UFSC e Epagri lançam vídeo de animação infantil sobre o solo

05/06/2024 13:40

Com o intuito de despertar a curiosidade sobre os conceitos de biodiversidade, solos e biomas, o Centro de Ciências Agrárias (CCA) e o curso de Animação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) adaptaram o livro infantil Começo meio e fim: o solo é assim para um vídeo de animação voltado a crianças de 6 a 11 anos. A publicação original é fruto de uma parceria entre pesquisadores do CCA e da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). O vídeo de animação foi lançado oficialmente nesta quarta-feira, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, nos canais do YouTube do CCA e da Epagri.

A iniciativa busca introduzir de forma lúdica os principais solos dos biomas latino-americanos, despertar o interesse das crianças sobre o mundo abaixo de seus pés e propagar conceitos da biodiversidade, informam os organizadores. Com as ferramentas da animação, foi produzida uma narrativa educativa, com recursos visuais capazes de traduzir conceitos técnicos em uma linguagem acessível.

Na obra, a história é protagonizada pelo pequeno indígena Ibiacy e seu amigo Tucan, um tatu-canastra. Juntos, eles embarcam em uma aventura para explorar os solos e biomas da América Latina e do Caribe. A história original está no livro publicado em parceria entre UFSC e Epagri em 2023. A publicação está acessível gratuitamente.
(mais…)

Tags: animaçãoCentro de Ciências AgrágriasCentro de Ciências Agrárias (CCA)curso de animaçãoDia Mundial do Meio Ambienteeducação infantilEpagrilivroparceriaprojeto de extensãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Figueira da Praça XV não é brasileira, conclui estudo da UFSC que consultou banco de DNA

14/05/2024 10:30

O DNA da centenária figueira da Praça XV de Novembro, no Centro de Florianópolis, foi decifrado por pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O mistério que envolvia a origem e a espécie de um dos principais cartões-postais da capital catarinense, citado inclusive no hino do município, finalmente chegou ao fim. O estudo realizado no Laboratório de Fisiologia do Desenvolvimento e Genética Vegetal, do Centro de Ciências Agrárias (CCA), concluiu que a árvore não é originária do Brasil. A figueira, identificada como sendo da espécie Ficus microcarpa, é natural da região compreendida pela Ásia tropical e Austrália.

Professor Valdir Stefenon (ao centro) e os pós-doutorandos Yohan Fritsche (à direita) e Thiago Ornellas. Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

A investigação, que nasceu com o propósito de descobrir se a planta era nativa ou exótica, foi conduzida pelo professor de biotecnologia Valdir Stefenon junto com os estudantes de pós-doutorado Yohan Fritsche e Thiago Ornellas, egressos do curso de Agronomia e do Programa de Pós-Graduação em Recursos Genéticos Vegetais. O trabalho de sequenciamento do DNA e de análises de dados via bioinformática durou cerca de três meses e foi finalizado no segundo semestre do ano passado. Conforme explica o professor, a pesquisa resultou no sequenciamento do genoma nuclear parcial e do genoma total do cloroplasto. O primeiro passo foi, a partir de folhas saudáveis, isolar o DNA da planta, parte responsável por todas as informações genéticas.

“Utilizando uma tecnologia moderna, o DNA é sequenciado e cada uma das milhares de bases que o compõem são identificadas em fragmentos de tamanho variados. Esses fragmentos são, então, ordenados, como se estivéssemos montando um quebra-cabeças. Nesta etapa, o genoma nuclear, o genoma do cloroplasto e o genoma das mitocôndrias são separados em análises de bioinformática”, explica o docente.
(mais…)

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)DNAfigueiraLaboratório de Fisiologia do Desenvolvimento e Genética VegetalPraça XV de Novembrosequenciamento genéticoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC na mídia: professora do CCA integra equipe do podcast ‘Mulheres no Aqua’

08/03/2024 12:57

A professora e pesquisadora Katt Regina Lapa, do Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), é uma das integrantes do podcast Mulheres no Aqua, produzido pela revista Aquaculture Brasil. Ao lado de Juliana Antunes Galvão e Fernanda Queiróz e Silva, a docente da UFSC participa da produção que aborda temas como o protagonismo feminino, a igualdade de gênero e a atuação profissional no contexto da aquicultura e em outras ciências.

