Livro da EdUFSC mostra o humor usado pelo Império como arma na Guerra do Paraguai

02/07/2018 12:34

Escrita por um jornalista e doutor em História Ibero-americana pela PUC do Rio Grande do Sul, A batalha de papel, livro publicado pela Editora da UFSC, mostra como o arsenal satírico da imprensa ilustrada da Corte de D.Pedro II foi acionado para deformar a imagem do Paraguai e fincar as raízes da carga de preconceito que ainda recai sobre o país guarani, 140 anos depois do final da Guerra.

Resultado da análise de 202 charges publicadas no Rio de Janeiro, entre 1864 e 1870, a obra de Mauro César Silveira também revela que o jornalismo brasileiro contribuiu para reforçar uma conhecida história oficial – aquela que define o episódio como a cruzada civilizadora a libertar um povo oprimido por um tirano cruel e sanguinário, o então presidente Francisco Solano López. Trata-se de um documento histórico de resgate sobre o período da chamada Guerra do Paraguai, em que morreram pelo menos 600 mil soldados entre 1864 e 1870.

O conflito (1864-1870) foi o maior empreendimento bélico da história brasileira e o esforço do governo imperial para conquistar apoio ao envio de tropas contra o país vizinho envolveu escritores, jornalistas e até artistas plásticos, entre eles os maiores cartunistas da época.

Para revelar esse lado pouco conhecido da campanha antiparaguaia, Mauro Cesar Silveira mergulhou nos arquivos imperiais e analisou as revistas ilustradas do Rio de Janeiro, principal meio de informação dos 15 por cento de brasileiros alfabetizados no reinado de D. Pedro II. A pesquisa exaustiva resultou na seleção de 202 caricaturas que fazem referência direta ao inimigo.

Os desenhos expressam a imagem desdenhosa do Paraguai que criou raízes durante a guerra e que até hoje sobrevive na memória coletiva dos brasileiros. O paraguaio Solano López, principal personagem das charges reproduzidas neste livro, é retratado sempre como um tirano sádico e sanguinário. Os soldados inimigos aparecem desumanizados, como ratos medrosos. Já o Brasil é apresentado, pelos maiores chargista da Corte, como o portador da nobre tarefa de levar a civilização ao solo guarani.

A batalha de papel mostra em detalhes como se realizou essa gigantesca manobra de manipulação ideológica, moldando um preconceito que até hoje dificulta uma reconciliação entre os dois povos sobre os alicerces do respeito e da justiça.

Mauro César Silveira, natural de Porto Alegre. Trabalhou nos jornais Diário de Notícias, Zero Hora e Folha da Manhã, todos de Porto Alegre, e nas revistas Veja e IstoÉ, entre outros.

O livro também oferece a receita de uma grande reportagem, com os ingredientes de um trabalho investigativo, observa o jornalista André Pereira.

Segundo André Pereira, a A batalha de papel faz também surgir nas entrelinhas, respeitando-se o tempo, claro, a pergunta feita pela sociedade nos dias de hoje: a imprensa está mesmo retratando com fidelidade os fatos reais?  Ou mesmo com as ferramentas digitais oferecidas pela modernidade se vale do mesmo jornalismo ufanista do século passado diante do oficialismo?

 

Simpósio da Pós-Graduação em Literatura reflete o significado dos monstros na cultura ocidental

29/06/2018 15:43

Androides, lobisomens, bruxas. Esses e outros monstros, que sempre rondaram o imaginário da cultura ocidental, são personagens difundidos na literatura e cinema. Como exemplo vale citar o filme “A Forma da Água“, vencedor do Oscar 2018, do diretor Guillhermo del Toro, onde uma criatura criada em laboratório é vista como um mal  que pode ser torturado e odiado, por ser diferente biologicamente. Nesse contexto da indústria cultural, tais seres foram protagonistas do “Simpósio de Monstruosidades — Estética e Política”, organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGLIT/UFSC), na última quinta-feira, 28 de junho. Ministrado pelos professores Marcio Markendorf e Daniel Serravalle de Sá, o evento ocorreu no auditório da Biblioteca Universitária, durante o dia inteiro, reunindo seis mesas temáticas, além de palestras de abertura e encerramento.

