Nota Oficial: reitor Ubaldo oferece as boas-vindas aos estudantes de 2021.1

18/06/2021 07:44

O reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Ubaldo Cesar Balthazar, emitiu uma nota oficial aos estudantes da Universidade nesta primeira semana do semestre 2021.1. Leia a nota, na íntegra, abaixo.

 

Bem-vindas, bem-vindos, estudantes de 2021.1

Chegamos ao fim de mais uma semana de recepção das nossas Calouras e Calouros da Universidade Federal de Santa Catarina!

Mais uma turma de novos estudantes ingressa na nossa instituição, e, com muito orgulho, posso dizer que é muito bom tê-los conosco. Por enquanto ainda não podemos nos encontrar pessoalmente, mas, espero que nesta semana você tenha tido a oportunidade de ser acolhido, mesmo a distância, por nossa Universidade, por seus professores, técnicos-administrativos e colegas estudantes.

A UFSC segue, neste semestre, o ensino remoto como necessidade, como medida importante de cuidado e respeito à saúde dos catarinenses. Sem esse distanciamento, estaríamos com mais de 50 mil pessoas circulando nos cinco municípios dos nossos campi, justamente quando ainda necessitamos de distanciamento social. 

Mesmo com o avanço da vacinação, ainda temos déficit de imunização na segunda dose, e falta muito para que nossa comunidade esteja segura. Estamos atravessando o início de mais uma onda de crescimento do número de casos da Covid-19, e precisamos continuar vigilantes. 

Chegamos até aqui afirmando o nosso compromisso com a segurança sanitária e com a ciência e pretendemos continuar agindo assim. 

Temos o trabalho da Comissão Permanente de Monitoramento Epidemiológico, voltado ao acompanhamento da pandemia e ao aconselhamento de ações institucionais. Também temos o Acolhe UFSC, oferecendo acolhimento psicológico aos membros de nossa comunidade neste momento de pandemia. 

A UFSC está presente e atuante, fazendo Ensino, Pesquisa, Extensão, promovendo a Cultura e a Arte, a Inovação, o Esporte e a saúde da população. 

Então, se você começa agora sua carreira universitária, ofereço as boas-vindas calorosas da nossa UFSC. E reitero que você aproveite tudo o que o ensino superior público pode oferecer. Temos assistência estudantil, e agora com as aulas remotas também oferecemos auxílio para acesso à Internet e a computadores. 

E especialmente aos nossos estudantes que estão conosco há mais tempo, faço um convite para que aproveitem este semestre e as oportunidades de pesquisa, extensão e cultura disponíveis. Reforço aos nossos estudantes que estão perto de se formar e precisam das aulas práticas que a Câmara de Graduação está estudando quais atividades poderão ser oferecidas presencialmente, com toda a cautela e segurança. 

Tenhamos todos um excelente semestre, e espero que possamos nos encontrar em breve!

 

Ubaldo Cesar Balthazar
Reitor da UFSC

Tags: Calouros2021.1gestão coronavírusreitor Ubaldo Cesar BalthazarUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Boas-vindas com conscientização: iniciativas ressaltam inclusão e combate à violência e trotes na UFSC

11/06/2021 15:43

A Comissão de Equidade da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), elaborou uma cartilha com informações acerca da recepção aos novos estudantes – calouras e calouros da UFSC – com respeito, inclusão e combate à violência. O material explica situações que são violentas, vexatórias e instrumentos como legislação e canais institucionais de denúncia.

O trote é uma prática proibida na UFSC, conforme Resolução nº 017/CUN/97, e é um delito punido pela Lei Estadual nº 15.431, de 2010. O material está disponível, na íntegra e em PDF.

A cartilha foi produzida pela Comissão de Equidade, com apoio da Agência de Comunicação (Agecom), o Programa Institucional de Apoio Pedagógico aos Estudantes (Piape), o Instituto de Estudos de Gênero (IEG), o Núcleo de Pesquisas em Direitos, Subjetividades e Política (Dispolítica), o Núcleo de Pesquisa em Modos de vida, família e relações de gênero (Margens), o Núcleo de Estudos sobre Deficiências (NED) e em parceria com a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) e a Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (Saad).

‘Um iceberg chamado trote’

O Núcleo de Pesquisa e Extensão em Bioética e Saúde Coletiva da Universidade Federal de Santa Catarina (Nupebisc/UFSC) divulga o vídeo “Um iceberg chamado trote: integração, violência e outras ambiguidades na universidade”. Primeiro Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da graduação em Odontologia produzido em formato audiovisual, o vídeo da estudante Manuela Cotrim, com orientação da professora Mirelle Finkler, convida à reflexão crítica sobre o tema, exibindo as origens e significados ocultos dessa prática secular.Segundo Mirelle, “falar sobre trote é sempre abordar um assunto polêmico. Quase que imediatamente as pessoas se dividem em favoráveis ou desfavoráveis. É justamente essa polarização de opiniões que dificulta melhorarmos as práticas de acolhimento e integração aos novos estudantes universitários. Como isso te afeta? O que você poderia fazer a respeito? O que podemos fazer juntos a respeito?”

Produzido em três idiomas – português, espanhol e inglês – a íntegra do trabalho está disponível nas páginas do Centro de Ciências da Saúde (CCS), do curso de graduação em Odontologia e na página do Nupebisc. Assista a versão em português abaixo:

Leia também:
UFSC recebe novos estudantes com eventos e programas de inclusão digital e assistência
A UFSC te dá as boas-vindas, estudante de 2021.1

Notícias sobre a recepção de estudantes de 2021.1

Tags: Calouros2021.1Cartilha sobre troteComissão de Equidade da UFSCcoronavírusCovid-19gestão coronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Administração Central da UFSC reflete sobre ano letivo de 2020 e prepara novas medidas para primeiro semestre letivo de 2021

09/06/2021 18:03

O ano letivo de 2020 encerrou-se em 22 de maio. Com o início do primeiro semestre de 2021 agendado para a próxima segunda-feira, 14 de junho, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) tem um balanço positivo, apesar de muitas adaptações e dificuldades, e prepara ajustes às medidas de combate à pandemia de Covid-19.

Passados 14 meses das primeiras medidas de combate à pandemia, a Covid-19 segue fazendo milhares de vítimas diariamente, apesar do avanço da vacinação. Portanto, a UFSC planeja um 2021.1 ainda com atividades presenciais suspensas e aulas na modalidade remota. Ainda assim, algumas ações estão sendo planejadas para que a instituição siga funcionando, com respeito aos necessários cuidados.

“Desde que adotamos as primeiras ações, em março do ano passado, talvez seja esse o período em que há alterações mais sensíveis no contexto da pandemia que precisam ser ajustadas”, explica o reitor Ubaldo Cesar Balthazar. 

O gestor refere-se a duas grande medidas que trarão algumas mudanças às rotinas universitárias: a possibilidade de oferta de disciplinas práticas e teórico-práticas, e a atualização do Guia de Biossegurança da UFSC, que deve ser publicado na primeira semana de aulas. 

