Núcleo disciplinar da AUGM abre encontro sobre literatura, cultura e pensamento na América Latina

30/10/2018 12:19

O Núcleo Disciplinar (ND) Literatura, Imaginários, Estética e Cultura da Associação de Universidades Grupo de Montevidéu (AUGM) iniciou seu primeiro simpósio internacional na manhã desta terça-feira, 30 de outubro, no Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina. A abertura contou com a presença do ministro Gustavo Coppa, cônsul da Argentina; do coordenador do ND e professor da Universidade Federal de Santa Maria, Pedro Brum; e da professora da UFSC Liliana Reales, coordenadora do Núcleo Onetti.

O encontro, cujo objetivo é debater sobre literatura e cultura da América Latina, começou com os agradecimentos da professora Liliana Reales aos apoios que o evento recebeu e aos participantes presentes, mas fez questão de destacar os ausentes: “Vários colegas não puderam estar aqui por conta dos problemas que atravessam as universidades argentinas. Felizmente, diversos pesquisadores brasileiros se dispuseram a comparecer: nenhum desastre vai conseguir exterminar nossas iniciativas”.
(mais…)

Tags: América LatinaculturaliteraturaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC sedia Simpósio Internacional ‘América Latina: literatura, cultura e pensamento’

29/10/2018 08:35

O Programa de Pós-graduação em Literatura (PPGLit/UFSC) e o Núcleo Juan Carlos Onetti de Estudos Literários Latino-americanos (Núcleo Onetti/UFSC) promovem o I Simpósio Internacional “América Latina: Literatura, Cultura e Pensamento”. O evento ocorrerá nos dias 30 e 31 de outubro de 2018, no Centro de Comunicação e Expressão (CCE/UFSC), no auditório Henrique Fontes e nas salas Assis e Drummond. Trata-se do primeiro Simpósio do Núcleo Disciplinário (ND) Literatura, Imaginários, Estética e Cultura da Associação de Universidades Grupo de Montevidéu (AUGM), cujo objetivo é debater sobre Literatura e Cultura da América Latina.

Pesquisadores brasileiros, argentinos, paraguaios, chilenos e uruguaios estarão participando em mesas de debate durante o evento que se iniciará com a conferência do teórico e escritor Raul Antelo e contará com a presença do poeta, editor e crítico argentino, Guillermo Saavedra. A abertura contará com a presença do reitor da UFSC, Ubaldo Balthazar, do cônsul da Argentina, Ministro Gustavo Coppa, e do Secretário de Assuntos Internacionais da UFSC, Lincoln Fernandes. O evento é aberto ao público e a entrada é franca. As inscrições devem ser feitas aqui.

A programação está disponível aqui e no Facebook.

Tags: América LatinaPPGLitPrograma de Pós-Graduação em LiteraturasimpósioUFSC

Campus Araranguá convida estudantes para concurso brasileiro de projetos científicos e tecnológicos

02/08/2018 15:10

O campus Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) convida os estudantes da América Latina a participarem da IV Edição do Concurso Brasileiro de Projetos Científicos e Tecnológicos (INFOMATRIX BRASIL), que ocorre de 2 a 5 de outubro de 2018. O evento funcionará como eliminatória continental, a fim de selecionar participantes aos diversos eventos internacionais. A iniciativa tem parceria das organizações INFOMATRIX Brasil, Sociedad Latinoamericana de Ciência y Tecnología Aplicada A.C. (SOLACYT), International Informatics Project Competition (INFOMATRIX) e Organização Iberoamericana de Ciências.

Para participar, os pesquisadores devem submeter um projeto de interesse social, de cunho científico ou tecnológico, explorando o uso da criatividade, habilidade e técnica. As inscrições estão abertas até o dia 20 de agosto de 2018.

