Fazenda Experimental da Ressacada, Moradia Estudantil e Restaurante Universitário passam por obras em 2014

14/02/2014 12:02

A volta às aulas está prevista para março, mas as obras nos espaços da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Florianópolis já começaram. O Departamento de Fiscalização de Obras (DFO), vinculado à Pró-Reitoria de Planejamento e Orçamento (Proplan), expediu 13 ordens de serviço para 2014 entre os meses de outubro de 2013 e janeiro de 2014. A Moradia Estudantil, o Restaurante Universitário (RU) e a Fazenda Experimental da Ressacada foram contemplados por esse pacote de obras que soma R$ 66.310.763,57.

Estão previstas a recuperação e a ampliação da rede de drenagem da Fazenda Experimental da Ressacada do Centro de Ciências Agrárias (CCA), localizada no bairro Tapera, juntamente com a ampliação de açudes e a construção de comportas. O sistema para irrigação do espaço será criado e a Fazenda receberá, ainda, uma subestação de energia de distribuição de baixa e média tensão, com a devida infraestrutura. A base de telecomunicações e o circuito fechado de TV do local deverão ser providenciados em 240 dias a partir do início da obra.

De acordo com o diretor do DFO, Rodrigo Bossle Fagundes, as ordens de serviço referentes à infraestrutura elétrica e ao manejo de águas da Fazenda Experimental da Ressacada foram suspensas devido ao atraso na definição, por parte do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), das extremas do terreno, em virtude das obras do Aeroporto Internacional de Florianópolis, Hercílio Luz, no bairro Carianos. O diretor do Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (DPAE), Elias Sebastião de Andrade, informa que os trabalhos não podem ser iniciados antes da conclusão desta primeira etapa.

Segundo o chefe da Divisão de Gestão da Informação do DPAE e responsável pela regularização fundiária e predial e aprovação de projetos da UFSC, Ricardo César dos Passos, a previsão é de que a situação seja revertida nos próximos dias. “O Deinfra informou que a demarcação da faixa de domínio da rodovia deve reiniciar na próxima segunda-feira. A realização do serviço depende das condições do tempo e deve durar cerca de dois dias”, explica. O diretor do DFO esclarece que serão expedidas novas ordens de serviço tão logo aconteça a definição das extremas do terreno.

RU e Moradia Estudantil

O Restaurante Universitário (RU), na Trindade, também foi contemplado com piso de alta resistência na área de carga e descarga e com serviços diversos na cozinha. Os trabalhos foram finalizados no início do mês de fevereiro.

De acordo com a diretora do RU, Beatriz Conedera Martinelli, foi realizado o levantamento das necessidades do local no final de 2012. Em 2013, foram feitas pintura e reposição de piso dentro da cozinha, que apresentava problemas. As obras foram executadas em períodos de férias ou de recesso. Os setores de preparação das carnes, das sobremesas e das saladas também passaram por reformulações, com a retirada das paredes que existiam entre eles. Segundo Beatriz, essa era uma reivindicação dos funcionários.

A pintura é uma exigência da Vigilância Sanitária para renovação do alvará de funcionamento. “Janeiro deste ano foi o período em que conseguimos fazer mais coisas. Adequamos o piso às necessidades do RU no setor de carga e descarga. Ampliamos o tanque de lavação de frutas, que era pequeno, fizemos a pintura interna de quase todos os setores e também foi feito um serviço de colocação de grades separando um setor do outro, para dar melhor escoamento às águas. Esse tipo de obra é feito pensando em melhorar a qualidade de vida no trabalho”, esclarece.

Outra demanda que será atendida neste pacote de obras até o mês de maio é a construção do reservatório de água da Moradia Estudantil, com área de 279 m², localizada na Trindade. Segundo o diretor do DFO, a medida que forem sendo concluídos, esses novos espaços físicos, construídos e reformados, irão contribuir para melhorar o atendimento à comunidade universitária nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. As obras no Restaurante Universitário (RU) e na Moradia Estudantil somam R$ 358.372,82.

Confira abaixo a galeria com as fotos das obras no RU e na Moradia Estudantil:

  

Fotos: Henrique Almeida e Jair Quint / Agecom / UFSC

 

Bruna Bertoldi Gonçalves / Jornalista / Diretoria-Geral de Comunicação / UFSC

Tags: DFODPAEFazenda Experimental da RessacadaMoradia EstudantilobrasRUUFSC