UFSC lidera quesito ‘citações’ entre universidades brasileiras, aponta ranking internacional

19/09/2019 10:12

Indicador do THE mede a “influência da pesquisa” e focaliza o papel da Universidade em disseminar novos conhecimentos e ideias. Foto: Pipo Quint

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) é a instituição brasileira de ensino superior mais bem colocada no critério ‘citações’, de acordo com o ranking internacional de universidades do Times Higher Education (THE), divulgado na última semana. De acordo com a metodologia utilizada pela publicação, o indicador mede a “influência da pesquisa” e focaliza o papel da Universidade em disseminar novos conhecimentos e ideias.

O cálculo leva em conta a média de vezes em que um trabalho foi citado por acadêmicos de todo o mundo. Este ano, o THE empregou como base de dados o indexador Scopus da Elsevier, a partir do qual foram examinadas 77,4 milhões de citações extraídas de 12,8 milhões de artigos, resenhas, anais de conferências, livros e capítulos de livros dos últimos 5 anos. Os dados incluem mais de 23,4 mil periódicos acadêmicos indexados pelo Scopus e todas as publicações indexadas entre 2014 e 2018. 

O peso do critério ‘citações’ na avaliação das universidades equivale a 30% do total da nota. A UFSC recebeu o valor de 52,6 em uma escala que vai até 100. Entre as instituições brasileiras, aparecem ainda nas primeiras colocações: Universidade Federal de Minas Gerais (nota 52,0), a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (49,3), a Universidade Federal de Pelotas (48,6) e a Universidade Federal de São Paulo (43,3). 
(mais…)

Tags: CitaçõesrankingTHETimes Higher EducationTimes Higher Education (THE)Times Higher Education World University Rankings

UFSC ascende em ranking internacional de universidades e figura entre as 7 melhores do país

13/09/2019 17:53

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está entre as sete melhores instituições de ensino superior do país, de acordo com o ranking internacional do Times Higher Education (THE), divulgado na última quarta-feira, dia 11 de setembro. Na lista, considerada um dos principais rankings universitários do mundo, a UFSC figura entre as quatro mais bem colocadas instituições federais brasileiras (ver tabela abaixo).  

O THE promove uma das principais avaliações educacionais do mundo e utiliza critérios como ensino, pesquisa, citações, visão internacional e transferência de conhecimento como indicadores de desempenho. Para o resultado desta edição, foram avaliadas 1.396 universidades de 92 países. A coleta de dados ocorreu em março deste ano, mas foram apuradas as informações referentes a 2017. Portanto, o resultado não considera os cortes de recursos pelos quais passam as universidades federais, uma vez que o bloqueio de parte do orçamento foi efetuado no fim de abril.

O Brasil perdeu alguns nomes na lista das mil melhores instituições do mundo. No ano passado, eram 15 e, na edição deste ano, são 12 – a Universidade Federal do ABC (UFABC), a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) caíram de posição.

A classificação da Times é feita em grupos a partir do posto de número 200. A Universidade de São Paulo (USP) se manteve como a brasileira mais bem colocada, entre a  251ª e 300ª posição. A UFSC foi a única que avançou na lista: passou do grupo das colocações entre 801 e 1.000 para o grupo das posições de 601 a 800. No ano passado, a instituição catarinense estava entre as 15 melhores do país.  
(mais…)

Tags: rankingTimes Higher EducationTimes Higher Education (THE)Times Higher Education World University Rankings

UFSC se mantém no ranking das mil universidades mais bem-conceituadas do mundo

27/09/2018 08:10

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) mantém sua posição no ranking recém-divulgado da publicação britânica Times Higher Education (THE), referência na avaliação do ensino superior. A UFSC está entre as 15 instituições brasileiras que aparecem na edição deste ano. Em 2017 eram 21 e, em 2016, 27. A avaliação do THE considera fatores como o número de citações, a internacionalização, a titulação dos professores e a transferência de conhecimento para a sociedade. A lista completa está disponível aqui.
(mais…)

Tags: rankingTHETimes Higher EducationUFSC

Ranking internacional coloca a UFSC entre as melhores do mundo

06/09/2017 17:39

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) é a única do estado a figurar no World University Ranking 2018, da Times Higher Education, consultoria britânica na área da educação superior. A instituição aparece empatada com outras 200 na faixa entre 801 e 1000 melhores colocadas. A UFSC aparece como a 16ª brasileira da lista.

