Seminário debate políticas de ações afirmativas da UFSC

01/04/2016 18:57
 Foto: Ítalo Padilha/Agecom/DGC/UFSC.

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/DGC/UFSC

O Seminário de Ações Afirmativas, primeiro evento do programa “Graduação em debate”, apresentou, na quinta-feira (31), uma diversidade de perspectivas desenvolvidas em pesquisas acadêmicas sobre a política de cotas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Julian Borba, pró-reitor de Graduação, fez a abertura do seminário explicando seus objetivos: “A ideia é apresentar o que tem sido pesquisado, dentro e fora da UFSC, sobre nossas ações afirmativas”. Julian também falou sobre a importância de criar um setor de estatísticas sobre a graduação na universidade.

DSC_0046

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/DGC/UFSC

Na primeira apresentação da manhã, os pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) Mathieu Turgeon e Robert Lee Borges de Paula Vidigal, expuseram os resultados da pesquisa “Ações afirmativas e opinião pública: evidências de surveys experimentais”. A seguir, Francini Scheid Martins, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação(PPGE), expôs os resultados preliminares do trabalho “A voz dos cotitas da UFSC sobre a sua condição”. Gregorio Unbehaun Leal da Silva apresentou sua pesquisa de mestrado “O desempenho e as cotas na UFSC”. Na última apresentação da manhã, o professor Pedro Alberto Barbetta expôs o trabalho “Relação entre Ações Afirmativas e Desempenho Acadêmico: uma análise quantitativa, caso UFSC”.
(mais…)

Tags: ações afirmativascotasprogradseminárioUFSC

Evento nesta quinta debate Ações Afirmativas na UFSC

29/03/2016 14:25

12718192_1077677258959201_5244538413498866521_nA Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), por meio de sua Coordenadoria de Ações Afirmativas (CAAF) realiza, na quinta-feira, 31 de março, o evento “Graduação em Debate: Ações Afirmativas na Universidade”. O evento é aberto ao público, das 8h30 às 17h, no Anfiteatro do Espaço Físico Integrado (EFI).

Confira a programação:

(mais…)

Tags: ações afirmativasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Confira datas e procedimentos para aprovados pelo Programa de Ações Afirmativas e vagas suplementares

15/02/2016 12:25

Os estudantes classificados no Vestibular UFSC 2016 e no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) UFSC, por meio do Programa de Ações Afirmativas e nas vagas suplementares para negros, indígenas e quilombolas, devem ficar atentos à documentação necessária e ao cronograma definido para sua entrega nos dias da matrícula presencial, de 16 a 19 de fevereiro.

A validação de renda necessária para matrícula segue data e horário específicos para cada curso. As instruções completas, com os anexos necessários, estão nas portarias da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) para o Vestibular e Sisu.

Todos os candidatos devem apresentar, em cópia simples, juntamente com os originais, ou em cópia autenticada, para conferência nas coordenadorias de cursos: documentos de identificação (RG e CPF) com os quais se inscreveram; comprovante de quitação eleitoral (para maiores de 18 anos); certificado militar (para candidatos do sexo masculino); atestado de vacinação contra rubéola (para candidatas do sexo feminino até 40 anos); declaração negativa, assinada, de matrícula simultânea em outro curso de graduação da UFSC ou em outra instituição pública de ensino superior (impressa na etapa on-line da matrícula); certificado e histórico escolar do ensino médio ou equivalente, ou diploma de ensino superior.
(mais…)

Tags: ações afirmativasPró-reitoria de Graduaçãoprogradprograma de ações afirmativasSistema de Seleção UnificadaSisuSisu 2016Sisu UFSCUFSCVestibular UFSC 2016

Mudanças no Estatuto e Regimento amparam adesão parcial a diferentes formas de ingresso

11/08/2015 17:36

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) aprovou na tarde desta terça-feira, 11 de agosto, as mudanças no Estatuto e no Regimento da Universidade, nos trechos que regulamentam as formas de ingresso nos cursos de graduação. As alterações dão amparo regimental e estatutário à adesão parcial ao Sisu, aprovada pelo CUn em maio deste ano; à Resolução de Ações Afirmativas; e à possibilidade de mudanças nos processos seletivos de cursos com necessidades específicas – os textos anteriores previam apenas o concurso vestibular como forma de admissão.

O parecer do professor Celso Spada, que atende às recomendações do Grupo de Trabalho sobre Avaliação de Novas Modalidades de Ingresso na Universidade, instituído pela portaria nº 303/Prograd/2014, de 25 de setembro de 2014, foi aprovado por unanimidade. De acordo com o parecer, os estudos realizados pelo grupo evidenciam “discrepância entre a atual estrutura normativa (Estatuto e Regimento) que regulamenta as formas de ingresso nos cursos de graduação da Universidade Federal de Santa Catarina e que não correspondem à realidade da instituição”.

Na mesma reunião, foram aprovados, também por unanimidade, a alteração do Regimento Interno do Centro de Ciências da Saúde (CCS) e a mudança do nome do Departamento de Engenharia Elétrica para Departamento de Engenharia Elétrica e Eletrônica.

