Feira da EdUFSC abre dia 18 com descontos de 30% a 70% no Centro de Convivência

14/03/2013 12:19

Foto: Wagner Behr/Agecom/arquivo 2012

Consolidada como evento cultural e já integrada ao calendário do Estado, a tradicional Feira do Livro da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC ) começa , oficialmente, segunda-feira, dia 18, no Centro de Convivência, no Campus da Trindade, em Florianópolis. A solenidade de abertura, às 10 horas, deverá ser prestigiada pela reitora Roselane Neckel. A feira terá como patrono Franklin Cascaes, falecido no dia 15 de março de 1983, portanto, há 30 anos. Durante três semanas, além de lançamentos e conversas com escritores, a editora  oferecerá 600 títulos e seis mil livros do seu catálogo com descontos de 30% a 70%. Outros quatro mil títulos disponibilizados são oriundos de outras editoras universitárias e privadas. “O principal critério para participar é a qualidade da publicação”, esclarece Sérgio Medeiros, diretor executivo da EdUFSC. A feira coincide com o início do primeiro semestre letivo na universidade e está localizada no trajeto dos calouros.
(mais…)

Tags: EdUFSCfeiraLivros

Feira de Livros da EdUFSC começa no dia 18 no Centro de Convivência

12/03/2013 11:02

Foto: Wagner Behr/Agecom/arquivo 2012

A tradicional Feira do Livro da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que já faz parte do calendário cultural do Estado, será realizada pela décima vez no Campus da Trindade, em Florianópolis, no período de 18 de março a 2 de abril. Oferecendo descontos de até 70% nos títulos próprios, incluindo as obras cobradas nos vestibulares, o evento deixa a lona da Praça da Cidadania, em frente à reitoria, para se abrigar no recém-vitalizado Centro de Convivência, no coração do Campus. O funcionamento nas três semanas será de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 19 horas. Nas quartas-feiras, lembra o diretor Sérgio Medeiros, a feira vai até às 20 horas, por conta de lançamentos, conversas e visitas de escritores e leitores.
(mais…)

Tags: EdUFSCfeiraLivros

Feira da EdUFSC comemora lançamento de obra póstuma de Jacques Derrida

25/10/2012 09:37

Sérgio Medeiros: prestígio

A tradicional Feira de Livros da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC), no Campus da Trindade, em Florianópolis, teve seu momento mais importante com o lançamento ontem (24) do livro Pensar em não ver: escritos sobre a arte do visível, de Jacques Derrida. Trata-se da primeira edição mundial póstuma do famoso filósofo francês.

A feira, iniciada no dia 24 de setembro, termina oficialmente hoje, 25 de outubro. Todavia, avisa a equipe da EdUFSC, continuará funcionando amanhã, sexta(26), até a desmontagem da barraca. As obras da EdUFSC estão sendo oferecidas com até 70% de desconto.

Para o diretor Sérgio Medeiros, “ter Jacques Derrida no catálogo, além de prestígio, significa abrir portas para a Editora no Brasil e no exterior”. Durante o lançamento, Medeiros conversou com filósofos, historiadores, artistas e estudantes. O escritor João Carlos Mosimann, autor de Catarinenses – Gênese e História, marcou presença, elogiando a iniciativa e a qualidade gráfica da obra. Comentou ainda a importância da editora universitária em publicar títulos universais sem abandonar a literatura local e regional.

Durante a feira, por exemplo, foram relançados dois clássicos da literatura local: O detetive de Florianópolis, de Jair Hamms, e O fantástico da Ilha de Santa Catarina, de Franklin Cascaes. Outro destaque foi a reedição de Contos Gauchescos, de João Simões Lopes Neto, organizado por Cláudio Cruz para celebrar o centenário da primeira edição desse clássico caipira.

Embora ainda não tenha feito um balanço, a equipe da EdUFSC considerou a feira um sucesso. A direção da editora já confirmou presença na 11ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex), que acontece de 21 a 24 de novembro no campus da universidade.

Lançamento do livro de Jacques Derrida

Mosimann (primeiro plano): elogios para a qualidade gráfica da obra

Mais informações e contatos: Sérgio Medeiros e Fernando Wolff, (48) 3721-9605, 3721-9408, 3721-9686 e 3721-8507, e-mails: e .

