Laboratório de produção de recursos didáticos para formação de gestores seleciona bolsistas

22/05/2017 17:40

 O Laboratório de Produção de Recursos Didáticos para Formação de Gestores (LabGestão) do Departamento de Ciências da Administração (CAD/UFSC) está selecionando bolsista para atuar como tutor nos cursos de capacitação do programa O Saber para conquistar um lugar, parceria da UFSC com o Ministério da Saúde. As inscrições devem ser feitas pelo e-mail até 28 de maio.

Pré-requisitos para se candidatar:

  • Ser estudante de graduação (a partir da 2ª fase) ou estudante de pós-graduação (mestrado ou doutorado) da UFSC, preferencialmente dos cursos de Administração;
  • Ter disponibilidade para atuação presencial no turno matutino (das 08h30 às 12:30) ou vespertino (das 13h30 às 17h30), totalizando 20 horas semanais.

Mais informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no edital.

Tags: bolsistaDepartamento de Ciências da AdministraçãoeditalLabGestãoLaboratório de Produção de Recursos Didáticos para Formação de Gestoresministério da saúdeseleçãotutorUFSC

UFSC e MS desenvolvem pesquisa sobre resistência da bactéria da gonorreia a medicamentos

12/01/2017 16:47

Os índices de resistência da gonorreia a certos medicamentos preocupam o mundo. Recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) deixou de considerar a ciprofloxacina uma opção viável para o tratamento dessa infecção sexualmente transmissível (IST). Um estudo inédito coordenado pelo Departamento das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV), vinculado à Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, em parceria com o Laboratório de Biologia Molecular e Microbactérias da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), revelou altas taxas de resistência aos antimicrobianos em todas as regiões do país. O estudo nacional de vigilância da resistência das cepas de gonorreia circulantes no Brasil foi desenvolvido entre 2015 e 2016.

Os resultados corroboram a atual recomendação terapêutica da OMS, lançada em 2016, de substituir a ciprofloxacina pela ceftriaxona ou cefixima, na terapia dupla, com azitromicina, como opção de tratamento para infecções gonocócicas. Ainda, segundo a OMS, um agente antimicrobiano não deve ser usado quando, em estudos de vigilância in vitro, mais de 5% das culturas gonocócicas demonstrarem resistência a esse antimicrobiano em questão.
(mais…)

Tags: Departamento das ISTDIAHVdo HIV/Aids e das Hepatites ViraisgonococogonorreiaLaboratório de Biologia Molecular e Microbactériasministério da saúdeOMSProjeto SengonoUFSC

Inscrições abertas para curso a distância ‘Álcool e outras drogas, da coerção à coesão’

09/06/2016 17:50

O Ministério da Saúde, por meio da Universidade Aberta do SUS (Una-SUS), em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), inicia o processo de inscrição para a segunda e última turma da 4ª edição do curso de atualização em Saúde Mental: “Álcool e outras drogas, da coerção à coesão”.

Trabalhadores do SUS com formação em nível médio/técnico e superior que atuam diretamente na Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e na Rede Intersetorial (SUAS, Justiça e Ministério Público) podem se inscrever. O período de inscrição segue aberto até o dia 15 de julho.

Para mais informações e realização de inscrição, acesse o site do Una-SUS.

Tags: ministério da saúdesaúdeSaúde Mentalsaúde públicaUFSCUnA-SUSUniversidade Federal de Santa Catarina

Governo Federal orienta população para o combate ao ‘Aedes aegypti’

12/02/2016 13:14

O Governo Federal realiza uma grande mobilização nacional contra o Aedes aegypti neste sábado, 13 de fevereiro, com a participação de 220 mil militares do Exército, Marinha e Aeronáutica. Junto com profissionais dos estados e municípios, incluindo Florianópolis, Blumenau e Joinville, eles vão às ruas orientar a população sobre o combate aos criadouros do mosquito transmissor da dengue, da chikungunya e do vírus Zika. O reforço das Forças Armadas estará distribuído entre cerca de 350 municípios das 27 unidades federativas.

