SUS 30 anos: ‘modelo é admirado no mundo, mas a própria população não o defende’

30/04/2019 18:56

Auditório do CSE recebeu seminário sobre o SUS. Foto: Pipo Quint/Agecom/UFSC

“Um modelo mundial de sistema público de saúde, admirado, estudado e seguido nos mais diversos países do mundo, mas que a própria população pouco se mobiliza para defender”, com essas enfáticas palavras Marco Aurélio Da Ros, professor aposentado do Departamento de Saúde Pública da UFSC (SPB/CCS), sintetizou o atual cenário dos Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro.

Marco Aurélio formou a mesa do seminário sobre os 30 anos do SUS, com o tema “Reforma Sanitária: múltiplas leituras, diálogos e controvérsias”, realizado a partir das 8h30 desta terça, 30. O evento reuniu no auditório do Centro Socioeconômico da Universidade Federal de Santa Catarina (CSE/UFSC) estudantes de graduação, pós-graduação, residentes, professores e técnicos para debater o SUS. Ao lado de Marco Aurélio estavam Clair Castilhos, também professora aposentada do Departamento de Saúde Pública da UFSC, e Flávio Magajewski, ex-secretário municipal de Saúde de Florianópolis (1992-1996) e professor da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul). Em comum, os três componentes da mesa têm ativa participação junto ao movimento de Reforma Sanitária que originou o modelo mundial de sistema público de saúde que é o SUS.
(mais…)

Tags: 30 anos SUSCentro SocioeconômicoReforma SanitáriaSistema Único de Saúde (SUS)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Curso EaD de Física da UFSC prorroga seleção para tutores

22/04/2019 16:48

O Coordenador do Curso de Licenciatura em Física da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), na modalidade a distância da Universidade Aberta do Brasil (UAB), amplia período de inscrições para seleção de bolsistas como tutores a distância do curso. A seleção ficará aberta até o dia 13 de maio, onde serão oferecidas 3 vagas para as disciplinas de Física Básica C-II, Organização Escolar e Cálculo IV. Conhecimento básico de informática é pré-requisito para todas as vagas. Os candidatos podem se inscrever em mais de uma disciplina, desde que esteja dentro dos pré-requisitos estabelecidos no Edital. O quadro de vagas pode ser conferido abaixo:

As provas serão realizadas no dia 14 de maio, das 10h às 12h, na sala de Reuniões do Núcleo UAB/UFSC, 4o andar, Bloco F, Centro Sócio Econômico (CSE). Caso haja a necessidade de alteração do local da prova, a alteração será publicada no site do curso, com dois dias de antecedência.

O tutor a distância é o agente que faz a intermediação entre os estudantes e os professores, orientando os alunos, sanando suas dúvidas e acompanhando as atividades propostas por meio do Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem (AVEA).

Mais informações no site.

Tags: Centro SocioeconômicoCSEcurso de Licenciatura em FísicaUABUFSCuniversidade aberta do brasilUniversidade Federal de Santa Catarina

Seminário Sistemas de saúde na perspectiva internacional nesta quinta

20/03/2019 14:55

O seminário ‘Sistemas de saúde na perspectiva internacional’ será realizado no Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), nesta quinta, dia 21 de março, às 18h30 na sala H006. O palestrante será o professor Mauro Serapioni. O evento é promovido pelo curso de Residência Multiprofissional em Saúde da Família da UFSC em conjunto com a disciplina de Estado, saúde e sociedade.

Sobre o professor

Mauro Serapioni possui graduação em Ciências Políticas e Sociais – Universidade de Bolonha (1983), mestrado em Primary Health Care Management at District Level – Istituto Superiore Sanità, Roma (1994) e doutorado em Ciências Sociais e Saúde – Universidad de Barcelona (2003). Atualmente é investigador no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (Portugal) onde atualmente é docente nos programas doutorais ‘Democracia no Século XXI’ e ‘Governação, Conhecimento e Inovação’ do Centro de Estudos Sociais e da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Sociologia da saúde, atuando principalmente nas seguintes áreas: participação e controle social, avaliação em saúde, métodos e técnicas de investigação, desigualdades sociais, sistemas de saúde comparados.