“No segundo semestre de 2023, quando Fernanda me convidou para colaborar neste projeto ao lado de Juliana, reconhecemos a importância de cada uma trazer suas experiências e trajetórias únicas para as entrevistas. Essa diversidade enriquece nosso acolhimento às entrevistadas, sendo nosso objetivo primordial proporcionar um ambiente de amor e cuidado. Buscamos entrevistar líderes no campo da aquicultura, abordando com sensibilidade e empatia as questões que tangenciam as mulheres, sob uma perspectiva genuinamente feminina”, conta Katt Regina Lapa, que coordena o Grupo de Pesquisa e Extensão em Sistemas de Recirculação Aquícola e Saneamento Aquícola do Laboratório de Sanidade de Organismos Aquáticos (Laboratório Aquos) da UFSC. 
(mais…)

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Departamento de Aquiculturapodcast Mulheres no Aquarevista Aquaculture BrasilUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Curso gratuito ‘Cultivo e manejo doméstico de plantas ornamentais’ recebe inscrições

01/08/2023 12:01

A Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal de Santa Catarina (Proex/UFSC) abre as inscrições para o curso Cultivo e manejo doméstico de plantas ornamentais. A atividade será realizada no Viveiro de Plantas Ornamentais e no Labflores, ambos localizados no Centro de Ciências Agrárias (CCA), no bairro Itacorubi, Florianópolis.

As aulas ocorrerão sempre às quartas-feiras, das 14h às 18h, com início previsto para o dia 9 de agosto e conclusão em dezembro. A atividade é gratuita e dá direito a um certificado de 60 horas. Para participar basta preencher o formulário de inscrição.

As aulas teóricas e atividades práticas serão ministradas por Enio Predotti, professor especializado do curso de Agronomia da UFSC, com apoio de dois monitores. Durante o curso, os alunos aprenderão técnicas fundamentais para o cultivo de plantas ornamentais. Serão abordados temas como germinação de sementes, produção de mudas, preparo de substratos, técnicas de poda, enxertia, adubação, cultivo de plantas em vasos e sistema adequado de irrigação.

 

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)ciências agráriasplantas ornamentaisPró-Reitoria de ExtensãoPROEXUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Laboratório de Moluscos Marinhos comunica a disponibilidade de excedentes para comercialização

02/06/2023 14:30

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM) que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Santa Catarina (CCA/UFSC) comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situada na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, 503, Barra da Lagoa, em Florianópolis. Em atendimento à Portaria Normativa N° 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, o laboratório torna público, então, a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 1.020.000 sementes diploides de ostras do pacífico ao valor de R$ 35,00 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do LMM e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (48) 3721-2709 ou pelo e-mail lmm.cca@contato.ufsc.br.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)cultivo de ostraLaboratório de Moluscos Marinhosostraprodutos excedentesprodutos excedentes para comercializaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Laboratório de Moluscos Marinhos comercializa excedente de sementes de ostras

10/08/2022 11:16

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situado na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, nº 503, na Barra da Lagoa, em Florianópolis.

Em atendimento à Portaria Normativa no 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 600.000 sementes diploides de ostras do pacífico ao valor de R$ 32 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Mais informações podem ser obtidas pelo número (48) 3721 6387 ou pelo e-mail lmm.cca@contato.ufsc.br.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Laboratório de Moluscos MarinhosUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Laboratório de Moluscos Marinhos comercializa excedentes de pré-sementes de vieira

02/08/2022 08:19

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), comunica a disponibilidade de pré-sementes de vieira excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situado na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, nº 503, na Barra da Lagoa, Florianópolis.

Em atendimento à Portaria Normativa no 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, prorrogada pela Portaria 94/2017/GR, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública, então, a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 200.000 pré-sementes diploides de vieira ao valor de R$ 60,00 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado no Rio de Janeiro.

Mais informações podem ser obtidas pelo número (48) 3721 6387 ou pelo e-mail lmm.cca@contato.ufsc.br.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Laboratório de Moluscos Marinhospré-sementes diploides de vieiraUFSCUniversidade Federal de Santa Catarinavieira

Florestas em regeneração contribuem para diversidade de espécies e biomas nas Américas, indica estudo

01/07/2022 16:00

Foram analisadas 1.215 florestas em processo de regeneração do Oeste do México ao Sul do Brasil. Foto: Mário Espírito Santo

Um estudo publicado na revista científica Science Advances nesta sexta-feira, 1º de julho, mostra que as florestas em processo de regeneração em áreas agrícolas abandonadas não são todas iguais e podem ajudar a restaurar e conservar as distintas regiões ecológicas (biomas) das Américas. Um grupo de pesquisadores analisou 1.215 áreas em florestas em processo de regeneração do Oeste do México ao Sul do Brasil. Eles encontraram uma grande variação nas espécies de árvores entre regiões, resultado combinado da história evolutiva do continente e de condições ambientais atuais.

