Aberto edital para realização de eventos nas Fortalezas da UFSC

25/07/2019 07:50

Fortaleza de Santa Cruz, na Ilha de Anhatomirim. Foto: Henrique Almeida/Agecom

A Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC), da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte), lança o Edital Espaço Vivo – Fortalezas 2019/2020, para uso temporário das fortificações geridas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O edital regulamenta ensaios fotográficos, casamentos, jantares e outros eventos de curta duração que tenham caráter artístico, cultural, educacional, social, religioso, acadêmico, científico, entre outros, nas fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim, Santo Antônio de Ratones e São José da Ponta Grossa. As inscrições para propostas estão abertas a partir desta quinta-feira, 25 de julho. Os eventos podem ser realizados de 2 de setembro de 2019 a 24 de julho de 2020
(mais…)

Tags: CFISCCoordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa CatarinaEdital Espaço VivoFortalezas da Ilha de Santa CatarinaSeCArteSecretaria de Cultura e ArteUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Iphan realiza em Florianópolis oficina para candidatura de fortificações brasileiras a Patrimônio Mundial

10/06/2019 11:01

Ilha de Anhatomirim – Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim. Crédito da foto: Leonardo Sousa

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) realiza, a partir desta segunda-feira, dia 10 de junho, uma oficina de construção de plano de gestão compartilhada, com representantes do Conjunto de Fortificações do Brasil, candidato a Patrimônio Mundial. O evento é resultado de uma parceria entre o Iphan, do Ministério da Cidadania, o Ministério do Turismo, o Ministério da Defesa, a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

A iniciativa é da Superintendência do Iphan em Santa Catarina e do Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização do Instituto, além da participação do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A programação ocorre até 13 de junho, no Centro Integrado de Cultura, em Florianópolis (SC).
(mais…)

Tags: #FortalezasUFSC40anosfortalezasFortalezas da IlhaFortalezas da Ilha de Santa CatarinaInstituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)Patrimônio MundialProjeto FortalezasUFSCunesco

Fortes e fortalezas de Santa Catarina recebem oficina para candidatura a Patrimônio Mundial

13/06/2018 09:00

Nos dias 13 e 14 de junho, em Florianópolis, no auditório da antiga Alfândega (Rua Conselheiro Mafra, 141), será realizada a Oficina de Alinhamento para a Candidatura do “Conjunto de Fortificações do Brasil” a Patrimônio Mundial, promovida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

As Fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim e de Santo Antônio de Ratones, ambas administradas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), estão entre as 19 fortificações brasileiras indicadas à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para tornarem-se Patrimônio da Humanidade. Entre os palestrantes do evento estará Salvador Gomes, coordenador das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina, que abordará a gestão desses monumentos, a qual vem sendo realizada pela UFSC há quase 40 anos.

(mais…)

Tags: Fortaleza de Santa Cruz de AnhatomirimFortaleza Santo Antônio de RatonesFortalezas da Ilha de Santa CatarinaFortes e fortalezas de Santa CatarinaInstituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)Patrimônio da HumanidadePatrimônio MundialUniversidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

UFSC lança edital para uso temporário das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina

24/07/2017 09:32

A Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina lançou o Edital Nº 003/SeCArte/2017 para uso precário, temporário e eventual dos espaços físicos da Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim, Fortaleza de São José da Ponta Grossa e Fortaleza de Santo Antônio de Ratones para realização de eventos ou atividades de curta duração, de caráter artístico, cultural, educacional, social, religioso, acadêmico, científico, entre outros.

Os interessados podem apresentar propostas para eventos a ocorrer no período de 1º/09/2017 a 24/07/2018. As inscrições estão abertas inicialmente de 25 de julho a 25 de agosto. Se após esse período ainda existirem datas livres na agenda das três fortalezas, novas propostas de eventos poderão então ser apresentadas a qualquer tempo, continuamente, de forma permanente, durante toda a vigência do edital, ou seja, até 24 de julho de  2018.
(mais…)

Tags: FlorianópolisfortalezasFortalezas da Ilha de Santa CatarinaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Fortalezas de Santa Catarina indicadas à Unesco como Patrimônio da Humanidade

26/05/2017 09:58

Seminário Internacional Fortificações Brasileiras. (Foto: Roberto Tonera)

Duas das fortificações históricas catarinenses que a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) administra podem tornar-se Patrimônio Mundial. As Fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim e de Santo Antônio de Ratones foram indicadas à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para tornarem-se Patrimônio da Humanidade.