Confira a matéria completa, do Diário Catarinense, de 5/9/2017

 

 

Tags: Times Higher EducationUFSCWorld University Ranking 2018

UFSC é a terceira melhor federal brasileira em ranking de universidades latino-americanas

08/07/2016 13:30

O Times Higher Education World University Rankings (THE World University Rankings) publicou o resultado do primeiro Latin America University Rankings, que classifica as 50 melhores universidades latino-americanas. A UFSC ocupa a terceira posição entre as universidades federais brasileiras e a 12ª posição no geral.

O ranking-piloto da América Latina é baseado nos mesmos critérios do THE World University Rankings, porém com modificações para valorizar as características das universidades da região. Foram utilizados 13 critérios para avaliar as universidades, com indicadores de desempenho individuais, em todas as suas atividades: ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectiva internacional.

As categorias têm os seguintes pesos: “Ensino” (36%), considerando-se o ambiente de ensino; “Pesquisa” (34%), levando-se em conta volume, recursos e reputação; “Citações” (20%), o impacto da pesquisa; “Visão Internacional” (7,5%), que inclui o corpo docente, estudantes e pesquisa; e “Recursos Provenientes das Indústrias” (2,5%), transferência de conhecimento.
(mais…)

Tags: rankingTHETimes Higher EducationUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC é a quinta federal em ranking de universidades do BRICS e economias emergentes

07/12/2015 17:00

Foi divulgado, no dia 3 de dezembro, o ranking BRICS & Emerging Economies 2016, do Times Higer Education (THE), instituto que avalia, a cada ano, as melhores universidades do mundo, segundo as missões fundamentais: Ensino (Teaching), Pesquisa (Research), Transferência de Conhecimento (Knowledge Transfer) e Visão Internacional (International Outlook).

As categorias têm os seguintes pesos: Ensino (30%), considerando-se o ambiente de ensino; Pesquisa (30%), levando-se em conta volume, recursos e reputação; Citações (20%), o impacto da pesquisa; Visão Internacional (10%), que inclui o corpo docente, estudantes e pesquisa; e Recursos Provenientes das Indústrias (10%), transferência de conhecimento.

Foram avaliadas as 200 melhores universidades dos cinco países que compõem o Brics: África do Sul, Brasil, China, Índia e Rússia, e 30 países considerados economias emergentes (Advanced Emerging, Secondary Emerging ou Frontier), segundo o FSTE.

O Brasil tem 14 universidades classificadas entre as 200 melhores do BRICS & Economias Emergentes: sete privadas e estaduais, e sete federais. Entre as federais, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) ficou em quinto na classificação geral e obteve as seguintes posições: segunda em Transferência de Conhecimento (empatada com a UFRJ); terceira em Visão Internacional; quarta em Citações e quinta em Ensino e Pesquisa.

THE explica a categoria Transferência de Conhecimento como sendo a capacidade de ajudar a indústria com inovações, invenções e consultoria, o que se tornou missão fundamental da universidade global contemporânea. Essa categoria procura traduzir a transferência de conhecimento analisando quanto em recursos de pesquisa uma instituição recebe da indústria (em conformidade com as parcerias público-privadas), em proporção ao corpo docente empregado. A categoria aponta quanto as empresas estão dispostas a investir em pesquisa e a capacidade da universidade de atrair investimentos no mercado comercial – indicadores valiosos da qualidade institucional.

14 universidades brasileiras entre as 200 melhores

As sete universidades estaduais e privadas são: Universidade de São Paulo (USP), 9ª posição (única brasileira entre as dez primeiras); Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), 24ª; Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC- RJ), 43ª; Universidade Estadual Paulista (Unesp), 122ª; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), 125ª; Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), 168ª; e Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), 197ª. As sete federais: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), 89ª; Universidade Federal de Viçosa (UFV), 102ª; Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), 118ª; Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), 130ª; Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), 148ª; Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), 167ª; e Universidade Federal de Lavras (UFLA), 185ª.

