Descoberta nova espécie animal na Fazenda Experimental da UFSC

26/09/2019 12:31

Perto da recém-inaugurada estrutura do aeroporto de Florianópolis, uma nova espécie de lagostim foi descoberta habitando a área da Fazenda Experimental da Ressacada, pertencente à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e localizada no bairro Tapera. De acordo com o histórico relatado pelo engenheiro agrônomo da instituição Marcelo Venturi, o primeiro registro do animal foi feito em 2011. Na ocasião, as imagens foram divulgadas na galeria de fotos da Fazenda Experimental.

Dois anos depois, uma equipe do Laboratório de Carcinologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) visualizou as fotografias e entrou em contato para solicitação de uma visita técnica, uma vez que não havia registro destes lagostins-de-água-doce na parte insular de Florianópolis. A suspeita era de se tratar de um Parastacus brasiliensis. A equipe gaúcha veio, realizou a coleta e a identificação da nova espécie.

O animal cabe na palma da mão e lembra um camarão-pitu ou uma lagosta ou caranguejo. Constrói tocas subterrâneas em locais que eventualmente podem ser alagadiços (água doce), como cursos da água (sangas, arroios e rios) e áreas úmidas (pastos alagadiços, banhados e várzeas). As tocas podem possuir aberturas tipo chaminé, com uma torre de 2 a 30 centímetros de altura, ou com aberturas simples no solo, que parecem um buraco feito por caranguejo.
(mais…)

Tags: Fazenda Experimental da RessacadaLaboratório de Carcinologialagostimnova espécieRessacadaUFRGS

Comitiva da UFSC visita UFRGS para conhecer trabalho de governança

27/09/2018 09:09
Ubaldo Balthazar iniciou a gestão este ano – Foto: Secom/UFRGS

Ubaldo Balthazar em reunião no gabinete do reitor da UFRGS, Rui Vicente Oppermann. (Foto: Secom/UFRGS)

Na manhã da última quarta-feira, 26 de setembro, o reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e comitiva integrada pelo secretário de Planejamento e Orçamento, Vladimir Arthur Fey, o assessor Institucional, Gelson Luiz de Albuquerque, o diretor-geral do gabinete de Alvaro Guillermo Rojas Lezana e pela coordenadora de Planejamento, Monique Regina de Sousa, foram recebidos pelo reitor Rui Vicente Oppermann. A equipe da universidade catarinense realiza a visita para conhecer o trabalho realizado pela pró-reitoria de Planejamento (Proplan/UFRGS) na área de governança, gestão de riscos, além de a experiência do Escritório de Processos.

Pela UFRGS, além do reitor, participaram da reunião o vice-pró-reitor de Planejamento e Administração, Luís Roberto Macedo, a assessora da Proplan, Jussara Musse, e o diretor do Escritório de Processos, João Francisco Fontoura Vieira.

O reitor Oppermann, durante a reunião, relatou a forma de organização da UFRGS, que historicamente descende de unidades isoladas que se juntaram para formar a Universidade, mantendo sua autonomia. Essa forma de organização, segundo ele, tem benefícios, mas do ponto de vista da gestão de compras, por exemplo, traz uma fragmentação excessiva. O vice-pró-reitor Macedo apontou que a UFRGS avançou muito nessa temática, iniciando pela compra de equipamentos de informática, foi envolvendo outros produtos, e hoje a compra de produtos de uso comum ocorre praticamente toda de forma centralizada.

De acordo Jussara, o modelo da UFRGS para a melhoria da gestão está em desenvolvimento e conta com o grupo de gestão de riscos e os trabalhos em governança. Recentemente, uma das realizações da equipe é a formação do grupo de processos de suprimento, que vai beneficiar a gestão de suprimentos desde planejar a aquisição, adquirir, estocar, gerir os contratos e descarte. Desse grupo partiu o Planejamento Anual de Aquisições que pretende otimizar o planejamento para o ano seguinte. Após a recepção com o reitor, o grupo se dirigiu à Proplan para assistir à apresentação sobre os trabalhos realizados.

