UFSC recebe 3º Encontro Regional dos Estudantes Indígenas da Região Sul

26/07/2018 14:45

A abertura do III Encontro Regional dos estudantes indígenas da Região Sul foi realizada nesta quarta-feira, dia 25 de julho, no auditório da reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e envolveu lideranças de movimentos indígenas, gestores e professores da UFSC, além de estudantes indígenas de diversas universidades da região sul.

No primeiro dia de evento, 25 de julho, a programação foi composta por três mesas: “A conjuntura política brasileira”, “Os retrocessos nas políticas de ações afirmativas após o golpe” e  “Patrimônio cultural indígena na universidade”.

O segundo dia, 26 de julho, é composto por quatro mesas, sendo a primeira “Patrimônio cultural indígena na universidade”, a segunda “Saúde Indígena e saúde mental”, a terceira “Gás, Petróleo, Combustíveis Fósseis e a Defesa dos Territórios Indígenas” e a quarta “A Atuação das Lideranças Indígenas na Defesa dos Direitos Originários Sobre os Territórios”. O dia é finalizado com uma noite cultural.

O último dia de evento, 27 de julho, conta com atividades culturais e a elaboração da plenária final, em que propostas de políticas públicas para os povos indígenas serão apresentadas e enviadas em documento ao governo brasileiro, às universidades e para o Encontro Nacional de Estudantes Indígenas (ENEI).

Segundo Jozileia Daniza Jagso que pertence à tribo Kaingang da terra indígena Serrinha (RS) e é coordenadora do curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica, a elaboração da plenária é importante para que os chefes de estado entendam as demandas dos povos nativos, como também para que percebam a autonomia desses povos. “Hoje nós estamos falando por nós mesmos, hoje nós somos nossos interlocutores, hoje não precisamos mais que outras pessoas pensem por nós, nós pensamos e falamos por nós e isso é essencial”, relata.

Edições anteriores

A primeira edição do encontro ocorreu no ano de 2016, na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul e contou com a participação de 80 pessoas. Quem promoveu o primeiro encontro foi o Programa de Educação Tutorial Indígena (PET). O evento discutiu questões como direito, território e saúde. Em 2017, foi realizada a segunda edição do evento, também no Rio Grande do Sul, mas desta vez, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Naquele ano, além de questões territoriais, foram inclusos na discussão assuntos envolvendo as ações afirmativas estudantis e o permanecimento dos estudantes indígenas na universidade. O evento foi encerrado com um ato político.

Foi na segunda edição que a proposta de a UFSC sediar a terceira edição do evento foi apontada. Isso porque, segundo Jozileia, o estado de Santa Catarina é um território de diversos conflitos envolvendo os povos indígenas da região sul. “Nós temos um processo de luta do povo Guarani Mbyá aqui no litoral de Santa Catarina, pela demarcação e homologação da terra indígena no Morro dos Cavalos e de outras terras indígenas”, afirma.

Aline Souza/ Estagiária de Jornalismo /Agecom/ UFSC

Fotos: Ítalo Padilha / Agecom / UFSC

 

Tags: Encontro indígenaEncontro Regional dos estudantes indígenas da Região SulindígenaLicenciatura IndígenaUFSC

Licenciatura Intercultural Índigena da UFSC homenageia Marcondes Namblá

07/01/2018 08:00

A equipe da coordenação do curso Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica publicou na quarta, 3 de janeiro, nota em homenagem e tributo a Marcondes Namblá. O texto na íntegra segue abaixo e está disponível na página do curso.

PERDEMOS MARCONDES

Perdemos todos com a partida brusca, trágica e inadmissível de Marcondes Namblá, ocorrida em 02 de janeiro de 2018. Estamos de luto, sentindo profunda amargura e consternação.

