Conselho Universitário faz reunião fechada e impede a participação da Agecom e TV UFSC

26/10/2017 18:26

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/TV UFSC

A sessão extraordinária do Conselho Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (CUn/UFSC) nesta quinta-feira, 26 de outubro, foi realizada de portas fechadas. Os membros do CUn negaram a solicitação de um coletivo de Técnicos-Administrativos em Educação (TAEs) demandando a abertura da sessão para a comunidade universitária. Em documento apresentado ao Conselho, os TAEs argumentam que “a pauta em curso se constitui interesse amplo de toda a comunidade, e que este fórum de deliberação não pode se restringir ao contato com esta mesma comunidade em um período de crise sem precedentes”.

A Agência de Comunicação da UFSC (Agecom) e a TV UFSC também foram impedidas de entrar na Sala de Conselhos para realizar a cobertura da sessão. Uma das justificativas para impedir a participação de jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas da universidade foi o fato de que a sessão é transmitida online. Entretanto, essa transmissão não é suficiente para a cobertura, pois muitas vezes não é possível identificar o conselheiro que se manifesta, além dos diversos problemas técnicos característicos das transmissões onlines, como interrupções e a baixa qualidade de áudio e vídeo.

Para ampliar as possibilidades de acesso, sobretudo para aqueles que não estivessem conectados à internet, a equipe da TV UFSC havia se deslocado de seu estúdio, localizado no Centro de Florianópolis, especialmente para transmitir a sessão também pelo canal da TV UFSC, em alta definição. Dessa forma, a decisão do CUn não apenas comprometeu a cobertura da sessão, como negou a prestação de um serviço à comunidade interna e externa à universidade.

Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC

Entre outros argumentos apresentados para impedir a participação da Agecom e da TV UFSC foi por entenderem que são parte de uma “imprensa sensacionalista”, “que só quer vender”, nas palavras de alguns conselheiros. Também afirmaram que a Agecom “nunca se interessou pelo CUn”, desconsiderando que são frequentes as coberturas das sessões, sobretudo quando a pauta em questão envolve assuntos de amplo interesse. Os membros do CUn demonstraram desconhecer as especificidades da Agecom e da TV UFSC como órgãos internos à universidade, cuja função é justamente difundir informações com credibilidade, sobretudo neste momento de crise institucional. A solicitação para acompanhar a sessão do CUn não visava atender a interesses exclusivos dos profissionais da área de comunicação da universidade, mas sim a uma demanda pertinente e legítima de toda a comunidade universitária.

Equipe da Agência de Comunicação da UFSC (Agecom)

Tags: Agecomconselho universitárioCUnreunião extraordináriaTV UFSCUFSC

Sessão extraordinária do Conselho Universitário nesta quinta

24/10/2017 16:00

A presidente em exercício, professora Alacoque Lorenzini Erdmann, em atendimento à solicitação de 1/3 (um terço) dos membros do Conselho Universitário, convoca para a sessão extraordinária do Conselho Universitário a realizar-se no próximo dia 26 de outubro, quinta-feira, às 14h, na sala Professor Ayrton Roberto de Oliveira, para tratar da solicitação contida no Memorando nº 163/2017/CCS, datado de 23 de outubro de 2017. A sessão será transmitida ao vivo.

 

Tags: CUnreitoriaUFSC

Tristeza e revolta marcam discursos de despedida do reitor na UFSC

03/10/2017 19:10

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

A terça-feira, 3 de outubro, amanheceu silenciosa na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O brilho do sol acompanhava os transeuntes no campus e adentrava calmamente pelo hall da reitoria. No local, servidores, estudantes, familiares, amigos e autoridades locais e nacionais davam o seu adeus ao reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo. Homenagens marcaram o velório, que iniciou às 17h de segunda-feira, com a chegada do corpo do reitor na universidade.

Por volta das 11h, um cortejo seguiu para a Sessão Solene Fúnebre do Conselho Universitário e do Conselho de Curadores, realizada no auditório Garapuvu, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC. O mesmo local que recebeu Cancellier na solenidade de posse em 10 de maio de 2016, recebeu seu corpo para uma última homenagem. Uma foto do reitor estampava os dois telões do auditório. A beca branca e um colar com o brasão da universidade ocuparam a cadeira vazia na mesa solene, ao lado de Alacoque Lorenzini Erdmann, reitora em exercício.

Com capacidade para 1.375 assentos, o auditório estava lotado, com pessoas sensibilizadas com a morte do reitor, muitas de pé e sentadas no corredor. Nos discursos, predominaram as críticas à ação da Operação “Ouvidos Moucos” da Polícia Federal, que resultou na prisão, por um dia, e afastamento do reitor da universidade desde 14 de setembro. A cobertura midiática desses últimos eventos também foi ressaltada como irresponsável e desproporcional. Uma faixa foi levada até o palco com a frase: “Democracia de luto em luta! Aqui mais uma vítima: da canalhice do estado de exceção e sua mídia.”

Eduardo Moraes, representante dos estudantes, foi o primeiro a discursar e, em tom enfático, disse que Cancellier vivia a universidade: “O reitor vivia o universo da UFSC e fazia dela a sua casa. Os teus alunos preservarão a tua universidade.”
(mais…)

Tags: conselho universitárioCUnhomenagem a Luiz Carlos Cancellier de OlivoLuiz Carlos Cancellier de OlivomortereitorSessão Solene FúnebreUFSCvelório

Sessão extraordinária do Conselho Universitário nesta terça-feira

02/10/2017 07:42

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) reúne-se em sessão extraordinária na próxima terça-feira, dia 3 de outubro, às 14h, na sala Professor Ayrton Roberto de Oliveira – Sala dos Conselhos. A sessão será transmitida ao vivo.

