UFSC Araranguá vive dia histórico com primeira formatura de Medicina

19/07/2024 08:58

Jean é o primeiro médico da família. Filho de trabalhadora doméstica e membro da primeira turma de Medicina da UFSC Araranguá

Aos 41 anos, filho de mãe trabalhadora doméstica e de pai trabalhador da construção civil, Jean Murilo Patricio da Assunção tem muitas conquistas para celebrar: seu segundo diploma e um marco histórico – ele faz parte da primeira turma formada em Medicina na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Araranguá, no sul do Estado. Nesta sexta-feira, 19 de julho, 46 novos médicos receberão seus diplomas em uma solenidade histórica, que reunirá autoridades da UFSC e da região. Destes, 25 ingressaram por políticas de ações afirmativas. O evento ocorrerá às 19h, no Espaço Multiuso de Araranguá.

“Fazer Medicina na UFSC em Araranguá era a minha única opção. Teria que ser uma faculdade pública e tinha que ser em Araranguá, onde eu moro, porque eu sou de família pobre, minha mãe é faxineira, meu pai é pedreiro”, conta ele, que perdeu o pai ainda criança e foi sustentado pela renda da mãe. O sonho da Medicina começou a ser realizado depois de cinco anos de cursinho, quando inclusive já era enfermeiro. “A vinda do curso de para Araranguá proporcionou que eu conseguisse”.

Mesmo aprovado em uma faculdade privada, Jean conta que nem uma bolsa integral na faculdade particular mais próxima garantiria sua possibilidade de realizar o sonho, já que ele acumularia despesas com deslocamento e outros gastos. “Com muito aperto acabei conseguindo fazer o curso aqui por ser de Araranguá”, comemora. “Eu sou o primeiro médico da minha família e eu sou o primeiro médico do meu círculo de amizades mais próximo, porque a Medicina era uma coisa mais distante”, diz.

O curso de Medicina da UFSC Araranguá foi criado em 14 de junho de 2017, com o ingresso da primeira turma no segundo semestre de 2018. Seu egresso deve ser um médico com formação geral, humanista, crítica, reflexiva e com ética.
(mais…)

Tags: formatura campus AraranguáMais Médicosmedicinaprimeira turma de MedicinaUFSC Araranguá

Curitibanos terá curso de Medicina da UFSC com expectativa de abertura de 30 vagas

18/01/2024 12:04

Campus de Curitibanos da UFSC. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

*Esta matéria foi atualizada em 19/01/2024, às 13h04, para retirar a informação da possível visita do ministro da Educação, Camilo Santana, a Santa Catarina. A viagem foi adiada ainda sem data.

O Ministério da Educação (MEC) confirmou nesta quarta-feira, 17 de janeiro, que irá autorizar a criação do curso de Medicina do Campus de Curitibanos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O anúncio atende a uma reivindicação de mais de 10 anos da comunidade local, registrada em 2013 em audiência pública. A Administração Central da UFSC espera incluir as vagas para essa nova Graduação no próximo processo seletivo da Universidade, provavelmente no segundo semestre de 2024. Inicialmente, devem ser oferecidas 30 vagas para estudantes de Medicina em Curitibanos.

“É um sonho para a região, uma reivindicação de muitos anos da comunidade. E a intenção do Governo Federal é expandir cursos de Medicina pelo país. Esse de Curitibanos será ótimo para a UFSC também”, comenta o reitor da Universidade, Irineu Manoel de Souza. De acordo com o reitor, já está garantida parte do quadro de docentes para o início do curso. Devem ocorrer ainda mais nomeações e a abertura de concursos no início deste ano, conforme o diretor do Campus de Curitibanos, Juliano Gil Nunes Wendt.

“É uma conquista e uma realização, não só para o Campus de Curitibanos e para a UFSC, mas para toda uma região. A gente entende que, com a vinda desse curso, além dos já oferecidos, a UFSC demonstra para toda a sociedade o seu comprometimento com a interiorização de um estudo público, gratuito e de qualidade”, avalia Juliano.

As próximas medidas, antes da oferta efetiva das aulas, serão, entre outras, a reserva de espaço físico para salas de aula e laboratórios. Ainda não está confirmada a utilização do novo prédio, chamado de CBS 02, ainda em obras. Além disso, de acordo com o reitor da UFSC, serão consideradas as necessidades de servidores Técnico-Administrativos em Educação (TAE). Um pacto anterior entre a UFSC e o MEC previa a liberação de 30 vagas para TAEs e 60 vagas para docentes. Dessas últimas, já haviam sido liberadas 20 vagas para implantação do curso.

