Violência de gênero e saúde é tema da Semana de Combate às Fobias de Gênero

22/11/2017 16:18

As fotos penduradas na sala que antecede o Auditório da Pós-Graduação no Centro de Ciências da Saúde (CCS/UFSC) mostravam cenas borradas, repetidas, angustiantes. Sobre a mesa montada no palco que recebe até quinta-feira, 23 de novembro, a 3ª Semana de Combate às Fobias de Gênero na Saúde (SCFGS), estavam toalhas sobrepostas para formar o arco-íris símbolo do movimento de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros (LGBT).

Violências e abusos cometidos contra mulheres e comunidade LGBT foram apresentados ao público durante a abertura da SCFGS, iniciada às 18h30 de terça-feira, 21 de novembro, com a presença de gestores, estudantes, servidores e profissionais de saúde.
(mais…)

‘Aliança pela Igualdade e Diversidade’ transformará salas em espaço de acolhimento

22/11/2017 12:58

O Centro de Ciências da Saúde (CCS/UFSC) lançou durante a abertura da 3ª Semana de Combate às Fobias de Gênero na Saúde (SCFGS), nesta terça-feira, 21 de novembro, no Auditório da Pós-graduação do CCS, a iniciativa ‘Aliança pela Igualdade e Diversidade’. O objetivo da ação é fornecer adesivos aos servidores e setores interessados em apoiar e acolher pessoas que tenham passado por algum tipo de violência ou assédio.

Segundo Marcela Veiros, chefe do Departamento de Nutrição e idealizadora da iniciativa, a ação foi aprovada pelo Centro e a identificação estará disponível a partir da próxima semana aos interessados. “Temos que nos colocar no lugar do outro, ver o que está acontecendo e não fechar os olhos ou sofrer calado (a). As salas identificadas se tornarão um local de acolhimento ao estudante, aos colegas servidores, ou seja, a todos que estão passando por algum tipo de violência ou assédio. A iniciativa começa no CCS, mas a expectativa é que toda a comunidade da UFSC adote a ideia”, explica ela.

Para Rodrigo Moretti, docente no Departamento de Saúde Pública, a iniciativa visa levar o aprendizado aos estudantes para além da sala de aula. “Se não tivermos um ambiente que mostre apoio e suporte às pessoas para discutir essa temática, como os nossos estudantes vão atuar no serviço de saúde e dar esse tipo de atenção?”, questiona ele.

Para ampliar o debate sobre as questões de gênero e saúde, o Centro tem trabalhado na criação de diversas ações. Uma delas é a Semana de Combate às Fobias de Gênero na Saúde (SCFGS), realizada na UFSC pela terceira vez entre os dias 21 e 23 de novembro, e a recente aprovação da disciplina optativa ‘Gênero, Diversidade e Saúde Coletiva’, que será ministrada por Moretti e oferecida pelo Departamento de Saúde Pública a toda a comunidade universitária. “Essa temática deve ser discutida em todos os âmbitos. Temos muito a caminhar”.

Para Marcela é preciso prestar informações sobre a questão de gênero. “Só com a educação conseguiremos fazer com que as pessoas percebam e entendam o que está acontecendo e, com isso, mudem a sua postura e o seu comportamento”.

Mais

A logomarca da iniciativa ‘Aliança pela Igualdade e Diversidade’ foi criada pelo ex-aluno do curso de Ciências da Computação da UFSC, Bruno Melo.

Nicole Trevisol / Jornalista da Agecom / UFSC.

Exposição ‘Resistências Negras em Santa Catarina’ até 7 de dezembro

22/11/2017 09:20

A exposição “Resistências Negras em Santa Catarina” ocorre até 7 de dezembro no hall do Centro de Cultura e Eventos da UFSC. A mostra faz parte de uma das ações do mês da Consciência Negra do Grupo de estudos: ALTERITAS, Diferença, Arte e Educação. O objetivo é contribuir com a historia e cultura afro-catarinense, brasileira, africana, preservar a história dos movimentos negros em Santa Catarina e potencializar a implementação da Lei 10639/03 nos currículos escolares e acadêmicos.