Ordem do dia:
(mais…)

Tags: conselho universitárioCUnsessão extraordináriaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Conselho Universitário se reúne em sessão ordinária nesta terça

22/09/2017 17:00

O Conselho Universitário realizará sessão ordinária na próxima terça-feira, 26 de setembro, com transmissão ao vivo. O encontro será realizado a partir das 14h, na sala Professor Ayrton Roberto de Oliveira, com as seguintes ordens do dia:

  1. Ata da sessão ordinária do Conselho Universitário realizada em 29 de agosto de 2017
  1. Processo nº 23080.036102/2015-19

Requerente: Comissão Permanente de Pessoal Docente (CPPD)

Assunto: Apreciação da proposta de revisão da Resolução Normativa nº 40/2014/CUn, em relação às progressões e promoções do Magistério Federal na UFSC

Relator: Conselheiro Antônio Renato Pereira Moro

  1. Processo nº 23080.035462/2016-76

Requerente: Pró-Reitoria de Graduação

Assunto: Apreciação da proposta de alteração da Resolução Normativa nº 67/2015/CUn, referente ao Programa de Serviços Voluntários na Universidade Federal de Santa Catarina

Relator: Conselheiro Edson Roberto de Pieri

  1. Processo nº 23080.057445/2017-71

Requerente: Marcos Vinicius Mocellin Ferraro

Assunto: Apreciação da proposta de substituição de membros da Comissão Permanente de Pessoal Docente (CPPD)

Relator: Conselheiro Sérgio Fernando Torres de Freitas

  1. Processo nº 23080.053036/2017-03

Requerente: Direção da Editora Universitária

Assunto: Apreciação da nova proposta de Regimento Interno da Editora Universitária – EdUFSC

Relator: Conselheiro João Luiz Martins

6. Informes gerais  – Avaliação do Conselho Universitário referente à operação da Polícia Federal ocorrida na UFSC

Tags: conselho universitárioCUnUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Conselho Universitário irá realizar sessão ordinária nesta terça

28/08/2017 10:25

O Conselho Universitário realizará sessão ordinária na próxima terça-feira, 29 de agosto, com transmissão ao vivo. O encontro será realizado a partir das 14h, na sala Professor Ayrton Roberto de Oliveira, com as seguintes ordens do dia:

  1. Ata da sessão ordinária do Conselho Universitário realizada em 27 de junho de 2017
  2. Processo nº 23080.036102/2015-19

Requerente: Comissão Permanente de Pessoal Docente (CPPD)

Assunto: Apreciação da proposta de revisão da Resolução Normativa nº 40/2014/CUn, em relação às progressões e promoções do Magistério Federal na UFSC

Relator: Conselheiro Antônio Renato Pereira Moro

  1. Processo nº 23080.046822/2017-46

Requerente: Luiz Carlos Cancellier de Olivo

Assunto: Apreciação da solicitação de afastamento do Reitor para participação de evento fora do país, em Braga – Portugal

Relatora: Conselheira Miriam Furtado Hartung

  1. Processo nº 23080.035462/2016-76

Requerente: Pró-Reitoria de Graduação

Assunto: Apreciação da proposta de alteração da Resolução Normativa nº 67/2015/CUn, referente ao Programa de Serviços Voluntários na Universidade Federal de Santa Catarina

Relator: Conselheiro Edson Roberto de Pieri

  1. Processo nº 23080.001648/2017-11

Requerente: Direção do Centro de Ciências da Educação (CED)

Assunto: Apreciação da proposta de alteração do Regimento do Centro de Ciências da Educação (CED)

Relator: Conselheiro Alexandre Verzani Nogueira

  1. Processo nº 23080.028970/2014-36

Requerente: Direção do Centro de Ciências Biológicas (CCB)

Assunto: Apreciação da proposta do novo Regimento do Centro de Ciências Biológicas (CCB)

Relator: Conselheiro Irineu Manoel de Souza

  1. Processo nº 23080.052241/2017-43

Requerente: Direção do Centro de Comunicação e Expressão (CCE)

Assunto: Apreciação da proposta de alteração do Regimento do Centro de Comunicação e Expressão (CCE)

Relator: Conselheiro Celso Spada

  1. Processo nº 23080.051707/2017-93

Requerente: Direção do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH)

Assunto: Apreciação da proposta de criação do Regimento do Centro Filosofia e Ciências Humanas (CFH)

Relator: Conselheiro Walter Quadros Seiffert

  1. Processo nº 23080.025327/2013-70

Requerente: Direção do Centro de Ciências Agrárias (CCA)

Assunto: Apreciação da proposta de alteração do Regimento do Centro de Ciências Agrárias (CCA)

Relator: Conselheiro Arnoldo Debatin Neto

  1. Processo nº 23080.037102/2017-19

Requerente: Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (FAPEU)

Assunto: Apreciação do Relatório Anual de Gestão da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (FAPEU), referente ao exercício de 2016

Relator: Conselheiro Juliano Gil Nunes Wendt

  1. Processo nº 23080.018205/2017-51

Requerente: Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (FAPEU)

Assunto: Apreciação da solicitação de renovação de credenciamento da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (FAPEU), como fundação de apoio, junto à Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)

Relator: Conselheiro Juliano Gil Nunes Wendt

  1. Processo nº 23080.041241/2017-18

Requerente: Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina (FEESC)

Assunto: Apreciação do Relatório Anual de Gestão da Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina (FEESC), referente ao exercício de 2016

Relatora: Conselheira Cátia Regina Silva de Carvalho Pinto

  1. Processo nº 23080.042278/2017-63

Requerente: Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina (FEESC)

Assunto: Apreciação da solicitação de credenciamento da Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina (FEESC), como fundação de apoio, junto ao Instituto Federal Catarinense (IFC), ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO), ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e à Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Relatora: Conselheira Cátia Regina Silva de Carvalho Pinto

  1. Processo nº 23080.041710/2017-07

Requerente: Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina (FEESC)

Assunto: Apreciação da solicitação de renovação de credenciamento da Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina (FEESC), como fundação de apoio, junto ao Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC)

Relatora: Conselheira Cátia Regina Silva de Carvalho Pinto

  1. Informes gerais

 

Tags: Conselhoconselho universitárioCUnUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Consulta pública: nova resolução das progressões e promoções do Magistério na UFSC

02/05/2017 16:49

Conforme deliberação do Conselho Universitário (CUn), encontra-se aberta por 60 dias, a consulta pública referente à proposta da Comissão Permanente do Pessoal Docente (CPPD) para uma nova resolução que trata das Progressões e Promoções do Magistério Federal na UFSC.

Para participar acesse o link: consultapublica.ufsc.br

Tags: consulta públicaCPPDCUnProgressões e Promoções do Magistério FederalUFSC

Conselho Universitário se reúne em sessão extraordinária nesta terça-feira

31/03/2017 17:11

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) reúne-se em sessão extraordinária na próxima terça-feira, dia 4 de abril, às 14h, na sala Professor Ayrton Roberto de Oliveira – Sala dos Conselhos. A sessão será transmitida ao vivo.