Tags: CCSCentro de Ciências da SaúdeCentro SocioeconômicoUFSC

Estudantes da rede pública conquistam aprovação significativa no Vestibular UFSC

07/03/2019 12:01

Kalita da Cruz e colegas do IFC – Campus Ibirama

Mesas formam um círculo no saguão do Centro Socioeconômico (CSE) da UFSC. Alunos dos diversos cursos do CSE se unem para dar as boas-vindas aos calouros, expondo com orgulho a camisa das respectivas atléticas. No meio da recepção, está a futura estudante de Ciências Econômicas, Kalita da Cruz. Sentada ao lado do pai, com os documentos da matrícula em mãos, eles se preparam para fazer as carteirinhas e os cadastros necessários para o início do semestre.

Natural de Vítor Meireles, no Alto Vale do Itajaí, a estudante e o pai viajaram por cinco horas para a matrícula presencial, no dia 7 de fevereiro. Durante todo o ensino médio, Kalita estudou em Ibirama, a 30 km de distância da sua cidade natal, no campus do Instituto Federal (IFC) mais próximo. “Era bem puxado, mas alguns professores aliviavam, porque sabiam que a gente precisava estudar para o vestibular”, comenta a caloura. Com o ensino médio e técnico integrado, em alguns dias ela se dedicava integralmente às aulas e em outros precisava conciliar entre os trabalhos e os estudos para a prova no final do ano.

Kalita é uma dos 459 estudantes de Institutos Federais do estado a conseguir aprovação no Vestibular 2019 da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). No total, foram 1.650 estudantes inscritos de 26 campi dos IFs de Santa Catarina. Três campi de Institutos Federais figuram entre as 10 unidades da Rede Pública de Ensino que mais aprovaram candidatos no Vestibular 2019: o Campus Florianópolis do IFSC foi a unidade com mais aprovados em todo o Vestibular, com 182 classificados dentre os 477 inscritos, além dos campi Camboriú do Instituto Federal Catarinense (IFC) com 46 selecionados e o São José do IFSC com 35 aprovados.
(mais…)

Tags: Centro SocioeconômicoCSEUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaVestibular 2019

Seminário ‘TICs e a crise no mundo do trabalho’ ocorre no CSE nesta quarta

12/11/2018 08:17

O Centro Socioeconômico (CSE) receberá o seminário “TICs e a crise no mundo do trabalho”, ministrado pelo professor José Maria Carvalho Ferreira, da Universidade de Lisboa (ULisboa), no dia 14 de novembro. O evento ocorre no miniauditório do Departamento de Economia, das 9h às 13h. O encontro também contempla o circuito brasileiro do lançamento do livro “Utopia, Anarquia e Sociedade – Escritos em Homenagem a José Maria Carvalho Ferreira”, lançado oficialmente em 7 de junho.

O Seminário tem como objetivo contribuir para o debate político e acadêmico sobre as mudanças sistemáticas do fator trabalho na produção social, especificamente busca suas relações com as novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), as origens destas mudanças no fator de produção trabalho e análise do quadro geral da sociedade e do Estado, nos espaços tempos da produção, distribuição, troca e consumo de bens e serviços analítico-simbólicos ou imateriais.

O evento não tem inscrição prévia e haverá lista de presença no local. O encontro fornece certificado de 4 horas que estará disponível no site certificados.ufsc.br.

José Maria Carvalho Ferreira é professor catedrático aposentado do Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa (ISEG-UTL) e presidente do Centro de Investigação em Sociologia Económica e das Organizações (SOCIUS) do ISEG-UTL.

 

Tags: Anarquia e Sociedade – Escritos em Homenagem a José Maria Carvalho FerreiraCentro SocioeconômicoJosé Maria Carvalho Ferreiralivro UtopiaMiniauditório do Departamento de EconomiaTIC’s e a crise no mundo do trabalhoUFSCUniversidade de Lisboa

Centro Socioeconômico da UFSC organiza fóruns para discussão de novo regimento interno

18/10/2018 10:11

A Direção do Centro Socioeconômico da Universidade Federal de Santa Catarina (CSE/UFSC) instituiu um Grupo de Trabalho para elaboração do Regimento Interno do CSE, que promoverá quatro fóruns de discussão visando a participação de todos os integrantes do Centro. O regimento interno é o principal documento na gestão acadêmica e administrativa de uma Unidade universitária, pois determina, em sintonia com as normas superiores, a estrutura organizacional, o fluxo decisório e o funcionamento do próprio Centro. Portanto, é dentro de seus limites que a direção e todos os integrantes do Centro poderão atuar, acadêmica, administrativa e politicamente.
(mais…)

