Artigo sobre rotulagem de açúcar de adição no Brasil é selecionado para revista virtual de Cambridge

02/08/2018 13:20

O artigo sobre “Açúcar de adição no rótulo de alimentos comercializados no Brasil” derivado da dissertação da doutoranda em Nutrição do Programa de Pós-graduação em Nutrição (PPGN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e membro do Núcleo de Pesquisa de Nutrição em Produção de Refeições (NUPPRE), foi aceito para publicação na revista Public Health Nutrition e selecionado para receber destaque no Cambridge Journals Blog, da Universidade de Cambridge. A notícia sobre o artigo ficará disponível por duas semanas e será compartilhada por meio das redes sociais da editora.

Sobre o artigo

Açúcares de adição são açúcares adicionados em alimentos durante o processamento ou preparação. Esses açúcares são utilizados para melhorar a palatabilidade dos alimentos, mas não possuem valor nutricional. A alta ingestão deste componente está associada com o aumento de diversas doenças, especificamente obesidade, doenças cardiovasculares e cáries dentárias.

Alimentos industrializados são a principal fonte dos açúcares de adição na dieta da população mundial. Neste sentido, os rótulos dos produtos comercializados funcionam como uma ferramenta na escolha consciente da ingestão de produtos com esse ingrediente.   Na maior parte dos países, a informação nutricional dos rótulos não sinaliza sobre os açúcares, sendo a única maneira dos consumidores identificar a existência ou não desses ingredientes.

A pesquisa foi realizada com a investigação de 4,539 rótulos de alimentos industrializados disponíveis para compra em um grande supermercado brasileiro, e 71% desses produtos possuíam, pelo menos, um tipo de açúcar de adição. Os açúcares foram o ingrediente mais encontrado dentre os alimentos analisados. Produtos como bolos, geleias, chocolate em pó, sucos, néctares e sucos de fruta, água de coco, barras de cereal, pães, bebidas lácteas, leite fermentado e iogurte. Mas também em alimentos salgados, como salsicha, hambúrgueres, presunto e muitos outros.

As pesquisadoras sinalizam a importância da rotulação dos alimentos, permitindo aos consumidores realizarem escolhas conscientes em relação aos ingredientes contidos nos alimentos e evitar o consumo excessivo destes açúcares de adição.
(mais…)

Tags: PPGNPrograma de Pós-Graduação em NutriçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Publicado edital de processo seletivo para bolsa de pós-doutorado no Programa de Pós-graduação em Nutrição

29/03/2018 11:21

O Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da Universidade Federal de Santa Catarina torna pública a abertura das inscrições para o processo seletivo de bolsista do Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD/CAPES), para realização de estágio pós-doutoral no PPGN.

O edital do processo seletivo está disponível aqui.

Tags: bolsaeditalPNPD/CapesPPGNprocesso seletivoPrograma de Pós-Graduação em NutriçãoPrograma Nacional de Pós-doutoradoUFSC

Pós-Graduação em Nutrição está com inscrições abertas até dia 16

01/03/2018 09:16

O Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) está com inscrições abertas até o dia 16 de março para o processo de seleção de novos estudantes de Mestrado e Doutorado, com ingresso em agosto de 2018. Podem se inscrever profissionais de acordo com os critérios explicitados no Edital.

As informações de cronograma, bem como o formulário de inscrição podem ser acessadas aqui.

Tags: doutoradomestradopós-graduaçãoPPGNUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Programa de Pós-Graduação em Nutrição divulga processo seletivo para mestrado e doutorado

29/01/2018 10:30

O Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulga processo seletivo de 2018 em mestrado e doutorado, com inscrições entre os dias 19 de fevereiro e 16 de março. 
(mais…)

Tags: CCSnutriçãoPPGNprograma de pós-graduaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Tese do Programa de Pós em Nutrição aborda discriminação por sobrepeso e bullying

02/03/2017 10:20

Analisar a associação entre o sobrepeso e a obesidade com o bullying em alunos do município de Florianópolis foi o objetivo da tese de doutorado da aluna Sílvia Letícia Alexius, do Programa de Pós-Graduação em Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGN/UFSC) , sob a orientação da professora Arlete Catarina Tittoni Corso. O bullying foi investigado por meio da aplicação de uma escala psicométrica e os resultados que envolveram informações de 975 estudantes, com idade entre 11 e 14 anos, de escolas públicas e privadas das regiões Norte, Leste, Centro, Sul e Continental, revelaram o envolvimento como vítima em diferentes intensidades.

