UFSC recebe prêmio ‘Destaques Raça Negra 2019’

01/03/2019 20:02
A 28ª Edição do prêmio ‘Destaques da Raça Negra 2019’ é concedido pelo Instituto Liberdade para homenagear pessoas e instituições que lutam contra o racismo e preconceitos correlatos no Estado de Santa Catarina. Uma das instituições premiadas este ano foi a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por seu Programa de Ações Afirmativas.
Tags: Destaques da Raça Negra 2019Instituto LiberdadePremioprograma de ações afirmativasUFSC

Professora da UFSC de Educação do Campo vence Prêmio Nacional de Turismo

07/12/2018 17:19

A professora da licenciatura em Educação do Campo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC),Thaise Guzzatti, foi vencedora do Prêmio Nacional de Turismo 2018, realizado pelo Ministério do Turismo e Jornal O Globo na categoria ONG. Thaise Guzzati foi escolhida por 72% dos internautas por desenvolver um projeto projeto que tem como objetivo melhorar as condições de vida e trabalho dos pequenos agricultores por meio do agroturismo. A entrega do prêmio ocorreu na quarta-feira, 5 de dezembro, na Cidade das Artes, Rio de Janeiro (RJ).

A premiação tem como objetivo identificar, reconhecer, premiar e disseminar profissionais, práticas inovadoras e casos de sucesso da gestão pública, iniciativa privada e terceiro setor do turismo brasileiro.

Mais informações na página da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte.

Tags: educação do campoMinistério do TurismoO GloboONGPremioPrêmio Nacional de Turismo 2018Thaise GuzzattiUFSC

Dissertação da UFSC é premiada no 70º Congresso Brasileiro de Enfermagem

23/11/2018 18:57

A dissertação de mestrado “Prevenção de quedas dos idosos com Doença de Parkinson: gerontotecnologia educacional”, produzida pela estudante Juliana Martins Ferreira e orientada pela professora Karina Silveira de Almeida Hammerschmidt, no Programa de Pós Graduação em Enfermagem, foi classificada em 2º lugar no 70º Congresso Brasileiro de Enfermagem. O prêmio “Laís Netto dos Reis” é patrocinado pela Escola de Enfermagem Anna Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EEAN/UFRJ).

Mais informações pelo e-mail 

Tags: dissertaçãoDoença de ParkinsonidososmestradoPremioPrograma de Pós-Graduação em EnfermagemUFSC

Laboratório de Transportes da UFSC é indicado ao Prêmio Revista Ferroviária 2018

13/04/2018 14:34

O Laboratório de Transportes e Logística (LabTrans) da UFSC foi indicado para o Prêmio Revista Ferroviária 2018. Concorre como melhor consultoria e a UFSC melhor Instituição de Ensino. A indicação se baseia nos trabalhos desenvolvidos através dos Termos de Execução Descentralizadas, os TEDs.

Criado em 1998, o laboratório desenvolve várias atividades nos segmentos de ensino, pesquisa e extensão. Com foco voltado à realização de estudos e projetos nas áreas de Logística e Transportes, tem atuado em sistemas de informações geográficas (GIS) para logística e transporte; sistemas logísticos; macrologística; planejamento, organização e operação de sistemas de transporte e avaliação de projetos.

Já  Prêmio Revista Ferroviária 2018 tem como principal objetivo principal incentivar as empresas e seus responsáveis a, cada vez mais, buscar eficiência e oferecer produtos e serviços de qualidade dentro do setor metroferroviário brasileiro. Mais informações com Marciel Manoel dos Santos, telefone 3721-2107.

Tags: laboratório de transportesLabTransPremioRevista FerroviáriatransportesUFSC

Pelo segundo ano consecutivo UFSC conquista prêmio por pregão na categoria objeto mais inusitado

20/03/2018 10:23

Pelo segundo ano consecutivo a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio do Departamento de Licitações da Pró-reitoria de Administração (DPL/Proad), vence o Prêmio 19 de março. A premiação foi realizada nesta segunda-feira, 19 de março de 2018, na cidade de Foz de Iguaçu (PR), durante a abertura do 13º Congresso Brasileiro de Pregoeiros. 