Disciplinas práticas e teórico-práticas

A Câmara de Graduação regulamentou, em 19 de maio, em caráter excepcional, o rito de análise dos pedidos realizados pelos cursos de oferta de atividades presenciais. A medida já era prevista nas Resoluções 140/2020/CUn e 146/2020/CUn. A partir de agora, os Colegiados de Curso que possuem necessidade de ofertar disciplinas práticas poderão definir e planejar as atividades. Os pedidos devem ser encaminhados à Câmara de Graduação, que avaliará os pedidos por meio de uma comissão que inclui, além dos representantes dos cursos, membros das equipes do Departamento de Atenção à Saúde (DAS), da Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp).

“Com isso esperamos reduzir as demandas represadas, principalmente nos cursos da saúde. E permitir que os alunos que têm pré-requisitos dessas disciplinas possam avançar em sua formação. Tudo feito com o mais rigoroso cuidado,” reforça o reitor.

Novo Guia de Biossegurança

Já as mudanças no Guia de Biossegurança estão sendo editadas tendo em vista o início da imunização da comunidade universitária contra a Covid-19, uma vez que terceirizados, professores e técnicos já receberam ao menos a primeira dose da vacina.

“A partir de 26 de maio, outros membros de nossa comunidade universitária passaram a ser incluídos. Teremos, após a aplicação da segunda dose da vacina, toda a comunidade de trabalhadores efetivamente imunizada e será possível adotar novas rotinas. No entanto, é importante lembrar que a UFSC avança para a Fase 2 e Fase 3 do nosso planejamento de contingência apenas quando os números da pandemia forem mais seguros para todos”, ressalta o reitor. 

A Administração Central editou, em 1º de abril de 2021, a Portaria Normativa nº 390/2021/GR, que prorrogou as atividades em regime remoto até 2 de outubro, quando o cenário epidemiológico deverá ser novamente avaliado. Além disso, o Conselho Universitário aprovou a modalidade remota de aulas para os dois semestres de 2021. 

>> Universidades públicas beneficiaram 85,5 milhões de pessoas em 2020, aponta levantamento da Andifes
(mais…)

Tags: coronavírusCovid-19gestão coronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis publica edital de programas assistenciais regulares e temporários

31/05/2021 17:07

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) publicou o edital com as normas dos programas assistenciais regulares e temporários para o semestre de 2021.1. São contemplados os programas de Isenção das Refeições no Restaurante Universitário, de Bolsa Estudantil (novas vagas), de Auxílio-Moradia, Auxílio-Creche, Auxílio Emergencial e Auxílio-Internet.

O público-alvo são os estudantes regularmente matriculados em cursos de graduação presencial da UFSC com Cadastro Prae válido e cujas famílias possuam renda bruta mensal de até 1,5 salário mínimo per capita. 

Programas Assistenciais Regulares da Prae

Programa de Isenção de Pagamento das Refeições no Restaurante Universitário: objetiva isentar do pagamento das refeições estudantes regularmente matriculados nos cursos de graduação presencial e com renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo per capita.
(mais…)

Tags: auxílio emergencialcoronavíruseditais coronavírusedital dos programas assistenciaisgestão coronavírusPRAEUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Novo cadastramento para a vacinação contra a Covid-19 disponível até 28 de maio

26/05/2021 16:03

Os trabalhadores da UFSC – professores, técnicos-administrativos em Educação e terceirizados – que ainda não se cadastraram para receber a imunização contra a Covid-19 devem preencher um novo formulário até a sexta-feira, 28 de maio, às 23h59.

>> Acesse o link para realizar o cadastro

A Secretaria de Educação do Estado de Santa Catarina é a responsável pela coleta dos dados. Trabalhadores da UFSC de todos os campi – Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville – devem ser cadastrados. Quem já realizou o cadastro em seu município não deve preencher novamente o formulário.

Tags: #TodosPelasVacinascoronavírusCovid-19gestão coronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarinavacinação covid-19

Escola de Gestores promove palestra sobre saúde e segurança no trabalho

05/05/2021 09:03

Noções básicas de saúde e segurança no trabalho em tempos de Covid-19 é o tema da próxima palestra da Escola de Gestores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que ocorre em 13 de maio, quinta-feira, das 15h às 17h. Os médicos do trabalho Irevan Vitoria Marcellino e Roberto Carlos Ruiz serão os palestrantes.

A atividade é on-line e tem como público-alvo os servidores ocupantes de cargo de direção (CD), função gratificada (FG) ou função de coordenação de curso (FCC). Os interessados devem se inscrever até 11 de maio pelo Sistema Gestor de Capacitação (SGCA)

Mais informações no site da Escola de Gestores.

Tags: coronavírusEscola de Gestoresgestão coronavírussaúde e segurança no trabalhoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Departamento de Atenção à Saude da UFSC ressalta rotinas e desafios dos médicos infectologistas durante a pandemia

09/04/2021 15:50

O Departamento de Atenção à Saúde (DAS/Prodegesp) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) destaca, em seu site, as rotinas e desafios dos médicos infectologistas durante a pandemia de Covid-19. No próximo dia 11 de abril será lembrado o Dia do Médico Infectologista. A publicação traz informações sobre a profissão e dicas de prevenção ao novo coronavírus.

Regularmente, o site do Departamento traz dicas relacionadas à prevenção de doenças. Confira em das.prodegesp.ufsc.br

Tags: coronavírusCovid-19gestão coronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Um ano depois: transição para o ensino remoto exigiu superação de desafios e criatividade

18/03/2021 23:09

O ensino foi provavelmente a atividade mais impactada na UFSC pela necessidade de distanciamento social determinada pela pandemia. As mudanças atingiram cerca de 38 mil alunos da graduação, pós-graduação e educação básica, além de quase 3 mil docentes e uma grande quantidade de técnicos-administrativos em Educação em atividades na graduação e pós-graduação. Foi preciso mudar a forma de dar aulas e o modo como a UFSC seleciona os candidatos a ingresso no ensino superior. As seleções de graduação e pós-graduação, que anteriormente se valiam de provas presenciais, precisaram ser adaptadas. A UFSC não realizou vestibular em 2020, e selecionou seus alunos por meio de processos seletivos não presenciais.

Pela complexidade da empreitada, a migração das aulas presenciais para atividades pedagógicas remotas demandou maior tempo de planejamento e aplicação. Foi preciso adaptar todas as ementas e os planos de ensino das disciplinas que poderiam migrar para o modo não presencial. Ao final de um trabalho árduo que envolveu professores, coordenadores de curso e chefes de departamento, sob orientação da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), mais de 90% das disciplinas foram adaptadas ao novo formato. Assim, a UFSC ofereceu 3.638 disciplinas no primeiro semestre remoto da Graduação (2020.1) e 3.680 disciplinas no semestre de 2020.2.

