Pré-vestibular social da UFSC em Araranguá está com inscrições abertas

20/02/2024 13:10

Imagem de F1 Digitals por Pixabay

O cursinho pré-vestibular Projeto Educação Solidária, do campus Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina está com inscrições para novos alunos abertas até o dia 2 de março. Haverá uma turma presencial para aula do curso preparatório para o Enem e Vestibular UFSC, com 40 vagas. As aulas ocorrem de segunda a sextas, das 18h30 às 22h, no prédio da UFSC na Unidade Jardim das Avenidas. Mais informações podem ser encontradas no link das inscrições.

Pode se inscrever para participar da seleção todo o candidato que em 2024 esteja cursando o terceiro ano do ensino médio ou já tenha concluído, a qualquer ano, o ensino médio ou equivalente inteiramente em escola pública ou em colégio particular com bolsa. Mais informações sobre os critérios de seleção podem ser conferidas no edital. A inscrição é gratuita e deve ser realizada através do formulário disponível no site.

O cursinho é um projeto de extensão da UFSC Araranguá que oferece gratuitamente, desde 2017, preparação para exames admissionais a Instituições de Ensino Superior, como o ENEM e Vestibular unificado UFSC/IFSC/IFC. O público-alvo é formado por estudantes do último ano ou que concluíram o ensino médio na rede pública. As aulas são diárias, ao longo do ano todo. A equipe de gestão e de professores é composta principalmente por graduandos voluntários da UFSC em Araranguá, cerca de 24 estudantes. Em 2024, a Pró Reitoria de Extensão oferecerá bolsas de extensão para quase toda a equipe do projeto.

400 estudantes já passaram pelo cursinho

Já foram alunos do cursinho quase 400 estudantes do ensino público. Destes, 70% dos estudantes que concluíram conquistaram vagas em instituições de ensino superior. Estudantes que concluíram o cursinho foram aprovados em 80 vagas, 30 delas na UFSC. Os dados foram contabilizadas apenas levando em conta as aprovações em primeira chamada dos estudantes que frequentaram o curso preparatório extensivo. Além disso, não foram contabilizados casos conhecidos de estudantes que evadiram ou que frequentaram apenas o curso intensivo de revisão, mas foram aprovados em exames admissionais. Mais informações podem ser acessadas no site do cursinho.

Tags: Campus Araranguácursinho gratuitoPré-VestibularProjeto Educação Solidária

Pesquisa da UFSC Araranguá potencializa o desenvolvimento de espécies de plantas

15/02/2024 11:40

Produção em ambiente controlado acelerou a floração das orquídeas. Foto: divulgação

Um projeto desenvolvido a partir do Campus de Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promete revolucionar o cultivo de plantas ao potencializar, em ambientes controlados, o desenvolvimento de espécies. Realizado em parceria com uma equipe do Instituto Federal Catarinense (IFC), campus de Santa Rosa do Sul, o projeto conta com financiamento da Usina Hidrelétrica Foz de Chapecó Energia, dentro do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu) na gestão administrativa e financeira.

Bananeiras e orquídeas

Intitulado Desenvolvimento de estufas (casas) inteligentes e eficientes energeticamente para cultivo de plantas de alto valor agregado aplicadas a comunidades lindeiras ou assentadas de usinas hidrelétricas, o projeto começou em outubro de 2021 e é executado no campus do IFC de Santa Rosa do Sul, no Sul catarinense, e na biofábrica da cidade de Alpestre, no Rio Grande do Sul, onde estão localizadas as estufas inteligentes. Testados inicialmente em mudas de bananeiras e orquídeas, os primeiros resultados são promissores. “O projeto ainda não está concluído, entretanto um lote de produção de mudas de bananeiras foi finalizado, e outro está em produção. Este primeiro lote trouxe resultados interessantes”, informou o professor Marcelino.
(more…)

Tags: AraranguáCampus AraranguáfapeuUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Parceria da UFSC Araranguá com Prefeitura de Santa Rosa do Sul capacita professores na integração entre tecnologia e educação

09/02/2024 11:24

O Laboratório de Experimentação Remota (RExLab) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), campus Araranguá, em parceria com a Prefeitura de Santa Rosa do Sul, iniciou na última terça-feira, 6 de fevereiro, a capacitação de professores da rede pública municipal de ensino. A atividade faz parte do projeto Integração de Tecnologia na Educação (InTecEdu). A aula inaugural ocorreu no Parque Municipal de Eventos e contou com a presença de 188 professores. A parceria também inclui auxílio para implantação nos laboratórios maker nas escolas do município, e oficinas de robótica para os alunos da rede pública.

Com carga horária total de 100 horas, a capacitação de professores será dividida em dois módulos, ambos inspirados na cultura maker. O primeiro módulo, Maker Edu: práticas inovadoras de materiais educacionais e robótica na Educação Básica, com 40 horas de duração, abordará temas como Cultura Maker na Educação e Educação 5.0. As aulas serão ministradas online, com o apoio de conteúdos didáticos digitais e monitoria presencial aos participantes.

