Culto na UFSC homenageia a memória de Luiz Carlos Cancellier de Olivo

03/10/2022 18:16

O templo ecumênico do campus Trindade da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foi palco nesta segunda-feira, 3 de outubro, de um culto em memória do reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, o Cau, cuja morte completou cinco anos no dia 2 de outubro. Estiveram presentes pessoas da família, amigos, colegas, integrantes da atual gestão da UFSC – entre os quais o reitor Irineu Manoel de Souza e a vice-reitora Joana Célia dos Passos – e também integrantes da gestão anterior como o ex-reitor Ubaldo Cesar Balthazar e a ex-vice-reitora Cátia Carvalho Pinto.

Culto foi realizado no templo ecumênico da UFSC 

O culto foi celebrado pelo padre Vilson Groh. O padre iniciou a cerimônia lendo um texto do evangelista Lucas sobre as bem-aventuranças, considerado por ele um dos textos mais expressivos dos Evangelhos e que “nos coloca uma convocação contra o conformismo”.

O irmão de Cau, Júlio Cancellier, representou a família no evento e também dirigiu algumas palavras aos presentes. Ele disse que a família se sentia abraçada pelas palavras do padre Vilson e pelos olhares de todos. Antes da cerimônia, Júlio disse que após cinco anos “a Universidade vive, continua e retoma a cada dia a sua condição de polo gerador de conhecimento, que era o grande objetivo do Cau”. De acordo com ele, desde estudante e depois como professor o reitor defendia com vigor a UFSC. “Cinco anos passados daquela tragédia e até hoje nada se demonstrou concretamente em relação ao Cau. Ao contrário, se demonstrou que ele era um grande líder, uma pessoa do consenso, uma pessoa do bem, e essa memória ficará para sempre”.

O chefe de gabinete de Cancellier e posteriormente do professor Ubaldo, Aureo Mafra de Moraes, lembrou a sessão solene fúnebre realizada no dia 3 de outubro de 2017, no auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos. Ele diz que a Universidade viveu um momento de comoção mas não conseguiu converter a indignação em resposta efetiva, em reação à operação policial que prendeu o reitor e depois levou-o à morte. De acordo com Aureo, a Universidade viveu nos últimos anos uma série de ataques à ciência, à vida e às suas próprias decisões.

Integrantes da gestão anterior da UFSC participaram da cerimônia

Espírito conciliador

Presidente da Apufsc, Carlos Alberto Marques, o Bebeto, lembrou que Cau era um filiado ativo, que defendia o papel do sindicato. Ele conhecia o reitor desde o movimento estudantil e ambos tinham em comum a militância. “Sabíamos distinguir a divergência da inimizade”, disse Bebeto. O presidente da Apufsc concordou com as palavras de Aureo e disse que devemos olhar à nossa consciência e ver o que faltou fazer naquele momento. “Faltou muitas mãos estendidas a ele”.

O ex-reitor Ubaldo Cesar Balthazar lembrou que Cau morava “a 70 passos da Universidade”, que vivia e tinha um projeto para a Universidade, e que sofreu uma coação irresistível quando foi proibido de pisar na UFSC. De acordo com Ubaldo, a operação Ouvidos Moucos foi uma situação trazida de fora para dentro da Universidade, com base em uma acusação que se revelou infundada. “Cau foi vítima de um sistema ditatorial, que pretende ser forte mas é um simulacro de Estado”, afirmou.

Irineu, Joana e integrantes da atual Administração Central

Alesandro Pickcius, do movimento espírita, disse que para os espíritas a vida continua em outra dimensão. Dirigindo-se à professora Joana, Pickcius lembrou que Cancellier foi um grande defensor das cotas dentro da Universidade. Na sua visão, Cau foi um espírito conciliador. “Cancellier continua vivo e com certeza está recebendo essas homenagens”, disse.

A vice-reitora Joana Célia dos Passos foi chamada a falar pelo padre Vilson e disse que, embora tivesse pouco relacionamento com Cancellier, atuou com ele na construção e consolidação da Secretaria de Ações Afirmativas (Saad), hoje transformada em Pró-Reitoria de Ações Afirmativas e Equidade (Proafe). Ela citou trechos do poema “Os Estatutos do Homem”, do poeta amazonense Thiago de Mello.

O reitor Irineu Manoel de Souza lembrou que “há cinco anos perdemos um reitor, um professor, um estudante das ciências jurídicas”. De acordo com Irineu, o professor Cancellier foi vítima do Estado brasileiro e sua morte foi uma atitude radical em resposta à injustiça. A morte de Cau deixou legados, afirmou o reitor, citando a Lei do Abuso de Autoridade, denominada de Lei Cancellier. “Continuaremos lutando pelos direitos inscritos na nossa Carta Magna”, disse Irineu.

Durante a cerimônia, o secretário de Comunicação da UFSC, Samuel Pantoja Lima, tocou ao violão e cantou as músicas “Na Terra como no Céu”, “Fica mal com Deus” e “Amanhã”. A cerimônia foi encerrada com a oração do Pai Nosso.