Computadores são higienizados e embalados antes da distribuição (Foto: Divulgação)

Uma das principais preocupações do Conselho Universitário (CUn) ao debater a retomada do ensino de forma remota foi a de que nenhum estudante fosse deixado para trás na possibilidade de seguir com os estudos. Para isso, foram implementados programas de empréstimo de equipamentos, bolsas e auxílios. O esforço de vários setores da UFSC disponibilizou computadores, recursos humanos e financeiros. Foram cerca de 1.400 computadores emprestados a alunos e concedidas 600 bolsas para aquisição de pacotes de dados de acesso à Internet, além de 400 chips distribuídos.

Com a suspensão do funcionamento dos Restaurantes Universitários, alunos com situação socioeconômica mais vulnerável receberam um auxílio emergencial e até mesmo alimentos não perecíveis que estavam estocados no RU. Desde abril do ano passado, a Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Prae) cadastrou e direcionou recursos para que mais de 5 mil auxílios emergenciais no valor de R$ 200,00 pudessem ser repassados aos estudantes. Todas as bolsas concedidas antes da pandemia foram mantidas ou até ampliadas, bem como os programas de iniciação científica.

Permanência

Com o apoio institucional, alunos e professores fizeram a sua parte para continuar as atividades de ensino. A vida de Mayara Vieira, estudante do curso de Design, era muito agitada antes da pandemia, os deslocamentos entre a Universidade e a escola que seu filho frequenta eram diários. Ela conta que no começo do semestre remoto as coisas pareciam mais tranquilas, pois, dar conta dos compromissos e atividades acadêmicas sem a necessidade de se deslocar facilitaria sua vida. Mas depois de um tempo tudo ficou mais difícil, a sobrecarga de atividades trouxe as crises de ansiedade e a decisão por se matricular em menos disciplinas no semestre seguinte. 

Para desenvolver suas atividades acadêmicas, Mayara utilizou computador fornecido pela Universidade. “Ele [o computador] me ajudou do começo ao fim. Ter uma tela maior para ler, assistir às aulas, foi muito benéfico para mim”.

Mayara Vieira (Foto: acervo pessoal)

Mesmo em meio a dificuldades, as vivências negativas da estudante frente à realidade do ensino remoto foram amenizadas graças a todos os suportes assistenciais e de permanência concedidos pela instituição. “Eu tive essa segurança também por que eu sou bolsista da Prae. Eles permaneceram com as bolsas e por isso eu consegui continuar com uma fonte de renda mesmo no meio da pandemia”, diz Mayara. “A UFSC conseguiu contribuir para que eu tivesse um ensino remoto de mais qualidade. Eu vivo da UFSC, sou bolsista, estudo, e meu futuro está pautado em decisões que eu tomo na Universidade”, destaca a estudante.

Dificuldades e superações durante esse ano de pandemia também fazem parte do cotidiano de Vagner de Souza, que cursa o terceiro semestre de Medicina no Campus Araranguá. Ele ingressou no “curso dos seus sonhos” pelo processo seletivo de ações afirmativas para quilombolas. O fato é que suas dificuldades de acesso ao ensino começaram bem antes da pandemia, pois sempre precisou trabalhar para o sustento da família e estudava apenas nas poucas horas vagas.

Vagner e o irmão prestaram vestibular para Medicina, ele para o campus de Araranguá; o irmão para o campus de Florianópolis. “Quando pegamos o resultado e vimos que estávamos na lista dos classificados, a alegria tomou conta e começamos a chorar, pois era um sonho para nós, vindos de uma família pobre. Logo entramos em contato com nossos pais, com a Jéssica, minha namorada,  e comemoramos em família”, relata Vagner, em fala emocionada.

O futuro médico cursou apenas um semestre de forma presencial e sente que a pandemia complicou o processo de compreensão dos conteúdos. De acordo com ele, o número de tarefas e trabalhos é ainda maior, além de ser mais estressante desenvolver as atividades apenas dentro de casa, sem contato com diferentes pessoas e suas realidades. Mesmo assim, se mostra satisfeito com o acolhimento da UFSC. “Sempre fui muito bem assistido pela equipe da universidade, pelos técnicos e professores. A UFSC é uma ótima instituição e  se preocupa com o estudante”. Ao ser instigado sobre uma mensagem que acredita ser importante deixar aos estudantes da UFSC, ele é pontual. “A gente nunca pode se achar incapaz de sonhar e lutar por nossos sonhos e objetivos, independente de cor, raça ou classe social, os nossos sonhos dependem unicamente de nós!”

Calouros

Estar na universidade não é apenas passar no vestibular e ocupar uma vaga no curso dos sonhos. É viver todas as experiências que o ambiente acadêmico traz, é estar em contato com pessoas, criar amizades e afetos que ficam por toda a vida, enfrentar muitas filas no Restaurante Universitário e, antes mesmo de almoçar, já sonhar com o docinho que vai comprar na saída do almoço. 

Essas experiências tiveram que ser adiadas para estudantes que começaram seus estudos na UFSC por meio do ensino remoto, e um dos seus desafios é ressignificar o cotidiano de estudos e as relações que estabelecem com colegas, professores e servidores da instituição.

Amanda Oliveira (Foto: acervo pessoal)

Amanda Oliveira é caloura do curso de Jornalismo, e quando prestou o vestibular presencial não podia imaginar que sua experiência na UFSC começaria de forma remota: “Iniciar a graduação à distância não era o que tinha em mente, ninguém contava com uma pandemia. Foi meio frustrante, mas ao mesmo tempo incrível. Na primeira semana fomos recebidos pelo Piape e tivemos todas as informações necessárias para nos habituar ao ambiente acadêmico”, conta  ela, referindo-se ao Programa Institucional de Apoio Pedagógico aos Estudantes, um serviço de apoio e orientação pedagógica para estudantes da graduação que desenvolve ações para fortalecer os aprendizados e permanência.

Passar do ensino presencial para o remoto foi uma experiência inusitada para os veteranos da UFSC, mas alguns estudantes ingressaram na Universidade já sob o novo formato. É o caso de  Lucas Wallendorf, 19 anos, calouro 2020.2 do curso de Ciências Econômicas. “É um período de adaptação para mim e acho que para todo mundo que entrou no segundo semestre do ano passado, porque não tinha pego ainda o ensino a distância”. 

Lucas Wallendorf (Foto: acervo pessoal)

Lucas afirma que, mesmo não havendo os tradicionais trotes, a recepção remota dos calouros pelos veteranos permitiu “pegar um pouco a vibe do que é uma faculdade, do que é o curso”. Ele consegue ver pontos positivos e negativos das atividades pedagógicas não presenciais. “O bom é que a gente consegue ser flexível no horário. Às vezes a gente não vai poder assistir à aula em um determinado horário e ela fica gravada. A maioria dos professores gravam as aulas, então podemos assistir depois, quando der tempo, ou reassistir a aula. Acho que isso é um ponto bastante positivo”.

“O negativo seria essa convivência da universidade que ainda a gente não pegou, de ir para o campus, trocar ideia com o pessoal, interagir, fazer o networking que iria fazer. Não que a gente não esteja fazendo, mas ia fazer melhor.  A UFSC, pelo que eu vejo, está dando um suporte bom tanto para os alunos quanto para os professores também. Então acho que está em um bom nível assim de começo da faculdade”.