Com caráter educativo, esta ação visa intensificar a conscientização da população para a importância de erradicar os criadouros do mosquito Aedes. Durante todo o dia, serão distribuídos materiais informativos, com explicação das medidas de prevenção, além de orientações aos moradores sobre a importância do envolvimento de todos nessas ações.

Entre os dias 15 e 18 de fevereiro, haverá uma nova ação de combate ao foco dos mosquitos com a participação de 50 mil militares que estão sendo treinados para atuar nas regiões a serem indicadas pelas prefeituras e pelo Ministério da Saúde. Esta ação será de combate ao mosquito, e não apenas de orientação, e deverá incluir a aplicação de larvicidas e inseticidas.

Post2

Como eliminar criadouros

Para erradicar o Aedes aegypti e todos os seus possíveis criadouros, o Ministério da Saúde recomenda à população a adoção de uma rotina com medidas simples para eliminar recipientes que possam acumular água parada. Quinze minutos de vistoria são o suficiente para manter o ambiente limpo. Pratinhos com vasos de planta, lixeiras, baldes, ralos, calhas, garrafas, pneus e até brinquedos podem ser os vilões e servir de criadouros para as larvas do mosquito. Outras medidas de proteção individual também podem complementar a prevenção das doenças, como o uso de repelentes e inseticidas para o ambiente.

Campanha

Em dezembro a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) lançou uma campanha de combate ao Aedes aegypti. A Comissão de Prevenção da Dengue e Controle de Vetores, ligada à Coordenadoria de Gestão Ambiental, participa de reunião na segunda-feira, 15 de fevereiro, para traçar novas estratégias e intensificar os esforços no combate ao mosquito.

Além dos cartazes, que já estão espalhados pela UFSC, e dos meios de comunicação, a Comissão trabalha também com capacitação dos profissionais para identificar e neutralizar os focos de reprodução do mosquito.

Mais informações no site www.gestaoambiental.ufsc.br.

Tags: Aedes aegyptiChikungunyadengueministério da saúdeUFSCUniversidade Federal de Santa Catarinazikazika vírus

Avenida Beira-Mar Norte é tema do novo episódio do ‘Estação Verão”

01/02/2016 08:13

O novo episódio do Estação Verão é sobre a avenida Beira-Mar Norte, que  fica lotada de gente que vem curtir o visual e, principalmente, praticar exercícios ao ar livre. A cidade é considerada pelo Ministério da Saúde a capital brasileira campeã na prática de atividades físicas. A história da Beira-Mar Norte, o benefício dos exercícios físicos, a poluição da água do mar e a questão da Ponta do Coral são temas do programa.

Tags: avenida Beira Mar NorteBeira Mar NorteEstação | Verãoministério da saúdePonta do CoralUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Treinamento para a implantação do e-SUS Atenção Básica na UFSC

22/04/2015 08:59

Foi realizada de 13 a 17 de abril, na UFSC, a capacitação dos consultores de implantação do e-SUS Atenção Básica, que instalarão o sistema de prontuário da Atenção Básica em 1296 municípios do país. São 19 profissionais das áreas de tecnologia da informação e saúde que atuarão em cidades onde o uso da estratégia e-SUS ainda não começou.

O projeto e-SUS AB é uma parceria entre o Ministério da Saúde e a UFSC, que tem como objetivo principal concretizar, por meio da reestruturação do sistema de informação da Atenção Básica, um novo modelo de informatização das Unidades Básicas de Saúde, que apoie os municípios na gestão efetiva e na qualificação do cuidado dos usuários.

Considerando que a estratégia e-SUS AB se tornou uma realidade no Brasil e que seus produtos estão disponíveis gratuitamente aos municípios, o desafio que se aproxima é o de efetivar sua adesão a essa nova política pública.