Tags: Centro Socioeconômicofóruns de discussãoRegimento interno CSEUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Alunos de Administração da UFSC promovem projeto sobre finanças pessoais

16/10/2018 08:58

Os estudantes da oitava fase do curso de Administração da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promovem o projeto “Meus Pila”, sobre finanças pessoais, nos dias 29 e 30 de outubro no auditório do Centro Socioeconômico (CSE). O evento conta com workshops e palestras em torno do tema, é gratuito e aberto à comunidade.

Cronograma

Mais informações na página do Facebook.

Tags: Centro SocioeconômicoCSEUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Instituto de Estudos Latino-Americanos da UFSC promove lançamento do livro ‘Teoria Marxista da Dependência’

21/09/2018 16:36

O Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA/UFSC) da Universidade Federal de Santa Catarina promove o lançamento do livro “Teoria Marxista da dependência: problemas e categorias, uma visão histórica”. O evento ocorre na próxima quinta-feira, 27 de setembro, às 18h30, no Auditório do Centro Socioeconômico (CSE/UFSC). O livro é de autoria do professor de História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Mathias SeibelLuce. Durante o lançamento haverá debate sobre o tema da dependência.
(mais…)

Tags: Centro SocioeconômicoIELAInstituto de Estudos Latino-Americanolançamentolivromarxismoteoria marxista da dependênciaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Abertas inscrições para o ciclo de debates Museu e Resistência

19/09/2018 17:46

As inscrições para o ciclo de debates “Museu em curso” estão abertasO evento é promovido pelo Museu de Arqueologia e Etnologia (MArquE) e o curso de Museologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), sob o tema “Museu e Resistência”. A programação será realizada entre os dias 26 e 28 de setembro com mesas e conferências nos dois primeiros dias, com início às 8h30, no Auditório do Centro Socioeconômico (CSE). O último dia do evento é reservado às oficinas, que começarão às 10h do dia 28, conforme programação abaixo:
(mais…)

Tags: Centro SocioeconômicoCSEMArquEMuseu de Arqueologia e EtnologiaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Sinter promove palestra com pesquisadora em empreendedorismo feminino

06/06/2018 10:08

A palestra Women Entrepreneus, Self-Efficacy and Gender Egalitarianism ocorrerá neste quinta-feira, 7 de junho, com a ministrante Kirsten Mikkelsen, pesquisadora e doutora em Women’s Entrepreneurship pela University of Flensburg. O evento será realizado às 13h no Centro Socioeconômico (CSE), bloco B, na sala 11.

A palestra é organizada pela Secretaria de Relações Internacionais (Sinter) em parceria com a University of Flensburg.

Tags: Centro SocioeconômicoCSEpalestrasinterUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pós em Serviço Social lança edital para bolsa de pós-doutorado

27/02/2018 08:30

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social (PPGSS) do Centro Socioeconômico (CSE) da UFSC abre inscrições, entre 1º a 22 de março de 2018, para candidatura a uma bolsa de pós-doutorado vinculada ao Programa Nacional de Pós-doutoramento (PNPD) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Mais informações na página do programa

Tags: Centro SocioeconômicoCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível SuperiorCSEPPGSSprograma de pós-graduaçãoPrograma Nacional de Pós-doutoramentoServiço SocialUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Evento cancelado: Fernando Haddad profere aula magna na UFSC nesta quarta-feira

06/11/2017 08:00

O ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, estará na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) nesta quarta-feira, 8 de novembro, para proferir aula magna. O evento, que ocorre no auditório da Reitoria, às 19h, é gratuito e aberto a todos. Não é necessário fazer inscrição e os lugares serão ocupados por ordem de chegada.