(mais…)

Tags: América Latinacampus araranguáIV EDIÇÃO DO CONCURSO BRASILEIRO DE PROJETOS CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO - INFOMATRIX BRASILUFSC

Últimos dias para as inscrições no 22º FAM 2018

20/02/2018 14:44

Os cineastas, diretores, produtores têm até o dia 5 de março de 2018 para inscrever os filmes no 22º Florianópolis Audiovisual Mercosul (FAM), que será realizado de  19 a 24 de junho, no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). As inscrições são gratuitas no site www.famdetodos.com.br.

Consolidado como um dos principais Festivais de Cinema da América Latina, o FAM recebe inscrições para as cinco mostras competitivas. Podem participar documentários de longa e média-metragem, filmes de temática infantojuvenil em todas as metragens, curtas de todos os gêneros, com até 30 minutos de duração, e videoclipes de até cinco minutos. Os filmes selecionados irão concorrer nas categorias: Mostra de Curtas Mercosul e Catarinense, DOC – FAM, Mostra Infantojuvenil e Mostra Videoclipe.
(mais…)

Tags: 22º FAMAmérica LatinaFam de todosinscriçõesUFSC

UFSC sedia Congresso Mundial de Antropologia em 2018

15/09/2017 17:36

“Mundo de Encontros: o passado, presente e futuro do conhecimento antropológico” é o tema do  18° Congresso Mundial da União Internacional de Antropologia e Ciências Etnológicas (IUAES), resultado de articulação global de pesquisadores da área.

Pela primeira vez na América do Sul, o 18° Congresso Mundial IUAES ocorrerá na Universidade Federal de Santa Catarina, entre os dias 16 e 20 de julho de 2018. 30 eixos de pesquisa estruturarão as apresentações e debates em nove modalidades de participação: painéis abertos e fechados, simpósios, workshops, grupos de trabalho, mostra de fotografias, mostra audiovisual, plenárias e conferências.
(mais…)

Tags: América LatinaantropologiaCongresso Mundial da União Internacional de Antropologia e Ciências EtnológicasIUAESUFSC

UFSC é a 15º entre as 50 melhores universidades da América Latina

25/07/2017 16:36

Foi publicado, pelo Times Higher Education World University Rankings (THE World University Rankings), o resultado do Latin America University Rankings, que classifica as 50 melhores universidades latino-americanas. A UFSC ficou na 15º posição entre as universidades.

O ranking é baseado nos mesmos critérios rigorosos do THE World University Rankings, porém, com uma modificação especial para valorizar as características das universidades da América Latina. Foram utilizados 13 critérios para avaliar as universidades, com indicadores de desempenho individuais, em todas as suas atividades: ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectiva internacional.

O resultado publicado pelo Times Higher Education está disponível no link.

Mais informações na página da Secretaria de Relações Internacionais (Sinter) ou pelo telefone (48) 3721-6406.
Tags: 15ªAmérica LatinarankingTHE World University RankingsUFSC

Revista Landa lança nova edição e apresenta dossiê sobre o escritor argentino Ricardo Piglia

20/07/2017 09:36

A revista Landa, do Núcleo Onetti de Estudos Literários Latino-Americanos da UFSC, lançou nova edição, destacando um dossiê em homenagem a Ricardo Piglia, organizado por Adriana Rodríguez Pérsico. Ela recuperou textos sobre o escritor que levam a assinatura de Ana María Barrenechea, Tulio Halperín Donghi, José Sazbón e Noé Jitrik, convidou pesquisadores e escritores que lhe cederam textos inéditos, como é o caso, por exemplo, de Alan Pauls, Martín Kohan e Julio Schvartzman e reuniu textos dispersos.

Na seção de Chamada Pública, loucura e suas aparições na literatura são tema central de seis ensaios. Na seção Olhares, foram publicados um artigo do pesquisador e professor uruguaio Francisco Bustamante, “Jicoténcal, temprana novela histórica latinoamericana entre la postindependencia y el neocolonialismo” e outro da pesquisadora argentina, Luciana Del Gizzo, titulado “Irish Temper. Acerca de la relación artística y personal de los hermanos Maldonado Bayley”.