Fotos: Robson Ribeiro/Estagiário Secom

Tags: cultohomenagemLuiz Carlos CancellierUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pós-Graduação em Farmacologia promove palestra em homenagem ao professor Adair dos Santos

02/12/2021 14:48

O Programa de Pós-Graduação em Farmacologia promove, no dia 08 de dezembro, quarta-feira, às 10h, uma palestra em homenagem ao professor Adair Roberto Soares dos Santos, que faleceu prematuramente em julho de 2021, aos 52 anos de idade. O evento, que tem como título “Caminhando ao lado de um Gigante: Homenagem ao Professor Adair Roberto Soares dos Santos”, será ministrado pelo professor Juliano Ferreira. A atividade é aberta a todos e será realizada pela plataforma Zoom. Para participar, basta acessar aqui
(mais…)

Tags: Adair Roberto Soares dos SantoshomenagemLaboratório de Neurobiologia da Dor e InflamaçãoLANDIPrograma de Pós-Graduação em FarmacologiaUFSC

Reitoria divulga mensagem em homenagem ao Dia do Servidor Público

28/10/2021 12:04

Abraço ao prédio da Reitoria da UFSC, 15 de maio de 2019 (Foto: Pipo Quint/Agecom/UFSC)

A Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulgou uma mensagem em homenagem ao Dia do Servidor Público, comemorado nesta quinta-feira, 28 de outubro:

“Neste período de intensas alterações de nossas rotinas como servidoras(es) públicas(os);

que vimos nossas vidas e as de milhares de pessoas afetadas pela pandemia,

que passamos por diversas ameaças ao Serviço Público,

que assistimos, incrédulos, ao descrédito da ciência e o desrespeito à vida,

Se torna ainda mais necessária a lembrança de nosso papel social: servir, com ética e responsabilidade à sociedade brasileira!

Parabéns a todas e todos nós, servidoras(es) técnico-administrativas(os) e docentes da UFSC!

Ubaldo Cesar Balthazar e Cátia Regina de Carvalho Pinto”

 

Tags: Dia do Servidor PúblicohomenagemUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Auditório do Campus Blumenau recebe nome do professor Fernando Ribeiro Oliveira

14/09/2021 10:00

Em solenidade realizada na última segunda-feira, 13 de setembro, a UFSC Blumenau homenageou o professor Fernando Ribeiro Oliveira, dando seu nome ao auditório do campus. O evento foi realizado de forma on-line, transmitido ao vivo pelo canal da UFSC Blumenau no YouTube, e fez parte da celebração do Dia do Engenheiro Têxtil.

A professora Ana Julia Dal Forno, que foi a mestre de cerimônia, abriu a solenidade às 18h30, informando que a homenagem foi aprovada por unanimidade pelo Conselho da Unidade do Centro Tecnológico, de Ciências Exatas e Educação (CTE). O professor Miguel Angelo Granato, chefe do Departamento de Engenharia Têxtil, fez então a leitura do currículo do professor Fernando, citando várias de suas contribuições para o Campus Blumenau, entre elas a criação, aprovação e reconhecimento do mestrado em Engenharia Têxtil junto ao Ministério da Educação.

Na sequência, o diretor do Campus Blumenau e do CTE, professor João Luiz Martins, fez o descerramento virtual da placa com o nome do auditório, que passa a se chamar Auditório Professor Fernando Ribeiro Oliveira. “É com emoção que a gente presta essa homenagem, mas com tristeza que seja dessa forma. Jovens talentosos assim como o Fernando deveriam ser proibidos de partir do nosso convívio tão cedo. Seremos eternamente lembrados por aqueles que um dia nos amaram, portanto, com este ato, podemos dizer o seguinte: Professor Fernando, lembraremos sempre de você com muito carinho e muita alegria, e nós estaremos sempre juntos, lembrando da sua trajetória e da sua carreira, tão importantes para o Campus Blumenau ”, disse o diretor.

Para encerrar a solenidade, a professora Catia Rosana Lange de Aguiar, coordenadora do curso de Engenharia Têxtil, falou sobre a profissão e as características do profissional da área. Em seguida, apresentou um vídeo com depoimentos de amigos e alunos, que contaram um pouco sobre o impacto que a convivência com o professor Fernando teve sobre suas vidas.

O professor Fernando Ribeiro Oliveira faleceu precocemente aos 41 anos, em novembro de 2020, devido a problemas de saúde. Ele deixou sua esposa, a professora Fernanda Steffens, que também é docente do Campus Blumenau.

Além da solenidade de homenagem, o Dia do Engenheiro Têxtil também contou com duas palestras: uma com Fernando Valente Pimentel, presidente do Conselho Administrativo da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit); e outra com Carlos Modolo, diretor da CTM Fios. Todos os vídeos do evento ficaram gravados e podem ser assistidos no canal da UFSC Blumenau no YouTube.

