UFSC celebra 60 anos em sessão solene que enfatiza a importância de quem faz a universidade

18/12/2020 17:05

Uma cerimônia de reconhecimento às pessoas que fazem da Universidade Federal de Santa Catarina um lugar de excelência marcou a celebração dos 60 anos da instituição. De forma remota e com transmissão pelo YouTube, a sessão solene do Conselho Universitário, que ocorreu nesta sexta-feira, 18 de dezembro, foi marcada pela posse de 12 novos diretores de centro e pela diplomação dois doutores Honoris Causa e dois professores e uma professora eméritos. Além disso, o reitor Ubaldo Cesar Balthazar também anunciou o nome da nova vice-reitora da UFSC, cujo mandato inicia em janeiro de 2021: Catia Regina Silva de Carvalho Pinto, do quadro permanente no Programa de Pós Graduação em Engenharia Ambiental e ex-diretora da UFSC Joinville.

O reitor celebrou a história da Universidade, reforçando a importância de momentos felizes, tais como a implementação das políticas de inclusão de minorias. Também salientou o quanto servidores docentes e técnicos e os acadêmicos abraçam a UFSC, “vestindo a camisa”, mesmo quando os recursos investidos são escassos. O resultado disso, segundo ele, é o sucesso nos rankings universitários, que sempre trazem a instituição como destaque. “É uma classificação que decorre do trabalho de todos”, disse. Aos homenageados, Ubaldo lembrou que eles marcam a história da UFSC e apontam para a excelência institucional.
(mais…)

Tags: 60 anos de ExcelênciaAniversário da UFSCConselho Universitário (CUn)Doutor Honoris CausaProfessor Eméritosessão soleneUFSCUFSC 60 anos

Antonio Carlos Wolkmer: professor emérito tem trajetória dedicada a um Direito crítico e transformador

15/12/2020 08:00

Professor Antonio Carlos Wolkmer. Foto: arquivo pessoal

Reconhecido internacionalmente como um dos nomes mais expressivos da Ciência Jurídica contemporânea, entre os mais destacados pensadores críticos do Direito na América do Sul, premiado por sua produção científica e cuja vasta obra e incontáveis conferências proferidas difundiram o nome da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) pelo Brasil e por todo o mundo. Esses são alguns dos atributos destacados na proposta de concessão de título de professor emérito a Antonio Carlos Wolkmer, docente do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) aposentado após mais de 20 anos dedicados ao ensino, à pesquisa e à extensão. O título, uma homenagem da Universidade conferida a professores aposentados pelos altos méritos profissionais e relevantes serviços prestados à instituição, será outorgado em sessão solene do Conselho Universitário, às 14h30 da próxima sexta-feira, 18 de dezembro – data de comemoração do aniversário de 60 anos da UFSC.

“Desnecessário observar o quanto me emociona e me honra o título recebido de Professor Emérito da Universidade Federal de Santa Catarina, aprovado pelo Conselho Universitário em março deste ano de 2020. Não tenho como agradecer a proposta e a iniciativa do Centro de Ciências Jurídicas, coordenada, de forma louvável e meritória, pelo seu ilustre diretor, Prof. Dr. José Isaac Pilati, bem como o apoio do Prof. Dr. Arno Dal Ri Junior, durante sua gestão no PPGD [Programa de Pós-Graduação em Direito]. Recebo com elevada consideração tal homenagem, como consequência e retribuição a uma carreira exitosa, ao longo de quase três décadas dedicadas à docência e à pesquisa na UFSC. Uma carreira que se construiu e se consolidou em nível regional, nacional e internacional como pesquisador, docente e educador na missão de formar agentes transformadores do Direito e da Justiça, comprometidos com sua prática social”, declara Wolkmer. 

Segundo Pilati, o professor “foi um dos grandes destaques do Curso de Direito, especialmente da pós-graduação, pela obra que produziu”. Seus trabalhos englobam as áreas de Pluralismo Jurídico, Direitos Humanos, Teoria Crítica, Interdisciplinaridade no Direito, Interculturalidade, Constitucionalismo Latinoamericano, História e Cultura Jurídica na América Latina e Estudos Descoloniais. “Antonio Carlos Wolkmer é conhecido no Brasil inteiro, no mundo inteiro, como um grande intelectual. É um grande conferencista e um intelectual de grande envergadura”, complementa o diretor do CCJ, ressaltando o quanto Wolkmer inovou em sua área de atuação e colaborou para o engrandecimento da graduação e da pós-graduação em Direito da UFSC: “é um professor que eleva o nível intelectual do país, que traz reconhecimento para nossa Universidade”.
(mais…)