O estudo da rede internacional 2ndFOR, que envolve mais de 100 pesquisadores de 18 países, descobriu que a composição de espécies de florestas jovens em regeneração é muito variável em todo o continente, formando 14 regiões florísticas distintas. Segundo os cientistas, isso é surpreendente, pois até então se pensava que essas florestas jovens seriam dominadas pelo mesmo pequeno conjunto de espécies pioneiras generalistas.

A professora do Departamento de Fitotecnia do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Catarina Jakovac, autora principal do estudo, explica que “espécies pioneiras típicas de florestas jovens são geralmente abundantes e dispersas por animais generalistas, então pensamos que a maioria delas estaria presente em várias regiões como as espécies Trema micrantha e Guazuma ulmifolia”. No entanto, o estudo mostrou que essa ampla distribuição não é a regra nessas florestas em regeneração, e que 80% das 2.164 espécies analisadas estavam presentes em apenas uma região florística. Isso significa que diferentes grupos de espécies prosperam em cada região, e, portanto, a regeneração de florestas pode ajudar a conservar a diversidade de biomas nas Américas.
(mais…)

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Departamento de FitotecniaRevista ScienceUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Laboratório de Moluscos Marinhos comercializa sementes de ostras

02/05/2022 09:35

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situada na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, nº 503, na Barra da Lagoa, em Florianópolis.

Em atendimento à Portaria Normativa no 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 960.000 sementes diploides de ostras do pacífico ao valor de R$ 32,00 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Mais informações podem ser obtidas pelo número (48) 3721-6387 ou pelo e-mail lmm.cca@contato.ufsc.br.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Laboratório de Moluscos MarinhosUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Granja de produção de ovos é tema de edição do CCA Conecta Egressos

02/05/2022 08:38

A série CCA Conecta Egressos, do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), terá uma nova edição nesta terça-feira, 3 de maio, às 19h. O tema será sobre avicultura: a produção de ovos comercial, com egresso da área de Zootecnia. Além do relato do profissional, também será falado sobre a unidade didática experimental (granja) que fica na Fazenda Experimental da Ressacada, em Florianópolis.

Os participantes irão conhecer a trajetória acadêmica e profissional, na área de granja, de Marcus Vinícius Machado Carvalho, egresso de zootecnia da turma 2019.1. O interesse de Marcus pela área surgiu da tradição de sua família na área de bovinocultura. Sua vida acadêmica foi também marcada por estágio na Fundação do Meio Ambiente da prefeitura de São José e na experiência com gado crioulo lageano. A pesquisa de conclusão de curso do convidado foi sobre caracterização da pelagem da raça bovina crioula lageana e o perfil socioeconômico dos criadores.

Marcus Vinícius tem experiência profissional na área de assessoria de gado de corte e na área de avicultura. Em uma das maiores granjas do Brasil, trabalhou na área de recria, produção e sala de classificação de ovos. Atualmente, com base na experiência adquirida, atua com consultoria e projetando empreendimentos visando atender demandas do setor.

O encontro contará também com a participação do agrônomo Sebastião Ferreira Magagnin, que irá falar sobre a produção de ovos na área didática experimental na Fazenda Experimental da Ressacada. O setor permite realização de atividades práticas pelos alunos, além de atividades de ensino, pesquisa e extensão. No setor existe um plantel de 250 aves criadas ao ar livre, em sistema de produção semi intensiva.

Para acessar a transmissão, clique aqui.

Tags: CCA Conecta EgressosCentro de Ciências Agrárias (CCA)UFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaZootecnia

Laboratório de Moluscos Marinhos comercializa excedente de sementes de ostras do pacífico

22/02/2022 14:04

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situado na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, nº 503, na Barra da Lagoa, em Florianópolis.

Em atendimento à Portaria Normativa no 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública, então, a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 1.040.000 sementes diploides de ostras do pacífico ao valor de R$ 32,00 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Mais informações pelo e-mail c.blacher@ufsc.br ou telefone (48) 9 9972-2791.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)comercialização de excedentesLaboratório de Moluscos MarinhosUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Inscrições abertas para I Escola de Verão para o Desenvolvimento Territorial Sustentável

07/02/2022 12:52

Estão abertas, até o dia 15 de fevereiro, as inscrições para a I Escola de Verão para o Desenvolvimento Territorial Sustentável, organizada Laboratório de Estudos da Multifuncionalidade Agrícola e do Território (Lemate), do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Para se inscrever, o interessado deve preencher o formulário neste link.