Anhatomirim está sob a gestão da UFSC desde 1979 enquanto Ratones desde 1991. A UFSC também é gestora da Fortaleza de São José da Ponta Grossa, desde 1991, mas essa fortificação não foi indicada junto com suas coirmãs.

Outras 17 fortificações brasileiras também integram a lista tentativa que o Governo Federal (via Ministério da Cultura/IPHAN) apresentou à Unesco: Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande; Forte de São João de Bertioga; Fortaleza de Santa Cruz da Barra; Fortaleza de São João; Forte de N. S. de Monte Serrat; Forte de Santa Maria; Forte de São Diogo; Forte de São Marcelo; Forte de Santo Antônio da Barra; Forte São Tiago das Cinco Pontas; Forte São João do Brum; Forte Santa Cruz de Itamaracá (Forte Orange); Forte de Santa Catarina; Forte dos Reis Magos; Fortaleza de São José de Macapá; Real Forte Príncipe da Beira; e Forte de Coimbra.

As fortificações não concorrem individualmente ao título de Patrimônio Mundial, mas sim o conjunto das 19 fortificações brasileiras, em um processo de candidatura seriada.

Encontro Internacional

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em parceria com os ministérios do Turismo e da Defesa, realizou entre os dias 4 e 7 de abril deste ano, no Forte das Cinco Pontas (Museu da Cidade do Recife, em Pernambuco), o Seminário Internacional Fortificações Brasileiras – Patrimônio Mundial. O objetivo do encontro foi elaborar as primeiras recomendações para a construção de uma estratégia de gestão para as 19 fortificações brasileiras indicadas a Patrimônio da Humanidade. O evento reuniu gestores de fortificações do Brasil, América Latina e Europa. A UFSC foi representada por Roberto Tonera, arquiteto da Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina.

Durante o Seminário foi elaborado um relatório síntese contendo recomendações para a implantação de uma estratégia comum de gestão das fortificações. O documento lista também algumas ações que devem ser empreendidas pelos gestores desses monumentos, entre eles a UFSC, de forma a dotar essas fortificações das condições definidas pela Unesco para a aprovação da referida candidatura até 2020.

O encontro também resultou em uma carta compromisso, denominada Carta do Recife, assinada pelos ministros da Cultura, do Turismo e da Defesa. A carta inclui 10 diretrizes básicas a serem implementadas pelos três ministérios, juntamente com os gestores dos monumentos, visando alcançar o reconhecimento deste conjunto de 19 fortificações como Patrimônio Mundial.

Entre as deliberações do Seminário está a indicação da utilização do Banco de Dados Internacional Sobre Fortificações ( www.fortalezas.org) como ferramenta de produção e difusão do conhecimento sobre as 19 fortificações indicadas. O objetivo dessa base de dados é divulgar e socializar o conhecimento sobre o patrimônio militar no mundo (fortificações existentes ou desaparecidas).

Criado em 2008, o Banco de Dados Internacional é gerenciado pela UFSC e chancelado pelo International Scientific Committe on Fortifications and Military Heritage (ICOFORT) como referência internacional no campo da documentação e divulgação do patrimônio histórico militar em todo o mundo. Hoje existem disponíveis para consulta nesse Banco de Dados quase duas mil fortificações de todo o Brasil e diversos países, além de 2400 bibliografias temáticas, dentre as quais mais de 1100 delas com conteúdos integrais em PDF.

Saiba mais sobre as fortalezas sob a gestão da UFSC e demais fortificações brasileiras candidatas a Patrimônio Mundial acessando o Banco de Dados Internacional Sobre Fortificações (www.fortalezas.org).

 

Débora Damas
Estagiária de Jornalismo/ Coordenadoria de Fortalezas da Ilha de Santa Catarina/UFSC

Tags: Fortaleza de AnhatomirimFortalezas da Ilha de Santa CatarinaInstituto do Patrimônio Histórico e Artístico NacionalIPHAN-SCSanto Antônio de RatonesUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Confira o primeiro episódio de Estação | Verão: Fortalezas da Ilha

18/01/2016 08:03

O primeiro episódio do programa Estação | Verão, da TV UFSC, apresenta as fortalezas da Ilha de Santa Catarina. Atualmente preservadas como Patrimônio Histórico Nacional, elas são peças importantes para entendermos a defesa da vila de Nossa Senhora do Desterro, no século XVIII. O programa consiste na produção de uma série de reportagens que destacam diversos pontos turísticos de Florianópolis.

 

Tags: Estação | VerãoFortalezas da Ilha de Santa CatarinaProjeto Fortalezas da IlhaTV UFSCUFSC