Tags: 60 anos de ExcelênciaAntonio Carlos WolkmerCCJProfessor EméritoUFSCUFSC 60 anosUniversidade Federal de Santa Catarina

Dilvo Ilvo Ristoff: título de emérito reconhece contribuições para a qualidade e a democratização do ensino superior

14/12/2020 08:00

O professor Dilvo Ilvo Ristoff, que receberá o título de professor emérito da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) na sessão solene do Conselho Universitário do dia 18 de dezembro, é definido nos pareceres emitidos para concessão da honraria como um homem de projetos visionários e um docente empenhado na busca de qualidade e acessibilidade na educação superior do Brasil. Destaca-se pela sua carreira acadêmica intensa e exitosa e também pela sua atuação em diversos cargos administrativos na UFSC e em outros órgãos governamentais.

Ao aposentar-se, em 2012, havia chegado à categoria de professor titular, o ápice na carreira dos professores universitários brasileiros, com pós-doutorado pela University of Caroline System, Estados Unidos. Atualmente, além de ministrar aulas e orientar dissertações, como professor voluntário no Programa de Pós-Graduação em Métodos e Gestão em Avaliação da UFSC, Dilvo Ristoff faz palestras sobre educação e escreve regularmente uma coluna semanal ao blog www.educa2022.com, especializado em assuntos educacionais. Também continua a escrever e publicar artigos.

Graduado em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 1974, ele concluiu o mestrado em Letras na UFSC em 1979, mesmo ano em que se tornou professor da Universidade. No Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras (DLLE), do Centro de Comunicação e Expressão, Dilvo Ristoff foi professor em disciplinas ligadas à língua e literatura inglesa.
(mais…)

Tags: 60 anos de ExcelênciaCCECentro de Comunicação e ExpressãoDepartamento de Língua e Literatura EstrangeirasDilvo Ilvo RistoffPós-Graduação em Métodos e Gestão em AvaliaçãoProfessor EméritoUFSCUFSC 60 anosUniversidade Federal de Santa Catarina

Conselho Universitário aprova título de Professor Emérito a Dilvo Ilvo Ristoff

25/04/2017 16:50

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina aprovou, por unanimidade, o título de Professor Emérito ao docente aposentado Dilvo Ilvo Ristoff, lotado no Departamento de Língua e Literatura Estrangeira, quando em atividade. A honraria está prevista no Estatuto da UFSC, “pelos altos méritos profissionais ou por serviços prestados à instituição”. Dilvo foi o primeiro reitor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).
(mais…)

Tags: Dilvo Ilvo RistoffDLLElíngua estrangeiraliteraturaProfessor EméritoUFSC

Selvino José Assmann, 40 anos dedicados à sala de aula

22/10/2016 13:00

emeritoA história do curso de Filosofia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) praticamente se funde com a trajetória de um dos seus maiores contribuintes e entusiastas: o professor Selvino José Assmann. Membro do corpo docente desde 1976, ele se orgulha ao falar dos seus mais de 40 anos de trabalho na Universidade. Diz que teve muita sorte ao ingressar no curso como professor, pois a oportunidade surgiu quando voltava da Itália, após a conclusão da pós-graduação na Pontificia Università Lateranense. “Eu não conhecia Florianópolis, passei por aqui voltando do mestrado. Abri um jornal que se chamava O Estado e vi um edital de concurso para professor de Filosofia”, ele lembra. Na época, o Departamento de Filosofia oferecia apenas o curso de graduação, do qual passou a ocupar o cargo de coordenador.

Em 1980, Selvino decidiu cursar doutorado, também na Lateranense. Foram três anos dedicados à história das ideias filosóficas na América Latina. Ao retornar, deu início à primeira turma do mestrado em Educação, e ao primeiro curso de especialização em Filosofia, que deu origem ao mestrado, em 1997, e ao doutorado, em 2005.

O professor também fundou e coordenou o Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas – primeiro curso interdisciplinar da Universidade. A interdisciplinaridade é uma das características do trabalho de Selvino, e que ele faz questão de ressaltar, por conta da união de várias vertentes de conhecimento. “Acho que a universidade deveria desenvolver mais a abordagem supradisciplinar, e não cortar os objetos de estudos em tamanhos pedaços de especialização. É uma tentativa de voltar a reunir o conhecimento humano”, explica.

