Revista da UFSC publica dossiê com artigos de experiências em Timor-Leste

21/12/2016 09:22

Revista Perspectiva, do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), publicou um dossiê intitulado “Cooperações Educacionais entre países Sul-Sul: análises e perspectivas sobre o Timor-Leste e Moçambique”, o qual traz reflexões sobre cooperações internacionais educacionais entre Brasil, Moçambique, Portugal e Timor-Leste.

As cooperações Sul-Sul são processos de articulação política e de intercâmbio econômico, científico, tecnológico, cultural e em outras áreas entre países em desenvolvimento. Na última década, o Brasil foi protagonista de muitas experiências de internacionalização solidária em suas instituições, traçando parcerias com vários países da África, Ásia e América Latina.
(mais…)

Tags: capesTimor-LesteUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Palestra debate educação no Timor Leste

27/08/2015 11:41

 A palestra “40 anos da República Democrática de Timor Leste: foco na educação”, com o professor da Universidade Nacional de Timor Leste Antero Benedito da Silva, será realizada no dia 8 de setembro, às 9h, no auditório Henrique Fontes do Centro de Comunicação e Expressão (CCE).

O evento é promovido pelos grupos de Pesquisa Literalise – Literatura Infantil e Juvenil e Práticas de Mediação Literária, Discursos da Ciência e Tecnologia na Educação e pelo Programa de Educação Tutorial (PET) de Pedagogia da UFSC.

Inscrições antecipadas e mais informações pelo e-mail ou pelo telefone (48) 3721-4515.

11942265_705709186227153_776925789406161467_o (1)

 

Tags: Discursos da Ciência e Tecnologia na EducaçãoLiteralise - Literatura Infantil e Juvenil e Práticas de Mediação LiteráriaPrograma de  Educação Tutorial (PET) de PedagogiaTimor-LesteUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Bolsistas do programa de qualificação docente chegam ao Timor-Leste

02/06/2014 14:48

Chegada dos bolsistas do PQLP ao Timor-Leste. Foto: divulgação

No mês de maio, chegaram ao Timor-Leste 49 bolsistas do Programa de Qualificação Docente e Ensino de Língua Portuguesa (PQLP) e quatro do Projeto Pró-Mobilidade da AULP/Capes, os quais atuarão no país em ações focadas no ensino de língua portuguesa e na formação de docentes de diversas áreas e níveis.

Para se ter uma ideia do impacto do PQLP, em 2013, cerca de 2 mil timorenses passaram por formações promovidas pelos bolsistas do Programa. Essas ações contam com a parceria da Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL) e do Instituto Nacional de Formação Docente e Profissionais da Educação (Infodepe), e apoio da Embaixada Brasileira em Díli, capital do Timor-Leste.

(mais…)

Tags: Programa de Qualificação de Docentes e Ensino de Língua Portuguesa no Timor-Leste (PQLP)Timor-LesteUFSC

Entrevista encerra seleção de professores para Timor Leste

30/01/2014 14:03

Os 57 professores pré-selecionados para o Programa de Qualificação de Docentes e Ensino da Língua Portuguesa no Timor Leste estão convocados para entrevistas, via internet, no período de 5 a 7 de fevereiro. A entrevista é a última de três etapas do processo de seleção, que compreende também análises dos documentos e de mérito do educador.

A relação dos pré-selecionados, divulgada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), fixa a data da entrevista, que tem caráter classificatório e eliminatório, e nomeia quem deve participar em cada dia. As entrevistas serão conduzidas pela coordenação acadêmica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que também é responsável pelo acompanhamento profissional dos professores no Timor Leste. Em 5 de fevereiro serão entrevistados 18 professores; no dia 6, serão 19; e no dia 7, outros 20, conforme tabela dos docentes pré-selecionados.
(mais…)

Tags: capescooperação internacionalTimor-LesteUFSC

UFSC na Mídia: Universidade promove evento multicultural sobre o Timor Leste

14/11/2013 13:37

Representantes da UFSC, de outras entidades e estudantes do Timor Leste. Foto: Wagner Behr/Agecom/UFSC

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promoveu um encontro multicultural no dia 31 de outubro para celebrar a presença de 13 estudantes timorenses na Universidade – dois na graduação e 11 na pós-graduação, assim como a libertação do Timor Leste. O evento teve como objetivo valorizar este país e seu povo, com danças e trajes típicos, declamação de poesias, mostra de artesanato, canções, mesas-redondas e exposição de fotos.
(mais…)

Tags: capesevento multiculturalTimor-LesteUFSC

Inscrições abertas para programa de qualificação de docentes entre Brasil e Timor Leste

05/11/2013 07:58

O Programa de Qualificação de Docentes e Ensino de Língua Portuguesa (PQLP), promovido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), é um acordo de cooperação educacional internacional entre Brasil e Timor-Leste, o qual envia 50 professores brasileiros para o país asiático todo ano, com o objetivo de formar professores timorenses. Em 2009, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) passou a ser a coordenadora acadêmica desse Programa e faz o acompanhamento presencial ou a distância.