Primeiros passos foram dados em 2013

(mais…)

Tags: área da saúdeCampus de Curitibanosdistribuição de ingressosestudanteingressoMECmedicinaMedicina Curitibanosnovos cursosnovos cursos UFSCUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Abril Indígena: a médica do povo Kaingang que, ainda estudante, salvou a vida do irmão

29/04/2023 10:00

Foto: acervo pessoal

Depois de ouvir de um paciente que não seria “cobaia de índio”, Aniéli Belino, indígena do povo Kaingang, buscou na família e na fé a força que faltava para concluir o Curso de Medicina na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Graduada no início de dezembro de 2022, a recém-formada relembra as dificuldades, as conquistas e o apoio que recebeu ao longo de sua vida acadêmica, que fez toda a diferença quando salvou a vida do próprio irmão, vítima de um acidente de carro. O exemplo de Aniéli, ou Di, como é conhecida, está neste perfil escrito pelo estudante Jucelino Filho, do Curso de Jornalismo da UFSC.

Coração gentil: Aniéli Belino, médica por paixão

Foi depois de uma cantiga que falava de paixões e limitações que se deu início à entrevista com Aniéli. De pés no chão, em meio a um gramado que mais parecia um bosque, localizado no coração da UFSC, em Florianópolis, ela começa a contar a sua história de vida. Aniéli Belino é indígena do povo Kaingang e viveu a maior parte da sua vida na Terra Indígena Xapecó, na cidade de Ipuaçu, em Santa Catarina. Aos 10 anos, já sonhava em ser independente e trabalhava muito para comprar seus doces.

Desde muito pequena, suas conquistas foram com seu próprio dinheiro. Ela ajudava sua avó cuidando da horta e fazendo faxina. Tudo isso deixava as suas mãos ásperas e calejadas, mas ela nem se dava conta. Só foi perceber quando, mais tarde, passou por uma avaliação de um médico.

(mais…)

Tags: indígenaKaingángmedicinaMedicina UFSCperfilperfil do estudanteUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Evento online discute uso do ChatGPT na Medicina

14/04/2023 17:38

O projeto de extensão MEDhub UFSC – Inovação Generativa e Empreendedorismo Social aplicado ao Setor da Saúde promove o workshop online Desafios e oportunidades do ChatGPT na Medicina: melhorando habilidades clínicas na era digital na próxima terça-feira, 18 de abril, às 19h30. A proposta é discutir potencialidades e limitações do uso de ferramentas de inteligência artificial no ensino e na pesquisa. Os interessados devem realizar a inscrição neste link até 17 de abril. Os participantes terão direito a certificado.

Conheça os palestrantes:

  • Eric Aislan Antonelo é professor da disciplina de Inteligência Artificial do Departamento de Automação e Sistemas;
  • Fábio Luis Baldissera é estudante de Medicina e ex-professor do Curso de Engenharia de Controle e Automação.
  • Ari Ojeda Ocampo Moré é docente da disciplina de Raciocínio Clínico do Departamento de Clínica Médica e coordenador do MedHub UFSC.

Mais informações no perfil do MEDhub no Instagram.

Tags: ChatGPTinteligência artificialmedicinaUFSC

UFSC na mídia: reitor fala da criação do Curso de Medicina em Curitibanos

08/03/2023 17:07

O reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Irineu Manoel de Souza, anunciou em entrevista na terça-feira, 28 de fevereiro, para a jornalista Dagmara Spautz, no telejornal Bom Dia Santa Catarina, a retomada de obras na Universidade. Após conversas com o Ministério da Educação, o reitor fala na expectativa de 15 obras para serem iniciadas ou retomadas, entre elas, uma no Centro de Ciências Físicas e Matemáticas (CFM) e a construção da Moradia Indígena. O reitor aponta ainda o andamento do processo de criação do Curso de Medicina no Campus de Curitibanos.

Assista ao comentário completo da jornalista neste link.

Tags: Campus de CuritibanosensinomedicinaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Projeto de extensão da UFSC leva formação sobre primeiros socorros a creche de Florianópolis

15/08/2022 10:00

Formação sobre emergências pediátricas no Neim Morro do Horário, em Florianópolis. (Foto: Divulgação/PMF)

O projeto de extensão da UFSC, Estentendo o Processo Ensino-Aprendizagem para a Comunidade – Emergências na Infância, iniciado em 2021, já capacitou o corpo docente de duas creches públicas e se prepara para levar o conhecimento sobre primeiros socorros com crianças para outras unidades escolares interessadas. A temática é focada nas principais emergências pediátricas, como engasgo, parada cardiorrespiratória, prevenção de lesões, além do tema do desfralde.