Audiência nesta quinta sobre ‘verificação de autodeclaracao de negros e indígenas e combate a fraudes’

21/11/2017 16:45

Nesta quinta-feira, 23 de novembro, das 19h às 22h, no Auditório do Centro de Ciências da Saúde (CCS), será realizada Audiência Pública: verificação de autodeclaracao de negros e indígenas e combate a fraudes.

O evento tem como objetivo recolher sugestões sobre a forma de realizar a verificação de autodeclaracao de ingressantes por cotas pretos, pardos e indígenas e vagas suplementares para negros nos cursos de graduação da UFSC.

O evento conta com a participação do Ministério Público Federal, a UFPR, a OAB e o Conselho Estadual das Populações Afrodescendentes de Santa Catarina (CEPA/SC).

Mais informações: saad.ufsc.br

Projeto ‘Mundo Autista’ realiza evento de capacitação para profissionais de Saúde e Educação

21/11/2017 16:17

O Projeto “Mundo Autista – Incrível em Outro Espectro” é uma iniciativa dos estudantes da 8ª fase do curso de Administração da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), auxiliados pelo professor Marcos Bosquetti, e tem como objetivo a conscientização e sensibilização da população sobre as  dificuldades que pessoas autistas e suas famílias enfrentam no dia-a-dia, para o desenvolvimento de um indivíduo livre quanto para a construção de uma sociedade justa.

Projeto Mundo Autista é composto por 31 estudantes. Foto: divulgação

Para a capacitação de futuros profissionais das áreas de Saúde e Educação, o projeto irá realizar um evento no dia 30 de novembro, das 13h30 às 18h, no Auditório da Reitoria da UFSC, onde serão ministradas palestras de especialistas sobre o tema. O público-alvo são estudantes de Pedagogia, Medicina, Psicologia e Fonoaudiologia.

Palestrantes

  • Maria Rosa Machado (Neuro Infantil)
  • Gabriela Félix (Psicóloga)
  • Maria Alice Bampi (Psicopedagoga)
  • Simone Carla Echer Marchett (Fonoaudióloga)

Mais informações pelo e-mail Facebook e Página do Evento.

 

Campanha 2017: ‘A UFSC diz não à violência contra a mulher’

21/11/2017 16:15

A Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (SAAD), por meio da Coordenadoria de Diversidade Sexual e Enfrentamento da Violência de Gênero (CDGEN), promove a campanha ‘A UFSC diz não à violência contra a mulher’. Serão nove dias de ativismo desenvolvidas entre os dias 24 de novembro e 6 de dezembro. O evento busca mobilizar e conscientizar a comunidade acadêmica dos campi da UFSC sobre a necessidade de combater todo e qualquer tipo de violência contra as mulheres na comunidade interna e externa. 
(mais…)

Congresso de Inclusão do Negro Surdo destaca a importância do combate aos preconceitos

17/11/2017 19:26

Ayiu John Wuol, palestrante da Alemanha.

O VI Congresso Nacional de Inclusão Social do Negro Surdo (CNISNS), que ocorreu na UFSC entre os dias 16 e 18 de novembro, teve palestrantes internacionais, oriundos da Alemanha, França e Estados Unidos. Durante o evento, foi ressaltada a importância do combate aos diferentes tipos de preconceitos que estão presentes nos mais diversos países. Um dos destaques da programação da sexta-feira, 17 de novembro, foi a palestra de Ayiu John Wuol, negro e surdo que vive na Alemanha.