As inscrições para o PQLP estão abertas até o dia 17 de dezembro de 2013, são gratuitas e devem feitas exclusivamente pela internet, até as 18 horas, mediante preenchimento do formulário de inscrição online, disponível no site http://www.capes.gov.br/cooperacao-internacional/timor-leste. Ao formulário de inscrição deverá ser anexada a documentação descrita no item 6.2 do Edital.
(mais…)

Tags: inscrições abertasPQLPTimor-LesteUFSC

Independência do Timor Leste e seus alunos na UFSC são destaques em evento multicultural

01/11/2013 13:49

Encontro multicultural realizado no dia 31 de outubro, no Auditório do CED, celebrou a presença de 13 estudantes timorenses na Universidade e 11 anos de independência do Timor Leste. Foto: Wagner Behr/Agecom/UFSC

“Somos um país muito jovem, com apenas 11 anos de independência, que, sem ajuda, enfrentaria muitas dificuldades. Somos muito gratos ao governo do Brasil, à UFSC e às universidades estaduais por terem nos escolhido. Vamos rezar por todos como sinal de gratidão”. Essas foram algumas palavras do representante dos estudantes do Timor Leste na Universidade Federal de Santa Catarina,Vitor Brito, em um encontro multicultural realizado nesta quinta-feira, 31 de outubro, no auditório do Centro de Ciências da Educação (CED). O evento celebrou a presença de 13 estudantes timorenses na Universidade – dois na graduação e 11 na pós –, assim como a libertação do Timor Leste. Um dia para valorizar este país e seu povo, com danças e trajes típicos, declamação de poesias, mostra de artesanato, canções, mesas-redondas, exposição de fotos, e outras atividades.
(mais…)

Tags: CEDindependênciaSuzani CassianiTimor-LesteUFSC

UFSC comemora 11 anos da restauração da independência do Timor-Leste

24/10/2013 11:00

Em comemoração aos 11 anos da restauração da independência do Timor-Leste, no dia 31 de outubro, será realizado um encontro para celebrar a presença timorense na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Com 13 alunos matriculados, sendo dois na graduação e 11 na pós-graduação, a Universidade programou um evento multicultural, a partir das 9h, no auditório do Centro de Ciências da Educação (CED). O Encontro é aberto ao público e com direito a certificado de oito horas.

Haverá danças com trajes típicos, declamação de poesias, mostra de artesanato, canções, mesas-redondas, e outras atividades que valorizam esse país e seus estudantes. Durante o evento, está prevista uma exposição de fotos e uma apresentação artístico-cultural, mostrando um pouco da dança, da poesia, as referências e a gastronomia da cultura do Timor-Leste. Um debate sobre o processo da restauração da independência do país também será realizado, com a participação da professora Kelly Silva, da Universidade de Brasília (UnB). Além disso, haverá uma mesa-redonda, discutindo a participação do Brasil nessa Cooperação Internacional, com o professor Maurício Aurélio dos Santos, da Udesc.
(mais…)

Tags: celebração da independênciaevento UFSCTimor-Leste

UFSC comemora 11 anos da restauração da independência do Timor-Leste

04/10/2013 11:26

Em comemoração aos 11 anos da restauração da independência do Timor-Leste, no dia 31 de outubro, será realizado um encontro para celebrar a presença timorense na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Com 13 alunos matriculados, sendo dois na graduação e 11 na pós-graduação, a Universidade programou um evento multicultural, a partir das 9h, no Auditório do Centro de Ciências da Educação (CED). O Encontro é aberto ao público e com direito a certificado de oito horas.