A coordenadora do projeto, professora do Departamento de Pediatria, Renata Tommazzoni, destaca que a ideia para o projeto surgiu durante uma aula para estudantes da nona fase do curso de Medicina da UFSC, na qual se trabalhou com simulações de parada cardiorrespiratória (PCR) na infância e manobras de desengasgo. “Uma aluna, após receber a capacitação, sentiu a necessidade que os professores da escola de sua filha também fossem capazes de realizar as manobras. A partir daí surgiu a ideia de realizarmos um projeto de extensão que envolvesse os alunos e professores do curso, na capacitação das professoras das creches e escolas infantis em temas de urgência e emergência. Os alunos de Medicina, sob supervisão dos professores de Pediatria, que ajudam a capacitar os professores das escolas infantis”, explica a professora.

Em julho ocorreu a capacitação de docentes no Núcleo de Educação Infantil Municipal (Neim) Morro do Horácio, em Florianópolis, que voltará a receber em setembro, e o projeto também já foi realizado no Centro de Educação Infantil da Associação dos Servidores do Hospital Universitário (ASHU). As próximas escolas a receber o projeto serão o Neim Celso Ramos e o Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI).

“Entramos em contato com a prefeitura de Florianópolis para ser disponibilizado para as escolas da rede e ela prontamente nos apoiou. Gostaríamos que mais escolas tivessem o interesse em participar”, salienta a professora Renata.
(mais…)

Tags: CCSengasgoextensãomedicinaPediatriaPrefeitura Municipal de FlorianópolisPROEXUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Medicina Araranguá oferece 20 vagas para professores em concurso com inscrições abertas

13/04/2022 11:56

O Departamento de Desenvolvimento de Pessoas (DDP) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunica a abertura de concurso público para o cargo de professor, para o curso de Medicina do Campus de Araranguá, por meio do Edital nº 038/2022/DDP.

> Clique AQUI para acessar a íntegra do edital

As inscrições poderão ser efetuadas entre 14h do dia 4 de abril de 2022 e 23h59min do dia 19 de abril de 2022, na página do concurso.

Mais informações no endereço http://038ddp2022.concursos.ufsc.br/.

Tags: AraranguáconcursomedicinaUFSC Araranguá

UFSC Araranguá abre concurso para professor do curso de Medicina

25/03/2022 17:39

O Departamento de Desenvolvimento de Pessoas (DDP) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunica a abertura de concurso público para o cargo de professor, para o curso de Medicina do Campus de Araranguá, por meio do Edital nº 038/2022/DDP.

> Clique AQUI para acessar a íntegra do edital

As inscrições poderão ser efetuadas entre 14h do dia 4 de abril de 2022 e 23h59min do dia 19 de abril de 2022, na página do concurso.

Mais informações no endereço http://038ddp2022.concursos.ufsc.br/.

Tags: AraranguáconcursomedicinaUFSCUFSC AraranguáUniversidade Federal de Santa Catarina

Nota de pesar: falece a professora aposentada Maria Helena Lopes Silva

11/01/2022 19:28

No último dia 2 de janeiro de 2022 faleceu a professora Maria Helena Lopes Silva, aposentada do departamento de Pediatria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Maria Helena foi a primeira professora de Cardiologia Pediátrica da universidade e deu aulas na UFSC de 1974 até 1997, quando se aposentou. A docente tinha 78 anos e faleceu em decorrência de um câncer.
(mais…)

Tags: falecimentoMaria Helena Lopes SilvamedicinaNota de pesarPediatriaUFSC

UFSC na mídia: reportagem aborda a formação dos médicos na Universidade

18/10/2021 18:46

Em homenagem ao Dia do Médico, comemorado nesta segunda-feira, 18 de outubro, o jornal Notícias do Dia publicou a reportagem A formação dos médicos em SC. O jornalista Nícolas Horácio entrevistou alunos e professores dos cursos de medicina da Grande Florianópolis.

Os estudantes da UFSC Caique Ternes e Helena Hughes falaram sobre a estrutura e o funcionamento do curso. Helena também deixou um conselho para os interessados na área: “Seja sincero consigo mesmo, a partir das suas motivações! Vejo muita gente que procura a medicina por dinheiro. Outras profissões pagam melhor, então, pense em qualidade de vida e se realmente quer isso, porque o curso exige muito. E, se é isso mesmo que você quer, seja bem-vindo, porque vale a pena”.

Já a professora Ana Curi Hallal, nome da turma que se forma em dezembro de 2021, além de abordar as transformações no currículo do curso, que tem a atenção básica em saúde como ponto estruturante, falou também sobre a importância do Hospital Universitário (HU) para a formação dos estudantes e sobre o desafio de preparar médicos para lidar com pandemias: “Ficou claro que as universidades precisam prestar atenção nas doenças mais frequentes que ocorrem na população e preparar os profissionais para o enfrentamento de doenças que têm potencial de se transformar em epidemias ou pandemias”. 