Embora o sexo dos alunos não tenha sido associado à prevalência de bullying, foram observados alguns comportamentos específicos entre meninos e meninas, como a associação da discriminação frequente associada à estatura baixa e a características físicas que permaneceram significativos apenas para o sexo feminino. “Por revelar associação entre ser discriminado pelo sobrepeso e vítima de bullying para ambos os sexos, confirma-se a hipótese levantada e estes achados sugerem que características pessoais relativas à aparência física são fatores de risco, principalmente em sociedades que valorizam o corpo ideal com base no peso, o que pode predispor o indivíduo a ser alvo de discriminação em diversos contextos, sobretudo no escolar”, avalia Sílvia. A tese foi defendida em dezembro de 2016.
(mais…)

Tags: BullyingEscolasestudantesFlorianópolisPPGNsobrepesoUFSC

Pós-Graduação em Nutrição abre inscrições para Mestrado e Doutorado

07/02/2017 09:07

O Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) abre inscrições para vagas de Mestrado e Doutorado entre 20 de fevereiro e 17 de março.

Serão oferecidas até 25 vagas para o Mestrado e até 14 vagas para o Doutorado, segundo a disponibilidade dos professores orientadores. As linha de pesquisa são: diagnóstico e intervenção nutricional em coletividades; estudo dietético e bioquímico relacionado com o estado nutricional; e nutrição em produção de refeições e comportamento alimentar.

Informações adicionais estão disponíveis no edital.

Mais informações:
Site do Programa: www.ppgn.ufsc.br.

Tags: doutoradomestradonutriçãoPPGNPrograma de Pós-Graduação em NutriçãoUFSC

Programa de Pós-Graduação em Nutrição promove palestra nesta quinta

15/09/2016 08:11

Palestra - Barriers to Healthy Portion ControlO Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove a palestra Barriers to Healthy Portion Control, com a professora da Queen’s University Belfast (Irlanda do Norte), Moira Dean. O evento será realizado na próxima quinta-feira, 15, às 14h, no auditório da pós-graduação, no bloco H do Centro de Ciências da Saúde (CCS), Campus Florianópolis.

Tags: palestraPPGNQueen’s University BelfastUFSC

UFSC recebe pesquisadora da Queen’s University para palestra sobre psicologia na escolha de alimentos

22/02/2016 10:27

© Pipo Quint / Agecom / UFSCO Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) organizou, no dia 17 de fevereiro, a palestra Investigating the habits of shoppers in real settings – what motivates healthy food purchases? (Investigando os hábitos dos consumidores nos locais de compra – o que motiva a compra de alimentos saudáveis?), com a professora Moira Dean, da Queen’s University Belfast, Irlanda do Norte. Pesquisadora na área de comportamento consumidor e psicologia da escolha alimentar, suas pesquisas envolvem a psicologia da escolha de alimentos e percepção de risco.

A apresentação tratou de estudo multimétodos, que buscou identificar o comportamento de consumidores nos locais de compra de alimentos em tempo real, com o objetivo de conhecer fatores que favorecem e dificultam a compra de alimentos saudáveis.