Ayiu discursou sobre as muitas diferenças que existem entre os seres humanos e a necessidade de respeitá-las: “As pessoas são todas diferentes. Ainda assim, existe ainda muito racismo, muito machismo, muita opressão, muito sofrimento. Na Alemanha, eu sou respeitado pelo que faço, mas ainda sinto preconceito, sobretudos nas palavras que geralmente são dirigidas a nós, negros, vindas na maioria das vezes de homens brancos. E não é só na Europa que existe preconceito. Também existe na África e em outros lugares.”
(mais…)

UFSC recebe 3º Simpósio Sul da Associação Brasileira de História das Religiões

16/11/2017 10:51

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) recebe nos dias 20, 21 e 22 de novembro o 3º Simpósio Sul da Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR). O tema desta edição é ‘Educação, Religião e Respeito às Diversidades’, cujo objetivo é fomentar diálogos que valorizem e dignifiquem as diversidades como elementos centrais dos processos de formação educacional e humana.
(mais…)

CCS promove 3ª Semana de Combate às Fobias de Gênero na Saúde

16/11/2017 10:18

O Centro de Ciências da Saúde (CCS/UFSC), por meio do Departamento de Saúde Pública, promove de 21 a 23 de novembro, das 18 às 22h, a 3ª Semana de Combate às Fobias de Gênero na Saúde com o tema ‘Violência de gênero e saúde’. O evento será realizado no Auditório da pós-graduação no CCS (Bloco H) e se constitui pelo envolvimento de coletivos, movimentos sociais, instituições, organizações e pessoas comprometidas com a Diversidade de Florianópolis e o objetivo é construir uma comunicação ampla entre os segmentos e as esferas de poder público e privado.
(mais…)

UFSC Araranguá realizará atividades durante o Dia de Consciência Negra

16/11/2017 09:40

A UFSC Araranguá realizará no dia 20 de novembro, durante todo o dia, atividades artísticas e culturais em alusão ao Dia da Consciência Negra. As atividades iniciam às 10 horas e se encerram às 21h30, sendo que todas ocorrerão na UFSC Araranguá (bairro Jardim das Avenidas). Para as 16h está programada a Mesa Redonda ‘Por que cotas raciais?’, que contará com as convidadas Regina Vasconcellos Antonio, professora Associada na UFSC, e Emiko Liz Ferreira, presidente da Comissão de Igualdade Racial da OAB/SC e mestranda no Núcleo Alteritas PPGE/UFSC.

(mais…)

Núcleo em Direito e Diversidades obtém decisão favorável a aluna transexual da UFSC

14/11/2017 16:30

O Núcleo de Estudos em Direito e Diversidades (NEDD) obteve decisão antecipatória de tutela, proferida pela juíza Vânia Peterman, que determina a alteração do assento de nascimento de uma aluna transexual da UFSC. Neste caso, há duas particularidades: além de ter sido proferida em sede de tutela de urgência (liminar), a mesma determina que não conste do registro de nascimento qualquer anotação anterior do nome e do sexo/gênero de nascimento, resguardando, desde logo, a intimidade, a privacidade e a dignidade da pessoa humana da assistida.

O NEDD, o Emaj e a UFSC reiteram seu compromisso em prestar assistência jurídica integral a toda a comunidade hipossuficiente, aliando a prática jurídica obrigatória à advocacia social, proporcionando aos discentes uma maior aproximação com a coletividade, preparando-os para a vida profissional.
(mais…)

UFSC sedia 6º Congresso Nacional de Inclusão Social do Negro Surdo

14/11/2017 10:45

 A UFSC vai sediar o 6º Congresso Nacional de Inclusão Social do Negro Surdo (VI CNISNS), nos dias 16, 17 e 18 de novembro, sob coordenação do professor Victor Hugo Sepulveda da Costa, do Departamento de Língua de Sinais Brasileira, do Centro de Comunicação e Expressão (CCE), e da professora Maria Auxiliadora Bezerra de Araújo, do Instituto Federal Catarinense (IFC/Sombrio).

O Congresso Nacional de Inclusão Social do Negro Surdo é um evento importante para a comunidade Negra Surda brasileira, presumindo o empoderamento de lideranças dentro da comunidade surda, afim de lutar pela legitimação dos direitos sociais, perpassando temas transversais que envolve o arcabouço histórico desta comunidade.
(mais…)

UFSC promove ‘Seminário de Línguas Indígenas do Sul da Mata Atlântica: Guarani, Kaigang e Xokleng’

13/11/2017 08:00

O curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica e o Programa de Pós-Graduação em Linguística, ambos da UFSC, irão promover I Seminário de Línguas Indígenas do Sul da Mata Atlântica: Guarani, Kaigang e Xokleng, nos dias 13 e 14 de novembro. O objetivo do Seminário é promover diálogos, debates e falas a respeito das políticas que envolvem as línguas indígenas nos cursos de Licenciatura Intercultural Indígena bem como na esfera acadêmica de uma forma geral. 