Confira a reportagem na íntegra (em pdf).

Tags: curso de medicinaJornal Notícias do DiamedicinaUFSCUFSC na mídiaUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC prorroga inscrições de concurso para professor de Medicina em Araranguá

14/10/2021 11:32

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) publicou nesta quinta-feira (14) o Edital nº 083/2021/DDP, que prorroga até 29 de outubro o prazo para inscrições no concurso público para professores do curso de Medicina do Campus de Araranguá (Edital nº 069/2021/DDP). 

São ofertadas sete vagas para diversas áreas do conhecimento, com carga horária de 20 horas ou dedicação exclusiva. O edital e demais informações estão disponíveis na página do concurso.

Tags: Campus Araranguáconcurso públicomedicinaMedicina AraranguáUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Concurso para professor do curso de Medicina em Araranguá tem sete vagas; inscrições estão abertas

14/09/2021 08:07

O concurso público para professor do curso de Medicina em Araranguá tem sete vagas disponíveis, segundo informa o Departamento de Desenvolvimento de Pessoas (DDP) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio do Edital nº 069/2021/DDP. As inscrições devem ser feitas entre 14 de setembro14 de outubro pelo site. As vagas são para diversas áreas do conhecimento, com carga horária de 20 horas ou dedicação exclusiva.

> Confira a íntegra do edital

 É possível solicitar isenção da taxa de pagamento, basta preencher o requerimento individual, que estará disponível no site, na opção do menu Isenção e solicitar o pedido até o dia 4 de outubro.

O DDP publicará no site, na opção Cronograma de Provas, o edital complementar com o cronograma das provas para cada área de conhecimento, contendo as informações sobre locais, dias e horários de todas as atividades do concurso. O prazo de validade do concurso será de 2 (dois) anos, contado a partir da data de publicação da portaria de homologação do resultado final no DOU, podendo ser prorrogado por igual período, a pedido do chefe do DCS.

Tags: concurso públicoEdital nº 069/2021/DDPmedicinaUFSC Araranguá

UFSC abre concurso público para professores no curso de Medicina do Campus de Araranguá

03/09/2021 11:50

O Departamento de Desenvolvimento de Pessoas (DDP) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) informa, por meio do Edital nº 069/2021/DDP, a abertura de concurso público para o cargo de professor da carreira do Magistério Superior, com sete vagas, para o curso de Medicina do Campus de Araranguá da UFSC.

> Confira a íntegra do edital

As inscrições devem ser feitas entre 14 de setembro14 de outubro pelo site. É possível solicitar isenção da taxa de pagamento, basta preencher o requerimento individual, que estará disponível no site, na opção do menu Isenção e solicitar o pedido até o dia 4 de outubro.

O DDP publicará no site, na opção Cronograma de Provas, o edital complementar com o cronograma das provas para cada área de conhecimento, contendo as informações sobre locais, dias e horários de todas as atividades do concurso. O prazo de validade do concurso será de 2 (dois) anos, contado a partir da data de publicação da portaria de homologação do resultado final no DOU, podendo ser prorrogado por igual período, a pedido do chefe do DCS.

Tags: AraranguáCarreira do Magistério Superiorconcurso públicomedicinaUFSC

Pesquisa da UFSC sugere a efetividade de ações públicas na prevenção de cânceres relacionados às vias aéreas

29/06/2021 10:42

Uma pesquisa realizada por estudantes dos cursos de Fonoaudiologia, Medicina e Fisioterapia da Universidade Federal de Santa Catarina sugere que a estabilidade de casos de cânceres de pulmão, traqueia e brônquios, entre 2009 e 2013, pode estar relacionada à efetividade de ações realizadas na atenção primária, advindas da implementação de políticas públicas de promoção e prevenção da saúde. “As propostas do Programa Nacional de Controle do Tabagismo tiveram ampla adesão de distintas esferas, o que tem impactado em ações voltadas tanto ao tratamento do tabagismo na atenção básica quanto em medidas para a demanda e a oferta de produtos do tabaco, e, consequentemente, impactando na redução da exposição passiva a este agressor”, explica a professora do departamento de Fonoaudiologia, Karina Mary de Paiva, sobre a diminuição dos índices de cânceres associados ao consumo de tabaco.

 

A incidência de câncer de pulmão, traqueia e brônquios nas regiões brasileiras, 2002-2013.

