Aluno da UFSC integra projeto vencedor em inclusão de autistas no mercado de trabalho

14/09/2020 09:00

Fone é capaz de mitigar os efeitos da hipersensibilidade auditiva em indivíduos com TEA. Foto: Divulgação

O aluno de Ciências da Computação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Alexandro de Campos Teixeira Netto integra a equipe do projeto que conquistou, no dia 5 de setembro, o 1º lugar no Autismo Tech, um hackathon que tem como objetivo principal encontrar soluções para incluir os autistas no mercado de trabalho. A ideia vencedora foi o Austic, um fone de cancelamento ativo de ruído por condução óssea, que utiliza tecnologia inédita no Brasil.

O fone desenvolvido possui um microfone que capta os ruídos do entorno e transfere para a aplicação e processamento. A partir daí, um software cria ondas exatamente iguais e as emite praticamente ao mesmo tempo, só que em uma fase oposta, causando o cancelamento dos ruídos indesejados. Com o uso da condução óssea, a transmissão ocorre constantemente à medida que as ondas sonoras vibram nos ossos, especificamente nos ossos do crânio, “permitindo ao ouvinte perceber o conteúdo de áudio sem bloquear o canal auditivo e sem retirar a atenção dele a sua volta”.

O aplicativo do Austic possibilita um ajuste manual de frequência e volume, além de realizar um background dos dados de volume e geolocalização, e garante um funcionamento automático em situações e locais frequentes. O aparelho busca fomentar a qualidade de vida para indivíduos com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) que sofrem com sensibilidade auditiva e possibilita mais independência nas atividades diárias e profissionais, sem a preocupação com crises e gatilhos corriqueiros.

Equipe do projeto que conquistou o 1º lugar no Autismo Tech

A equipe vencedora é formada por seis membros, que se conheceram pela internet. Além de Alexandro Netto, formam o grupo do projeto vencedor: Henrique Gomes de Souza, Júlia Demuner Pimentel, João Eliano Germano Gomes, Thainá Monteiro Ferreira e Carol Nobre Moraes. Carol é autista e relatou à equipe os obstáculos que enfrentou na vida profissional como dentista, entre eles crises ocasionadas pelos sons e ruídos presentes no cotidiano do consultório.

Para Alexandro, a proposta do hackathon é muito nobre ao ajudar pessoas do espectro autista que são afetadas no cotidiano e, consequentemente, no mercado de trabalho. “Ter uma autista em nosso time nos ajudou muito a entender essas dificuldades e decidimos focar na maior delas: a hipersensibilidade auditiva, que leva a problemas de comunicação e até dor de cabeça, náuseas e vômito. É extremamente motivador participar de uma ideia que tem o potencial de melhorar a qualidade de vida de tantas pessoas, aumentar a visibilidade dessa comunidade e torná-la cada vez mais independentes”, explicou.

No momento, o grupo está em fase de desenvolvimento e trabalha na divulgação e na captação de investimentos que possam viabilizar a produção do Austic para o mercado e, assim, promover melhorias e inclusão no espectro autista.

Mais informações pelo e-mail austicprojeto@gmail.com.

Tags: autismoAutismo TechCiências da ComputaçãoTranstorno do Espectro do Autismo (TEA)

Projeto de extensão Brincamente fará lives com temas da neuropsicologia

15/06/2020 12:12

O Laboratório de Neuropsicologia Cognitiva e Escolar da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulga programação para as próximas lives (bate-papo online) do programa de extensão Brincamente. O projeto possui conteúdos que abordam temas diversos da neuropsicologia e desenvolvimento infantil e são direcionados a várias faixas etárias, desde a primeira infância até a adolescência. A neuropsicóloga Chrissie Carvalho, professora do Departamento de Psicologia do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) é a coordenadora do projeto Brincamente e recebe profissionais renomados na área para debater as temáticas.