Landa realizou uma longa entrevista com o crítico e teórico argentino, Noé Jitrik, que analisa e comenta a literatura argentina pós Borges, a presença do próprio Borges hoje, o conceito de literatura latino-americana etc., num diálogo com os entrevistadores que aborda muitos dos temas e conflitos da literatura do presente.

Mais informações no site da revista.

 

 

Tags: América LatinaLandaNúcleo OnettiRevista LandaRicardo PigliaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

‘Cuba e o protagonismo popular’ é tema de conferência no dia 14 de junho

06/06/2017 12:27

O Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, coordenado pela professora Beatriz Paiva, organiza, no dia 14 de junho, a conferência com a professora Olga Pérez Soto, da Universidad de La Habana, em Cuba. O tema da palestra será “Política social em Cuba: protagonismo popular no projeto antissistêmico”, buscando aprofundar o conhecimento sobre a política social na América Latina.

Olga Pérez Soto é professora titular da Faculdade de Economia da Universidade de Habana, Cuba, desde 2003. É doutora em Ciência Econômica com ênfase em Desenvolvimento pela Universidade de Barcelona, Espanha, mestra em Economia na Universidade de Carleton, Canadá, e licenciada em Economia Política pela Universidade de Habana, Cuba.

A atividade será no auditório do Centro Socioeconômico (CSE/UFSC), às 8h30.

Mais informações pelo e-mail

Tags: América LatinaCentro SocioeconômicoconferênciaCSECubapolítica socialPrograma de Pós-Graduação em Serviço SocialUFSC

13ª edição das Jornadas Bolivarianas debate a educação na América Latina

10/05/2017 14:08

Com o tema “A educação na América Latina e os 100 anos da Reforma de Córdoba”, a XIII edição das Jornadas Bolivarianas ocorrerá de 15 a 17 de maio, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A programação do evento, que é promovido pelo Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA), inclui conferências, debates e apresentação de trabalhos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no local do evento.

Sobre o tema

Quando em 1918 os estudantes da Universidade de Córdoba se levantaram em rebelião exigindo uma nova forma de ser universidade iniciava um novo tempo no ensino superior da América Latina. O protagonismo estudantil colocou abaixo velhas práticas, rompeu com o colonialismo cultural e inaugurou o tempo da autonomia, do governo compartilhado, da extensão universitária e de democracia dentro das instituições. Foi um movimento que mudou não apenas o ensino universitário na Argentina, mas incendiou e influenciou toda a América Latina.

Para celebrar os 100 anos desse momento na vida universitária latino-americana, as Jornadas Boliviarianas debaterá o tema Educação. Se em 1918 os estudantes se levantaram pelo direito de dirigir, junto com professores e técnicos, a vida universitária, hoje presenciamos outros levantes dos estudantes, universitários e secundaristas, na batalha por uma educação de qualidade e democrática. No Brasil, as reformas no ensino médio e as propostas do governo federal para a universidade tornam esse tema um ponto chave no debate nacional.

Programação 

|| 15 de maio (segunda-feira)

Manhã (Auditório da Reitoria) 

8h30 – Conferência “A reforma universitária do século XXI: Legados e batalhas atuais por uma Universidade Nuestroamericana emancipadora”, com Plabo Imen (Argentina).

Tarde (Auditório da Reitoria)

 14h30 às 18h – Apresentação de Trabalhos

“Notas sobre o pensamento pedagógico libertador latino-americano”, de Efendy Emiliano Maldonado bravo;

“A bússola mariateguiana e a questão indígena”, de Carmen Susana Tornquist;

“A decolonialidade na educação em direitos: a reforma do ensino médio brasileiro”, de Robson Oliveira Gonçalves, e Vinícius Silva Bonfim;

“Outro olhar sobre a América Latina nas aulas de História da educação básica”, de Rafael Gonçalves de Oliveira, e Alana Cristina Teixeira Chico. 