Com o objetivo de apresentar trabalhos acadêmicos que problematizam o monstro na cultura ocidental nas mais variadas manifestações e lugares institucionais, a ideia foi revelar como o monstro, percebido como o anormal, o freak, o queer, o outro e o diferente, torna-se elemento metafórico para a produção de preconceito, abjeção, marginalização e violência.
(mais…)

‘Clownsificados’ estreia neste final de semana no Teatro da UFSC

29/06/2018 14:00

(Foto: Divulgação)

O Grupo Teatral Abaporu, fundado há quatro anos, apresenta “Clownsificados“, o seu segundo espetáculo, neste final de semana no Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha). As apresentações ocorrem nos dias 29 de junho (10h e 15h) e nos dias 30 de junho e 1º de julho às 20h30. Os ingressos para o espetáculo custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada), e começam a ser vendidos na bilheteria do teatro uma hora antes do início da sessão ou por meio dos integrantes do grupo ao longo da semana. A apresentação na Universidade integra o Projeto Cena Aberta do Departamento Artístico Cultural (DAC) da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) da UFSC.
(mais…)

Exposição ‘O Fadólico’, de Maurício Paiva, no Espaço Estético do Colégio de Aplicação

29/06/2018 09:42

O Espaço Estético do Colégio de Aplicação (CA) da UFSC inicia no dia 2 de julho (segunda-feira) a exposição O Fadólico, do artista Maurício Paiva, sobre o livro de História em Quadrinhos homônima. A história da obra é inspirada na vida e obra do pesquisador e artista plástico Franklin Cascaes. A exposição apresenta páginas da HQ ampliadas em painéis, totens de personagens em tamanho real e um conjunto de quadros que revelam o processo criativo da confecção de uma página. No ano passado, à época do lançamento d’O Fadólico, o quadrinista doou um exemplar para a Biblioteca Setorial do CA, onde alunos do colégio, comunidade escolar e interessados podem ter acesso à obra.

A exposição, com entrada gratuita, ficará aberta das 7h30 às 18h30, e encerra no dia 13 de julho juntamente com o início do recesso escolar.  
(mais…)

Ex-fotógrafo da Agecom é um dos personagens de Flecha Dourada, filme premiado no FAM 2018

25/06/2018 13:18

Jonas, o imortal Deiris Salaam. Foto: Acervo Agecom/UFSC

Muita gente não sabe, mas Deiris Salaam era o alter-ego de Jones João Bastos, que atuou por mais de 40 anos como fotógrafo da Agência de Comunicação da UFSC – Agecom – e é um dos personagens citados no curta Flecha Dourada. Dirigido por Cíntia Bittar, Flecha Dourada foi escolhido como melhor filme entre os curtas catarinense (júri oficial) no FAM 2018.

“Jonas”, como era conhecido na UFSC, integrava a trupe de Águia Veloz, Mercury, Cometa, Sombra e Tauros, formando o grupo Golden Flecha, criado por Germinal Moreira, indígena que andava vestido como se estivesse na aldeia e que criou o personagem–título, um lutador que usava capa, máscara e calção estampados de oncinha.
(mais…)

Contemplados no Programa de Apoio a Ações de Cultura recebem termo de compromisso

22/06/2018 17:58

Contemplados no Programa de Apoio a Ações de Cultura.

A entrega do termo de compromisso entre a SeCArte  e os contemplados no Programa de Apoio a Ações de Cultura (Procultura 2018) foi realizado na manhã de quinta-feira, 21 de junho, no gabinete do reitor. Também foram entregues as Notas de Dotação. O evento contou com a presença do reitor Ubaldo Balthazar e da secretária de Cultura e Arte Maria de Lourdes Borges.

Ao todo, a universidade disponibilizou R$ 70 mil para que docentes e técnicos administrativos financiem, no todo ou em parte, ações de cultura. Estes recursos são destinados às despesas com  serviços gráficos (panfletos, banners, cartazes, revistas, convites, impressões), custeio de som, iluminação, palco e pagamento de passagens e diárias.
(mais…)

FAM 2018: exposição fotográfica homenageia Lúcio Flávio Giovanella ‘Pixote’

19/06/2018 15:00

Abre nesta terça-feira, 19 de junho, a exposição “Pixote: a arte do still no cinema”, uma homenagem ao fotógrafo Lúcio Flávio Giovanella “Pixote”, falecido precocemente no ano passado. A abertura da exposição será realizada às 17h30min., no Hall da Reitoria da UFSC, e a mostra poderá ser visitada até o dia 12 de julho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20 horas. A exposição tem curadoria de Pedro MC e Zeca Nunes Pires e é uma realização do Departamento Artístico Cultural (DAC)/SeCArte/UFSC e da Cinemateca Catarinense, com apoio do 22° Florianópolis Audiovisual Mercosul (FAM 2018).