O evento irá ocorrer entre 2 de março e 7 de abril, de forma virtual, com transmissão do pelo canal do Lemate no Youtube. Haverá emissão de certificados para participantes que cumprirem 75% de presença.
(mais…)

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Laboratório de Estudos da Multifuncionalidade Agrícola e do Território (LEMATE)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Laboratório de Moluscos Marinhos comunica disponibilidade de sementes de ostras do pacífico para comercialização

25/01/2022 12:04

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situada na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, nº 503, na Barra da Lagoa, em Florianópolis.

Em atendimento à Portaria Normativa no 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 3.205.000 sementes diploides de ostras do pacífico, ao valor de R$ 32,00 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Mais informações pelo telefone: (48) 9 9972 2791

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pesquisadores da UFSC lançam manual de boas práticas para bem-estar de cavalos em terapias e atividades assistidas

29/10/2021 08:57

O lançamento do Manual de Boas Práticas para o Bem-estar do Cavalo nas Terapias e Atividades Assistidas com Equinos, que tem entre seus autores dois pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), está agendado para o próximo dia 10 de novembro, em São Paulo.

Assinam a obra a professora Denise Pereira Leme, médica veterinária do Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural do Centro de Ciências Agrárias (CCA), e o mestrando do Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas, Fernando Jahn Bessa, oficial da PMSC e instrutor de equitação.

O livro tem autoria de mais dois profissionais da Associação Brasileira de Reabilitação Equestre (ABRE), Syllas Jadach, oficial da PMSP e instrutor de equitação, e Giulia Policastro, terapeuta ocupacional e especialista em intervenções assistidas com equinos.

O manual traz um conteúdo inédito com o objetivo central de divulgar conceitos de práticas e respeito ao bem-estar equino nas Terapias e Atividades Assistidas com Equinos (TAAEs). Assim, os responsáveis pelas TAAEs encontram na obra informações fundamentais para manutenção e uso consciente dos cavalos, seres sencientes e que merecem manejo e cuidados de acordo com sua própria natureza.

Mais informações sobre o manual neste link.

Tags: Bem-Estar AnimalCentro de Ciências Agrárias (CCA)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC abre processo seletivo para vaga de professor substituto no Centro de Ciências Agrárias

28/09/2021 12:09

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) abriu processo seletivo para vaga de professor substituto no departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos (CAL) do Centro de Ciências Agrárias (CCA), no Campus Florianópolis. Será uma vaga com carga horária de 20 horas semanais. As inscrições vão até as 17h do dia 1º de outubro. 

> Acesse o Edital n°79/2021/DDP

Os requisitos para a vaga são: Doutorado em Ciência de Alimentos ou Ciência e Tecnologia de Alimentos ou Tecnologia de Alimentos ou Microbiologia de Alimentos ou Engenharia de Alimentos ou Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia ou Microbiologia Industrial e de Alimentos ou Biotecnologia ou Ciências. O tema para prova didática será: Fisiologia, multiplicação e inibição de bactérias patogênicas e deteriorantes de importância em alimentos e métodos analíticos tradicionais e alternativos de análise microbiológica de alimentos.

Mais informações em concursos.ufsc.br/editais-de-professor-substituto-de-2021.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Ciência e Tecnologia do Alimento (CAL)inscrições professor substituto

Núcleo de Pesquisa e Extensão em Agroecologia da UFSC recebe selo de produção orgânica

13/08/2021 09:45

O Núcleo de Pesquisa e Extensão em Agroecologia da Fazenda Experimental da Ressacada (FER), vinculado ao Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), recebeu no início deste mês de agosto o Selo de Produto Orgânico para a criação de ovinos e cultivo de hortaliças (produção primária animal e vegetal). Coordenado pelas professoras Patrizia Ana Bricarello e Marilia Carla de Mello Gaia, do Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural, o setor é o primeiro da Universidade a possuir um selo de produção orgânica.

A certificação representa que o produto é saudável e livre de qualquer agrotóxico ou transgenia. É o reconhecimento de que os produtos (frutas, hortaliças, grãos e lã ovina) provenientes do local são produzidos de acordo com os padrões que asseguram a qualidade e idoneidade, segundo critérios e normas de conformidade preestabelecidos pela legislação vigente. Os produtos são cultivados respeitando o meio ambiente e a saúde dos trabalhadores rurais envolvidos no processo (estudantes, professores, técnicos e voluntários).