 

Segundo o estudo, o câncer é uma doença multifatorial, dependente de fatores intrínsecos e não modificáveis, como a genética, e fatores extrínsecos e modificáveis, como hábitos individuais que promovam a qualidade de vida. “As ações de promoção e prevenção da saúde devem ser direcionadas aos fatores modificáveis, como forma de conscientizar a população quanto à importância da adoção de hábitos saudáveis e mudanças no estilo de vida para a redução da incidência do câncer. Reitera-se a importância das ações na atenção básica voltadas à prática de atividade física,  alimentação saudável e controle do tabagismo, por meio de grupos de promoção da saúde em unidades de saúde. Além disso, vale destacar a importância das academias ao ar livre, e neste sentido, ressalta-se que a atenção primária em Florianópolis é uma das melhores no nosso país”, acrescenta a professora.

Apesar da estabilidade, a região Sul, neste mesmo período, registrou os maiores índices de incidência de cânceres relacionados às vias aéreas e manteve, entre 2002 e 2013, uma média maior que a nacional, com destaque para a maior ocorrência no sexo masculino comparado ao feminino. O estudo, publicado na revista Saúde e Pesquisa, buscou elucidar a relação entre a incidência de câncer nas regiões brasileiras com a implementação de políticas públicas àquela época, destacando a importância de se promover ações preventivas com foco na redução dos índices desta doença, por meio, principalmente, do diagnóstico precoce e da atenção básica à saúde. O grupo também analisou as taxas de incidência de câncer de esôfago, estômago, cólon, reto, ânus, próstata, lábio, cavidade oral, melanoma maligno da pele e outras neoplasias malignas de pele.

A região Sul apresentou os maiores índices de incidência para o cânceres de esôfago, estômago, próstata, lábio e cavidade oral, melanoma de pele e outras neoplasias malignas de pele, quando comparada às outras regiões do País. As outras neoplasias malignas de pele foram consideradas as principais causas de câncer no estudo, tendo os valores mais altos e em ambos os sexos. A partir de 2003, o Sul apresentou uma elevação nas taxas dessa doença, com aumento final de 139,0%, ficando acima da média nacional de 112% no período analisado.

Estudo traz dados detalhados sobre incidência de câncer no País

O câncer de esôfago obteve aumento de 21,1% e, posteriormente, apresentou uma tendência de declínio, chegando a 20,3% em 2013 e ficando acima da média nacional (10,9%). O câncer de estômago também apresentou índices maiores que a média nacional (23,2%), com aumento de 29,9%. Já o câncer de lábio e cavidade oral também obteve valores acima da média nacional (14,1%), no Sul, com aumento de 19,9%. No caso dos melanomas de pele, houve um aumento de 10,6% na região, apresentando taxas superiores à média nacional (5,6%). Os valores de incidência dessas doenças foram maiores para o sexo masculino em relação ao feminino.

No caso de cânceres relacionados ao sexo, o de próstata apresentou crescimento do índice em todo período analisado, terminando com o dobro dos valores  iniciais. A região Sul também ficou acima da média nacional (48,8%), com aumento de 58,5%. O Sul ficou em segundo lugar para os índices de câncer de mama feminina, com aumento de 58,7%, ficando atrás apenas da região sudeste (68,7%), ambas acima da média nacional (49,2%). Esta doença obteve elevação nos índices em todas as regiões brasileiras. O câncer de colo uterino também apresentou aumento na região (22,2%), ficando abaixo apenas da região Centro-Oeste (24,7%).

Os cânceres relacionados às porções finais do trato gastrointestinal (cólon, reto e ânus) obtiveram aumentos expressivos nos índices em toda análise, ficando abaixo, nos dados finais, apenas do câncer de mama em mulheres, de próstata em homens e “outras neoplasias de  pele” em ambos. Destaca-se o rápido aumento na região Sul, praticamente dobrando seus valores entre os anos de 2003 (21,6%) e 2005 (43,5%).

Apesar da mobilização em prol do diagnóstico precoce, com campanhas como o Outubro Rosa contra o câncer de mama e o Novembro Azul contra o de próstata, a professora Karina Mary de Paiva explica que há uma grande tendência de procura por serviços de saúde na presença de agravos e doenças, o que compromete o sucesso do tratamento em função da evolução do quadro clínico.

O estudo foi realizado de maneira transversal retrospectivo com dados obtidos no Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus) e do Instituto Nacional do Câncer (Inca). A coleta de dados ocorreu entre novembro de 2017 e março de 2018. “É de suma importância considerar as diferenças entre as regiões brasileiras no planejamento de ações, com foco no atendimento oncológico, considerando a descentralização dessas ações para garantir sua efetividade”, expressam os autores.