Tags: ações afirmativasconselho universitárioCUnprogradSisuUFSCVestibular

Pró-Reitoria de Assuntos estudantis orienta calouros e veteranos

10/08/2015 08:40

Estudantes calouros e veteranos irão encontrar os setores da Universidade Federal de Santa Catarina vinculados à Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae) funcionando em caráter excepcional no início do segundo semestre devido à adesão de servidores técnico-administrativos em educação à Greve Nacional. Assim, a Prae listou uma série de orientações.

 

Recepção aos calouros dos cursos presenciais do campus David Ferreira Lima pelo Programa de Ações Afirmativas

Calouros dos cursos presenciais do campus David Ferreira Lima (Trindade) que ingressaram pelo Programa de Ações Afirmativas serão recepcionados em subgrupos por membros da Prae nos dias 10,11 e 12 de agosto. O objetivo é: informá-los sobre métodos e processos para acessar benefícios de assistência estudantil; auxiliá-los no preenchimento inicial do Cadastro Socioeconômico e orientá-los sobre os procedimentos necessários para a avaliação socioeconômica pelo serviço Socioassistencial da Coordenadoria de Assistência Estudantil (CoAEs); c) mapear demandas por acolhimento emergencial de permanência.

Estes estudantes foram convidados para participar desta atividade por e-mail e orientados a confirmar o agendamento em dias/horários específicos.

Recepção aos calouros dos cursos presenciais do campus David Ferreira Lima que optaram pelo Programa de Ações Afirmativas mas ingressaram pela classificação geral

Haverá membros da Prae de plantão na sala de reuniões para acolher e orientar estudantes ingressantes nos cursos presenciais sediados no campus David Ferreira Lima pela classificação geral no vestibular nos dias 10, 11 e 12 de agosto, das 8 às 12h e das 14 às 17h. O objetivo desta recepção é: O objetivo é: informá-los sobre métodos e processos para acessar benefícios de assistência estudantil; auxiliá-los no preenchimento inicial do Cadastro Socioeconômico e orientá-los sobre os procedimentos necessários para a avaliação socioeconômica pelo serviço Socioassistencial da Coordenadoria de Assistência Estudantil (CoAEs); c) mapear demandas por acolhimento emergencial de permanência.

Veteranos beneficiados com Isenção do Restaurante Universitário

Estudantes que ingressaram nos semestres anteriores e já são assistidos pelo benefício de permanência Isenção do RU receberão Auxílio Emergencial de Alimentação depositado em suas contas corrente referente ao período de 10 a 31 de agosto, em uma única parcela. O valor é de R$ 7,50/dia para quem optou por isenção em uma refeição por dia e de R$ 15/dia para quem optou por isenção em duas refeições.

Estudantes isentos do CCA

Devido ao fato do RU do Centro de Ciências Agrárias (RU/CCA) funcionar normalmente para almoço, estudantes isentos do CCA recebem auxílio alimentação para uma refeição (jantar).

Estudantes sem isenção do Restaurante Universitário

Alunos que não possuem isenção no RU estão autorizados a acessar o RU/CCA para almoço.

Veteranos com Cadastro Socioeconômico expirado

Estudantes ingressantes em semestres anteriores nos cursos presenciais sediados no campus David Ferreira Lima cujos Cadastros Socioeconômicos expiraram durante o período de adesão à Greve Nacional dos TAEs terão a validade de seus cadastros prorrogada automaticamente. Oportunamente, o Sistema de Cadastro Socioeconômico enviará lembretes eletrônicos para indicar os prazos e procedimentos necessários à renovação do CSE.

Veteranos com auxílio moradia e auxílio creche

Estudantes ingressantes em semestres anteriores nos cursos presenciais sediados no campus David Ferreira Lima assistidos pelos benefícios de permanência auxílio moradia (editais 024/Prae/2014 e 027/Prae/2014) e auxílio creche (edital 023/Prae/2014)cujo prazo de validade do edital expirou em 31 de julho, receberão o crédito da última parcela referente à sua classificação nestes editais até o décimo dia útil de agosto.

Novos editais

A Coordenadora de Assistência Estudantil e os pró-reitores da Prae trabalham junto a outros setores da Universidade na estruturação de métodos e processos técnico-administrativos que possibilitem a publicação de novos editais de auxílio creche, auxílio moradia e bolsa estudantil UFSC em caráter de excepcionalidade. O resultado será divulgado no dia 14 de agosto.

Veteranos com bolsa estudantil

Estudantes ingressantes em semestres anteriores nos cursos presenciais sediados no campus David Ferreira Lima assistidos pelo benefício de permanência Bolsa Estudantil UFSC pelos editais 021/Prae/2014 e 022/Prae/2014 deverão se inscrever em novo edital de renovação. Este edital poderá se publicado normalmente, não caracterizando excepcionalidade, por tratar-se de público alvo cuja avaliação socioeconômica está concluída.  A data provável da publicação do edital de renovação é 26 de agosto, com divulgação ampla da abertura do processo. Até que o resultado da análise das solicitações de renovação deste benefício estejam concluídas, não haverá prejuízo financeiro aos beneficiados.