Marcondes, pertencente ao povo Laklãnõ-Xokleng da Terra Indígena Laklãnõ, Alto Vale do Itajaí, integrou a primeira turma do curso Licenciatura Intercultural Indígena da UFSC, cuja formatura ocorreu em abril de 2015. Em seu Trabalho de Conclusão de Curso pesquisou e trabalhou o tema Infância Laklãnõ e a prática dos banhos nos rios, obscurecidos pela construção da Barragem Norte. Em suas Considerações Finais aponta: “Espero que essa reflexão possa contribuir para a construção de um novo pensamento em busca de alternativas para a resolução dessa problemática que hoje está instituída entre os Filhos do Sol e que os Espíritos da Natureza estejam conosco nos direcionando para o caminho certo.”

Marcondes era uma liderança expressiva e ora exercia o cargo de juiz na Terra Indígena. Era exímio falante da língua Laklãnõ e dominava a sua escrita e compreensão. Era professor na Escola Laklãnõ.

Perdemos a criatividade, o brilhantismo, a originalidade e sensibilidade, o empenho, o vigor e os horizontes de Marcondes. Ficamos com a memória, feitos, reflexões, sua alegria, competência e habilidade.

Equipe de coordenação do curso Licenciatura Intercultural Indígena.

UFSC, 03 de janeiro de 2018″.

Tags: homenagemLicenciatura IndígenaMarcondes NamblámortenotaUFSC

Colóquio Etnologia Indígena no Brasil Meridional ocorre nos dias 19 e 20 de outubro

11/10/2017 16:14

O Colóquio Etnologia Indígena no Brasil Meridional, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS/UFSC) e pelo curso de Licenciatura Indígena da UFSC, será realizado nos dias 19 e 20 de outubro. As atividades ocorrerão na Sala Silvio Coelho dos Santos (110), no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH/UFSC). A programação está disponível aqui. O evento é aberto a todos.
(mais…)

Tags: antropologiaCFHcolóquioEtnologia Indígena no Brasil MeridionalLicenciatura IndígenaPPGASPrograma de Pós-Graduação em Antropologia SocialUFSC

Inscrições para participação no II Encontro Nacional de Estudantes Indígenas

28/07/2014 09:22

12-ii-enei_divulga_final-1024x576Estudantes do curso de Licenciatura Indígena da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) estão organizando uma viagem para o II Encontro Nacional de Estudantes Indígenas, que será realizado de 4 a 7 de agosto, em Campo Grande (MS) – haverá ônibus da UFSC, com 36 lugares. A saída será no dia 3 de agosto, às 7h, e o retorno no dia 8 de agosto, às 18 horas. A Funai fornecerá transporte de retorno para as aldeias no dia 8.

(mais…)

Tags: CFHLicenciatura IndígenaUFSC

Seminário na quinta-feira sobre Comissão Indígena da Verdade e Justiça e as violações de direitos

24/07/2014 10:00

cartaz.seminario_240714O curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica promove o seminário “Comissão Indígena da Verdade e Justiça e as Violações de Direitos de 1946 a 1988”, nesta quinta-feira, 24 de julho,  às 18h30min, no auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da UFSC. Para falar sobre o tema, o convidado é o professor Clovis Antonio Brighenti, do curso de História da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila).

(mais…)

Tags: CFHLicenciatura IndígenaUFSCUnila

Encontro com lideranças indígenas discute intercâmbio de conhecimento entre aldeia e universidade

23/05/2014 14:42

O Curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica da UFSC promove “Encontro com Lideranças Indígenas Guarani, Kaingang e Laklãnõ Xokleng” com o tema “um intercâmbio de conhecimento entre aldeia e universidade”, no dia 26 de maio, às 16h, no auditório do Centro de Ciências da Educação (CED). O evento é aberto ao público e oferece certificação.
(mais…)

Tags: CEDEncontro com Lideranças IndígenasLicenciatura IndígenaUFSC

TV UFSC: curso de Licenciatura Indígena forma sua primeira turma neste ano

20/05/2014 20:29

Nesta terça-feira, 20 de maio, o telejornal UFSC Cidade, produzido pela TV UFSC, traz uma matéria sobre o Dia da Luta Antimanicomial. A reportagem explica esta iniciativa promovida pelo movimento de reforma psiquiátrica, que tem por objetivo eliminar a internação de pacientes com transtornos mentais e promover sua integração à sociedade.