A UFSC concorreu com outras nove instituições na Categoria Pregão, subcategoria Pregão com o objeto mais inusitado, e recebeu 33% dos votos populares na licitação Aquisição de ração light para cães, ração animal e cavaco de madeira. No ano passado, a UFSC recebeu o prêmio, na mesma categoria, com o serviço que viabiliza o transporte de água salgada do Centro de Ciências Agrárias (CCA), no Itacorubi, até o Centro de Ciências Biológicas (CCB), na Trindade. 
(mais…)

Tags: 13º Congresso Brasileiro de PregoeirosCategoria pregãonegócios públicosPregão com o objeto mais inusitadopregão premiadoPremioPrêmio 19 de marçoUFSC

Estudantes da pós em Ciências da Computação da UFSC são premiados na Áustria

21/12/2017 08:41

O trabalho “Automatic Semantic Enrichment of Data Services“, de autoria de estudantes do programa de pós-graduação em Ciências da Computação da UFSC, recebeu o prêmio de Melhor Artigo na 19th International Conference on Information Integration and Web-based Applications and Services (iiWAS 2017). A conferência foi realizada em Salzburg, Áustria, de 4 a 6 de dezembro de 2017. Os autores do artigo são Bruno Oliveira, Alexis Huf e Ivan Salvadori, sob a orientação do professor Frank Siqueira, do Departamento de Informática e Estatística (INE).

O artigo premiado descreve um software desenvolvido no Laboratório de Pesquisa em Sistemas Distribuídos (LaPeSD) do INE/UFSC, denominado OntoGenesis, que permite atribuir semântica a dados fornecidos por serviços disponíveis na Web, com o intuito de facilitar sua integração com outras fontes de dados. O trabalho também será publicado em um periódico internacional (International Journal of Web Information Systems). Este é o terceiro prêmio que os estudantes receberam, sendo dois internacionais e um nacional.

Mais informações no site da Conferência.

Tags: 19th International Conference on Information Integration and Web-based Applications and ServicesArtigoÁustriaMelhor ArtigoOntoGenesisPremioUFSC

Instituto de Soldagem e Mecatrônica da UFSC é classificado em prêmio de inovação

30/10/2017 10:16

O Instituto de Soldagem e Mecatrônica (Labsolda) da UFSC foi classificado na 7ª edição do Prêmio Stemmer Inovação Catarinense, promovida pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). Criada em 2008 pela Lei Catarinense de Inovação, a premiação leva o nome do ex-reitor da UFSC, Caspar Erich Stemmer, e visa reconhecer, com troféus, certificados e valores financeiros, ações inovadoras de instituições, empresas e pessoas consideradas ‘protagonistas da inovação’. Formado por pesquisadores do Departamento de Engenharia Mecânica, com três inovações, o Labsolda foi finalista na categoria ‘Instituição de Ciência, Tecnologia e Inovação’.
(mais…)

Tags: CTCLABSOLDAPremioUFSC

Laboratório do curso de Aquicultura da UFSC conquista Prêmio Von Martius de Sustentabilidade

26/10/2017 14:08

O projeto “Tecnologias para a Conservação da Ictiofauna no rio Uruguai”, recebe o 3º lugar, na categoria Tecnologia, no prêmio Von Martius de Sustentabilidade, edição 2017, da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha. Premiado por contribuir no desenvolvimento econômico, social e cultural com respeito ambiental, o Projeto é realizado por meio de parceria do Laboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água Doce (Lapad), do curso de Aquicultura da UFSC, com a Engie, o Consórcio Itá e o Consórcio Machadinho.
(mais…)

Tags: aboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água DoceAquiculturaEngiePremioPrêmio von MartiusTecnologias para a Conservação da Ictiofauna no rio Uruguai

Grupo da UFSC obtém 4º lugar em concurso de segurança alimentar

26/09/2017 17:46

O grupo ‘Teia de articulação pelo Fortalecimento da Segurança Alimentar e Nutricional’ (TearSAN) da UFSC obteve 4° lugar no Concurso de pesquisas científicas e projetos de inovação: Multiplicando experiências e estratégias sustentáveis de alimentação e nutrição do Brasil com o trabalho ‘Educação Permanente em Segurança Alimentar e Nutricional para Controle Social’, organizado pelo Centro de Excelência contra a Fome.