Mais informações: Prae.

Tags: ações afirmativasPRAEPró-Reitoria de Assuntos Estudantisrestaurante universitário

UFSC aprova novas regras para Programa de Ações Afirmativas

19/06/2015 14:41

ofertaDeVagasO Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) aprovou, nesta terça-feira, 16 de junho, em sessão extraordinária, a nova resolução para o Programa de Ações Afirmativas da Universidade, que tem validade para ingresso de novos alunos, de 2016 a 2022. Pelo programa, 50% da oferta de vagas poderá ser ocupada por candidatos que cursaram o ensino médio em escola pública, sendo 32% dessas vagas reservadas aos candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. Além disso, a UFSC cria 227 vagas suplementares, das quais 196 são para candidatos autodeclarados negros de qualquer percurso escolar, 22 para candidatos pertencentes aos povos indígenas residentes no território nacional e nos transfronteiriços, e nove para candidatos pertencentes às comunidades quilombolas.

O debate acerca da normativa teve início na sessão do CUn realizada em 2 de junho, na qual foi lido o parecer original, redigido pela conselheira Janaína das Neves. Durante a sessão dessa terça-feira, houve, além da leitura do parecer de vistas, de autoria do conselheiro Paulo Pinheiro Machado, uma apresentação do programa pelo professor Marcelo Tragtenberg, representante da Comissão de Ações Afirmativas da UFSC.

A proposta, redigida e encaminhada ao CUn pelo professor Rogério de Souza, pró-reitor adjunto de Graduação (Prograd), foi construída e consensuada pela Prograd, em conjunto com a Comissão de Ações Afirmativas e organizações do Movimento Social Negro, que também participaram da sessão como ouvintes: Movimento Negro Unificado, Núcleo de Estudos Negros, Coletivo Kurima, Coletivo 4P, Coordenadoria de Promoção de Políticas de Igualdade Racial de Florianópolis e Fórum de Educação e Relações Étnico-Raciais (Federer/SC), Conselho Estadual das Populações Afrodescendentes (Cepa), Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência do Serviço Público Federal em Santa Catarina (Sindprevs/SC), Sindicato dos Eletricitários de Santa Catarina (Sinergia).

(mais…)

Tags: ações afirmativasconselho universitáriocotasCUnLei de CotasSisuUFSCVestibular UFSC 2016

Comissão de Ações Afirmativas promove encontro de orientação nesta terça-feira

14/04/2015 09:25

A Comissão Institucional de Acompanhamento e Avaliação de Ações Afirmativas da UFSC promove um encontro com os calouros que ingressaram na Universidade por esse tipo de programa (negros, indígenas, oriundos de escola pública, pessoas de baixa renda), nesta terça-feira, 14 de abril, às 18h, no auditório da Reitoria.

A ideia é dar dicas e orientação sobre apoio pedagógico em várias matérias, bolsas, apoio financeiro, técnicas de estudo, como enfrentar discriminação ou outro tipo de assédio. Outro objetivo é recolher críticas e sugestões dos calouros sobre como melhorar a UFSC e sua integração ao ambiente universitário.

Representantes da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Prae) e comissão para o Comitê Institucional Permanente de Enfrentamento ao Racismo, Sexismos e Intolerâncias Correlatas também estarão presentes. O evento é aberto aos outros calouros.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-6226 e pelo e-mail

Tags: ações afirmativasComissão de Ações AfirmativasPRAEprogradreitoriaUFSC

TV UFSC: ações afirmativas nas universidades públicas brasileiras

04/03/2015 14:20

Nesta quinta-feira, às 8h12, a TV UFSC, no programa Primeiro Plano, exibirá o documentário “Construção de igualdade: as ações afirmativas nas universidades públicas brasileiras”, que trata das universidades públicas que implementaram em seu processo seletivo a política de acesso de classes menos favorecidas à universidade. O objetivo é documentar e dar voz àqueles que criaram e usufruíram essa política – abordando a questão da formação acadêmica, as dificuldades de ascensão econômica e a eficiência dos métodos de seleção pelo vestibular – e apresentar a justificativa da UFSC e das primeiras universidades do país que adotaram essas ações afirmativas.
(mais…)

Tags: ações afirmativasTV UFSCUFSC

Câmara de Graduação da UFSC aprova adesão parcial e gradual ao Sisu

10/02/2015 17:24
O presidente do GT, Julian Borba, apresentou dados coletados durante o semestre em reunião realizada no dia 25 de novembro de 2014. Foto: Wagner Behr/Agecom/UFSC

O presidente do GT, Julian Borba, apresentou dados coletados durante o semestre em reunião realizada no dia 25 de novembro de 2014. Foto: Wagner Behr/Agecom/UFSC

O Grupo de Trabalho (GT) sobre Avaliação de Novas Modalidades de Ingresso na Universidade, instituído pela Portaria nº 303/PROGRAD/2014, de 25 de setembro, elaborou relatório que propõe a adesão parcial e gradual da Universidade ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) com base em estudo iniciado em julho de 2014. O documento foi encaminhado e aprovado pela Câmara de Graduação em reunião realizada em dezembro. A próxima etapa será o encaminhamento do processo ao Conselho Universitário (CUn) para apreciação.