Fernando Haddad é professor da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP) desde 1997, onde ministra as disciplinas “Ciência Política” e “Economia Política da Cidade”. Além de Ministro da Educação e prefeito de São Paulo, foi também Subsecretário de Finanças do município (2001-2003); Assessor Especial do Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão (2003 -2004); Secretário Executivo do Ministério da Educação (2004 -2005) e Ministro da Educação (2005-2012). É graduado em Direito, mestre em Economia e doutor em Filosofia.
(mais…)

Tags: Auditório da ReitoriaCentro Acadêmico Livre de EconomiaCentro SocioeconômicoCSEDepartamento de Economia e Relações InternacionaisFernando HaddadprefeitoSão PauloUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Fundador do Movimento Slow Food ministra palestra na UFSC nesta terça

03/11/2017 15:20

O fundador do Movimento Slow Food, Carlo Petrini, estará na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) para ministrar uma palestra nesta terça-feira, 7 de novembro. A atividade será realizada no auditório do Centro Socioeconômico (CSE/UFSC), às 14h. O evento é aberto a todos e as inscrições podem ser feitas no local, conforme a ordem de chegada.

A palestra abordará sobre “novos modelos de economias locais e a comercialização dos produtos da agricultura familiar e da biodiversidade brasileira”. O princípio do Movimento Slow Food é “o direito ao prazer da alimentação, utilizando produtos artesanais de qualidade especial, produzidos de forma que respeite tanto o meio ambiente quanto as pessoas responsáveis pela produção, os produtores”, conforme informa o site do movimento.
(mais…)

Tags: Carlo PetriniCentro Socioeconômicocooperação internacionalCSEMinistério do Desenvolvimento AgrárioMovimento Slow FoodpalestraUFSC

Evento cancelado: aula magna com ex-ministro da Educação, Fernando Haddad

13/09/2017 10:40

A palestra sobre os desafios para a educação no desenvolvimento econômico, com Fernando Haddad, ex-prefeito da cidade de São Paulo, na aula magna promovida pelo Centro Acadêmico Livre de Economia (Cale) nesta quarta-feira, 13 de setembro, foi cancelada. O evento será realizado no dia 8 de novembro de 2017.

O professor foi Subsecretário de Finanças de São Paulo (2001-2003), Assessor Especial do Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão (2003 -2004), Secretário-Executivo do Ministério da Educação (2004 -2005) e Ministro da Educação (2005-2012). É graduado em Direito, mestre em Economia e Doutor em Filosofia, e professor da Universidade de São Paulo (USP) desde 1997.

 

 

Tags: Auditório do Fórum do Norte da Ilhaaula magnaCALECentro Acadêmico Livre de EconomiaCentro SocioeconômicoCSEDepartamento de Economia e Relações InternacionaisFernando HaddadUFSCUniversidade de São PauloUSP

Curso promovido pelo Iela traz ‘A atualidade de Adelmo Genro Filho no jornalismo’

12/09/2017 11:38

O Curso ‘A atualidade de Adelmo Genro Filho no jornalismo’, ministrado pela jornalista Elaine Tavares, integra a programação de Cursos Livres do Instituto de Estudos Latino-Americano (Iela). O evento será realizado em duas quintas-feiras no mês de setembro (21 e 28), as vagas são limitadas e podem participar alunos de cursos de jornalismo, jornalistas e interessados no tema. A condição para a participação é a leitura prévia do livro ‘O segredo da Pirâmide – para uma teoria marxista do jornalismo’, disponível no enlace.

As inscrições devem ser feitas pelo e-mail: 
(mais…)

Tags: Adelmo Genro FilhoCentro SocioeconômicoCSEcursocursos livresElaine TavaresIELAInstituto de Estudos Latino-AmericanoUFSC

Lançamento do Núcleo Auditoria Cidadã da Dívida Pública da UFSC será neste sábado

18/08/2017 16:07

Nesta sábado, 19 de agosto, ocorre o lançamento do Núcleo Auditoria Cidadã da Dívida Pública (ACD/UFSC). O evento começa às 9h, na sala 101 do Centro Socioeconômico (CSE), com a palestra do professor Rabah Benakouche (Socius/ISEG/Ulisboa) sobre o tema “Controvérsia da SELIC: que interesses? e para qual política?”.

Serviço

O que: Lançamento do Núcleo Auditoria Cidadã da Dívida Pública (ACD/UFSC).

Quando: 19 de agosto, sábado, às 9h.

Onde: sala 101 do Centro Socioeconômico.

Mais informações pelos telefones (48) 996364715 e 998585076.

