGSC)  da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promovem na próxima terça-feira, 29 de abril, às 14h, no auditório do Bloco H do Centro de Ciências da Saúde, a conferência ” Sweetness, Satiation, and Satiety” (Doçura, saciação e saciedade*) com a professora France Bellisle, pesquisadora visitante nos programas de pós-graduação promotores do evento. A conferência será ministrada em inglês, e haverá tradução simultânea.

* Saciação é o  processo que nos faz parar de comer. Já a saciedade é o processo que suprime a vontade de comer, após a refeição. Ambas inibem o apetite, que pode ser definido como a tendência de procurar e consumir alimentos (Fonte: http://deltanutri.com.br/blog/saciacao-e-saciedade).
(mais…)

Tags: conferênciaFrance BellislePPGNPPGSCsaciaçãosaciedadesatiationsatietysweetnessUFSC

Rede de atenção às urgências e emergências de saúde em debate na UFSC

22/04/2014 09:40

A conferência “Rede de atenção às urgências e emergências no cenário nacional e no estado de Santa Catarina” será realizada no dia 25 de abril, às 14h, no auditório do bloco H do Centro de Ciências da Saúde (CCS).

Os conferencistas serão Anderson Messias Silva Fagundes, Coordenador das Redes de Atenção às Urgências e  Emergências do Ministério da Saúde; Angela Blatt, enfermeira do Departamento de Saúde Pública da UFSC; e  Rosani Ramos Machado, professora do Departamento de Enfermagem da UFSC.

Promoção e organização: Grupo de Estudos no Cuidado de Pessoas nas Situações Agudas de Saúde (GEASS), Programa de Pós-graduação em Enfermagem (PEN), Departamento de Enfermagem da UFSC.

Apoio: Secretaria de Atenção à Saúde – SAS – MS – Depto de Atenção Hospitalar e de Urgência.

Cartaz Conferência Rede de Atenção às Urgências 2014

 

Tags: conferênciaemergênciasrede de atençãosaúdeUFSCurgências

Maffesoli fala na UFSC sobre modernidade e pós-modernidade

08/04/2014 15:59

Conferência A emergência de valores pós-modernos. Foto Wagner Behr/Agecom/ UFSC

Na segunda-feira, 7 de abril, o sociólogo francês Michel Maffesoli ministrou, no Auditório Garapuvu, do Centro de Cultura e Eventos  da UFSC, a conferência “A emergência dos valores pós-modernos”, em comemoração aos 20 anos do Nupequis-Fam-SC (Núcleo de Pesquisa e Estudos em Enfermagem, Quotidiano, Imaginário, Saúde e Família de Santa Catarina, LEIFAMS), que promoveu e organizou o evento, juntamente com o Projeto Ninho e o Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UFSC.

Maffesoli explicou quase todos os conceitos a partir da etimologia grega ou latina da palavra;  falou sobre duas épocas: a moderna – que se está fechando – e a pós-moderna – que se está abrindo, para ele de uma forma reemergente, em espiral, de modo que “o fim de um mundo não é o fim do mundo”.

Para contrapor as diferenças entre o moderno e o pós-moderno, o sociólogo caracterizou cada época com cinco palavras-chave, aplicáveis ao mundo ocidental.

 

 

 

(mais…)

Tags: conferênciaMichel MaffesolimodernidadeNupequis-SCpós-modernidadeUFSC

Conferência sobre liberalismo com o jurista António Hespanha

18/09/2013 09:07

O Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove a conferência “Relendo o liberalismo – Novos olhares sobre o século XIX”, que será proferida nesta quinta-feira, às 19h, no Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), pelo professor António Manuel Hespanha, da Universidade de Lisboa, um dos mais relevantes juristas e historiadores do direito na atualidade, atualmente vinculado à Universidade de Lisboa.

O evento é gratuito e aberto ao público.  
(mais…)

Tags: António Manuel HespanhaCCJconferênciaPós em DireitoUFSC
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2