Por Moacir Loth/jornalista da Agecom

Fotos: Henrique Almeida/Agecom

 

Veja a reportagem da TV UFSC:

Tags: derridafeiralançamentosUFSC

Feira da EdUFSC relança Contos Gauchescos, clássico da literatura sulista

08/10/2012 10:51

A Feira de Livros da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC), que prossegue no Campus da Trindade, em Florianópolis, até o dia 25 de outubro, apresenta nesta quarta-feira, dia 10 de outubro, a partir das 16h30min, mais uma atração cultural. Será uma sessão de autógrafos, seguida de uma conversa com leitores, com o organizador do livro Contos Gauchescos, Cláudio Cruz, relançado pela EdUFSC e que marca o centenário desse clássico da literatura sulista escrito pelo escritor João Simões Lopes Neto. A feira oferece obras com descontos de 50 a 70%, funcionando de segunda à sexta-feira, das 8h30min às 19 horas.

Segundo Cláudio Cruz, o escritor Simões Lopes, natural de Pelotas (RS), é reconhecido hoje como um dos principais nomes da literatura regionalista do País. Nasceu em 1865 e faleceu em 1916. Contos Gauchescos foi lançado em 1912, dando “voz a um dos personagens mais ricos e instigantes da literatura nacional, o campeiro Blau Nunes, narrador de todos episódios do livro”. Valorizado aos poucos, o autor produziu “uma verdadeira revolução na linguagem literária”.

Inicialmente restritos à sua terra natal, os contos de Simões Lopes alcançaram o Estado, depois fama nacional e, na sequência, conquistaram também os leitores dos países do Prata. Esta reedição, comemorativa ao centenário da obra, terá, na opinião do organizador, papel fundamental na consolidação da literatura produzida pelo escritor regionalista. O livro integra a Coleção Repertório, destinada à difusão do clássico da arte e do pensamento.

A Feira da EdUFSC, que abriu com o relançamento de O detetive de Florianópolis, de Jair Hamms, marcou ainda a apresentação, em volume único, de O Fantástico na Ilha de Santa Catarina, de Franklin Cascaes, para o dia 17, às 16h30min, com a presença do divulgador e discípulo do autor Gelci José Coelho ( o Peninha ).  O encerramento do evento será em alto estilo. Dia 24, às 16h30min, a EdUFSC lança a primeira edição mundial póstuma de Pensar em não ver: escritos sobre a arte visível, dofilósofo francês Jacques Derrida.

Mais informações e contatos: Sérgio Medeiros e Fernando Wolff,(48) – 3721-9605 , 3721-9408 , 3721-9686  e  3721-8507, e-mails: , .

Moacir Loth/Jornalista da Agecom / UFSC

Tags: contosfeiraLivrosUFSC

John Cage na Feira de Livros da EdUFSC e na Igrejinha

02/10/2012 09:41

Depois do relançamento de “O detetive de Florianópolis” de Jair Francisco Hamms, prestigiado pela presença da viúva Lúcia Rupp, a Feira de Livros da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC) encerra no dia 3 de outubro, quarta-feira, a partir das 16h30min,  a primeira etapa da edição deste ano com o lançamento do livro Cage e a poética do silêncio (Letras Contemporâneas) de Alberto Heller.

A segunda parte da feira acontecerá no período de 21 a 24 de novembro, reforçando a 11ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex), que socializa a ciência, o conhecimento e a cultura produzidas pela universidade. “A participação da Editora na Sepex é fundamental”, argumenta o chefe do Gabinete, Carlos Vieira.

Além de Heller, confirmaram presença, na tenda montada em frente à Reitoria, Grace Torres e Lilian Nakahodo, que autografarão o CD “Preparado em Curitiba: Sonatos e Interlúdios para Piano Preparado”, gravado em comemoração ao centenário do compositor, poeta, escritor e teórico musical norte-americano John Cage. Após o lançamento do livro e do CD haverá um concerto de piano preparado na Igrejinha da UFSC, às 19 horas, com Torres e Nakahodo. A entrada é franca.

Organizada anualmente pela EdUFSC no Campus da Trindade, em Florianópolis, a feira oferece aos leitores da Comunidade Universitária e ao público em geral obras com descontos de 50 a 70%. A promoção contempla todos os títulos editados ao longa de 32 anos de atuação da editora universitária, incluindo os lançamentos e reedições.

O livro de Alberto Heller, que será lançado nesta quarta-feira, trata da vida e obra de um dos maiores experimentadores e inventivos compositores do mundo. John Cage, com a sua música aleatória, foi um vanguardista que influenciou a vida artística do século XX. Dos seus experimentos, um dos mais conhecidos é uma peça para piano intitulada 4’33 (quatro minutos e 33 segundos), composta basicamente por pausas. “Não é uma música composta apenas de silêncio, mas formada pelos seus ambientes dentro do teatro”, explicou o próprio Cage. Ou seja, em síntese, resumia-se a ritmo.