Haverá danças com trajes típicos, declamação de poesias, mostra de artesanato, canções, mesas-redondas, e outras atividades que valorizam esse país e seus estudantes. Durante o evento, está prevista uma exposição de fotos e uma apresentação artístico-cultural, mostrando um pouco da dança, da poesia, as referências e a gastronomia da cultura do Timor-Leste. Um debate sobre o processo da restauração da independência do país também será realizado, com a participação da professora Kelly Silva, da Universidade de Brasília (UnB). Além disso, haverá uma mesa-redonda, discutindo a participação do Brasil nessa Cooperação Internacional com o professor Maurício Aurélio dos Santos, da Udesc.
(mais…)

Tags: CEDPPGECTrestauração da independênciasinterTimor-LesteUFSC

Bolsistas selecionados para atuar no Timor Leste recebem orientações em Brasília

05/08/2013 16:24

Os bolsistas selecionados objetivo atuarão na formação em língua portuguesa de professores de diferentes níveis de ensino em Timor-Leste

No final do mês de julho, nos dias 22 a 24, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) promoveu a reunião de pré-partida com os bolsistas selecionados para o programa de Qualificação de Docente e Ensino de Língua Portuguesa no Timor-Leste (PQLP). A iniciativa tem como objetivo a formação em língua portuguesa de professores de diferentes níveis de ensino em Timor-Leste, país do sudeste asiático. No último edital, foram selecionados 25 professores que devem iniciar as atividades a partir de agosto de 2013.

(mais…)

Tags: capesPQLPTimor-LesteUFSC

Divulgado edital para seleção de até 50 novos bolsistas para atuar em Timor-Leste

29/04/2013 15:36

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulga nessa segunda-feira, 29, o edital nº 22/2013, relativo ao Programa de Qualificação de Docentes e Ensino de Língua Portuguesa no Timor-Leste (PQLP), que seleciona bolsistas para atuar na qualificação de docentes e ensino de língua portuguesa no Timor-Leste. A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) é a instituição responsável pela coordenação acadêmica do Programa.

O programa tem como objetivo a execução do ensino da língua portuguesa e outras atividades relacionadas à formação de docentes de diversos níveis das instituições de ensino timorenses. Os candidatos que atenderem aos requisitos descritos no edital podem se candidatar, até o dia 12 de junho, por meio de preenchimento de formulário de inscrição online e envio de documentos.
(mais…)

Tags: capesPQLPTimor-LesteUFSC

UFSC recebe estudantes do Timor-Leste

25/02/2013 13:26

Estudantes do Timor-Leste estão no Brasil para estudar a língua portuguesa e pós-graduação na UFSC. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Pela primeira vez a UFSC recebe bolsistas do Timor-Leste, país que em 2000 decretou o português e o tétum como suas línguas oficiais. Onze timorenses desembarcaram em Florianópolis, no dia 13 de fevereiro deste ano, para estudar língua portuguesa e fazer pós-graduação.

Após receberem aulas de português, cultura brasileira e informática no seu país, pelo Programa de Qualificação de Docentes e Ensino de Língua Portuguesa (PQLP), os estudantes chegam à Universidade buscando se especializar em suas diferentes áreas de graduação. Apesar de conhecerem o básico do idioma, ainda precisam de apoio que a UFSC procura oferecer com essas aulas. Os timorenses contam que mesmo com o que aprenderam no Timor-Leste, é muito difícil se adaptar ao idioma no Brasil e ajudará muito o convívio com os brasileiros.
(mais…)

Tags: Programa de Qualificação de Docentes e Ensino de Língua PortuguesaTimor-LesteUFSC

Professores brasileiros que atuarão no Timor Leste recebem orientações em Brasília

19/02/2013 13:45

O futuro embaixador do Brasil no Timor Leste se colocou à disposição dos professores brasileiros (Foto: Felipe Mota CCS/Capes)

Os professores de língua portuguesa selecionados para atuar no Timor Leste por meio do Programa de Qualificação de Docentes e Ensino de Língua Portuguesa no Timor-Leste (PQLP) participaram nesta quinta e sexta-feira, 14 e 15, de uma reunião de pré-partida em Brasília com o objetivo de se preparem melhor para o trabalho no país do sudeste asiático. O encontro contou com treinamento e orientação aos 17 professores selecionados em dezembro de 2012 e que partem para o Timor dentro de 20 dias.

Esteve presente o futuro embaixador do Brasil no Timor Leste, José Dorneles, que deve assumir o cargo a partir de julho e destacou o trabalho desempenhado pelos professores brasileiros. “Esse esforço de valorização da língua portuguesa no Timor tem muita importância porque o português está relacionado com o sentimento de identidade nacional e pertencimento a uma comunidade que fez o povo daquele país lutar por um quarto de século”, enfatiza.
(mais…)

Tags: capesPrograma de Qualificação de Docentes e Ensino de Língua Portuguesa no Timor-Leste (PQLP)Suzani CassianiTimor-LesteUFSC

UFSC na Mídia: Educadores brasileiros podem ensinar português no Timor Leste

27/09/2012 14:13

Professor Irlan, da UFSC, no Timor Leste, um dos coordenadores do programa

Locução – O Programa de Qualificação de Docentes e Ensino de Língua Portuguesa no Timor Leste (PQLP), do Ministério da Educação, está com inscrições abertas até 24 de outubro para educadores brasileiros interessados em passar de seis meses a um ano naquele país.