Para conferir o artigo Incidência de câncer nas regiões brasileiras e suas associações às Políticas de Saúde na íntegra, clique aqui

 

Luana Consoli/Estagiária de Jornalismo da Agecom/UFSC

Tags: Câncer nas vias aéreasCâncer no BrasilfisioterapiaFonoaudiologiamedicinaPesquisadores da UFSC

Campus Araranguá lança site com dados relativos a internações por Covid-19

08/06/2021 08:18

A Escola de Saúde Coletiva, do Campus de Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), lançou o projeto Sala de Situação em Saúde (saladesituacaoufsc.com.br), que tem por finalidade a caracterização da situação de saúde da população brasileira segundo as hospitalizações por Covid-19. Iniciativa desenvolvida em conjunto com a Pró-Reitoria de Extensão (Proex), o site/espaço virtual apresenta informações relativas a internações pela doença.

No site é possível encontrar abas com dados sobre as internações no Brasil dividas por estados, faixas etárias, raça/cor, entre outras. Ainda há informações específicas sobre a região da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc), catalogadas nas mesmas categorias. No espaço também é possível encontrar arquivos como boletins epidemiológicos e estudos com artigos mostrando evidências científicas sobre diversos temas relacionados à pandemia.

O docente do Departamento de Ciências da Saúde da UFSC Araranguá Roger Flores Ceccon conta um pouco a respeito dos benefícios da nova plataforma. “A sala de situação se configura como um observatório, um espaço de inteligência estratégica, de vigilância em saúde e de ensino em epidemiologia. A sala possibilitará uma compreensão da magnitude da pandemia na determinada semana epidemiológica, subsídios para tomadas de decisão dos gestores e redução das taxas de incidência e mortes relacionadas pela doença”. Os dados são analisados a todo momento e publicados semanalmente na plataforma.

> Acesse em saladesituacaoufsc.com.br

Tags: Campus AraranguácoronavírusCovid-19Escola de Saúde Coletivaextensão coronavírusmedicinaPROEX

UFSC na mídia: professor de Medicina fala sobre Alzheimer em mês de conscientização

08/09/2020 09:19

O mês de setembro é marcado pela conscientização sobre a doença de Alzheimer. Um reportagem produzida pela emissora NDTV e veiculada no último sábado, 5 de setembro, abordou uma série de palestras gratuitas que será realizada em Florianópolis, com especialistas da área médica, para debater o assunto.

Na matéria o neurologista Ylmar Correa Neto, professor do Departamento de Clínica Médica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), explica as características da enfermidade. O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa progressiva que se manifesta apresentando deterioração cognitiva e da memória de curto prazo e uma variedade de sintomas neuropsiquiátricos e de alterações comportamentais que se agravam ao longo do tempo.

> Clique AQUI para assistir à reportagem na íntegra

Tags: alzheimermedicinasetembro roxoUFSCUFSC na mídia

UFSC na mídia: Medicina de SC de luto com falecimento do pediatra Álvaro José de Oliveira

18/08/2020 09:12

Faleceu no último fim de semana, em Florianópolis, o médico pediatra Álvaro José de Oliveira, profissional que durante décadas prestou assistência a milhares de crianças nascidas no Estado. O jornalista Moacir Pereira publicou sua coluna, no Notícias do Dia, um texto de um amigo do médico, o professor e também pediatra Nelson Grisard. A homenagem traz o currículo de Álvaro, que graduou-se em medicina na Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 1962 e concluiu a residência médica em pediatria no Hospital das Clinicas da mesma Universidade.

Veio em seguida para Florianópolis a convite do professor Miguel Salles Cavalcanti para atuar no Hospital Infantil Edith Gama Ramos (então anexo à Maternidade Carmela Dutra) e no Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFSC, que então iniciava suas funções. Em um concurso na UFSC, obteve o grau de Livre-Docente Doutor em Ciências, defendendo tese sobre “a estimulação precoce de crianças desnutridas”. Em neuropediatria foi muito ligado ao Instituto Interamericano del Niño, de Montevideo, Uruguai. Dirigiu ainda o Serviço de Pediatria do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU/UFSC).

> Clique AQUI para ler a íntegra do texto

Tags: medicinaUFSCUFSC na mídia

Webinário aborda a dislipidemia em crianças e adolescentes

05/08/2020 09:57

Três professoras da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) palestram neste sábado, 8 de agosto, no webinário Atualização em Dislipidemia na Criança e no Adolescente. Promovido pelo Departamento de Cardiopatias Congênitas e Cardiologia Pediátrica (DCC/CP) da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), o evento tem início às 10h e será transmitido pela plataforma WebinarJam. As inscrições devem ser feitas pelo site Makadu.live.

A situação atual da dislipidemia na infância no brasil e o tratamento medicamentoso serão abordados por Isabela de Carlos Back, professora aposentada do Departamento de Pediatria e do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da UFSC e presidente do Grupo de Estudos de Prevenção do DCC/CP. Marilza Leal Nascimento, professora do Departamento de Pediatria da UFSC e preceptora da Residência Médica em Endocrinologia Pediátrica do Hospital Infantil Joana de Gusmão, falará sobre prevenção e diagnóstico da dislipidemia na infância. Por fim, o tratamento não medicamentoso é tema da palestra de Yara Maria Franco Moreno, professora do Departamento de Nutrição da UFSC.