Grace Torres e Lilian Nakahodo, que lançarão o CD em homenagem a Cage, explicam que gravaram “Sonatas e Interlúdios” porque esta obra, escrita no imediato pós-guerra mundial, é um marco na trajetória do compositor e uma das obras mais representativas do repertório de concerto”. Talvez seja, acrescenta Grace em entrevista ao diretor da EdUFSC, Sérgio Medeiros, a composição que “mais revolucionou o próprio conceito de composição para piano na música do século XX”.

Segundo Grace Torres, John Cage criou a preparação do piano segundo critérios sonoros bem definidos. “Produziu até uma espécie de bula de preparação”, lembrou. É um processo cheio de detalhes que exige atenção contínua. “Após a preparação, precisamos experimentar o piano tocando algumas peças para avaliar a sonoridade obtida”.

A obra de John Cage já foi apresentada em várias cidades do Brasil. Grace Torres e Lilian Nakahodo ficaram impressionados com o desconhecimento do público e dos artistas em relação à importância da obra do compositor. Mas se dizem felizes pela repercussão. “As pessoas têm gostado demais. Após o concerto, muitas pessoas vêm falar conosco no palco, perguntam muitas coisas, chegam perto do piano, compram o CD para ouvir em casa”. Estão felizes com o “Projeto John Cage – Preparado em Curitiba” que vem popularizando a obra do revolucionário compositor no Brasil.

A EdUFSC está relançando o clássico da literatura sulista Contos gauchescos, de Simões Lopes Neto, organizado por Cláudio Cruz. A reedição marca o centenário da primeira edição, em 1912. A editora também está homenageando a cultura açoriana. Com apresentação e prefácio do museólogo Gelci José Coelho (o Peninha), a EdUFSC publica, num volume único, O fantástico da Ilha de Santa Catarina, de Franklin Cascaes. As duas obras integram a coleção Repertório da EdUFSC, dirigida à divulgação de clássicos de arte e do pensamento.

Além disso, o diretor Sérgio Medeiros anuncia a tradução de mais um clássico da literatura universal: Pensar em não ver: escritos sobre a arte do visível, de Jacques Derrida. Será a primeira edição mundial desse livro póstumo de um dos principais filósofos franceses de todos os tempos. A iniciativa reforça a política da EdUFSC de publicar “livros para ler o mundo”, sem abandonar  ou desmerecer as demais coleções que abarcam a literatura local, regional e nacional, bem como a produção científica, tecnológica, cultural e cunho didático.

Mais informações e contatos:

Sérgio Medeiros e Fernando Wolff

(48) – 3721-9605, 3721-9408 , 3721-9686  e  3721-8507

e-mails:

Por Moacir Loth/jornalista na Agecom

Tags: CagefeiraUFSC

O Detetive de Florianópolis confirma presença na Feira da EdUFSC

20/09/2012 11:30

O evento atrasou um pouco com a greve das universidades, mas a comunidade  não perdeu por esperar. Este ano a tradicional Feira de Livros da EdUFSC, que começa no dia 24 de setembro, às 8h30min, na Praça da Cidadania, em frente ao prédio da Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, não será uma iniciativa apenas para valorizar o livro e estimular a leitura. Com destaque para a reedição do clássico da literatura catarinense O detetive de Florianópolis, de Jair Francisco Hamms, a Editora da Universidade Federal promoverá lançamentos e diálogos com autores e visitantes. A feira funcionará de 24 de setembro a 24 de outubro. Nas segundas, terças, quintas e sextas-feiras o atendimento será das 8h30min às 19 horas. As quartas, das 8h30min às 20 horas 30min,  serão reservadas para sessões de autógrafo, conversas e atividades culturais.

Todos os títulos das diversas coleções consolidadas da EdUFSC poderão ser adquiridos com descontos de até 70% do preço de capa. Além das obras locais, regionais e nacionais, publicadas ao longo de 32 anos de existência, oferece clássicos da literatura universal, editados com capricho e criatividade. “Nossos livros, do miolo à capa, estão muito atrativos e impressos com esmero”, garante o diretor executivo Sérgio Luiz Rodrigues. “São títulos fundamentais, de excelentes autores e de interesse universal”, acrescenta o escritor e professor de literatura.