Noite (Auditório da Reitoria) 

18h30 – Conferência “A falência da social-democracia e o sonho da democracia universitária de Nuestra América”, com Heinz Dieterich (México).

|| 16 de maio (terça-feira)

Manhã (Auditório da Reitoria)

 9h – Conferência “A Reforma de Córdoba nas raízes da educação cubana”, com Pedro Martínez (Cuba).

Tarde (Auditório da Reitoria) 

14h30 às 18h – Apresentação de Trabalhos 

“Subordinação e dependência: A lumpen-burguesia e o desenvolvimento capitalista no Brasil”, de Raphael Lobo Duarte Batista Teixeira;

“Das sombras à luz: as Universidades Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Nacional de Córdoba (UNC) sob as ditaduras civil-militares brasileira (1964-1985) e argentina (1976-1983)”, de Gabriel Roberto Dauer;

“Representações, diferenciações e processos de identidades das sociedades ameríndias brasileiras”, de Maira Damasceno;

“Os novos fluxos migratórios em Santa Catarina, educação e direitos humanos”, de Janaina Santos.

Noite (Auditório da Reitoria) 

18:30 – Conferências

“Em busca da interculturalização da Educação Superior na América Latina”, com Luis Fernando Sarango Macas (Equador).

“Ciência rebelde ou modernização reflexa: O dilema latino-americano em Ciência e Tecnologia”, com Diógenes Breda (Campinas/Brasil).

|| 17 de maio (quarta-feira)

Manhã (Auditório da Reitoria)

 9h – Conferências

“A educação bolivarana inclusiva e de qualidade na Venezuela”, com Trina Manrique (Venezuela).

“Dilemas atuais da educação brasileira”, com Ivo Tonet (UFAL).

 Tarde (Auditório da Reitoria)

14h30 às 18h – Espaço livre

Noite (Auditório da Reitoria)

 18h30 – Conferências 

“A Universidade Necessária como superação da Universidade Operacional e da Universidade Inclusiva”, com Nildo Domingos Ouriques (IELA-UFSC).

“Educação e Revolução no ISEB: a experiência dos Cadernos do Povo Brasileiro (1962-64)”, com Angélica Lovatto (UNESP).

 Mais informações na página do IELA, pelo e-mail  ou pelos telefones (48) 37216483 | (48) 999078877 (Whatsapp).

Tags: América LatinaconferênciaseducaçãoIELAInstituto de Estudos Latino AmericanosJornadas BolivarianasUFSC

Últimos dias para inscrições de trabalhos nas Jornadas Bolivarianas

30/03/2017 09:29

Jornadas_13_2017_Cartaz_ESCOLHIDO_Prova_VISUALIZACAO_CONFERENCIA

Estão abertas até 31 de março as inscrições para apresentação de trabalhos nas Jornadas Bolivarianas, evento que será realizado entre 15 e 17 de maio na UFSC.  As Jornadas são promovidas pelo Instituto de Estudos Latino-Americanos (Iela), que em sua décima terceira edição aborda o tema “A Educação na América Latina: 100 Anos da Reforma de Córdoba”. Os interessados devem preencher a ficha de inscrição disponível aqui e encaminhá-la para o e-mail 

Estão confirmados para a XIII Edição a venezuelana Trina Aracelis Marinque, o cubano Pedro Martínez, o equatoriano Luís Fernando Sarango Macas, o mexicano Guillermo Favela e os brasileiros Ivo Tonet, Nildo Ouriques e Diógenes Moura Breda. Outros nomes devem se juntar ao debate.

Mais informações no site do Iela ou pelos telefones (48) 3721-4938 e (48) 3721-6483.