 

Tags: ACDCentro SocioeconômicoCSENúcleo Auditoria Cidadã da Dívida PúblicaUFSC

Palestra aborda a dívida pública e a contra-reforma da previdência

10/07/2017 16:12

Palestra aborda dívida pública e a contra-reforma da Previdência. Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

Esclarecer a dívida pública e apresentar os problemas da Reforma da Previdência foram alguns dos objetivos da palestra ministrada por Edivane de Jesus, assistente social do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), e por Daniel da Cunha Correa da Silva, economista, na sexta-feira, 7 de julho, no auditório do Centro Socioeconômico (CSE). A atividade foi promovida pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS) de Florianópolis, voltada para o grupo de assistentes sociais da cidade.

Daniel abordou quatro aspectos sobre a dívida pública: endividamento, alterações nos anos 2000, a crise e a retirada de direitos. Daniel buscou contextualizar historicamente a realidade vivida atualmente com a dívida pública. Explanou o plano real, enfatizando que ele é mais que um plano monetário e altera estruturalmente a inserção da economia nacional no cenário mundial.
(mais…)

Tags: Centro Socioeconômicodívida pública brasileiraEconomiaReforma da Previdênciareforma trabalhistaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Professor ressalta a importância do debate sobre questões de gênero e sexualidade

26/06/2017 23:44

Foto: Daniela Caniçali/Agecom/UFSC

Identidade de gênero, orientação sexual, homossexualidade, transsexualidade, bissexualidade, intersexualidade, assexualidade. Esses foram alguns dos conceitos apresentados e debatidos na palestra “Gênero e Sexualidade: Conexões e Transversalidades”, proferida pelo professor Rodrigo Otávio Moretti-Pires na sexta-feira, 23 de junho. O evento, que foi promovido pelo PET Conexões de Saberes, ocorreu no auditório do Centro Socioeconômico (CSE) e contou com a participação de professores e estudantes de diversas áreas de estudo.

Rodrigo é professor do Departamento de Saúde Pública (DSP/CCS) da UFSC e desenvolve pesquisas na área de saúde coletiva, com enfoque em diversidade sexual e gênero. Durante a palestra, ele destacou como as questões de gênero e sexualidade estão presentes nos mais diversos espaços e relações sociais. Uma das questões centrais no mundo ocidental é a sexualidade. O filósofo francês Michel Foucault afirma que a sexualidade é como um dispositivo, um mecanismo que opera de forma muito mais ampla do que podemos perceber. Está presente o tempo todo, em todos os lugares e em todas as relações que estabelecemos. Ao mesmo tempo, quase não debatemos sobre isso em nosso cotidiano.”

Foto: Daniela Caniçali/Agecom/UFSC

Dividir o mundo entre homens e mulheres é, segundo o pesquisador, uma maneira muito precária de entender o conceito de gênero. “Sempre temos que dizer, quando preenchemos qualquer tipo de cadastro, qual é o nosso sexo. Mas qual a importância de se conhecer os genitais das pessoas? Nenhuma. Além disso, existem os genitais masculinos, femininos e o intersexo. Há poucos estudos sobre isso no Brasil, mas já é algo avançado em outros países. Em torno de 3 a 5 % da população é intersexual.” Os indivíduos intersexuais seriam aqueles que apresentam genitais com estrutura de ambos os sexos. Usualmente, detecta-se essa característica assim que a criança nasce e faz-se uma cirurgia priorizando o sexo que está mais desenvolvido.

Para o professor, esse tipo de decisão médica é condenável, pois pode gerar consequências negativas. “Muitas dessas pessoas nunca ficam sabendo que eram intersexuais. A justificativa para a intervenção cirúrgica é que estar no limbo entre ser homem ou mulher causa problemas numa sociedade que é binária. Mas o que o genital provoca na vida da pessoa não está dado, senão não haveria a possibilidade de alguém sentir atração pelo mesmo sexo. Na Europa existe um movimento forte que criminaliza a medicina que decide pelo corpo dessas pessoas antes delas mesmas.”

Foto: Daniela Caniçali/Agecom/UFSC

As diferenças entre identidade de gênero e expressão de gênero também foram expostas. “Identidade tem a ver com como eu me percebo. Cada um se percebe, se identifica, com um determinado gênero. A forma como expresso esse gênero é descolada da identidade, por isso pode ser diferente. Mulheres trans, por exemplo, podem sentir atração por mulheres, podem ser lésbicas. Como o corpo original, sem modificação, é de um homem, as pessoas geralmente se perguntam: então por que não continua sendo homem, sendo que se atrai por mulheres? Justamente porque a identidade é diferente da expressão de gênero.” Nesse sentido, explicou, ser drag queen seria uma parte da expressão de gênero e não estaria necessariamente relacionado à orientação sexual nem à identidade de gênero.