O foco do TearSAN, está no desenvolvimento e execução de projetos que articulem ensino, pesquisa e extensão que tenham como objetivo garantir a Segurança Alimentar e Nutricional da população, a partir da compreensão da alimentação enquanto direito humano.
(mais…)

Tags: nutriçãoPremiotearsanUFSC

Laboratório do curso de Aquicultura da UFSC recebe Prêmio Expressão de Ecologia

03/08/2017 21:14

Um projeto do Laboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água Doce (Lapad/Aquicultura/UFSC) foi premiado com o 24ª Prêmio Expressão de Ecologia durante o Fórum de Gestão Sustentável 2017, realizado no dia 28 de julho, na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc).

Com o título “Conservação da Ictiofauna no Alto Uruguai”, o projeto foi desenvolvido em parceria com o Consórcio Itá, o Consórcio Machadinho e a Engie, promovendo um conjunto de ações para conservação da ictiofauna na área de abrangência das usinas hidrelétricas Itá e Machadinho. Os estudos se concentraram principalmente na conservação e no manejo do dourado (Salminus brasiliensis), do suruvi (Steindachneridion scriptum) e da piracanjuba (Brycon orbygnianus), espécies que são consideradas ameaçadas de extinção na região. O projeto é resultado de mais de uma década de pesquisa, tendo sido objeto de estudo de trabalhos de conclusão de curso, dissertações e teses, auxiliando na formação de recursos humanos.

O prêmio

O Prêmio Expressão de Ecologia foi criado em 1993 pela Editora Expressão, um ano após a Conferência Mundial do Meio Ambiente no Rio de Janeiro – Eco 92. A ideia da iniciativa é divulgar ações ambientais das empresas da região Sul do Brasil e incentivar que outras empresas sigam o mesmo caminho. Esta é a maior premiação ambiental do país no segmento empresarial com reconhecimento do Ministério do Meio Ambiente e tem como objetivo reconhecer as melhores práticas ambientais desenvolvidas no Sul do Brasil. Em 2017, o Prêmio Expressão de Ecologia contou com a participação de 109 projetos ambientais de empresas, ONGs, prefeituras e entidades.

Mais informações na página do Lapad.

Tags: AquiculturaCCAecologiaLaboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água DoceLapadPremioUFSC

Reportagem da TV UFSC é finalista de prêmio do Ministério Público do Trabalho

21/07/2017 18:41

A reportagem “Entraremos em Contato” é a vencedora na região Sul e finalista do Prêmio de Jornalismo organizado pelo Ministério Público do Trabalho. O resultado foi divulgado nesta quinta-feira, 20 de julho. O trabalho concorre na categoria Universitário e foi produzido pelo estudante de jornalismo da UFSC Ronaldo Fontana, com imagens e edição de Jonatan dos Santos, técnico em audiovisual da TV UFSC.

Com duração de 18 minutos, a reportagem traz um retrato do mercado de trabalho para transexuais e pessoas com deficiência. É um universo permeado por preconceito, discriminação e oportunidades escassas. Profissionais qualificados chegam a passar em entrevistas de empregos, mas não são contratados pela questão de gênero ou por deficiência física. Confira a reportagem completa:

“O prêmio é uma forma de dar mais visibilidade a essas pessoas, das dificuldades que elas enfrentam e quem sabe contribuir para ampliar as oportunidades de acessarem o mercado de trabalho”, afirma Ronaldo Fontana.

Os melhores trabalhos de cada região concorrem na etapa nacional, cujos vencedores serão revelados em uma cerimônia no dia 17 de agosto, na sede do Ministério Público do Trabalho, em Brasília. Para esta edição do Prêmio MPT de Jornalismo, foram inscritas 422 reportagens de profissionais da imprensa de todo o país.