Cerimônia Professores Eméritos - Foto Henrique Almeida (28)

Selvino José Assmann na cerimônia de Professor Emérito em setembro de 2016. Foto Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Mesmo gostando muito de trabalhar com Filosofia, principalmente na área da Ética e da Política, o professor sempre lecionou em diversos cursos, como Enfermagem, Administração e Direito. Ele conta que nunca se sentiu muito satisfeito com a ideia de ficar somente na sua especialidade. Inclusive permaneceu no doutorado interdisciplinar até a sua aposentadoria, em 2015.

Atualmente é professor voluntário na pós-graduação em Filosofia e se dedica às traduções do filósofo italiano Giorgio Agamben, de quem já traduziu sete livros. Como tradutor, destaca a importância dos escritores italianos. “No Brasil temos mais contato com obras em inglês, alemão ou francês e muito pouco do que é feito na Itália. Eu creio que há uma contribuição específica da Itália, porque eles têm um grande contato com escritores alemães, ingleses e franceses.”
(mais…)

Tags: Professor EméritoSelvino José AssmannUFSC

Ingrid Elsen, emérita para a UFSC e sublime para a Enfermagem no Brasil

17/10/2016 09:35

emeritaO caminho que Ingrid Elsen escolheu a tornou um ícone da Enfermagem nacional e internacional na área da Saúde da Família e da Criança. Sua trajetória no ensino, pesquisa e extensão a fez pioneira. Pelo conjunto de suas ações, emérita. A UFSC – instituição que escolheu em 1974 para estudar e dar aula – lhe acrescentou este título, o mais importante do meio acadêmico. E, como grande mestra que é, reconheceu que trilhar este caminho só foi possível com a participação dos colegas professores, alunos, amigos e familiares.

Ingrid foi a primeira coordenadora e uma das principais articuladoras da criação do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PEN) da UFSC, que completou 40 anos em 13 de maio deste ano. Foi mais além: orientou e influenciou a instalação de vários programas de pós-graduação no Brasil, e produziu livros e trabalhos internacionais publicados no país e no exterior.

Sua história na Enfermagem começou no início dos anos 60 quando se graduou pela Universidade de São Paulo (1962). O mestrado realizou na UFSC, em 1979, e o doutorado na Universidade da Califórnia (Estados Unidos), em 1984, com bolsa de estudos pela Capes. Diz que a UFSC lhe ofereceu uma oportunidade ímpar com a liberação para dar continuidade a seus estudos.

Família, Enfermagem, Promoção da Saúde, Prevenção da Violência Intrafamiliar, Pesquisa e Saúde são suas principais linhas de atuação. Aposentada do ofício de ensinar na UFSC, continua trabalhando como voluntária em outras frentes – coordenadora da Rede Sul de Pesquisa em Família e Saúde; vice-líder do Grupo de Assistência, Pesquisa e Educação na Área da Saúde da Família (Gapefam/UFSC) e membro do Centro Crescer Sem Violência.
(mais…)

Tags: 26° Fórum Catarinense das Escolas de EnfermagemIngrid ElsenProfessor EméritoUFSC

Teodoro Rogério Vahl, um dos pioneiros na implantação da Universidade em Santa Catarina

07/10/2016 16:30

emeritoNo comecinho dos anos 60, os aviões que faziam o trajeto Florianópolis – Rio de Janeiro eram os bimotores DC-3 da TAC – Transportes Aéreos Catarinenses. Os voos saíam da Ilha às 8h e chegavam à Cidade Maravilhosa por volta das 18h, porque as escalas não eram poucas – Florianópolis, Itajaí, Joinville, Curitiba, Paranaguá, Santos e, finalmente, Rio, ao anoitecer.

Para a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a luta apenas começava. Sem sede, sem funcionários, sem orçamento, a Universidade funcionava em um pequeno espaço, cedido no auditório da Faculdade de Direito, na rua Esteves Júnior.

As chamadas circunstâncias exigiam que o primeiro reitor, professor João David Ferreira Lima, viajasse – com passagens aéreas de cortesia, concedidas pela própria TAC – com muita frequência ao Rio de Janeiro, onde funcionava o Ministério da Educação e Cultura, a fim de acompanhar a tramitação dos processos sobre orçamento, construção do campus na Trindade, aquisição de materiais e equipamentos etc. Os documentos encaminhados eram escritos e calculados nas primeiras máquinas de escrever e calcular emprestadas pela firma Machado & Cia.