“Feita a discussão e dependendo da deliberação, poderá haver a adesão ao Sisu em 2016. A gradualidade propõe que sejam feitas avaliações anuais e, a partir daí, são feitas definições do percentual do ano seguinte, podendo chegar a 100%”, explica o pró-reitor de graduação e presidente do GT, Julian Borba.
(mais…)

Tags: ações afirmativasCâmara de GraduaçãocomunidadeCUndiscussãoGTingressoMECmodalidadesPnaesSESuSisuUFSC

Grupo de Trabalho abre consulta pública para criação do Comitê Institucional de Ações Afirmativas

30/09/2014 08:09

O Grupo de Trabalho nomeado pela portaria nº502/2014/GR apresenta à comunidade universitária a Proposta de Resolução Normativa que regulamenta a criação do Comitê Institucional de Ações Afirmativas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Para a elaboração da Resolução, o Comitê abriu um formulário público para sugestões da comunidade universitária.

A consulta está disponível em http://consultapublica.ufsc.br/ (Menu Navegação –> Consulta Pública) e ficará aberta até 10 de outubro de 2014. As sugestões recebidas durante esse período serão incorporadas para posterior apreciação do Conselho Universitário (CUn).

A proposta aponta que o Comitê será responsável por identificar as demandas dos estudantes que participam do Programa de Ações Afirmativas (PAA), promover fóruns e discussões sobre a inclusão social e as políticas públicas que norteiam o PAA, além de propor mudanças aos órgãos competentes para o aperfeiçoamento do Programa na UFSC.

Tags: ações afirmativascomitêCUninstitucionalPAApropostaresolução normativa

Consulta pública sobre proposta de criação de comitê de Ações Afirmativas da UFSC

22/09/2014 08:02

O grupo de trabalho nomeado pela portaria nº 502/2014/GR apresenta à comunidade universitária a proposta de resolução normativa que regulamenta a criação do Comitê Institucional de Ações Afirmativas da UFSC, e chama a comunidade universitária a ler e opinar sobre esta minuta. Após a consulta, as eventuais sugestões serão incorporadas para posterior apreciação pelo Conselho Universitário (CUn). A consulta, disponível em http://consultapublica.ufsc.br/, ficará aberta até 10 de outubro.

Mais informações: http://consultapublica.ufsc.br/

Tags: ações afirmativasconsulta públicaUFSC

Universidades do Sul do Brasil discutem ações afirmativas em Fórum na UFSC

15/09/2014 20:50

O Centro Tecnológico (CTC) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sedia na próxima semana o Fórum sobre Ação Afirmativa nas Universidades Federais da Região Sul. O evento reúne representantes das instituições de ensino e do Ministério da Educação (MEC), nos dias 16 e 17 de setembro, com início às 8h30min, no auditório da Engenharia de Produção.

As mesas de discussão vão abordar os seguintes assuntos: avaliação do impacto da Lei de Cotas (12.711/2012) no acesso ao ensino superior, mapa da implementação das ações afirmativas nas universidades federais da região Sul, desafios da permanência após a Lei de Cotas, autodeclarações de renda e étnico-racial e avaliação das ações afirmativas por estudantes. Também vai ser debatida a Lei de Cotas no serviço público federal (12.990/2014). Confira a programação.

A ocasião marca ainda a criação oficial do Fórum. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no local. Haverá certificado para os participantes, e o evento será transmitido pela internet em tempo real. O link será colocado no site do encontro.
(mais…)

Tags: ações afirmativasCTCEngenharia de ProduçãoUFSC

Conselho Universitário aprova alteração às normativas da Política de Ações Afirmativas para o Vestibular 2015

20/08/2014 19:01

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) aprovou, em sessão extraordinária nesta terça-feira, dia 19, duas alterações à Resolução Normativa nº 41/CUn/2014, que dispõe sobre a Política de Ações Afirmativas (PAA) para o Vestibular 2015.

A Resolução, aprovada na sessão realizada em 22 de julho, receberá alterações que afetam a ocupação de vagas remanescentes àquelas reservadas aos candidatos autodeclarados negros. O pró-reitor de Graduação, Julian Borba destacou aos conselheiros que as mudanças foram sugeridas pela Comissão Permanente do Vestibular (Coperve).
(mais…)

Tags: ações afirmativasconselho universitárioCUnprogradUFSC

Conselho Universitário da UFSC teve mais de 30 reuniões em 2013

19/02/2014 15:18

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) tem a sua primeira sessão ordinária de 2014 prevista para a próxima terça-feira, dia 25. Em 2013, o CUn reuniu-se em 32 sessões – oito a mais que as realizadas no ano anterior. O elevado número de sessões deve-se à necessidade de tomada de decisões urgentes para a UFSC, algumas delas em virtude de mudanças na legislação superior.