No segundo módulo, Cultura Maker em sala de aula – Criando Materiais Educacionais, com 60 horas de carga horária, os professores, além de participarem de aulas online, elaborarão artefatos e materiais educacionais. Os materiais desenvolvidos serão usados em aulas, e depois os docentes enviarão relatos sobre o processo e a prática pedagógica.

O projeto InTecEdu, liderado pelo RExLab da UFSC desde 2008, tem como objetivo fomentar a integração de tecnologias educacionais na formação de professores da educação básica. Através de cursos, workshops e materiais didáticos, abordando diversos temas relevantes, como a cultura maker, a robótica educacional, a gamificação e a aprendizagem ativa.

Mais informações no site do RExLab e do InTecEdu.

 

Tags: Campus AraranguáCultura MakerInTecEduIntegração de Tecnologia na EducaçãoLaboratório de Experimentação RemotaRexLabUFSCUFSC AraranguáUniversidade Federal de Santa Catarina

Contrato assinado pela UFSC permite a instalação de serviços para a comunidade no Campus de Araranguá

12/09/2023 16:28

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) firmou acordo, junto à Fundação InoversaSul, para contrato de aluguel dos prédios da Unidade Jardim das Avenidas, no Campus de Araranguá. A assinatura do acordo permite que a UFSC instale serviços de atendimento à comunidade, como lanchonetes e copiadoras, além da realização de manutenções e reparos na estrutura do prédio. O imóvel comporta as salas de aula da graduação e da pós-graduação, laboratórios, biblioteca e setores administrativos.

Segundo o pró-reitor de Administração da UFSC, Vilmar Michereff Junior, com o contrato assinado também será possível resolver questões voltadas à acessibilidade no local. “Por conta da fragilidade do acordo anterior, não era possível que fossem feitas mudanças na estrutura, como a instalação de elevadores e rampas de acessibilidade. Com esse novo termo, é possível olhar para essas situações, atendendo as necessidades da comunidade.”

Histórico do acordo

O pagamento pelo uso do espaço, até a assinatura do presente contrato, era feito por meio de reconhecimento de dívida com a Fundação InoversaSul. Esse modelo estava em vigor desde 2013. No período, houve tentativas de alterar a forma de contrato, mas que não se efetivaram. 
(more…)

Tags: Aluguel de prédioCampus AraranguácontratoPró-Reitoria de AdministraçãoUFSCUnidade Jardim das AvenidasUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC e MCTI lançam projeto piloto de Realidade Aumentada nas Escolas

11/08/2023 17:29

Foto: divulgação

O Programa Realidade Aumentada nas Escolas (RAEscolas), resultado de uma parceria inovadora entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) será lançado nesta sexta-feira, 11 de agosto, no auditório do Center Shopping de Araranguá, em Santa Catarina.

O programa tem como propósito a criação, capacitação e distribuição de artefatos de Realidade Aumentada (RA) para os professores das escolas públicas do ensino fundamental e médio de todo Brasil.

A ideia é que, por meio desses mecanismos, os docentes ensinem disciplinas como Biologia Celular, Mecanismos Celulares, Corpo Humano, Reprodução Humana, Vírus, Meio Ambiente, Energia, Astronomia, Física, Química e Matemática com a ajuda da tecnologia virtual.

O projeto foi inspirado nas ações da The Opening University e BBC do Reino Unido. E teve execução do Laboratório de Tecnologias Computacionais da UFSC em conjunto com a Diretoria de Popularização da Ciência, Tecnologia e Educação Científica, da Secretaria de Desenvolvimento Social do MCTI.

“Esta é mais uma forma de integração com a população levando inovação e tecnologia a serviço de todos e todas. Inovar na educação é resultado certo de sucesso, sobretudo, quando se trata de ensino para os jovens brasileiros”, fala Juana Nunes, diretora de Popularização da Ciência, Tecnologia e Educação Científica do MCTI.

Os recursos digitais de alta qualidade estão prontamente acessíveis, de forma gratuita, por meio da plataforma do projeto, que pode ser acessada através do site raescolas.ufsc.br.

O Programa RAEscolas ofertará um total de mil vagas para os professores de escolas públicas de todas as regiões do país interessados na inovação educacional. De 11 de agosto até 11 de setembro, as inscrições estão abertas no site raescolas.ufsc.br.

 

Fonte: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Tags: Campus AraranguáMCTIRealidade Aumentada nas EscolasUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Curso ‘Introdução ao pensamento computacional com programação em blocos visuais’ recebe inscrições

04/07/2023 13:34

Estão abertas, até 31 de julho, as inscrições para o curso “Introdução ao pensamento computacional com programação em blocos visuais“. O programa tem duração de 60 horas e as aulas serão em formato híbrido, com encontros presenciais e remotos. A atividade é organizada pelo curso de graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação, localizado no Campus Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

O curso, que tem início em 01º de agosto e término em 20 de dezembro de 2023, é aberto a todos, as inscrições são gratuitas e devem ser feitas aqui. Serão ofertadas 40 vagas e os participantes receberão certificado.
(more…)

Tags: blocos visuaisCampus Araranguápensamento computacionalProgramaçãoTecnologias da Informação e ComunicaçãoUFSC

Direção do Campus Araranguá suspende atividades presenciais devido a ciclone extratropical

15/06/2023 13:55

A direção-geral do Campus de Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) emitiu ofício informando a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas presenciais a partir das 18h desta quinta-feira, 15 de junho, estendendo-se durante toda a sexta-feira, 16 de junho. A necessidade da ação se dá pela presença de um sistema de ciclone extratropical na região que, de acordo com as previsões da Defesa Civil, deve causar chuvas e ventos fortes, podendo chegar a acumulados de 250mm no Vale do Araranguá, com riscos de alagamentos.