Com informações da Secom/UFRGS

Tags: governançareitor Ubaldo Cesar BalthazarUFRGSUFSCUniversidade Federal do Rio Grande do SulUniversidade Federal Santa Catarina

Professora da UFSC tem artigo premiado em evento internacional

20/09/2018 09:25

O artigo Demystifying Financial Literacy: a behavioral perspective analysis, da professora Ani Caroline Grigion Potrich, do Departamento de Ciências da Administração da Universidade Federal de Santa Catarina (CAD/UFSC), em co-autoria com a professora Kelmara Mendes Vieira, do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Organizações Públicas da Universidade Federal de Santa Maria (PPGOP/UFSM), recebeu o prêmio de melhor artigo científico da XVIII International Finance Conference. O evento foi realizado nos dias 12 a 15 de setembro, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

O tema do artigo é alfabetização financeira. O modelo desenvolvido contribui diretamente para reduzir a propensão ao endividamento dos indivíduos e ainda reduz comportamentos materialistas e de compras compulsivas.

Mais informações sobre a premiação no site do evento. O artigo pode ser lido neste link.

Tags: ArtigoCADDemystifying Financial Literacy: a behavioral perspective analysispremiaçãoUFRGSUFSCUFSMUniversidade Federal de Santa CatarinaXVIII International Finance Conference

UFSC sedia Congresso de Gestão Estratégica da Informação, Empreendedorismo e Inovação

27/04/2017 16:04

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sedia, nos dias 27 e 28 de abril, o Congresso de Gestão Estratégica da Informação, Empreendedorismo e Inovação (CGEI), que tem como proposta promover o debate entre alunos, professores, editores científicos, pesquisadores, mundo produtivo e atores sociais, com vistas à produção interativa de conhecimento.

O Congresso, que conta com mais de 200 participantes e está sendo realizado no auditório da Reitoria, em Florianópolis, é uma iniciativa da Rede Sul de Gestão da Informação, que compreende os departamentos de Ciência da Informação da UFSC, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e o Departamento de Ciência e Gestão da Informação da Universidade Federal do Paraná (UFPR).
(mais…)

Tags: CGEIcongressoEmpreendedorismo e InovaçãoGestão Estratégica da InformaçãoMCMDUELUFPRUFRGSUFSC

‘Conversa com o Historiador’ traz professor da UFRGS

14/04/2016 09:09

O Programa de Pós-Graduação em História da UFSC promove o encontro “Conversa com o Historiador: Benito Bisso Schmidt (UFRGS)”, nesta sexta-feira, 15 de abril, às 10 horas, na sala 10 de departamento de História. Conversa com o Historiador

Benito pesquisa  temas como gênero biográfico, história social da memória, história do trabalho, história das relações de gênero e ditaduras na América Latina. Atualmente é coordenador do Programa de Pós-Graduação em História da UFRGS e bolsista de produtividade em pesquisa/ CNPq 1 D. 

Mais informações pelo e-mail 

 

Tags: CNPqhistóriapós em históriaPrograma de Pós-Graduação em HistóriaUFRGSUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC sedia 1º Encontro Nacional de Municípios Plurilíngues

13/07/2015 08:00
A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e o Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Linguística (IPOL), em parceria com o Observatório de Políticas Linguísticas (GP CNPq/UFSC), o Macroprojeto ALMA-H (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e o Projeto Entrelínguas (Universidade Federal de Santa Maria), organizam o 1º Encontro Nacional de Municípios Plurilíngues (1ºENMP), que será realizado nos dias 23, 24 e 25 de setembro de 2015, em Florianópolis-SC, no térreo do Bloco B do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) da UFSC.
O 1ºENMP objetiva apoiar e propiciar formação aos governos e instituições para atuarem de modo inovador e promissor na gestão das línguas e dos recursos que elas oferecem para qualificar a educação e as culturas, bem como abordar a gestão das línguas nesse quadro de cooficialização em nível municipal, considerando os aspectos para a regulamentação e implementação das leis e suas interfaces com educação, cultura, tecnologias e outras políticas que podem fomentar o desenvolvimento local e regional.
Com uma programação contemplando conferências, mesas-redondas, mesas temáticas, sessões coordenadas, oficina, atividades culturais e com inscrições institucionais e individuais abertas ao público em geral, o 1ºENMP oferecerá também, de forma pioneira no Brasil, um minicurso para formação de gestores de politicas linguísticas, especialmente voltadas para contextos bi ou plurilíngues.
Datas importantes:
Até 13 de julho – prazo da submissão de trabalhos
Até 20 de julho – divulgação dos trabalhos aceitos
De 20 de julho a 30 de agosto – confirmação da inscrição de trabalhos aceitos mediante pagamento
Mais informações sobre inscrições, envio e normas de trabalhos, contato e também a programação, no site do evento: http://1enmp2015.blogspot.com.br.