A exposição apresenta 20 painéis, de (40 x 60) cm, com várias imagens de filmes em cada um deles, mais quatro fotos individuais, um painel de abertura, cartazes de filmes e textos de Sylvio Back, Ronaldo dos Santos, Eduardo Paredes.
(mais…)

UFSC recebe 900 Secundaristas em evento que simula reuniões de Organizações Internacionais

18/06/2018 18:01

Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

Na última sexta-feira, dia 15 de Junho ocorreu a VIII Simulação de Organizações Internacionais para o Ensino Médio (Siem) no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O evento, que é organizado por alunos de graduação do curso de Relações Internacionais da UFSC, ocorre anualmente e simula as principais mesas de debates de diversas organizações internacionais, com o objetivo de discutir e tomar decisões sobre assuntos globais, de forma democrática e tolerante, desenvolvendo a retórica e argumentação dos estudantes secundaristas.

Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

As reuniões simuladas foram a Assembleia Geral das Nações Unidas, com o tema “Guerra Civil na república Centro Africana”; o Conselho de Segurança das Nações Unidas, que discutiu “Os testes de mísseis balísticos feitos pela Coreia do Norte”; a Organização dos Estados Americanos, que debateu a “Crise Político Econômica na Venezuela”; e por fim o Conselho da União Europeia, com o tema “Questão do separatismo da Catalunha”. Esse ano o evento contou com a participação de 900 alunos, de diversas escolas públicas e particulares de Florianópolis.
(mais…)

2ª MostraMus do Colégio de Aplicação ocorre dia 21 de junho

18/06/2018 12:21

A II Mostra dos trabalhos de Música do Colégio de Aplicação (MostraMus) ocorre nesta quinta, 21 de junho, no Auditório do Espaço Físico Integrado (EFI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), às 19h30. O evento conta com a participação do projeto de extensão “Cantoria: Coral Infantil do Colégio de Aplicação (CA)” dos alunos dos sextos anos do Ensino Fundamental do CA.

Mais informações no site do evento

Projeto 12:30 recebe apresentação musical de Gabriela Maia nesta quarta-feira

18/06/2018 09:29

Na próxima quarta-feira, dia 20 de junho, o palco do Projeto 12:30 recebe o show da cantora Gabriela Maia. Filha do cantor, contrabaixista e compositor Mustache Maia, Gabriela Maia também é influenciada pelo som do Blues. A cantora estará acompanhada dos instrumentistas Luis Mega, no teclado, Wilson Souza, na bateria e Juliano Rosa, na guitarra. O show é gratuito, aberto à comunidade e será realizado às 12h30min. em palco montado ao lado do Centro de Cultura e Eventos da USFC, em Florianópolis.

Filha do artista Mustache Maia, Gabriela esteve inserida desde cedo no meio musical. E o pai, além de participar da construção cultural da filha, é também grande admirador da artista que ela vem se tornando. “Com suas composições em inglês, mostra ter um talento nato e o Blues correndo nas veias em suas músicas. As composições próprias trazem um ritmo denso e dançante para ninguém ficar parado. Difícil entender como alguém de pouco mais de um metro e meio consegue guardar um vocal que vai deixar você boquiaberto”, comenta o músico.
(mais…)

Exposição ‘Vidas Refugiadas’ no hall do Centro de Cultura e Eventos

13/06/2018 14:40

Exposição “Vidas Refugiadas”, no hall do Centro de Cultura e Eventos. Foto: divulgação

O hall do Centro de Cultura e Eventos da UFSC exibe até 6 de julho a exposição Vidas Refugiadas, idealizada por Gabriela Cunha Ferraz, com fotografia de Victor Moriyama e edição de fotos e design de Cristina Veit.