Confira a íntegra do Ofício

1. Considerando o Ofício Circular n.º 12/PU/UFSC/2023 emitido pela Prefeitura Universitária, o qual traz o alerta emitido pela Defesa Civil de Santa Catarina acerca das condições climáticas previstas até sexta-feira, 16/06/2023, dada a chegada de um ciclone extratropical próximo à costa catarinense, o qual intensificará a condição de chuvas persistentes e volumosas na região, podendo o acumulado de chuvas chegar à escala de 200 a 250mm, com o risco de ocorrências como alagamentos, deslizamentos, enxurradas e inundações a depender da região afetada; e com a finalidade de garantir a segurança dos discentes e dos servidores docentes e técnico-administrativos em educação; a Direção Geral do Campus Araranguá comunica:

2. A suspensão das atividades acadêmicas e administrativas presenciais a partir das 18 horas de hoje, 15 de junho de 2023, e durante toda a sexta-feira, 16/06/2023.

3. As atividades administrativas serão executadas de forma remota, com os atendimentos sendo realizados por meio dos canais institucionais habituais.

4. Fica a critério de cada docente: suspender as suas aulas nas datas supracitadas e repô-las em momento oportuno, ou combinar com as suas turmas para a ministração na modalidade remota.

5. Pedimos a compreensão de todos por conta dessa situação excepcional e seguimos à disposição.

Quadro de alerta da Defesa Civil de Santa Catarina

Tags: Araranguáaula suspensaCampus Araranguáciclone extratropicalUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Professor italiano ministra palestra sobre papel da tecnologia na educação inclusiva

23/02/2023 11:30

O Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação (PGTIC) do Campus de Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove na segunda-feira, 27 de fevereiro, a palestra O papel da tecnologia no desenvolvimento do contexto inclusivo da escola italiana, com o professor Francesco Zambotti.

A atividade ocorre presencialmente na sala 106 do bloco A da unidade Jardim das Avenidas do Campus de Araranguá, com transmissão ao vivo pelo Youtube a partir das 15h. Parte da aula inaugural do Mestrado em Tecnologias da Informação e Comunicação, a atividade será ministrada em italiano, com tradução simultânea pela professora Maria De Pieri Guarezi.

Zambotti, que possui doutorado em Pedagogia Geral e Didática Geralé responsável pela Área de Educação das Edições Erickson. Nesse âmbito, atua no desenvolvimento das temáticas culturais da área, na ativação de colaborações com parceiros institucionais e privados e no desenvolvimento de projetos editoriais e de formação. Também é docente na Universidade de Trento e na Universidade Livre de Bozen-Bolzano, onde trabalha com temas relacionados à didática inclusiva e ao uso das tecnologias didáticas para a inclusão.

Programação:
15h – Abertura – Coordenação do PPGTIC – Prof. Giovani M. Lunardi
15h05 – Participação da Direção do Campus/CTS e PROPG/UFSC
15h10 – Apresentação da Edizioni Centro Studi Erickson S.p.A./Trento/Itália – Presidente Giorgio Dossi
15h20 – Palestra Prof. Francesco Zambotti – “O papel da tecnologia no desenvolvimento do contexto da escola italiana”.
16h – Encerramento.

Tags: Campus AraranguáPrograma de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação (PGTIC)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC inicia formação de 1,2 mil professores da rede básica nacional para atuarem com robótica

16/02/2023 08:56

O Curso Maker Edu: práticas inovadoras de materiais educacionais e robótica na Educação Básica começou a formar 1,2 mil professores de 26 estados brasileiros. Essa é uma ação do Programa LabRemoto, desenvolvido em parceria com Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e conduzida pelo Laboratório de Experimentação Remota (RExLab), do campus de Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

O Programa LabRemoto proporciona formação continuada de docentes e de outros agentes da Educação Básica. A atividade inaugural, realizada na terça-feira, 8 de fevereiro, compõe o primeiro módulo, Maker Edu, com carga horária de 20 horas O curso é inspirado na cultura maker, com aulas práticas on-line apoiadas por conteúdos didáticos digitais. Também é utilizada monitoria e suporte off-line aos participantes.