Para isso, os consultores receberam treinamentos a respeito das estratégias de implantação a fim de aprenderem sobre os tipos de instalações do sistema, como identificar o banco de dados ideal para o cenário de cada município, quais as funcionalidades dos sistemas que cada profissional das Unidades Básicas de Saúde deve utilizar e como integrá-los com outros sistemas de informação.

A avaliação dos participantes do treinamento é que a implantação do e-SUS AB melhorará o trabalho e o atendimento nas redes de Atenção Básica e que leva em conta os aspectos de cada região do Brasil.

Mais informações através do e-mail:

 

Tags: e-SUS Atenção Básicaministério da saúdeUFSC

Departamento de Enfermagem da UFSC finaliza participação no Projeto Haiti com mais de 1.500 agentes de saúde capacitados

11/12/2014 18:12
Alunos haitianos do Projeto Haiti em sua capacitação coordenada por professores do Departamento de Enfermagem da UFSC. (Foto: Arquivo Pessoal)

Alunos haitianos do Projeto Haiti em sua capacitação coordenada por professores do Departamento de Enfermagem da UFSC. (Foto: Arquivo Pessoal)

A Universidade Federal de Santa Catarina, por meio do Departamento de Enfermagem, encerra sua participação no Projeto Haiti, programa coordenado pelo Ministério da Saúde e realizado no Haiti desde 2010, com a capacitação de mais de 1.500 pessoas. Os novos profissionais receberam formação para atuar na reestruturação dos serviços de saúde haitianos após um catastrófico terremoto que agravou os problemas sociais do país. O projeto começou em 2010, logo após o terremoto, e é uma cooperação tripartite entre Brasil, Haiti e Cuba, com investimentos no valor de R$ 123,7 milhões. Trata-se do maior investimento brasileiro em cooperação internacional até hoje.

Dentre os objetivos alcançados pelo projeto estão a construção de três hospitais comunitários de referência, a reforma e construção de dois laboratórios regionais de saúde pública, a construção do Instituto Haitiano de Reabilitação, além da doação de veículos, equipamentos e insumos médicos. Outras ações foram realizadas por meio de convênios com instituições de ensino, como a UFSC, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul e a Fiocruz, e com parceiros internacionais como a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNDU) .

A coordenadora do programa na UFSC, professora Flávia Regina Souza Ramos, esclarece que o foco principal era o fortalecimento do sistema de saúde e de segurança epidemiológica do Haiti, com a formação de pessoas de nível médio como agentes de saúde comunitários polivalentes, auxiliares de enfermagem polivalentes e inspetores sanitários, concentrados nas regiões onde foram construídos os hospitais. Foram titulados 1.555 alunos, sendo 1.226 agentes de saúde, 276 auxiliares de enfermagem e 53 inspetores sanitários.
(mais…)

Tags: enfermagemministério da saúdeProjeto HaitiUFSC

Ministério da Saúde convida representantes da UFSC para seminário internacional

31/07/2012 09:55

Maristela Bortolini, Pró-Reitora Adjunta de Extensão, Simone Maria Carraro, assessora da PROEX, e a professora Kenya Schmidt Reibnitz, diretora do Centro de Ciências da Saúde, participam do VI Seminário Internacional de Atenção Básica – “Universalização com Qualidade”, a convite do Ministério da Saúde. O evento acontece até 1º de agosto, no Rio de Janeiro.

O Seminário reúne gestores e pesquisadores, além de representantes de agências de cooperação internacional. Um dos objetivos é proporcionar o intercâmbio de experiências e práticas de gestão, cuidado e participação popular, desenvolvidos pelas modelagens de Atenção Básica (AB) no Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil e em experiências de Sistemas de Saúde em outros países. Durante os três dias do seminário, que começou no último domingo, 70 temas estarão em discussão. Os organizadores estimam a presença de 1.550 participantes de, pelo menos, 18 nacionalidades diferentes.

Fonte: Gabinete da Reitoria, com informações do Ministério da Saúde

Tags: atenção básicaministério da saúdesaúdesistema único de saúdeUFSC