O projeto

Esse projeto pretende dar visibilidade e voz às mulheres que pedem refúgio e vivem hoje no Brasil.O tema do refúgio vem sendo abordado em pesquisas acadêmicas e relatórios midiáticos, sempre a partir da perspectiva masculina e raramente com foco na mulher. Por ser minoria, diante das 60 milhões de pessoas deslocadas, a mulher refugiada acaba herdando a invisibilidade já habitualmente experimentada pelas mulheres brasileiras, fazendo com que suas dificuldades sejam menos ouvidas, suas particularidades pouco respeitadas e sua feminilidade completamente ignorada. O resultado desse processo de anulação limita seu acesso a direitos, amplia sua exclusão social, impede sua plena integração e provoca uma perigosa repetição das violações já vivenciadas em seu país de origem.
(mais…)

Fortes e fortalezas de Santa Catarina recebem oficina para candidatura a Patrimônio Mundial

13/06/2018 09:00

Nos dias 13 e 14 de junho, em Florianópolis, no auditório da antiga Alfândega (Rua Conselheiro Mafra, 141), será realizada a Oficina de Alinhamento para a Candidatura do “Conjunto de Fortificações do Brasil” a Patrimônio Mundial, promovida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

As Fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim e de Santo Antônio de Ratones, ambas administradas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), estão entre as 19 fortificações brasileiras indicadas à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para tornarem-se Patrimônio da Humanidade. Entre os palestrantes do evento estará Salvador Gomes, coordenador das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina, que abordará a gestão desses monumentos, a qual vem sendo realizada pela UFSC há quase 40 anos.

(mais…)

3º Colóquio Internacional FITA: espetáculo francês nesta quarta, dia 13

13/06/2018 07:00

Nesta quarta-feira, dia 13, o “3º Cóloquio Internacional FITA — O Teatro de Sombras e o Teatro de Objetos”,  segue com as atrações e atividades programadas.  A apresentação teatral do dia fica por conta do grupo francês “Cie Théâtre d’images”, com o espetáculo “E.N.T.R.E.”. O espetáculo acontece às 16h, com reapresentação às 20h, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos da UFSC. A entrada é gratuita e aberta à comunidade.

Veja a programação completa do evento, incluindo as atividades formativas, no blog: http://coloquiofita2018.blogspot.com

Espetáculo 

“E.N.T.R.E.” – Cie Théâtre d’images (França)
“E.N.T.R.E.”, da Cie Théâtre d’image(s), acontecerá no dia 13 de junho, às 16h e 20h, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos da UFSC (Grátis). O espetáculo francês explora o teatro de sombras, uma das temáticas que norteiam esta edição do Colóquio.

Além das apresentações, a companhia também participará dos Relatos de Experiência, na quinta-feira (14), às 9h. A atividade, aberta ao público, será uma oportunidade para conversas acerca do processo criativo do espetáculo e ocorrerá na Sala Goiabeira do Centro de Cultura e Eventos da UFSC (Campus Trindade). Ainda na quinta-feira, o espetáculo “E.N.T.R.E.” será apresentado às 20 horas no CEART / UDESC (Gratuito).

(mais…)

Divulgados atores selecionados para Rally Universitário Floripa 2018

12/06/2018 18:18

Atores selecionados para o Rally Universitário Floripa 2018Após dois dias de testes no Teatro da UFSC e mais de 80 participantes, cinco atores foram selecionados para participarem como principais e mais 10 estão destacados para o book de elenco.

O Rally Universitário Floripa tem o objetivo de incentivar e promover a atividade de produção cinematográfica e o intercâmbio de conhecimento. O desafio cinematográfico em que 25 estudantes do mercosul produzem um curta-metragem de até cinco minutos em 100 horas de produção contínua durante a realização do Florianópolis Audiovisual Mercosul.
(mais…)

Espaço Estético do Colégio de Aplicação recebe exposição “Efemeridades e Persistência”

12/06/2018 13:32

O Espaço Estético do Colégio de Aplicação da UFSCrecebe, de 12 a 29 de junho, a exposição “Efemeridades e Persistência”, mostra pedagógica de mestrandas e doutorandas pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAV) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

A mostra tem visitação aberta de 12 a 29 de junho, no horário letivo.