A proposta é trabalhar com um modelo criado e testado pelo RExLab, baseado no projeto de integração de tecnologia na educação – o Programa IntecEdu. Essa experiência, realizada a partir de pesquisas aplicadas, permite que o grupo atue com metodologias que já tiveram resultados positivos e que são implementadas há quase 15 anos. “Desde 2008 nós coletamos e organizamos dados sobre estratégias que podem ser aplicadas nas tecnologias de educação”, explicou o professor Juarez Bento da Silva, logo que os cursos foram lançados, em outubro do ano passado.

Os cursos são inéditos e foram planejados a partir da parceria com o MCTI. As aulas ocorrem de forma online, mas com atividades síncronas. Com a perspectiva maker, os professores elaboram projetos, recebem, em casa, kits com materiais, desenvolvem seus produtos, trabalham com as ferramentas em sala de aula e enviam para o RExLab um relato sobre o processo e a prática pedagógica.

A etapa de capacitação é composta pelas ações formativas, que serão realizadas em dois módulos: Curso Maker Edu: práticas inovadoras de materiais educacionais e robótica na Educação Básica e Curso Maker ODS: criando materiais educacionais e Curso Robótica: Aplicando robótica na Educação Básica.

 

Tags: Campus Araranguácursos de formaçãoLaboratório de Experimentação Remota (RExLab)MCTIProfessoresrede básicaRexLabUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Projeto de laboratório remoto para programação é premiado em evento internacional

16/12/2022 14:57

Laboratório possibilita programação e manipulação de um Arduino remotamente. Foto: divulgação

O projeto Ambiente remoto para programação e desenvolvimento em Arduino conquistou a primeira colocação na categoria “Experimento controlado remotamente” do Prêmio Internacional de Laboratórios Online, promovido pelo Consórcio Global de Laboratórios Online (GOLC). Desenvolvido pelo Laboratório de Experimentação Remota (Rexlab) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), o projeto oferece um ambiente de experimentação direcionado à criação e à execução de códigos de programação com possibilidade de acesso e manipulação de dispositivos por streaming de vídeo. A premiação será entregue durante a Conferência sobre Engenharia Remota e Instrumentação Virtual, que ocorre de 1º a 3 de março em Thessaloniki, na Grécia. 

Sob coordenação dos professores do Centro de Ciências, Tecnologias e Saúde da UFSC Araranguá Juarez Bento da Silva e Simone Meister Sommer Bilessimo e pelo docente do Centro Tecnológico (CTC) João Bosco da Mota Alves, o laboratório remoto é destinado a professores e alunos de todos os níveis educacionais e demais interessados nas áreas de eletrônica, programação e automação. O objetivo é auxiliar em estudos e práticas relacionados à programação para o microcontrolador Arduino. Ao permitir a verificação, o carregamento de códigos, a manipulação de um Arduino Uno e o controle de sensores e atuadores remotamente, também pode dar suporte a ambientes de experimentação e aprendizado de internet das coisas (IoT). 

O laboratório está disponível em quatro idiomas – português, inglês, espanhol e francês – e pode ser acessado a partir do Ambiente de Aprendizagem com Experimentos Remotos (Relle). O projeto foi desenvolvido dentro da filosofia open source e open hardware, com documentação disponível em github.com/RExLab

Confira o vídeo apresentado na inscrição para o prêmio (em inglês):

Tags: Campus AraranguáProgramaçãoRexLabUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC na mídia: projeto da UFSC Araranguá aproxima ensino médio do ambiente universitário

14/12/2022 14:36

O programa ND Notícias, da NDTV, exibiu na última terça-feira, 13 de dezembro, uma reportagem sobre o programa de visitas guiadas do Campus de Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Iniciado em 2019, o projeto apresenta os cursos e laboratórios do Campus a estudantes de escolas públicas e particulares da região, além de explicar como se dá o acesso à Universidade e quais são as políticas de permanência estudantil.

Mais de 500 estudantes do Ensino Médio foram recepcionados na UFSC Araranguá neste ano, e o objetivo dos organizadores da ação é dobrar esse número em 2023. O agendamento das visitas pode ser realizado pelo Instagram do projeto.

Confira a reportagem na íntegra:

Tags: Campus AraranguáUFSCUFSC na mídiaUniversidade Federal de Santa Catarinavisita guiada

UFSC e MCTI lançam projetos de capacitação de professores

30/11/2022 17:16

Lançamento ocorreu em Brasília, na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Foto: divulgação

Foram lançados na tarde desta quarta-feira, 30 de novembro, dois programas voltados à capacitação de professores da Educação Básica, resultantes de uma parceria entre a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Secretaria de Articulação e Promoção da Ciência do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (Seapc/MCTI): o LabRemotos e o RAEscolas. A cerimônia de lançamento ocorreu em Brasília, no pavilhão de exposição do Parque da Cidade, e fez parte da programação da 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

Os dois programas são frutos de projetos desenvolvidos no Campus de Araranguá da UFSC. O LabRemotos é baseado no InTecEdu, criado pelo Laboratório de Experimentação Remota da UFSC (Rexlab). Por meio dele, serão oferecidos cursos gratuitos, inéditos e com metodologia inovadora para professores de Educação Básica de todo o país. As atividades serão focadas em práticas inovadoras de materiais educacionais de robótica e utiliza ferramentas da chamada cultura maker – a cultura do “aprender fazendo” e do “faça você mesmo”.