Eventualmente, os DC-3 transportavam também um outro passageiro, que também já trabalhava na Esteves Júnior e, igualmente, assim como Ferreira Lima, frequentava com certa rotina os corredores e salas do MEC.

O passageiro era Teodoro Rogério Vahl, que relembrou, na solenidade em que a UFSC o homenageou com o título de “Professor Emérito”, no último dia 13 de setembro, aqueles tempos de um pioneirismo cada vez mais raro. Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de Santa Catarina em 1966; doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Münster/Alemanha em 1978, e pós-doutor em Administração da Educação Superior pela mesma universidade em 1985, tem, mais de 50 anos depois, uma longa história para contar como um dos pioneiros em 1962.

teodoro_red

Teodoro Rogério Vahl relata sua trajetória na solenidade de Professor Emérito, dia 13 de setembro. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

“Quando chegava ao aeroporto, eu pegava rapidamente minha bagagem de mão e ia direto ao ponto de táxi. Pedia ao motorista que me levasse ao Ministério da Educação o mais breve possível, uma vez que eu necessitava falar com uma pessoa cujo expediente terminava às 18 horas. Ele me respondia que seria muito difícil em função do pesado trânsito. Realmente era. Quando eu chegava ao gabinete do Durmeval Trigueiro Mendes, diretor responsável pela área, a secretária me informava que ele já havia saído. O que me restava era dormir em um hotelzinho em Copacabana chamado Apa Hotel. Uma porta, alguns beliches.”

“Era um grande desafio. Mas, os poucos jovens que aceitaram o convite do professor Ferreira Lima não desistiram e vibraram muito a cada vitória, na direção de alcançar o grande objetivo, que era a implantação da nossa querida Universidade.”

Limitado pelo tempo da cerimônia, Vahl restringiu a apresentação ao período compreendido entre o início da década de 60 e o final da década de 80, ou seja, 30 anos, já que essas informações estão menos disponíveis. Mas contou, com riqueza de detalhes, os primeiros passos da instituição.

Lembrou-se da criação, em 1930, da faculdade de Direito, com José Arthur Boiteux, que foi instalada no Centro de Florianópolis, na sobreloja do prédio situado na esquina das ruas Felipe Schmidt e Trajano. Recordou a criação da UFSC, em 18 de dezembro de 1960, pelo presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira; de sua instalação, em 12 de março de 1962; e da nomeação, em 9 de outubro de 1961, do reitor João David Ferreira Lima.
(mais…)

Tags: João David Ferreira LimaProfessor EméritoTeodoro Rogério VahlUFSC

Ingrid Elsen, Selvino José Assmann e Teodoro Rogério Vahl recebem da UFSC título de professor emérito

14/09/2016 14:14

708“Em nome da Universidade Federal de Santa Catarina, eu, Luiz Carlos Cancellier de Olivo, na forma estatutária e regimental, concedo aos doutores Ingrid Elsen, Selvino José Assmann e Teodoro Rogério Vahl o título de professor emérito” (…) “em reconhecimento aos altos méritos profissionais e pelos relevantes serviços prestados à instituição”. Os trechos fazem parte da decisão pronunciada pelo reitor em sessão especial do Conselho Universitário (CUn) em 20 de junho de 2016.

A solenidade de outorga do título foi realizada no final da tarde do dia 13 de setembro, no auditório da Reitoria, marcada pela formalidade que o momento exige. Toda vez que os professores eram anunciados foram bastante aplaudidos e essas manifestações deram o tom de alegria e descontração ao evento.

Na cerimônia, representantes dos conselhos Universitário, de Curadores, das câmaras de Graduação, de Pós-Graduação, de Pesquisa e de Extensão da UFSC, dos Centros de Ensino, docentes, técnicos e alunos da graduação e pós-graduação, convidados, autoridades, os professores eméritos Luiz Fernando Scheibe e Mara Coelho de Souza Lago, amigos e familiares.

Os três trilharam trajetórias distintas, Ingrid na Enfermagem, Selvino na Filosofia, e Theodoro na Administração, porém suas vidas se cruzam em pontos comuns da profissão, a paixão por ensinar e o de igualmente aprender.
(mais…)

Tags: Ingrid ElsenProfessor EméritoSelvino José Assmanne Teodoro Rogério VahlUFSC

UFSC concede título de ‘Professor Emérito’ a Selvino José Assmann, Ingrid Elsen e Teodoro Rogério Vahl

12/09/2016 10:06

ConviteOs professores da UFSC, Selvino José Assmann, do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH); Ingrid Elsen, do Centro de Ciências da Saúde (CCS); e Teodoro Rogério Vahl, do Centro Socioeconômico (CSE), receberão a titulação de “Professor Emérito”, em sessão solene de outorga nesta terça-feira, 13 de setembro, às 17h30, no Auditório da Reitoria, Campus Florianópolis, bairro Trindade.