A professora Patrizia Ana Bricarello ressalta que a importância da certificação para a Universidade, além da garantia da qualidade dos produtos e serviços aos consumidores, está na regulamentação e na formulação de novos processos e tecnologias de produção de grande importância para a manutenção de padrões éticos do movimento orgânico e agroecológico que permeiam a promoção da Saúde Única (saúde humana, animal e ambiental). “Este reconhecimento pode trazer novas oportunidades e experiências para os estudantes de graduação e pós-graduação da área de Ciências Agrárias e afins. Além disso, provavelmente a UFSC será a primeira Universidade brasileira a receber uma certificação orgânica em sua fazenda experimental”, afirma.
(mais…)

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Fazenda Experimental da RessacadaNúcleo de Pesquisa e Extensão em AgroecologiaSelo de Produto OrgânicoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Laboratório de Análises da UFSC garante qualidade dos alimentos oferecidos à população

03/08/2021 12:21

Contribuir com o controle da qualidade dos alimentos oferecidos à população é, além da formação de recursos humanos, a grande missão do Laboratório de Análises (Labcal), projeto de extensão do Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Com quase 40 anos de história, o Labcal presta serviços à comunidade na realização de ensaios analíticos nas áreas de alimentos em geral, matérias-primas, ingredientes, aditivos, água, bebidas, processos, embalagens, ambiente, manipuladores e alimentos para animais. O trabalho conta com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu). “A Fapeu realiza toda a gestão dos recursos financeiros do Labcal, presta assessoria jurídica e colabora na gestão dos recursos humanos. A Fapeu é uma parceira muito importante do Labcal desde seu início, nossa parceria seguirá por ainda muitos anos, sempre em evolução e aprimoramento”, destaca a professora Marília Miotto, coordenadora dos trabalhos.

Coordenados pelos professores Alicia de Francisco de Casas, Evanilda Teixeira, Giustino Tribuzi, Juliano De Dea Lindner e Marília Miotto, os núcleos integrantes do Labcal realizam ensaios de microbiologia, fisíco-química, microscopia, análise sensorial, micotoxinas e contaminantes alimentares, cereais, rotulagem e embalagem. “As análises e os projetos realizados pelo Labcal contribuem com o controle de qualidade dos alimentos e, portanto, com a garantia da segurança de alimentos oferecidos para a população”, ressalta Marília. Além disso, também colabora na formação de alunos de graduação da UFSC e de outras instituições, fornecendo oportunidades de estágio nos diferentes núcleos e no setor de Gestão da Qualidade. Atualmente o Labcal envolve cerca de 30 pessoas, entre professores da UFSC, estagiários, servidores e colaboradores contratados.

O Labcal mantém parcerias e projetos de pesquisa e extensão em colaboração com diferentes empresas públicas e privadas, além de pesquisadores da UFSC e de outras instituições de ciência e tecnologia. Os núcleos também atendem demandas específicas de diversos setores. “Diferentes empresas públicas e privadas contratam os serviços do laboratório. Atualmente temos contrato, por exemplo, com a Cidasc, através do qual fazemos os ensaios microbiológicos de contagem de Escherichia coli nos moluscos bivalves. Recebemos amostras de todos os cultivos do Estado que fazem parte do programa, atividade esta que nos enche de orgulho”, conta a professora. “Temos também colaborações com a Epagri, Sebrae, colaboração com dezenas de empresas privadas de todos os portes para controle de qualidade dos produtos por elas produzidos e necessários para melhorias de processo, determinação de vida de prateleira ou atendimento aos requisitos dos órgãos de fiscalização e para exportação”, acrescenta.

O Labcal tem implementado a ISO 17025, que especifica todos os requisitos que os laboratórios de ensaios e calibrações têm de cumprir para obter acreditação e serem reconhecidos no mercado nacional e internacional por sua competência técnica, o que confere capacidade e competência técnica para fornecer resultados confiáveis e válidos. Além disso é acreditado pelo Inmetro na maioria dos ensaios que realiza, e reconhecido junto ao Ministério da Agricultura, Pesca e Abastecimento para a análise de alimentos de origem animal e água.