Ordem do dia:

1. Ata da sessão ordinária do Conselho Universitário realizada em 21 de fevereiro de 2017

2. Processo nº 23080.077873/2016-39

Requerente: Eloisa Helena Teixeira Fortkamp

Assunto: Apreciação de recurso administrativo relativo à decisão da Câmara de Graduação referente ao Concurso Público para docente do NDI – Edital nº 062/DDP/2016

Relator: Conselheiro Eugênio Simão

Relator de vista: Conselheiro Edson Roberto De Pieri

3. Processo nº 23080.001648/2017-11

Requerente: Direção do Centro de Ciências da Educação (CED)

Assunto: Apreciação da proposta de alteração do Regimento do Centro de Ciências da Educação (CED)

Relator: Conselheiro Arno Dal Ri Júnior

4. Processo nº 23080.067928/2016-01

Requerente: Direção do Centro de Ciências Rurais

Assunto: Apreciação da proposta de Regimento do Centro de Ciências Rurais do Campus de Curitibanos

Relatora: Conselheira Cátia Regina Silva de Carvalho Pinto

5. Processo nº 23080.016044/2017-61

Requerente: Direção do Centro de Blumenau

Assunto: Apreciação da proposta de Regimento do Centro de Blumenau

Relatora: Conselheira Cátia Regina Silva de Carvalho Pinto

6. Processo nº 23080.039415/2016-00

Requerente: Auditoria Interna da UFSC

Assunto: Apreciação da proposta de Regimento da Auditoria Interna da Universidade Federal de Santa Catarina

Relator: Conselheiro José Geraldo Mattos

7. Processo nº 23080.015701/2017-52

Requerente: Sérgio Fernando Torres de Freitas

Assunto: Apreciação da proposta de Resolução que regerá os Programas de Pós-Graduação stricto sensu na UFSC

Relator: Conselheiro Gregório Jean Varvakis Rados

8. Informes gerais

Tags: conselho universitárioCUnextraordináriaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Empossados os novos diretores e vices dos Centros de Ensino da UFSC

15/12/2016 10:44

posse3Realizada na última sexta-feira, 16, no auditório da Reitoria, em sessão especial do Conselho Universitário, a posse dos novos diretores e vice-diretores dos Centros de Ensino – Gestão 2016-2020, eleitos recentemente.

Para o reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, esse compromisso que se renova a cada quatro anos com o processo eleitoral é reflexo de uma gestão descentralizada com os Centros de Ensino. “A universidade consegue dar um grande salto do ponto de vista político, administrativo e pedagógico no momento em que todas as decisões e  responsabilidades são compartilhadas.” Segundo Cancellier, o fato de essa legitimidade vir dos processos eleitorais aumenta a responsabilidade dos novos dirigentes, que assumem um compromisso com alunos, técnicos-administrativos e professores.

Milton Luiz Horn Vieira, presidente do Conselho de Curadores, torce para que os novos diretores continuem a fazer da Universidade um espaço mais justo, mais saudável em que realmente se possa continuar formando pensadores com qualidade para o país. “Se quisermos um país diferente, temos que investir nesse ponto. Isso é fundamental para que nossa nação não fique parada no tempo e no espaço.”

Já a vice-reitora Alacoque Erdmann entende que é vital projetar a instituição para as próximas décadas, dando atenção a todas as áreas de conhecimento com contribuições sociais relevantes.  Entendemos como vital projetar a nossa instituição para as próximas décadas.

“Cada unidade ou centro possui características muito peculiares, estruturas distintas. E essa diversidade exige maior compreensão, reconhecimento e respeito”, observou. “Precisamos vencer as barreiras e os gargalos burocráticos em prol da excelência acadêmica.”

Em nome dos ex-diretores e dos atuais falaram Isabela de Carlos Back, ex-diretora do Centro de Ciências da Saúde, e Eugênio Simão, diretor do Centro de Araranguá.

Confira os empossados:

Centro de Ensino Diretor (a) Vice-diretor (a)
Centro de Ciências Agrárias Walter Quadros Seiffert Cesar Damian
Centro de Ciências Biológicas Alexandre Verzani Nogueira Cristine Maria Bressan
Centro de Comunicação e Expressão Arnoldo Debatin Neto Silvana de Gaspari
Centro de Desportos Antônio Renato Pereira Moro Michel Angillo Saad
Centro de Ciências da Educação Nestor Manoel Habkost (pró tempore) Juares da Silva Thiesen (pró tempore)
Centro de Filosofia e Ciências Humanas Miriam Furtado Hartung Rogério Luiz de Souza
Centro de Ciências Físicas e Matemáticas Licio Hernanes Bezerra Nilton da Silva Branco
Centro de Ciências Jurídicas Ubaldo Cesar Balthazar José Issac Pilati
Centro de Ciências da Saúde Celso Spada Fabrício de Souza Neves
Centro Socioeconômico Irineu Manoel de Souza Maria Denize Henrique Casagrande
Centro Tecnológico Edson Roberto De Pieri Sergio Peters
Centro de Araranguá Eugênio Simão Anderson Luiz Fernandes Peres
Centro de Blumenau João Luiz Martins Ana Julia Dal Forno
Centro de Curitibanos Juliano Gil Nunes Wendt Kelen Cristina Basso
Centro de Joinville Cátia Regina Silva de Carvalho Pinto Lucas Weihmann
Tags: centros de ensinoconselho universitárioCUnensinoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Conselho Universitário se reúne em sessão ordinária nesta sexta-feira

14/12/2016 08:42

O Conselho Universitário (CUn) da UFSC se reúne em sessão ordinária nesta sexta-feira, 16 de dezembro, às 14h, na sala Professor Ayrton Roberto de Oliveira (Sala dos Conselhos), com transmissão ao vivo.

Ordens do dia:

1. Processo nº 23080.078771/2016-31

Requerente: Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (SAAD)

Assunto: Apreciação da proposta de alteração da Resolução Normativa nº 65/2015/CUn, a qual trata da criação do Comitê Institucional de Ações Afirmativas da UFSC.

Relator: Luciano Lazzaris Fernandez

2. Processo nº 23080.078538/2016-58

Requerente: Wilson Knoner Campos e outros.

Assunto: Apreciação de Recursos Administrativos relativos ao Concurso público para Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico para o campo de conhecimento: “Educação Infantil” do Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI), objeto do Edital nº 062/DDP/2016.

Relator: Rogério Silva Portanova

3. Informes gerais

 

Tags: ações afirmativasconselho universitárioCUnUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Conselho Universitário reúne-se nesta sexta-feira no campus de Araranguá

01/12/2016 08:48

dest_araranguaO Conselho Universitário (CUn) se reúne em sessão ordinária no dia 2 de dezembro (sexta-feira), às 14h, no Campus Araranguá, com transmissão ao vivo.