A orientação sexual, por sua vez, se refere à atração. “Posso me atrair por homens, por mulheres, pelos dois, por tudo ou por todos, como é o caso dos pansexuais, que se atraem por qualquer tipo de pessoa, sem discriminações. E posso também não me sentir atraído por ninguém, que são as pessoas assexuais.” Rodrigo observa, porém, que quem é assexual não tem desejo sexual pelo outro, mas pode se masturbar e sentir prazer sozinho. Ainda há poucos estudos sobre isso no Brasil e, pelo desconhecimento, os assexuais sofrem preconceitos inclusive por parte dos profissionais da saúde.

A questão da homossexualidade também foi abordada durante a palestra. “Isso ainda não está resolvido na maior parte do mundo. São poucos os países que permitem e reconhecem o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Muitos outros, além de não permitirem, criminalizam esse tipo de relação ao ponto de se condenar à prisão, prisão perpétua e até pena de morte. E mesmo nas sociedades menos discriminatórias, existe uma vigilância extrema sobre qualquer um que não se adeque à norma ou à expectativa social.” Para o professor, a estrutura patriarcal e machista na qual nossa sociedade é organizada precisa ser superada.

Daniela Caniçali/Jornalista da Agecom/UFSC

Tags: Centro SocioeconômicoCSEgênerohomofobiapalestraPET Conexão de Saberessaúde públicasexualidadeUFSC

‘Cuba e o protagonismo popular’ é tema de conferência no dia 14 de junho

06/06/2017 12:27

O Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, coordenado pela professora Beatriz Paiva, organiza, no dia 14 de junho, a conferência com a professora Olga Pérez Soto, da Universidad de La Habana, em Cuba. O tema da palestra será “Política social em Cuba: protagonismo popular no projeto antissistêmico”, buscando aprofundar o conhecimento sobre a política social na América Latina.

Olga Pérez Soto é professora titular da Faculdade de Economia da Universidade de Habana, Cuba, desde 2003. É doutora em Ciência Econômica com ênfase em Desenvolvimento pela Universidade de Barcelona, Espanha, mestra em Economia na Universidade de Carleton, Canadá, e licenciada em Economia Política pela Universidade de Habana, Cuba.

A atividade será no auditório do Centro Socioeconômico (CSE/UFSC), às 8h30.

Mais informações pelo e-mail

Tags: América LatinaCentro SocioeconômicoconferênciaCSECubapolítica socialPrograma de Pós-Graduação em Serviço SocialUFSC

Painel ‘Ideias Liberais em Perspectiva’ ocorre dia 5 no CSE

02/06/2017 09:42

O Centro Acadêmico Livre de Economia da UFSC promove o painel “Ideias Liberais em Perspectiva”, que faz parte da série de palestras que abordarão as principais ideias das correntes de pensamento econômico.

O evento ocorre dia 5, às 18h30, no auditório do Centro Socioeconômico (CSE) da UFSC. É totalmente gratuito e haverá emissão de certificados de duas horas para cada palestra.

“As Ideias Liberais e a Política Brasileira” e “Introdução ao Mercado de Bitcoin” são as duas palestras que irão compor o painel. A primeira busca situar as ideias liberais no atual contexto político brasileiro. Bruno Souza e Eduardo Rodrigo Ribeiro irão trazer um resgate histórico sobre o surgimento desta linha de pensamento, traçando o desenvolvimento dela e chegando ao presente.

Às 20h, inicia a palestra que tratará o bitcoin, uma criptomoeda que vem ganhando espaço nos mercados ao redor do mundo pois facilita as transações digitais e revoluciona o sistema de meios de pagamento. Os convidados Rafael Noguerol e Edson Brusque abordarão os conceitos básicos sobre o bitcoin e o mercado no brasil.
(mais…)

Tags: Centro Acadêmico Livre de Economia da UFSCCentro SocioeconômicoIdeias Liberais em PerspectivaIntrodução ao Mercado de BitcoinUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Palestra aborda regime internacional de combate à corrupção

03/05/2017 18:28

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

A palestra realizada pelo Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais (PPGRI), nessa terça-feira, 2 de maio, tratou de um tema que tem sido cada vez mais discutido no Brasil e no mundo: a corrupção. Mais especificamente, a formação do regime internacional de combate à corrupção e seus impactos no Brasil. A atividade, que foi ministrada pela professora da Universidade Federal de Goiás (UFG) Geisa Cunha Franco, ocorreu no auditório do Centro Socioeconômico (CSE).