O Regimento Interno do CUn (Resolução nº 09/83) estipula que as reuniões ordinárias sejam realizadas uma vez por mês e que as sessões extraordinárias possam acontecer em qualquer tempo, sempre que houver urgência. A média em 2013 foi de 2,5 sessões por mês, 7 no primeiro semestre e 24 no segundo semestre. Só em setembro, quando foram discutidas as políticas de ingresso na instituição e a seleção de docentes, foram realizadas sete sessões.

Outras decisões importantes foram relativas aos programas de monitoria na UFSC, à Reserva Biológica Marinha do Arvoredo e à criação do campus em Blumenau.
(mais…)

Tags: ações afirmativasafastamentoBolsa Estudantilconcurso docenteconselho universitárioCUndupla diplomaçãoPAApós-doutoradoreserva biológica marinha do arvoredoTAEsUFSC

Vestibular 2014: Conselho Universitário define política de ações afirmativas

25/09/2013 09:16

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) finalizou no dia 17 de setembro, o debate sobre a política de ações afirmativas de acesso aos cursos de graduação a serem aplicadas no próximo vestibular. A partir da nova resolução normativa, ficam reservadas 35% das vagas, distribuídas em modalidades de cotas, sendo 25% das vagas de todos os cursos e turnos destinadas a estudantes egressos de escolas públicas.
(mais…)

Tags: ações afirmativasCUnUFSCVestibular 2014

Conselho Universitário define política de ações afirmativas para Vestibular 2014

18/09/2013 16:05

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) finalizou nesta terça-feira, 17 de setembro, o debate sobre a política de ações afirmativas de acesso aos cursos de graduação a serem aplicadas no próximo vestibular. A partir da nova resolução normativa, ficam reservadas 35% das vagas, distribuídas em modalidades de cotas, sendo 25% das vagas de todos os cursos e turnos destinadas a estudantes egressos de escolas públicas.

Dos 25%, 12,5% serão para estudantes de famílias com renda mensal bruta inferior a um salário mínimo e meio, com reservas, ainda nessa porcentagem, para pretos, pardos e indígenas, na proporção da somatória desses grupos na população catarinense. Conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), esses grupos somam 16% da população.

Igualmente, 12,5% das vagas serão destinadas a para estudantes com renda familiar mensal bruta superior a um salário mínimo e meio, sendo mantida também nesse grupo de renda a proporcionalidade de vagas para pretos, pardos e indígenas, nos termos da Lei nº 12.711/2012.

(mais…)

Tags: ações afirmativasCUnpolítica de ações afirmativasUFSCVestibular 2014

Pesquisa de mestrado analisa trajetória de alunos egressos do Pró Universidade

30/08/2013 17:27

Da esquerda para a direita: Lucídio Bianchetti (UFSC), Francini Scheid Martins, Maria das Dores Daros (UFSC), Marilu Diez Lisboa (Uniplac) e Nadir Zago (Unochapecó).

Com o Título “Quando os ‘degradados’ se tornam ‘favoritos’: um estudo de trajetórias de estudantes do pré-vestibular da Universidade Federal de Santa Catarina ingressos em cursos de maior demanda”, a dissertação de mestrado defendida pela pedagoga Francini Scheid Martins, no Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSC, analisou a trajetória de nove estudantes egressos do Pró Universidade (anteriormente denominado Pré-Vestibular UFSC).

Em referência ao livro de Reginaldo Prandi “Os favoritos degradados”, publicado pela Editora Loyola, na década de 1980, a pesquisa foi orientada pela professora Ione Ribeiro Valle e coorientação do professor Lucídio Bianchetti, apoiada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped), por meio da concessão de Bolsa de Incentivo à Pesquisa.

A pesquisa buscou entender, a partir da análise de aspectos das trajetórias escolares dos entrevistados, como esses estudantes teoricamente destinados ao insucesso, seja pela sua condição econômica ou aspectos familiares, conseguiram modificar seu futuro por meio do ensino superior. A dissertação mostra as dificuldades de ingressar em uma universidade pública e, também, como manter-se nela.

Francini Martins começou seus estudos sobre o assunto em 2010, quando ainda era estudante da graduação, durante o estágio em Orientação Educacional, nas últimas fases do Curso de Pedagogia do Centro de Ciências da Educação (CED) da UFSC. Neste período foram enviados mais de 5 mil e-mails para alunos do cursinho Pró Universidade, destes 926 responderam de forma afirmativa a proposta de acompanhamento. E após uma triagem, nove alunos entre 19 e 34 anos foram selecionados. Os jovens universitários entrevistados ingressaram na educação superior via Políticas de Ações Afirmativas, sendo seis por cotas destinadas a estudantes de escolas públicas e três a estudantes negros. A intenção era de acompanhar os ingressos nos cursos de graduação de maior demanda da UFSC: Direito, Engenharias e Medicina.