Loc – Serão selecionados 50 bolsistas. A inscrição deve ser feita na página da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), na internet.

Loc – O Timor Leste é um dos países mais novos do mundo. Tornou-se independente há apenas uma década e, por plebiscito, escolheu o português como uma das duas línguas oficiais.

Loc – No Timor Leste apenas a população mais idosa e próxima à capital, Díli, fala o idioma. Há 16 línguas locais, num país menor do que o estado de Sergipe.

Loc – O Brasil ajuda os timorenses nesse processo de construção da identidade nacional por meio de programa de cooperação internacional que inclui a qualificação de professores e o ensino da língua portuguesa. Todos os anos, um grupo de 50 profissionais, com experiência em formação docente, embarcam para o pequeno país, a 20 mil quilômetros do Brasil, numa ilha no Sudeste Asiático.

Loc – O resultado será divulgado em novembro, mesmo mês em que terão início as atividades. Os candidatos selecionados receberão mensalidade de 1,3 mil euros [R$ 3,4 mil] para a modalidade estágio docente e de 2,1 mil euros [R$ 5,5 mil] para a de articulador pedagógico. Terão ainda seguro-saúde, auxílio-instalação e passagem aérea.

Loc – Embora tenha ficado por quatro séculos sobre a influência colonial portuguesa, ao contrário do Brasil, a presença dos portugueses não resultou em unidade lingüística nacional no Timor Leste. As línguas das aldeias ficou preservada. Em 1975, Portugal retirou-se do país que passa então para a dominação Indonésia até 1999, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) promove a expulsão indonésia de Timor Leste.

Loc – O português e o tétum foram as línguas de resistência durante a dominação indonésia e, por isso, escolhidos em 2002 como as línguas oficiais no Timor Leste. O inglês foi rejeitado porque é associado aos australianos, que apoiaram a dominação indonésia.

Loc – Patrícia Pereira, 34 anos, ficou de janeiro a julho deste ano no Timor Leste. De volta ao Brasil, ela se prepara para escrever a tese de doutorado sobre as questões relacionadas aos “silenciamentos culturais” no processo de formação dos professores no pequeno país asiático.

Loc – Segundo ela, os professores brasileiros não têm de levar em conta a nossa cultura nesse processo de formação. “Trata-se de ouvir os timorenses e de construir uma formação em conjunto”, explica Patrícia.

Ouça a doutoranda Patrícia Pereira – doutoranda do Programa em Educação Científica e Tecnológica da UFSC

Fonte: Rede de Comunicadores do Rádio/MEC

Tags: MECPatrícia PereiraPQLPTimor-LesteUFSC

UFSC na Mídia: Professores brasileiros podem ensinar português no Timor Leste

25/09/2012 14:24

O Timor Leste é um dos países mais novos do mundo. Tornou-se independente há apenas uma década e, por plebiscito, escolheu o português como uma das duas línguas oficiais. Um desafio para a nova nação, já que apenas a população mais idosa e próxima à capital, Díli, fala o idioma. Há 16 línguas locais, num país menor do que o estado de Sergipe.

O Brasil ajuda os timorenses nesse processo de construção da identidade nacional por meio de programa de cooperação internacional que inclui a qualificação de professores e o ensino da língua portuguesa. Todos os anos, um grupo de 50 profissionais, com experiência em formação docente, embarcam para o pequeno país, a 20 mil quilômetros do Brasil, numa ilha no Sudeste Asiático.

Financiado pelo Ministério da Educação, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Programa de Qualificação de Docentes e Ensino de Língua Portuguesa no Timor Leste (PQLP) está com inscrições abertas até 24 de outubro para professores brasileiros interessados em passar de seis meses a um ano naquele país. Serão selecionados 50 bolsistas. A inscrição deve ser feita na página da Capes na internet.

O resultado será divulgado em novembro, mesmo mês em que terão início as atividades. Os candidatos selecionados receberão mensalidade de 1,3 mil euros [R$ 3,4 mil] para a modalidade estágio docente e de 2,1 mil euros [R$ 5,5 mil] para a de articulador pedagógico. Terão ainda seguro-saúde, auxílio-instalação e passagem aérea.

“O Brasil tem contribuído com a formação docente no Timor Leste desde 2005”, explica a professora Suzani Cassiani, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), uma das coordenadoras do PQLP. De acordo com Suzani, a experiência é incrível para os professores brasileiros, que podem atuar em outro espaço educacional e conhecer nova cultura. “É uma experiência que muda a vida de quem vai”, afirma. “Muitas vezes, resulta em teses acadêmicas.”