A moderação será feita por Verônica Câmara dos Santos, médica cardiologista pediátrica e ecocardiografista, coordenadora do Comitê de Cardio-Oncologia da Sociedade Brasileira Oncologia Pediátrica e membro do Grupo Interamericano de Cardio-Oncologia Pediátrica da Sociedade Interamericana de Cardiologia. O evento tem apoio do Departamento de Endocrinologia Pediátrica da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Tags: DislipidemiaslivemedicinanutriçãoPediatriaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Formatura on-line de novos médicos é solenidade inédita na UFSC

24/04/2020 16:43

Membros da mesa (virtual) incluindo autoridades da Universidade e homenageados da centésima turma de formandos de Medicina da UFSC.

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizou nesta sexta-feira, 24 de abril, uma inédita solenidade de formatura para a centésima turma do curso de Medicina. Os 46 estudantes que aceitaram antecipar sua formatura receberam a outorga de grau de médico em uma videoconferência, que foi transmitida ao vivo pela internet. Com a antecipação da formatura, em poucos dias os formados poderão se habilitar para atuar profissionalmente no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

Quando a solenidade começou, pouco depois das 10 horas, cerca de 650 pessoas estavam assistindo à transmissão – durante a sessão, o público chegou a mais de 860 pessoas – e já havia dezenas de mensagens de familiares e amigos parabenizando os formandos. Antes do início formal, o público pode acompanhar um vídeo que alternava fotos de infância com fotos atuais dos novos médicos.
(mais…)

Tags: CCScoronavírusformaturamedicinaUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaVideoconferência

Professora do departamento de Medicina da UFSC explica como cuidar de doentes com Covid-19

24/04/2020 09:01

A professora do departamento de Medicina  da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Regina Valim, médica infectologista, orienta sobre as especificidades dos cuidados com as pessoas infectadas ou com suspeita de estarem contaminadas pelo novo Coronavírus. “A recomendação é que essas pessoas permaneçam, no domicílio, isoladas dos outros membros da família”, explicou Regina. “Todo seu lixo produzido necessita ser acondicionado de forma diferente e deve-se manter o ambiente em que a pessoa está higienizado de forma efetiva”, completou.

Foto: Nick Karvounis/Unsplash

Para a médica infectologista, todos os idosos (pessoas acima de 60 anos) e as pessoas que não exerçam serviço essencial e possam fazer home-office devem ficar preferencialmente em isolamento. Em alguns casos, o isolamento precisa ser ainda mais restritivo. Se o indivíduo constatar algum sintoma respiratório, febre, dor de cabeça, tosse, espirro ou coriza, deve ficar em isolado dentro da residência. “A pessoa que está sintomática tem que ficar restrita no seu quarto tendo acesso a um banheiro privativo. Não pode ficar circulando pela casa, pois irá colocar os outros membros da família em risco”, orientou.

Regina Valim esclarece que caso o doente não seja apto a cuidar de si mesmo, quem cuidar dessa pessoa deve se paramentar, ou seja, usar máscara, luva, uma roupa que funcione como um avental, como uma barreira, que depois ela tire e coloque pra lavar (veja as orientações da Organização Mundial de Saúde no quadro abaixo).
(mais…)

Tags: coronavírusCovid-19infectologistaisolamento socialmedicinaUFSC

Semana Acadêmica de Medicina da UFSC recebe inscrições até 14 de agosto

12/08/2019 09:42

A V Semana Acadêmica de Medicina (Samed) da UFSC está com inscrições abertas até 14 de agosto. O evento ocorre de 19 a 21 de agosto e interessados em participar podem acessar o formulário on-line.

A Samed visa proporcionar um espaço para promoção e difusão de conhecimento no meio acadêmico através da pesquisa e ensino, da incorporação de evidências à prática clínica e da divulgação de trabalhos de pesquisa realizados por estudantes durante a graduação. 

O evento é uma realização do Centro Acadêmico Livre de Medicina (Calimed), com a colaboração de acadêmicos de diversas fases do curso e das Ligas Acadêmicas, sob orientação do professor Edelton Flávio Morato.

Mais informações na página da semana acadêmica.

