Hospital Universitário recebe 21 novos profissionais

07/02/2018 12:54

Novos trabalhadores empossados para trabalhar no HU/UFSC. (Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC)

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e o Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU/UFSC) empossaram, na manhã desta quarta-feira, 07 de fevereiro, 21 trabalhadores aprovados pelo concurso público do Edital nº88.

A sessão ocorreu no Auditório do Bloco Didático da Medicina e contou com a participação do Reitor pro tempore Ubaldo Cesar Balthazar; a superintendente em exercício do HU e Gerente de Atenção à Saúde, Francine Lima Gelbcke; o Gerente Administrativo, Paulo Peixoto Portella; a Chefe de Divisão de Gestão de Pessoas, Jaqueline Siqueira Alcântara; o vice-diretor do Centro de Ciências da Saúde (CCS), Fabrício de Souza Neves e a Pró-Reitora de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp), Carla Cristina Dutra Búrigo.

Francine Gelbcke deu as boas-vindas aos novos trabalhadores e ressaltou a importância de cada um em sua área de trabalho. “Inicialmente receberíamos 164 trabalhadores para o HU, mas hoje tive a notícia que vamos receber até o fim do ano, 255 trabalhadores da Ebserh, que vão ajudar a recuperar a capacidade e melhorar o nosso hospital,” enfatizou.

O Reitor pro tempore Ubaldo Cesar Balthazar discursou durante a posse dos novos trabalhadores do HU. (Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC)

O Reitor  pro tempore Ubaldo Cesar Balthazar reafirmou a fala de Francine, e disse que “os novos profissionais vão ajudar a fazer do HU um hospital ainda melhor. Aos poucos vamos recuperar a qualidade do hospital e, por isso, apostamos em vocês e nos que já estão trabalhando. O nosso hospital pertence a uma universidade que está entre as 10 melhores do país e é no HU que a sociedade vê o trabalho da UFSC. O HU é um dos melhores hospitais de Santa Catarina,” salientou.

Os trabalhadores empossados são:

Adriana Gonzales Machado – Técnica em Enfermagem
Alessandra Barichello da Silva – Técnica em Enfermagem
Ana Claudia Luiz Ferreira – Técnica em Enfermagem
Ana Maria Selva Mund – Técnica em Enfermagem
Ana Paula Goulart Tavares Pereira – Enfermeira
Anderson Romildo Zigante – Técnico em Análises Clínicas
Andressa Miozzo Soares – Médica Reumatologista
Daniele Oliveira da Cruz Lopes – Técnica em Enfermagem
Davi Avelino da Silva – Técnico em Segurança do Trabalho
Deina de Aguiar Aguiar – Enfermeira
Elen Cecilia Grings Mendes – Técnica em Enfermagem
Eulien Cavalcante Maia Brandani – Enfermeira
Gabriel Magalhães Queiroz Cassiano de Oliveira – Técnico em Análises Clínicas
Laryssa Santana Menezes – Enfermeira
Lidiane Simonetti Bitencourt Bayer – Técnica em Enfermagem
Lucimar Martires – Técnica em Enfermagem
Marcos Aurélio de Campos Alves – Técnico em Enfermagem
Mariza Koerich – Técnica em Enfermagem
Melina Gil Thomé – Médica – Clínica Médica
Rafaela Sant’ana de Oliveira – Técnica em Enfermagem
Renata Fernandes Gonçalves – Técnica em Análises Clínicas

 

Manuella Mariani/Estagiária de Jornalismo/Agecom/UFSC

 

Retrospectiva 2017: setembro e outubro

07/02/2018 12:34

Os meses de setembro e outubro foram marcados, principalmente, pelos acontecimentos que levaram à prisão do reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo e o seu suicídio. O luto foi acompanhado de uma atmosfera de incerteza sobre o futuro da UFSC. O dramático período que se seguiu, no entanto, encontrou resiliência da comunidade universitária, marcando o cotidiano do campus. Simultaneamente às atividades referentes aos fatos que culminaram na morte do reitor, foram realizados diversos eventos artístico-culturais e socioambientais, palestras, ações contra os cortes de verbas, e a 17ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex), desenvolvidos enquanto a universidade buscava formas de lidar com o mais marcante acontecimento do ano.

A Operação “Ouvidos Moucos” da Polícia Federal, que culminou na prisão temporária do reitor Luiz Carlos Cancellier e outros professores e técnicos-administrativos da instituição, foi deflagrada dia 14 de setembro. A Operação tinha como objetivo a investigação de desvios de verbas dos cursos de Educação a Distância (EaD), oferecidos pelo programa Universidade Aberta do Brasil (UAB). A medida cautelar foi criticada por entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Sociedade Brasileira de Física (SBF), por ser entendida como desproporcional e contrária à

Reitor foi velado no hall da reitoria. (Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC).

presunção de inocência.  No dia seguinte à prisão, foi emitido um despacho que revogou a prisão dos sete investigados na Operação, mas foi mantida a decisão anterior pelo afastamento dos cargos públicos. Com isso, no dia 18 de setembro, a vice-reitora Alacoque Lorenzini Erdmann assume a administração da UFSC. No final do mês, o então reitor, agora afastado pelas investigações, tem  artigo publicado pelo  jornal O Globo. No texto, ele analisou os acontecimentos que envolveram a universidade, as investigações que incluíam seu nome e o interesse da universidade em esclarecer a questão.

O mês de outubro inicia com o fato mais impactante de 2017. No segundo dia do mês, a UFSC virou notícia nacional, a partir do trágico falecimento do reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo. O velório foi realizado na universidade – um ato simbólico devido à decisão judicial que impedia o reitor de entrar na universidade.  “O caixão chega pela porta da frente, que é o lugar por onde ele entrou nessa instituição como reitor. É justo que, nesse ato de despedida e homenagem, ele retorne pela porta da frente”, afirmou na ocasião o chefe de gabinete, Áureo Moraes.

No dia seguinte, o corpo do reitor foi levado ao auditório Garapuvu, do Centro de Cultura e Eventos da UFSC, para a Sessão Solene Fúnebre do Conselho Universitário e do Conselho de Curadores. Nesta última homenagem, os discursos destacaram os aspectos da personalidade de Cancellier que faziam de sua gestão um espaço plural, que valorizava as diversidades e buscava o diálogo. Mas as falas também expressaram críticas à ação da Operação “Ouvidos Moucos” e à cobertura midiática desses eventos, ressaltada como irresponsável e desproporcional.
(mais…)

Carnaval nos Açores: Espaço Cultural NEA recebe mostra fotográfica

07/02/2018 11:00

De 8 de fevereiro a 30 de março o Espaço Cultural do Núcleo de Estudos Açorianos (NEA) recebe a mostra fotográfica Carnaval nos Açores. A mostra retrata a festa popular na Ilha portuguesa de onde veio grande contingente de imigrantes para colonização do Brasil meridional.

Sobre a mostra

A mostra fotográfica é comemorativa os 270 anos do povoamento açoriano em Santa Catarina que comemoramos no ano 2018. Foi um grande projeto da Coroa Portuguesa de transferência em massa de gente do arquipélago dos Açores para ocupar o Brasil Meridional, os primeiros imigrantes chegaram a Ilha de Santa Catarina, vila de Nossa Senhora Desterro em 06 de janeiro der 1748, após terem realizado uma viagem de quase três meses embarcados.