O curso de Licenciatura Indígena da UFSC é outro destaque da edição. A reportagem traz um perfil deste curso e seus desafios. Os alunos, que estão reunidos este mês na Universidade, fazem uma avaliação do curso e contam sobre suas expectativas.

(mais…)

Tags: Dia da Luta AntimanicomialLicenciatura IndígenatelejornalUFSCUFSC Cidade

Oferta de bolsas a alunos de graduação para trabalhar com estudantes indígenas

09/04/2014 16:44

O curso Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica seleciona alunos de graduação dos centros de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) e Educação (CED) para a Bolsa PIBE 2014. O candidato deve estar apto a trabalhar diretamente com os alunos indígenas – Guarani, Kaingang e Xokleng/Laklãnõ – durante as etapas do curso de Licenciatura Intercultural Indígena, e auxiliar nas atividades extraclasse.

O valor da bolsa é R$364, mais auxílio-transporte de R$132.
Requisitos:
– estar regularmente matriculado em curso de graduação, da 5ª fase em diante;
– possuir conhecimentos sobre o pacote Office;
– possuir conhecimentos de formatação das normas da ABNT.

Interessados devem encaminhar histórico escolar atual para o e-mail

Tags: bolsa pibeCEDCFHLicenciatura IndígenaLicenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata AtlânticaUFSC

Licenciatura indígena promove atividade científica e cultural neste sábado

21/03/2014 17:00

O curso Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove neste sábado, 22 de março, às 9h, no auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), a atividade “A terra indígena Toldo Chimbangue e a vida de Ana da Luz Fortes do Nascimento – Fen´no”.
(mais…)

Tags: aaccFen´NóFendóLicenciatura IndígenaUFSC

UFSC na Mídia: curso de graduação da UFSC forma professores e líderes indígenas

11/06/2013 11:06

Alunos fazem apresentações culturais durante aula. Foto: Aline Mello/Divulgação

Licenciatura é específica para índios e reúne alunos de cinco estados. Estudantes são motivados pela busca de formação para atuar nas aldeias.

Aos 36 anos, Geraldo Moreira Karai Okenda é índio guarani, pai de 5 filhos e líder espiritual da aldeia Yynn Moroti Whera (reflexo da água cristalina), onde mora, em Biguaçu, na Grande Florianópolis. Além disso, é professor da comunidade há 13 anos e aluno da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) há dois anos e meio.
(mais…)

Tags: Licenciatura IndígenaUFSCufsc na mídia

Seminário discute desafios da licenciatura indígena nas universidades federais

03/06/2013 11:02

Permanência e acesso dos indígenas ao ensino foram temas de debate do evento. Foto: Wagner Behr / Agecom / UFSC

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promoveu o seminário sobre “Licenciaturas Interculturais Indígenas em Universidades Federais Brasileiras: Contextos e Perspectivas”, que ocorreu nos dias 28 e 29 de maio. A proposta do encontro foi reunir coordenadores, docentes e acadêmicos de Licenciatura Intercultural Indígena (LII) para discutir a situação atual do curso, pensando na permanência e acesso dos indígenas ao ensino. “Devemos avaliar o que estamos fazendo para pensar no que devemos fazer”, afirmou a pró-reitora de Graduação da UFSC, Roselane Campos.
(mais…)

Tags: Licenciatura IndígenaUFSC

Evento discute saberes das terras indígenas Guarani, Kaingang e Xokleng

01/06/2012 17:20

Sábios indígenas compartilham o conhecimento e fazem reivindicações

Com o tema “Saberes sobre a Terra”, o curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica promove de 31 de maio a 4 de junho o primeiro Seminário Temático de Sábios Indígenas Guarani, Kaingang e Xokleng no auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH). O evento teve como objetivo dar voz a especialistas indígenas e abarcar conhecimentos em relação à caça, pesca, coleta, plantio, manejo florestal e também ao processo político e histórico de demarcação de terras indígenas.