A palestra faz parte do programa de mobilidade Investigating the habits of shoppers when they do or don’t buy healthful foods, criado em parceria com a professora Giovanna Fiates, que conheceu Moira Dean enquanto realizava pós-doutorado na Universidade de Surrey. O projeto, financiado pelo Fundo Newton e pela British Academy, promove mobilidade acadêmica. A professora Giovanna irá fazer uma visita à Irlanda. “Durante minha estadia irei apresentar os temas de pesquisa atualmente desenvolvidos no âmbito do PPGN/UFSC a pesquisadores da Queen’s University Belfast, no intuito de promover a formação de novas parcerias. Também serão realizadas reuniões para discussão de dados de pesquisas conduzidas por minhas orientandas no PPGN.”

Além da palestra, Moira realizou um workshop sobre “Análise temática em Pesquisa Qualitativa” para os alunos do PPGN, participou de reuniões sobre o projeto de mobilidade e visitou as dependências do Núcleo de Pesquisa de Nutrição em Produção de Refeições (Nuppre), do PPGN /UFSC.

Mais informações no site.

Tags: CCSMoira DeanPPGNQuenn’s University de BelfastUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pós em Nutrição promove palestra com professora de universidade britânica

11/02/2016 11:43

O Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promove palestra com a professora Moira Dean, da Queen’s University (Belfast, Irlanda do Norte), no dia 17 de fevereiro, às 10h, na sala H2, térreo do bloco H do Centro de Ciências da Saúde (CCS).

Intitulada Investigating the habits of shoppers in real settings – what motivates healthy food purchases?, a palestra contará com tradução consecutiva.

Moira Dean é parceira da professora Giovanna Fiates, do PPGN, em projeto financiado pelo Newton Fund / British Academy.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-6131.

Palestra Moira Dean

Tags: nutriçãoPPGNPrograma de Pós-Graduação em NutriçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pós em Nutrição divulga edital para seleção de mestrado e doutorado

04/01/2016 07:45

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) publicou o edital da seleção para o processo de seleção de candidatos às vagas de mestrado e doutorado. As inscrições vão de 22 de fevereiro a 21 de março de 2016, para início em agosto de 2016.

As inscrições homologadas serão divulgadas até 30 de março, pelo site do PPGN. O período de seleção vai de 1º de abril a 31 de maio, com 20 vagas para o mestrado e 12 para o doutorado, em três linhas de pesquisa.

Mais informações no site.

Tags: nutriçãoPPGNPrograma de Pós-Graduação em NutriçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Diretor de avaliação da Capes ministra aula inaugural da Pós em Nutrição

28/10/2015 07:02
Aula-PPGN-723x1024O Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN-UFSC) promove sua aula inaugural “Sistema Nacional de Pós-Graduação e uma Agenda Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação para o País”, com o professor Arlindo Philippi Junior, diretor de Avaliação da Capes. A palestra será na terça-feira, 3 de novembro, às 9h, no auditório do bloco H do Centro de Ciências da Saúde (CCS).
 
O evento será transmitido neste endereço.
Tags: Agenda de Pesquisa e pós-graduação para o paísaula inauguralpós em nutriçãoPPGNSistema nacional de pós-graduaçãoUFSC

Pesquisa da UFSC indica que idosos com excesso de peso ou com obesidade abdominal têm maior risco de desenvolver hipertensão

17/09/2015 15:16

Rafaela Haeger Luz, sob orientação da professora Aline Rodrigues Barbosa, realizou o estudo “Associação entre diferentes indicadores antropométricos e hipertensão arterial sistêmica em idosos de Florianópolis, Santa Catarina”, como dissertação de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da Universidade Federal de Santa Catarina. A pesquisa utilizou dados secundários do estudo EpiFloripa Idoso, coordenado pela professora Eleonora D’Orsi, e teve como objetivo analisar a associação entre diferentes indicadores antropométricos e a presença de hipertensão arterial sistêmica em idosos de Florianópolis.

  Foram avaliados 1.197 idosos, 778 mulheres e 419 homens. A idade média das mulheres foi de 74 anos, e dos homens, 73 anos. A presença de hipertensão foi autorreferida e os indicadores antropométricos foram coletados por meio de mensuração padronizada do peso, altura e perímetro da cintura.