 

Tags: 1º Encontro Nacional de Municípios PlurilínguesIPOLUFRGSUFSCUFSM

UFSC na mídia: pesquisadores brasileiros vencem competição de ferramentas para projetos de chips

09/04/2013 15:47

Equipe do Instituto de Informática da UFRGS/Departamento de Informática e Estatística da UFSC, integrante do INCT Namitec, vence desafio organizado pela Intel em simpósio nos EUA

Durante o ACM International Symposium on Physical Design 2013, realizado entre os dias 24 e 27 de março, na Califórnia, EUA, foi anunciado o resultado da competição de Dimensionamento discreto de Portas Lógicas, promovida por pesquisadores da Intel, para a análise de ferramentas de software (CAD) aplicadas ao desenvolvimento de chips de alto-desempenho. Representando algumas das melhores universidades de todo o mundo, principalmente dos EUA e Ásia, 25 equipes se inscreveram. Destas, nove chegaram até a etapa final de avaliação. A equipe da UFRGS/ UFSC, integrante do INCT Namitec, obteve o primeiro lugar na classificação principal, que considera a qualidade do resultado final. Esse é o segundo ano consecutivo em que o grupo de pesquisadores brasileiros se destaca na competição. Em 2012, a equipe da UFRGS alcançou a primeira colocação em um dos critérios avaliados e a segunda posição em outro.

Promovido pela ACM/SIGDA e tendo co-promoção técnica da IEEE CAS Society, o International Symposium on Physical Design (ISPD) tem como temas centrais todos os aspectos do projeto físico de circuitos integrados, ou chips, como são popularmente conhecidos, abordando problemas de posicionamento, roteamento, comportamento elétrico, consumo de energia, correção e desempenho, especialmente a automação do projeto do leiaute do chip.

A série de competições do ISPD tem por tradição abordar um mesmo tema em dois anos consecutivos. Em 2012, tratou-se do problema de dimensionamento das células lógicas, ou seja, dos transistores que compõem estas células, visando a reduzir a potência estática, que afeta a performance de circuitos de alto-desempenho, como microprocessadores de computadores, por exemplo. As equipes participantes tiveram suas ferramentas avaliadas segundo dois critérios: o resultado absoluto, com medição detalhada do atraso de transmissão de sinais fornecidos por uma ferramenta comercial, e a melhor relação entre tempo e qualidade. Na competição deste ano, foram incluídos os atrasos de interconexão e circuitos mais complexos.

A equipe da UFRGS, que implementou a ferramenta de EDA (Electronic Design Automation), ou Automação de Projeto Eletrônico, a partir de pesquisas efetuadas pela UFRGS e UFSC, teve cerca de três meses para o desenvolvimento do software de automação do dimensionamento. Então, o mesmo foi enviado à Intel, que gerou 16 circuitos usando os softwares submetidos pelas equipes competidoras. Alguns destes circuitos tinham cerca de 2,5 milhões de transistores.

“As chamadas ferramentas EDA tratam da automação do projeto físico de chips e buscam otimizar o particionamento do circuito, o posicionamento, roteamento e dimensionamento de seus componentes, chegando até a uma síntese automatizada do leiaute da rede de transistores”, conta o Prof. Dr. Ricardo Reis, um dos orientadores da equipe participante da competição.