(mais…)

Tags: guaraniKaigangLicenciatura IndígenaseminárioUFSCXokleng

Alunos indígenas pedem bolsas de estudos ao presidente da Funai

11/05/2011 13:33

As dificuldades de manutenção enquanto estudam estão entre principais preocupações dos acadêmicos do curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica, que tiveram um encontro na manhã desta quarta-feira, dia 11, com o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Márcio Augusto Freitas Meira, na Universidade Federal de Santa Catarina. Tanto eles quanto os representantes dos povos e aldeias – incluindo o cacique Priprá, da comunidade xokleng do Alto Vale do Itajaí – pediram que o governo encontre uma maneira de fornecer bolsas de estudos aos alunos, que muitas vezes são casados e deixam suas famílias em determinados períodos para assistir às aulas na UFSC e na UnoChapecó, no oeste do Estado.

Hoje à tarde a programação continua com a aula magna do curso, no Auditório da Reitoria, que terá as presenças do reitor da UFSC, Alvaro Toubes Prata, do presidente da Funai, de representantes da Procuradoria da República em Santa Catarina e do Ministério da Educação. Às 18h, no hall da Reitoria, será aberta a exposição “Guarani, Kaingáng e Xokleng – Atualidades e Memórias do Sul da Mata Atlântica”. O evento termina amanhã com uma reunião interinstitucional e uma palestra da professora Lux Vidal, da Universidade de São Paulo (USP).

Uma constante no encontro de hoje foi a exposição do drama dos acadêmicos com o custo do deslocamento e manutenção, por causa de seu baixo poder aquisitivo. O problema poderia ser solucionado com a concessão de bolsas, que é uma prerrogativa do MEC. O presidente da Funai disse que já sugeriu à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Ministério da Educação, que encontre uma maneira de estender esse benefício aos estudantes indígenas. “O ministério tem um grande orçamento, o que não acontece com a Funai, e poderia dar conta dessa demanda”, afirmou Mário Augusto Meira.

Apesar das dificuldades, o representante do governo federal disse que houve grandes avanços em relação ao tratamento da questão indígena de 1988, quando foi promulgada a nova Constituição brasileira, para cá. Ele defendeu que se deve ir além do ensino formal, respeitando o sistema educacional tradicional dos povos e tribos, e considerou “histórica” a criação de um curso de licenciatura que forme professores – que, por sua vez, vão replicar os conhecimentos para as novas gerações nas aldeias.

O curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica abre 120 vagas por ano em Santa Catarina, mas há alunos que são aprovados pelo sistema de cotas, em outros cursos da UFSC, dentro do programa de ações afirmativas. O presidente da Funai se comprometeu a levar para Brasília os pleitos dos estudantes, ressalvando que muitos deles dependem do MEC. “A Funai tem a missão de ajudar a construir a almejada autonomia política, econômica, social e cultural dos povos indígenas”, ressaltou.

Mais informações sobre o curso pelos fones 3721-4879 e 9122-8451, com Ana Lúcia Vulfe Nötzold; ou com Dorothea Post Darella, fones 3721-6472,  3721-9793 ou 9161-8201.

Por Paulo Clóvis Schmitz/ Jornalista na Agecom

Tags: funaiLicenciatura Indígena

Nota de falecimento

02/03/2011 11:04

A UFSC comunica com pesar o falecimento do acadêmico do Curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica, Natalino Góg Crespo, ocorrido hoje (2 de março). O sepultamento acontecerá amanhã na Terra Indígena Guarita, Setor Missão Indígena, no município de Redentora/ RS. Natalino era professor bilíngue, importante referência na valorização da língua, valores e tradições kaingáng.

Tags: acadêmicofalecimentoLicenciatura Indígena