Esta exposição é o resultado de uma maratona de fotográfica chamada “Gestos e Gente no Carnaval Terceirense” que aconteceu no carnaval dos Açores e foi organizado pela Presidência do Governo Regional dos Açores através da Direcção Regional das Comunidades. A proposta era fotografar o carnaval da Ilha Terceira nos Açores, que é uma coisa atípica. Convidaram para participar deste projeto fotógrafos do Brasil, Canadá e EUA onde encontramos imigração açoriana muito forte. Do Brasil foram fotógrafos do Rio de Janeiro, do Rio Grande do Sul e o terceiro foi Joi Cletison, trabalhador da UFSC, representando Santa Catarina.

A proposta foi fotografar durante os quatro dias de carnaval os “Bailinhos” que acontecem somente na Ilha Terceira nos Açores. Na Ilha Terceira temos duas cidades Angra do Heroísmo e Praia da Victoria.

O que são os bailinhos?

Cada freguesia (bairro) organiza o seu próprio grupo que compõe uma música (letra e arranjos), montam uma coreografia, criam um figurino próprio e depois ensaiam. Nas noites de carnaval se apresentam em sua localidade e depois percorrem as diversas comunidades da Ilha fazendo apresentações.

O fotógrafo Joi Cletison viveu intensamente esta experiência nos quatro dias de carnaval de 2006, fotografando tarde, noite e nas madrugadas de sábado a terça feira de carnaval, tem mais de 900 imagens deste grande festival. Para Joi “é impressionante em todos os aspectos […] funciona perfeitamente sem que ninguém seja responsável pela organização sai um Grupo e entra outro, o público é fiel permanece ali o tempo todo mantendo os teatros lotados. Cada grupo cuida do tema, letra, música, figurino, transporte e recursos financeiros para montagem. A comunidade oferece apenas o espaço para apresentação e um lanche depois da apresentação. Cada grupo chega a fazer 8 apresentações durante a noite em locais diferentes. Usam como tema os acontecimentos corriqueiros do dia a dia como a política e outros ”.

A apresentação da exposição é do escritor e poeta açoriano Álamo de Oliveira, compositor de diversas marchas para este carnaval e também responsável por várias montagens teatrais e diversos bailinhos de carnaval.

Serviço:

Local: Espaço Cultural do NEA, campus Trindade da Universidade Federal de Santa Catarina

Período: 05/02 a 30/03/2018

Visitação: Segunda à sexta feira das 9h as 12h e das 14h às 17h

Promoção da exposição:

Universidade Federal de Santa Catarina – SECARTE

Governo Regional dos Açores – DRC

Realização: Núcleo de Estudos Açorianos da UFSC

Contato:

(48)3721.8605

E mail   

DIVULGA UFSC – 08/02/2018 – edição semanal 1007

07/02/2018 10:00

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
www.divulga.ufsc.br – 07/02/2018 – Edição semanal 1007


UFSC inicia obras das Rotas Acessíveis

O projeto Rotas Acessíveis começa a tornar-se realidade no campus UFSC Trindade. As obras começaram no dia 8 de janeiro e a expectativa é de realização em duas etapas, durante todo o ano. Continue a leitura » ».

Programa de extensão lança cartilha ‘Violência Doméstica – Perguntas e Respostas’ em Libras

Fruto de parceria estabelecida entre a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e o Tribunal de Justiça de Santa Catarina, a cartilha “Violência Doméstica – Perguntas e Respostas”, elaborada no âmbito do Judiciário, acaba de ganhar versão em vídeo devidamente vertida para a Língua Brasileira de Sinais – Libras. Seu conteúdo apresenta orientações às mulheres sobre a violência doméstica e a importância de denunciar essa prática, com informações acerca de órgãos e canais de apoio e proteção. Continue a leitura » » .

Abertas as inscrições de servidores para isenção de pagamento dos cursos extracurriculares de língua estrangeira

As inscrições para isenção do pagamento dos cursos extracurriculares de língua estrangeira, destinada aos servidores docentes e técnico-administrativos da UFSC, estarão abertas até 19 de fevereiro no Sistema Gestor de Capacitação (SGCA). Os cursos são promovidos pelo Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras (DLLE) do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) da Universidade. Continue a leitura » »  .


Relatórios de Inventários 2017 da UFSC estão disponíveis para consulta

A Divisão de Inventário e Apoio aos Agentes Patrimoniais da UFSC informa que foram publicados os Relatórios de Inventários 2017 com a apresentação dos respectivos resultados. Na página é possível verificar informações e documentos relacionados ao processo de inventário dos bens móveis da UFSC. Acesse os relatórios Geral, Sintético Consolidado, Analítico Consolidado e Bens sem Identificação Patrimonial na página.

Palestra do COEB 2018 aborda os desafios da docência na era digital

Com o advento da cultura digital, as formas de produzir, acessar e armazenar a cultura e o conhecimento também vêm sendo modificadas. E na educação? Quem são esses novos sujeitos? Como aprendem? Como produzem, acessam e modificam os conhecimentos e como se inserem na cultura digital, própria da contemporaneidade? Encerrando o primeiro dia do Congresso de Educação Básica (COEB) 2018, a professora doutora Martha Kaschny Borges propôs essas e outras indagações na palestra ”Cultura digital e novas aprendizagens: desafios para a prática docente”. Continue a leitura>>.


Sala Verde solicita doações para a confecção de cadernos ecológicos

Sala Verde UFSC aceita doações para a confecção de ecocadernos, ecoagendas e ecoblocos. Interessados podem doar apostilas e folhas usadas só de um lado; espirais, capas plásticas ou de caderno usados; retalhos de tecidos, sobras de lã, agulhas, barbante; cola e tesoura. O setor está localizado no piso térreo da Biblioteca Central e recebe os materiais  até o dia 23 de fevereiro. Mais informações pelo e-mail Descrição: Esta imagem contém um endereço de e-mail. É uma imagem de modo que spam não pode colher. ou pelos telefones (48) 3721-9044/6469.

Inscrições abertas para sexto Encontro de Física e Astronomia da UFSC

O VI Encontro de Física e Astronomia da UFSC será realizado de 19 a 23 de fevereiro, no campus de Florianópolis da UFSC. A programação será composta por palestras de pesquisadores do Brasil e do exterior, minicursos oferecidos por professores do Programa de Pós-Graduação em Física da UFSC, além de seminários e sessões de pôsteres. Mais informações no site .

Especialização em Saúde Coletiva abre inscrições

O Curso de Especialização em Saúde Coletiva (PPGSC/UFSC) recebe inscrições para o processo de seleção de candidatos até o dia 9 de fevereiro. São ofertadas 30 vagas, destinadas a profissionais  com formação ou atuação na área da saúde. As inscrições devem ser realizadas através de preenchimento de formulário online e posterior envio ou entrega da documentação solicitada no edital. Continue a leitura » » .


Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição do Escolar disponibiliza vagas para pesquisadores

A Coordenação do Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição do Escolar de Santa Catarina (CECANE/SC) publicou edital com o processo de seleção para o cargo de Pesquisador. Para compor cada cargo poderão se inscrever os profissionais da área de conhecimento “Ciências da Saúde”, que engloba os cursos de Medicina, Odontologia, Farmácia, Enfermagem, Nutrição, Saúde Coletiva, Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional e Educação Física. As inscrições estarão abertas até o dia 9 de fevereiro. Mais informações no site.


Grupo de estudos sobre a Rússia está com inscrições abertas para iniciantes

O grupo de estudos sobre a Rússia (PRORUS) informa que está com inscrições abertas para iniciantes (Estágio I) que têm o interesse em aprender a língua russa. Podem participar membros da comunidade externa e interna da UFSC. As aulas iniciam dia 26 de fevereiro e acontecerão nas quartas e sextas-feiras, das 14h às 15h, no Centro Socioeconômico (CSE). Informações e inscrições: .

Livro traduzido pela EdUFSC é citado em série documental na Netflix

O entomologista americano Jeffrey A. Lockwood, autor do livro Soldados de Seis Pernas – Usando Insetos como Armas de Guerra, é um dos entrevistados da série Nazi Secret Files, disponível para os assinantes da Netflix. O cientista aparece no quarto capítulo da série documental produzida pela BBC. O livro, publicado em 2016 pela EdUFSC, foi traduzido pelo professor aposentado e voluntário da UFSC, Carlos Brisola Marcondes. Mais informações sobre o livro aqui.

Acompanhe outras notícias da UFSC
noticias.ufsc.br

Confira a programação da TV UFSC
tv.ufsc.br

Siga a UFSC nas redes sociais
Facebook
TwitterFacebook

 


Contatos com a produção deste informativo:
Coordenadoria de Comunicação Organizacional e Novas Mídias – Agecom

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
Campus Reitor João David Ferreira Lima. Trindade. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.
/ +55 (48) 3721-2824 / 3721-2825
Acesse nossa Política Editorial
Para deixar de receber nossos boletins, clique aqui.

 

 

Abertas as inscrições para o Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia

07/02/2018 09:59

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia – Edição 2017. As inscrições estão disponíveis até 2 de março de 2018 e o tema desta edição é “Tecnologias para a Economia do Conhecimento”. O prêmio é organizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e tem premiação de até 25.500 dólares.

Mais informações em www.premiomercosul.cnpq.br ou pelo e-mail: 

UFSC divulga terceira chamada do Vestibular 2018

07/02/2018 09:16

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulga o edital nº 2, referente à terceira chamada do Vestibular UFSC 2018. A matrícula online deve ser feita de 7 a 9 de fevereiro e etapa presencial, de 19 a 22 de fevereiro, junto à respectiva coordenadoria de curso localizada no campus em que o estudante realizará o curso.

A matrícula online deve ser realizada pelo site e o Departamento de Administração Escolar (DAE) destaca a importância de ler as portarias nº 001 e 002/PROGRAD/SAAD/UFSC/2018, em que constam informações sobre matrícula e esclarecimentos para dúvidas frequentes de candidatos classificados para a UFSC.

Mais informações estão disponíveis na página do vestibular.

Relatórios de Inventários 2017 da UFSC estão disponíveis para consulta

06/02/2018 11:48

A Divisão de Inventário e Apoio aos Agentes Patrimoniais da UFSC informa que foram publicados os Relatórios de Inventários 2017 com a apresentação dos respectivos resultados. Na página é possível verificar informações e documentos relacionados ao processo de inventário dos bens móveis da UFSC.

Acesse os relatórios Geral, Sintético Consolidado, Analítico Consolidado e Bens sem Identificação Patrimonial na página.

ELAP 2018: Bolsa de Estudos para o Canadá recebe inscrições até 17 de abril

06/02/2018 10:01

Promovido pelo Governo do Canadá, o Emerging Leaders in the Americas Program (ELAP) oferece bolsas de estudos para estudantes de graduação e pós-graduação (mestrado e doutorado) da América Latina e do Caribe realizarem intercâmbio em universidades do Canadá. As inscrições estão abertas até 17 de abril e todas as informações podem ser obtidas no endereço http://www.scholarships-bourses.gc.ca/scholarships-bourses/can/institutions/elap-pfla.aspx?lang=eng

A Secretaria de Relações Internacionais (SINTER) administra somente as candidaturas dos estudantes de graduação da UFSC e informa, ainda, que está em contato com as instituições conveniadas e divulgará na página da SINTER o prazo de inscrição para cada instituição canadense. Os estudantes contemplados com a bolsa devem começar os seus estudos no Canadá entre 1° de junho de 2018 e 1° de fevereiro de 2019 (mediante Liberação da universidade de destino).

Verifique aqui os detalhes para a inscrição do ELAP 2018.

Mais informações por meio do endereço eletrônico

Confira os editais abertos na página da SINTER.

Projeto de Extensão Grupo de Conversação do DLLE inicia atividades a partir de 5 de março

06/02/2018 09:36

O Projeto de Extensão Grupo de Conversação do Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras (DLLE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) inicia, em março, as atividades de cinco grupos. A partir do dia 5 de março começarão os grupos de Francês, na segunda-feira, Italiano, na terça-feira, Inglês, na quinta-feira, e Espanhol, na sexta-feira, com término previsto para o dia 30 de junho.

O grupo de conversação em Português Língua Estrangeira (PLE) acontecerá nas quartas-feiras, com início dia 7 de março e término previsto para 27 de junho.

Todos os grupos são gratuitos, sem a necessidade de inscrição ou nível de proficiência, e abertos à comunidade interna e externa, sendo que o interessado pode ingressar e participar a qualquer momento.

As atividades dos grupos serão realizadas nos dias da semana citados acima, das 12h30 às 13h30, no Bloco do CCE – Sala 252.

Mais informações por meio do contato ou na página do DLLE.

Abertas as inscrições de servidores para isenção de pagamento dos cursos extracurriculares

06/02/2018 09:29

A Coordenadoria de Capacitação de Pessoas (CCP) divulga o Edital nº 14/DDP/PRODEGESP/2018, que torna pública a abertura das inscrições e estabelece as normas para a realização de processo seletivo destinado aos servidores docentes e técnico-administrativos em educação da UFSC, para a obtenção da isenção do pagamento dos cursos extracurriculares de língua estrangeira para a modalidade presencial, a ser promovido pelo Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras (DLLE) do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) desta Universidade.

As inscrições estarão até 19 de fevereiro no Sistema Gestor de Capacitação (SGCA). Para efetuar a inscrição, o servidor deverá acessar o referido sistema e selecionar a opção “Programação e Inscrição”, presente no menu “Participante”, localizado no alto da página, e, em seguida, sistema e clicar na opção “PROCESSO SELETIVO DA ISENÇÃO DOS CURSOS EXTRACURRICULARES DE LÍNGUA ESTRANGEIRA PRESENCIAL (2018.1)”.

A isenção proporciona ao servidor a isenção total do pagamento semestral do curso em que se matricular, não sendo necessário inscrever-se em processo seletivo para obtê-la novamente nos semestres seguintes. O sorteio será realizado no dia 21 de fevereiro, às 15h, na sala Calêndula da Coordenadoria de Capacitação de Pessoas (CCP), 3º piso do Centro de Cultura e Eventos da UFSC, com transmissão por webconferência no endereço http://conferenciaweb.rnp.br/webconf/ccp_ufsc, limitado a cem acessos simultâneos (capacidade da sala virtual).