Já o RAEscolas foi desenvolvido pelo Laboratório de Tecnologias Computacionais da UFSC (LabTeC) e envolve a produção de artefatos com realidade aumentada e a capacitação de professores da Educação Básica. O projeto visa disseminar o uso de novas tecnologias educacionais no ensino de ciências nas escolas e conta com um repositório on-line de artefatos de realidade aumentada.

Projetos da UFSC Araranguá buscam capacitar professores para uso de materiais educacionais inovadores. Foto: divulgação

Tags: Campus AraranguáInTecEduLabRemotosLabtecMCTIRAEscolasRexLabUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC Araranguá inaugura torre eólica totalmente construída por alunos

31/08/2022 14:34

Planta eólica do campus Araranguá. (Imagem: Energy Plus/ Alef Cerutti)

Nesta quarta-feira, 31 de agosto, às 18h30, o Grupo de Pesquisa Aplicada na Área das Energias Renováveis (Plus Energy), do Departamento de Energia e Sustentabilidade da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), irá inaugurar o seu próprio aerogerador no Campus de Araranguá. O projeto consiste em extrair do vento a energia cinética e convertê-la em energia elétrica, com o objetivo de alimentar a sala do centro acadêmico dos cursos do campus e, futuramente, o laboratório do Plus Energy.

A torre eólica, instalada em 20 de junho, foi totalmente projetada, construída e montada por uma equipe de dez estudantes. “O projeto surgiu em uma conversa no restaurante universitário, entre um amigo e eu, e pensamos em fazer algo que se relacionasse ao curso e aplicasse várias disciplinas”, conta Sulivan Graebin, aluno do curso de Engenharia de Energia. Durante o processo, foi preciso avaliar a viabilidade da construção da torre em Araranguá por estudos de qualidade do vento e potencial eólico, e ir atrás de patrocínio para construção dos sistemas elétricos e das pás.

O trabalho teve seu maior desenvolvimento após a restrição da pandemia de Covid-19, entre 2021 e 2022, mas a ideia foi concebida pelos próprios estudantes em 2019. A planta eólica que está sendo inaugurada nesta semana é o segundo modelo, construído com base nas análises feitas de dados da primeira versão do projeto. Alef Cerutti, aluno de Engenharia de Energia, comenta que “a parte mais difícil, falando de modo geral, é a questão financeira. Muita dificuldade de ter recurso e conseguir verba para comprar o necessário para montar o sistema”.

O gerador, autônomo, possui capacidade para gerar 5kW. A sua estrutura tem, da base até a ponta das pás, 13,5 metros – cada pá é constituída de alumínio e tem 3 metros de comprimento. Atualmente, o projeto está em etapas de estruturação do sistema de armazenamento da energia e sua distribuição, já que o grupo de pesquisa trabalha em projetos ligados à energia eólica e solar para abastecer parte da demanda do campus.

 

Confira a galeria de imagens do processo de construção e instalação da planta eólica:

Fotos: Instagram/ Energy Plus.

 

Carolina Monteiro e Matheus Alves/ Estagiários Agecom/ UFSC
Supervisão: Camila Raposo/ Jornalista da Agecom/ UFSC

Tags: aerogeradorAraranguáCampus AraranguáeletricidadeEnergia EólicaEnergia RenovávelEngenharia de EnergiaPlus Energytorre eólica

Estudo do Campus Araranguá aponta aplicabilidade de fisioterapia especializada na recuperação pós-Covid

25/05/2022 11:17

Programa de exercícios físicos contribuiu para melhora de sintomas como falta de ar e ansiedade em pacientes recuparados da covid (Foto: Divulgação)

 O projeto de reabilitação pós-Covid “RE2SCUE”, desenvolvido no campus da UFSC de Araranguá, possibilitou aos pesquisadores observar a redução dos sintomas de ansiedade e melhora da funcionalidade daqueles que contraíram o vírus. A pesquisa do Laboratório Biologia do Exercício Físico (LaBioEx) já atendeu mais de cem pacientes e agora entrará em nova fase, na qual serão estudados modos de suplementar a resposta ao exercício, como através da cafeína e de canabinoides.

O estudo foi iniciado em abril de 2020, idealizado pelo professor Aderbal Silva Aguiar Junior, com o objetivo de avaliar os efeitos da reabilitação sobre as sequelas da Covid-19. É desenvolvido por uma equipe que envolve alunos e professores da UFSC, tendo em vista o conhecimento de que as infecções virais podem causar efeitos tardios ou sequelas mesmo após a resolução da doença e se baseando em experiências passadas com o efeito do exercício em modelos animais de fadiga. “Nós estávamos dentro de um hospital, atendendo pacientes com diversas sequelas decorrentes da Covid-19, em um momento de pandemia sem vacinas e tratamentos cientificamente comprovados”, comenta a aluna do mestrado em fisioterapia e participante do projeto, Maria Cristine Campos.