A maior dificuldade detectada pela pesquisa da pedagoga foi a falta de informação desses estudantes. Seis alunos recebem ajuda da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae), entretanto outros três nem sequer sabiam que a Universidade poderia dar apoio para o estudante se manter em seu curso. Outro ponto que afeta os estudantes egressos do Pró Universidade é o preconceito sofrido por serem cotistas. Segundo a pesquisa, há três tipos de preconceito. O primeiro é o velado, em que a pessoa não deixa explícito o seu desconforto em estar numa mesma sala de um cotista. Esse tipo é relatado, sobretudo, pelos alunos oriundos de cotas do curso de Direito. O segundo tipo é o explícito, do qual os alunos falam diretamente para os cotistas que não acham certo essa divisão de vagas, pois eles estariam “tirando a vaga de quem merece”. O terceiro e último tipo de preconceito é a negação. Esse é considerado o mais complexo, pois o próprio aluno, que entrou pelo sistema de cotas, é contra esse modelo de distribuição de vagas.

De acordo com a dissertação é errado afirmar que os alunos cotistas têm desempenho inferior aos demais. Os nove estudantes acompanhados na pesquisa de Francini Martins têm performance muitas vezes igual ou até mesmo superior aos outros. A explicação da pedagoga é que, devido à precariedade do ensino público, quando esses alunos chegam à universidade a dedicação aos estudos precisa ser muito maior. Geralmente esses alunos, além de estudar, também trabalham para complementar a renda familiar.

Nessa perspectiva, conclui-se que o caminho para o “degradado” tornar-se um “favorito” é estreito e constituído de muitos percalços. As Políticas de Ações Afirmativas são medidas necessárias, imprescindíveis até, mas que não devem ser eternas. Uma reestruturação na educação pública torna-se cada vez mais indispensável visto que ela é a base para a o ingresso no ensino superior.

No doutorado, a pedagoga pretende dar continuidade ao acompanhamento desses estudantes para assim ter certeza de que o título da sua dissertação realmente se confirmou.

Conheça o Pró Universidade

O Pró Universidade é oferecido pela Secretaria de Estado da Educação (SED). Em 2013, o cursinho passou a preparar também para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e para os vestibulares da Fundação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe), do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e do Instituto Federal Catarinense (IFC), passando a se chamar Pró-Universidade.

O cursinho oferece todo material didático gratuitamente, além de recursos específicos, como aulas e simulados destinados a preparar o candidato para os exames discursivos, orientação vocacional e atividades de interação. A escolha dos alunos é feita por meio de análise do histórico escolar e da situação socioeconômica da família. Estudantes do ensino médio particular não podem concorrer às vagas, nem mesmo aqueles que cursaram a fase de estudos com bolsa integral.

Informações: Francini Scheid Martins – . 

Andressa Prates/ Estagiária de Jornalismo da Agecom/ UFSC

Tags: ações afirmativasCEDPré-Vestibular da UFSC/SEDUFSC

Debate sobre Política Nacional de Ações Afirmativas nesta terça-feira

17/06/2013 15:20

A Câmara de Graduação e a Pró-Reitoria de Graduação promovem no dia 18 de junho, terça-feira, às 15h, debate sobre a Política Nacional de Ações Afirmativas.

O convidado é o professor Luís Fernandes Dourado, conselheiro da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE).
(mais…)

Tags: ações afirmativasgraduaçãoprogradUFSC

Vestibular 2013: UFSC divulga instruções para classificados em terceira chamada e ações afirmativas

19/03/2013 15:45

O Departamento de Administração Escolar (DAE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulgou a terceira chamada da  lista dos candidatos classificados no Vestibular 2013, convocando-os para realizar a matrícula nos dias 20, 21 e 22 de março de 2013, das 8h às 12h e das 14h às 18h, na respectiva coordenadoria de curso localizada no campus em que irão frequentar, munidos da documentação exigida conforme consta na Portaria nº 281/PROGRAD/2012.
(mais…)

Tags: ações afirmativasDAEprogradterceira chamada vestibularUFSC

Ações afirmativas da UFSC serão tema de debate durante seminário em Santa Maria

26/11/2012 12:25

Começa nesta terça-feira, dia 27, o Seminário Regional sobre a Política de Ações Afirmativas nos Institutos Federais de Ensino Superior, que acontece na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul. A Universidade Federal de Santa Catarina será representada por dois membros da Comissão de Ações Afirmativas (AA), o professor Marcelo Tragtenberg e a assistente social Corina Espíndola, que participarão dos debates falando sobre experiências, expectativas, acesso, permanência, aproveitamento e evasão de cotistas.
(mais…)

Tags: ações afirmativasseminário ações afirmativasUFSC

Coletivo Kurima promove seminário sobre ações afirmativas

23/11/2012 17:13

O Coletivo Kurima – Estudantes Negros e Negras da UFSC – realiza nos dias 26 e 27 de novembro, com solenidade de abertura às 8h30, no auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), o Seminário Ações Afirmativas: O que são Cotas? – Desmistificando as Ações Afirmativas e os Desafios da Permanência de Estudantes na UFSC. As inscrições são gratuitas.
(mais…)