Tags: América LatinaCórdobaeducaçãoIELAJornadas BolivarianasUFSC

Ranking de Universidades QS 2015: UFSC sobe 17 posições e é 24ª na América Latina

15/06/2015 08:05

A Quacquarelli Symonds (QS), empresa britânica especializada em avaliação educacional, divulgou a edição 2015 do Ranking de Universidades QS: América Latina. Publicado desde 2011, ele destaca as 300 melhores universidades latino-americanas, levando em conta sete indicadores: produtividade, impacto das pesquisas, presença on-line, internacionalização, proporção de professores doutores, reputação acadêmica e proporção estudantes/curso.

Há cinco universidades brasileiras entre as dez primeiras: a Universidade de São Paulo (USP) é a primeira colocada; a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a segunda; a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a quarta; a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita” (Unesp), a oitava; e a Universidade de Brasília (UnB), a décima. Entre as 50 primeiras, o Brasil tem 17 universidades.

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) destacou-se por ter ganhado 17 posições em relação ao último ranking, alcançando a 24ª posição na classificação geral – entre as brasileiras, a UFSC é a 10ª; entre as federais, a 6ª.

Para Roselane Neckel, reitora da  UFSC, “Este é um reconhecimento ao trabalho desenvolvido por homens e mulheres de nossa comunidade universitária, que se empenham para tornar a UFSC cada vez melhor e mais comprometida com a cidadania e o desenvolvimento científico e tecnológico, não apenas de Santa Catarina, mas do Brasil”.

 

Alita Diana/Jornalista da Agecom/DGC/UFSC

Claudio Borrelli/Revisor de Textos da Agecom/DGC/UFSC

 

 

 

 

Tags: 24ª posiçãoAmérica LatinaRanking QSUFSC

‘Políticas de sexualidade e gênero na América Latina’ é tema de minicurso gratuito

14/05/2015 08:07

O professor Mario Pecheny ministra o minicurso “Políticas de sexualidade e gênero na América Latina”, organizado pelo Curso de Especialização em Gênero e Diversidade (GDE), Instituto de Estudos de Gênero (IEG) e Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS), entre os dias 15 e 20 de maio. Pesquisador da Conicet (Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas), Mario Pecheny é professor das disciplinas Sociologia da Saúde e Ciência Política na Universidad de Buenos Aires (UBA). Ele também faz parte da rede LIESS (Laboratório Iberoamericano para el Estudio Sociohistorico de las Sexualidades).

Durante as aulas, que ocorrem no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da UFSC, no Centro de Comunicação e Expressão (CCE) e na Casa das Máquinas da Lagoa da Conceição (rua Henrique Veras do Nascimento, 50, Lagoa da Conceição), serão abordadas questões sobre direitos humanos relacionados à gênero, saúde e sexualidade.

O minicurso é aberto à comunidade com aulas ministradas em português e espanhol. A atividade é gratuita, e as inscrições já estão disponíveis no link http://ieg.ufsc.br/inscricoes.php

Para receber o certificado de participação de 12 horas de extensão, é necessário comparecer a, pelo menos, quatro das cinco aulas. Confira a programação e as leituras recomendadas na página do NIGS (nigs.ufsc.br).

Mais informações pelo telefone (48) 3721-8415 ou pelo e-mail

 

Cronograma:

Tema Data Horário Local
Esperar y hacer esperar: escenas de esperas en salud, dinero y amor. 15 de maio 16h30 às 18h Miniauditório do CFH
Políticas sobre sexualidad y actores religiosos en la Argentina, antes y después del Papa Francisco, debate com Tania Welter e Fernando Candido da Silva. 16 de maio 13h30 às 15h Auditório do CFH
Café Antropológico com debate do filme Morango e Chocolate 19 de maio 20h às 22h Casa das Maquinas – Lagoa da Conceição
Balance de las investigaciones sociales sobre sexualidad y género en la Argentina y A.Latina. 20 de maio 10h às 12h Auditório Henrique Fontes do CCE (Bloco B – Térreo)
Contar historias de otros: implicaciones políticas, éticas y metodológicas. 20 de maio 16h30 às 18h Auditório Henrique Fontes do CCE (Bloco B – Térreo)

 

Tags: América LatinaminicursoNIGSpolíticas de sexualidade e gêneroUFSC

Sinter promove fórum sobre reforma universitária na América Latina

16/04/2014 08:56

A Secretaria de Relações Internacionais (Sinter) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove, no dia 24 de abril, o fórum Reforma Universitária na América Latina, cujo objetivo será promover discussões acerca dos processos de reformas universitárias vivenciados pelas universidades públicas da América Latina. O evento é gratuito, aberto a toda a comunidade universitária, e conta com o apoio da Associação de Universidades Grupo Montevidéu.
(mais…)

Tags: América LatinafórumGrupo Montevideoreforma univeristáriosinterUFSC

Universidades canadenses financiam projetos de pesquisa

10/05/2013 16:21

O programa LACREG, da Associação de Universidades e Faculdades do Canadá (Association of Universities and Colleges of Canada – AUCC), oferece financiamento para projetos de pesquisa do Canadá e da América Latina, com bolsas de até 15 mil dólares canadenses. Os projetos custeados devem abordar uma ou mais das quatro áreas: Agricultura e Meio Ambiente; Política Global de Saúde; Ciência e Inovação; Política Social e Econômica.

As inscrições vão até as 16h do dia 20 de junho, e podem ser feitas pelo endereço http://www.aucc.ca/programs-services/international-programs/canada-latin-america-and-the-caribbean-research-exchange-grants-lacreg/apply/. O candidato deve ser professor regular de período integral com PhD, em instituição de educação superior brasileira; pesquisador regular e de período integral com PhD, em instituto de pesquisa brasileiro; estudante de pós-graduação em período integral (mestrado, PhD, pós-doutorado) em universidade brasileira; ou estudante de pós-graduação período integral, atuando em instituto de pesquisa brasileiro.
(mais…)

Tags: América LatinaCanadáLACREGUFSC

Nacionalismo Revolucionário e a Esquerda Latino-Americana

27/06/2012 13:28

Acontece nesta sexta-feira, 29 de junho, às 18h30min, no Auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da UFSC, a conferência “Nacionalismo Revolucionário e a Esquerda Latino-Americana”, com a socióloga argentina Alcira Argumedo. O evento tem o apoio do Núcleo de Estudos em História da América Latina (NEHAL) e do CFH, é aberto ao público e abre o Congresso Estadual das Brigadas Populares.

Alcira Argumento, que é professora da Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade de Buenos Aires, atua como deputada nacional na Argentina, representando o Movimiento Proyecto Sur. É autora das obras El silencio y las voces en América Latina: notas sobre el pensamiento nacional-popular, Los laberintos de La crisis e Un horizonte sin certeza: América Latina ante La revolución científico-técnica.

Mais informações: Vitor Hugo Tonin: 

Tags: América LatinaCFHUFSC

Jornadas Bolivarianas começam nesta segunda

23/04/2012 08:00
.

As Jornadas deste ano apresentam estudos e reflexões sobre o Caribe

Começa nesta segunda-feira, 23 de abril, a oitava edição das Jornadas Bolivarianas, evento anual do Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA). A conferência de abertura, às 18h30min, será com a professora cubana Digna Castañeda, coordenadora da Cátedra Caribe, na Universidade de Havana. Ela fala sobre a estratégica posição do Caribe na América Latina e sua importância geopolítica, tanto para o império quanto para a luta popular.

Sempre é importante lembrar que o Caribe é o espaço geográfico que fica entre as Américas, no meio do mar, primeiro lugar a ser encontrado pelos invasores europeus em 1492. Ali também foi palco da grande rebelião dos escravos que acabou com a formação do primeiro estado negro de todo o continente: o Haiti, além de ser no Caribe, em Cuba, a primeira experiência socialista da região.