Texto: Serviço de Comunicação UFSC Blumenau

Tags: Campus BlumenauhomenagemProfessor Fernando Ribeiro OliveiraUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Estudantes do Colégio de Aplicação fazem homenagem a servidores do HU e da Segurança

19/04/2021 17:18

Os alunos do 8º ano do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) fizeram uma homenagem para os servidores e terceirizados do Hospital Universitário e da Segurança da UFSC que estão trabalhando presencialmente neste período de pandemia. Proposta pela professora de espanhol Eliane Jorge às estagiárias e graduandas de Letras Espanhol Gilian Fiorin e Liliane Vargas, a atividade foi uma iniciativa da Divisão de Serviço Social da Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp).

A homenagem foi criada a partir de uma atividade síncrona realizada na aula de Espanhol com a presença de todos os alunos do 8ª ano A, que elaboraram em conjunto a mensagem abaixo (também disponível em pdf).

Tags: Colégio de AplicaçãocoronavírushomenagemUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Grupo realiza evento em homenagem ao cientista Fritz Muller

19/10/2020 10:54

O Grupo Desterro Fritz Müller promove no dia 22 de outubro (quinta- feira), às 19h30, pelo seu canal no Youtube o evento “Conversando sobre Fritz Müller”. A live faz parte do ciclo de divulgações do projeto Fritz Müller 200, que promoveu sete webinars sobre a vida, obra e legado científico do cientista alemão naturalizado no Brasil.

“Conversando sobre Fritz Müller” será dividido em três momentos: roda de conversa e entrevistas com palestrantes, abertura da exposição Fritz Müller: legado que ultrapassa fronteiras e apresentação do e-book, resultado de todas as palestras que ocorreram nos webinars.

O Grupo Desterro Fritz Müller/Charles Darwin é uma parceria de instituições como a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina (IHGSC), Instituto Histórico de Blumenau, Secretaria de Estado da Educação, Instituto Carl Hoepcke, Conselho Estadual de Cultura, Fundação de Cultura, Consulado da Alemanha, Consulado do Reino Unido em Florianópolis e Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.

 

Tags: Fritz MüllerhomenagemUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Primeira formada na Escola de Engenharia Industrial é homenageada na UFSC

11/03/2020 17:39
Formatura da primeira turma de Engenharia Industrial (Foto: Divulgação)

Formatura da primeira turma de Engenharia Industrial. Foto: Divulgação

Se ainda em 2020 menos de 14% dos alunos de graduação em Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina são mulheres, imagine o que foi ser a primeira engenheira formada da antiga Escola de Engenharia Industrial, em 1966. Este feito foi realizado por Vera Lúcia Duarte do Valle Pereira, hoje professora aposentada da UFSC, e que será homenageada pela Associação de Ex-alunos de Engenharia Mecânica da UFSC (Alumni EMC) no dia 17 de março, às 14h, no auditório do Departamento de Engenharia Mecânica (EMC).

Além de ter sido pioneira na graduação, a engenheira e professora Vera Lúcia ainda criou quatro filhos, fez mestrado nos Estados Unidos e doutorado no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (Posmec), ministrou aula na UFSC, orientou alunos de pós-graduação, publicou dois livros e até hoje ajuda familiares e amigos em questões de Metodologia da Pesquisa Científica.

(mais…)

Tags: Alumni EMChomenagemUFSC

UFSC homenageia 127 servidores aposentados

28/05/2019 11:55

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.

Na segunda-feira, 27 de maio, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizou uma cerimônia em homenagem a 127 servidores docentes e técnicos-administrativos recém-aposentados. O evento ocorreu no auditório da Reitoria e contou com a presença de familiares, amigos e colegas de trabalho dos servidores.

(mais…)

Tags: aposentadosCerimôniahomenagemPró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de PessoasProdegespreitoriaUFSC

Câmara de Florianópolis presta homenagem aos 10 anos do curso de Oceanografia da UFSC

11/09/2018 15:44

Juliana Leonel recebe homenagem ao curso de Oceanografia da UFSC. Foto: divulgação

No dia 10 de setembro de 2018 o curso de Oceanografia da UFSC foi homenageado pela Câmara de Vereadores de Florianópolis pela comemoração de seus 10 anos.

Na ocasião, Juliana Leonel, atual coordenadora da Oceanografia, recebeu a homenagem em nome do curso e fez fala sobre as pesquisas e a formação realizada nesta década de trabalho.

Tags: 10 anos curso OceanografiaCâmara de Vereadores de FlorianópolisCurso OceanografiahomenagemUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Licenciatura Intercultural Índigena da UFSC homenageia Marcondes Namblá

07/01/2018 08:00

A equipe da coordenação do curso Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica publicou na quarta, 3 de janeiro, nota em homenagem e tributo a Marcondes Namblá. O texto na íntegra segue abaixo e está disponível na página do curso.

PERDEMOS MARCONDES

Perdemos todos com a partida brusca, trágica e inadmissível de Marcondes Namblá, ocorrida em 02 de janeiro de 2018. Estamos de luto, sentindo profunda amargura e consternação.