Haverá conferências, mesas-redondas e grupos de trabalho com a participação de professores e estudantes indígenas das três etnias. O encontro, que será realizado no Centro de Comunicação e Expressão (CCE) da UFSC, tem inscrições gratuitas, realizadas no local, e a participação dá direito a certificado.

Mais informações pelo Facebook.

Café (Psico) Antropológico debate gênero, sexualidade e diversidade, nesta quinta

09/11/2017 07:31

Mais uma edição do Café (Psico) Antropológico será realizada nesta quinta-feira, 16 de novembro, a partir das 16h30, na Sala Silvio Coelho dos Santos (CFH/UFSC). Para participar, basta de dirigir até o local, não é necessária a inscrição.

O tema ‘Retrocessos nas políticas de gênero, sexualidade e diversidade no Brasil: fundamentalismos na educação e nos museus’ contará com o debate de Amurabi Oliveira (Ciências Sociais/UFSC), Eduardo Bonaldi (Ciências Sociais/UFSC), Nise Jenkings (Metodologia de Ensino/UFSC) e Thainá Castro (Museo/UFSC). A coordenação será de Miriam Grossi (Antropologia/UFSC).
(mais…)

UFSC abre inscrições às vagas suplementares para negros, quilombolas e indígenas

09/11/2017 07:30

A Comissão Permanente do Vestibular (Coperve) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulgou o edital nº 8, referente às inscrições ao processo seletivo para as vagas suplementares destinadas ao grupo etnicorracial negro, relativas ao ano letivo de 2018.

Também declaram abertas as inscrições ao edital nº 9 para as vagas suplementares para indígenas e quilombolas para o ano de 2018, a todos os que concluíram ou estão em vias de concluir o Ensino Médio (curso de 2º Grau ou equivalente).

As inscrições para as vagas suplementares devem ser realizadas no período de 17 de outubro a 13 de novembro de 2017.

Mais informações estão disponíveis na página da Coperve.

 

Mês de novembro dedicado à Consciência Negra

08/11/2017 14:28

A Confraria Literária do Colégio de Aplicação da UFSC traz um mês inteiro dedicado à Consciência Negra, para celebrar a dança, a música, a voz e a cultura negra.

1º a 30 de novembro
– Exposição: Literatura Africana e Afro-brasileira – 7h – 19h
Local: Biblioteca Setorial CA/UFSC 

9 de novembro
– Café Cinematográfico: Dear White People – 16h
Local: Escola Municipal Beatriz de Souza Brito (bairro Pantanal)
(mais…)

Projeto ReHabilitar promove seminário sobre a importância da autonomia de pessoas com deficiência

27/10/2017 13:47

O programa de pós-graduação e o departamento de Enfermagem da UFSC promovem o I Seminário Internacional de Reabilitação “Dimensões do cuidado em reabilitação: Da bancada à prática clínica”. O evento tem como objetivo a reflexão e compartilhamento dos conhecimentos sobre as dimensões do cuidado em reabilitação e as diversas contribuições das áreas de pesquisa, ensino e extensão e dimensões do cuidado para a autonomia da pessoa com deficiência. O seminário ocorrerá dia 13 de novembro, das 8h às 17h, no auditório do Bloco H do Centro de Ciências da Saúde (CCS).
(mais…)

Aberto questionário sobre acessibilidade no RU para pessoas com deficiência visual

11/10/2017 16:59

Foto: Luna Mariah Zunino/Agecom/UFSC

O Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (DPAE) da UFSC, está realizando uma pesquisa para o planejamento de instalação de piso podotátil, dentro do Restaurante Universitário (RU). Por meio de um questionário, os usuários do local que possuem deficiência visual, podem explicitar suas impressões acerca da locomoção no espaço, o que servirá de auxílio na elaboração de um projeto mais adequado às necessidades de quem frequenta o ambiente.