 

Tags: jornalismoMinistério Público do TrabalhoPessoas com DeficiênciaPremiotransexuaisTV UFSCUFSC

Dissertação da pós em Ciência da Computação recebe prêmio

11/10/2016 18:18

CamiloA dissertação de mestrado do aluno Eduardo Camilo Inacio, do programa de pós-graduação em Ciência da Computação (PPGCC/UFSC), foi premiada no Concurso de Teses e Dissertações do XVII Simpósio de Sistemas Computacionais de Alto Desempenho (WSCAD-CTD). O trabalho foi desenvolvido no Laboratório de Pesquisa em Sistemas Distribuídos (LAPESD/UFSC), com a orientação do professor Mario Antonio Ribeiro Dantas.

A pesquisa intitulada “Caracterização e Modelagem Multivariada do Desempenho de Sistemas de Arquivos Paralelos” foi selecionada pelo comitê Científico do evento, realizado entre os dias 5 e 7 de outubro, em Aracaju, Sergipe, como a segunda melhor dissertação de mestrado do WSCAD-CTD 2016. “Ter o trabalho premiado no principal evento nacional da área de computação de alto desempenho é uma grande satisfação. É um reconhecimento da importância do problema de armazenamento em sistemas computacionais de larga escala, que me motiva ainda mais para a continuidade do meu doutorado”, afirma Eduardo.

Sobre o concurso

A Comissão Especial de Arquitetura de Computadores e Processamento de Alto Desempenho (CE-ACPAD) da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) promove anualmente o concurso de teses e dissertações em arquitetura de computadores e computação de alto desempenho, no qual três teses e três dissertações são selecionadas para apresentação oral durante o WSCAD e os melhores trabalhos são premiados.

Tags: dissertaçãoPPGCCPremioprograma de pós-graduação em Ciência da ComunicaçãoUFSCWSCAD

Aluno da UFSC, bolsista do Programa Ciências sem Fronteiras, ganha prêmio na Austrália

16/09/2016 09:59

O estudante de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Ewaldo Moritz Neto, junto com sua equipe, conquistou o primeiro lugar em uma competição promovida por um dos maiores grupos farmacêuticos do mundo. Durante o último final de semana, dez equipes buscaram soluções inovadoras e comercialmente viáveis para a área da saúde.

O evento Health and Technology Challenge (HaTCHathon), que ocorreu entre os dias 9 e 11 de setembro na Austrália, reuniu empresários, desenvolvedores e designers que tiveram 48 horas para desenvolver um produto e “vendê-lo” para os diretores executivos da “Johnson & Johnson” e da “Medibank” – maior seguradora de planos de saúde da Austrália –, que compunham a mesa de jurados.

Ewaldo, o australiano Adam Pryor e o português Afonso Firma foram vencedores da competição com uma solução desenvolvida para ajudar pacientes em recuperação de cirurgias de prótese de joelho.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Bolsista do Programa Ciências sem Fronteiras do CNPq, Ewaldo Mortiz Neto está na Austrália desde o início deste ano e já participou de três competições, vencendo duas delas.

“Toda minha trajetória na Austrália tem sido sobre empreendedorismo e inovação. Essa é a terceira competição de que eu participo nos últimos 6 meses. Ganhei o primeiro lugar em duas delas. Estou tendo oportunidades e aprendizados incríveis”, relata Edwaldo.

Tags: AustráliaCurso de Engenharia MecânicaDepartamento de Engenharia MecânicaPremioUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Doutorando em Geografia da UFSC é premiado em simpósio internacional

05/04/2016 16:07

O trabalho do doutorando do Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGG), José Mauricio de Camargo, foi eleito melhor pôster pelo comitê científico do evento International Coastal Symposium 2016, ocorrido em Sydney, Austrália, entre 6 e 11 de março. Com o título “Spit Evolution as a Result of a Headland Bypassing“, o trabalho abordou parte da sua pesquisa de doutorado, iniciada em 2014 e denominada “A transposição sedimentar entre praias limitada por promontórios rochosos no litoral do estado de Santa Catarina”.

José Maurício integra a linha de pesquisa Oceanografia Costeira e Geologia Marinha, é orientado pelo professor Antonio Henrique da Fontoura Klein e tem bolsa do Programa de Formação de Recursos Humanos 240 da Petrobrás (PFRH-240).