Essa temática tem ganhado crescente importância, já que os projetos de chip são cada vez mais complexos, o que torna a automação do projeto cada vez mais crítica. “Projetos eficientes influenciam diretamente a performance do chip, sua temperatura de operação e confiabilidade. Por isso, as ferramentas de Automação de Projeto Eletrônico têm obtido tanto destaque. A competição serviu para mostrar que a tecnologia desenvolvida no Brasil é original e está no estado da arte”, conclui Reis. Para o Prof. Dr. Marcelo Johann, um dos orientadores da equipe vencedora, a premiação confirma os resultados positivos que o grupo de pesquisadores brasileiros tem gerado e publicado nos últimos anos. “A equipe está de parabéns pelo grande resultado, que confirma sua notável capacidade, empenho e coordenação para fazer pesquisa avançada e gerar uma ferramenta robusta com o trabalho coordenado em grupo”, elogia.

Além de Johann e Reis, integram a equipe vencedora os alunos de doutorado Gracieli Posser, Guilherme Flach e Tiago Reimann, do Instituto de Informática da UFRGS, o professor José Luís Güntzel, o recém-mestre Vinícius Livramento e os bolsistas de IC Chrystian Guth e Renan Netto, do Departamento de Informática e Estatística da UFSC.

O sucesso na competição do ISPD 2013 é resultado de pesquisas que envolvem a colaboração entre a UFRGS e a UFSC, universidades participantes da rede de 27 instituições de pesquisa que compõem o INCT Namitec (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Sistemas Nano e Microeletrônicos), que atua na área de microeletrônica, com pesquisas e ações no estudo de redes de sensores, projetos de circuitos integrados, estudos de dispositivos, tecnologias de fabricação, ferramentas de EDA e formação de recursos humanos. O INCT Namitec é financiado pelo CNPq, Fapesp e Capes. O trabalho vencedor, além do Namitec, teve apoio de outros projetos financiados pelo CNPq, CAPES e Fapergs.

(Assessoria de Imprensa do Namitec)

Fonte: Jornal da Ciência

Tags: CTCDepartamento de Informática e EstatísticaUFRGSUFSCufsc na mídia

Foto produzida em Santa Catarina é vencedora do concurso do CNPq

05/10/2012 18:08

Imagem vencedora do concurso do CNPQ retrata anêmona da Ilha do Xavier, em Florianópolis. Foto: João Luís Carraro

A fotografia vencedora na categoria Lentes Convencionais – Ambiente Externo do II Prêmio de Fotografia – Ciência & Arte do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico Tecnológico (CNPq) retrata uma anêmona da Ilha de Santa Catarina. A imagem produzida por João Luís Carraro foi feita em março de 2011, durante a coleta de dados para a tese de doutorado, na Ilha do Xavier, que fica a 3,7 km de distância da Praia Mole, Florianópolis.

Aluno de pós-graduação em Ecologia pela UFRGS, Carraro também é colaborador do projeto Biodiversidade Marinha de Santa Catarina do professor Alberto Lindner, do Departamento de Ecologia e Zoologia, no Centro de Ciências Biológicas (CCB) da UFSC e do projeto sobre produtos naturais de esponjas marinhas coordenado pelo professor Eloir Schenkel  Departamento de Ciências Farmacêuticas, no Centro de Ciências da Saúde (CCS) na mesma instituição.

“Eu realmente estou muito feliz, pois é o reconhecimento do trabalho e do meu esforço contínuo em melhorar as minhas fotografias. Sempre procuro reproduzir com fidelidade o ambiente marinho”, declara Carraro sobre a premiação.

Criado em 2011, como parte das comemorações dos 60 anos do CNPq, o Prêmio de Fotografia Ciência & Arte está em sua segunda edição e tem como principal objetivo incentivar a produção de imagens com a temática de Ciência, Tecnologia e Inovação. Voltado para comunidade científica e tecnológica, o concurso contemplou três segmentos: Lentes Convencionais, Lentes Especiais e Imagens Editadas, dividido em seis categorias. Além do prêmio em dinheiro, o primeiro colocado de cada categoria também recebe passagem aérea e hospedagem para expor suas fotografias na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que acontece de 15 a 21 em outubro em Brasília.

Mais informações:
www.premiofotografia.cnpq.br
E-mail do pesquisador João Luís Carraro: 

Patrícia Cim / Estagiária de Jornalismo na Agecom / UFSC

Tags: CCBCNPqconcurso de fotografiaUFRGSUFSC