 

Mais informações:
http://www.ca.ufsc.br/espaco-estetico/

Concurso Odília Carreirão Ortiga da EdUFSC premia roteiros de teatro e cinema

11/06/2018 15:00

Já estão abertas as inscrições para o Concurso Odília Carreirão Ortiga, promovido pela Editora da UFSC e que vai premiar duas obras na categoria Roteiros de teatro e cinema, inéditas, redigidas em língua portuguesa. Os autores devem ser pessoas nascidas em Santa Catarina ou nele residentes há pelo menos dois anos.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 18 de junho, no horário comercial, na secretaria da Editora da UFSC, localizada no 1º andar do prédio da Editora da UFSC, Campus Universitário, Bairro Trindade, Florianópolis, Santa Catarina. Serão aceitas inscrições por correio, contando a data de postagem, com material remetido para: Editora da UFSC, Concurso Odília Carreirão Ortiga, Caixa Postal 476, Florianópolis, SC, 88040-900.
(mais…)

Pós-Graduação da Literatura apresenta simpósio sobre a simbologia dos monstros

06/06/2018 17:50

O Programa de Pós-Graduação em Literatura  da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGLIT/UFSC) apresenta, no dia 28 de junho, o “Simpósio de Monstruosidades – Estética e Política”,  ministrado pelos professores Marcio Markendorf e Daniel Serravalle de Sá. O evento ocorrerá no auditório da Biblioteca Universitária, das 9 às 19h30.

O objetivo é apresentar trabalhos acadêmicos que problematizem o monstro na cultura ocidental nas mais variadas manifestações e lugares institucionais: quadrinhos, literatura, cinema, música, artes visuais, religião, saúde, política e ciência. Com uma abordagem multidisciplinar, a ideia é revelar como o monstro, percebido como o anormal, o freak, o queer, o outro e o diferente, torna-se elemento metafórico para a produção de preconceito, abjeção, marginalização e violência.

O evento é gratuito e aberto ao público, com direito à certificado. Para participar é necessário fazer inscrição online.

Mais informações sobre a programação na página do Facebook.

Centro de Cultura e Eventos recebe exposição ‘Exprimível do Vazio – Fragmentos’

06/06/2018 16:09

O Espaço Expositivo do Centro de Cultura e Eventos da UFSC  recebe a partir desta semana a exposição “Exprimível do Vazio – Fragmentos” da artista Juliana Hoffmann. As obras permanecem em exibição até o dia 29 de junho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.

Sobre as obras

As obras de Juliana Hoffmann estão envoltas pela memória, em um movimento de repetição e diferenciação, por onde as imagens retornam, modificam-se e ressignificam-se em cada composição. Nesse atravessamento, a artista vem construindo, ao longo de sua trajetória, obras que partem do repertório do vivido.
(mais…)

Bloomsday 2018 em Florianópolis será realizado no dia 16 de junho, sábado

04/06/2018 11:43

Desenho de Sérgio Medeiros.

O Bloomsday de 2018 em Florianópolis será realizado no dia 16 de junho, sábado, das 15h às 18h, na Fundação Cultural Badesc e o tema desta edição é a relação dos heróis com os animais, discutindo a atuação destes em diferentes obras de artes (literatura, pintura, cinema, música) e a passagem na atuação como personagens livres e criativos.

Organizado pelos professores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Clélia Mello, Dirce Waltrick do Amarante e Sérgio Medeiros, o Bloomsday, ou dia do Bloom, é comemorado todo dia 16 de junho em homenagem ao personagem Leopold Bloom, protagonista do romance Ulisses, do escritor irlandês James Joyce (1882 – 1942).
(mais…)

Coletivo Afro-Floripa promove oficina de dança e percussão africana no Colégio de Aplicação

30/05/2018 17:26

A Oficina de dança e percussão africana, com Aminata Touré e Gali Câmara, faz parte das atividades do Projeto de Extensão Coletivo Afro-Floripa (MEN/CED/UFSC), e será realizada no Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Santa Catarina nos seguintes horários:

31.05 quinta – 15h30 – 21h30

01.06 sexta –  17h30 – 22h30

02.06 sábado – 9h30- 17h

A atividade é gratuita e aberta à comunidade.