Já Bruno Nunc-Nfôonro Oleszczuk, calouro do curso de Engenharia e Controle de Automação no campus Blumenau precisou modificar toda sua vida para estar na UFSC. Mudou de cidade, procurou um emprego e organizou sua rotina em meio à pandemia. Mesmo assim suas expectativas sobre o curso são as melhores possíveis e a receptividade dos professores e colegas chamou sua atenção: “O entrosamento da turma é muito bom; conversamos muito e todos interagem mesmo em meio à pandemia. Todo mundo é gente fina”, destacou o estudante.

Bruno frisa que a parte mais difícil do ensino remoto é a organização da rotina para que os compromissos não se acumulem. Ao mesmo tempo sente que precisa se esforçar mais para aprender os conteúdos repassados em sala de aula, e esse esforço resulta em conhecimentos mais sólidos. “Faz com que se aprenda mais ao invés de decorar”, afirmou o futuro engenheiro de automação.

Professores

Marilinha integrou ferramentas digitais para facilitar a interação com os alunos (Foto: acervo pessoal)

Os professores também precisaram promover muitas adaptações no seu cotidiano e formas de transmitir o saber. Muitos foram em busca de capacitação para a realização de atividades pedagógicas usando ferramentas de comunicação e meios digitais de interação com os alunos. 

Marília Matos Gonçalves, professora do Curso de Design, conta que conseguiu dar continuidade às atividades de pesquisa e extensão e realizar algumas orientações quando a UFSC suspendeu o expediente presencial. “Tivemos (eu, os professores e os estudantes envolvidos nestas atividades) que aprender a trabalhar 100% em formato remoto”.

Marilinha, como é mais conhecida entre alunos e professores do Centro de Comunicação e Expressão, diz que tudo era muito novo quando as aulas recomeçaram, em agosto de 2020. “A interação, que antes era presencial, passou a ser mediada pelo computador. Minhas disciplinas, que são de projeto para o curso de Design (Branding e Produto de baixa complexidade), têm uma carga horária prática considerável. As ferramentas disponibilizadas pela UFSC, em especial o Moodle e o portal de serviço Google UFSC, passaram a ser uma espécie de sala de aula, nossa área de interação. Ali acontecem os encontros síncronos das disciplinas, as reuniões (PCC; projetos, preparação de aulas). 

>> Coordenadores de cursos fazem avaliação positiva do ensino não presencial na UFSC

Em novembro de 2020, a Pró-Reitoria de Graduação da UFSC divulgou os resultados de uma pesquisa com Coordenadores e coordenadoras de 82 cursos da UFSC. A avaliação foi predominantemente positiva a respeito da experiência do ensino não presencial realizada no semestre 2020.1.

“As aulas de projeto requerem muita interação entre os estudantes que fazem parte das equipes de projeto. Por isso, eu e meus colegas fomos em busca de outras ferramentas que pudessem facilitar essa interação. Um exemplo disso foi usar ao mesmo tempo o Google Meet e o MIRO. Com eles eu consigo acompanhar sincronicamente as atividades de cada grupo. Posso ver o mouse de cada estudante realizando uma tarefa. Eles podem em qualquer momento tirar dúvidas”. 

“Acho que agora, estou mais “acostumada” com essa rotina. Tenho muito o que aprender e agradeço a meus alunos e colegas que me ensinam muito. Mas sinto que o ensino remoto ainda deve durar mais um tempo. Hoje há muitos casos de pessoas infectadas com o coronavírus e, enquanto não houver uma cobertura vacinal contra esse vírus que tantas vidas já tirou, penso que a decisão de manter suspensas as atividades presenciais, até que nos seja permitido transitar em pelas ruas e compartilhar espaços com a devida segurança, seja a decisão mais assertiva e difícil que esta instituição que tanto respeito já teve que tomar”.

A suspensão das atividades presenciais na UFSC nunca foi sinônimo de paralisação das atividades de ensino, seja nas graduações ou nos programas de pós-graduação. O trabalho de adaptação aos novos contextos que o ensino remoto exige foi e ainda é árduo, e o desgaste físico e psicológico gerados pela sobrecarga de trabalho ainda são desconhecidos e questionados por parte da sociedade. 

Professora Marta Verdi, do PPGSC (Foto: acervo pessoal)

Nesse sentido, Marta Verdi, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC) da UFSC é assertiva: sentimos o impacto do aumento de tempo de trabalho necessário para manter nossas atividades em dia. “Tanto nas questões administrativas da coordenação e secretaria do programa, quanto no tempo dedicado ao preparo para as aulas remotas e o tempo dedicado às orientações dos mestrandos e doutorandos”.

Ela destaca que foram muitos os desafios vivenciados pela comunidade universitária durante a pandemia da Covid-19. “No âmbito do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva destacamos: do ponto de vista pedagógico, a dificuldade de modificarmos métodos, estratégias e procedimentos pedagógicos, o que impôs a reinvenção de novas relações mediadas tecnologicamente; do ponto de vista gerencial, o grande desafio foi manter o grau de participação de docentes e pós-graduandos nos processos decisórios do programa, o que foi buscado através do incremento de trabalhos em comissões, reuniões colegiadas, reuniões e seminários científicos envolvendo mestrandos e doutorandos; do ponto de vista científico, o grande desafio foi manter os projetos de pesquisa readequando-os à realidade da pandemia, ou mesmo iniciar novos projetos de pesquisa considerando as grandes limitações impostas pela realidade”.

Segundo a professora, manter atividades de acolhimento e convivência sempre foi uma das preocupações do PPGSC. Por isso, o distanciamento físico e a falta de convivência entre professores e alunos tiveram grande impacto no âmbito das relações interpessoais.

Covid-19: um ano de pandemia na UFSC

Um ano depois: trabalho marcado pela adaptação de rotinas e procedimentos
Um ano depois: pesquisa se estendeu da busca por vacina ao estudo dos impactos psicossociais da pandemia
Um ano depois: atividades e projetos de extensão alcançaram mais de 453 mil pessoas

 

Klay Silva, Luana Consoli, Thaís Martins / estagiárias da Agecom
Mayra Cajueiro Warren e Luís Carlos Ferrari / Agecom

Tags: coronavírusCovid-19gestão coronavírusPRAEUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

HU-UFSC divulga nota sobre ocupação de UTI e fechamento da Emergência Pediátrica

18/03/2021 13:00

Nesta quinta-feira, 18 de março, o Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh) divulgou um Comunicado à sociedade catarinense e uma Nota Oficial sobre o atual momento crítico da pandemia, altas taxas de ocupação dos leitos de internação e 100% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

No Comunicado à sociedade catarinense, o Hospital enfatiza que está “operando, em muitas situações, além da capacidade máxima, o que aponta para riscos severos de ruptura do limite de segurança dos pacientes e trabalhadores por conta de termos atingido nossa capacidade hospitalar. Agora, mais do que nunca, contamos com o apoio da população neste esforço de enfrentamento da Covid-19. Portanto, solicitamos: faça a sua parte, mantenha atenção às normas de proteção e isolamento e às recomendações das autoridades sanitárias neste momento de forte alerta”.