Ordem do dia:

  1. Apreciação da ata da sessão ordinária do Conselho Universitário realizada em 25 de outubro de 2016.
  1. Processo nº 23080.027167/2012-12

Requerente: Pró-Reitoria de Extensão
Assunto: Apreciação da proposta de alteração da Resolução Normativa nº 8/CUn/2010, a qual estabelece as normas que regem a criação, o reconhecimento e o funcionamento de empresas juniores na Universidade Federal de Santa Catarina.
Relator: Conselheiro Wagner Leal Arienti
Relator de vista: Conselheiro Paulo Pinheiro Machado

  1. Processo nº 23080.074750/2015-65

Requerente: Lúcia Helena Martins Pacheco
Assunto: Apreciação do recurso interposto pela requerente em razão do indeferimento de recurso apresentado perante o Conselho de Unidade do Centro Tecnológico.
Relator: Conselheiro João Luiz Martins

  1. Processo nº 23080.062465/2016-82

Requerente: Rafael Bernardo Silveira
Assunto: Apreciação do recurso interposto pelo requerente referente ao Concurso regido pelo Edital nº 062/DDP/2016 – Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico.
Relatora: Conselheira Lúcia Helena Martins Pacheco

  1. Processo nº 23080.076129/2016-17

Requerente: Auditoria Interna
Assunto: Apreciação do Plano Anual de Atividades de Auditoria Interna – PAINT 2017.
Relator: Conselheiro José Geraldo Mattos

  1. Informes gerais

(mais…)

Tags: campus araranguáconselho universitárioCUnSessão Ordinária do Conselho UniversitárioUFSC

Conselho Universitário aprova manifestações contrárias à PEC 241, Escola sem Partido, Reforma do Ensino Médio e PEC 65

31/10/2016 13:14

O Conselho Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) aprovou, em sessão ordinária nesta terça-feira, dia 25, manifestações contrárias ao Projeto de Emenda Constitucional nº 241 – Ajuste Fiscal; ao Projeto de Lei nº 867/2015 – Escola sem Partido; à Medida Provisória nº 746/2016 – Reforma do Ensino Médio e à Proposta de Emenda Constitucional nº 65 – Licenciamento Ambiental.

Os documentos de referência debatidos pelo CUn foram uma moção de autoria do Conselho de Unidade do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH); a manifestação do Conselho Pleno da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes); e a manifestação do Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed) – todas referentes à PEC 241 e MP 746/2016; moção contra o Projeto Escola sem Partido, do Centro de Ciências da Educação (CED);e a nota pública de autoria do Centro de Ciências Biológicas (CCB), contra a PEC 65, que modifica regras de licenciamento ambiental.

O CUn recebeu, ainda, uma manifestação do Comando Local de Greve dos Técnicos-Administrativos em Educação sobre a PEC 241 e os acordos de greve de 2015. Os TAEs estão em greve desde a segunda-feira, dia 24. O texto dos Técnicos foi lido durante a sessão.

CONSELHO UNIVERSITÁRIO

O Conselho Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina, reunido em sessão ordinária no dia 25 de outubro de 2016, decide reiterar e ratificar os termos da nota “Educação de qualidade, gratuidade e inclusão”, aprovada pelo Conselho Pleno da Andifes, a seguir transcrita, no sentido de manifestar a preocupação com as recentes propostas que alteram aspectos quanto a financiamento e reformas na educação brasileira.

“Educação de qualidade, gratuidade e inclusão

Os reitores das universidades federais brasileiras, reunidos em Cuiabá, em 28 de julho de 2016, durante a CLIII reunião do Conselho Pleno da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES), vêm a público se manifestar em defesa do sistema federal de ensino superior público, gratuito, autônomo e de qualidade!

A ANDIFES acredita firmemente que o conjunto das universidades federais constitui um patrimônio de valor imensurável para o povo brasileiro, pois congrega o que há de melhor na educação superior brasileira. Avaliações internacionais posicionam várias universidades públicas com destaque entre as melhores da América Latina. Portanto, a formação de recursos humanos qualificados e a produção de conhecimento técnico-científico, essenciais ao desenvolvimento do País, dependem, em grande parte, do funcionamento adequado dessas instituições.

Neste momento, as universidades públicas vivem um processo de expansão que não pode ser interrompido; ao contrário, precisa ser consolidado e continuado. Mesmo com o formidável crescimento dos últimos anos, o País ainda oferece aos seus jovens menos de 30% de vagas no ensino superior público, ficando o ensino privado com a grande maioria das vagas ofertadas.

Reconhecendo que o ensino privado é necessário, dada a demanda por formação superior no País, é inquestionável que a referência de qualidade do ensino e das pesquisas desenvolvidas, qualquer que seja a ferramenta de avaliação, está associada, essencialmente, às universidades públicas.

Deve-se considerar ainda que a expansão foi acompanhada por políticas públicas que permitiram a interiorização das universidades federais e a ampliação do acesso, com a utilização de um sistema nacional de seleção (ENEM/SISu) e com a adoção das políticas de ações afirmativas. Deste modo, é erro grave afirmar, hoje, que a universidade pública está acessível apenas a camadas economicamente mais privilegiadas. Estudo recente da ANDIFES aponta que 66,19% dos alunos matriculados têm origem em famílias com renda média até 1,5 salários. Se consideradas apenas as regiões Norte e Nordeste, esse percentual atinge 76,09% e 76,66%, respectivamente.

Dispositivos encaminhados pelo executivo (PEC 241 e a PLP 257 e a MP 746), que se encontram em debate no Congresso Nacional, indicam forte redução dos investimentos públicos em educação. Em especial a PEC 241, que institui o Novo Regime Fiscal e torna possível aos governos nas diferentes esferas não cumprirem com os pisos constitucionais de gastos com a educação, representa séria ameaça ao Plano Nacional de Educação (PNE) aprovado por unanimidade pelo próprio Congresso Nacional. Em suma, sem o adequado financiamento, as metas previstas no PNE não serão alcançadas, desviando o País do caminho do desenvolvimento econômico e da inclusão social.

Certamente a ANDIFES compreende e quer contribuir na busca de soluções para o enfrentamento da crise econômica que afeta o País. Contudo, divergindo das propostas elencadas até o momento, a ANDIFES advoga que é precisamente em cenário de crise que se devem eleger as prioridades que possam acelerar a retirada do País do ciclo recessivo. Dentre estas, deve estar a ampliação e não a redução dos gastos em Educação e em Ciência e Tecnologia, pois este tem sido o caminho adotado por todos os países que alcançaram níveis satisfatórios de desenvolvimento econômico e social.