Evandro Machado Fernandes, chefe da divisão de projetos do DPAE, ressalta a importância da participação das pessoas com deficiência visual na pesquisa. Em visita ao local, Evandro percebeu por parte dos projetistas, uma dificuldade em levantar todas as necessidades dos usuários com deficiência visual, principalmente pela falta de normativa técnica que regule a utilização do piso podotátil para um ambiente como o RU.

questionário pode ser respondido até o fim de novembro e deve ser encaminhado para o e-mail da CAE/SAAD:  . A Coordenadoria também o encaminhará por e-mail para os estudantes e servidores da UFSC.

 

Estudantes com deficiência relatam experiências no dia nacional de luta

21/09/2017 13:00

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

Nesta quinta-feira, 21 de setembro, ocorreram na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) eventos relacionados ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. A Coordenadoria de Acessibilidade Educacional (CAE), da Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (Saad), e o Conselho Regional de Psicologia (CRP) – este último com o apoio do Núcleo de Estudos sobre Deficiência e o Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGP) -, realizaram atividades referentes à data. Pela manhã, o CAE promoveu, no miniauditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), as mesas-redondas “Relato de experiência de estudantes com deficiência no ensino superior” e “Relatos sobre práticas docentes acessíveis na UFSC”.

(mais…)

Acessibilidade Educacional promove evento relativo ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

31/08/2017 08:49

No dia 21 de setembro, a Coordenadoria de Acessibilidade Educacional (CAE) da Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (Saad), realizará um evento aberto ao público relacionado ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência na UFSC.

As duas mesas-redondas serão realizadas no período da manhã, no miniauditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH). Os participantes contarão com certificado de extensão de quatro horas.

Programação

Mesa-redonda “Relato de experiência de estudantes com deficiência no ensino superior”

Horário: das 8h30 às 10h

– Ana Maria Santiago (estudante do curso de Letras – Português)

– Vinicius Schmidt (estudante de Psicologia)

– Kamila Silva (formada no curso de Pedagogia)

 

Mesa-redonda “Relatos sobre práticas docentes acessíveis na UFSC”

Horário: das 10h30 às 12h

– Sonali Paula Molin Bedin (prof.da Arquivologia)

– Maria Sylvia Cardoso carneiro (prof. de Pedagogia)

– Bruna Seron (prof. da Educação Física)

 

‘Aqui tem Diversidades’: a trajetória acadêmica de Lucimara Patté e Victoria Spinola

14/08/2017 15:38

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) carrega em sua história, além do conhecimento e formação de novos profissionais, a luta pelos direitos e o orgulho em dizer que “Aqui tem Diversidades”. Um exemplo é a trajetória acadêmica de Victoria e Lucimara, ex-alunas do curso de Direito.

A história de Victoria Spinola na Universidade começou em 2009 no curso de Psicologia, onde ainda se apresentava como do gênero masculino. Sofreu preconceito pelo comportamento, temperamento e várias outras condições que não condizia com o gênero que manifestava. Após cursar um ano de Psicologia e fazer uma matéria sobre gênero no próprio curso, resolveu apostar na área do Direito, acreditando que lá se encontraria e teria mais visibilidade. “O curso de psicologia é muito teórico e eu senti que no Direito eu ia me contemplar e me satisfazer. Então eu passei pra primeira turma e comecei o curso em 2011, no primeiro período”, completa Victoria.
(mais…)

Aula Magna da UFSC aborda protagonismo feminino e inclusão de pessoas com deficiência

10/08/2017 16:20

A advogada Dagliê Colaço (dir.), a secretária de Ações Afirmativas e Diversidades Francis Solange Vieira Tourinho (centro) e a psicóloga Walérya Carriço (esq.) na aula magna da UFSC. Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

“O acesso à educação, à saúde, ao trabalho, à vida em sociedade, não devem depender de sorte. E é por isso que momentos como hoje são tão importantes para que a sorte seja uma certeza e a inclusão uma realidade”, foi assim que, em meio aos aplausos do público, a advogada Dagliê Colaço finalizou a leitura do relato que fez parte de sua explanação sobre a “Inclusão de pessoas com deficiência” durante a aula magna da UFSC nesta quarta-feira, 9 de agosto, no auditório Garapuvu. A psicóloga Walérya Carriço, também foi palestrante e abordou de maneira dinâmica a questão da “Liderança e protagonismo feminino em tempos de inovação”. Francis Solange Vieira Tourinho, secretária de Ações Afirmativas e Diversidades (Saad), mediou a atividade.