E na Nota Oficial informa que “o HU, em concordância com o Hospital Infantil, define pelo fechamento de sua porta de Emergência Pediátrica, a partir do dia 18 de março, às 11 horas, para que possa ampliar a área de atendimento da Emergência Adulto. Os pacientes que precisarem de emergência pediátrica deverão buscar atendimento nas UPAs ou no Hospital Infantil Joana de Gusmão”.

Tags: Covid-19EbserhFechamento da de Emergência Pediátricagestão coronavírusHUUFSCUTI

Ubaldo Cesar Balthazar: ‘Nossa maior aliada, desde o início, foi a Ciência!’

09/03/2021 13:49

O reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Ubaldo Cesar Balthazar divulgou, nesta terça-feira, 9 de março, uma mensagem aos servidores docentes e técnicos-administrativos em Educação, estudantes e população catarinense. 

Confira a nota, e o vídeo, abaixo.

Um ano atrás, nós começávamos a dura batalha contra o desconhecido. Uma pandemia que assustava e tirava o nosso sono.

Um ano atrás, a UFSC decidiu, corajosamente, adotar medidas de distanciamento com um único propósito: preservar vidas!

Fomos chamados de precipitados, recebemos críticas, diziam que era cedo para suspender atividades. A doença, contudo,  revelou que estávamos no caminho certo!

Mais do que isso: passado um ano, estamos em situação muito mais grave. Milhões de pessoas contraíram a COVID-19, e as mortes se multiplicam em escala assustadora. 

Desde o início, faltou um plano nacional de enfrentamento à pandemia. Estados e municípios, empresas públicas e privadas, cidadãos e cidadãs ficaram perdidos. Nossa maior aliada, desde o início, foi a Ciência!

E nós, na Universidade Federal, sempre deixamos claro que a Ciência foi nossa principal orientação.

Nunca paramos de trabalhar, mas tivemos que alterar profundamente nossa rotina. 

As atividades essenciais – especialmente saúde e segurança – passaram a atuar com assombroso protagonismo. Foram nossos profissionais de saúde, nossos pesquisadores, nossos vigilantes, porteiros, que cuidaram da vida e de nosso patrimônio.

E eles estão sobrecarregados.

A pandemia não dá trégua, não respeita a economia, não pergunta se estamos vacinados. A pandemia mata e vai continuar matando.

Nosso papel é coordenar docentes e técnicos para que consigamos superar a ameaça da pandemia e oferecer à sociedade soluções. 

Na pesquisa, na reflexão sobre os danos, na busca científica por medidas que o estado deve adotar, porque cabe ao Estado, em suas diferentes esferas, proteger a Nação.

Nossas aulas voltaram quando tínhamos as condições objetivas de retomá-las – e não quando alguém supôs que era hora. 

A Ciência continua dizendo: fiquem em casa; usem máscara; evitem aglomeração!

E se o Estado não respeita a ciência, nós respeitamos. 

Em Florianópolis, em Araranguá, em Blumenau, em Curitibanos e em Joinville, a UFSC está mais do que nunca presente! Mesmo com sua comunidade fisicamente distante, nossa atuação está em cada médico e médica, cada enfermeiro e enfermeira, cada pesquisador, cada pesquisadora, que insistem, que teimam, que fazem questão de reafirmar: fiquem em casa! 

Não há remédio para o vírus, mas há vacina! E, de novo, a falta de planejamento do estado, a negação da ciência, nos trouxeram até aqui. 

Há vacina, mas são poucas ainda.

E até que estejamos protegidos, todos protegidos, vamos manter nossa seriedade, nossa responsabilidade e defender, de maneira categórica e irremediável, a Ciência, para fazer o que fizemos um ano atrás: salvar vidas!

 

Ubaldo Cesar Balthazar
Reitor da UFSC

Tags: coronavírusCovid-19gestão coronavírusHospital UniversitárioHUreitor Ubaldo Cesar BalthazarUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Vacinação contra a Covid-19 continua a partir desta terça-feira em unidade no Centro de Florianópolis

01/03/2021 19:01

Estrutura montada pela Secretaria de Saúde no prédio da Sead/TV UFSC, no centro de Florianópolis. (Foto: Luciano Castro/SEAD/UFSC)

A partir desta terça-feira, 2 de março, profissionais e trabalhadores de saúde de 60 anos ou mais poderão vacinar-se contra a Covid-19 no no Centro de Referência de Vacinação do Centro, unidade criada no prédio onde funciona a Secretaria de Educação a Distância (Sead) e TV UFSC, localizado na rua Dom Joaquim, 757, das 8h30 às 16h30. 

A vacinação é planejada e conduzida pela Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis. São elegíveis para a vacinação os profissionais e trabalhadores de saúde de 60 anos ou mais, que atuam em clínicas, hospitais, ambulatórios, laboratórios, e demais estabelecimentos de saúde públicos e privados. 

Para receber a vacina os trabalhadores devem levar:

1. Documento oficial com foto;
2. Declaração de vínculo empregatício (Modelo) com as seguintes informações:
• Nome e endereço do estabelecimento;
• Nome do trabalhador e descrição da função no estabelecimento;
• Timbre e assinatura (pode ser eletrônica) do responsável técnico ou responsável legal pelo estabelecimento.

Idosos de Florianópolis serão vacinados em casa

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Saúde, irá vacinar em casa os idosos de 85 a 89 anos que não puderam ir até um drive-thru durante a última sexta-feira e sábado. A marcação de horários para a vacinação será feita pelas equipes de saúde, em contato com os telefones cadastrados no SUS Municipal. A população que desejar verificar sua atualização cadastral deve entrar em contato com o Alô Saúde Floripa pelo número 0800-333-3233.

com informações da Prefeitura Municipal de Florianópolis
Foto: Cristiano Andujar/PMF

Tags: coronavírusCovid-19gestão coronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarinavacinação covid-19

Mais de 100 pesquisadores da UFSC assinam carta com 10 recomendações para acabar com a pandemia

26/02/2021 14:05

Um documento com mais de 100 assinaturas de professores e pesquisadores da UFSC foi divulgado nas mídias sociais e imprensa catarinense nesta quinta-feira, 25 de fevereiro. Intitulado “Os 10 Pontos Necessários para Acabar com a Pandemia Segundo Pesquisadores e Professores da UFSC”, o documento apresenta um chamado à sociedade para que reflita sobre a necessidade de cumprir algumas medidas necessárias para evitar “um retrocesso de difícil reparação nos sistemas de saúde e educação, ou no desenvolvimento humano, econômico e social”.

A carta conclui salientando a necessidade de “mudança da postura nacional de enfrentamento da pandemia, para não sermos todos cúmplices históricos por naturalizar no século 21 um novo holocausto”. A publicação foi assinada por 104 cientistas, de diversos Centros de Ensino da UFSC.