As universidades públicas já provaram seu potencial para contribuir com a construção de uma sociedade em que se harmonizem democracia, desenvolvimento econômico, riqueza cultural e o cultivo da paz e da solidariedade entre as pessoas que a constituem em sua diversidade. É esta missão que continuaremos realizando, garantido o exercício dos princípios constitucionais de autonomia universitária, liberdade de expressão e de opinião.

Por essas razões, conclamamos todos para a defesa da Universidade Pública, patrimônio nacional. Ao invés de saídas unilaterais, desejamos o debate com toda a sociedade, queremos a participação das instituições públicas nos espaços de decisão e de controle das políticas educacionais, planejando e expandindo nossas universidades com orçamento e recursos humanos adequados.

Esta tarefa coletiva se faz com educação pública, com financiamento público, com inclusão social e com respeito às políticas públicas definidas pela população. Do nível fundamental ao superior, a educação é um direito de todos e dever do Estado. Investir nesse direito é investir no bem e no futuro de toda a sociedade brasileira.

Conselho Pleno da Andifes”

Florianópolis, 25 de outubro de 2016.

LUIZ CARLOS CANCELLIER DE OLIVO
Presidente

CONSELHO UNIVERSITÁRIO

MOÇÃO EM DEFESA DA EDUCAÇÃO, DA FILOSOFIA, DA ARTE E DA CIÊNCIA

O Conselho Universitário, a respeito da Medida Provisória nº 746/2016, por maioria de seus membros, assim se manifesta:

A reforma do Ensino Médio, prevista pela Medida Provisória nº 746/2016, que abole a obrigatoriedade das disciplinas de Filosofia, Sociologia, Artes e Educação Física, e dá ênfase ao ensino do inglês como língua estrangeira em detrimento de outras línguas como o alemão, o italiano, o francês, o espanhol, além de não destacar o ensino da língua brasileira de sinais, Libras, foi realizada sem a participação de quaisquer entidades representativas da área da educação e da sociedade civil, atropelando um longo processo de discussão que, desde 2012, já ocorria no próprio Congresso Nacional e no Conselho Nacional de Educação. Essa Medida Provisória, que já vigora com força de Lei, além de alienar os estudantes do Ensino Médio de relevantes áreas de conhecimento e de desenvolvimento de habilidades e sociabilidades, não resolve nenhum dos problemas fundamentais da educação nacional, entre eles a marginalização e pauperização da carreira docente, o flagrante desaparelhamento das escolas e o desprestígio ao esforço intelectual.

Florianópolis, 25 de outubro de 2016.

LUIZ CARLOS CANCELLIER DE OLIVO
Presidente

CONSELHO UNIVERSITÁRIO

MOÇÃO CONTRA O PROJETO ESCOLA SEM PARTIDO, PL 867/2015

A educação, a escola e os professores brasileiros enfrentam uma grande ameaça com o Projeto Escola sem Partido (PL 867/2015), em tramitação no Congresso Nacional. Tal projeto defende uma escola sem pensamento crítico, delegando ao professor apenas o papel de reproduzir e repassar conteúdos disciplinares, de forma homogênea, acrítica e descontextualizada. É um projeto que trata com desconfiança os profissionais do ensino, não os considerando educadores que discutem valores, a realidade dos alunos e da própria sociedade. O PL 867/2015 é também uma afronta à Constituição, pois fomenta a censura e a perseguição à liberdade de expressão dentro do ambiente escolar. A Universidade Federal de Santa Catarina, enquanto instituição responsável pela formação de professores, pela pesquisa educacional e pela educação básica, reafirma, por meio do seu Conselho Universitário reunido em 25 de outubro de 2016, por unanimidade, o apoio a uma educação fundada no compromisso com a liberdade de expressão e de pensamento, e o direito a uma prática pedagógica e democrática em sala de aula. Por isso, posicionamo-nos contra o Projeto Escola Sem Partido, que representa um retrocesso para o desenvolvimento de uma educação que deve primar pela livre expressão, pelo direito ao contraditório e pela livre circulação de ideias.

Florianópolis, 25 de outubro de 2016.

LUIZ CARLOS CANCELLIER DE OLIVO
Presidente

CONSELHO UNIVERSITÁRIO

NOTA PÚBLICA

O Conselho Universitário, a respeito da Proposta de Emenda Constitucional nº 65, por unanimidade, assim se manifesta:

  1. 1.Na explicação da ementa os autores argumentam que a proposta visa

assegurar a continuidade de obra pública após a concessão de licença ambiental; dispõe que a apresentação do estudo prévio de impacto ambiental importa autorização para a execução da obra, que não poderá ser suspensa ou cancelada pelas mesmas razões a não ser em face de fato superveniente.

  1. 2.O texto da PEC 65, nos termos do § 3º do art. 60 da Constituição Federal, não mostra vinculação restrita a obras públicas, como se vê no texto aqui transcrito:

Art. 1º O art. 225 da Constituição passa a vigorar acrescido do seguinte § 7º. Art. 225 § 7º A apresentação do estudo prévio de impacto ambiental importa autorização para a execução da obra, que não poderá ser suspensa ou cancelada pelas mesmas razões a não ser em face de fato superveniente. (NR) Art. 2º Esta emenda constitucional entra em vigor na data de sua publicação.

  1. 3.A PEC 65 afronta valores básicos insculpidos na Constituição Federal de 1988, pois, com a autorização de obra tão somente com a apresentação do Estudo de Impacto Ambiental, elimina a fase de análise dos órgãos licenciadores, suprimindo a possibilidade de revisão e controle administrativo e judicial.
  2. 4.A PEC 65 fere princípios basilares, como o dos limites materiais da separação de poderes e direitos e garantias fundamentais; elimina o princípio da precaução e instrumentos essenciais para a prevenção de degradações irremediáveis; retira da população o direito de participação e manifestação em consulta livre, prévia e informada, configurando assim em proposta eivada de fragrante violação de cláusulas pétreas da Constituição Federal.
  3. 5.Pelo exposto, o Conselho Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina, corroborando com a decisão do Conselho de Unidade do Centro de Ciências Biológicas, manifesta apreensão com a tramitação da referida PEC 65 e contrariedade à sua aprovação, já que a proposta contraria a Constituição Federal e fragiliza o direito inalienável dos brasileiros de terem resguardados ambientes preservados e ecologicamente equilibrados.