Mais informações pelo e-mail: 

Projeto Cinema Mundo exibe ‘Blade Runner’ no dia 7 de junho

30/05/2018 16:19

Dando seguimento à temática de filmes distópicos do Projeto Cinema Mundo para esse semestre, o próximo filme a ser exibido é “Blade Runner” (1982, Estados Unidos/Hong Kong), dirigido por Ridley Scott e baseado na obra “Androides sonham com velhas elétricas?”, de Philip K. Dick. A sessão, com entrada franca, ocorre no dia 7 de junhoquinta-feira, às 18h30 no Auditório Elke Hering, na Biblioteca Universitária da UFSC. Após a exibição, haverá debate com a participação de Sandro Livramento e Rafaella Machado.
(mais…)

Exposição interativa celebra 20 anos do Espaço Estético do Colégio de Aplicação

24/05/2018 18:18

Foto: divulgação

No dia 7 de maio foi aberta a exposição ‘20 Anos Espaço Estético’. Com caráter interativo, o evento marca a comemoração dos 20 anos do Espaço Estético do Colégio de Aplicação (CA) da UFSC, local da exposição. Com entrada franca, as visitas podem ser realizadas das 7h30 às 18h30 até 7 de junho. Ao visitante, é facultado contribuir com a redação de uma mensagem, questionamento, desenho, pintura, ou mesmo com o objeto a ser exibido.

As contribuições podem ser produzidas no momento da visita a exposição, nas terças, quartas e sextas-feiras, no período vespertino, quando há responsável pela exposição com material disponível para escrita e criação de desenhos.

Espaço Estético

Foto: divulgação

Inaugurado em março de 1998, através de um projeto de ensino e extensão, o Espaço Estético do Colégio de Aplicação da UFSC caracteriza-se como uma atividade permanente da Escola com o objetivo de proporcionar uma educação estética. O Espaço viabiliza exposições e ações educativas, encontros com artistas, debates e oficinas que reflitam sobre a pesquisa em artes visuais produzida e proporcionem interações do universo escolar com o entorno.

Mais informações:

https://espacoesteticoca.wixsite.com/espaco-estetico

Secretaria de Cultura e Arte da UFSC divulga resultado preliminar do Edital ProCultura

23/05/2018 13:30

A Secretaria de Cultura e Arte (SecArte) da UFSC divulga o resultado preliminar da seleção do Edital 002/2018 – Bolsa ProCultura. O resultado está disponível aqui. Recursos devem ser entregues na SeCArte até as 17h do dia 21 de maio de 2018.

O Procultura contempla o total de 11 projetos, sendo os três primeiros na categoria de R$10.000,00; os oito primeiros na categoria de R$5.000,00

Mais informações na página da SeCArte.

O Brasil sob o viés da poesia: livro abrange de Vargas a Lula

21/05/2018 10:07

Ex-diretor da Editora da UFSC, professor voluntário da instituição e poeta, Alcides Buss lança nesta quarta-feira, 23, a partir das 18 horas, no Centro Cultural Nau Catarineta, em Santo Antônio de Lisboa, Florianópolis, o livro Em nome da poesia, que abrange o ciclo da vida nacional que vai da queda de Getúlio Vargas ao apogeu do Governo Lula. A obra vem com o selo da Caminho de Dentro Edições, tem 352 páginas e custa R$49,90. livroalcidesfoto

Tudo começa na pequena Trombudo Central, no Vale do Itajaí, passa por Medianeira, na tríplice fronteira de Foz do Iguaçu, alarga-se em Joinville, na região industrial catarinense, e desemboca enfim na Ilha de Santa Catarina. Mas não se atém apenas a estas regiões. No fluxo do tempo, desponta inesperadamente nas mais importantes cidades do País, em várias capitais da Europa, da América Central e da América do Sul. Em cada lugar, reconstrói os liames entre o esquecimento e a memória, entre o passado e o presente. Dentro do tempo, cada etapa da vida segue em paralelo com as demais, causando a impressão de simultaneidade.
(mais…)

MarquE recebe encontro entre professores indígenas e não indígenas

20/05/2018 16:00

Nesta quinta, 24 de maio, das 14 às 18h, o MarquE recebe o encontro entre professores indígenas e não indígenas: ampliando o olhar sobre a história e a cultura dos povos originários do Brasil.

Com o objetivo de fomentar o diálogo entre as comunidades escolares para refletir conjuntamente desafios, esclarecer dúvidas e enriquecer repertórios, a partir da experiência e do olhar dos protagonistas dessa história, com apoio da exposição intitulada Tecendo Saberes pelos Caminhos Guarani, Kaingang e Laklãnõ-Xokleng. 
As vagas são limitadas e as inscrições devem ser realizadas aqui.