Mais informações sobre o processo seletivo no Edital nº 14/DDP/PRODEGESP/2018 e no Portal da Capacitação.

Informações referentes aos cursos no site.

Mais um composto sintético pra conta: estudo analisa a contaminação de solos, águas e alimentos pelo PFOS

06/02/2018 09:25

Ele pode estar nos solos, nas águas, no ar e nos alimentos. Aplicado “inofensivamente” para combater o ataque de formigas de corte em cultivos de Pinus e Eucaliptos, na sua grande maioria, o formicida sulfluramida é um composto sintético, estável na natureza e que pode ser armazenado gradativamente pelo corpo humano através da ingestão de alimentos ou água que tiveram contato com esse poluente orgânico persistente (POP).

Segundo a Convenção de Estocolmo, da qual o Brasil é signatário, os POPs “são substâncias químicas que têm sido utilizadas como agrotóxicos e possuem características de alta persistência, ou seja, não são facilmente degradadas”. O Ministério do Meio Ambiente (MMA) esclarece em seu site que esse material pode ser transportado pelo ar, água e solo por longas distâncias e, com isso, “se acumularem em tecidos gordurosos dos organismos vivos, sendo toxicologicamente preocupantes para a saúde humana e o meio ambiente”. Uma vez no ambiente o formicida sulfluramida degrada para o POPs, chamado ácido perfluoroctanosulfônico (PFOS), caracterizado pela Convenção de Estocolmo como um químico de uso industrial.

A pesquisadora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Juliana Leonel, iniciou a exploração do comportamento deste formicida na costa baiana em 2014 enquanto professora da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Agora, membro do corpo docente do curso de Oceanografia da UFSC, vinculado ao Centro de Ciências Físicas e Matemáticas (CFM), a docente inicia as pesquisas sobre o poluente em outras regiões da costa brasileira, por meio de projeto aprovado pelo CNPq (Universal/2016): Origem, Distribuição e Transporte de PFOS para o Atlântico Sul.
(mais…)

Última palestra do COEB 2018 aborda os desafios da docência na era digital

06/02/2018 09:22

Com o advento da cultura digital, as formas de produzir, acessar e armazenar a cultura e o conhecimento também vêm sendo modificadas. E na educação? Quem são esses novos sujeitos? Como

Martha Kaschny Borges encerra primeiro dia do COEB 2018. (Foto: divulgação).

aprendem? Como produzem, acessam e modificam os conhecimentos e como se inserem na cultura digital, própria da contemporaneidade? Encerrando o primeiro dia do Congresso de Educação Básica (COEB) 2018, a professora doutora Martha Kaschny Borges propôs essas e outras indagações na palestra”Cultura digital e novas aprendizagens: desafios para a prática docente”.

A palestra foi realizada no auditório Garapuvu, das 16h às 17h30. Segundo a professora, hoje a cultura digital faz emergir um novo sujeito, um novo leitor e produtor de cultura: o chamado leitor imersivo e ubíquo, que acessa, produz e reproduz conhecimento em todo lugar, a qualquer tempo, em colaboração e no coletivo. O perfil cognitivo deste sujeito se modifica e, assim, ele desenvolve novas formas de aprender. Assim, é papel do educador descobrir e desenvolver novas formas de ensino e aprendizagem para esses novos sujeitos.

Martha possui doutorado em Educação pela Université Pierre Mendes, France II. Ela é professora associada da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Programa de Pós-Graduação em Administração. Atualmente é a presidente da Aliança Francesa de Florianópolis.

Assessoria de Comunicação Social – Educação

Prefeitura Municipal de Florianópolis

Educação especial é o tema da primeira palestra do COEB 2018

06/02/2018 09:17

Com o tema “A Educação Especial no contexto da Educação Básica”, a primeira palestra do Congresso de Educação Básica (COEB) 2018 ocorreu das 16h às 17h30, nas salas Goiabeira e

Geisa Letícia Kempfer Bock palestra na abertura do COEB 2018. (Foto: divulgação).

Laranjeira, no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina.

A palestra foi ministrada por Geisa Letícia Kempfer Bock. Com mestrado em Educação e Formação de Educadores pela UFSC, ela é professora da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) no Laboratório de Educação Inclusiva (LEdI) do Centro de Educação à Distância (CEAD).

Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, educação, acessibilidade, educação inclusiva e Atendimento Educacional Especializado.

A palestra abordou o fenômeno da deficiência, que foi e ainda é compreendido com lógicas bastante distintas, passando de sujeitos incapazes a excepcionais. Nesse sentido, de acordo com a professora, reconhecer as concepções sobre a deficiência presentes no cotidiano escolar potencializa uma mudança na maneira de realizar a inclusão.

Segundo Geisa, inclusão não é sinônimo de inserção de estudantes com deficiência nas salas de aula, mas uma prática cuja compreensão é a de que somos diferentes e de que nossas diferenças contribuem para a coletividade e agregam valor no fazer docente.

Assessoria de Comunicação Social – Educação

Prefeitura Municipal de Florianópolis

UFSC inicia obras das Rotas Acessíveis

06/02/2018 09:08

Um projeto que fez “brilhar os olhos” dos engenheiros, arquitetos e urbanistas do Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (Dpae) da UFSC, além de ser reivindicação antiga de toda uma comunidade e priorizado pela Administração Central, o Rotas Acessíveis começa a tornar-se realidade no campus UFSC Trindade. As obras começaram no dia 8 de janeiro e a expectativa é de realização em duas etapas, durante todo o ano.

Intervenção próxima à Reitoria é parte das obras das Rotas Acessíveis, projeto-piloto de melhoria dos passeios e acessibilidade da UFSC. (Foto: Pipo Quint/Agecom/UFSC)

A primeira etapa, já iniciada, tem previsão de término em maio, e engloba passeios desde a Biblioteca Central até o Restaurante Universitário, passando em frente à Reitoria e ao Centro de Cultura e Eventos, com a inclusão de faixas elevadas na via onde transitam carros. A segunda etapa, que deverá ser projetada e  licitada ainda em 2018, inclui passeios entre a Secretaria de Segurança Institucional e a Biblioteca Central, uma alteração no ponto de ônibus, reformas nos passeios e um trecho de ciclovia até a rótula da Trindade, com a construção de uma guarita naquela entrada para o campus.

Além de implantar mudanças nas rotas mais utilizadas por pedestres, ciclistas e cadeirantes, o Rotas Acessíveis é um projeto-piloto, que estabelece diretrizes a serem seguidas nas próximas construções e reformas, passíveis de serem replicadas nos demais campi e unidades da UFSC.

O secretário de Obras, Manutenção e Ambiente (Seoma), Paulo Roberto Pinto da Luz, aponta que a intenção é aliar o projeto às contrapartidas pactuadas entre a UFSC e a Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF), quando da assinatura da cessão do terreno para a duplicação da rua Antonio Edu Vieira, em 2016. Dentre as contrapartidas estão a melhoria das vias internas da UFSC e a implantação de um projeto cicloviário.

