Conferência sobre as ‘proletárias saint-simonianas’ nesta quarta-feira no CFH

14/05/2014 11:45

O Núcleo de Antropologia do Contemporâneo (TRANSES/PPGAS), o Laboratório de Estudos de Gênero e História (LEGH/PPGH) e o INCT Brasil Plural convidam para a Conferência “As proletárias saint-simonianas e sua herança. Entre ocultação e (re)descoberta de seus itinerários e escritos”, com a pesquisadora francesa Christiane Veauvy, nesta quarta-feira, 14 de maio, às 14h30min, na sala 10 da História.

As “proletárias saint-simonianas” (denominação que as próprias mulheres do movimento se deram em 1832 para se diferenciar das “grandes damas do movimento”) foram objeto de uma grande recusa ao longo do século XIX, em particular Claire Demar, demonizada por seus contemporâneos (a mulher livre como “mulher-monstro”). Fundaram o primeiro periódico redigido por mulheres e destinado às mulheres,  La femme libre (1832-1834).
(mais…)

Tags: Christiane VeauvyconferênciaPPGASTransesUFSC

UFSC promove mesa-redonda sobre cinema contemporâneo

03/07/2012 12:17

Livro será lançado dia 13 na UFSC

O Programa de Pós-graduação em Antropologia Social e o TRANSES (Núcleo de Antropologia do Contemporâneo) promovem a mesa-redonda Cinema Contemporâneo: Paisagens Transculturais e Subversões Cronotópicas, no auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), sexta-feira, 13 de julho, às 14h30min, com os professores Denilson Lopes/ UFRJ e José Gatti/UFSC e Universidade Tuiuti. Debatedor: professor Luiz Felipe Soares/ Curso de Cinema/UFSC

Após o debate haverá o lançamento dos livros:

“No Coração do Mundo: Paisagens Transculturais”, de Denilson Lopes, Ed. Rocco, 2012 e
” Masculinidades: Teoria, Crítica e Artes”, José Gatti e Fernando Marques Penteado (orgs.), Estação das Letras e Cores, 2011

Informações: 3712-9714

Tags: cinema contemporâneoDenilsons LopesJosé GattiLuiz Felipe SoaresPPGASTranses

Filme Sem Sol será exibido nesta sexta, com debate do professor Scott Head

01/12/2010 11:12

O Núcleo de Antropologia do Contemporâneo do Programa de Pós-Graduação de Antropologia Social da UFSC apresenta nesta sexta, 3/12, o filme Sem Sol (Sans Soleil), de Chris Marker, 1983, FRA. A exibição acontece às 14h30, no auditório do CFH, e será seguida de debate, com o professor convidado Scott Head. A sessão faz parte do Ciclo de Cinema e Debates – Trânsitos Contemporâneos (Transes).

Se você acredita que um filme é mais do que uma história contada com começo, meio e fim, então não deve deixar de conhecer Sem Sol, um belo exemplar do cinema de ensaio, misto de documentário e indagação estético-filosófica que se tornou a marca registrada de Chris Marker, um dos mais renomados cineastas do cinema francês. Em Sem Sol, acompanhamos num transe quase hipnótico a narração das cartas de um cameraman que viaja pelo mundo.

Do Japão à Guiné-Bissau, da Islândia aos Estados Unidos (a São Francisco de Um Corpo que Cai), ficamos atônitos diante da elegante meditação sobre o tempo e a memória tecida por Marker. Cineasta sempre inovador, Marker é um mago das imagens e de montagem. Poucos cineastas conseguiram, como ele, imprimir um selo de modernidade numa obra vasta, que ultrapassa os limites de todos os gêneros, suportes e bitolas.

Informações: www.cfh.ufsc.br.

Tags: Chris MarkerfilmeSem SolTranses