Mais informações: www.ics2016.org

Tags: geografiaInternational Coastal SymposiumPPGGPremioPrograma de Pós-Graduação em Geografiasimpósio internacionalUFSC

Livro sobre a ditadura em Santa Catarina premiado pela Academia Catarinense de Letras

29/06/2015 08:00

Foto: Divulgação

O livro Histórias na Ditadura – Santa Catarina (1964-1985), organizado pelos professores Ana Lice Brancher (UFSC) e Reinaldo Lindolfo Lohn (Udesc), venceu a edição de 2015 do prêmio da Academia Catarinense de Letras na categoria História, para autores catarinenses. A obra conta a vida de grupos sociais durante diferentes períodos da ditadura militar no estado, e desenvolve tópicos ligados à política, economia, costumes e problemas regionais.

De acordo com os pesquisadores, o livro é importante para a história de Santa Catarina porque reúne diversas informações e análises que se encontravam dispersas na produção acadêmica do estado. A ideia da obra é fazer os leitores perceberem que a ditadura militar interferiu em diferentes aspectos da vida não só de militantes contra o regime, mas também de “pessoas comuns”. “O livro enfoca, entre variadas temáticas, grupos sociais pouco abordados pela historiografia, como os negros, as populações indígenas, a infância e a juventude carentes”, explica Ana Lice.

Montado durante um ano e meio, a partir da identificação de temas significativos para as sociedades brasileira e catarinense no âmbito da ditadura militar, o livro reúne 15 artigos de diversos pesquisadores do país. Embora tenham delimitado uma estrutura básica para os textos, os organizadores deram liberdade para que cada autor trabalhasse seus temas de interesse. “Não se tratava da escolha de abordagens consagradas e cristalizadas. O objetivo estava em trazer ao público uma obra inovadora”, explica Reinaldo Lohn.

O livro também traz uma abordagem mais ampla da influência da Igreja Católica no período. Embora não apresente um artigo específico a respeito do tema, a produção, diversas vezes, versa sobre o papel da instituição no contexto histórico. Segundo os pesquisadores, “a cúpula da igreja teve uma participação bastante clara e objetiva na arregimentação de forças políticas que derrubaram o governo Jango no golpe de 64”, mobilizando-se inúmeras vezes para dar legitimidade ao regime autoritário da época.

Para saber mais sobre a obra, acesse o site da Editora UFSC.

Mais informações:

Wagner Reis/Estagiário de Jornalismo da Agecom/UFSC

Tags: Academia Catarinense de LetrasEditora da UFSCEdUFSCHistórias na Ditadura – Santa CatarinalivroPremioUFSC

Aluna da UFSC recebe menção honrosa em prêmio de ciência e tecnologia em saúde

18/11/2014 16:42

A dissertação de mestrado de Simone Vidal Santos, enfermeira do Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), recebeu menção honrosa no Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS.  A cerimônia, realizada no dia 12 de novembro, fez parte do evento “Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde: resultados e avanços de pesquisas estratégicas para o SUS”.

Sua dissertação “Guia para prevenção e tratamento de lesões de pele em recém-nascidos internados em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal: uma construção coletiva da equipe de enfermagem” foi desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Gestão do Cuidado em Enfermagem – Mestrado Profissional da UFSC, e orientada pela professora do Departamento de Enfermagem, Roberta Costa.

O estudo de campo para a pesquisa foi desenvolvido na unidade neonatal do HU da UFSC, em conjunto com seis enfermeiras, oito técnicos de enfermagem, quatro auxiliares de enfermagem e duas residentes de enfermagem.

O objetivo do Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS é estimular a produção científica e proporcionar o reconhecimento do pesquisador em saúde pelo seu papel no desenvolvimento social e econômico do país. É uma iniciativa do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS).

Para mais informações sobre o prêmio: http://bit.ly/cienciasus

Contato Simone:

Leila Haddad/Estagiária de Jornalismo da Agecom/UFSC

Tags: CiênciaPremiosaúdeSUS

Estudantes de jornalismo são premiados por videorreportagens

07/11/2014 10:22

10734150_1015692498456455_8125680805253840990_nAlunos da 4ª fase do curso de Jornalismo da UFSC foram premiados por videorreportagens produzidas para o projeto de extensão TJ UFSC. A equipe, formada por Ana Carolina Vaz, Dener Alano e Gabriel Neves, recebeu os prêmios Fenabrave de Jornalismo pela reportagem ”Trânsito: Atitudes que fazem a diferença” e o prêmio Fiesc de Jornalismo com “A Nova Cara da Indústria”.