As cinco melhores universidades do ranking

As universidades de Pequim e Tsinghua (China), foram, respectivamente, a primeira e a segunda colocadas no ranking THE. A seguir vêm as universidades Lomosonov Moscow State (Rússia), Cape Town (África do Sul) e National Taiwan (Taiwan).

Alita Diana/Jornalista da Agecom/DGC/UFSC

Revisão: Claudio Borrelli/Revisor de Textos da Agecom/DGC/UFSC

Tags: Brics & emerging economies 2016rankingTHETimes Higher EducationUFSCuniversidades

UFSC é a segunda melhor federal brasileira em ‘Transferência de Conhecimento’ no ranking do Times Higher Education

05/10/2015 09:59

Foi divulgado, no dia 30 de setembro, o World University Rankings 2015-2016, do Times Higher Education (THE), instituto que avalia, a cada ano, as melhores universidades do mundo, segundo as missões fundamentais: Ensino (Teaching), Pesquisa (Research), Transferência de Conhecimento (Knowledge Transfer) e Visão Internacional (International Outlook).

As categorias têm os seguintes pesos: Ensino (30%), considerando-se o ambiente de ensino; Pesquisa (30%), levando-se em conta volume, recursos e reputação; Citações (30%), o impacto da pesquisa; Visão Internacional (7,5%), que inclui o corpo docente, estudantes e pesquisa; e Recursos Provenientes das Indústrias (2,5%), transferência de conhecimento.

O Brasil tem 17 universidades classificadas entre as melhores do mundo: sete privadas e estaduais, e dez federais. Entre as federais, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) obteve as seguintes posições: segunda em Transferência de Conhecimento (empatada com a UFRJ); quarta em Visão Internacional; quinta em Citações; e sexta em Ensino e em Pesquisa.

Para a reitora Roselane Neckel, “é sempre um orgulho ver a UFSC cada vez melhor em avaliações nacionais e internacionais. Sem dúvida, tal desempenho é fruto de muito trabalho, e, em nome da UFSC, parabenizo toda a comunidade universitária por mais esta conquista”.

O THE explica a categoria Transferência de Conhecimento como sendo a capacidade de ajudar a indústria com inovações, invenções e consultoria, o que se tornou missão fundamental da universidade global contemporânea. Essa categoria procura traduzir a transferência de conhecimento analisando quanto em recursos de pesquisa uma instituição recebe da indústria (em conformidade com as parcerias público-privadas), em proporção ao corpo docente empregado. A categoria aponta quanto as empresas estão dispostas a investir em pesquisa e a capacidade da universidade de atrair investimentos no mercado comercial – indicadores valiosos da qualidade institucional.

As universidades são classificadas até a posição 200 e, a partir desse número, são posicionadas em grupos: 201-250, 250-300, 501-600 e 601-800.

17 universidades brasileiras entre as melhores do mundo

As sete universidades estaduais e privadas são: Universidade de São Paulo (USP), 251-300; Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), 351-400; Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC- RJ), 501-600; Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), 601-800; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC- RS), 601-800; Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), 601-800; e Universidade Estadual Paulista (Unesp), 601-800. As dez federais: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), 501-600; Universidade de Brasília (UnB), 601-800; Universidade Federal da Bahia (UFBA), 601-800; Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), 601-800; Universidade Federal do Paraná (UFPR), 601-800; Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), 601-800; Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), 601-800; Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), 601-800; Universidade Federal de Viçosa (UFV), 601-800; e Universidade Federal de Lavras (UFLA), 601-800.

 As cinco melhores universidades mundiais

A California Institute of Technology (EUA) foi a primeira colocada do THE. A seguir vêm a University of Oxford (Reino Unido), Stanford University (EUA), University of Cambridge (Reino Unido) e Massachusetts Institute of Technology (EUA).

Alita Diana/ Jornalista da Agecom/DGC/UFSC

Claudio Borrelli/Revisor de Textos da Agecom/Diretoria-Geral de Comunicação/UFSC

Tags: knowledge transferrankingsegunda melhor federalTimes Higher Educationtransferência de conhecimentoUFSC