Tags: ações afirmativasColetivo KurimaUFSC

Seminário Regional sobre a Política de Ações Afirmativas nas IFES

12/11/2012 15:13

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) sedia na terça-feira, dia 27 de novembro, o Seminário Regional sobre a Política de Ações Afirmativas nas IFES. O evento será realizado das 9h às 20h30min, no Auditório Audimax, no Centro de Educação (CE). Participam universidades federais da região Sul: UFPR, UFSC, UFSM, UFRGS. As mesas terão como tema Experiências e expectativas da adoção da política de  Ações Afirmativas nas IFES, Implementação da política de  Ações Afirmativas e  sua judicialização e Acesso e permanência dos cotistas nas IFES. O evento encerra com uma programação cultural  – a apresentação do vídeo Kujà vão na frente. 

Informações:

Tags: ações afirmativasPolítica Ações Afirmativasseminário regional

Vestibular 2013: UFSC lança edital complementar das cotas e prorroga inscrições até 6 de novembro

24/10/2012 17:26

Vídeo produzido pela TV UFSC: Vestibular 2013 UFSC – Novas Datas


A Universidade Federal de Santa Catarina divulgou nesta terça-feira, 23 de outubro, o Edital complementar que define o destino dos 30% das vagas do Vestibular 2013 que estão reservadas para as cotas. O edital também prorroga a data de inscrição dos não cotistas para o dia 6 de novembro de 2012. As provas estão mantidas para os dias 15, 16 e 17 de dezembro deste ano.

O Edital coloca em prática o Programa de Ações Afirmativas da UFSC, aprovado pelo Conselho Universitário no dia 16 de outubro, que cumpre o que determina a Lei de Cotas 12.711/2012, instituída pelo Governo Federal. Ao mesmo tempo, a resolução preserva parte do programa de ações afirmativas da UFSC, considerado avançado e positivo em relação aos seus impactos sociais.

Regulamentada no dia 15 de outubro, a Lei de Cotas 12.711/2012 garante a reserva de 50% das vagas por curso e turno nas 59 universidades federais e 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia a alunos oriundos integralmente do ensino médio público, em cursos regulares ou da educação de jovens e adultos. A lei será aplicada progressivamente nos próximos quatro anos. Segundo a lei, 12,5% das vagas de cada curso e turno já deverão ser reservadas aos cotistas nos processos seletivos para ingressantes em 2013.

A Resolução da UFSC supera o percentual exigido pela lei. Dos 30% de vagas para as cotas, 20% irão atender o que estabelece a Lei de Cotas 12.711/2012, o Decreto Presidencial 7.824/2012 e a Portaria Normativa 18/2012. A outra parcela de 10% destina-se ao Programa de Ações Afirmativas da UFSC. A reserva aplica-se a vagas em cada curso e turno.

Lei de Cotas

Dentro dos 20% das vagas da Lei de Cotas, além da condição do ensino médio em escola pública, a distribuição será divida em dois grupos, de acordo com a renda familiar bruta per capita. Metade das vagas será para estudantes com renda igual ou inferior a 1,5 salário mínimo. A outra metade destina-se a candidatos com renda superior a 1,5 salário mínimo.

Ainda no grupo dos 20%, será aplicado percentual de reserva para a população de Pretos, Pardos e Indígenas (Cota Única PPI). Para essas vagas será adotado o critério da autodeclaração. Este percentual busca refletir a distribuição da população em cada Estado, e baseia-se no último censo demográfico divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em Santa Catarina, esses três grupos correspondem a aproximadamente 16% da população: 12,5% de pardos, 2,9% de pretos e 0,14% de indígenas.

Ações Afirmativas da UFSC

Para o Programa de Ações Afirmativas (PAA) da UFSC foi destinada a parcela de 10% das cotas, que serão reservadas para candidatos negros que tenham cursado integralmente o ensino médio em escola pública. Esta é uma novidade em relação às resoluções anteriores, que exigiam que o aluno tivesse cursado todo o ensino fundamental e médio em instituições públicas. As vagas remanescentes desta categoria poderão ser preenchidas por candidatos negros, oriundos de outro percurso escolar.

Para essas cotas, a UFSC não adotará a autodeclaração, mas irá manter a exigência do Programa de Ações Afirmativas. Dessa forma, haverá a verificação no ato da matrícula, quando o candidato deverá apresentar-se à comissão institucional e assinar uma declaração de que pertence ao grupo racional negro. Os candidatos que optarem pelo Programa de Ações Afirmativas também concorrerão pela classificação geral.