Foi estimado que 65% dos idosos de Florianópolis têm hipertensão. Os indicadores Índice de Massa Corporal, Perímetro da Cintura, Razão Cintura/Estatura, e os indicadores combinados Índice de Massa Corporal+Perímetro da Cintura e Índice de Massa Corporal+Razão Cintura/Estatura, que avaliaram o excesso de peso e a obesidade abdominal, foram associados à hipertensão nas mulheres. Nos homens, somente o Índice de Massa Corporal e os indicadores combinados foram associados à hipertensão.

Deriva-se, da pesquisa, que idosos com excesso de peso ou com obesidade abdominal ou, com excesso de peso e obesidade abdominal,  têm maior risco de desenvolver hipertensão, quando comparados a idosos com peso normal.

 

Tags: Aline Rodrigues Barbosaexcesso de pesohipertensãoidososobesidade abdominalPPGNRafaela Haeger LuzUFSC

Pesquisa da UFSC estuda controle de gordura trans em produtos de lanchonetes da Universidade

09/09/2015 11:27

Os padrões e comportamentos alimentares da população têm sido influenciados por fatores como menor disponibilidade para o preparo das refeições e o tempo gasto nele, o aumento do número de vezes em que as pessoas comem fora de casa e o acréscimo do consumo de alimentos processados. Os produtos alimentícios industrializados mais comprados pelos brasileiros são os de panificação – salgados fritos e assados, biscoitos salgados, pizzas e sanduíches –, que apresentam elevado teor calórico e de gorduras, entre elas, a trans, que pode ocasionar diversos malefícios à saúde, como desenvolvimento de doenças cardiovasculares, diabetes melito, obesidade, depressão e câncer. Jovens no ambiente universitário consomem habitualmente produtos de panificação com presença da gordura trans.

Pesquisa realizada no Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN), no contexto do Núcleo de Pesquisa de Nutrição em Produção de Refeições (NUPPRE) da UFSC, teve como objetivo implementar o controle de gordura trans em produtos de panificação de um fabricante que é fornecedor de lanchonetes do campus de Florianópolis da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O estudo é resultado de uma dissertação de mestrado defendida em 2015 pela nutricionista Mariana Kilpp Silva, com orientação da professora Marcela Boro Vieiros, e parcerias com a professora Rossana Pacheco da Costa Proença e a egressa de doutorado, Vanessa Hissanaga-Himelstein.

 Etapas do estudo

O estudo foi executado em três etapas: a primeira foi a da identificação dos produtos de panificação com gordura trans comercializados nas lanchonetes do campus Florianópolis – a coleta de dados foi realizada nas 13 lanchonetes do campus. A etapa seguinte foi a seleção do fabricante, escolhido devido à possibilidade de fornecer maior número de produtos de panificação passíveis de conter gordura trans aos consumidores da Universidade. Na terceira etapa houve a implementação, no fabricante selecionado, do Método de Controle de Gordura Trans no Processo Produtivo de Refeições (CGTR), que ocorreu de novembro de 2014 a fevereiro de 2015.

Foram avaliados todos os produtos de panificação comercializados que continham rotulagem: pães de queijo, pães de batata recheados com requeijão, biscoitos salgados simples, salgados assados de massa branca e integral (empanadas, calzones e esfirras), salgados assados de massa semifolhada (croassãs e folhados), salgados fritos de massa cozida (coxinhas) e calzones doces.

Todas as lanchonetes comercializavam produtos de panificação com presença da gordura trans. Dos 120 produtos analisados por meio dos rótulos, 92 (76,7%) continham ingredientes passíveis de conter gordura trans, dos quais 60 (65,2%) foram identificados pela presença dessa gordura na tabela de informação nutricional, e 68 (73,9%) pela lista de ingredientes – devido ao uso de margarina (51,5%), gordura vegetal hidrogenada (27,9%) e gordura vegetal (20,6%).

Foram identificados 21 fabricantes que comercializavam produtos de panificação nas lanchonetes: o selecionado para o estudo os fornecia para três lanchonetes do campus da Universidade, com sete diferentes produtos de panificação, todos com ingredientes passíveis de conter gordura trans.