“A ideia é começar a melhorar nossos passeios. O projeto-piloto prevê melhorias nas calçadas, iluminação e espaço para instalação de câmeras de videomonitoramento. O objetivo é continuar, ir aos poucos melhorando toda a Universidade. Depois dessas primeiras etapas, vamos avaliar quais são as dificuldades e limitações e ir adaptando para continuar fazendo por toda a UFSC. É um investimento no futuro da Universidade, muito defendido pelo reitor Luiz Carlos Cancelier,” salienta Paulo Roberto.

A implantação da primeira etapa do projeto foi possível graças à verba de R$ 1 milhão, recebida pela UFSC por meio de emendas parlamentares. O coletivo Por Uma UFSC Inclusiva e a Coordenadoria de Acessibilidade Educacional da Secretaria e Ações Afirmativas e Diversidades (CAE/Saad) também tiveram participação no projeto.
(mais…)

Grupo de estudos sobre a Rússia está com inscrições abertas para iniciantes

06/02/2018 09:01

O grupo de estudos sobre a Rússia (PRORUS) informa que está com inscrições abertas para iniciantes (Estágio I) que têm o interesse em aprender a língua russa. Podem participar membros da comunidade externa e interna da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). As aulas da nova turma iniciam dia 26 de fevereiro e acontecerão nas quartas e sextas-feiras, das 14h às 15h, no Centro Socioeconômico (CSE).

Para mais informações e inscrições escreva para .

Curiosidades sobre a Língua Russa

· A língua russa é uma das mais importantes do mundo, falada por cerca de 300 milhões de pessoas;

·  A literatura russa é particularmente rica e inclui célebres escritores de diversos períodos, como Alexandr Púshkin, Nikolai Gógol, Fiódor Dostoiévski, Liév Tolstói, Anton Tchékhov, Maxím Gorki, Vladímir Maiakovski e inúmeros outros;

· Por conta da grande influência da Rússia nas ciências, uma assombrosa quantidade de textos científicos é encontrada em russo, que, por sinal, é a segunda língua mais popular da internet;

· É a língua do maior país do mundo, a Rússia, e utilizada, amplamente, nos países que compunham a ex-União Soviética;

·  É uma das 6 línguas oficiais da ONU.

Retrospectiva UFSC 2017: julho e agosto

05/02/2018 13:28

Os meses de julho e agosto de 2017 foram caracterizados, na UFSC, por antônimos como tranquilidade e agitação, silêncio e burburinho, sossego e movimento. No início de julho encerrou-se o primeiro semestre e a Universidade teve pouco mais de 20 dias de pausa — a calmaria precedeu o alvoroço que veio em seguida, quando a UFSC recebeu mais de oito mil mulheres no maior evento mundial dos estudos de gênero.

O 13º Congresso Mundos de Mulheres e o 11º Seminário Internacional Fazendo Gênero ocorreram simultaneamente, de 30 de julho a 4 de agosto. Antes disso, o debate sobre os temas de gênero

Graça Samo, moçambicana coordenadora da Marcha Mundial de Mulheres.

começaram com a apresentação dos dados sobre sexo e gênero na comunidade universitária da UFSC, levantamento realizado pela Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (Saad).

O levantamento mostrou que há um certo equilíbrio quando os números são analisados de forma geral: das 44.735 pessoas da comunidade universitária, temos 51,4% de homens e 48,6% de mulheres. No entanto, eles são maioria nas ciências exatas (CFM) e engenharias (CTC, Joinville e Araranguá), na graduação e no corpo docente. Elas lideram os números nas áreas de comunicação e expressão (CCE), educação (CED) e saúde (CCS), além de serem a maioria na pós-graduação, no Hospital Universitário e no corpo técnico-administrativo da UFSC.

Um clima de protesto e emoção marcou a abertura do 11º Fazendo Gênero e 13º Mundos de Mulheres começaram. Com brados de todos os lados, o evento proporcionou o encontro entre a academia e os movimentos feministas. Com mais de 8500 inscrições, reuniu pesquisadoras, estudantes, trabalhadoras e militantes de todo o Brasil e de diversos outros países.
(mais…)

Professor dos EUA ministra disciplinas sobre as relações entre democracia, capitalismo e trabalho na era Trump

05/02/2018 13:18

Augustus Cochran irá ministrar duas disciplinas na UFSC. Foto: Divulgação/UFSC

Professor de ciência política no Agnes Scott College de Atlanta (EUA), Augustus Cochran,  será bolsista Fulbright junto ao Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da UFSC na UFSC no primeiro semestre de 2018. Além de suas atividades de pesquisa, o professor lecionará duas disciplinas neste semestre, uma para estudantes de graduação e outra para estudantes de pós-graduação. O professor Cochran é doutor em ciência política pela Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill. Seus principais temas de estudo são as relações entre democracia e capitalismo nos Estados Unidos e as organizações trabalhista e sindical.

Confira as ementas:

Disciplina para estudantes de graduação – Desenvolvimento Político e Evolução do Capitalismo nos Estados Unidos

CNM 7804- Tópicos Especiais Área Relações Internacionais – 2 créditos

Horário: quintas-feiras, 10:10-11:50, CSE-UFSC

Essa disciplina abordará a história do capitalismo e o desenvolvimento político dos Estados Unidos, desde suas origens até o governo Trump. Farão parte dos temas discutidos o quadro constitucional norte-americano e sua filosofia política, o nascimento das corporações econômicas nos primeiros governos pós-independência, new deal e fordismo, teoria da regulação, neoliberalismo, além do impacto do sistema capitalista consolidado em certos setores como, por exemplo, alimentação, saúde, clima, educação e transporte. A disciplina será ministrada majoritariamente em português (e em inglês em menor medida).

Mais informações sobre matrícula na Secretaria dos cursos de graduação do CSE-UFSC, telefone 37216785, email , site ri.ufsc.br

Disciplina para graduados ou pós-graduandos – Corporações, Mídia e Democracia

REI 410027 – Tópicos em Política Internacional Contemporânea – 4 créditos

Horário: quartas-feiras, 9:00-12:45, PPGRI-CSE-UFSC

O presidente norte-americano Rutherford Hayes afirmou em 1887: “Este não é mais um governo das pessoas, pelas pessoas e para as pessoas. É um governo das empresas, pelas empresas e para as empresas”. Essa disciplina abordará a formação, a consolidação e as características das corporações econômicas no capitalismo contemporâneo. Serão trabalhadas a estrutura das empresas, as teorias políticas e econômicas que procuram explica-las e sua relação com o sistema democrático, a liberdade de imprensa, a desigualdade social e os problemas ambientais. A disciplina será ministrada majoritariamente em português (e em inglês em menor medida).

Mais informações sobre matrícula na Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, telefone 37216789, email , site ppgri.ufsc.br

Sala Verde solicita doações para a confecção de ecocadernos, ecoagendas e ecoblocos

05/02/2018 10:53

A Sala Verde UFSC aceita doações para a confecção de ecocadernos, ecoagendas e ecoblocos. Interessados podem doar apostilas e folhas usadas só de um lado; espirais, capas plásticas ou de caderno usados; retalhos de tecidos, sobras de lã, agulhas, barbante; cola e tesoura. O setor está localizado no piso térreo da Biblioteca Central (ao lado da PRAE) da UFSC e sugere que a entrega dos materiais ocorra até o dia 23 de fevereiro. 