Os estudantes decidiram inscrever a videorreportagem sobre segurança no trânsito após participar do Set Universitário, evento de comunicação realizado na Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio Grande do Sul. A data de realização do evento coincidiu com a Semana Nacional do Trânsito, e várias ações sobre o tema estavam ocorrendo na cidade. “Como não tínhamos feito nada relacionado ainda, pensamos em produzir uma reportagem sobre o assunto mas de forma diferente de como geralmente é tratada nos telejornais. Demos ênfase em pessoas comuns que, de alguma forma, fazem a diferença pra mudar esse quadro”, conta Ana Carolina. O diferencial deu certo e eles saíram com o prêmio na categoria.
(mais…)

Tags: fenabraveFiescjornalismoPremioTJ UFSCUFSC

Prêmio de Crônicas da EdUFSC tem inscrições abertas até 15 de março

07/03/2013 13:25

As inscrições para o Concurso de Crônicas Maura de Senna Pereira, lançado pela Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC), podem ser feitas até o dia 15 de março deste ano. O regulamento e a ficha de inscrição estão disponíveis na página da EdUFSC (www.editora.ufsc.br). A iniciativa faz parte da política da editora de estimular a cultura, a literatura, o teatro e o cinema em Santa Catarina. Anteriormente foram lançados o Prêmio Salim Miguel (Romance) e o Prêmio Rogério Sganzerla (Roteiros para Cinema e Teatro).
(mais…)

Tags: crônicasPremioUFSC

Capes e Vale premiam trabalhos com ideias para temas ligados ao desenvolvimento sustentável

27/09/2012 14:20

Estão abertas, até o dia 26 de novembro, as inscrições para o Prêmio Vale-Capes de Ciência e Sustentabilidade, que premiará teses de doutorado e dissertações de mestrado. Serão avaliados ideias, soluções e processos inovadores para questões como redução do consumo de água e energia, redução de gases do efeito estufa (GEE), aproveitamento, reaproveitamento e reciclagem de resíduos e/ou rejeitos e tecnologia socioambiental com ênfase no combate à pobreza.

O prêmio se refere às teses e dissertações defendidas no Brasil em 2011 e foi criado a partir de uma parceria entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Vale, firmada durante a conferência Rio +20.

A pré-seleção dos trabalhos será feita pelos programas de pós-graduação de todo o país, reconhecidos no Sistema Nacional de Pós-Graduação. Cada programa de doutorado e de mestrado deverá instituir uma comissão de avaliação, que verificará a adequação das teses e dissertações aos temas definidos. Após a indicação dos trabalhos selecionados pela comissão de avaliação, o coordenador do programa de pós-graduação será responsável por sua inscrição junto à Capes.

Os critérios a serem avaliados serão originalidade do trabalho e relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação.

Premiação

O vencedor do Prêmio Vale-Capes de Ciência e Sustentabilidade de Tese de Doutorado receberá R$ 15 mil e uma bolsa para realização de estágio pós-doutoral de até três anos em instituição nacional, podendo converter em um ano fora do país em uma instituição de notória excelência na área de conhecimento do premiado. Já o ganhador de Dissertação de Mestrado receberá R$ 10 mil e uma bolsa para realização de doutorado em instituição nacional de até quatro anos. Os orientadores também serão prestigiados, recebendo auxílio equivalente a uma participação em congresso nacional e internacional, relacionado à área temática da tese. No caso de mestrado, o orientador vai receber R$ 3 mil e o de doutorado, US$ 3 mil.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Capes  – Segunda, 24 de Setembro de 2012 10:18

Tags: capesCiência e SustentabilidadePremioUFSCVale

8º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero

14/09/2012 16:08

Estão abertas as inscrições para o 8º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero. Trata-se de um concurso de redações, artigos científicos e projetos pedagógicos que tem como objetivo estimular a reflexão crítica e a pesquisa sobre todas as formas de discriminação, seja ela relacionada a classe social, orientação sexual, gênero ou etnia.