“A grande confiabilidade e credibilidade do Labcal nos permite realizar dezenas de parcerias todos os anos com o setor produtivo e com órgãos públicos garantindo a manutenção e fortalecimento da nossa estrutura e da formação da nossa equipe técnica e, mais importante, a constante formação de alunos que deixam o Labcal enriquecidos e prontos para o mercado de trabalho nacional e internacional”, destaca a coordenadora.

Para mais informações, acesse labcal.inffoc.com.br

Texto: Assessoria Fapeu

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)fapeuLaboratório de Análises (Labcal)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Laboratório de Moluscos Marinhos da UFSC comercializa pré-sementes de vieiras excedentes

23/07/2021 11:10

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunica a disponibilidade de pré-sementes de vieiras excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situada na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, nº 503, na Barra da Lagoa, em Florianópolis.

Em atendimento à Portaria Normativa nº 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública, então, a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 117 mil pré-sementes de vieras ao valor de R$ 40,00 cada milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado no Rio de Janeiro.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Laboratório de Moluscos MarinhosUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Edição do CCA Conecta Egressos desta semana aborda curso de Engenharia de Aquicultura

01/06/2021 09:44

O CCA Conecta Egressos desta semana será realizado na quarta-feira, dia 2 de junho, a partir das 20 h, e será transmitido ao vivo pelo canal de Youtube do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Devido ao feriado, não haverá o encontro na quinta-feira. A edição desta semana será dedicada ao curso de Engenharia de Aquicultura. O evento contará com a participação de dois egressos formados no CCA/UFSC e que hoje são docentes do curso de Engenharia de Pesca da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), no campus Laguna.

Giovanni Lemos de Mello, graduado na primeira turma de Engenharia de Aquicultura e que também concluiu o mestrado (2007) e doutorado (2014) pelo Programa de Pós-Graduação em Aquicultura da UFSC. Atuou como consultor técnico em diversas fazendas de carcinicultura do estado e fundou, em 2006, fundou a empresa Aquaconsult – Projetos e Serviços em Aquicultura e Meio Ambiente, sendo homenageada pelo CREA/SC por ser a primeira empresa de aquicultura filiada ao órgão em Santa Catarina. A partir de fevereiro de 2009, ingressou na área da pesquisa, através de sua contratação pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI), atuando como pesquisador no Centro de Desenvolvimento em Aquicultura e Pesca (Cedap). Entre 2010 e 2013, Mello foi professor colaborador do Curso de Engenharia de Pesca da Udesc, antes de ser efetivado na instituição como professor adjunto IV. Atualmente coordena o Laboratório de Aquicultura (LAQ) da UDESC e o Grupo de Interesse em Carcinicultura daquela Universidade. É líder do Grupo de Pesquisa em Aquicultura da Udesc (GPAq). É editor-chefe da revista Aquaculture Brasil, fundada em 2016. É idealizador do AquaOnline Brasil – Congresso Brasileiro Online de Aquicultura e do Prêmio Inovação Aquícola.

O evento também terá a presença de Fábio de Farias Neves, engenheiro e mestre em Aquicultura pelo CCA/UFSC e doutor em Engenharia Ambiental. Atualmente é professor associado da Udesc, onde coordena o Laboratório de Cultivo e Biotecnologia de Algas e é líder do Grupo de Pesquisa em Ficologia Aplicada. Fábio também e bolsista de produtividade em desenvolvimento tecnológico e extensão inovadora, tem atuado com projetos de P&D em indústrias e contribuído com o desenvolvimento de startups de base tecnologia no segmento de biotecnologia de algas.

Participará também do encontro o professor Luis Alejandro Vinatea Arana, docente titular do Departamento de Aquicultura e pesquisador do Laboratório de Camarões Marinhos. Tem experiência na área de Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca, com ênfase em Aquicultura, atuando principalmente em qualidade da água, ecologia dos ambientes aquáticos de cultivo, carcinicultura marinha e desenvolvimento sustentável da aquicultura. É também pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Tags: CCA Conecta EgressosCentro de Ciências Agrárias (CCA)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Ação Solidária Covid-19 distribui uma tonelada de alimentos a cozinhas comunitárias de Florianópolis

12/03/2021 08:49

O Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo (Cepagro) distribuiu uma tonelada de alimentos saudáveis a cinco cozinhas comunitárias de Florianópolis, gerando mais de 8 mil refeições para pessoas em situação de rua e vulnerabilidade socioeconômica.