Tags: medicinaSAMEDSemana AcadêmicaSemana Acadêmica de MedicinaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Vestibular UFSC/2019-2: último dia de inscrições para Medicina em Araranguá

29/05/2019 16:47

Terminam nesta quarta-feira, dia 29 de maio, as inscrições para o Vestibular UFSC/2019-2. Entre as 24 opções de cursos, um dos destaques é o curso de Medicina, no campus Araranguá. As inscrições devem ser realizadas via internet, no valor de R$ 135 para todos os cursos. O Edital, a Agenda do Vestibular, as provas anteriores e mais informações podem ser conferidos no site www.vestibular20192.ufsc.br.

Assista à reportagem da TV UFSC sobre o curso de Medicina em Araranguá:

Tags: medicinaTV UFSCUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaVestibular UFSC/2019-2

Vestibular UFSC 2019/2: inscrições encerram dia 29

29/05/2019 16:23

A UFSC, por meio da Comissão Permanente do Vestibular (Coperve), está com inscrições abertas para o Vestibular UFSC 2019-2. A instituição oferece 565 vagas em 24 opções de cursos, nas quais constam Medicina no campus Araranguá, Bacharelado em Química em Blumenau, e vagas remanescentes do Vestibular UFSC/2019. O Edital, que concentra todas as informações do concurso, está disponível na página vestibular20192.ufsc.br.

As inscrições devem ser feitas até o dia 29 de maio de 2019, somente via internet, no valor de R$ 135 para todos os cursos. O prazo para requerer isenção da taxa de inscrição foi encerrado no dia 20 de maio.

No cartaz do Vestibular, o candidato encontra recursos de realidade aumentada. Para visualizar, basta ter em seu smartphone o app Zappar, disponível para download para Android e iPhone. O aplicativo permite assistir a depoimentos de estudantes da UFSC e direciona para inscrição, página do concurso e contatos.

(mais…)

Tags: AraranguáBlumenaucoperveCuritibanosjoinvillemedicinaUFSCVestibular UFSC 2019.2

Vestibular UFSC 2019/2: metodologia humanizada é o diferencial do curso de Medicina em Araranguá

20/05/2019 08:00

O convite para ingressar em Medicina do campus Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) é feito pelos próprios alunos. Giovanna Mariot Stéfani, Victor Seabra Lima Prado Costa, Emanuelle Gomes Iizuka, Jean Murilo Patrício Assunção e Pietro Preis Casagrande são alunos da primeira turma e adiantam aos interessados em estudar no município do litoral sul do estado que o curso de Medicina possui “uma infraestrutura muito boa”. “Apesar do nosso curso ser novo e de ter começado no segundo semestre de 2018, já temos o Centro Acadêmico e a Atlética estabelecidos no campus. E também alguns projetos de extensão – como o de ‘Anatomia e Realidade Aumentada’ e o ‘Brincando e Aprendendo’ – e as ligas da Clínica Médica, de Anatomia e de Pediatria. Venham Calouros!”.

“Eu sou suspeito a falar, porque eu sou apaixonado pelo curso”, acrescenta Pietro. “Por ser novo possibilita a constante construção, com a participação de alunos e professores”. Inscreva-se no vestibular da UFSC e participe dessa experiência coletiva, “bora lá!”, recomenda.

Medicina ainda é o curso mais concorrido na UFSC e também em várias universidades do país. As inscrições para o Vestibular 2019.2 seguem até o dia 29 de maio, somente via internet, no valor de R$ 135 para todos os cursos. O prazo para requerer isenção da taxa de inscrição vai até o dia 20 de maio. O Edital, que concentra todas as informações do concurso, está disponível no site do vestibular.
(mais…)

Tags: AraranguámedicinaUFSC

Vestibular 2019.2: inscrições abertas para 565 vagas em 24 cursos de graduação

16/05/2019 11:10

A UFSC, por meio da Comissão Permanente do Vestibular (Coperve), está com inscrições abertas para o Vestibular UFSC 2019-2. A instituição oferece 565 vagas em 24 opções de cursos, nas quais constam Medicina no campus Araranguá, Bacharelado em Química em Blumenau, e vagas remanescentes do Vestibular UFSC/2019. O Edital, que concentra todas as informações do concurso, está disponível na página vestibular20192.ufsc.br.

As inscrições devem ser feitas até o dia 29 de maio de 2019, somente via internet, no valor de R$ 135 para todos os cursos. O prazo para requerer isenção da taxa de inscrição vai até o dia 20 de maio.

No cartaz do Vestibular, o candidato encontra recursos de realidade aumentada. Para visualizar, basta ter em seu smartphone o app Zappar, disponível para download para Android e iPhone. O aplicativo permite assistir a depoimentos de estudantes da UFSC e direciona para inscrição, página do concurso e contatos.

(mais…)

Tags: AraranguáBlumenaucoperveinscriçõesmedicinaquímicaUFSCvagas remanescentesVestibular 2019.2
  • Página 1 de 3
  • 1
  • 2
  • 3