Florianópolis, 25 de outubro de 2016.

LUIZ CARLOS CANCELLIER DE OLIVO
Presidente

Tags: Ajuste FiscalAndifesConsedconselho universitárioCUnescola sem partidoGrevePEC 241Reforma Ensino MédioUFSC

Conselho Universitário realiza sessão ordinária na terça, 25

24/10/2016 07:15

O Conselho Universitário (CUn) da UFSC se reúne em sessão ordinária nesta terça-feira, 25 de outubro, às 14h, na sala Professor Ayrton Roberto de Oliveira (Sala dos Conselhos), com transmissão ao vivo.

Ordens do dia:

1Apreciação da ata da sessão ordinária do Conselho Universitário realizada em 27 de setembro de 2016.

2 – Indicação do professor Werner Ludger Heidermann em substituição ao professor Oscar Ricardo Janesch para representar o Conselho Universitário na Comissão Permanente de Pessoal Docente.

3 – Processo nº 23080.065180/2016-01

Requerente: Departamento de Administração Escolar (DAE)

Assunto: Apreciação da proposta do Calendário Acadêmico referente ao ano de 2017.

Relator: Conselheiro Sérgio Fernando Torres de Freitas

4 – Processo nº 23080.018898/2013-58

Requerente: Pró-Reitoria de Extensão

Assunto: Apreciação da proposta de Resolução Normativa que dispõe sobre as normas que regulamentam as ações de extensão na Universidade Federal de Santa Catarina.

Relator: Conselheiro Arno Dal Ri Júnior

5 – Processo nº 23080.027167/2012-12

Requerente: Pró-Reitoria de Extensão

Assunto: Apreciação da proposta de alteração da Resolução Normativa nº 8/CUn/2010, a qual estabelece as normas que regem a criação, o reconhecimento e o funcionamento de empresas juniores na Universidade Federal de Santa Catarina.

Relator: Conselheiro Wagner Leal Arienti

Relator de vista: Conselheiro Paulo Pinheiro Machado

6 – Processo nº 23080.074750/2015-65

Requerente: Lúcia Helena Martins Pacheco

Assunto: Apreciação do recurso interposto pela requerente em razão do indeferimento de recurso apresentado perante o Conselho de Unidade do Centro Tecnológico.

Relator: Conselheiro João Luiz Martins

7 – Apreciação da proposta de Moção contra o “Projeto Escola sem Partido”, PL 867/2015.

8 – Apreciação da proposta de Nota Pública sobre a Emenda Constitucional nº 65 (PEC nº 65), que acrescenta o § 7º ao art. 225 da Constituição, para assegurar a continuidade de obras públicas após a concessão da licença ambiental.

9 – Informes gerais

Tags: conselho universitárioCUnUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Vestibular UFSC 2017: Teste de Habilidade Específica para Artes Cênicas

27/09/2016 13:30

Cartaz_Vestibular_Diversidade_impressãoAs inscrições para o Vestibular UFSC/2017 começaram no dia 14 de setembro e seguem até 13 de outubro. A exigência do Teste para verificação de Habilidade Específica (THE) aos candidatos ao curso de Artes Cênicas é uma das novidades do processo seletivo, descrita no Edital nº 07/Coperve/2016.

De acordo com professor adjunto do Curso de Artes Cênicas do Departamento de Artes e Libras da UFSC, Paulo Ricardo Berton, os cursos de Teatro das principais universidades federais brasileiras aplicam a prova-padrão. “O THE possibilita que outras habilidades, além das aferidas pelo vestibular, como as lógicas ou linguísticas, sejam avaliadas, permitindo que candidatos com maior potencialidade cinestésica ou relacional concorram em pé de igualdade. Para o curso, esta prova é um marco no aprimoramento da seleção dos alunos e na qualificação dos mesmos”, afirma.

(mais…)

Tags: artes cênicasCCECUncursoGTprovaTHEUFSCVestibular UFSC 2017

CUn aprova concessões de título de Professor Emérito e delibera pela criação de novos departamentos e coordenadorias nos campi

25/07/2016 08:03

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) aprovou, nas sessões especiais realizadas na última quarta-feira, 20, em Florianópolis, as concessões do título de Professor Emérito ao professor Teodoro Rogério Vahl, do Departamento de Ciências da Administração do Centro Socioeconômico (CSE), à professora Ingrid Elsen, do Departamento de Enfermagem do Centro de Ciências da Saúde (CCS), e ao professor Selvino José Assmann, do Departamento de Filosofia do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH). Durante a sessão, foram lidos pareceres com o histórico e a importância do trabalho dos indicados.

Iniciando as atividades na UFSC em 1964 como servidor técnico-administrativo, Teodoro Rogério Vahl atuou em inúmeras chefias intermediárias em departamentos da Universidade. Seu trabalho como Professor Titular ocorreu entre 1970 a 1975, lecionando nos cursos de Graduação e Pós-Graduação do Departamento de Ciências da Administração. O professor foi homenageado com diplomas, medalhas e honrarias, pela Câmara de Vereadores de Florianópolis, pelo Governo do Estado de Santa Catarina e pela Marinha do Brasil, além de representar ativamente a UFSC em congressos, cursos e palestras nos cenários nacionais e internacionais. O parecer completo pode ser lido aqui.
(mais…)

Tags: campicoordenadoriascriaçãoCUndepartamentostítulo professor eméritoUFSC

Conselho Universitário aprova nova Avaliação de Desempenho dos TAEs em sessão no Campus Blumenau

28/06/2016 16:29
Diretor-Geral do campus Blumenau, João Luiz Martins discursa durante encerramento da sessão do CUn realizada no campus nesta terça-feira, 28 de junho. (Foto: Divulgação/GR/UFSC)

Diretor-geral do Campus Blumenau, João Luiz Martins discursa durante encerramento da sessão do CUn realizada no campus nesta terça-feira, 28 de junho. (Foto: Divulgação/GR/UFSC)

O Conselho Universitário (CUn) da UFSC aprovou a resolução normativa que regulamentará a nova Avaliação de Desempenho dos Técnicos-Administrativos em Educação (TAEs), durante sessão ordinária realizada nesta terça-feira, dia 28, no auditório do campus da UFSC em Blumenau. A normativa terá seu texto final publicado no Boletim Oficial após as alterações propostas pelos conselheiros.