A professora iniciou a palestra apresentando dois conceitos chaves. A corrupção, que pode ser vista de duas frentes: da perspectiva moral , que é mais difícil de ser trabalhada porque não tem objetividade e cai em um relativismo cultural e temporal; e da perspectiva do abuso de um poder confiado, que é mais objetivo e por isso é usado por ONGs  para medir a corrupção. O segundo conceito que ela abordou foi o de regime internacional, que é o conjunto de regras que regem determinadas áreas (como meio ambiente e direitos humanos) na ausência de um governo, pois envolve vários países. Essas normas são marcadas pelas expectativas dos atores e pela cooperação internacional, delimitando um comportamento legítimo em contextos específicos.

Foto: Henrique Almeida/ Agecom/UFSC

Em seguida, Geisa falou sobre a dificuldade de trabalhar com o tema “corrupção”, que por sua própria natureza não pode ser registrada: o que há de mais próximo no registro da corrupção é o Índice de Percepção da Corrupção (IPC), criado pela ONG Transparência Internacional (TI). O surgimento do tema “corrupção” na agenda internacional surge, segundo a pesquisadora, no fim da guerra fria, quando a segurança deixa de ser central e há liberdade para lidar com novos temas que não estavam mais associados à bipolaridade entre Estados Unidos e União Soviética. Mesmo assim, ela observa que a corrupção ainda é um tema tabu e muitos países fazem “vista grossa”: o crime sempre foi considerado um mal menor que, ao se esquivar da burocracia, auxiliava o crescimento econômico.

Segundo a professora, a ONU e outras ONGs começaram a discutir o tema com mais afinco a partir do atentado de 11 de setembro, que teve impacto no combate à corrupção de forma indireta. A questão da segurança volta à tona e o inimigo é muito diferente do inimigo na guerra fria: podia estar em todo lugar. Acabar com o terrorismo implicava acabar com o financiamento ilegal nos paraísos fiscais. Da pressão de ONGs e governos surgiram tratados de combate à corrupção com muitos países signatários, e a importância de assiná-los estava ligada à legitimidade internacional.

Geisa explica que a emergência da corrupção na agenda internacional mostra a interdependência entre temas e atores. Assim como afeta a segurança, a corrupção afeta a democracia – já que burlar as regras tira a legitimidade do sistema democrático –, e também o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Ela aponta que é preciso desenvolver formas eficientes de combate à corrupção, pois apenas leis são insuficientes – o processo deve ter participação da sociedade civil e a percepção das consequências precisa ser clara. Um avanço nesse sentido, segundo ela, foi o que mostrou a pesquisa da Datafolha de 2015, em que a corrupção foi apontada como o maior problema do Brasil.

A professora concluiu afirmando que nas últimas décadas o processo de combate à corrupção teve avanços e fracassos, pois leis e tratados se mostraram importantes, mas insuficientes. E reforça a íntima conexão entre corrupção e democracia, questionando: “Se a lei foi feita por determinada pessoa que recebeu para fazer a lei, que democracia é essa?”.

Lavínia Beyer Kaucz/Estagiária de Jornalismo da Agecom/UFSC

Tags: Centro SocioeconômicocorrupçãoCSEpalestraPPGRIPrograma de Pós-Graduação em Relações InternacionaisUFGUFSCUniversidade Federal de Goiás

Pós-Graduação em Administração promove palestra com professor de Portugal nesta sexta

24/04/2017 11:20

O Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) promove uma palestra no dia 28 de abril, às 9 horas, no Auditório do Centro Socioeconômico (CSE) com o professor Miguel Pina e Cunha de Lisboa, Portugal. O professor é um estudioso das organizações com publicações internacionais que inclui improvisações nas organizações, paradoxos nas organizações e implicações gerenciais.