Nas próximas semanas o tema abordado será Cognição Social, que compreende um conjunto de processos neurobiológicos que possibilita aos seres humanos interpretar e responder de forma mais adaptativa aos estímulos sociais que envolvem o processamento emocional, a percepção social e inferências sobre nossos estados mentais. O enfoque se dará também sobre os transtornos do neurodesenvolvimento como o autismo, que possui déficits importantes em relação a comunicação e relações sociais.
(mais…)

Tags: @BrincaMenteautismoCFHNeuropsicologiapsicologiaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Hall da Reitoria recebe exposição de desenhos ‘Minha Arte na Escola’

18/02/2020 12:42

Está aberta à visitação pública desde segunda-feira, dia 17 de fevereiro, no Hall da Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a exposição artística “Minha Arte na Escola”, com desenhos de Thiago Santos Fernandes, adolescente de 15 anos, autista (com altas habilidades). A mostra pode ser vista de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, até o dia 28 de fevereiro. A visitação é gratuita e aberta à comunidade. Thiago estará presente na exposição, fazendo alguns desenhos, na quarta-feira, dia 19, das 10 às 12h.

A exposição apresenta 13 desenhos feitos em tamanho A3 (aproximadamente 30 cm x 40 cm), com lápis de cor e caneta preta. Kássia Santos, mãe de Thiago, conta que a família é de Pernambuco e veio para Santa Catarina por ser um estado, segundo ela, que já tem um histórico de políticas voltadas para inclusão e também por acreditar que a orientação e os tratamentos corretos são fundamentais para o desenvolvimento da criança e do adolescente com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Ela relata que aqui, na escola pública EEB Nossa Senhora da Conceição, no município de São José, vizinho a Florianópolis, Thiago foi acolhido com muita atenção: “Toda a atenção e cuidados dispensados pelos profissionais da escola foram transformados em desenhos. Thiago retribuiu da melhor forma que conhece: retratou professores, diretoras e a coordenadora”.

A mãe do adolescente comenta que família está contente porque, neste mês de fevereiro de 2020, Thiago começou a frequentar as atividades de artes visuais do Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAHS), da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE).

Thiago e a criação de seus desenhos

Thiago Santos Fernandes tem 15 anos, nasceu em Recife e, desde a infância, se interessou pela arte do desenho. Inicialmente, fez personagens de animações, jogos e séries, youtubers, as pessoas com quem convivia (parentes, terapeutas, professores, etc.) e algumas personalidades artísticas e políticas. Muitos desenhos foram feitos em caderno de desenho usando giz de cera, lápis de cor e caneta preta. Atualmente, ele usa papel Canson branco de 200g/m2, nas dimensões A2, A3 e A4.
(mais…)

Tags: autismohall da ReitoriaThiago Santos Fernandes

Projeto ‘Mundo Autista’: conhecimento para combater o preconceito e o desrespeito

01/12/2017 13:02

Um espaço cheio de estudantes, servidores e profissionais de Saúde e Educação aguardavam a abertura do evento realizado na tarde desta quinta-feira, 30 de novembro, no Auditório da Reitoria da UFSC, promovido pelo projeto ‘Mundo Autista – Incrível em Outro Espectro’. Quatro palestrantes falaram sobre pediatria, neurologia infantil, psicologia, psicopedagogia e fonoaudiologia para um público atento e em busca de conhecimento. Essa é a segunda atividade realizada pelo grupo de 31 estudantes da 8ª fase do curso de Administração da UFSC que, por meio da disciplina Administração de Projetos, busca conscientizar e sensibilizar a população sobre as dificuldades em que pessoas autistas e suas famílias enfrentam no dia-a-dia, para o desenvolvimento de um indivíduo livre e a construção de uma sociedade justa.
(mais…)

Tags: administração UFSCautismoCurso de AdministraçãoMundo AutistaProjeto 'Mundo Autista'UFSC

Conversa sobre autismo dia 17 no Colégio de Aplicação

14/12/2015 09:04

12359626_1021077341246611_136196481_oO evento “Conversando sobre autismo” será realizado no dia 17 de dezembro, a partir das 9h, no miniauditório azul do Colégio de Aplicação (CA), com o professor Adriano Nuernberg, do Departamento de Psicologia da UFSC. Gratuito e aberto ao público, o evento é organizado pelo Núcleo de Acessibilidade Educacional do CA.

 

Tags: autismoCAColégio de AplicaçãoUFSC