Na terça, 24/04, durante o período da manhã, acontece a apresentação do livro “Em luta pela terra sem mal”, da jornalista Juliana Piva, que trata do trabalho escravo indígena na Bolívia, seguida da conferência do professor Carlos Martínez, da Universidade Nacional da Colômbia, autor de vários livros sobre o Caribe.

Na parte da tarde acontece a tradicional apresentação de trabalhos, com temática latino-americana, às 14h30min. A conferência da noite será com o professor Norman Girvan, da University of the West Indies (Trinidad y Tobago), que é também consultor das Nações Unidas para o Desenvolvimento Político. Haverá ainda a apresentação do livro “Anuário Educativo Brasileiro”, obra coordenada por Nildo Ouriques (UFSC) e Guadelupe Bertussi (Universidade Pedagógica do México).

No dia 25 de abril, a conferência da manhã, às 9h, será com a professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Maria Ceci Misoczky, que falará sobre os desafios e as lutas do povo haitiano. No período da noite, a partir das 18h30, acontece uma mesa redonda com todos os conferencistas, sobre as lutas populares e o movimento social no Caribe. Para fechar os debates haverá a apresentação do primeiro volume da Biblioteca do Pensamento Crítico Latino-Americano, coordenada pelo IELA numa parceria com a Editora Insular. O primeiro livro é de Ruy Mauro Marini,“Subdesenvolvimento e Revolução”.

As jornadas de 2012 apresentam, então, um pouco do estudo e da reflexão que se faz sobre o Caribe, essa importante e estratégica região, com uma experiência histórica riquíssima sem a qual seguiremos ignorando parte do nosso passado como povo, nosso presente e futuro comum. As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas no Auditório da Reitoria, onde acontece o evento.

Confira a programação completa aqui.

Informações: www.iela.ufsc.br ou Elaine Tavares  (48) 9907-8877

Tags: América LatinaIELAJornadas Bolivarianas

Palestra sobre fragmentação da América Latina abre segundo dia de seminário promovido pelo IELA

18/11/2010 17:42

Foto: Paulo Noronha/Agecom

“Há sempre necessidade de saber mais sobre as independências na América Latina”: foi assim que o professor Andres Kozel, da Universidad Nacional Autonoma de México (UNAM) começou a palestra “Considerações sobre a tese da independência como balcanização”, às 9h, do segundo dia do “Seminário 200 anos de Independências da América Latina”. O evento é promovido pelo Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA) da UFSC e acontece no auditório do CFH.

Com base nas obras de Jorge Abelardo Ramos, intelectual e político argentino que escreveu sobre a história da América Latina, Kozel questionou a existência de uma nação latino-americana e apontou as independências dos países como responsáveis pela fragmentação da região. Um dos motivos, segundo o professor, seria o fato de que as independências não foram sinônimo de liberação social. Quanto ao Brasil, o professor disse que Jorge Abelardo Ramos apresenta um antibrasileirismo por acreditar que o país está separado da América espanhola e teve um papel pró-britânico e antiamericano na guerra do Paraguai. Por isso, Kozel afirma existir uma polêmica a respeito da inclusão do país na América Latina.

Sobre o IELA

Se dependesse do IELA, tal polêmica não existiria: seus integrantes afirmam que os brasileiros também são latino-americanos, ainda que com certa inconsistência. O Instituto realiza pesquisas dedicadas ao conhecimento da realidade da América Latina, consolidando um núcleo de reflexão. O Seminário 200 anos de Independência na América Latina foi promovido para atender a necessidade de recuperação histórica.

Mais informações: http://www.iela.ufsc.br.

Marília Marasciulo / Bolsista de Jornalismo na Agecom

Tags: América LatinaAndres KozelIELAseminário