Marcondes, pertencente ao povo Laklãnõ-Xokleng da Terra Indígena Laklãnõ, Alto Vale do Itajaí, integrou a primeira turma do curso Licenciatura Intercultural Indígena da UFSC, cuja formatura ocorreu em abril de 2015. Em seu Trabalho de Conclusão de Curso pesquisou e trabalhou o tema Infância Laklãnõ e a prática dos banhos nos rios, obscurecidos pela construção da Barragem Norte. Em suas Considerações Finais aponta: “Espero que essa reflexão possa contribuir para a construção de um novo pensamento em busca de alternativas para a resolução dessa problemática que hoje está instituída entre os Filhos do Sol e que os Espíritos da Natureza estejam conosco nos direcionando para o caminho certo.”

Marcondes era uma liderança expressiva e ora exercia o cargo de juiz na Terra Indígena. Era exímio falante da língua Laklãnõ e dominava a sua escrita e compreensão. Era professor na Escola Laklãnõ.

Perdemos a criatividade, o brilhantismo, a originalidade e sensibilidade, o empenho, o vigor e os horizontes de Marcondes. Ficamos com a memória, feitos, reflexões, sua alegria, competência e habilidade.

Equipe de coordenação do curso Licenciatura Intercultural Indígena.

UFSC, 03 de janeiro de 2018″.

Tags: homenagemLicenciatura IndígenaMarcondes NamblámortenotaUFSC

Homenagem e tributo a Marcondes Namblá, vítima de espancamento em Penha

03/01/2018 16:02

A equipe de coordenação do curso Licenciatura Intercultural Indígena da UFSC presta homenagem a Marcondes Namblá,  vítima de espancamento na madrugada do Ano Novo em Penha, no Litoral Norte

PERDEMOS MARCONDES

Perdemos todos com a partida brusca, trágica e inadmissível de Marcondes Namblá, ocorrida em 02 de janeiro de 2018. Estamos de luto, sentindo profunda amargura e consternação.

Marcondes, pertencente ao povo Laklãnõ-Xokleng da Terra Indígena Laklãnõ, Alto Vale do Itajaí, integrou a primeira turma do curso Licenciatura Intercultural Indígena da UFSC, cuja formatura ocorreu em abril de 2015. Em seu Trabalho de Conclusão de Curso pesquisou e trabalhou o tema Infância Laklãnõ e a prática dos banhos nos rios, obscurecidos pela construção da Barragem Norte. Em suas Considerações Finais aponta: “Espero que essa reflexão possa contribuir para a construção de um novo pensamento em busca de alternativas para a resolução dessa problemática que hoje está instituída entre os Filhos do Sol e que os Espíritos da Natureza estejam conosco nos direcionando para o caminho certo.”

Marcondes era uma liderança expressiva e ora exercia o cargo de juiz na Terra Indígena. Era exímio falante da língua Laklãnõ e dominava a sua escrita e compreensão. Era professor na Escola Laklãnõ.

Perdemos a criatividade, o brilhantismo, a originalidade e sensibilidade, o empenho, o vigor e os horizontes de Marcondes. Ficamos com a memória, feitos, reflexões, sua alegria, competência e habilidade.

Equipe de coordenação do curso Licenciatura Intercultural Indígena.

UFSC, 03 de janeiro de 2018.

Tags: alunohomenagemLicenciatura Cultural IndígenaMarcondes NamblátributoUFSC

Congresso Catarinense de Direito Administrativo abre com homenagem ao reitor Luiz Carlos Cancellier

06/11/2017 12:54

O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro (o Kakay) participa nesta segunda, a partir das 19 horas, no Auditório Antonieta de Barros, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, da abertura do VII Congresso Catarinense de Direito Administrativo. Antes, às 18h45. O secretário de Aperfeiçoamento Institucional da UFSC, Luiz Cadermatori, fará um discurso de homenagem ao reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivro (in memoriam), falecido no último dia 2 de outubro. O congresso vai até o dia 8 de novembro.

Kakay, que fala na conferência de abertura sobre abuso de autoridade, ratifica que o suicídio de Cancellier  “foi uma tristeza e a prova deste momento punitivo pelo qual passa o país. O frequente desrespeito à dignidade da pessoa, o excesso de exposição midiática, a falta absoluta aos direitos individuais, a banalização da prisão esmaga o cidadão. Mesmo o cidadão culpado tem direito ao devido processo legal e respeito aos seus direitos constitucionais. Imagine o injustiçado, o inocente, o perseguido”, diz ele.
(mais…)

Tags: ALESCCancelliercongressoDireitohomenagemIDASCUFSC

Senado homenageia reitor Luiz Carlos Cancellier e depoimentos pedem respeito à Constituição

31/10/2017 17:21

O Congresso Nacional realizou nesta quarta-feira sessão solene de homenagem póstuma ao reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier de Olivo.  O evento aconteceu no Plenário do Senado Federal, em Brasília e a sessão foi presidida pelo senador Roberto Requião.

“Uma injustiça em qualquer lugar é uma ameaça à justiça em todo o lugar”, lembrou o vice-presidente nacional da Ordem dos Advogados, Luís Cláudio da Silva Chaves ao citar o americano Martin Luther King, o pastor e ativista americano assassinado nos Estados Unidos no final dos anos sessenta.