A realização da sessão em Blumenau foi aprovada no dia 7 de junho, como forma de valorização dos centros de ensino localizados fora de Florianópolis. O reitor Luis Carlos Cancellier, presidente do CUn, destacou a importância do encontro. “É uma medida importante, um gesto simbólico que promove o tratamento igualitário dos campi. Estamos aqui hoje com muita satisfação.”

Durante a sessão, a valorização e consolidação dos campi foi levantada por muitos conselheiros e abordada no fechamento da sessão pelo diretor-geral do Campus Blumenau, João Luiz Martins.
(mais…)

Tags: Avaliação de DesempenhoCUngestão de pessoasUFSC

Conselho Universitário aprova nova estrutura administrativa da UFSC

07/06/2016 17:04

Em sessão especial nesta terça-feira, 7 de junho, o Conselho Universitário (CUn) aprovou, por unanimidade, a proposta da nova gestão de mudança da estrutura administrativa da UFSC. O parecer do relator Arnoldo Debatin Neto foi favorável a todas as alterações. A nova gestão argumenta que a atualização da estrutura é necessária para adequar a Universidade às novas demandas dos últimos anos. O texto da proposta faz referência à “necessidade de acelerar a recuperação das instalações, das obras em execução, das novas formas de acesso dos alunos e da melhora do bem-estar da comunidade universitária”.

Seguem as principais modificações:

– transformação da Secretaria de Gestão de Pessoas (Segesp) em Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp);

– transformação da Secretaria de Cultura (Secult) em Secretaria de Cultura e Arte (Secarte);

– transformação da Pró-Reitoria de Planejamento e Orçamento (Proplan) em Secretaria de Planejamento e Orçamento (Seplan).

Novas secretarias:

– Secretaria de Segurança Institucional (SSI);

– Secretaria de Esportes (Sesp);

– Secretaria de Obras, Manutenção e Ambiente (Seoma);

– Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (Saad);

– Secretaria de Inovação (Sinova);

– Secretaria de Educação a Distância (Sead). (O Núcleo de Multiprojetos e Tecnologia Educacional (Nute) foi deslocado para a Sead.)

Novo estatuto disponível aqui.

Novo regimento geral disponível aqui.

Tags: conselho universitárioCUnestatutoestrutura administrativaRegimento GeralUFSC

Coperve informa sobre nota do Enem nos processos seletivos para vagas suplementares e Sisu

13/05/2016 12:16

A Comissão Permanente do Vestibular (Coperve) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), vinculada à Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), comunica, por meio de nota oficial divulgada na última quinta-feira, 12 de maio, que a seleção dos candidatos às vagas suplementares para negros, indígenas e quilombolas para ingresso em 2017 será realizada por meio das notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014, 2015 ou 2016. As inscrições para o Enem seguem até o dia 20 de maio.

Os interessados em concorrer às vagas via Sistema de Seleção Unificada (Sisu) devem participar do Enem 2016. “Queremos reforçar a necessidade de fazer o Enem àqueles que pretendem disputar essas vagas. As suplementares contribuem para o processo de inclusão. O Sisu também tem esse objetivo – qualquer pessoa, de qualquer lugar, pode fazer. Outro objetivo é a possibilidade de mobilidade. Candidatos de outros estados podem participar e se inscrever pelo Sisu, assim como estudantes de Santa Catarina podem se candidatar para vagas em outros estados”, avalia o presidente da Coperve, Olinto Furtado.
(mais…)

Tags: coperveCUnEnemnotaPnaesprogradprograma de ações afirmativasSisuUFSCvagas suplementares

UFSC aprova regimentos de pesquisa de todos departamentos

09/05/2016 12:48

Ao longo dos últimos quatro anos, todos os departamentos de ensino aprovaram os regimentos de pesquisa nas 57 unidades existentes, com a inclusão dos critérios para alocação de carga de trabalho para os docentes. A medida atendia a uma exigência da Resolução de Pesquisa 09 CUn/2006 que estipulava que cabia a cada unidade a definição destes critérios. No final de 2011, devido ao atraso na regulamentação pelas unidades, a Câmara de Pesquisa aprovou critérios para toda Universidade e a decisão acabou sendo revogada pelo Conselho Universitário, que avaliou que a decisão contrariava a autonomia departamental prevista no Estatuto da UFSC.

A mesma exigência continua vigente na Resolução de Pesquisa n° 47/CUn/2014, de 16 de dezembro de 2014, somente tendo ocorrido uma alteração que agora a questão é tratada no artigo 36 e na Seção VI, nos artigos 25 e 26.  “Após quatro anos, no período entre maio de 2012 e maio de 2016, a Pró-Reitoria de Pesquisa conseguiu concluir o trabalho de regulamentação das atividades de pesquisa, com determinação das regras de alocação de carga horária de pesquisa para os docentes em 44 dos 57 departamentos da instituição. Trata-se de um avanço no cumprimento da legislação e que atende as recomendações da auditoria interna da UFSC e da CGU”, afirma o pró-reitor de Pesquisa, Jamil Assreuy.

Relação dos Regimentos de Pesquisa dos Departamentos

Etapas do Regimento de Pesquisa Departamentos
Aprovação no Departamento 57
Departamento solicitou revisão 06
Aprovação na Câmara de Pesquisa 44
Regimento enviado para revisão no GR 33
Regimento enviado para publicação 22
Publicação no Boletim Oficial da UFSC 11
Departamento não enviou ata de aprovação 10

Atualmente, todos os 57 departamentos da UFSC já possuem os seus regimentos de pesquisa aprovados nos seus colegiados, com a definição dos critérios para alocação de carga horária de pesquisa para docentes. Destes, 44 foram homologados pela Câmara de Pesquisa e dez ainda dependem do envio da ata de aprovação pelo Colegiado do Departamento para homologação. Dos 44 aprovados pela Câmara de Pesquisa, 33 foram enviados para revisão no Gabinete da Reitoria e, destes, 22 já foram enviados para publicação no Boletim Oficial da Universidade. Destes 22, metade já foi publicada no Boletim Oficial da UFSC.  Dos regimentos aprovados e publicados, seis realizaram a revisão do documento para adequação a nova Resolução de Pesquisa, nº 47/CUn 2014 e estão no processo de aprovação novamente. Esses regimentos devem passar por todas as três etapas novamente.