Formação — Segundo dados do Ministério de Educação do Timor Leste, 85% dos professores timorenses não têm formação acadêmica. No entanto, diante da falta de recursos humanos, basta saber falar português para lecionar a uma geração de crianças que não falam o idioma. Não há livros didáticos em português nas escolas. Como o próprio país, a educação, eleita como prioridade pelo governo, também está em construção.

“Os professores escrevem na lousa um texto em português e dão explicações às crianças em tétum, a outra língua oficial, derivada do português”, conta Suzani. “Estamos tentando romper esse formato tradicional e propor um ensino por meio de projetos pedagógicos, com temas do cotidiano das comunidades.”

Dominação — Para entender a realidade do Timor Leste é preciso conhecer a história do país. Embora tenha ficado por quatro séculos sob a influência colonial portuguesa, isso não resultou, ao contrário do que ocorreu no Brasil, em unidade linguística nacional. Os dialetos das aldeias ficaram preservados. Em 1975, Portugal retirou-se do país, que passou ao domínio da Indonésia até 1999. Durante a ocupação, foi proibido o uso do português nas escolas. As crianças passaram a aprender sobre a história e a cultura do país dominador.  O português e o tétum foram as línguas de resistência nesse período. Por isso, acabaram escolhidos, em 2002, como oficiais. O inglês foi rejeitado por estar associado à Austrália, que apoiou a dominação da Indonésia.

Confira áudio com a professora Suzani Cassiani.

Tags: cooperação internacionallíngua portuguesaSuzani CassianiTimor-LesteUFSC

Ensino de Língua Portuguesa no Timor-Leste

15/07/2011 11:21

Estão abertas até o dia 8 de agosto as inscrições para o Programa de Qualificação de Docente e Ensino de Língua Portuguesa no Timor-Leste, coordenado academicamente pela UFSC. O objetivo é a formação em Língua Portuguesa de professores de diferentes níveis de ensino em Timor-Leste. Na UFSC o programa envolve diretamente as Pós-Graduações em Educação, em Educação Científica e Tecnológica e em Ensino de Ciências, Letras e Linguística, pois está recrutando estudantes de pós-graduação e docentes de diversas áreas (ciências naturais, letras, pedagogia).

Benefícios:
•             Bolsa no valor mensal de € 1,300 para bolsista, e € 2,100 para o Professor Tutor;
•             Seguro Saúde;
•             Auxílio Instalação;
•             Transporte aéreo;

Duração dos projetos
•             Até 08 meses

Tags: Timor-Leste

Timor-Leste busca parceria com a UFSC na implantação de pós

13/04/2011 17:20

Uma comitiva da Universidade Nacional do Timor Lorosa’e (UNTL), fundada em 2.000, visitou a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) nesta semana para firmar uma parceria na implantação de cursos de pós-graduação no Timor-Leste. O reitor Alvaro Prata reuniu-se com o vice-reitor dos Assuntos de Pós-Graduação e Pesquisa da UNTL, professor Francisco Miguel Martins, para iniciar as negociações do convênio de cooperação no mestrado e doutorado, nas áreas de Biologia, Educação Científica e Tecnológica, e Políticas Públicas (Educação).

O país conta com a ajuda do Brasil e Portugal para iniciar os cursos já no mês de agosto. A parceria inclui a elaboração de planos de ensino e ementas das disciplinas de pós-graduação cedidas pela UFSC, além da possibilidade de fornecer doutorado sanduíche para os estudantes timorenses.

“Nós consideramos o povo brasileiro nosso irmão mais velho, já que somos iguais quanto à colonização portuguesa. Mas o Brasil encontra-se muito a frente na questão da educação, tão primordial para o crescimento de um país. Contamos com a ajuda brasileira para avançarmos também”, comenta o vice-reitor Martins.

A comitiva da UNTL esteve em sete universidades portuguesas e, depois da UFSC, visitará as universidades Federal da Bahia (UFBA) e de Integração Internacional Luso-afro-brasileira (Unilab), no Ceará, onde representantes das três instituições brasileiras e a UNTL estarão reunidos.

A Universidade Nacional do Timor Lorosa’e possui um curso de especialização, promovido pela Capes, em que professores brasileiros ministram as disciplinas, sob a coordenação acadêmica da UFSC. Nos cursos de mestrado e doutorado a intenção é formar professores timorenses.

Outras informações com a professora Suzani Cassiani pelo e-mail .

Por Bianca Amorim/ bolsista de Jornalismo da Agecom

Tags: parceriaTimor-LesteUNTL