“Que essa homenagem póstuma sirva de reflexão para todos nós do país que temos e do país que queremos, em face da proteção constitucional consagrada pelo parlamento, e que torna o Brasil um país de primeiro mundo em termos de tentativa de proteção dos direitos sociais e dos direitos fundamentais”, ratificou Silva Chaves. “Sem a Constituição não haverá solução. A Constituição da República que assegura a todos igualdade no tratamento, mas que nos traz também a responsabilidade quando ocupantes de cargos públicos relevantes”.
(mais…)

Tags: brasíliaCancellierhomenagemreitorSenadoUFSC

Reitor Luiz Carlos Cancellier receberá homenagem póstuma no Congresso

11/10/2017 21:49

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) e a deputada Erika Kokai (PT-DF) apresentaram, nesta quarta-feira, dia 11, requerimento para que o Congresso Nacional realize no dia 31 de outubro, às 11h, uma sessão especial em homenagem ao reitor da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), Luiz Carlos Cancellier de Olivo, morto no dia 2 de outubro em Florianópolis, 18 dias depois de ter sido preso numa operação da Polícia Federal denominada Ouvidos Moucos. Na justificativa, os parlamentares escreveram:

“O professor doutor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, 59 anos, ingressou no curso de Direito da Universidade Federal de Santa Catarina em 1977, militou no movimento estudantil, foi jornalista, participou de campanhas pela anistia, Diretas Já e prestou assessoria à Constituinte.

Ao concluir a graduação fez mestrado e doutorado na área jurídica, além de especialização em Gestão Universitária e Direito Tributário. Na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) exerceu a docência no Departamento de Direito, onde também foi diretor, além de dirigir o Centro de Ciências Jurídicas dessa instituição, posteriormente eleito para a Reitoria, assumiu a função de reitor da UFSC.

Nas palavras do procurador-geral do Estado de Santa Catarina, em Nota de Pesar, a morte do reitor “enluta Santa Catarina pela perda de um dos seus filhos mais ilustres, um homem digno, de poucas posses, que devotou os últimos anos de sua rica trajetória profissional à nobre causa do ensino, da pesquisa e da extensão universitária” e “a tragédia de sua partida ocorre sob condições revoltantes. As informações disponíveis indicam que Cancellier padeceu sob o abuso de autoridade, seja em relação ao decreto de prisão temporária contra si expedido, seja em relação à imposição de afastamento do exercício do mandato, causas eficientes do dano psicológico que o levaram a tirar a própria vida”.

A realização de Sessão Solene do Congresso Nacional em sua memória será uma demonstração concreta de compaixão pelo que sofreu o reitor e pelo luto de seus familiares e amigos, da entristecida e indignada Santa Catarina, da comunidade universitária brasileira e internacional e pelo sentimento nacional de indignação”.

Fonte: NDonline/Coluna de Carlos Damião

 

Tags: CancelliercongressohomenagemreitorUFSC

Cerimônia homenageia 416 servidores docentes e técnico-administrativos aposentados da UFSC

21/07/2017 21:06

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.

Uma cerimônia realizada na tarde de quinta-feira, 20 de julho, homenageou 416 servidores docentes e técnico-administrativos aposentados da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Todos os trabalhadores homenageados se aposentaram entre novembro de 2015 e maio de 2017. A solenidade ocorreu no auditório Guarapuvu, do Centro de Cultura e Eventos, e contou com a apresentação musical do Grupo Açoriano do Núcleo de Estudos da Terceira Idade (Neti/UFSC).

Todos os aposentados foram convidados ao palco, onde receberam os cumprimentos das autoridades presentes e uma caneca de porcelana amarela, onde estavam inscritos com o brasão da UFSC e a frase “Sonhos não envelhecem. E a história não se aposenta”. Do início ao fim da cerimônia, o Grupo Açoriano apresentou diversas canções regionais, como o hino de Florianópolis “Rancho de amor à ilha”, “Canção praieira” e “Praias da ilha”.

Discursos

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.

A pró-reitora de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp), Carla Cristina Dutra Búrigo, agradeceu a contribuição de cada um dos aposentados na história e desenvolvimento da UFSC: “O trabalho é uma questão de sobrevivência e necessidade na nossa sociedade. Nessa função, dedicamos em média 30 a 35 anos da nossa vida, e deixamos boa parte da nossa história na instituição onde atuamos. A história de vocês, materializa a história da nossa universidade.”

O diretor do Departamento de Atenção à Saúde (DAS), Paulo Eduardo Botelho, afirmou que “homenagear os aposentados significa, acima de tudo, valorizar a história da universidade e a história das pessoas que ajudaram a construir essa instituição, que contribuíram para que ela alcançasse o patamar nacional e internacional em que se encontra hoje.”

O reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo exaltou a importância do legado que deixa cada servidor que se aposenta: “Nós devemos tudo o que somos a vocês. Vocês trabalharam, passaram o bastão para nós, e queremos agora ter a mesma dedicação, o mesmo orgulho, a mesma competência que vocês tiveram no período em que se dedicaram à universidade. Todos trabalharam em favor de uma universidade melhor.”