Publicando “livros para ler o mundo”, a feira da EdUFSC também reservou um espaço especial para editoras universitárias de ponta. A Liga das Editoras Universitárias  (LEU) ocupará 175m2 da tenda da feira colocando à disposição dos leitores títulos selecionados das Editoras da USP, Unicamp, UFMG, UnB, UFPA, entre outras. A Feira local, segundo o diretor administrativo e de marketing da EdUFSC, Fernando Wolff, vem enriquecida pela “exitosa participação” na 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo e da recente Feira de Curitiba. “A lição não é tanto vender, mas aprender a arte de lidar com a matéria, o livro”, assinalou, sublinhando, ao mesmo tempo, a importância da “divulgação e da popularização da produção editorial universitária”.

Montada sob uma tenda branca, a feira, na visão de Sérgio Medeiros, desperta o olhar do leitor e chama “a atenção do extraordinário poder que a palavra impressa tem de despertar emoções e levar conhecimentos a todos os leitores”. O melhor exemplo disso é Códices –   os antigos livros do novo mundo, de Miguel León-Portilla, que resgata a memória e a cultura dos povos indígenas da Mesomérica, pioneiramente lançado no Brasil pela EdUFSC, ou ainda Negerplastik (Escultura Negra), de Carl Einstein, que mudou radicalmente a visão sobre a arte dos  povos africanos. Ou, então, Homo Academicus, obra-prima de Pierre Bourdieu, que põe a nu “o poder classificatório e autorregulador dos intelectuais”.

Ao lado dos títulos universais, que contemplam todos os gêneros literários, os leitores são brindados com o fortalecimento e a renovação estética da Coleção  Didática da EdUFSC. “São obras que percorrem todas as áreas do saber, da Matemática à Medicina, da Engenharia à Biologia”, sintetiza Sérgio Medeiros.

A Feira de Livros da EdUFSC, na sua nova edição, ganha vida e conquista movimento. A cada  quarta-feira, portanto, a partir das 16h30min, presenteará os leitores e visitantes com lançamentos e a presença de convidados para um bate-papo.

Será assim, por exemplo, no dia 26 de setembro, a partir das 16h30min, com o relançamento do livro O Detetive de Florianópolis, que contará com a presença da viúva do autor, Lúcia Rupp Hamms. Falecido em janeiro deste ano, Hamms, além de escritor consagrado, foi fundador e ocupou o cargo de secretário geral da UFSC. Escreveu, entre outros, A Cabra Azul, o Vendedor de Maravilhas e Samba no Céu, além de Batuque com tempero, em parceria com Flávio José Cardozo. Os episódios que marcam a carreira do detetive Mané Domingos Tertuliano Tive (D.T.TIVE), com escritório no Centro de Florianópolis, podem matar o leitor de emoção. Vítima de constantes trotes, entre um e outro, descobriu quem colocou a “merda no ventilador”. O leitor, diria o detetive, vai se mijar de tanto rir. Parecem histórias típicas de Mané, porém ampliadas pela lupa bem dotada do autor. Nos contos policiais, nem Rubem Fonseca faria melhor. Aliás, até conseguiria, mas sem a picardia e o humor de Hamms. A novidade, por conta da reedição, é que o detetive vai para o cinema. Fernanda de Conto, capista do livro, transformará em curta-metragem o conto “O detetive de Florianópolis e os dólares de Chapecó”.

O diretor da EdUFSC, Sérgio Medeiros, realça também o lançamento de Cage e a poética do silêncio (Letras Contemporâneas), de Alberto Heller, que, ao lado de Grece Torres e Lilian Nakahodo, autografarão o CD em comemoração ao centenário do compositor e poeta John Cage.

Além de Ecos do porão, de Silveira de Souza (Vol.2), que está na lista no Vestibular da UFSC, a EdUFSC destaca, na feira, obras de interesse coletivo e acadêmico. Sem desmerecer outros, a Feira da EdUFSC não esconde títulos como “Introdução à Engenharia: conceitos, ferramentas e comportamentos”, de Walter Bazzo e Luiz Teixeira; Estatística Aplicada às Ciências Sociais, de Pedro Alberto  Barbetta.

Na linha editorial de “livros para ler o mundo”, a EdUFSC alavancou todos os universos, sempre cumprindo as exigências do criterioso conselho editorial. Exemplos pululam. O diretor Sérgio Medeiros coloca em evidência inúmeros títulos: Últimos sonetos, de Cruz e Sousa; Poemas – Folias do Ornitorrinco e Espelho dos Melodramas, de Rodrigo de Haro; Seis décadas de poesia alemã, de Rosvitha Friesen Blume e Markus J. Weininger. Anatomia Sistêmica: Abordagem direta para o estudante, de Carla Gabrielli e Juliano Córdova Vargas, fecha a série de novidades da Feira da EdUFSC de 2012.