Já nessa época, era possível perceber os benefícios teorizados pelos pesquisadores. “As pessoas que fizeram exercício melhoraram 50% mais a dispneia (falta de ar) do que as pessoas que não fizeram exercício”, comenta o professor Aderbal. “Quando nada era conhecido na Covid-19, mostramos que o exercício era seguro”, acrescenta.

Diante da demanda observada, o serviço foi ofertado em Balneário Arroio do Silva em parceria com a Secretaria de Saúde, com atendimento aos pacientes residentes do município. Em Araranguá, há um centro de reabilitação para os pacientes com sequelas da Covid-19, o qual foi estabelecido com base no “RE2SCUE”.

O projeto de lei está disponível aqui.

Financiado pelo Ministério da Saúde, o projeto ajudará o SUS na implementação deste protocolo na rede pública. “Desde o início do projeto, priorizamos o bem-estar e a segurança dos pacientes”, diz a pesquisadora Maria Cristine. “Houve apenas uma intercorrência, mas que não ocasionou nenhum tipo de prejuízo e inclusive auxiliou no diagnóstico clínico para uma das pacientes do estudo”.

A pesquisa foi contemplada pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que apoiam o projeto através de bolsas e financiamento necessário para adquirir os equipamentos e insumos da pesquisa. O edital CNPq ainda prevê recursos para publicação do estudo em forma open access, garantindo que todos poderão acessar os resultados do artigo.

Atualmente, o protocolo de trabalho está disponibilizado abertamente.

Com o cronograma original da pesquisa já encerrado, o laboratório segue para a análise dos resultados obtidos.

Natan Batista Balthazar/ Estagiário de Jornalismo da Agecom

Tags: Campus AraranguáfisioterapiaRE2SCUEreabilitação pós-covidUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pesquisadores do Campus Araranguá recebem premiação em simpósio internacional de fisioterapia

06/05/2022 13:05

Professoras do curso de Fisioterapia e alunas vinculadas aos laboratórios de pesquisa no XX SIFR. Foto: Divulgação

Pesquisadores do Campus Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foram premiados no XX Simpósio Internacional de Fisioterapia Cardiorrespiratória e Terapia Intensiva (SIFR), realizado entre os dias 27 e 30 de abril. As professoras Cristiane Aparecida Moran, Daiana Cristine Bündchen, Danielle Soares Rocha Vieira, Lívia Arcêncio do Amaral e Ione Jayce Ceola Schneider, bem como alunos de graduação e pós-graduação vinculados aos laboratórios de pesquisa das docentes participaram do evento.

Ao todo, foram apresentados 17 trabalhos em diferentes modalidades. Três deles foram selecionados para premiação dentre mais de 900 que foram submetidos (ver lista abaixo). Os trabalhos apresentados foram realizados em parceria com laboratórios de pesquisa da UFSC – Laboratório de Biologia do Exercício (Labioex), Laboratório de Avaliação e Reabilitação do Aparelho Locomotor (Laral), Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Saúde (Nupeds), e Laprem – e de outras universidades – Nureab/Udesc e IP/USP –, além das instituições Hospital Regional de Araranguá Affonso Ghizzo e Instituto Maria Schmitt.
(more…)

Tags: Campus AraranguáfisioterapiaSimpósio Internacional de Fisioterapia Cardiorrespiratória e Terapia Intensiva (SIFR)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Curso aborda a metodologia do trabalho acadêmico e as normas ABNT

14/03/2022 16:54

Começa nesta segunda-feira, 14 de março, o curso on-line Metodologia Científica na Universidade: desvendando as normas ABNT. A atividade contará com tutoria até dia 25 de março e, depois desse período, continua disponível para ser feita de maneira autodidata. Os concluintes terão direito a certificado de 30 horas.

A ação é organizada pelo Laboratório de Mídia e Conhecimento (Labmídia) do Campus de Araranguá e ministrada por alunos da disciplina Informática na Educação II, do Curso de Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação. Para participar, é necessário realizar inscrição neste link e entrar com a senha monografia2022.

Tags: ABNTCampus AraranguáLabmidiametodologia científicaTecnologias da Informação e ComunicaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Nota de pesar: falece Priscila Carniel, acadêmica do curso de Medicina do Campus Araranguá

21/01/2022 16:51

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunica, com pesar, o falecimento da acadêmica Priscila Carniel, aos 28 anos, ocorrido na madrugada desta sexta-feira, 21 de janeiro, em decorrência de uma parada cardíaca, conforme divulgado pelo Centro Acadêmico Livre de Medicina (CALMED). Priscila era aluna da 7ª fase do curso de Medicina do Campus Araranguá.

“O CALMED deseja seus sentimentos para a família e para os amigos de Priscila nesse momento tão difícil. Também nos colocamos à disposição para os alunos que precisarem conversar”, postou o perfil do Centro Acadêmico no Instagram. O sepultamento ocorreu na tarde desta sexta, na capela e funerária Nossa Senhora do Carmo, em Garibaldi, no Rio Grande do Sul.