Na implementação do método CGTR, após acompanhamento e avaliação de todas as etapas do processo produtivo, foi identificado que todos os 39 produtos de panificação fabricados pela empresa utilizavam ingredientes passíveis de conter gordura trans, dos quais 59% possuíam em sua composição caldo de galinha industrializado; 54%, gordura vegetal hidrogenada; 44%, margarina industrial; 13%, requeijão cremoso original; e 3%, queijo cheddar – todos identificados com presença de gordura trans por meio das informações contidas nos respectivos rótulos.

Foram então realizados testes culinários para desenvolver novos produtos sem gordura trans: o teste dos recheios foi feito com a substituição do caldo industrializado por temperos frescos e naturais e por caldo industrializado sem gordura trans; além disso, houve a substituição de requeijão contendo gordura vegetal por produtos similares sem gordura trans. Para as massas, foram realizados testes culinários substituindo gordura vegetal hidrogenada e margarina por óleos vegetais (soja, girassol e algodão) e o caldo de galinha industrial por caldo de galinha caseiro. Com o desenvolvimento e testes das novas formulações, foi demonstrada a possibilidade de fabricar produtos de panificação isentos de gordura trans industrial.

Além dos testes, foram implementadas ações para o controle da gordura trans no local do estudo, que deram origem a diversas recomendações para fabricantes envolvidos no processo produtivo de produtos de panificação.

Resultados

Destaca-se a relevância do método CGTR no processo produtivo de refeições e, a partir do estudo, a viabilidade de implementá-lo na produção de produtos de panificação. A aplicação do método auxilia colaboradores e gestores da área de panificação a identificar a gordura trans no processo produtivo e propor ações corretivas para controlar seu uso ou eliminá-la. Da pesquisa também se conclui que o uso de óleos vegetais na fabricação de produtos de panificação e a utilização de insumos isentos de gordura trans são alternativas viáveis para seu controle nos alimentos, possibilitando aos consumidores opções mais saudáveis do ponto de vista nutricional.

Conclui-se, portanto, que disponibilizar, em lanchonetes de ambientes universitários e escolares, alimentos com melhor qualidade nutricional e isentos de gordura trans é uma forma de prevenir doenças, já que essa substância é, comprovadamente, nociva à saúde e não possui limite seguro de ingestão.

Contatos: Mariana Kilpp Silva: ; Marcela Boro Veiros: ; e Rossana Pacheco da Costa Proença: .

 Edição: Alita Diana/Jornalista da Agecom/DGC/UFSC

Revisão: Claudio Borrelli/Revisor de Textos/Agecom/DGC/UFSC

 

Tags: controle gordura transgordura transMarcela Boro VieirosMariana Klipp SIlvaNUPREPPGNRossana Pacheco da Costa Proença

Núcleo de pesquisa da Nutrição UFSC convida calouros para pesquisa

27/08/2015 15:56

Os calouros que entraram na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) nos últimos dois semestres (2015.1 e 2015.2) são convidados a participar de uma pesquisa sobre habilidades culinárias. A atividade consta de um questionário on-line, organizado pelo Núcleo de Pesquisa de Nutrição em Produção de Refeições (NUPPRE), em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN), que pode ser respondido até o dia 30 de novembro de 2015.

O roteiro de perguntas, desenvolvido nos Estados Unidos, passou por adaptações e deve ser aplicado a, no mínimo, 780 estudantes para que se torne válido. Segundo a direção do NUPPRE, não há estudos no Brasil que identifiquem as habilidades culinárias dos estudantes universitários, sendo que sua rotina alimentar muda muito a partir do momento em que se tornam calouros.

O site da atividade contém as especificações e normas básicas sobre o questionário e um link direto para ele. Para participar, basta acessar este site.

Mais informações pelo telefone (48) 9814-7121 e no site do NUPPRE.