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC.

O respeito, o diálogo, a tolerância e um ambiente de trabalho pacífico também marcou o discurso do reitor: “É importante termos uma universidade onde as pessoas se deem bem, se respeitem e sejam tolerantes. É muito ruim para uma instituição estar em permanente estado de conflito, pois isso atrapalha o desenvolvimento de nossas atividades. É ruim um ambiente onde as pessoas não se respeitam, não são tolerantes, onde o assédio moral é constante. Ao contrário, como é bom um ambiente de paz, de tranquilidade, onde todo mundo se dá a mão e pensa na mesma direção, onde cada um sabe exatamente qual a sua função, qual a sua responsabilidade. Não é infinitamente melhor trabalhar em um ambiente assim?”

“Essa é a universidade que queremos construir. Nosso trabalho diário na Administração Central é mostrar para a comunidade universitária que vamos construir uma universidade que seja da paz, do diálogo, onde as pessoas se entendam nos vários níveis: acadêmico, profissional, pessoal. Fiz questão de vir aqui hoje para passar essa mensagem. Obrigado por tudo que aprendemos com vocês, que é essa cultura da paz, do diálogo e da tolerância. Queremos, quando concluirmos nosso mandato, que essa universidade seja bem diferente daquela que assumimos”, afirmou Cancellier.

Também estiveram presentes a vice-reitora Alacoque Lorenzini Erdmann; a diretora do Departamento de Administração de Pessoal (DAP), Rita de Cássia Knabben; e a presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas da UFSC (Apopen), Maria do Carmo Raitz.

A próxima cerimônia em homenagem aos aposentados está prevista para o dia 1º de dezembro de 2017, quando serão convidados os servidores que se aposentaram entre junho e novembro deste ano.

Daniela Caniçali/Jornalista da Agecom/UFSC

Tags: aposentadoCerimôniahomenagemProdegespservidoresUFSC

Sociedade Brasileira de Geologia homenageia Luiz Fernando Scheibe

06/06/2017 09:41

Scheibe: reconhecimento e dedicação. Foto: Laura Tuyama/Agecom/UFSC

Professor Emérito da UFSC, Luiz Fernando Scheibe recebeu no último dia 4 de junho, durante o X Simpósio Sul-Brasileiro de Geologia, uma homenagem da Sociedade Brasileira de Geologia – Núcleo do Paraná. Segundo os organizadores do evento, trata-se de um reconhecimento à significativa contribuição à pesquisa, ao seu conhecimento nacional e internacional e a sua atuação no desenvolvimento de recursos humanos para a Geologia e as Geociências no Brasil.

Scheibe nasceu no Rio Grande do Sul e veio para Florianópolis em 1965, para trabalhar no antigo Laboratório de Solos, da Secretaria de Agricultura de Santa Catarina. Veio para a UFSC em 1966, como assistente da cadeira de geologia, pouco depois fez concurso e tornou-se professor da instituição, construindo sua trajetória acadêmica e de pesquisador.

É um crítico da privatização do Aquífero Guarani, que ele considera uma riqueza subterrânea de 1,1 milhão de quilômetros quadrados. “A ideia de conceder tudo à iniciativa privada, esse modelo neoliberal, é estimulada por uma crise fabricada”.
(mais…)

Tags: homenagemLuiz Fernando ScheibeSociedade Brasileira de GeologiaUFSC

Museu Angelo Spricigo concede homenagem a docente da UFSC Blumenau

12/05/2017 10:58

A professora Gestine Trindade recebeu uma homenagem do Museu Angelo Spricigo. Seu nome agora marca um dos ambientes do local, que foi remodelado e reinaugurado no dia 22 de abril. O reconhecimento foi resultado de pesquisa desenvolvida pela docente, com participação do estudante bolsista do curso de licenciatura em Química Darlei Daniel Hertel.

Denominado “História, Trabalho e Educação: os ofícios na trajetória de Angelo Spricigo (Urussanga/SC, 1915) e o patrimônio industrial do Museu Temático de Máquinas de Costura (Concórdia/SC)”, o projeto objetiva analisar os processos sociais, de trabalho e de educação na trajetória de Spricigo e inventariar o museu temático.

O museu, localizado em Concórdia, abriga a maior coleção de máquinas de costura do Brasil. São mais de 1.500 exemplares de 160 marcas diferentes, sendo 95 marcas únicas. São itens de diversos países: Brasil, Argentina, Itália, Alemanha, Inglaterra, Espanha, Checoslováquia, EUA, China, Japão e Hungria.

Atualmente Gestine e Hertel estão finalizando a biografia de Spricigo, que deverá ser lançada em abril de 2018, mês do aniversário de 103 anos do biografado. Para conhecer um pouco mais sobre a pesquisa e sobre a trajetória de Spricigo, eles conversaram com a equipe de comunicação da UFSC Blumenau.