A Sala Verde irá divulgar, em breve, os dias das oficinas para reaproveitar materiais e customizar ecocaderno.

Mais informações pelo e-mail ou pelos telefones (48) 3721-9044/6469.

Conselho Universitário aprova designação de dois corregedores para a UFSC

02/02/2018 13:29

Sessão ordinária do Conselho Universitário. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC.

O Conselho Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (CUn/UFSC) aprovou, em sessão ordinária realizada nesta terça-feira, 30 de janeiro, a designação ad referendum de dois corregedores para a Corregedoria-Geral da UFSC. A decisão atende à solicitação da Direção Geral do Gabinete do Reitor, sugerindo a designação de dois servidores técnico-administrativos para recompor o quadro, em razão do afastamento do Corregedor-Geral Rodolfo Hickel do Prado para tratamento de saúde e férias. Os dois nomes aprovados foram o de Ronaldo David Viana Barbosa e Fabrício Pinheiro Guimarães, que permanecem no cargo até  8 de maio de 2018, quando se encerra o atual mandato dos corregedores.

O parecer do processo, redigido pela professora Josimari Telino de Lacerda, está disponível aqui. O texto apresenta o histórico da Corregedoria da UFSC, que foi criada em 19 de agosto de 2014 pela Resolução Normativa Nº42/CUn/2014. A resolução prevê a designação de três corregedores, escolhidos por edital específico, ao qual podem concorrer servidores públicos efetivos com formação universitária completa, para um mandato de dois anos.

Histórico

Professora Josimari Telino de Lacerda, parecerista do processo. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC.

O processo de escolha dos corregedores iniciou em 23 de fevereiro de 2015, com abertura de inscrições para o preenchimento dos cargos. Atenderam ao chamado 14 servidores, sendo que todos os nomes foram homologados em 20 de março de 2015. Após processo de avaliação e escolha realizado por uma comissão, uma lista tríplice foi encaminhada ao CUn e aprovada por maioria em 12 de novembro de 2015. Em 4 de maio de 2016, a então reitora, professora Roselane Neckel, designou os servidores Rodolfo Hickel do Prado (AGU), Marcelo Aldair de Lima (IFC) e Ronaldo David Viana Barbosa (PF/UFSC), para as funções, em mandato de dois anos iniciado em 9 de maio de 2016. Nos meses de maio e julho os corregedores Marcelo Aldair e Ronaldo Barbosa solicitaram dispensa do cargo e foram atendidos. Desde então, a Corregedoria passou a ter apenas um corregedor.

Reitor pro-tempore Ubaldo César Balthazar. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC.

Em 6 de novembro de 2017, Rodolfo solicitou afastamento por 61 dias para tratamento de saúde, acrescido do pedido de férias por 30 dias a partir de 8 de janeiro. Para resolver a situação de vacância plena de corregedores na UFSC, o reitor pró-tempore Ubaldo César Balthazar consultou os servidores Ronaldo David Viana Barbosa e Marcelo Aldair de Lima sobre a possibilidade de retorno à Corregedoria. Ronaldo aceitou o pedido de retorno, mas Marcelo negou. O reitor verificou então o interesse do servidor Fabrício Pinheiro Guimarães, que também constava na lista de homologados no edital. Fabrício, que é bacharel em Direito e atuou na extinta Coordenadoria de Processos Administrativos (CPAD), aceitou o convite. Em 28 de dezembro de 2017, o reitor, ad referendum do Conselho Universitário, designou os servidores Ronaldo e Fabrício como corregedores da UFSC no período de 2 de janeiro a 8 de maio de 2018.

Mais informações no parecer ou pelo telefone (48) 3721-7303.

Sinter divulga editais para programas de intercâmbio

02/02/2018 13:20

A Secretaria de Relações Internacionais (Sinter) da UFSC disponibiliza, para a comunidade universitária, uma página com todos os editais abertos para programas de intercâmbio. Os editais se destinam a estudantes de graduação e pós-graduação; docentes e técnicos-administrativos.

Todos os editais, abertos e encerrados, podem ser acessados aqui. No momento, três programas de intercâmbio estão com inscrições abertas, e o público-alvo de todos são os estudantes de graduação da UFSC.

Auxílio Projeto Milton Santos de Acesso ao Ensino Superior (Promisaes)
programa é apenas para alunos do Programa Estudante Convênio de Graduação (PEC-G). O edital visa à concessão de auxílio financeiro mensal no valor de R$622,00, por 12 meses, de janeiro a dezembro de 2018, aos participantes do PEC-G, regularmente matriculados em cursos de graduação da UFSC. As inscrições podem ser feitas até o dia 4 de fevereiro de 2018.

Intercâmbio de Estudantes de Graduação por Acordo Bilateral (Outgoing)
programa tem o objetivo de permitir que alunos de graduação da UFSC participem de intercâmbio em instituições de ensino superior estrangeiras com as quais a UFSC mantém acordo de cooperação bilateral, sem auxílio financeiro e com as atividades acadêmicas realizadas nesse período creditadas em seus históricos escolares. Todas as áreas de estudo da UFSC estão contempladas pelo programa. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de dezembro de 2018.

Programa de Intercâmbio Acadêmico Internacional Pädagogische Hochschule Weingarten

O programa tem como público-alvo os estudantes de graduação em Letras Alemão. Inscrições até 6 de fevereiro de 2018.

Mais informações no site da Sinter.

Retrospectiva UFSC 2017: maio e junho

02/02/2018 12:55

Maio e junho são os últimos meses do primeiro semestre. Neste período geralmente há o encerramento das atividades acadêmicas e inicia-se o curto recesso do meio do ano, antes da retomada

Reitor Cancellier discursa nos 25 anos da Agecom. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

do segundo semestre. São meses também permeados por marcos históricos mundiais, nacionais e locais. Em 2017, no entanto, as relevantes datas desse período tiveram, cada uma, singularidade.

Todos os anos as gestões de reitoria comemoram seus aniversários de posse, costumeiramente ocorridas em maio. Neste maio, no entanto, a administração do então reitor Cancellier celebrou aquele que seria seu único aniversário de gestão. É neste período também que a Agecom celebra seu aniversário, mas em 2017 esta celebração foi especial, pois a Agência completou 25 anos.

Além das datas locais, em 2017 dias referentes a acontecimentos nacionais e mundiais também receberam abordagem especial, como o centenário da greve geral que impactou profundamente o regime czarista na antiga Rússia, abrindo as portas à revolução que daria origem à União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

Nacionalmente, maio possui importância por ser o mês da abolição legal da última escravatura do mundo, a do Brasil. Em 2017, especialmente diante do atual cenário nacional e do crescimento dos movimentos sociais que abordam a temática na universidade, o dia 13 reverberou mais forte na instituição, como com o VI Reflexões sobre o 13 de maio, repleto de atividades de ensino, arte e cultura, e promovido pelo coletivo Kurima.
(mais…)

Congresso de Educação Básica é realizado dias 5 e 6 no Centro de Cultura e Eventos

02/02/2018 12:51

Como aliar os tradicionais livros e anotações nos quadros de sala de aula à evolução da tecnologia e o fácil acesso a ela? Esse debate ocorrerá  durante Congresso de Educação Básica (COEB) , promovido pela Prefeitura de Florianópolis, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação. O congresso será realizado na próxima segunda (5/02)  e terça-feira (6/02) no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina. A previsão é que a iniciativa reúna em torno de 1.300 pessoas.