Mais informações na página do programa ou pelo telefone (48) 3721-9574.

Tags: administraçãoCentro SocioeconômicoCSEPPGAPrograma de Pós-Graduação em AdministraçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Instituto de Estudos Latino-Americanos da UFSC realiza aula magna dia 24

20/04/2017 12:02

virginia_0O Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA) convida a historiadora e filósofa Virgínia Fontes falar sobre “A Crise Brasileira e a Luta de Classes”. A aula magna ocorrerá na próxima segunda-feira, 24 de abril, às 18h30, no auditório do Centro Socioeconômico (CSE) da UFSC.

Com doutorado em filosofia pela Université de Paris X, Nanterre, em 1992, Virgínia atua na pós-graduação em história da Universidade Federal Fluminense (UFF), onde integra o Nucleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas sobre Marx e o marxismo (Niep-Marx). É autora de “O Brasil e o capital-imperialismo – teoria e história” e de “Reflexões Im-pertinentes – história e capitalismo contemporâneo”.

Mais informações no site do IELA.

Tags: A Crise Brasileira e a Luta de Classesaula magnaCentro SocioeconômicoCSEIELAUFSCVirgínia Fontes

UFSC sedia Colóquio Internacional de Epistemologia e Sociologia da Ciência da Administração

20/04/2017 11:44

De 26 a 28 de abril, ocorre, no Centro de Eventos da UFSC, o VI Colóquio Internacional de Epistemologia e Sociologia da Ciência da Administração. O evento é realizado pelo Núcleo de Pesquisa Organizações, Racionalidade e Desenvolvimento (ORD) do Departamento de Ciências da Administração do Centro Socioeconômico da Universidade. Essa edição possui quatro subtemas: Análise Epistemológica da Administração (ANE), Sociologia da Ciência da Administração (SOC), Racionalidade nas Organizações (RAC) e Análise Epistemológica de Domínios Específicos (ADE).

O objetivo do Colóquio é promover um evento de referência aos estudos sobre epistemologia e sociologia da ciência da administração em âmbito internacional; integrar pesquisadores em uma rede cujas temáticas sejam pertinentes e contribuam para o desenvolvimento do conhecimento da área; fomentar discussões sobre o rigor na produção científica, com destaque para a problemática da epistemologia e da sociologia da ciência nos estudos organizacionais.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas no site do evento. A programação está disponível aqui. Mais informações pelo e-mail .

 

Tags: Centro SocioeconômicoColóquio Internacional de Epistemologia e Sociologia da Ciência da AdministraçãoORDUFSC

Paradas há cinco anos, obras no Centro Socioeconômico são retomadas

18/04/2017 10:10

Assinado nesta segunda-feira, dia 17, o contrato para a conclusão das obras do prédio do Centro Sócio Econômico, paradas há cerca de cinco anos.  Participaram da assinatura, além do reitor Luiz Carlos Cancellier, o Secretário de Obras, Manutenção e Ambiente (SEOMA), Paulo Pinto da Luz, o Pró-Reitor de Administração, Jair Napoleão, o Secretário de Planejamento, Vladimir Fey, o contador da Coordenadoria de Apoio Administrativo da PROAD, Rodrigo Valverde e o Diretor da empresa Ecolux Engenharia e Iluminação Ltda, Fernando Perardt.

obrasocio

Foto: Marcus Vinícius/Estagiário de Jornalismo/GR

De acordo com o Secretário Paulo Pinto da Luz, “nós iremos retomar os trabalhos tanto na parte interna como externa, desde as redes elétrica e lógica até a colocação de janelas e portas”.  Ele adiantou que, além das obras no prédio, será construída uma nova subestação de energia que ficará localizada próximo à Secretária de Segurança Institucional (SSI).

“Estamos correndo o tempo todo em busca de recursos para a UFSC. Não poupamos esforços para manter a universidade em dia, e agora vamos poder retomar essa importante obra no CSE, parada há tanto tempo”, observou o reitor, que destacou o empenho da gestão na obtenção dos recursos juntos ao MEC e disse estar satisfeito com a retomada das obras, orçadas em R$3.179.923,90 e com prazo para a conclusão de, no máximo, 240 dias.

Marcus Vinícius/Estagiário de Jornalismo/GR/UFSC

 

 

 

Tags: Centro SocioeconômicocontratoobrasUFSC
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2