(mais…)

Tags: Angelo SpricigohomenagemMuseu Angelo Spricigoprofessora Gestine TrindadeUFSCUFSC BlumenauUniversidade Federal de Santa Catarina

Arte, flores e música na UFSC em homenagem ao estudante Diogo Cuiabano

13/09/2016 08:00
Artista Marcelo Ment durante elaboração do mural em homenagem a Diogo. Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC)

Artista Marcelo Ment durante elaboração do mural em homenagem a Diogo. Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC)

Familiares, amigos e membros da comunidade universitária se reuniram na manhã desta segunda-feira, 12 de setembro, com o propósito de prestar uma homenagem ao estudante do curso de Engenharia Eletrônica da UFSC, Diogo Cuiabano de Medeiros, morto em 28 de março de 2015. Música, arte e distribuição de flores marcaram o ato, realizado nas proximidades do Restaurante Universitário (RU) e que prossegue até esta terça-feira, 13.

O artista Marcelo Ment, natural do Rio de Janeiro, cidade natal de Diogo, iniciou a produção de um mural em grafitti na parede próxima ao ponto de venda de passes do RU. O rosto de um rapaz moreno de sorriso largo, muito amado pela família e amigos, começou a ser esboçado por volta das 10h, emoldurado pelas palavras “respeito”, “vida”, “luz”, “amor”. “O Diogo gostava muito de desenhar, não tinha perfil de engenheiro. Reparei os trabalhos do Marcelo nas ruas do Rio e entrei em contato para pedir um orçamento. Ele prontamente se dispôs e disse que não cobraria, pois não encara essa ação como trabalho”, disse a mãe, Flávia Cuiabano, sorrindo.

“Acima de tudo, sinto-me honrado em fazer parte dessa história, apesar de ser um momento tão triste, uma pessoa tão jovem, um filho querido”, afirma Ment, que trabalha com graffiti há quase 20 anos. O artista esteve impossibilitado de trabalhar por quase um ano devido a uma doença nos olhos. “Costumo dizer que quase perdi a visão para poder enxergar melhor algumas coisas”, pontuou, reflexivo.
(mais…)

Tags: Diogo Cuiabano de MedeiroshomenagemUFSC

UFSC é homenageada em evento comemorativo dos três anos da Funpresp

27/06/2016 17:05

A UFSC receberá uma homenagem pelo trabalho de fomento à previdência complementar e apoio à Funpresp-Exe, no evento comemorativo dos três anos da Fundação. O servidor da Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp), André Fialho, representará o órgão na solenidade. O evento ocorrerá nesta quarta-feira, 29 de junho, em Brasília. Além da UFSC, serão homenageadas outras instituições: Ministério do PlanejamentoBanco Central do Brasil (Bacen), Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Ministério da Fazenda, Ministério da Saúde, Advocacia-Geral da União (AGU), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Universidade Federal do Ceará (UFC), Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

 

Tags: Funpresp-ExehomenagemUFSC

CCA completa 40 anos e homenageia diretores

17/12/2015 13:42
Da esquerda para a direita, em cima: Andreatta, Glauco, Oswaldo Coelho, Aimê Magalhães; embaixo: Padilha, Zeferino, Pedrotti, Schneider e Ribeiro.

Foto: Pedro Manique Barreto.

Em 2015, o Centro de Ciências Agrárias (CCA) completou 40 anos de história. Para celebrar a data, todos os dez diretores que já estiveram à frente do Centro foram homenageados em uma confraternização interna realizada na última sexta-feira, 11 de dezembro. “Foi um momento muito especial, uma vez que todos os ex-diretores puderam estar presentes. O primeiro diretor do Centro, Glauco Olinger, tem hoje 94 anos e também participou da cerimônia”, afirma o atual vice-diretor, Pedro Manique Barreto.

Os dez professores que passaram pela direção do CCA foram, em ordem cronológica: Glauco Olinger; José Antônio Ribas Ribeiro; Zeferino Pedro Sachet; Mário Luiz Vincenzi; Luiz Oswaldo Coelho; Lineu Schneider; Enio Luiz Pedrotti; Aimê Rachel Magenta Magalhães; Edemar Roberto Andreatta; e José Carlos Fiad Padilha, atual diretor.

Atualmente, integram o CCA quatro cursos de graduação — Agronomia; Ciência e Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Aquicultura e Zootecnia —, com 1.410 alunos; e quatro  programas de pós-graduação — Agroecossistemas; Aquicultura; Ciência dos Alimentos; Recursos Genéticos Vegetais, com 390 alunos.

Mais informações na página do CCA.

Tags: 40 anosCCACentro de Ciências AgráriashomenagemUFSC

Professora da UFSC será homenageada por sua pesquisa na área de Ergonomia

20/10/2015 10:31

A professora Leila Amaral Gontijo, do D3982epartamento de Engenharia de Produção e SistemasCentro Tecnológico (CTC), receberá da Associação Nacional da Indústria de Material de Segurança e Proteção do Trabalho (Animaseg) uma comenda de Honra ao Mérito, na Categoria Ergonomista do Trabalho. O evento será realizado em 17 de novembro de 2015, em São Paulo.