Para participar, os candidatos devem escrever uma redação ou um artigo científico opinativo sobre a situação das mulheres no Brasil e enviar pela internet por meio do site do prêmio, até o dia 17/09/2012www.igualdadedegenero.cnpq.br.

O concurso é uma iniciativa da Secretaria de Políticas para as Mulheres em parceria com o Ministério da Educação, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a ONU Mulheres.

As categorias são: “Mestre e Estudante de Doutorado”, “Graduado, Especialista e Estudante de Mestrado”, “Estudante de Graduação”, “Estudante do Ensino Médio” e “Escola Promotora da Igualdade de Gênero”.

Além da premiação em dinheiro e de computadores, o CNPq concederá aos vencedores bolsas de iniciação científica, Mestrado e Doutorado, no valor global de R$ 250 mil.

Tags: Igualdade de gêneroinscriçõesPremioUFSC

UFSC recebe o Top of Mind pela 18º vez

02/08/2012 12:29

A UFSC, representada pelo pró-reitor-adjunto de Pós-Graduação, Juarez Vieira do Nascimento, recebeu ontem (1/8), no auditório da Fiesc, pela 18º vez consecutiva, o prêmio Top Of Mind 2012 como a marca mais lembrada no segmento Universidades em nível estadual. O Top Of Mind é entregue  como reconhecimento às marcas mais representativas do Estado e, neste ano, além dos consumidores, os próprios executivos participaram, escolhendo também as personalidades mais lembradas.

Tags: PremioTop of MindUFSC

Alunos da UFSC ganham Prêmio Sinapse de Inovação

10/05/2012 11:40

Gustavo Zomer , formando do Curso de Engenharia de Controle e Automação (9ª Fase) e Marcel Viana, aluno de pós-graduação em Engenharia de Produção da UFSC, ganharam o Prêmio Sinapse de Inovação (www.sinapsedainovacao.com.br), um programa de investimento do governo que premia boas ideias com R$ 50.000,00 para ajudar na criação da empresa. O projeto vencedor de Zomer e Viana (www.morecerto.com.br) é um portal portal de anúncios de imóveis que permite saber o quão bom é morar no endereço.

Contatos com Gustavo Zomer podem ser feitos pelo fone (48)9921-3800.

Tags: inovaçãoPremioSinapseUFSC

Monografia sobre digestores anaeróbios para tratamento do lixo urbano é premiada

04/05/2012 14:09

Um dos maiores desafios atuais é o gerenciamento de resíduos sólidos, tanto recicláveis quanto orgânicos. Cerca de 50% dos resíduos sólidos produzidos atualmente não podem ser reciclados, como dejetos de criação de animais, lodos de tratamento de efluentes, resíduos de processos industriais e resíduos orgânicos domésticos.

No Brasil, o destino aceito como o mais adequado para os lixos orgânicos é o aterro sanitário, que além de causar problemas ambientais enfrenta embates dos custos operacionais e da disponibilidade de áreas. Uma alternativa promissora para esses resíduos é o emprego de digestores anaeróbios.

Na Dinamarca, Alemanha e Suécia, este método é aplicado em larga escala, pois na Europa existe uma crescente restrição ambiental de disposição de resíduos em aterros e estímulo para a produção de energias renováveis. No Brasil, o sistema tem sido empregado no meio rural, como o manejo de dejetos suínos no oeste catarinense.

O ex-aluno da UFSC Lúcio Costa Proença, graduado em Engenharia Sanitária e Ambiental em 2010, apresentou na última terça feira, dia 24, durante o 3º Seminário Energia + Limpa, sua monografia sobre a viabilidade destes digestores em Florianópolis, para aproveitamento energético do biogás. O estudo foi um dos premiados pelo concurso Eco_Lógicas de Monografias em Energias Renováveis e Eficiência Energética, do Instituto Ideal, que contemplou trabalhos de escolas de nível superior do Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai).