Gisele Flôres/Estagiária de Jornalismo Agecom/DGC/UFSC

Tags: Habilidades culináriasNUPPREnutriçãoPPGNUFSC

Nutricionista catarinense é destaque no ‘Pioneiras da Ciência no Brasil’

14/10/2014 08:30
Foto: Asbran

Foto: Asbran

A nutricionista catarinense Lieselotte Hoeschel Ornellas é destaque no Pioneiras da Ciência no Brasil – 4ª Edição – CNPq, Lieselotte, pioneira da Nutrição no país, nasceu em Florianópolis (SC), tem 96 anos e mora atualmente no bairro Ipanema, Rio de Janeiro.

Trecho da matéria:

“A participação de Lieselotte Hoeschl Ornellas, tanto como docente quanto como profissional, durante 66 anos, contribuiu de forma singular para o desenvolvimento da Enfermagem e da Nutrição, sendo excelente nutricionista e exemplar enfermeira. Por sua contribuição prestada a ambas as profissões,  Ornellas ganhou o reconhecimento profissional nessas duas áreas do campo da saúde.”.

Confira a matéria.

 

Tags: Lieselotte Hoeschel OrnellasPPGNUFSC

Pesquisa UFSC: albumina sérica prediz risco de hospitalização em mulheres submetidas a hemodiálise

17/09/2014 08:48

Pesquisa desenvolvida pela nutricionista Patrícia Szuck, para obtenção do mestrado no Programa de Pós-Graduação em Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGN-UFSC), orientada pela professora Elisabeth Wazlawik, demonstrou que a albumina sérica prediz o risco de hospitalização em mulheres com doença renal crônica submetidas a hemodiálise. O estudo, que acompanhou 138 pacientes submetidos a esse procedimento (idade média de 55 anos, 60% homens) por dois anos, foi realizado em duas clínicas de diálise de Santa Catarina – uma em Florianópolis e outra em São José.

Considerando-se que as taxas de hospitalização entre os pacientes em hemodiálise são elevadas, o objetivo do estudo foi verificar a capacidade preditiva de indicadores nutricionais no risco de hospitalização em pacientes submetidos ao procedimento de filtração extracorpórea do sangue, sendo utilizados nove indicadores (avaliação subjetiva global; escore de desnutrição-inflamação; rastreamento de risco nutricional 2002; porcentagem de massa de gordura; circunferência muscular do braço; força do aperto da mão; ângulo de fase, obtido por impedância bioelétrica; albumina sérica e linfócitos totais).
(mais…)

Tags: albumina séricaElisabeth WazlawikhemodiálisePatricia SzuckPPGNUFSC

‘Panorama da Pós-Graduação em Alimentação e Nutrição no Brasil’ é tema de aula inaugural dia 12

11/08/2014 08:40

cartaz aula inaugural PPGN 2014O Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da UFSC convida a comunidade para aula inaugural do segundo semestre de 2014, com palestra do professor Gilberto Kac, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com o tema “Panorama da Pós-Graduação em Alimentação e Nutrição no Brasil”. O evento ocorrerá no dia 12 de agosto (terça-feira), às 9h, no auditório da pós-graduação, Bloco H do Centro de Ciências da Saúde (CCS). O palestrante é o professor Gilberto Kac.
(mais…)

Tags: CCSPanorama da Pós-graduação em Alimentação e Nutrição no BrasilPPGNUFSC

Conferência sobre obesidade em crianças e adolescentes nesta quinta na UFSC

15/05/2014 07:53

Os programas de pós-graduação em  Nutrição,  Saúde Coletiva e Educação Física da Universidade Federal de Santa Catarina promovem a conferência “Définition de l’obésité chez les enfants et les adolescents: Données épidémiologiques” (Definição de obesidade em crianças e  adolescentes: dados epidemiológicos), com Marie Françoise Cachera, pesquisadora visitante nos programas promotores do evento.