O objetivo da homenagem é reconhecer os profissionais por sua destacada atuação em prol da segurança e saúde do trabalhador brasileiro. A professora Leila foi indicada pela Associação Brasileira de Ergonomia (Abergo).
(mais…)

Tags: CTCEngenharia de Produção e SistemasErgonomiahomenagemPPGEPUFSC

Professoras da UFSC participam de homenagem, na França, por entrada de Germaine Tillion no ‘Pantheon’

27/05/2015 08:30

Carmen Silvia Rial e Miriam Pillar Grossi, professoras e antropólogas do Departamento de Antropologia do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), receberam convite do presidente da França, François Hollande, para a homenagem solene daquela nação a Germaine Tillion e mais três pessoas, por sua entrada, nesta quarta-feira, 27 de maio, no Pantheon – monumento que contém os restos mortais de grandes nomes franceses.

Germaine Tillion  (1907-2008) – proeminente antropóloga francesa, membro da Resistência – recebeu o prêmio Pullitzer em 1947, por seus atos heroicos durante a Segunda Guerra Mundial, e, em 1999, a Grande Cruz da Legião de Honra (Grand-croix de la Légion d´honneur). Além de seu destaque no campo científico, notabilizou-se como ativista dos direitos humanos, engajada em lutas como a pela emancipação das mulheres e contra a excisão feminina.

Miriam ministrou na terça-feira, 26 de maio, em Paris, na  École de Haute Études en Sciences Sociales (Escola de Estudos Superiores em Ciências Sociais), um seminário em homenagem a Tillion, no qual apresentou o filme “Germaine Tillion: Lá où il y a danger on vous trouve toujours” (Germaine Tillion: onde há perigo sempre te encontramos), realizado por ela e Carmen Rial .

Assista aqui:

Miriam e Carmen realizaram também o filme Mauss segundo suas alunas, escolhido para o encerramento do “23eme Bilan du Film Ethnographique”, em março de 2004, em Paris, e apresentado na UFSC em atividade do projeto “Nossa Antropologia”, em abril  do mesmo ano. Marcel Mauss (1872-1950), sobrinho de Émile Durkheim e um dos fundadores da Antropologia na França, é sempre lembrado como o definidor dos métodos de trabalho de campo que tinham no Museu de Etnografia de Paris um foco de formação e irradiação. Mauss teve muitas discípulas, dentre as quais se destacaram algumas antropólogas que pesquisaram na África de língua francesa. Três delas (Germaine Tillion, Denise Paulme e Germaine Dieterlen) foram entrevistadas, entre 1997 e 1999,  por Miriam e Carmen para o filme, revivendo, assim, os ensinamentos do mestre e mostrando a sua atualidade.

Assista ao filme Mauss segundo suas alunas, de Miriam Grossi e Carmen Rial:

Alita Diana/Jornalista da Agecom/DGC/UFSC
alita.diana@ufsc.br

Revisão: Claudio Borrelli/Revisor de Textos da Agecom/DGC/UFSC

 

 

Tags: Carmen Rialentrada PanteãoGermaine TillionhomenagemMauss segundo suas alunasMiriam Pillar GrossiOnde há perigo sempre te encontramosUFSC

Ato homenageia quem trabalha com agroecologia em Santa Catarina nesta terça

08/10/2013 10:30

O Laboratório de Educação do Campo e Estudos da Reforma Agrária (Lecera) e o Núcleo de Estudos em Agrobiodiversidade (NEABio), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), serão homenageados pelo Poder Legislativo Catarinense, nas categorias “Agricultura Urbana” e “Agricultura Agroecológica”, respectivamente, nesta terça, 8 de outubro, às 19h, no Plenarinho Paulo Stuart Wright da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). 
(mais…)

Tags: ALESChomenagemLeceraUFSC

‘Sou parte dessa história’: homenagem da UFSC aos aposentados de maio a agosto nesta quarta-feira

26/08/2013 09:56

Na quarta-feira, 28 de agosto, às 9h, no Auditório da Reitoria, será realizada a Solenidade de Homenagem aos Aposentados dos meses de maio, junho, julho e agosto de 2013. O evento é organizado pela Secretaria de Gestão de Pessoas (Segesp), pelo Departamento de Atenção à Saúde, pela Divisão de Serviço Social – Atenção ao Servidor (DISS) e pelo Departamento de Cultura e Eventos, e tem como objetivo agradecer e homenagear os técnico-administrativos em Educação e os docentes que dedicaram grande parte de suas vidas à Universidade.
(mais…)

Tags: aposentadoshomenagemUFSC

Associação Catarinense de Engenheiros homenageia três cursos da UFSC

29/05/2013 11:42

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio de três cursos do Centro Tecnológico (CTC), recebeu uma homenagem de destaque da Associação Catarinense de Engenheiros (ACE).  Parabéns a todos os docentes, técnico-administrativos em Educação e estudantes atuantes nos cursos de Engenharia Química, Engenharia Elétrica e Engenharia de Controle e Automação.
(mais…)

Tags: ACEAssociação Catarinense de EngenheirosCurso de Engenharia de Controle e Automaçãocurso de Engenharia ElétricaCurso de Engenharia Químicahomenagem
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2