Unidade de Tratamento Dialítico do Hospital Universitário é reaberta para atendimento

12/08/2016 17:41
393

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

A solenidade de reabertura da Unidade de Tratamento Dialítico do Hospital Universitário (HU/UFSC) foi realizada nesta terça-feira, 9 de agosto. O espaço, que atende até 24 pacientes em hemodiálise por dia, estava em reformas desde fevereiro de 2016.

Confira matéria produzida pela TV UFSC:

Os tratamentos voltaram a ser realizados na unidade no dia 1º de agosto. A obra foi financiada pela Associação Amigos do HU e custou cerca de R$ 400 mil reais. Na reabertura estavam presentes o reitor da UFSC, Luis Carlos Cancellier, a vice-reitora Alacoque Lorenzini Erdmann, a diretora-geral do HU, Maria de Lurdes Rovaris, e o diretor-presidente da AAHU, Pedro Camacho dos Santos.
Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

Tags: AAHUhemodiáliseHUUFSCUnidade de Tratamento Dialítico

Hospital Universitário reforma Unidade de Tratamento Dialítico

03/02/2016 12:55

A Unidade de Tratamento Dialítico (UTD) do Hospital Universitário (HU/UFSC) será reformada de 15 de fevereiro a 15 de maio. Nesse período, os pacientes que já estão em programa regular de hemodiálise no HU serão transferidos para outras unidades, principalmente a Unidade de Rim do hospital Governador Celso Ramos. O HU utilizará o terceiro turno da Unidade de Rim, disponibilizando o material de assistência e servidores.

O HU solicita que Samu, UPAs e outras unidades de saúde evitem encaminhar pacientes já em programa de diálise em outras instituições, bem como aqueles que estão para iniciar o programa de hemodiálise. A medida é necessária para que o HU possa realizar a transferência dos pacientes com segurança e de forma programada.

Durante a reforma, os pacientes internados no HU, e para os quais não haja possibilidade de transferência ou de acordo com avaliação do médico nefrologista, serão atendidos em sala de apoio, com duas máquinas de hemodiálise, localizada no corredor da UTI para adultos.

O projeto foi aprovado pela Vigilância Sanitária do município de Florianópolis, que solicitou as mudanças no ambiente.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-9163.

Cronograma da reforma
Dia Situação Atividade
15/02 a 14/03 Sem atendimento na Unidade de Tratamento Dialítico (UTD) Transferência do mobiliário e equipamentos para outra área, demolições e remoções, construção de paredes, colocação de esquadrias, revestimento de paredes e pisos, instalações hidrossanitárias, elétrica, rede de gases e ar condicionado.
15/03 a 14/04 Sem atendimento na Unidade de Tratamento Dialítico (UTD) Colocação de esquadrias, revestimento de paredes e pisos, louças e equipamentos, instalações hidrossanitárias, elétrica e ar condicionado.
15/04 a 16/05 Sem atendimento na Unidade de Tratamento Dialítico (UTD) Colocação de esquadrias, revestimento de paredes e pisos, louças e equipamentos, instalação elétrica, rede de gases, forro, ar condicionado e limpeza geral.
16/05 Reabertura da Unidade
Tags: hemodiáliseHospital Celso RamosHospital UniversitárioHUUFSCUnidade de Tratamento DialíticoUniversidade Federal de Santa Catarina

Pesquisa UFSC: albumina sérica prediz risco de hospitalização em mulheres submetidas a hemodiálise

17/09/2014 08:48

Pesquisa desenvolvida pela nutricionista Patrícia Szuck, para obtenção do mestrado no Programa de Pós-Graduação em Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGN-UFSC), orientada pela professora Elisabeth Wazlawik, demonstrou que a albumina sérica prediz o risco de hospitalização em mulheres com doença renal crônica submetidas a hemodiálise. O estudo, que acompanhou 138 pacientes submetidos a esse procedimento (idade média de 55 anos, 60% homens) por dois anos, foi realizado em duas clínicas de diálise de Santa Catarina – uma em Florianópolis e outra em São José.

Considerando-se que as taxas de hospitalização entre os pacientes em hemodiálise são elevadas, o objetivo do estudo foi verificar a capacidade preditiva de indicadores nutricionais no risco de hospitalização em pacientes submetidos ao procedimento de filtração extracorpórea do sangue, sendo utilizados nove indicadores (avaliação subjetiva global; escore de desnutrição-inflamação; rastreamento de risco nutricional 2002; porcentagem de massa de gordura; circunferência muscular do braço; força do aperto da mão; ângulo de fase, obtido por impedância bioelétrica; albumina sérica e linfócitos totais).
(mais…)

Tags: albumina séricaElisabeth WazlawikhemodiálisePatricia SzuckPPGNUFSC

Pesquisa mostra que estado nutricional influencia sobrevida de pacientes em hemodiálise

29/04/2014 15:50

Em estudo realizado pela mestranda do Programa de Pós-Graduação em Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGN-UFSC), Letícia Maria Führ, orientada pela professora Elisabeth Wazlawik, observou que pacientes desnutridos, com doença renal crônica, apresentaram maior risco de óbito do que os nutridos, também submetidos à hemodiálise.

Foram acompanhados 138 pacientes submetidos à hemodiálise, de duas clínicas da região da Grande Florianópolis; o período de acompanhamento foi de um ano, durante o qual 17 pacientes foram a óbito – uma taxa de 12,3%.

A fim de reconhecer quais as formas mais apropriadas de identificação do risco de óbito, o estudo também comparou os métodos compostos de avaliação do estado nutricional: ASG (avaliação subjetiva global), NRS 2002 (rastreamento de risco nutricional 2002 – nutritional risk screening 2002) e MIS. Este e o NRS2002 identificaram melhor o risco de óbito, pois são de fácil aplicação e podem ser utilizados nas clínicas renais.

Os resultados da pesquisa corroboram outros estudos, ao identificar a importância do estado nutricional para a sobrevida dos pacientes. Uma vez que a ocorrência de óbito foi alta e associada ao comprometimento nutricional dos indivíduos, destaca-se a importância da avaliação incluindo o MIS e a necessidade de monitoramento contínuo, para propiciar a melhora do estado nutricional de pacientes em tratamento hemodialítico.
(mais…)

Tags: doença renal crônicahemodiáliseLetícia Maria Führpós-graduação em nutriçãoUFSC

Desnutrição de pacientes em hemodiálise é avaliada em pesquisa

12/12/2012 09:40

Estudo desenvolvido junto ao Programa de Pós-Graduação em Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) analisou a precisão diagnóstica da força do aperto da mão e do ângulo de fase em casos de desnutrição de pacientes submetidos à hemodiálise, em duas clínicas da Grande Florianópolis. Devido à escassez de estudos nesse sentido, foi realizada uma pesquisa pela mestranda em Nutrição Monique Ferreira Garcia, sob orientação da professora Elisabeth Wazlawik, colaboração da professora Yara Maria Franco Moreno, ambas do Programa de Pós-Graduação em Nutrição, e autorização do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da UFSC.

A alta prevalência da desnutrição nesses pacientes é um importante fator de risco para complicações e mortalidade. Atualmente, na prática clínica, para a avaliação do estado nutricional, são necessários parâmetros simples, acessíveis, confiáveis e de baixo custo. Várias ferramentas têm sido utilizadas para este monitoramento, porém, discute-se muito a respeito da validade de cada uma delas.

(mais…)

Tags: aperto da mão e do ângulo de fasedesnutriçãohemodiálisePrograma de Pós-Graduação em NutriçãoUFSC