Por Moacir Loth – Jornalista Agecom

Mais informações e contatos:

Sérgio Medeiros e Fernando Wolff

(48) – 3721-9605 , 3721-9408 , 3721-9686  e  3721-8507

e-mails:

Lançamento do livro "O detetive de Florianópolis"

Tags: detetiveEdUFSCfeiralivro

Silveira de Souza atrai vestibulandos na Feira do Livro

22/03/2012 09:57

Autor de Ecos no Porão II vai conversar com estudantes de ensino médio durante a Feira de Livros da Editora da UFSC. Lincoln Frias, autor de obra sobre a ética no uso de células-tronco também participa na próxima quarta (28) da Tarde de Encontro com Leitores.

Dois autores vão participar, na quarta-feira (28), da próxima Tarde de Encontro com Autores da Feira de Livros da Editora da UFSC, na Praça da Cidadania. Um deles é o consagradoescritor catarinense Silveira de Souza, autor do livro de contos Ecos no Porão 2, publicado pela Editora da UFSC  no ano passado e selecionado para o Vestibular da UFSC 2013. O outro é Lincoln Frias, que virá de Minas Gerais para conversar sobre o livro A ética no uso e na seleção de embriões, vencedor do Grande Prêmio Melhor Tese da UFMG 2011, que discute questões polêmicas na área da Bioética. Os encontros começam às 17 horas, na Tenda dos Autores, junto à Feira, e encerram às 19 horas com uma apresentação musical do Duo arirambacom Adriana Cardoso (voz) e Trovão Rocha (contrabaixo).
(mais…)

Tags: encontrofeiralivro

Feira de Livros da UFSC vai até 4 de abril

20/03/2012 09:28

Grande mostra de livros com 30 a 70% de desconto terá 21 lançamentos. Os autores Alckmar dos Santos, RosvithaBlume, MarkusWeininger, Silveira de Souza e Lincoln Frias são os próximos convidados da Tarde de Encontro com Leitores, sempre às quartas-feiras, a partir das 17 horas.

Poesia, conto, romance, filosofia, bioética, história, sociologia e literatura, além de obras didáticas de engenharia, física e matemática estão entre os 21 lançamentos programados para a Feira de Livros da Editora UFSC, que entrou na sua terceira semana com um público diário de duas mil pessoas. Aberta ao público, a mostra começou na segunda-feira (5), marcando a volta às aulas na UFSC efunciona de segunda a sexta, das 8:30 às 19 horas, com extensão do horário nas quartas-feiras até as 20h30min. Até o dia 4 de abril, em uma grande tenda coberta na Praça da Cidadania, a Editora está expondo com até 70% de desconto 1.800 títulos e cerca de 20 mil exemplares, entre lançamentos do seu catálogo, das instituições livreiras que integram a Liga de Editoras Universitárias e de outras editoras reconhecidas no mercado.
(mais…)

Tags: EditorafeiraLivros

Feira em frente à Reitoria já acontece há cinco anos

03/10/2011 15:22

Todas as quartas-feiras, a comunidade acadêmica da universidade pode apreciar a feira de produtos artesanais realizada em frente à Reitoria da UFSC. O projeto Ágora Eco Feira começou a ser elaborado em 2005, de forma coletiva com professores, estudantes e feirantes. A primeira edição aconteceu em agosto de 2006 e inicialmente era feita todas as terças-feiras, das 10h às 14h. Atualmente, cerca de 10 barracas são montadas todas as quartas-feiras na Praça da Cidadania, próximo ao relógio do Sol, e permanecem ali desde às 6h30min até cerca de 15h.

(mais…)

Tags: Armando LisboafeiraProjeto Ágora Eco FeiraUFSC

Feira de Livros da UFSC é estendida mais uma semana

29/08/2011 10:50

Foto: Camila Peixer/bolsista de Jornalismo na Agecom

A pedido dos alunos da instituição, a Feira de Livros da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina/Liga de Editoras Universitárias alongou o prazo e vai até o dia 9 de setembro. No semestre passado, o evento durou três semanas e agora vai ficar um mês em atividade, disponibilizando 1.670 títulos e mais de quinze mil exemplares com descontos de 50 a 70%. O horário de atendimento é das 9 às 19 horas, mas na última semana a feira vai funcionar todos os dias até às 20h30, na Praça da Cidadania da UFSC.
(mais…)

Tags: EditorafeiraLivros