O Conselho Universitário (CUn) aprovou nas sessões especiais realizadas em 20 de julho deste ano as concessões do título. Durante a sessão, foram lidos pareceres com o histórico e a importância do trabalho dos indicados.
(mais…)

Tags: do Centro de Ciências da Saúde (CCS)e Teodoro Rogério VahlIngrid ElsenProfessor EméritoSelvino José AssmannUFSC

Celebração marca os 52 anos da UFSC

19/12/2012 17:38

Geólogo Luiz Fernando Scheibe recebe das reitoras o título de Professor Emérito da UFSC. Foto: Henrique Almeida / Agecom / UFSC

Muita emoção e uma energia boa de celebração marcaram a cerimônia dos 52 anos de criação da Universidade Federal de Santa Catarina, na terça-feira, 18 de dezembro. O multievento iniciou cerca de 19h, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos da UFSC, com sessão solene do Conselho Universitário para outorga de título de professor emérito ao geólogo Luiz Fernando Scheibe.
(mais…)

Tags: 52 anosAniversário da UFSCCaspar Erich StemmerhomenagemLuiz Fernando ScheibeProfessor EméritoUFSC

UFSC celebra 52 anos nesta terça-feira, 18 de dezembro

18/12/2012 08:30

Fazenda Assis Brasil – atual campus universitário – foto acervo UFSC

A Universidade Federal de Santa Catarina, criada em 18 de dezembro de 1960  (Lei nº 3.849), sancionada pelo  presidente da República Juscelino Kubitscheck de Oliveira, celebra nesta terça-feira, dia 18,  52 anos com sessão solene do Conselho Universitário, às 10h30min,  no Auditório da Reitoria, em comemoração aos 80 anos do Curso de Direito. A programação continua a partir das 18h30min, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos da UFSC, com apresentação do Grupo de Canto Vozes da Ilha (em Seresta) e do Grupo de Canto Vozes da Ilha, do Núcleo de Estudos da Terceira Idade (NETI), sessão Solene do Conselho Universitário para outorga do título de Professor Emérito ao professor Luiz Fernando Scheibe, do Departamento de Geociências do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da UFSC, homenagem póstuma ao professor  Erich Caspar Stemmer, e posse dos novos diretores e vice-diretores das Unidades Acadêmicas.

(mais…)

Tags: 52 anosCaspar Erich Stemmerhomenagem póstumaLuiz Fernando Scheibeposse novos diretoresProfessor EméritoUFSCUnidades Acadêmicas

Luiz Fernando Scheibe recebe o título de professor emérito da UFSC

18/12/2012 07:05

Professor Luiz Fernando Scheibe- fotos Paulo Noronha/ Agecom/ UFSC

O geólogo  Luiz Fernando Scheibe, professor  aposentado do Departamento de Geociências do Centro de Filosofia e Ciências Humanas, recebe na próxima terça-feira, 18 de dezembro, em sessão solene do Conselho Universitário , no Auditório Garapuvu, do Centro de Cultura e Eventos da universidade, o título de Professor Emérito da UFSC. O evento integra as comemorações dos 52 anos da Universidade Federal de Santa Catarina. Luiz Fernando Scheibe é doutor em Geociências (Mineralogia e Petrologia) pela Universidade de São Paulo (USP). Bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq, tem registrados em seu  currículo lattes 47 artigos em periódicos especializados e 77 trabalhos em anais de eventos.

(mais…)

Tags: 52 anos UFSCCUnLuiz Fernando ScheibeProfessor Emérito

Conselho Universitário da UFSC mantém semestre letivo

29/06/2012 13:57

Por 20 votos a 12, o Conselho Universitário da UFSC (CUn) decidiu, em sessão encerrada às 13h desta sexta-feira, 29, manter o calendário acadêmico e concluir o semestre letivo. Também foi assegurado pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) o fornecimento das refeições aos alunos com bolsa carência no Centro de Ciências Agrárias e de ônibus para deslocamento ao bairro do Itacorubi, onde fica o restaurante, até o dia 11, quando se encerram as atividades do período.

(mais…)

Tags: ações afirmativasCUnLuiz Fernando ScheibemanutençãoProfessor Eméritosemestre letivo