Em luto, a comunidade universitária solidariza-se com a família e os amigos da estudante Priscila Carniel.

Tags: Campus Araranguánota de falecimentoNota de pesarUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Núcleo de Estudos Afro-brasileiros, Indígenas, Latino-americanos e Quilombolas participa de ação na Câmara Municipal de Araranguá

24/11/2021 08:53

Foto: divulgação

O Núcleo de Estudos Afro-brasileiros, Indígenas, Latino-americanos e Quilombolas (Neabi) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), representado pela assistente social Jessica Saraiva, participou de uma sessão da Câmara de Vereadores de Araranguá alusiva à Semana da Consciência Negra. A atividade ocorreu na noite da última segunda-feira, 22 de novembro, após requerimento do vereador Jair Arcênego Anastácio (PT).

Servidora do Campus de Araranguá e uma das fundadoras do Neabi, Jessica discursou sobre a importância das políticas de ações afirmativas nos cursos de graduação das instituições federais e as várias desigualdades que constituem as vidas de mulheres negras, além de ressaltar a necessidade de acabarmos de uma vez por todas com a escravidão contemporânea. Demarcou, ainda, a presença da comunidade quilombola Maria Rosalinda no município e sua invisibilidade. 

Jessica é também pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Antropologia e Sociologia da Saúde (Ilera), no qual estuda a saúde mental da população negra, e tem lutado, no Campus de Araranguá, por uma práxis antirracista junto de estudantes e servidores técnico-administrativos e docentes.

Tags: AraranguáCampus Araranguáconsciência negraNEABIUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC prorroga inscrições de concurso para professor de Medicina em Araranguá

14/10/2021 11:32

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) publicou nesta quinta-feira (14) o Edital nº 083/2021/DDP, que prorroga até 29 de outubro o prazo para inscrições no concurso público para professores do curso de Medicina do Campus de Araranguá (Edital nº 069/2021/DDP). 

São ofertadas sete vagas para diversas áreas do conhecimento, com carga horária de 20 horas ou dedicação exclusiva. O edital e demais informações estão disponíveis na página do concurso.

Tags: Campus Araranguáconcurso públicomedicinaMedicina AraranguáUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC Araranguá está com inscrições abertas para simpósio catarinense em prematuridade

16/09/2021 11:03

O Campus de Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) abriu inscrições até a próxima segunda-feira, 20 de setembro, para o II Simpósio Catarinense Multiprofissional em Prematuridade (SIMCAP). O evento será realizado no dia 24 de setembro e é voltado para profissionais da saúde, acadêmicos de cursos de graduação e pós-graduação nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, técnicos de enfermagem, enfermagem, psicologia e medicina, com foco na prematuridade.

​A programação está relacionada a temas sobre a atuação multiprofissional de recém-nascidos pré-termos no ambiente hospitalar e ambulatorial. O simpósio também possibilitará a atualização cientifica com a apresentação de trabalhos no formato de Resumo.

Com o intuito de promover o crescimento científico regional, estadual e nacional de qualidade, o evento contará com a interação multi-institucional entre a UFSC – Campus Araranguá, instituição promotora, a Universidade de São Paulo (USP) – Instituto de Psicologia e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). ​Diante do atual cenário pandêmico, o II SIMCAP será realizado no formato virtual.

Para inscrições, acesse o site do evento: prematuridadeufsc.wixsite.com/iisimcap.

Tags: Campus AraranguáII Simpósio Catarinense Multiprofissional em Prematuridade (SIMCAP)SIMCAPSimpósio Catarinense Multiprofissional em Prematuridade (SIMCAP)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC Araranguá apresenta Masterplan para ocupação do campus

15/09/2021 15:40

O Campus Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina promove, nesta sexta-feira, 9h30, junto à reunião extraordinária do Conselho de Unidade do Centro de Ciências, Tecnologias e Saúde, a apresentação do Masterplan da UFSC – Campus Araranguá (Bairro Mato Alto – Setor 02). A apresentação terá a participação do reitor da UFSC, Ubaldo Cesar Balthazar. Trata-se do projeto para ocupação da área onde estão o prédio dos cursos de pós-graduação e o prédio, em fase final de construção, das aulas da graduação. O Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia assina o projeto.

A partir da demanda de construção da Unidade Mato Alto para abrigar as atividades de ensino de cursos da área da Saúde, fez-se necessária a retomada de estudos da  área. A ideia foi pensar o espaço como um todo, por meio da criação de áreas integradas com o entorno e que apresentassem acessibilidade e infraestrutura otimizada. Estudos de Planejamento Urbano e de Infraestruturas vem sendo desenvolvidos para a implantação de edificações na área e resultaram em diretrizes de uso e ocupação do Campus, hoje sistematizadas.

O MasterPlan é um pontapé inicial para a consolidação do Campus Próprio da UFSC em Araranguá e permite o avanço de construções no local de maneira ordenada. O Planejamento Estratégico da UFSC Araranguá deve avançar para que seja possível a ampliação destas diretrizes aos demais Setores do campus, sendo alinhadas às definições das necessidades da UFSC quanto às políticas de ensino, pesquisa e extensão.