Esse ano, o COEB tem como tema “Docência na sociedade multitelas” e terá três palestras e duas mesas-redondas sobre o assunto. Pesquisadores e profissionais da rede inscreveram seus trabalhos e 29 foram escolhidos para serem apresentados no evento. Além disso, produções cinematográficas desenvolvidas por estudantes da rede municipal de ensino de Florianópolis serão expostas em mostras audiovisuais.

De acordo com o secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira, o congresso tem como objetivo provocar mudanças práticas no cotidiano escolar. “Na sociedade da informação e da comunicação, devemos estar atentos, sempre, aos novos modos de acesso e de construção de aprendizagens internamente e fora dos muros escolares”, ressalta.

Como aliar os tradicionais livros e anotações nos quadros de sala de aula à evolução da tecnologia e o fácil acesso a ela? Esse debate ocorrerá  durante Congresso de Educação Básica (COEB), promovido pela Prefeitura de Florianópolis, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação. O congresso será realizado na próxima segunda (5/02)  e terça-feira (6/02) no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina. A previsão é que a iniciativa reúna em torno de 1.300 pessoas.
(mais…)

Retrospectiva UFSC 2017: março e abril

02/02/2018 12:39

Trote do curso de Jornalismo. Foto: Giovanna Olivo.

A vida nos campi da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) retorna com força total a partir de março de 2017. Os corredores, até então vazios, começam a ser ocupados pelos estudantes que retornam de férias e pelos calouros eufóricos e curiosos pelo início da graduação.

chegada dos calouros é celebrada pela UFSC, que desenvolve diversas atividades para que eles se sintam em casa. A recepção dos estudantes realizada na Biblioteca Universitária (BU) reuniu exibição de filmes, visitas orientadas, exposições e contação de histórias. Também foram oferecidas orientações sobre os serviços gratuitos e canais de comunicação, além de um mapa da UFSC. O Manual do Calouro, realizado em conjunto com o DCE e a Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (Prae), também foi disponibilizado.

O primeiro dia de aula é contado na reportagem especial “Vida de calouro”, realizada pela Agência de Comunicação da UFSC (Agecom). E para reduzir a alta reprovação de novos estudantes nas graduações em Engenharia, o departamento de Matemática (MTM) ofereceu, pela primeira vez, a disciplina Pré-cálculo para os cursos do Centro Tecnológico (CTC).

Uma data especial é celebrada no mês de março: o Dia Internacional da Mulher. Foi realizada uma roda de conversa no CCE, com a presença da presidenta da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Maria José Braga, e participação via skype da pesquisadora da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Márcia Veiga. O dia 8 foi marcado por uma extensa programação de debates, mesas-redondas, manifestações, paralisações e exposições. Para a UFSC, essa é uma oportunidade de “falar sobre a resistência, lutas e trajetórias de um gênero em busca da construção de uma sociedade diversa e solidária.”

Ainda em março de 2017 foi publicado o UFSC Explica: Feminismo, parte de uma série que oferece o viés acadêmico, com participação de pesquisadores da UFSC, sobre assuntos em evidência na sociedade.

A Diversidade e a Inclusão são características presentes na UFSC por meio de ações voltadas à comunidade interna e externa. Um retrato disso foi apresentado em 14 de março,  quando foi lançado o Calendário da UFSC 2017. O projeto, ancorado no conceito Aqui tem diversidades, produzido pela Agecom e impresso na Imprensa Universitária (IU), foi distribuído aos servidores com a proposta de fortalecer e disseminar o posicionamento contra qualquer ato de discriminação e despertar a sociedade para o respeito.

No mesmo mês foi realizada a entrega de certificados aos 140 formandos no curso de Especialização em Gênero e Diversidade na Escola (GDE), promovido pelo Instituto de Estudos de Gênero da UFSC. O objetivo do curso é oferecer aos profissionais da rede pública de Educação Básica conhecimentos acerca da promoção, do respeito e da valorização da diversidade étnico-racial, de orientação sexual e identidade de gênero, colaborando para o enfrentamento da violência sexista, étnico-racial e homofóbica no âmbito das escolas.

Réplica de uma mesa de escritório dos anos 1980. Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC.

E no dia 17 de março foi realizada a inauguração do Museu Patrimonial Itinerante da UFSC. Uma iniciativa inédita que reúne 18 objetos, de diferentes épocas e usos, narrando parte da história da Universidade. Máquina de escrever, retroprojetor, mimeógrafo e estojo normógrafo são algumas das peças que, até pouco tempo atrás, faziam parte do dia-a-dia no campus e hoje adquiriram valor histórico.

A UFSC, ao longo dos anos, tem se destacado entre uma das melhores universidades do país. Sua excelência foi reafirmada em março de 2017 com a divulgação do Enade 2015: UFSC mantém nota máxima na avaliação do Exame. Dentre as 12 universidades que tiraram nota 5, a UFSC ficou na 7ª posição com IGC contínuo de 4,0935.

A universidade também mostrou que é possível ser inovadora na área de gestão, ao receber o prêmio na subcategoria “Pregão com o objeto mais inusitado”, realizado em concurso no 12º Congresso Brasileiro de Pregoeiros. Desenvolveu o Planejamento Participativo na Agência de Comunicação (Agecom) da UFSC no ano em que o setor completou 25 anos. Os setores de Jornalismo, Design, Redes Sociais, Comunicação Interna, Memória Fotográfica, Secretaria e os estagiários estiveram focados na execução do planejamento que guiará as ações de comunicação da Universidade.

Cartaz da campanha “Adote uma caneca”.

O meio ambiente e a sustentabilidade foram abordados em diferentes projetos, como o que buscou 50% da redução do uso de copos plásticos na Universidade por meio do incentivo de uso de recipientes reutilizáveis (copos, garrafinhas, canecas) pelos servidores e estudantes, em campanha chamada “Adote uma caneca”.

A UFSC se tornou um Ponto de Entrega Voluntária (PEV) para arrecadar óleo de cozinha usado, localizado no térreo do prédio do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental  com o objetivo de evitar a poluição da água.

Também foi destaque a instalação da primeira boia meteo-oceanográfica (SiMCosta SC-01) em Santa Catarina, fundeada nas proximidades da Ilha do Arvoredo, interior da Reserva Biológica (Rebio) Marinha do Arvoredo, em Florianópolis. Fruto de uma parceria entre o Sistema de Monitoramento da Costa Brasileira (SiMCosta), a UFSC e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) visa o monitoramento de longo prazo na Rebio Marinha do Arvoredo.

Abril de 2017

O nível de excelência e diversidade da UFSC é demonstrado em reportagens publicadas no site da universidade durante todo o mês. Estudantes, servidores e comunidade são os atores que fazem essa instituição conquistar o que almeja ser: “uma universidade de excelência e inclusiva”.

