Seminário Campus Inteligente: Infraestrutura e Planejamento Urbano ocorre dia 14

04/06/2018 12:00

O Seminário Campus Inteligente: Infraestrutura e Planejamento Urbano será realizado no dia 14 de junho, quinta-feira, no Auditório da Reitoria, a partir das 8h30. O evento discutirá o gerenciamento de infraestruturas e a relação com o Planejamento Urbano, tecnologias recentes da área e soluções que poderão ser aplicadas aos campi da UFSC.

O evento é organizado pelo Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (DPAE) e conta com a participação de instituições públicas como a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) e a Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGás). Também estarão presentes empresas de tecnologia e pesquisadores da área.

A inscrição é gratuita e pode ser feita através do site: http://inscricoes.ufsc.br/campus-inteligente. Mais informações também na Fanpage do evento.

 

Tags: CasanCelescDPAEinfraestruturaPlanejamento urbanoSCGásSeminário Campus Inteligente: Infraestrutura e Planejamento UrbanoUFSC

Tratamento de esgoto e balneabilidade em Florianópolis são tema de júri simulado

17/05/2018 13:20

O tratamento de águas e esgoto é uma política pública que, no Município de Florianópolis, é executada pela Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan). Para assegurar o serviço, a Casan cobra dos moradores do município uma taxa de esgoto. Esta taxa possibilita parte da execução do serviço. Mas, e se o serviço não é realizado a contento, pode o poder público e sua executora serem processados? Cabe indenização à população?
(mais…)

Tags: balneabilidadeCasanCentro de Ciências JurídicasDireito AmbientalJúri simuladotratamento de esgotoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pesquisa analisa riscos da contaminação de mexilhões na Praia do Matadeiro

29/05/2017 08:39

Um projeto de pesquisa de mestrado irá verificar possíveis riscos de contaminação de um tipo de cianobactéria tóxica em mexilhões da Praia do Matadeiro. Densas populações desta espécie, Cylindrospermopsis raciborskii, foram registradas na Lagoa do Peri desde a década de 1990 e, nos últimos 20 anos, são monitoradas pela Casan. As concentrações de saxitoxina, produzida pela cianobactéria, ainda são baixas e o sistema de tratamento de água da Casan consegue remover a contaminação, principalmente pelos filtros e cloro. Porém, o Canal do Sangradouro leva água da Lagoa do Peri ao Atlântico, entre Armação e Matadeiro, onde há costões rochosos, habitat de mexilhões, além de organismos comestíveis enterrados na areia.

Cianobactérias tóxicas são analisadas em laboratório. Foto: Henrique Almeida/Diretor de Fotografia da Agecom/UFSC

“Se a carga tóxica de lagoa do Peri está constantemente sendo lançada na praia do Matadeiro, o que se pode esperar da contaminação de mexilhões que por ali vivem ou que por ventura sejam ali cultivados?”, questiona Leonardo Rörig, líder do Grupo de Pesquisa do CNPq Biologia, Cultivo e Biotecnologia de Microalgas e orientador da mestranda Tanise Klein Ramos. Séries de amostragens e análises serão realizadas a fim de testar estas hipóteses, explica Rörig. “Dependendo dos resultados, medidas de gestão deverão ser tomadas para impedir o consumo de frutos do mar oriundos de alguns setores da Praia do Matadeiro. Consequentemente, o cultivo de mexilhões na área deveria ser impedido, haja vista o risco de contaminação com consequências a saúde pública”.

Para recreação na Lagoa do Peri, maior corpo de água doce da Ilha de Santa Catarina, não há complicações atualmente, confirma Rörig. “Dificilmente a pessoa que engolir a água vai ter problemas. Hoje, a água da lagoa é limpa, as algas só vão crescer mais se houver água mais suja”. 
(mais…)

Tags: algaalgal bloomArmaçãobloomCanal do SangradouroCasanCianobactériacultivo de ostraLagoa do Perimexilhãomexilhõesoceanografiapraia do MatadeirosaxitoxinaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Adutoras da Casan rompem e Administração Central da UFSC orienta uso racional da água

21/05/2017 14:11

A Administração Central da UFSC orienta a comunidade universitária a utilizar racionalmente a água, em razão do rompimento de adutoras que abastecem a grande Florianópolis. Segundo comunicado da Casan – Companhia Catarinense de Águas e Saneamento, três adutoras de água do Rio Pilões, em Santo Amaro da Imperatriz , romperam com a enxurrada e deslizamento de terra na madrugada deste domingo, 21, prejudicando o abastecimento de água para Grande Florianópolis, agora  a 40 por cento.

As estruturas são responsáveis por levar água bruta do rio até a Estação Cubatão, onde é tratada e distribuída. As adutoras abastecem as cidades de Palhoça, São José, Biguaçu, Florianópolis – no Continente, Centro e bairros Trindade, Itacorubi, João Paulo, Cacupé, Saco dos Limões e Costeira.

Segundo dados da Epagri/Ciram, nas últimas 12 horas os maiores volumes de chuva se concentraram sobre as regiões litorâneas de SC. Isso acontece em função do fluxo de ar frio e úmido, que vem de uma área de alta pressão sobre o oceano Atlântico, e a influência de uma frente fria.

 

Tags: adutorasCasancomunidade universitáriarompimentoUFSC

Resultados do projeto de gerenciamento de lodos serão apresentados em dezembro

26/11/2013 12:26

Será realizada no dia 9 de dezembro, às 9h, a reunião final do projeto “Estudos sobre Gerenciamento de Lodos Produzidos na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Insular da Casan”. O evento será no auditório da Superintendência Regional da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) – Rua XV de novembro, 230, bairro Estreito, Florianópolis . O objetivo é apresentar os resultados e conta com a participação da comunidade acadêmica.


(mais…)

Tags: CasanEngenharia Sanitária e AmbientalFapescPaulo Belli FilhoUFSC

Resultados do projeto de gerenciamento de lodos serão apresentados em dezembro

18/11/2013 15:45

A reunião final do projeto “Estudos sobre Gerenciamento de Lodos Produzidos na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Insular da Casan”, será realizada no dia 9 de dezembro, às 9h, no auditório da Superintendência Regional da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) – Rua XV de novembro, 230, bairro Estreito, Florianópolis -. Este evento objetiva a apresentação dos resultados e conta com a participação da comunidade acadêmica.
(mais…)

Tags: CasanGerenciamento de Lodos ProduzidosPaulo Belli FilhoUFSC