Saiba mais sobre o projeto

 

Tags: Campus AraranguáDepartamento de Projetos de Arquitetura e EngenhariaMasterPlan

Encontro discute sucesso escolar e saúde mental no ensino superior

15/09/2021 10:25

O Comitê de Atenção Psicossocial do Campus de Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove na próxima segunda-feira, 20 de setembro, um encontro sobre sucesso escolar e saúde mental no ensino superior. A atividade ocorre das 18h às 19h30 pela plataforma Google Meet. Para receber o link de acesso à videoconferência, é necessário preencher o formulário de inscrição.

O evento tem como objetivo compartilhar a experiência mediada por estagiárias em Psicologia Escolar e Educacional no projeto AconTecer Universidade, que visa promover acolhimento, sucesso escolar e saúde mental no ensino superior. Coordenada pela professora do Departamento de Psicologia da UFSC Denise Cord e pela psicóloga psicodramatista Márcia G. Marques, a ação vem sendo desenvolvida em parceria com o Serviço de Apoio a Estudantes do Campus de Araranguá desde 2019.

Tags: AconTecer UniversidadeCampus AraranguáComitê de Atenção PsicossocialpsicologiaSaúde MentalUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Curso pré-vestibular social da UFSC Araranguá promove oficina sobre experiência em ensino remoto

03/09/2021 09:41

O curso pré-vestibular social da UFSC de Araranguá promoverá no dia 2 de outubro, nos períodos matutino e vespertino, uma oficina para troca de experiências pedagógicas no ensino remoto. O objetivo do evento é compreender e revisar as práticas pedagógicas atuais para melhorar os resultados de aprendizagem.

A oficina tem como público-alvo educadores de todos as áreas de conhecimento, em todos os níveis de ensino. O evento será realizado de forma on-line, em link a ser posteriormente divulgado. As inscrições são gratuitas e haverá certificado de participação.

Mais informações em pes.ufsc.br/otep

Tags: AraranguáCampus Araranguácursinho pré-vestibularcurso pré-vestibular socialUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Campus Araranguá participa de feira de profissões virtual

30/08/2021 09:45

O Campus Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina participa, nesta quarta-feira, 1 de setembro,  da Uniexpo Online, uma feira de profissões online. O evento é tradicional no estado de São Paulo e proporciona o encontro entre os futuros universitários e as instituições de ensino superior.  A instituição contará com um stand virtual com dois ambientes.

Um dos espaços, fixo, disponibilizará links de informações e vídeos sobre o Campus e o que ele oferece, como projetos de pesquisa e extensão, além de informações que auxiliam no ingresso e permanência do estudante na instituição. Também haverá um espaço interativo, com palestras ao vivo de todos os cursos e ainda informações sobre processos seletivos.

A feira oferece aos estudantes uma visão ampla sobre as inúmeras possibilidades de formação e atuação em diferentes mercados, contribuindo para seu desenvolvimento pessoal e para a construção do projeto de vida profissional. O evento contam com a participação das principais universidades dos país, oferecendo palestras, teste profissional, oficinas, rodas de conversas etc. As inscrições e participação podem ser feitas no site uniexpo.com.br.

Tags: Campus Araranguáfeira de profissõesUniexpo

UFSC participa de evento sobre transição energética e energias renováveis em Santa Catarina

17/08/2021 09:59

O Programa de Pós-Graduação em Energia e Sustentabilidade da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – Campus de Araranguá participa na próxima quinta-feira, 19 de agosto, a partir das 19h, do webinar Transição energética e Energias Renováveis em Santa Catarina: Sustentabilidade e potencial de geração de emprego e renda. O ciclo de palestras é promovido pelo curso de graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) e será transmitido neste canal no Youtube.

Este primeiro evento contará ainda com professores e pesquisadores do Instituto de Meio Ambiente e Energia da Universidade de São Paulo (USP), do Núcleo de Caracterização de Materiais da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e da Universidade Pontifícia Bolivariana. A proposta do encontro é debater as fontes renováveis de geração de energia, tais como a energia solar, eólica, e biomassa, em na perspectiva de uma transição energética.

“Esta transição é cada vez mais urgente e necessária devido às graves consequências já comprovadas em decorrência dos eventos extremos climáticos, o que torna extremamente importante a busca por uma economia de baixo carbono. Neste sentido, torna-se cada vez mais urgente e necessário o debate em termos utilização de energias renováveis, tanto no Brasil, quanto regionalmente em Santa Catarina, onde a perspectiva da desativação das usinas termoelétricas a carvão mineral aponta para uma transição na busca de alternativas de geração de energia limpa e renovável”, traz o convite para o evento.

O webinar é voltado para profissionais com atuação nas questões socioambientais , como engenheiros e engenheiras ambientais e sanitaristas, tanto no âmbito da graduação quanto na pós-graduação.

Tags: Campus AraranguáEnergia RenovávelPrograma de Pós-Graduação em Energia e SustentabilidadeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina