Obras literárias obrigatórias para Vestibular UFSC 2019

09/02/2018 16:00

A Comissão Permanente do Vestibular (Coperve) da UFSC divulgou nesta quarta-feira, 28 de fevereiro, as obras literárias obrigatórias para o Concurso Vestibular/UFSC/2019. A Coperve optou pela redução da lista, de 8 (oito) para 6 (seis) obras, para possibilitar uma leitura mais aprofundada no período letivo.Tomando como referência a preocupação com a formação de leitores críticos, a Coperve define a lista para o Vestibular/2019 pautada nas indicações de professores de ensino médio e superior e atendendo os seguintes critérios:

  • Autores consagrados e contemporâneos;
  • Diferentes gêneros literários;
  • Textos e autores representativos da diversidade de gênero, raça, etnia e regiões (incluindo a literatura local).

Mais informações: coperve.ufsc.br

 Vestibular UFSC/2019

Autor Obra Editora
Carolina Maria de Jesus Quarto de Despejo
Diário de uma favelada
Ática
Jorge Amado Capitães da Areia https://www.literaturabrasileira.ufsc.br/
documentos/?id=133649
Lygia Fagundes Telles Melhores Contos
(seleção Eduardo Portella)
Global
Manuel Bandeira Melhores Poemas
(seleção Francisco de Assis Barbosa)
Global
Nelson Rodrigues Valsa n° 6 Nova Fronteira
Salim Miguel Nós Editora UFSC
OBSERVAÇÕES IMPORTANTES:

  1. Recomenda-se a leitura integral das obras.
  2. O conhecimento dessas obras supõe capacidade de análise e interpretação de textos, bem como o reconhecimento de aspectos próprios aos diferentes gêneros.
  3. Entende-se que é necessário conhecer também o contexto histórico, social, cultural e estético de cada obra.
Tags: coperveobrasUFSCVestibular 2019

Após mais de uma década, quadras externas do CDS serão inteiramente reformadas

19/04/2017 13:17

O reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo acompanhou, na manhã desta quarta feira, 19, o início das obras de reforma das quadras externas e urbanização do complexo esportivo do Centro de Desportos (CDS). Aguardada há mais de dez anos, a obra vai revitalizar pisos, equipamentos e iluminação de sete quadras externas, além de calçadas e passeios no entorno do espaço.

cdsreitor

CDS: revitalização. Foto: Ítalo Padilha/Agecom

Junto com o reitor acompanharam o primeiro dia de trabalho da empresa Dimenzo Engenharia os Secretários de Obras, Manutenção e Ambiente, Paulo Pinto da Luz, de Esportes, Edison Roberto de Souza, o Diretor do CDS, Antonio Renato Pereira Moro, o Diretor do Departamento de Manutenção Predial e de Infraestrutura – DMPI/, José Fabris, engenheiros da SEOMA e a engenheira responsável pela empresa, Luise Dalmora Frare.

O Diretor do CDS comemorou o início dos trabalhos, afirmando que “a última vez em que foi feita alguma intervenção faz mais de dez anos. E foi apenas uma obra superficial”. Para o Secretário de Esportes “a reforma vai permitir que atividades há muito tempo comprometidas, como o uso das quadras pela comunidade, possam ser retomadas, abrindo ainda mais a UFSC para a prática de atividades esportivas e de recreação”.

obrascds3

Foto: Italo Padilha/Agecom

Para Cancellier, o projeto cumpre mais um dos compromissos da gestão: “o de oferecer às comunidades interna e externa um ambiente saudável, seguro e integrador”.

O custo total da reforma é de R$ 1.300.847,47 e o prazo máximo para a conclusão é de 06 meses.

 

 

Tags: CDSobrasreformaUFSC

Paradas há cinco anos, obras no Centro Socioeconômico são retomadas

18/04/2017 10:10

Assinado nesta segunda-feira, dia 17, o contrato para a conclusão das obras do prédio do Centro Sócio Econômico, paradas há cerca de cinco anos.  Participaram da assinatura, além do reitor Luiz Carlos Cancellier, o Secretário de Obras, Manutenção e Ambiente (SEOMA), Paulo Pinto da Luz, o Pró-Reitor de Administração, Jair Napoleão, o Secretário de Planejamento, Vladimir Fey, o contador da Coordenadoria de Apoio Administrativo da PROAD, Rodrigo Valverde e o Diretor da empresa Ecolux Engenharia e Iluminação Ltda, Fernando Perardt.

obrasocio

Foto: Marcus Vinícius/Estagiário de Jornalismo/GR

De acordo com o Secretário Paulo Pinto da Luz, “nós iremos retomar os trabalhos tanto na parte interna como externa, desde as redes elétrica e lógica até a colocação de janelas e portas”.  Ele adiantou que, além das obras no prédio, será construída uma nova subestação de energia que ficará localizada próximo à Secretária de Segurança Institucional (SSI).

“Estamos correndo o tempo todo em busca de recursos para a UFSC. Não poupamos esforços para manter a universidade em dia, e agora vamos poder retomar essa importante obra no CSE, parada há tanto tempo”, observou o reitor, que destacou o empenho da gestão na obtenção dos recursos juntos ao MEC e disse estar satisfeito com a retomada das obras, orçadas em R$3.179.923,90 e com prazo para a conclusão de, no máximo, 240 dias.

Marcus Vinícius/Estagiário de Jornalismo/GR/UFSC

 

 

 

Tags: Centro SocioeconômicocontratoobrasUFSC

Centro de Filosofia e Ciências Humanas terá novo prédio

10/05/2016 08:27
Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

Um prédio com sete andares e cerca de seis mil metros quadrados abrigará os blocos E, F e G do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH). Na sexta-feira, 6 de maio, ocorreu a solenidade de inauguração do novo edifício, que será ocupado, prioritariamente, pelos cursos de Geologia e Oceanografia. A construção teve o apoio da Petrobras, que viabilizou cerca de um terço dos recursos. A obra ainda não está finalizada e a previsão é que fique pronta em julho deste ano.

Oito autoridades discursaram na inauguração: a reitora Roselane Neckel; a vice-reitora Lúcia Helena Martins-Pacheco; o diretor do CFH Paulo Pinheiro Machado; a vice-diretora do CFH, Sônia Maluf; os coordenadores do Núcleo de Pesquisa Geológica Juan Antonio Flores e Edison Ramos Tomazzoli; a gerente de Sedimentologia e Estratigrafia da Petrobras, Helga Elizabeth Voelcker; o ex-gerente da Rede de Estudos Geotectônicos da Petrobras, Gilmar Vital Bueno. Entre o público, que lotou um pequeno auditório do novo prédio, também estavam presentes pró-reitores, diretores de unidades de ensino, chefes de departamentos, coordenadores de curso.

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

A vice-diretora do centro, Sônia, ressaltou a importância do edifício para o pleno funcionamento do CFH, que passou por ampla expansão nos últimos anos. Foram criados quatro cursos de graduação – Antropologia, Geologia, Museologia e Oceanografia –, além da Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica e dos mestrados em Oceanografia e em Desastres Naturais. “Temos hoje dez cursos de graduação, nove pós-graduações, cerca de quatro mil alunos, 200 professores e 70 técnicos administrativos. Somos um dos maiores centros da UFSC e temos a maior produção acadêmica”, informou a professora.

O diretor do centro, Paulo, também observou que o CFH “dobrou de tamanho, mas continuou com a mesma infraestrutura”. Para o professor, um espaço físico maior será mais adequado para o desenvolvimento da ciência e cidadania. “Frequentemente, nós, das Ciências Humanas, trabalhamos em condições muito adversas. Por isso é importante marcar a inauguração desse prédio, que é resultado de um esforço conjunto e que beneficiará muitas pessoas”.

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

A reitora Roselane Neckel aproveitou a ocasião para relembrar sua trajetória na UFSC, desde quando foi vice-diretora e depois diretora do CFH, até o momento atual, em que finaliza sua gestão na administração central. A professora recordou o tempo em que havia falta de professores, técnicos, equipamentos e “a grande ameaça era a exigência de pagamento do ensino nas universidades públicas. Nessa época, não havia esperança de criação de novos cursos no CFH”. Mas, ela observa, a realidade mudou com o programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), que supriu carêncais e possibilitou o crescimento e a qualificação do ensino superior no país: “Hoje a UFSC tem cerca de 5500 professores e técnicos e se tornou referência no Brasil e exterior”.

O processo de negociação com a Petrobras para a construção do prédio foi lembrado pela reitora. Ela descreveu a visita da comitiva da UFSC ao Centro de Pesquisa e Desenvolvimento (Cenpes)  da Petrobras, em agosto de 2009, quando o projeto do curso de Geologia foi apresentado e a empresa decidiu apoiá-lo. Essa reunião também foi relatada pelo professor Edison, do curso de Geologia, que apontou a escassez de geólogos em Santa Catarina e a urgência de criação do curso: “Isso ficou evidente durante as enchentes de 2008, em Itajaí, quando não havia profissionais qualificados para atuarem no desastre”. A vice-reitora Lúcia Helena, além de agradecer a todos que participaram e se dedicaram à viabilização do edifício, afirmou que o momento era de celebração: “É o fim de uma obra, mas o começo de muitas possibilidades acadêmicas”.

Estrutura

Os novos blocos do CFH serão ocupados com laboratórios, coordenadorias de ensino, salas de reuniões, salas de profesores, PETs, núcleos de estudos, secretarias de departamentos, secretarias de pós-graduação, auditórios, centros acadêmicos, área de convivência.

Valor total R$ 18.778.697,04
Recursos da UFSC R$ 12.038.889,12
Recursos da Petrobras R$ 6.739.807,92
Início das obras Novembro/2013
Previsão de término Julho/2016

As fotos do acompanhamento das obras estão disponíveis aqui.

Mais informações no site da Coordenadoria de Fiscalização de Obras (CFO).

Daniela Caniçali/Jornalista da Agecom/UFSC

Tags: Bloco Ebloco FBloco GCFHgeologiainauguraçãonovo prédioobrasoceanografiaPetrobrassolenidadeUFSC

Construtora retoma obras do Instituto de Engenharias de Superfície

15/03/2016 11:40

A segunda etapa da obra do Instituto de Engenharias de Superfície, que estava paralisada desde janeiro de 2013, recomeçou no dia 29 de fevereiro e está em andamento. O canteiro de obras está sendo preparado para descarga de material e para garantir a segurança dos trabalhadores e da comunidade universitária. Os trabalhos serão realizados pela construtora Salver, a mesma que executou a primeira parte da obra. A empresa foi a vencedora da licitação aberta pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu), que é a responsável pelo gerenciamento dos recursos liberados pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). A obra está orçada em cerca de R$ 2,9 milhões e tem prazo de conclusão de 300 dias, com conclusão prevista para dezembro de 2016. O término do convênio com a Finep acontece em fevereiro de 2017.

© Pipo Quint / Agecom / UFSC

Foto: Jair Quint/Agecom/DGC/UFSC

“Esta boa notícia é resultado do trabalho muito intenso de nossa equipe que conseguiu resolver todas as pendências, encontrando soluções que viabilizaram o reinício da obra”, comemora a reitora Roselane Neckel. Quando o prédio estiver pronto, mais de 150 pesquisadores trabalharão no local e haverá espaços para atividades de interação e transferência de tecnologia para o setor produtivo. O custo total da edificação será de R$ 5.859.147,09.

(mais…)

Tags: CT-InfraDFODPfapeuFinepInstituto de Engenharia de SuperfícieLindenMCTIobrasPROPESQUFSC

Obra para construção de novos blocos do CCB deve ser concluída em 2016

27/08/2015 18:19

O Centro de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), localizado no Campus Trindade, em Florianópolis, receberá os novos blocos E, F e G – dois com oito pavimentos e um com cinco – e uma subestação de 3.500 kVA. A previsão é de que os serviços sejam finalizados em dezembro do próximo ano.

Orçada em mais de R$ 40 milhões e com uma área de 13.080,70 m², a obra conta com uma equipe de fiscalização reforçada, composta de dois fiscais com formação em Engenharia Civil e um eletricista. Os trabalhos iniciaram-se em janeiro de 2014. “Atualmente, esta é a obra de maior complexidade em execução na UFSC”, afirma o diretor do Departamento de Fiscalização de Obras (DFO) da Universidade, Rodrigo Bossle Fagundes.
(mais…)

Tags: blocosCCBDFOobrassubestaçãoUFSC

Obras no CCE melhoram estrutura e acessibilidade

06/05/2015 10:30

O Centro de Comunicação e Expressão (CCE) passa por uma nova fase de construções e reformas neste semestre. Após readequações no auditório Henrique Fontes, a construção de um vestiário para o curso de Artes Cênicas e a reforma do laboratório de figurino e dos laboratórios de rádio e telejornalismo do curso de Jornalismo, três obras estão em andamento. Dentre elas, a adequação para acessibilidade e instalações para proteção contra incêndio dos blocos A e B.

O projeto de adequação, elaborado pelo Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (Dpae), foi contratado por meio do Regime Diferenciado de Contratação (RDC). Essa modalidade de licitação foi adotada pela UFSC em setembro de 2013 e permite mais rapidez na contratação de obras e serviços de engenharia. O valor do investimento é de R$ 1.193.564,00 e os recursos são do orçamento da própria Universidade.
(mais…)

Tags: acessibilidadeCCECRFPDFODPAEestruturaobrasProplanrdcreforma

Campus Curitibanos começa 2015 com obras

30/01/2015 10:21

Aqueles que passam pelo campus da UFSC em Curitibanos neste início de ano podem perceber a movimentação dos canteiros de obras no local. Os trabalhos são para a construção do Bloco 2 de Salas de Aula e Laboratórios (CBS-02); para o cercamento do campus e para a reforma do Centro de Educação Profissionalizante (Cedup), que receberá os laboratórios de Anatomia Animal e de Patologia Veterinária. As obras começaram na primeira quinzena deste mês.

“Essas estruturas são importantes para o futuro do campus. Vamos ter a ampliação física, com o prédio CBS02, e a reforma do Cedup, oportunizando mais qualidade aos cursos. Há a nossa preocupação não só com a parte técnica e de infraestrutura, mas com a motivação para os próprios estudantes”, explica o diretor acadêmicodo Campus Curitibanos, Juliano Gil Nunes Wendt. De acordo com o diretor de Gestão Orçamentária da Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan) da UFSC, Otávio Vanderlei Berlanda, as três obras contam com recursos do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), do Governo Federal.
(mais…)

Tags: CampusCBS-02CedupcercamentoCuritibanosDFODMPIDPAEiníciojaneiroobrasrdcUFSC

Departamento de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos terá ampliação de espaço físico

22/07/2014 10:05
Reitora Roselane Neckel fala aos alunos, docentes e técnicos-administrativos do EQA. (Foto: Pipo Quint / Agecom / UFSC)

Reitora Roselane Neckel fala aos alunos, docentes e técnicos-administrativos do EQA. (Foto: Jair Quint / Agecom / UFSC)

A Administração Central da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), representada pelo pró-reitor de Administração, Antonio Carlos Montezuma Brito, assinou, na manhã desta sexta-feira, dia 18, o contrato para dar início à obra de ampliação do espaço físico para o Departamento de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos (EQA). Uma estrutura de aproximadamente 2,5 mil metros quadrados será construída em um investimento no valor de mais de R$ 7,2 milhões. O prazo para a conclusão da obra é de 16 meses.

A ampliação contempla a adição de dois pavimentos sobre a estrutura já existente, além da construção de seis novos pavimentos, onde estarão 25 laboratórios, cinco salas técnicas, dois depósitos, sanitários e elevadores. Atualmente, o prédio do EQA conta com 1,7 mil metros quadrados e mantém 13 laboratórios de pesquisa e seis laboratórios de ensino.

O atual chefe de Departamento, Antônio Augusto Ulson de Souza, destacou o empenho da Administração Central para que a obra fosse aprovada. “A nossa demanda por espaço físico tem nos custado muito, tem gerado improvisos para nós, professores, tanto de graduação como de pós-graduação, e também aos alunos que estão com muitos laboratórios em condições difíceis. Agradeço bastante à reitora Roselane Neckel e toda a equipe envolvida nesta ação, bem como a direção do CTC”, ressaltou.
(mais…)

Tags: CTCEQAobrasUFSC

Fazenda Experimental da Ressacada, Moradia Estudantil e Restaurante Universitário passam por obras em 2014

14/02/2014 12:02

A volta às aulas está prevista para março, mas as obras nos espaços da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Florianópolis já começaram. O Departamento de Fiscalização de Obras (DFO), vinculado à Pró-Reitoria de Planejamento e Orçamento (Proplan), expediu 13 ordens de serviço para 2014 entre os meses de outubro de 2013 e janeiro de 2014. A Moradia Estudantil, o Restaurante Universitário (RU) e a Fazenda Experimental da Ressacada foram contemplados por esse pacote de obras que soma R$ 66.310.763,57.

Estão previstas a recuperação e a ampliação da rede de drenagem da Fazenda Experimental da Ressacada do Centro de Ciências Agrárias (CCA), localizada no bairro Tapera, juntamente com a ampliação de açudes e a construção de comportas. O sistema para irrigação do espaço será criado e a Fazenda receberá, ainda, uma subestação de energia de distribuição de baixa e média tensão, com a devida infraestrutura. A base de telecomunicações e o circuito fechado de TV do local deverão ser providenciados em 240 dias a partir do início da obra.
(mais…)

Tags: DFODPAEFazenda Experimental da RessacadaMoradia EstudantilobrasRUUFSC

DFO emite 13 ordens de serviço para obras na UFSC nos últimos quatro meses

12/02/2014 16:26

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) começou o ano com obras e reformas em diversos espaços. Entre os meses de outubro e janeiro, o Departamento de Fiscalização de Obras (DFO), vinculado à Pró-Reitoria de Planejamento e Orçamento (Proplan), expediu 13 ordens de serviço para 2014, que somam R$ 66.310.763,57. Algumas atendem a demandas antigas da Universidade. Construção de laboratórios, reforma de prédios e de banheiros, ampliação de rede de drenagem e construção de novos blocos de salas de aula são algumas das ações que serão executadas.
(mais…)

Tags: CCBCCECFHCFMCTCobrasUFSC

UFSC passa por obras e reparos no segundo semestre

26/09/2013 15:38

Ao percorrer o campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), na Trindade, em Florianópolis, é possível observar algumas calçadas sendo revitalizadas, telhados em reforma e prédios novos sendo construídos. Essas obras estão em execução no Centro de Comunicação e Expressão (CCE), no Centro de Ciências Físicas e Matemáticas (CFM) e no Centro Tecnológico (CTC).

Alguns trabalhos devem ser concluídos ainda este ano. Outros, em 2014 e 2015. Os valores dos contratos e o andamento das atividades no CFM e no novo prédio do CCE podem ser acompanhados no site http://dfo.ufsc.br/obras/execucao/trindade/.

Confira o que está sendo feito em cada centro:
(mais…)

Tags: CCECFHCFMCTCobrasUFSC

Obras no Campus Joinville

23/11/2012 15:09

Primeira estaca (20/novembro/2012)

Esta semana teve início a montagem da estrutura de concreto pré-fabricado do primeiro edifício do Campus UFSC Joinville. O Bloco 1 comportará salas de aula, laboratórios de ensino e auditório, com área total de 10.000 m². A finalização desta etapa está prevista para janeiro/2013. A empresa Proaço Indústria Metalúrgica Ltda. é a responsável pela montagem da estrutura. Outras informações pelo e-mail .
(mais…)

Tags: joinvilleobrasUFSC

Cerimônia nesta sexta-feira marca o início das obras no Campus da UFSC em Joinville

03/05/2012 12:57

Acontece nesta sexta-feira, 4 de maio, às 16 horas, a cerimônia que marca o início das obras de construção civil do campus da UFSC em Joinville. São quatro obras. A maior delas é o Bloco Acadêmico I, um edifício de 9.850 metros quadrados com quatro pavimentos destinados a salas de aula. Dois prédios destinam-se aos diversos laboratórios do curso de Engenharia de Mobilidade: o Bloco II e Bloco III. O Bloco IV abrigará os gabinetes dos professores, áreas administrativas e de apoio. Também está em fase de terraplenagem a pista de testes, que
servirá para o desenvolvimento de pesquisas.
(mais…)

Tags: CampusjoinvilleobrasUFSC

UFSC investe em obras para melhorias no campus Florianópolis

05/09/2011 17:46

Construção nova Ala B do RU - Foto: Paulo Noronha/Agecom

O campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, está com pelo menos 25 obras em andamento para suprir carências de infraestrutura. Elas fazem parte do Programa de Apoio aos Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni) para ampliar o acesso e a permanência na educação superior. As que mais têm repercussão entre os estudantes são as do Restaurante Universitário (RU) e da Moradia Estudantil.

Com o intuito de garantir mais e melhores estruturas físicas necessárias à qualidade dos cursos de graduação e pós-graduação, estão em andamento a climatização da Biblioteca Universitária (BU), a complementação do pavilhão de exposições do Museu Universitário, a construção do Bloco C do Centro de Ciências da Educação (CED), e do prédio de Administração do Centro de Desportos (CDS). Todas estão previstas para este ano.

Com a reforma dos refeitórios e a construção da nova cozinha, o RU terá capacidade para 1.500 lugares e passará de 7 mil refeições por dia, incluindo finais de semana, para  10 mil, em média. O valor disponibilizado para a construção é de aproximadamente R$ 9 milhões. Os trabalhos foram iniciados em 22 de setembro de 2010 e a data para conclusão seria março de 2011, porém, devido aos atrasos por conta de chuvas e problemas com mão-de-obra, a entrega está prevista para 26 de setembro deste ano.

Criada para abrigar os alunos com cadastro socioeconômico devidamente aprovado pela Coordenadoria de Serviço Social (CoSS/PRAE), a Moradia Estudantil atualmente oferece 156 vagas. Com a construção do bloco A, serão atendidos mais 80 estudantes num total de 40 apartamentos. Também estão incluídos na obra, um salão de jogos, sala de TV e de estudos, além de laboratório de informática e a administração do local. O valor contratado é de cerca de R$ 2 milhões, com previsão de entrega para outubro de 2011.

Um dos mais importantes investimentos é o Bloco Universitário I de Salas de Aula que terá 6.734 m² e será concluído até o próximo dia 25 de novembro.  Esse novo espaço físico não é vinculado a nenhum centro de ensino e, portanto, poderá ser utilizado por qualquer curso que necessite de salas de aula. O investimento é de aproximadamente R$ 7 milhões.

Segundo o pró-reitor de Infraestrutura João Batista Furtuoso já foram investidos mais de R$ 32 milhões, e com o início de outras construções esse investimento deve passar de R$ 36 milhões. Os recursos são disponibilizados pelo Reuni.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-5116, com Jairo Lopes, ou pelo endereço www.domp.ufsc.br.

Por Carolina Lisboa/bolsista de Jornalismo na Agecom

Tags: campus FlorianópolisobrasreuniUFSC

Obras no prédio do Museu Universitário entram na reta final

12/08/2011 12:16

Uma visita do vice-reitor da UFSC, Carlos Alberto Justo da Silva, e da secretária de Cultura e Arte, Maria de Lourdes Alves Borges, ao Museu Universitário Oswaldo Rodrigues Cabral, na tarde desta quinta-feira, serviu para estabelecer algumas diretrizes relativas ao funcionamento do espaço, cuja estrutura física deve ficar pronta até novembro deste ano. No momento, estão sendo feitas as obras finais do novo pavilhão que receberá o grande acervo antropológico e etnográfico do museu e as exposições permanentes e temporárias, possivelmente a partir do primeiro semestre de 2012.
(mais…)

Tags: museuobrasuniversidade

Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental ganha novo prédio para laboratórios e salas de aula

17/12/2010 16:14
O novo bloco tem 1.500m² e vai abrigar laboratórios de ensino e pesquisa, salas de aula e ambientes para os setores administrativos

O novo bloco tem 1.500m² e vai abrigar laboratórios de ensino e pesquisa, salas de aula e ambientes para os setores administrativos (Foto: Paulo Noronha)

Foi inaugurado nesta quinta-feira (16/12) o bloco 2 do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFSC, que vai abrigar, em seus 1.500m², laboratórios de ensino e pesquisa, oito salas de aula e ambientes para os setores administrativos. Vinculado ao Centro Tecnológico (CTC), o departamento funcionava num prédio que já não comportava todas as demandas, e aguardava desde 2003, quando as obras começaram, pela conclusão das novas instalações. Estavam presentes na cerimônia o chefe do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental, professor Maurício Luiz Sens, o chefe do Centro Técnológico, professor Edson da Rosa e o Reitor Álvaro Prata.

Além de sediar novos laboratórios, o espaço construído vai permitir a ampliação dos que já existem e até possibilitar a transferência do laboratório de hidráulica, que opera próximo ao Hospital Universitário. A construção enfrentou vários problemas, com a interrupção das obras e a desistência de empresas que ganharam licitações para executar os trabalhos. A terceira empreiteira que assumiu essa responsabilidade é que está entregando o prédio pronto.

Em discurso, o professor Maurício Luiz Sens afirmou que “não faltou nem recursos nem empenho, mas o que atrasou a obra foi a burocracia”. Já o reitor Álvaro Prata destacou a necessidade em se buscar maior autonomia perante aos órgãos federais. “Os trâmites burocráticos existem porque a Universidade não pode depender de maus gestores, e o resultado dessa burocracia muitas vezes é o engessamento. O Estado confia na Universidade para formar profissionais, mas não confia para a construção da infraestrutura que formará estes cidadãos”.

Qualidade Acadêmica

O departamento oferece o curso de graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental (criado em 1978 com o nome de Engenharia Sanitária), o mestrado (desde 1995) e o doutorado (desde 2000) em Engenharia Ambiental. A graduação tem cerca de 450 alunos, e a pós-graduação, 100. Dos 20 professores, 19 são doutores. A última edição do Guia do Estudante da editora Abril, usado como referência por muitos candidatos ao vestibular no país, deu cinco estrelas ao curso de graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental da UFSC.

Além do curso, nas salas do departamento são ministradas disciplinas da Engenharia Civil, Engenharia de Produção Civil, Engenharia de Materiais e outros. Na pesquisa, o foco são o planejamento e gestão ambiental e o monitoramento e controle da poluição ambiental. E, na extensão, o departamento oferece assessorias a comunidades e órgãos públicos, consultorias a empresas privadas e a promoção de cursos de aperfeiçoamento.

O Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental também mantém intercâmbios com universidades dos Estados Unidos, Europa e América Latina e com órgãos públicos como a Embrapa, Ibama, Fatma, Casan e Epagri, além das empresas Sadia, Perdigão, Eliane e Petrobras.

Mais informações com o Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental pelo fone (48) 3721-9597.

Por Ana Luísa Funchal/ Bolsista de Jornalismo na Agecom e

Paulo Clóvis Schmitz/ Jornalista na Agecom

Tags: engenhariaobras