>> UFSC na Mídia: confira, no site do ND+ e no Bom Dia Santa Catarina a repercussão

>> Documento aberto para novas assinaturas

(mais…)

Tags: com ciênciacoronavírusgestão coronavíruspela vidapesquisa coronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Prefeitura de Florianópolis vacinará idosos contra a Covid-19 em drive-thru montado na UFSC

25/02/2021 22:07

A partir deste sábado, 27 de fevereiro, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) será um dos locais de vacinação a serem utilizados pela Prefeitura Municipal de Florianópolis para a vacinação da população contra a Covid-19. A imunização, no campus da UFSC  será feita inicialmente em idosos de 85 a 89 anos, que poderão comparecer ao Centro de Cultura e Eventos Luiz Carlos Cancellier de Olivo, em formato de drive-thru, além de outros locais de imunização divulgados pela Prefeitura (ver abaixo).

O reitor Ubaldo Cesar Balthazar salientou que, desde março de 2020, a Universidade colocou sua estrutura à disposição da Prefeitura de Florianópolis e dos demais municípios onde a UFSC tem campi, no intuito de colaborar com os esforços de combate à Covid-19. “Temos muita satisfação, neste momento histórico, em fazer parte dos esforços de vacinação. A vacina é um compromisso que cada um de nós assume com a sua própria saúde e com a saúde do outro. É o momento de estarmos do lado da ciência e da coletividade, e a UFSC continuará contribuindo com a sociedade para que possamos chegar ao fim desta pandemia o mais rápido possível.”

drive-thru seguirá o seguinte fluxo: os veículos entrarão exclusivamente pela rótula da Trindade (Rua Roberto Sampaio Gonzaga), e sairão pelo Pantanal (Av. Dep. Antonio Edu Vieira). A organização solicita que pessoas que não estão nesse grupo de idosos não se dirijam aos locais de vacinação. Pessoas não elegíveis para vacina no momento serão direcionadas para saída pela Carvoeira (Rua Cap. Romualdo de Barros).

A Secretaria Municipal de Saúde recebeu 7.175 doses de vacinas contra o novo coronavírus, provenientes do laboratório Sinovac/Butantan. Segundo o IBGE, Florianópolis conta com 3.291 idosos entre 85 e 89 anos vivendo na Capital. Os dados são baseados para a projeção de cobertura de imunização. Os idosos que têm dúvidas se o cadastro está atualizado no Sistema Único de Saúde Municipal devem entrar em contato com o Alô Saúde Floripa pelo número 0800-333-3233, para receber todos os encaminhamentos necessários.

No ato da vacinação os idosos devem levar documento de identidade com foto. Os idosos acamados receberão a vacinação em casa. Na próxima semana, novas estratégias serão divulgadas para a vacinação de idosos que não puderem ingressar no espaço em carros.

Centro de Vacinação montado na prédio da Sead/TV UFSC no centro de Florianópolis já recebe profissionais da Vigilância em Saúde. (Foto: Luciano Castro/SEAD/UFSC)

Vacinação de profissionais da Vigilância em Saúde

A vacinação contra a Covid-19 será avançada também para profissionais e trabalhadores da Saúde da Vigilância em Saúde. Ao todo serão por volta de 600 trabalhadores vacinados. A vacinação ocorrerá nesta sexta-feira, 26, e no sábado, 27, no Centro de Vacinação do Centro, unidade criada no prédio da UFSC onde funciona a Secretaria de Educação a Distância (Sead) e TV UFSC, localizado na rua Dom Joaquim, 757, das 8h30 às 16h30.

Para receber a vacina os trabalhadores devem levar documento com foto, além da declaração de vínculo empregatício com o número do SCNES, nome e endereço da Instituição, timbre e assinatura do responsável técnico ou legal da Instituição.

O professor Luciano Castro, secretário de Educação a Distância da UFSC tem acompanhado as adaptações do prédio para receber as equipes de saúde, e ressalta que “a união das forças nesse momento tão delicado que estamos vivendo é fundamental e por isso a UFSC nunca medirá esforços para contribuir no que for possível.”

(mais…)

Tags: Centro de Cultura e EventoscoronavírusCovid-19gestão coronavírusHospital UniversitárioUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

HU-UFSC inaugura ambulatório de reabilitação para pacientes pós-internação de Covid-19 e outras especialidades

18/02/2021 15:53

O Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh) vai contar, a partir do dia 22 de fevereiro, com um ambulatório específico para atender pacientes após a internação no HU-UFSC e que precisam de atendimento na área de fisioterapia e educação física. Na fase inicial, o novo serviço vai receber pacientes com sequelas geradas pela Covid-19 e, nas próximas etapas, passará a atender pacientes de outras especialidades: Cirurgia Bariátrica, Transplante Hepático, Cirurgia Vascular e Cirurgia Oncológica, especialmente a Cirurgia de Câncer de Mama e Reconstrução Mamária.

A chefe da Unidade de Reabilitação e responsável técnica do ambulatório, a fisioterapeuta Luiza Martins Faria, explicou que o programa de reabilitação deseja ser uma continuidade do tratamento hospitalar e acompanhamento ambulatorial, proporcionando uma recuperação integral, com menor incidência de complicações e reinternações, além de estimular o autocuidado por meio da educação em saúde.
(mais…)

Tags: coronavírusCovid-19Ebserhgestão coronavírusHUUFSC

Hospital Universitário já vacinou mais de mil trabalhadores

04/02/2021 16:48

A fisioterapeuta, Juliana El Hage Meyer de Barros Gulini, esteve no primeiro grupo de vacinados no HU-UFSC/Ebserh. Foto: Sinval Paulino

O Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh) já atingiu a marca de mais de mil profissionais vacinados contra a Covid-19 desde o dia 20 de janeiro, quando foram disponibilizadas as primeiras 250 doses. A vacinação no HU segue o fluxo definido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que é organizado em fases, atingindo os trabalhadores com todos os vínculos, além de residentes e terceirizados que atuam nas áreas contempladas em cada fase.

Na fase 1A, o HU recebeu 250 doses para os trabalhadores da UTI, seguidas de 300 doses para profissionais da Urgência e Emergência adulto, incluindo as equipes de apoio que atuam nestas unidades, caso dos profissionais que realizam endoscopia, trabalhadores do RX que atuam nestas áreas, bem como do laboratório, nutrição, entre outros. Ou seja, todas as atividades envolvidas nas unidades foram atendidas. Paralelamente, já foi organizada a programação da segunda dose para estas equipes.
(mais…)

Tags: Covid-19Ebserhgestão coronavírusHUUFSCvacinação

HU-UFSC recebe três pacientes de Manaus neste domingo, 31 de janeiro

31/01/2021 09:54

(Foto: Divulgação)

O Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC) recebeu três pacientes com Covid-19 vindos de Manaus neste domingo, 31 de janeiro. A ação de transporte dos pacientes faz parte de uma operação que está sendo coordenada pelo Ministério da Saúde em parceria com o Ministério da Defesa e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh/MEC), da qual o HU-UFSC faz parte, e conta com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina (SES/SC).

Os pacientes ficarão em leitos de enfermaria, na estrutura Covid-19 que foi montada pelo HU-UFSC desde o início da pandemia. A logística de recepção e transporte destes pacientes foi realizada pela SES/SC. Todos os protocolos de biossegurança foram seguidos e os atendimentos locais não serão afetados. O quadro de saúde dos pacientes está estável.
(mais…)

Tags: coronavírusCovid-19gestão coronavírusHospital UniversitárioHospital Universitário (HU/UFSC)HUHU CoronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Nova etapa da vacinação no HU-UFSC começa nesta terça-feira

26/01/2021 10:46

Nos dias 26, 27 e 28 de janeiro, das 7h às 15h, no auditório da Medicina (ao lado do xerox) a campanha de vacinação contra Covid-19 dos trabalhadores do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh) terá continuidade, e serão vacinados os trabalhadores da Emergência Adulto (geral/covid) e áreas de apoio.

Para ser vacinado é preciso apresentar o cartão do SUS, o crachá e um documento com foto. É importante levar caneta para assinar a folha de presença, manter o uso de máscara, o distanciamento social e evitar conversar durante a atividade.

Os profissionais receberão a segunda dose já no próximo mês, seguindo as orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Não podem receber a vacina as pessoas que estão com febre acima de 37,5 graus, as gestantes/lactantes e as pessoas que já receberam alguma outra vacina contra a Covid-19.

Tags: coronavírusCovid-19Ebserhgestão coronavírusHUUFSCvacinação

Hospital Universitário inicia vacinação nesta quarta-feira, 20

19/01/2021 17:25

As vacinas foram entregues nesta terça-feira (19/01). Foto: Sinval Paulino/HU

O Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh) vai iniciar nesta quarta-feira, 20, a vacinação de sua equipe. A partir das 7 horas, começa a aplicação da primeira dose para todos os trabalhadores da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) – independente do vínculo, incluindo residentes e terceirizados. A vacinação no HU será em etapas, segundo orientação da Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis.

A vacinação no hospital está sendo organizada pelo Serviço de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho (Sost) e nesta primeira etapa a atividade será realizada durante três dias, no período de 7h às 15h. Na semana que vem, está prevista a vacinação dos trabalhadores da Emergência e da Clínica Médica 1.

Para ser vacinado, é preciso apresentar o cartão do SUS, o crachá e um documento com foto. É importante levar caneta para assinar a folha de presença, manter o uso de máscara, o distanciamento social e evitar conversar durante a atividade. Os profissionais receberão a segunda dose já no próximo mês, seguindo as orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
(mais…)

Tags: Covid-19Ebserhgestão coronavírusHUUFSCvacinação

UFSC realiza cerimônias de posse de 24 novos servidores por videoconferência

14/01/2021 11:53

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizou a posse de 24 novos servidores por meio de videoconferência nos dias 11 e 13 de janeiro. Desde novembro, as cerimônias foram substituídas pela nova modalidade, em decorrência da manutenção do trabalho remoto e das medidas de prevenção à Covid-19. A partir da data posse, os novos servidores têm 15 dias para entrar em exercício.

No dia 11, foram 14 servidores técnico-administrativos em educação; no dia 13, dez servidores docentes. Da primeira cerimônia, participaram o reitor em exercício, Pedro Luiz Manique Barreto; a pró-reitora de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas, Carla Burigo; e a Coordenadora de Admissões, Concursos Públicos e Contratação Temporária, Gabriela Perito Deitos. Na segunda, também participaram o pró-reitor de Graduação, Daniel de Santana Vasconcelos; a diretora do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas, Eliete Warquen Bahia Costa; e o secretário-geral da Apufsc Sindical, Douglas Francisco Kovaleski.
(mais…)

Tags: coronavírusgestão coronavírusPró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de PessoasProdegespUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC tem estrutura adequada para armazenar vacinas em baixíssimas temperaturas

13/01/2021 09:42

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) possui uma estrutura adequada para armazenar com segurança vacinas contra a Covid-19 que necessitem de conservação a baixíssimas temperaturas. Essa foi a conclusão de representantes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Florianópolis, que fizeram nesta terça-feira, 12 de janeiro, uma visita técnica a instalações do campus de Florianópolis. A Universidade identificou, num primeiro momento, cinco ultrafreezers com capacidade total de quase 2 mil litros que poderiam ser cedidos à Prefeitura para armazenagem de vacinas. A visita foi acompanhada pelo prefeito Gean Loureiro.

A visita técnica foi decidida em uma reunião entre representantes da UFSC e da Secretaria na última sexta-feira, 8 de janeiro, na qual foram detalhados os termos da parceria entre a Universidade e o poder público municipal em ações de combate à pandemia de Covid-19. Além de ceder os ultrafreezers, a UFSC também colocou à disposição da Prefeitura espaço físico no prédio da Secretaria de Educação a Distância e TV UFSC, na área central de Florianópolis, para abrigar equipes de investigadores epidemiológicos.
(mais…)

Tags: coronavírusgestão coronavírusPrefeitura de FlorianópolisUFSCUltrafreezersUniversidade Federal de Santa Catarinavacina

UFSC anuncia novos nomes para a vice-reitoria e a Pró-Reitoria de Graduação

23/12/2020 12:23

O ano de 2021 começará com dois novos integrantes na gestão da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Catia Regina Silva de Carvalho Pinto, professora do Departamento de Engenharias da Mobilidade e ex-diretora do Campus de Joinville, será a nova vice-reitora. Catia substitui, no cargo, Alacoque Lorenzini Erdmann, cujo mandato se encerra em 31 de dezembro de 2020. Já o docente do Departamento de Economia e Relações Internacionais da UFSC Daniel de Santana Vasconcelos assume a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), no lugar de Alexandre Marino Costa, que solicitou a saída do cargo por motivos pessoais.

Professora do Departamento de Enfermagem e do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Alacoque assumiu como vice-reitora em maio de 2016, junto com o professor Luis Carlos Cancellier, para um mandato de quatro anos. A chapa da dupla foi escolhida pela comunidade acadêmica na consulta para a Reitoria em novembro de 2015. Como a nomeação da vice-reitora é prerrogativa do reitor – diferentemente do que ocorre com este cargo, que é nomeado pelo Ministério da Educação (MEC) –, Alacoque teve seu mandato prorrogado até o final de 2020.
(mais…)

Tags: Administração CentralCatia Regina Silva de Carvalho PintocoronavírusDaniel de Santana Vasconcelosgestão coronavírusprogradUFSCUniversidade Federal de Santa Catarinavice-reitora

UFSC divulga orientações para retirada de kits de alimentação para estudantes de Florianópolis

18/12/2020 11:20

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis da Universidade Federal de Santa Catarina (Prae/UFSC) informa a relação de estudantes inscritos para receber os kits de alimentação, a partir desta quinta-feira, 17 de dezembro:

>>Lista dos estudantes aptos a efetuarem a retirada de kit de alimentação<<

Orientações para retirada

Os estudantes inscritos no campus de Florianópolis (no Restaurante Universitário/Campus Trindade) devem efetuar a retirada dos kits conforme as seguintes orientações:

– Estudantes com primeiro nome iniciando com letras “A” a “G”: quinta-feira (dia 17/12/2020) a partir das 14h, no RU (setor de carga e descarga, na lateral do CFH);

– Estudantes com primeiro nome iniciando com letras “H” a “N”: sexta-feira (dia 18/12/2020) a partir das 14h, no RU (setor de carga e descarga, na lateral do CFH);

– Estudantes com primeiro nome iniciando com letras “P” a “Y”: segunda-feira (dia 21/12/2020) a partir das 14h, no RU (setor de carga e descarga, na lateral do CFH).

A UFSC seguirá protocolos de segurança em combate à pandemia de Covid-19 no ato da entrega (uso de álcool em gel para higienização das mãos e dos produtos a serem distribuídos). Desta forma, conta-se com a colaboração de todos quanto à manutenção do distanciamento social e o uso de máscara é obrigatório durante a entrega.

Para os campi de Araranguá, Blumenau, Curitibanos e Joinville, as datas de retirada dos kits, nos respectivos campi, serão divulgadas em breve.

Tags: Covid-19gestão coronavírusPró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Projeto do CCA contabiliza doação de 2 toneladas de alimentos agroecológicos a mais de mil pessoas na pandemia

18/12/2020 11:14

A parceria entre o Mandato Agroecológico e o Núcleo de Agroecologia da Fazenda Experimental da Ressacada da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) iniciou-se em abril deste ano e implementou o Projeto Plantio Agroecológico Solidário (PAS). A iniciativa contou com a coordenação das professoras Patrizia Ana Bricarello e Marília Carla de Mello Gaia, ambas do Núcleo de Agroecologia UFSC, e do professor Ilyas Siddique, do Laboratório de Ecologia Aplicada (LEAP/UFSC).

O projeto foi desenvolvido em uma área de aproximadamente 3,7 mil m² de plantio: 2,5 mil m² é a área coordenada pelo Núcleo de Agroecologia; e 1,2 mil m² é a área de agrofloresta, coordenada pelo LEAP/UFSC. O PAS possui vários parceiros, dentre eles está o LEAP, a Fazenda Experimental da Ressacada (FER), o Viveiro de Mudas da FER, o Setor de Avicultura da FER, o Centro de Ciências Agrárias (CCA/UFSC), o Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo (Cepagro), o Laboratório de Educação do Campo e Estudos da Reforma Agrária (Lecera) e o Sesc Cacupé.

De abril a dezembro deste ano, o projeto já fez a doação de mais de 2 toneladas de alimentos agroecológicos e biodinâmicos (sem veneno). Mais de mil pessoas receberam doações do PAS, seja em forma de marmitas preparadas pelas cozinhas comunitárias ou os alimentos in natura.

Campanhas solidárias parceiras no período:
Campanha Covid-19
Floripamor
Casa São José da Serrinha
Mutirão do Bem Viver
Coletivo Buva

Cozinhas comunitárias no período:
Cozinha Solidária do Ribeirão da Ilha
Cozinha de Todes
Templo Hare Krishna (ISKCON)

Também foram beneficiados com as doações do PAS:
Estudantes da UFSC (em situação de vulnerabilidade)
Terceirizados da UFSC (em situação de vulnerabilidade)
Igreja Batista
Famílias Haitianas

Durante o decorrer do projeto ocorreram nove encontros virtuais de formação para o voluntariado. Entre os temos abordados estavam: Agroecologia, Agricultura Biodinâmica, Homeopatia Vegetal, Sistemas Agroflorestais, Veganismo, Agrotóxicos e a Lei Municipal 10.628 de 08/10/19, Adubação Verde, Pastoreio Racional Voisin e “É permitida a presença de agrotóxicos na água que bebemos?”.

O projeto rendeu ainda frutos acadêmicos, como a apresentação de dois trabalhos científicos em dois eventos (Congreso Latinoamericano de Agroecología, Montevidéu – Uruguai, e 38° Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, Universidade Estadual de Londrina), além do início de um projeto de Iniciação Científica sobre a utilização do descarte da lã das ovelhas para cobertura do solo dos canteiros das hortaliças.

Tags: Centro de Ciências Agrárias (CCA)Covid-19Fazenda Experimental da Ressacadagestão coronavírusProjeto Plantio Agroecológico SolidárioUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

UFSC empossa 12 novos servidores em cerimônia on-line

09/12/2020 17:01

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp) realizou nesta terça-feira, 8 de dezembro, cerimônia de posse de 12 novos servidores Técnico-administrativos em Educação (TAE). Realizado por videoconferência, o evento contou com a presença da vice-reitora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alacoque Lorenzini Erdmann, da pró-reitora de Gestão de Pessoas, Carla Cristina Dutra Burigo,  da Diretora do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas (DDP), Gabriela Perito Deitos e da representante do Sindicato dos Trabalhadores da UFSC (Sintufsc), Giana Carla Laikovski. Confira, abaixo, a lista dos setores que receberam novos membros da equipe:
(mais…)

Tags: coronavírusgestão coronavírusPró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (PRODEGESP)UFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Conselho Universitário define modalidades de ingresso nos cursos de graduação da UFSC em 2021

08/12/2020 17:39

O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em reunião realizada nesta terça-feira, 8 de dezembro, definiu como será feita a seleção de candidatos às vagas dos cursos de graduação em 2021. O acesso às vagas se dará por diversas formas de seleção: o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), médias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2017, notas de Vestibulares da UFSC a partir de 2018 e um vestibular tradicional no segundo semestre, em data a ser definida posteriormente.

A partir da decisão do Conselho, a Comissão Permanente do Vestibular (Coperve) vai se debruçar agora na elaboração de um cronograma para os processos seletivos, que deve ser divulgado ainda em 2020, além de começar o trabalho de regulamentação e criação das condições técnicas para operacionalizar os processos seletivos.

A proposta foi apresentada em parecer substitutivo do conselheiro Edson Roberto De Pieri e aprovada por ampla maioria. Conforme o parecer, do total de vagas dos cursos de Graduação oferecidas em 2021, 30% serão preenchidas através SiSU, como ocorre tradicionalmente. Dos 70% restantes, a metade das vagas semestrais e a totalidade das vagas anuais serão oferecidas no primeiro semestre, em processos seletivos não presenciais que usarão médias do Enem de 2017 a 2020 (70%) e Vestibulares da UFSC a partir de 2018 (30%). As vagas remanescentes (50% das vagas semestrais), serão ofertadas em um Vestibular presencial a ser realizado pela Coperve, em data a ser definida em função do calendário acadêmico.
(mais…)

Tags: conselho universitáriocoronavírusEnemgestão coronavírusUFSCUniversidade Federal de Santa CatarinaVestibular
  • Página 1 de 4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4