A conferência será ministrada em Francês (com tradução subsequente) nesta quinta-feira, 15 de maio,às 14h, no auditório do bloco V do Centro de Desportos (CDS). Mapa do local: http://goo.gl/tyBdCS

Marie Françoise Cachera é doutora em Ciências da Nutrição e Pesquisadora Honorária da Université Paris 13. Atualmente atua na linha de pesquisa Epidemiologia Nutricional da Université Paris 5 e Université Paris 7.

 

Tags: adolescentesconferênciacriançasMarie Françoise CacheraobesidadePPGNPPSCPrograma de Pós-Graduação em Educação Física

UFSC promove conferência com o tema ‘Doçura, saciação e saciedade’

28/04/2014 21:18

Pesquisadora France Bellisle

Os programas de pós-graduação em Nutrição (PPGN) e em Saúde Coletiva (PPGSC)  da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promovem na próxima terça-feira, 29 de abril, às 14h, no auditório do Bloco H do Centro de Ciências da Saúde, a conferência ” Sweetness, Satiation, and Satiety” (Doçura, saciação e saciedade*) com a professora France Bellisle, pesquisadora visitante nos programas de pós-graduação promotores do evento. A conferência será ministrada em inglês, e haverá tradução simultânea.

* Saciação é o  processo que nos faz parar de comer. Já a saciedade é o processo que suprime a vontade de comer, após a refeição. Ambas inibem o apetite, que pode ser definido como a tendência de procurar e consumir alimentos (Fonte: http://deltanutri.com.br/blog/saciacao-e-saciedade).
(mais…)

Tags: conferênciaFrance BellislePPGNPPGSCsaciaçãosaciedadesatiationsatietysweetnessUFSC

Pacientes com neoplasias hematológicas apresentam processo inflamatório mediado pelas células Th1

18/02/2014 11:33

Estudo desenvolvido entre novembro de 2012 e abril de 2013 no Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) , nível de mestrado, pela nutricionista Dayanne da Silva Borges Betiati, sob a orientação do professor Erasmo Benício Santos de Moraes Trindade, mostrou que há maior proporção de células Th1 em relação às Th2 em indivíduos com neoplasias hematológicas. Além disso, encontrou-se uma menor relação CD4+/CD8+ entre os indivíduos com linfomas, e uma maior proporção de células T CD8+ nesse grupo. Foi observado ainda que os valores de proteína C reativa apresentaram-se elevados, enquanto que houve uma discreta redução na concentração de albumina.

O estudo foi realizado em 16 pacientes – de ambos os sexos e idade média de 47 anos – com leucemias e linfomas, que foram atendidos no Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (HU-UFSC). A pesquisa contou com o apoio da equipe multidisciplinar do setor de Oncohematologia do HU-UFSC,  Laboratório de Investigação de Doenças Crônicas (LIDoC) do Departamento de Fisiologia da UFSC, Laboratório Multiusuário de Estudos em Biologia (LAMEB)-I/ do Departamento de Ciências Biológicas da UFSC  e Laboratório de Hematologia do Setor de Análises Clínicas do HU-UFSC.

(mais…)

Tags: células Th1Dayanne da Silva Borges BetiatiErasmo Benício Santos de Moraes Trindadeneoplasias hematológicasPPGN

Pesquisa mostra relação entre estado nutricional e células sanguíneas em pacientes com cânceres hematológicos

18/12/2013 14:27

A nutricionista Paula Fernanda de Oliveira Olivo realizou um estudo, em que avaliou a associação entre determinadas células imunológicas, mediadores relacionados à inflamação e o estado nutricional de indivíduos com cânceres hematológicos, antes da quimioterapia. A pesquisa foi realizada para sua dissertação de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da UFSC, sob orientação do professor Everson Araújo Nunes, em parceria com o setor de hematologia do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina – centro de referência no tratamento de cânceres hematológicos.