Além de ser uma alternativa à dependência de aterros sanitário e  uma possibilidade de minimizar problemas ambientais, reduzindo a emissão de gases causadores das  mudanças climáticas, acidificação e poluição atmosférica, a utilização de digestores anaeróbios gera energia renovável, o biogás, com queima do gás metano. “Os atuais métodos de recuperação de energia do biogás permitem aproveitar até 90% da energia contida neste combustível, sendo possível converter 40% em energia elétrica e 50% em energia térmica”, explica Lúcio.

Levando em conta as proporções de um gerador para Florianópolis, a quantidade de gás metano seria equivalente a um potencial de 2,3MW por ano, sendo 1,15MW transformado em energia elétrica ─ o suficiente para abastecer cerca de quatro mil residências e gerando uma receita anual de R$ 2,7 milhões. Lúcio também ressalta a vantagem do uso dos digestores na formação de um composto estabilizado, que pode ser utilizado como adubo para a agricultura, estimando uma receita de R$ 90 mil por ano.

Para definir os custos e o dimensionamento do digestor anaeróbio para Florianópolis, Lúcio da Costa Proença adotou um período de 10 anos, levando em conta a quantidade anual de resíduos gerados por ano: geração per capita diária e projeção populacional para a cidade de Florianópolis no período considerado. Segundo Lúcio, o equipamento deve ter 7748m³, sendo um digestor cilíndrico de 12 metros de altura e 29 metros de diâmetro.

O valor estimado é de R$ 15 milhões, entre obras civis, equipamentos eletromecânicos e um fator de segurança de 30%, que contempla a importação de peças e adaptações à realidade brasileira. Os custos de operação ficam na ordem de R$ 13 milhões anuais – sendo que atualmente são gastos em operações R$ 107,00 por tonelada de lixo nos aterros sanitários, enquanto no digestor seriam de R$ 121,00. Segundo o professor Armando Borges de Castilhos, orientador de Lúcio, a monografia é única no Brasil e o trabalho uma iniciativa importante da gestão dos resíduos sólidos em Florianópolis.

Mais informações: Lúcio Costa Proença /

Por Ana Luísa Funchal / Bolsista de Jornalismo na Agecom

Saiba Mais:
Vencedores Eco_lógicas Mercosul 2011 (Graduação)

Producción de Biodiesel a Partir de Microalgas como Alternativa a Los Cultivos Clásicos – Ignacio Ferrero (Argentina)
Utilização de Digestores Anaeróbios Para o Tratamento de Resíduos Orgânicos Urbanos com Aproveitamento Energético do Biogás em Florianópolis, SC – Lúcio Costa Proença (Brasil)
• Medidas de Sustitución Eficiente de Fuentes de Energía en La República Del Paraguay – Estela María Riveros Rodas e Segundo Javier Amattemereles (Paraguai)
• Viabilidad para la Generación de Energía Eléctrica a Través del Uso de Residuos Forestales – Beñat Araucua , Silvia Bentancur e Matias Varón (Uruguai)

Vencedores Eco_lógicas Mercosul 2011 (Pós-Graduação)
Uso de Sistemas Solares Fotovoltaicos Para la Electrificación Rural en el Norte Argentino En un contexto de Crisis Energética Mundial – Christophe J. J. Bello (Argentina)
Pequeno Condomínio de Agroenergia A Partir do Biogás Proveniente do Tratamento de Dejetos Suínos: Um Estudo de Caso no Município de Tucunduva-RS – Rodrigo Barichello (Brasil)
Transesterificación en Alcoholes Supercríticos como Alternativa Para la Producción de Biodiesel – Ignacio Vieitez Osorio (Uruguai)

Tags: Engenharia Sanitária e AmbientalPremioUFSC

Estudante da UFSC ganha prêmio internacional

28/02/2012 16:34

Glauco Garcia Martins Pereira da Silva, aluno do Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da UFSC, ganhou o Emerging Economies Doctoral Student Award,  concedido pela POMS – Production and Operations Management Society e que será entregue durante a 23ª Conferência Anual da entidade em Chicago, de 20 a 23 de abril. Contatos pelo fone (48)3721-8316.

                                    
Tags: estudantePremio
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2