Esse é o balanço de mais um mês da Ação Solidária Covid-19, iniciativa do Cepagro com apoio da Fundação Inter-Americana (IAF) para articular campo e cidade e fazer comida de verdade chegar aonde precisa. A Cepagro é uma organização parceira do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), sede de onde parte a distribuição dos alimentos.

> Confira AQUI a íntegra do boletim Ação Solidária Covid-19

Um diferencial da iniciativa é o foco em aproximar campo e cidade para fazer circular alimentos saudáveis e socialmente justos. A proposta é ir além da distribuição de cestas básicas e articular organizações camponesas com comunidades periféricas, potencializando tanto o trabalho dos movimentos sociais da agricultura familiar quanto o tecido social das periferias onde atuam cozinhas comunitárias, organizações da igreja e equipamentos públicos como o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Mais informações no site cepagroagroecologia.wordpress.com

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)CepagrocoronavírusCovid-19UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Fazenda Experimental da Ressacada divulga lista de excedentes para comercialização

23/02/2021 11:22

A Fazenda Experimental da Ressacada da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA), atualizou a lista de excedentes produzidos nas suas unidades de ensino, pesquisa e extensão para comercialização.

> Clique AQUI para conferir a lista divulgada

Em atendimento à Portaria Normativa nº 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, prorrogada pelas Portarias 94/2017/GR, 192/2019/GR e Portaria 367/2020/GR, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública a oferta para comercialização de excedentes. O documento caracteriza como produção excedente os bens perecíveis e não perecíveis que não foram aproveitados pelas unidades universitárias e pelos órgãos suplementares.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Fazenda Experimental da RessacadaUFSC

Excedente de sementes de ostras do pacífico é comercializado por Laboratório de Moluscos Marinhos

19/02/2021 09:30

O Laboratório de Moluscos Marinhos (LMM) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que integra o Departamento de Aquicultura do Centro de Ciências Agrárias (CCA), comunica a disponibilidade de sementes de ostras do pacífico excedentes produzidas por sua unidade de pesquisa, extensão e ensino, situado na Estação de Maricultura Prof. Elpídio Beltrame, na Servidão dos Coroas, nº 503, na Barra da Lagoa.

Em atendimento à Portaria Normativa nº 68/2016/GR, de 23 de fevereiro, prorrogada pela Portaria 94/2017/GR, que regulamenta essa atividade no âmbito da UFSC, torna pública a oferta para comercialização do excedente que não foi aproveitado pelas unidades universitárias.

Encontra-se disponível para venda um lote de 1.690.000 sementes diploides de ostras do pacífico ao valor de R$ 26 o milheiro. O valor do milheiro é baseado no histórico de custos do Laboratório de Moluscos Marinhos e no preço praticado por laboratório privado em Santa Catarina.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)excedentes de sementes de ostras do pacíficoLaboratório de Moluscos Marinhossementes de ostras do pacíficoUFSC

Projeto do CCA contabiliza doação de 2 toneladas de alimentos agroecológicos a mais de mil pessoas na pandemia

18/12/2020 11:14

A parceria entre o Mandato Agroecológico e o Núcleo de Agroecologia da Fazenda Experimental da Ressacada da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) iniciou-se em abril deste ano e implementou o Projeto Plantio Agroecológico Solidário (PAS). A iniciativa contou com a coordenação das professoras Patrizia Ana Bricarello e Marília Carla de Mello Gaia, ambas do Núcleo de Agroecologia UFSC, e do professor Ilyas Siddique, do Laboratório de Ecologia Aplicada (LEAP/UFSC).

O projeto foi desenvolvido em uma área de aproximadamente 3,7 mil m² de plantio: 2,5 mil m² é a área coordenada pelo Núcleo de Agroecologia; e 1,2 mil m² é a área de agrofloresta, coordenada pelo LEAP/UFSC. O PAS possui vários parceiros, dentre eles está o LEAP, a Fazenda Experimental da Ressacada (FER), o Viveiro de Mudas da FER, o Setor de Avicultura da FER, o Centro de Ciências Agrárias (CCA/UFSC), o Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo (Cepagro), o Laboratório de Educação do Campo e Estudos da Reforma Agrária (Lecera) e o Sesc Cacupé.

De abril a dezembro deste ano, o projeto já fez a doação de mais de 2 toneladas de alimentos agroecológicos e biodinâmicos (sem veneno). Mais de mil pessoas receberam doações do PAS, seja em forma de marmitas preparadas pelas cozinhas comunitárias ou os alimentos in natura.