De acordo com o representante da Comissão de Avaliação e Acompanhamento do PAA, Marcelo Tragtenberg, a manutenção da cota de 10% para negros tem por objetivo assegurar o acesso do grupo à Universidade. “A Lei de Cotas se baseia na autodeclaração, e pela nossa experiência de cinco anos, a autodeclaração não vai assegurar que os negros irão entrar pelas vagas reservadas para pretos, pardos e indígenas”, afirma. “É fundamental que se preservem os 10% para negros, pois isso dará a segurança de que os negros terão acesso à universidade”.

Perguntas e respostas:

:: Datas

– O prazo de inscrição para as vagas de concorrência universal do Vestibular 2013 será prorrogado?
Sim, as inscrições para todas as vagas vão até o dia 6 de novembro de 2012, tanto as das cotas quanto as da concorrência universal. O pagamento da taxa poderá ser feito até o dia 7 de novembro de 2012.

– Os pedidos de isenção do pagamento da taxa de inscrição foram prorrogados?
Sim, os pedidos de isenção via comprovação de carência socioeconômica foram prorrogados para 30 de outubro de 2012. Os candidatos devem acessar o site www.vestibular2013.ufsc.br/isencao e proceder conforme estabelecido no mesmo. A relação das isenções deferidas será divulgada no dia 06 de novembro de 2012 no site www.vestibular2013.ufsc.br

– As datas das provas do Vestibular 2013 vão ser alteradas?
Não. As datas das provas estão mantidas para os dias 15, 16 e 17 de dezembro de 2012.

:: Inscrição

 – Se eu já me inscrevi para as vagas de concorrência universal, posso transferir para as vagas de cotas?

Sim. O novo edital estabelece que os candidatos que já se inscreveram para as vagas regulares (edital dos 70% de vagas 04/COPERVE/2012) podem alterar sua inscrição, fazendo reopção por uma das modalidades previstas no Programa de Ações Afirmativas da UFSC, durante todo o período da prorrogação.

– Quais modalidades de cotas estão previstas no edital?

Os 30% de vagas destinadas ao PAA/UFSC serão distribuídas da seguinte forma:

  • 20% das vagas de cada curso/turno para atendimento da Lei 12.711/2012, assim subdivididas:
    • 10% para candidatos oriundos de famílias com renda per capita bruta de até 1,5 salário mínimo, das quais:
      a) 1,6% são destinadas a candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas;
      b) 8,4% são destinadas aos demais candidatos.
    • 10% para candidatos oriundos de famílias com renda per capita bruta maior que 1,5 salário mínimo, das quais:
      a) 1,6% são destinadas a candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas;
      b) 8,4% são destinadas aos demais candidatos.
  • 10% das vagas de cada curso/turno para candidatos autodeclarados negros que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

Além das cotas de 30%, o edital prevê 10 vagas suplementares para indígenas.

– Na hora de fazer minha inscrição, preciso especificar para qual vaga quero concorrer?
Sim. Os candidatos que desejarem concorrer às vagas destinadas ao Programa de Ações Afirmativas da UFSC deverão fazer a sua opção no ato da inscrição.

– A inscrição para os 30% das vagas anula a inscrição dos 70% ?
Se você já se inscreveu nas vagas dos 70% e deseja concorrer pelas cotas, terá que fazer a migração para as vagas de cotas. Não precisa se inscrever novamente. Se ainda não se inscreveu, você tem até 6 de novembro para fazer a inscrição.

– Se estudei em escolas particulares, posso me inscrever para as cotas?
Para as vagas da Lei 12.711/2012 (20% das vagas), o edital exige que o candidato tenha estudado todo o ensino médio em escolas públicas.

Para as cotas dos candidatos autodeclarados negros (10% das vagas), o edital prioriza aqueles que tenham estudado integralmente o ensino médio em escolas públicas. Caso existam vagas remanescentes, podem concorrer os candidatos negros que tenham autodeclarados negros que tenham estudado em escolas particulares.

Mais informações: 
– Página do Vestibular UFSC 2013

Editais e Resoluções do Vestibular UFSC 2013

– Coperve: fone (48) 3721.9200 e e-mail:

Laura Tuyama / Jornalista da Agecom / UFSC, com informações do MEC

Assista à reportagem produzida pela TV UFSC:

Tags: ações afirmativasUFSCvestibular UFSC 2013

Programa de Ações Afirmativas tem números positivos e projeta avanços

12/08/2012 11:30

Perfil dos alunos classificados no vestibular da UFSC

Se a meta era promover uma formação humana e anti-racista, que tivesse impacto nos currículos das carreiras profissionais e diminuísse os efeitos das desigualdades e discriminações socioeconômicas e étnico-raciais, o Programa de Ações Afirmativas da UFSC pode dar-se por bem-sucedido. Ainda há ajustes a fazer, eliminando, por exemplo, distorções que provocam a evasão de indígenas e dificuldades de acompanhamento do conteúdo por muitos egressos de escolas públicas, mas a instituição vem fazendo avaliações e produzindo relatórios que dão a medida dos erros e acertos e do que precisa ser melhorado no PAA – implantado em 2008 – daqui para frente.
(mais…)

Tags: ações afirmativascotasUFSC
  • Página 2 de 3
  • 1
  • 2
  • 3