(mais…)

Tags: cânceres hematológicosEverson Araújo NunesPaula Fernanda de Oliveira OlivoPPGNUFSC

Cápsulas de ômega-3 melhoram perfil lipídico em pacientes cardiopatas praticantes de exercícios físicos

11/12/2013 10:52

Fernanda Casagrande estudou o efeito da ingestão de cápsulas de ômega-3 sobre pacientes cardiopatas praticantes de exercícios físicos

A nutricionista Fernanda da Silva Casagrande, sob a orientação do professor  Edson Luiz da Silva e colaboração do professor Tales de Carvalho, realizou um estudo que resultou em sua dissertação de mestrado para o programa de Pós-Graduação em Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGN). Sua pesquisa investigou o efeito da suplementação de óleo de peixe contendo ômega-3 no perfil lipídico e inflamatório de portadores de insuficiência cardíaca, submetidos a exercício físico supervisionado.

As doenças cardiovasculares (DCVs) estão entre as principais causas de morte e internação, e aumentam substancialmente os custos da saúde pública em todo o mundo. A insuficiência cardíaca é considerada a via final de diversas doenças do coração, e ela causa desequilíbrio do sistema cardiovascular – o que compromete progressivamente a funcionalidade contrátil e de relaxamento desse órgão vital do corpo humano.
(mais…)

Tags: cardiopatasDoenças cardiovascularesEdson Luiz da Silvaexercícios físicosFernanda Casagrandeômega 3PPGNTales de CarvalhoUFSC

Aquisição de alimentos saudáveis para a família é tema de pesquisa na UFSC

06/12/2013 15:00

Nutricionista Caroline C. Moreira pesquisou a percepção sobre alimentos saudáveis pelos responsáveis pela aquisição para as suas famílias.

A nutricionista Caroline Camila Moreira, do Programa de Pós-Graduação em Nutrição (PPGN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), sob a orientação da professora Giovanna M. R. Fiates, realizou, para sua dissertação de mestrado, uma investigação acerca da percepção sobre compra e consumo de alimentos saudáveis por quem os adquire para a família. Da pesquisa – realizada entre os meses de outubro e novembro de 2011 – participaram 215 pais de escolares de 7 a 10 anos, de nove escolas públicas de Florianópolis (SC). A pesquisa integra o projeto“Estudo intergerações familiares: hábitos alimentares na interface entre o estado nutricional e o comportamento do consumidor”, financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Em um único dia, realizam-se inúmeras escolhas alimentares, que, repetidamente, tendem a se tornar hábitos. Engana-se quem imagina que as escolhas alimentares se iniciam na primeira refeição do dia; elas começam no momento da seleção e compra de alimentos.

Constatou-se que as famílias brasileiras, de todos os estratos de renda, têm adquirido, cada vez mais, alimentos industrializados e ultraprocessados, geralmente com teores excessivos de gordura, sal e açúcar e uma quantidade insuficiente de frutas e hortaliças. Por isso, torna-se importante compreender não somente o comportamento de compra, mas também entender a percepção do que são alimentos saudáveis por parte de quem os adquire para a família.

(mais…)

Tags: Caroline Camila MoreiraGiovanna M R Fiatesnota para imprensaPPGN

Pesquisa da UFSC mapeia ações educativas sobre alimentação orgânica nas escolas municipais brasileiras

26/11/2013 17:03

Para Tayse, a presença dos nutricionistas é importante para que ações educativas no ambiente escolar sejam realizadas, além de garantir uma alimentação adequada aos alunos

Um estudo desenvolvido para a dissertação de mestrado de Tayse Valdira Vieira, sob a orientação do professor David Alejandro González Chica, para o Programa de Pós-Graduação em Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGN-UFSC), em conjunto com o Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição do Escolar de Santa Catarina (Cecane-SC), investigou as ações educativas sobre alimentação orgânica realizadas nas escolas municipais do Brasil em 2012. A pesquisa procurou verificar se essas atividades estavam ou não sendo realizadas pelos nutricionistas vinculados ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) em cada município, e avaliou também a sua possível associação com a carga horária semanal e o tempo de serviço desses profissionais.
(mais…)

Tags: alimentação orgânicaCecane-SCPNAEPPGNTayse Valdira VieiraUFSC
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2