Os estudantes são destaque em abril. Elana Silva de Souza, estudante da sétima fase de Ciências Contábeis da UFSC, subiu ao pódio no Campeonato Mundial Amador de Xadrez, realizado na Itália de 1º a 8 de abril. Com isso, além do título de Campeã Pan-americana conquistado na Argentina em 2016, soma-se o terceiro lugar no mundial.

Pedro Casali. Foto: Divulgação.

Pedro Casali, acadêmico do curso de Engenharia de Controle e Automação da UFSC, em intercâmbio na França, iniciou um trabalho na Organização das Nações Unidas (ONU) como integrante da Local Pathways Fellowship, uma rede formada por 50 jovens-líderes de vários países, com o objetivo de capacitar e empoderar jovens a implementarem os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) em sua região. O trabalho será levado à cidade catarinense de Joinville.

Na área de ensino, o curso de licenciatura em Matemática do campus Blumenau foi o primeiro da unidade a ser reconhecido e obteve conceito 4 (Muito Bom) em parecer do Ministério da Educação (MEC/Inep). Com 155 alunos regulares na época, o curso iniciou suas atividades em 2014.

Na extensão, o Laboratório de Experimentação Remota (RExLab) do campus Araranguá recebeu o prêmio internacional GOLC (Global Online Laboratory Consortium), de melhor laboratório controlado remotamente. Desde 2014 o GT-MRE atende mais de 5 mil alunos e docentes no estado de Santa Catarina, em todos os níveis escolares.

Ainda, em abril, a UFSC firmou acordo de cooperação com o Instituto Padre Vilson Groh com o objetivo de incentivar o intercâmbio técnico, científico, cultural e administrativo, de instalações físicas, equipamentos e de recursos humanos entre as duas instituições para o desenvolvimento de pesquisas e atividades de extensão, cursos de pós-graduação, estágios e outros serviços de interesse comum. A proposta é criar uma interface com as demandas das comunidades, como moradia, saúde, arquitetura e urbanismo na área social e psicologia.

universidade realizou, em Joinville, o 3º Encontro Nacional de Cursos de Graduação em Engenharia de Transportes, Logística e Mobilidade, com os objetivos de discutir uma proposta de currículo mínimo, além de esclarecer os participantes acerca dos procedimentos de reconhecimento do profissional egresso desses cursos.

O Conselho Universitário (CUn) aprovou, por unanimidade, o título de Professor Emérito ao docente aposentado Dilvo Ilvo Ristoff. Dilvo foi o primeiro reitor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).

Kamila Silva Pereira, na cerimônia de formatura em Pedagogia. Foto: G1/Globo

A diversidade e a acessibilidade na UFSC se refletem na conquista de Kamila Silva Pereira, de 29 anos, que superou as dificuldades de locomoção e fala decorrentes de uma paralisia cerebral e formou-se em Pedagogia na Universidade. Para chegar até a UFSC, foram anos de dedicação e amor da mãe, conforme reportagem veiculada no Jornal do Almoço.

Uma cartilha elaborada pelo Serviço de Psicologia Educacional da Coordenadoria de Assistência Estudantil (CoAEs) da UFSC orienta os estudantes a respeito de serviços, ações e projetos nas áreas da saúde, assistência social, lazer, arte e cultura, oportunidades de estágio e emprego, assim como outros serviços ofertados em Florianópolis.

Na área de gestão, obras retomadas e melhorias marcaram o mês de abril. O contrato para a conclusão das obras do prédio do Centro Sócio Econômico, paradas há cerca de cinco anos, foi assinado. Também está prevista a construção de uma nova subestação de energia, que ficará localizada próximo à Secretária de Segurança Institucional (SSI).

No dia 19 foram iniciadas as obras de reforma das quadras externas e urbanização do complexo esportivo do Centro de Desportos (CDS). Aguardada há mais de dez anos, a obra revitalizou pisos, equipamentos e iluminação de sete quadras externas, além de calçadas e passeios no entorno do espaço.

O horário de verão da UFSC realizado no período da manhã pelo segundo ano consecutivo mostrou-se mais econômico do que no período vespertino. A economia estimada ultrapassa os 322 mil reais em comparação com o mesmo período de dias de 2014/2015, que equivalem a 9,9% de redução com o custo do consumo (kWh).

Em abril, a vida funcional de muitos servidores da carreira técnico-administrativos em Educação (TAEs) começou a mudar. A Prodegesp divulgou a chamada pública de redistribuição de cargos para TAEs para manifestação de interesse para redistribuição. A Chamada Pública nº 01/2017 teve 25 vagas nos cinco campi da UFSC: Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville.

Mais informações

A retrospectiva de 2017, produzida no mês de janeiro de 2018, busca oferecer à comunidade universitária uma síntese dos principais fatos deste complexo ano que vivemos. São seis matérias, agrupadas por bimestres. Cada texto é de autoria de um membro da equipe da Agecom, que trouxe seu olhar para os eventos que tiveram cobertura da Agência. Essa retrospectiva visa ao registro e memória de um dos mais marcantes anos da história recente da UFSC.

As matérias são publicadas nas segundas, quartas e sextas, de 29 de janeiro a 9 de fevereiro de 2018 e estão registradas na página Retrospectiva Agecom.

 

Nicole Trevisol/Jornalista da Agecom/UFSC

SeTIC realiza nova manutenção da Plataforma Solar no final de semana

02/02/2018 09:27

A Superintendência de Governança Eletrônica e Tecnologia da Informação e Comunicação (SeTIC) da UFSC informa que durante a manutenção da Plataforma Solar realizada na última quinta, 1º de fevereiro, identificou novas necessidades de manutenção na Plataforma. Com isso, todos os serviços  (SPA, SCL, SIP, ALX e SPD) ficarão indisponíveis nos dias 3 de 4, sábado e domingo.

Serviço:

Serviços afetados: Plataforma Solar (SPA, SCL, SIP, ALX e SPD).

Janela de manutenção:  03/02/2018 e 04/02/2018.

Indisponibilidades previstas: Toda a Plataforma Solar poderá ficar indisponível durante a janela de manutenção.

Objetivo: Manutenção das filas de trabalho.

Em caso de dificuldades de uso fora do horário previsto de manutenção, entre em contato com a SeTIC por meio do atendimento eletrônico ou do ramal 4733.

 

Um sonho sonhado junto: UFSC dá primeiro passo oficial para consolidar curso de medicina em Araranguá

01/02/2018 13:28

As falas feitas durante a solenidade de entrega da Ordem de Serviço 334/2017 para a construção da estrutura do prédio do Centro de Ciências, Tecnologias e Saúde (CTS03) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) de Araranguá, realizada na manhã desta quarta-feira, 31 de janeiro, foram carregadas de emoção.

O auditório do campus foi lotado pela comunidade local e acadêmica, pela sociedade civil organizada, por autoridades políticas e empresariais da região. Neste dia, a palavra sonho foi repetida por todos que usaram do microfone e a expressão concretização de uma utopia foi repetida em conversas e na feição de quem acompanhou o momento histórico para a cidade.
(mais…)