Campanhas solidárias parceiras no período:
Campanha Covid-19
Floripamor
Casa São José da Serrinha
Mutirão do Bem Viver
Coletivo Buva

Cozinhas comunitárias no período:
Cozinha Solidária do Ribeirão da Ilha
Cozinha de Todes
Templo Hare Krishna (ISKCON)

Também foram beneficiados com as doações do PAS:
Estudantes da UFSC (em situação de vulnerabilidade)
Terceirizados da UFSC (em situação de vulnerabilidade)
Igreja Batista
Famílias Haitianas

Durante o decorrer do projeto ocorreram nove encontros virtuais de formação para o voluntariado. Entre os temos abordados estavam: Agroecologia, Agricultura Biodinâmica, Homeopatia Vegetal, Sistemas Agroflorestais, Veganismo, Agrotóxicos e a Lei Municipal 10.628 de 08/10/19, Adubação Verde, Pastoreio Racional Voisin e “É permitida a presença de agrotóxicos na água que bebemos?”.

O projeto rendeu ainda frutos acadêmicos, como a apresentação de dois trabalhos científicos em dois eventos (Congreso Latinoamericano de Agroecología, Montevidéu – Uruguai, e 38° Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, Universidade Estadual de Londrina), além do início de um projeto de Iniciação Científica sobre a utilização do descarte da lã das ovelhas para cobertura do solo dos canteiros das hortaliças.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Covid-19Fazenda Experimental da Ressacadagestão coronavírusProjeto Plantio Agroecológico SolidárioUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Professora da UFSC está entre autores com maior número de publicações sobre bem-estar animal no mundo

03/12/2020 08:26

Uma pesquisa bibliométrica publicada na conceituada revista Animals identificou a professora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Maria José Hötzel, pesquisadora nível 1-A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), entre os autores com o maior número de publicações sobre bem-estar animal no mundo. A UFSC também figurou como uma das instituições que mais têm publicado na área, e o CNPq e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) foram destaques no fomento à pesquisa.

Fruto de uma parceria entre a Universidade de Queensland (Austrália) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR), o levantamento teve como autores Clive Phillips e Carla Molento. A pesquisa bibliométrica examinou a produção de publicações sobre bem-estar animal por meio do Web of Science, um dos bancos de dados mais populares do mundo. Foram consideradas publicações ocorridas entre 1990 e maio de 2020 em 22 idiomas.

“Estudamos a literatura científica sobre bem-estar animal que foi publicada em periódicos, tanto por cientistas em centros de bem-estar animal como por aqueles fora destes centros. Descobrimos que a literatura dos centros têm maior probabilidade de reconhecer o financiamento da indústria, o que parece trazer oportunidades para os respectivos cientistas conduzirem mais pesquisas em seu campo, mas também pode tornar difícil para esses cientistas defenderem melhorias no bem-estar animal se elas entrarem em conflito com os objetivos da indústria”, afirmam os autores no resumo do artigo.

Os centros de bem-estar animal são considerados grupos de pesquisa e ensino apropriados a instituições como universidades. Acredita-se que a primeira iniciativa nesse sentido tenha sido o Animal Welfare Institute dos Estados Unidos, fundado em 1951. Já o primeiro artigo de um centro universitário de bem-estar animal foi publicado em 1978, segundo os pesquisadores, pela Estação de Bem-Estar Animal da Escola Veterinária da Universidade de Budapeste.
(mais…)

Tags: Bem-Estar AnimalCentro de Ciências Agrárias (CCA)Laboratório de Etologia Aplicada e Bem-Estar AnimalUFSC

Fazenda Experimental da Ressacada divulga lista de excedentes para comercialização

25/09/2020 11:56

A Fazenda Experimental da Ressacada, que integra o Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), atualizou a lista de excedentes produzidos nas suas unidades de ensino, pesquisa e extensão para comercialização. Atendendo à Portaria Normativa nº 68/2016/GR, de 23 de fevereiro de 2016, prorrogada pelas portarias 94/2017/GR, 192/2019/GR e 367/2020/GR, que regulamentam essa atividade no âmbito da UFSC, vem tornar pública a oferta para comercialização dos seguintes excedentes.

> Clique AQUI para verificar os produtos e cotações disponíveis

O documento caracteriza como produção excedente os bens perecíveis e não perecíveis que não foram aproveitados pelas unidades universitárias e pelos órgãos suplementares. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail thiago.mpm@ufsc.br ou por meio do telefone (48) 3721-4614.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)excedentesFazenda Experimental da RessacadaUFSC
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2