Walérya Carriço, natural do Rio de Janeiro, é formada em Psicologia pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), com pós-graduação em psicodrama na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e MBA em Recursos Humanos pela Universidade de São Paulo (USP). É executive coach na empresa Ação Integral, trabalha na área de gestão de cultura e liderança, com atuação em oito países. Também participou do Fórum Mundial de Mulheres Negras Líderes da Unesco – Paris 2004. Trabalhou em fusões de grandes grupos empresariais, como a que ligou Casas Bahia e Ponto Frio.

Dagliê Colaço, natural de Lages, é formada em Direito pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), com pós-graduação em Direito Administrativo pela Rede LFG em parceria com a Universidade Anhanguera. É professora de Direito e Legislação no curso técnico de Transações Imobiliárias do Centro de Educação Profissional Jorge Lacerda, criadora do projeto Meu Direito onde trabalha matérias de direito no ensino fundamental, médio e ensino de jovens e adultos, nas escolas públicas. Dagliê é vice-presidente da comissão dos direitos da pessoa com deficiência na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Santa Catarina.
(mais…)

Diversidade sexual e violência de gênero são tema de intervenção na UFSC Blumenau

29/06/2017 13:31

Foto: estudantes do projeto

A sexualidade por si só é um tabu e a violência em torno dela é cercada de ainda maior constrangimento e silêncio, sendo raros os espaços voltados ao debate sobre o seu impacto. As questões sobre o tema estão permeadas e intrinsecamente relacionadas aos direitos humanos, tornando fundamental a discussão sobre as naturalizações e prescrições sociais que oprimem, controlam, cerceiam e impedem a manifestação das singularidades, assim abrindo precedentes para o sexismo, a GLBTIfobia e uma infinidade de violências que atravessam as relações de gênero.

No dia 26 de junho, em alusão ao “Dia dos Namorados”, data a qual ainda deixa seus rastros comerciais nas vitrines das cidades brasileiras, e a dois dias da celebração do Dia Internacional do Orgulho LGBTI (28/6), foi realizada uma intervenção, no auditório da UFSC Blumenau, voltada à problematização de duas modalidades de violação de direitos atreladas ao campo da afetividade: os relacionamentos abusivos e a LGBTIfobia.
(mais…)

Exposição ‘Rendas de Bilro – coleção MArquE’ acessível para pessoas com deficiência

27/06/2017 12:25

A exposição Rendas de Bilro – Coleção Museu de Arqueologia e Etnologia (MArquE) da UFSC, baseada na percepção da delicadeza da renda, da dificuldade do ponto e da habilidade necessária para a sua confecção, segue até o dia 20 de julho. O evento tem entrada franca e conta com acessibilidade para pessoas com deficiência.

O objetivo da exposição, segundo a curadora Vanilde Ghizoni, é apresentar parte das coleções de rendas de bilro que o Museu possui, “para que a universidade saiba, conheça ou volte a ter contato com o acervo”. Lucas Figueiredo Lopes, que também é curador, ressalta a prática das rendeiras pelo seu valor estético, como objeto artístico e uma cultura de resistência. Também diz que “hoje tem alguns grupos que mantêm essa prática ativa, mas pela questão da modernização e urbanização da cidade, ela sempre está em risco de se perder”, e salienta a importância do acervo para perpetuar a

A exposição conta com reproduções acessíveis das rendas em papel

cultura, tendo em vista que já foi consultado como forma de resgate do aprendizado de pontos que já não eram mais transmitidos de geração para geração.
(mais…)

  • Página 1 de 3
  • 1
  • 2
  • 3