Tramitação em três etapas

O processo de elaboração e publicação dos Regimentos de Pesquisa dos Departamentos de Ensino acontece em três etapas: elaboração e aprovação no colegiado do departamento; análise e homologação pela Câmara de Pesquisa; e envio para revisão e publicação no Boletim Oficial da UFSC pelo Gabinete da Reitoria. Após a conclusão das três etapas, o processo é enviado pelo sistema SPA para o Departamento que deve arquivá-lo e, caso venha a revisar o regimento de pesquisa, deve reabrir o processo e começar a seguir as três etapas novamente, via SPA.  “Esse processo só pode ser realizado se for encaminhada toda a documentação necessária. Regimentos enviados à Pró-Reitoria de Pesquisa sem a ata que comprova a sua aprovação pelo colegiado do departamento impossibilitam a finalização do procedimento, o que retarda o andamento do processo”, explicou a Coordenadora de Apoio e Fomento à Pesquisa da Propesq, LuÍsa Biava. No início de 2015, foram enviados memorandos a todas as chefias de departamento que estavam em falta com a documentação requerida.

No começo desse trabalho de elaboração, aprovação e publicação dos regimentos, com a definição de critérios para alocação de carga horária de pesquisa para os docentes, a Universidade possuía 57 departamentos e quatro campi em situação de pendência na regulamentação das atividades de pesquisa. Com a transição dos Campi para Centro, estão sendo criados mais departamentos, que agora também precisarão elaborar os seus regimentos e encaminhá-los à Propesq para homologação pela Câmara de Pesquisa e publicação no Boletim Oficial da Universidade.

A  gestão e acompanhamento desses processos é realizada pela Coordenadoria de Apoio e Fomento à Pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa, que trabalha em conjunto com os departamentos, Câmara de Pesquisa e Gabinete da Reitoria. “É um procedimento que deve ser seguido toda vez que um regimento é criado ou alterado, conforme determinado pela Resolução da Pesquisa da UFSC”, conclui Luísa Biava, responsável pelo acompanhamento destes processos na Propesq.

Mais informações na Propesq.

Tags: CUnPró-Reitoria de PesquisaPROPESQUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Conselho Universitário aprova Moção em defesa da área de pesquisa em Estudos de Gênero no Brasil

04/05/2016 16:28

Moção em defesa da área de pesquisa em Estudos de Gênero no Brasil

O Conselho Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina, reunido em sessão de 3 de maio de 2016, reitera o princípio fundamental da liberdade de expressão e de desenvolvimento de pesquisas, aspecto essencial para o progresso da ciência e para o bem-estar da humanidade e registra seu apoio a todas/os as/os cientistas que se dedicam à área de pesquisa em Estudos de Gênero.

Os estudos de gênero, desenvolvidos com seriedade e competência, entre os quais os realizados na UFSC, têm destaque nacional e internacional e partem de uma constatação central: as desigualdades e as diversidades de gênero já existiam em todas as sociedades, muito antes da criação dessa área de estudos, tendo assumido variadas formas ao longo dos séculos. Boa parte das pesquisas, além de contribuírem para o entendimento de questões epistemológicas complexas ligadas à diversidade humana, têm se dedicado ao estudo de realidades concretas relacionadas às desigualdades de gênero, favorecendo o entendimento mais amplo do assunto, de modo a construir e subsidiar políticas públicas e a permitir a extinção das violências de gênero de todo tipo.

As manifestações que visam atingir um tema específico – as pesquisas sobre relações de gênero e LGBTTTIs (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Transgêneros e Intersexos) -, independentemente das posições políticas ou religiosas, atacam, além da temática em si e seus resultados, os próprios fundamentos da liberdade da atividade científica em qualquer área de conhecimento.

Para que os Estudos de Gênero continuem contribuindo para os avanços das conquistas humanas e especialmente de grupos historicamente marginalizados na sociedade brasileira, a UFSC enfatiza a importância de se respeitar e preservar esta importante área da ciência brasileira.

Florianópolis, 3 de maio de 2016.

Prof.ª Roselane Neckel

Presidenta

Tags: conselho universitárioCUnEstudos de GêneroMoção em defesa da área de pesquisa em Estudos de Gênero no BrasilUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Conselho Universitário continua reunião extraordinária nesta sexta-feira

03/05/2016 09:00

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) irá continuar a sessão extraordinária iniciada no dia 3 de maio nesta sexta-feira, 6 de maio, na sala Professor Ayrton Roberto de Oliveira (Sala dos Conselhos). A sessão será transmitida ao vivo, a partir das 14 horas.
(mais…)

Tags: conselho universitárioCUnextraordináriasessão extraordináriaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Comissão divulga resultado da eleição dos TAEs para os conselhos Universitário e de Curadores

06/04/2016 08:30

A Comissão Eleitoral designada pela portaria nº 333/2016/GR publicou o resultado das  eleições para escolha dos representantes dos servidores técnico-administrativos em educação para os conselhos Universitário (CUn) e de Curadores.

Para o CUn, os titulares escolhidos foram Rosi Corrêa de Abreu, Jaçany Aparecida Borges Prudente, Newton de Mendonça Barbosa Júnior, José Geraldo Mattos, Otávio Pereira e Anderson Roberto Oliveira. Os suplentes são, respectivamente, Jerko Ledic Neto, Marcelo Bittencourt, Sergio José Sena, Miguel Arcângelo Broering, Dalton Barreto e Norivaldo Arnaldo Vieira.

Os escolhidos para o Conselho de Curadores são Tassiane Castamann Algayer (titular) e Carolina Becker Soeth (suplente).

Confira abaixo a votação:

Conselho Universitário

Nº Ordem na Célula Nome dos Candidatos e Suplentes Nº Votos
01 Rosi Corrêa de Abreu – Titular / Jerko Ledic Neto – Suplente 404
02 Jaçany Aparecida Borges Prudente – Titular / Marcelo Bittencourt – Suplente 456
03 Newton de Mendonça Barbosa Júnior – Titular / Sergio José Sena – Suplente 374
04 José Geraldo Mattos – Titular / Miguel Arcângelo Broering – Suplente 420
05 Otávio Pereira – Titular / Dalton Barreto – Suplente 379
06 Anderson Roberto Oliveira – Titular / Norivaldo Arnaldo Vieira – Suplente 409
07 Renato Ramos Milis – Titular / Camilla de Amorim Ferreira – Suplente 250

 

Conselho de Curadores

Nº Ordem na Célula Nome dos Candidatos e Suplentes Nº Votos
01 Tassiane Castamann Algayer – Titular / Carolina Becker Soeth – Suplente 431
02 Brenda Morelli Piazza – Titular / Luciano Antônio Agnes – Suplente 296
Tags: Conselho de Curadoresconselho universitárioCUncuradoresUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina