UFSC premia os melhores trabalhos de iniciação científica de 2017

15/12/2017 11:27

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizou a cerimônia de premiação do 27º Seminário de Iniciação Científica e do 7º Seminário de Iniciação Científica do Ensino Médio da UFSC, na Sala dos Conselhos, na manhã desta sexta-feira, 15 de dezembro.

No 27º SIC foram selecionados sete alunos de graduação, dois de cada grande área do conhecimento – Elba Marina Miotto Mujica, Jullia Jacques (Ciências da Vida), André Luiz Alcantara Ostrufka, Lucas Mellos Carlos (Ciências Exatas e da Terra), Blenda Emanuelle Da Trindade e Helena Bressan Carminati (Ciências Humanas e Sociais, Artes e Linguagens) –
e um do programa de Iniciação Tecnológica e Inovação – PIBITI, Maiara Marques Da Silva. No 7º SIC-EM foi selecionado o trabalho melhor avaliado nas apresentações, de Maria Eduarda Pereira Damas.
(mais…)

Tags: Iniciação CientíficaPibicPIBIC e PIBITIUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Programas de iniciação científica e tecnológica abrem inscrições para bolsas até 2 de maio

18/04/2017 14:03

Os programas de Iniciação Científica e Tecnológica PIBIC e PIBITI e o Programa de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio (PIBIC-EM) estão com inscrições abertas para o programa de bolsas.

Os interessados devem ler atentamente os editais referentes a cada programa e suas respectivas retificações:

Edital-PIBIC-2017-2018 – Retificação

Edital-PIBITI-2017-2018 Retificação

Edital PIBIC-EM 2017-2018

As inscrições se encerram às 16h do dia 2 de maio. Os candidatos do PIBIC e PIBITI devem  se inscrever no site e os candidatos do PIBIC-EM devem se cadastrar por meio de formulário online.

Mais informações pelo e-mail 

 

Tags: PibicPIBIC-EMPIBITIUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Inscrições para bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica até 2 de maio

04/04/2017 09:30

A Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) informa que na próxima quinta-feira, 6 de abril, estarão abertas as inscrições para as bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica para o ciclo 2017/2018. O período de inscrição será de 6 de abril a 2 de maio. A inscrição tem que ser feita pelo orientador no formulário IC online.

É necessário apresentar:

(a) projeto de pesquisa, que precisa estar registrado no Sigpex e ter sido aprovado pelo respectivo departamento;

(b) plano de atividades a ser desenvolvido pelo bolsista e

(c) informações sobre a produção do orientador.

 

Mais informações:
Edital Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic)
Edital Programa de Bolsas em Iniciação Tecnológica e Inovação (Pibiti)
Edital Programa de Bolsas de Iniciação Científica – Ensino Médio (Pibic-EM)

E-mail: .

Tags: bolsas de Iniciação CientíficaPibicPROPESQUFSC

Relação de professores contemplados com bolsas de iniciação científica

23/08/2016 09:48

A Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) da UFSC divulga a relação final dos professores contemplados no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica 2016/2017 (PIBIC/CNPq – PIBIC-Af/CNPq – BIPI/UFSC), após a avaliação dos pedidos de reconsideração bem como da redistribuição das bolsas para as quais não houve indicação de aluno no prazo estabelecido. A Propesq lembra que houve um corte de aproximadamente 22% no número total de bolsas da cota do CNPq em nível nacional.

Os professores-orientadores contemplados no resultado final que não haviam sido contemplados anteriormente devem deve acessar o Formulário Pibic on-line e, a partir da digitação do seu CPF e da sua senha, fazer a indicação do bolsista, impreterivelmente até o dia 24 de agosto de 2016, por meio da digitação do número de matrícula do aluno a ser indicado. Efetuada a indicação será gerado o Termo de Outorga, que deve ser devidamente assinado pelo bolsista e pelo orientador e entregue na Propesq até o dia 31 de agosto de 2016.
(mais…)

Tags: DIT/PropesqPibicUFSC

UFSC divulga contemplados nos programas Pibic e Pibiti, edição 2016/2017

04/08/2016 15:38

A Pró-Reitoria de Pesquisa divulgou a relação dos professores contemplados com direito à indicação de bolsistas junto aos Programas Institucionais de Bolsas de Iniciação Científica 2016/2017 (PIBIC/CNPq – PIBIC-Af/CNPq – BIPI/UFSC) e Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI/CNPq), edição 2016/2017.

Resultado PIBIC 2016/2017.

Resultado PIBITI 2016/2017.

Em decorrência do atraso do CNPq em divulgar o número de bolsas para a UFSC, o cronograma foi alterado: os pedidos de reconsideração, devidamente fundamentados, devem ser encaminhados através do Formulário IC, on-line, entre os dias 4 e 8 de agosto. O julgamento dos recursos ocorre do dia 9 a 14 de agosto.

A Propesq divulgou nota oficial sobre o corte de aproximadamente 22% no número de bolsas a serem pagas pelo CNPq no próximo biênio.

O professor-orientador que aparecer listado deve acessar o Formulário PIBIC on line e, a partir da digitação do seu CPF e da sua senha, fazer a indicação do bolsista até o dia 12 de agosto, por meio da digitação do número de matrícula do aluno a ser indicado. Efetuada a indicação, será gerado o Termo de Outorga, que deve ser devidamente assinado pelo bolsista e pelo orientador e entregue na Propesq até o dia 31 de agosto.

Os professores-orientadores devem atentar para os Requisitos e Compromissos do Bolsista, conforme publicado no Edital.

Mais informações pelo e-mail

Tags: Iniciação CientíficainovaçãoPibicPIBITIUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

SIC 2015: estudante pesquisa ambientalismo em Florianópolis

23/10/2015 17:28

Aluna da sexta fase de Ciências Sociais da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Maria Lauri Prestes da Fonseca foi bolsista Pibic durante um ano. Na tarde desta sexta-feira, 23 de outubro, ela apresentou no 25º Seminário de Iniciação Científica (SIC) da UFSC a pesquisa que desenvolveu orientada pela professora do Departamento de Sociologia e Ciência Política, Lígia Helena Hahn Lüchmann. Em seu trabalho, Lauri fez o levantamento das organizações ambientalistas de Florianópolis, qualificando a atuação e traçando o perfil das entidades. “Para mim, foi muito importante. Eu sou de origem indígena, estar em contato com o campo ambientalista me abre portas até para entender os movimentos étnicos e raciais nesse campo”, conta a estudante.

Lauri mapeou as associações ambientalistas. Foto: Daniela Caniçali/Agecom/DGC/UFSC

Lauri mapeou as associações ambientalistas. Foto: Daniela Caniçali/Agecom/DGC/UFSC

A pesquisa de Lauri foi realizada no Núcleo de Pesquisa em Movimentos Sociais (NPMS), que está ligado ao projeto Associativismo Civil Participação e Democracia da UFSC. O contato da estudante com o projeto começou a partir da disciplina “Prática de Pesquisa”, ofertada no curso de Ciências Sociais. “Perguntei para a professora se poderia participar do Núcleo, e ela aceitou. Até que um dia me ofereceram a bolsa de pesquisa”, conta Lauri. No NPMS, a professora Lígia Helena criou uma nova classificação para os campos associativos da capital catarinense — como sindicatos, órgãos, associações representativas, entre outros. Para a Iniciação Científica, o trabalho da estudante foi aprofundar-se na questão ambientalista.

Para desenvolver o trabalho, a jovem pesquisadora procurou as associações civis e fez a aplicação de questionários, entrevistas e levantamento de dados. De um universo de 42 associações ambientalistas listadas, somente dez estavam em funcionamento e com as informações atualizadas. Nelas, todos os presidentes eram homens, graduados e com idade média de 40 anos. As entidades que mais se relacionam com a sociedade civil militam, principalmente, para diminuir os impactos da urbanização na cidade. A Ponta do Coral é a pauta que mais é trabalhada hoje pelas associações.

O SIC, realizado no piso superior do Centro de Cultura e Eventos da UFSC, termina nesta sexta-feira, 23.

Camila Geraldo/Estagiária de Jornalismo Científico/DGC/Propesq/UFSC

 

Tags: 25º Seminário de Iniciação Científica (SIC)AmbientalismoAssociativismo Civil Participação e DemocraciaNúcleo de Pesquisa em Movimentos Sociais (NPMS)Pibic

Pró-Reitoria de Pesquisa divulga relação de professores com direito a indicação de bolsistas

07/07/2015 12:22

A Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulgou a relação dos professores contemplados com direito a indicação de bolsistas pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Pesquisa Científica 2015/2016 (Pibic/CNPq, Pibic-Af/CNPq e Bipi/UFSC) e Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti/CNPq/UFSC), edição 2015/2016.

Confira os editais:

O professor-orientador deve acessar o formulário Pibic on-line e, a partir da digitação do seu CPF e da sua senha, fazer a indicação do bolsista, impreterivelmente até as 12h do dia 10 de agosto, digitando o número de matrícula do aluno a ser indicado. A não indicação do bolsista até essa data e horário implica a perda automática da bolsa, que será repassada para o próximo candidato qualificado na unidade. Após a indicação, será gerado o Termo de Outorga, que, devidamente assinado pelo bolsista e pelo orientador, deve ser entregue na Propesq até 24 de agosto.

Os professores orientadores devem atentar para os Requisitos e Compromissos do Bolsista, conforme publicado item 7 do edital.

Os pedidos de reconsideração, devidamente fundamentados, podem ser encaminhados através do Formulário IC on-line até segunda-feira, 13 de julho.

Mais informações no site.

Tags: PibicPibitPró-Reitoria de PesquisaProgramas Institucional de Bolsas de Iniciação em Pesquisa CientíficaPROPESQ

Comitê Externo avalia Programa de bolsas de Iniciação Científica

25/06/2015 11:46
As reuniões de avaliação do Comitê de Consultores Externos do CNPq aconteceram nos dias 23 e 24 de junho. O Comitê avaliou os trabalhos desenvolvidos pelas 15 comissões do PIBIC e pela comissão do PIBITI para selecionar as propostas que receberão bolsas em 2015 e 2016.  (Foto: Divulgação)

O Comitê avaliou os trabalhos desenvolvidos pelas 15 comissões do PIBIC e pela comissão do PIBITI para selecionar as propostas que receberão bolsas em 2015 e 2016. (Foto: Divulgação)

O Comitê de Consultores Externos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) realizou, nos dias 23 e 24 de junho, a avaliação dos trabalhos desenvolvidos pelas 15 comissões do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) e pela Comissão do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI) para a seleção das propostas que receberão bolsas no período 2015/2016.  O Comitê é formado por sete pesquisadores de produtividade do CNPq, dois para a área das Ciências da Vida: Luciana Rossoni (USP) e Jeverson Frazzon (UFRGS); dois para as Ciências Exatas: Miguel Jafelicci Jr. (UNESP) e Marcos da Silva Paula (UNESC); e dois para as Ciências Humanas e Sociais Aplicadas: Silvia Vieira (UFRJ) e Manoel dos Santos (USP), para o PIBIC, e Raquel Mauler (UFRGS) para o PIBITI.

A avaliação do PIBIC-Ensino Médio, que será feita pela professora Vera Lúcia Gaspar da Silva (UDESC), está prevista para o dia 06 de julho. O trabalho do Comitê Externo, que atende a uma exigência do CNPq, tem por objetivo avaliar o grau de estruturação do programa na instituição, seu funcionamento e o processo de seleção de bolsas organizado pela UFSC. As atividades do Comitê Externo são divididas em três etapas: a avaliação dos relatórios das comissões internas; reunião para apresentação dos resultados das avaliações dos trabalhos das comissões e a elaboração do relatório com recomendações para as comissões internas, para a Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) e para o CNPq. A primeira parte aconteceu na terça-feira, dia 23; a segunda etapa na quarta-feira pela manhã e a terceira na quarta-feira à tarde. A organização das atividades é da equipe da Coordenadoria do Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica (PIICT), liderada por Airton Costa. A supervisão geral é do Diretor do Departamento de Projetos, Elias Machado.
(mais…)

Tags: comissões de avaliação PIICTPibicPIICTPró-Reitoria de PesquisaPROPESQUFSC

Inscrições para bolsas de iniciação científica prorrogadas até este domingo

15/05/2015 14:56

As inscrições para o Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica (PIICT) serão prorrogadas até às 23h59min do dia 17 de maio (domingo) nos casos do PIBIC e do PIBITI e até às 23h59min do dia 21 de maio para o PIBIC-EM. As propostas para o PIBIC e o PIBITI podem ser feitas pelo formulário on-line disponível no endereço http://www.pibic.ufsc.br e para o PIBIC-EM no endereço 

A Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) decidiu prorrogar as inscrições atendendo a solicitações de vários pesquisadores. Neste ano a previsão é de que o PIICT distribua mais de 800 bolsas nas três modalidades (PIBIC, PIBITI e PIBIC-EM). Destas, 303 serão da contrapartida UFSC, 65 bolsas novas em relação ao período 2014/2015, quando foram concedidas 238. Para os estudantes do ensino médio serão distribuídas 89 bolsas. As bolsas de graduação (PIBIC e PIBITI tem o valor de R$ 400,00 e as de ensino médio R$ de 100,00) e tem duração de 12 meses.

Mais informações: propesq.ufsc.br

Tags: inscrições prorrogadasPibicPROPESQUFSC

Destaques da Iniciação Científica serão premiados na UFSC

19/03/2015 07:25

O Departamento de Projetos e Pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) irá premiar – nesta sexta-feira, 20 de marçoàs 10h, na Sala dos Conselhos – os destaques da Iniciação Científica 2014. A cerimônia será presidida pela reitora Roselane Neckel. “Contaremos também com a presença do pró-reitor de Pesquisa, Jamil Assreuy Filho; da pró-reitora adjunta de Pesquisa, Heliete Nunes; do diretor do Departamento de Projetos, Elias Machado; além dos bolsistas premiados e seus respectivos orientadores”, explica Guilherme Carlos da Costa, assistente em Administração da Propesq.

Os alunos de iniciação científica foram selecionados a partir de projetos apresentados no 24º Seminário de Iniciação Científica da UFSC, realizado nos dias 22, 23 e 24 de outubro de 2013, e no 4º Seminário de Iniciação Científica do Ensino Médio, realizado em 24 de outubro de 2014.

Como prêmio, os alunos serão inscritos para apresentar seus trabalhos na Jornada Nacional de Iniciação Científica (JNIC), que é uma das atividades da 67ª Reunião Anual da SBPC, de 12 a 18 de julho, na Universidade Federal de São Carlos (Ufscar). A Propesq irá custear inscrição, hospedagem e transporte; além disso, a reitora entregará aos destaques uma placa e um certificado por sua conquista.

A iniciação científica funciona a partir de projetos e bolsas concedidas pela Propesq: o professor envia um projeto, que passa por um processo de seleção que pode redundar em concessão de bolsa. O aluno desenvolve seu projeto, e, ao final, todos que possuem bolsa devem apresentar seu trabalho no Seminário de Iniciação Científica – os alunos pontuados com as notas mais altas são indicados como destaques.

Alunos selecionados:

Ciências Exatas e da Terra

(CFM e CTC)

ALUNO ORIENTADOR DEPTO CENTRO DESTAQUE
MATHEUS DE MELLO MARTA ELISA ROSSO DOTTO FSC CFM APR. ORAL
RODOLFO PAMPLONA TENFEN RONALDO DOS SANTOS MELLO INE CTC PAINEL

Ciências Humanas e Sociais
(CFH, CCE, CED, CCJ e CSE)

ALUNO ORIENTADOR DEPTO CENTRO DESTAQUE
MAIARA RECH DA SILVEIRA NORBERTO OLMIRO
HORN FILHO
GCN CFH APR. ORAL
ANDRESSA DE LIMA LUCAS DE MELO REIS BUENO HST CFH PAINEL

Ciências da Vida
(CCA, CCB, CCS e CDS)

ALUNO ORIENTADOR DEPTO CENTRO DESTAQUE
JÉSSICA KRUGER HENRIQUES MARCOS ANTONIO
SEGATTO SILVA
CIF CCS APR. ORAL
ELISA CAROLINE CELLA MARTA APARECIDA
PASCHOALINI
CFS CCB PAINEL

Pibiti

ALUNO ORIENTADOR DEPTO CENTRO DESTAQUE
WILSON TAYBAR ASSUMPÇÃO LEOCIR JOSÉ WELTER CUR PAINEL

Pibic – EM 2014

ALUNO ORIENTADOR ESCOLA DESTAQUE
LEONARDO DA COSTA RANKEL ALEXANDRE FERNANDES VAZ Escola de Educação Básica Getúlio Vargas APR. ORAL
LEANDRO DE AMORIM MAIA TATIANA RENATA GARCIA Escola Estadual Básica Professora Jandira D’Ávila. PAINEL
Tags: Destaque da Iniciação CientíficaPibicUFSC

UFSC participa em Brasília de evento sobre iniciação científica

30/10/2014 16:58

Diretor do Departamento de Projetos da Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), o professor Elias Machado representou a Universidade na “5ª Reunião de Trabalho com Pró-Reitores de Pesquisa e Coordenadores do Pibic/Pibic-Af/Pibit”, nos dias 21 e 22 de outubro, no auditório do CNPq, em Brasília. O presidente Glaucius Oliva e o diretor de Cooperação Institucional (DCOI/CNPq), Paulo Sergio Lacerda Beirão, participaram da reunião. Para Glaucius, a iniciação científica possui contribuições marcantes para o desenvolvimento nacional. “É a raiz do CNPq. Nasceu em 1951 para tentar estimular a pesquisa nas universidades e foi a primeira modalidade de bolsa que surgiu”, destacou. “E foi justamente a iniciação científica que impulsionou a pós-graduação no Brasil, que nasceu logo na sequência”, completou.

Paulo Sergio Lacerda Beirão ressaltou a importância de formar pesquisadores no Brasil. “É importante esta perspectiva de que precisamos formar pessoas com qualificação e formação capazes de desenvolver pesquisa para o nosso país”, afirmou. “Para isso, não precisamos apenas de um programa de bolsas, mas de um programa de formação”, concluiu. A iniciação científica é um modelo de pesquisa acadêmica desenvolvida por alunos de graduação nas universidades brasileiras, em diversas áreas do conhecimento. Os estudantes que se dedicam a essa atividade, por possuírem pouca ou nenhuma experiência em trabalhos de pesquisa científica, são acompanhados por orientadores.
(mais…)

Tags: bolsabrasíliaencontroeventoPibicPROPESQ

Trabalhos do Pibic Ensino Médio carregam histórias de vida e o futuro da pesquisa científica

24/10/2014 20:16
Alunos do Ensino Médio mostraram seus trabalhos  - Foto Henrique Almeida

Alunos do Ensino Médio mostraram seus trabalhos – Foto Henrique Almeida

Na última sexta-feira, o 4º Seminário de Iniciação Científica do Ensino Médio concluiu a SIC (Semana de Iniciação Cientifica), que integra a 13ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex) –, no piso superior do Centro de Cultura e Eventos da UFSC. Com apresentações orais no auditório da Reitoria e apresentação de painéis na Sala Aroeira do piso superior do Centro de Cultura e Eventos, ocorrerá a apresentação dos painéis confeccionados pelos alunos participantes os alunos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) Ensino Médio tiveram a chance de mostrar os resultados de suas pesquisas. Escolas de outras cidades do estado também puderam enviar os seus trabalhos para a mostra. As participantes desta edição são a Escola de Educação Básica Getúlio Vargas (Curitibanos), o Colégio de Aplicação da UFSC ( Florianópolis), a Escola de Educação Básica Professora Jandira D’Ávila (Joinville), a Escola de Educação Básica Maria Garcia Pessi (Araranguá), o Colégio Estadual Osvaldo Aranha (Joinville) e a Escola de Ensino Médio Deputado Nagib Zattar (Joinville).

Cada apresentação mostrou um jeito diferente de ver a pesquisa, uma ângulo especial, uma história de vida particular e o começo de uma caminhada em direção ao futuro. Fomos conhecer de perto cinco desses trabalhos e seus autores:

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: sonho de voar faz estudante colocar os pés no chão

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: a teimosia para enfrentar os estereótipos

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: estudo das águas de Sombrio desperta para a pesquisa científica

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: demonstração das Leis de Newton ajuda na reação contra timidez

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: da corrida espacial à engenharia naval

Tags: 4º Seminário de Iniciação Científica do Ensino MédioPibicPrograma Institucional de Bolsas de Iniciação CientíficaUFSC

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: sonho de voar faz estudante colocar os pés no chão

24/10/2014 20:03
Leonardo da Costa Rankel sonha em ser piloto - Foto Henrique Almeida

Leonardo da Costa Rankel sonha em ser piloto – Foto Henrique Almeida

O estudante Leonardo da Costa Rankel, 18 anos, estudante do 2º ano do Ensino Médio na Escola de Educação Básica Getúlio Vargas, não usa meias palavras para descrever a importância do seu desejo de infância: “querer ser piloto de avião salvou a minha vida”, diz. Suas fotos de criança mostram-no sempre carregando aviõezinhos, nunca carrinhos, e os passeios preferidos eram quando o pai, suboficial da Aeronáutica, levava-o para a Base Aérea. Até perceber que talvez não estivesse no caminho da profissão com que sonhava. “Eu era… malandrinho. Comecei a me envolver com ganguezinhas, pixava muro e tal e acabei reprovando na quinta série”, lembra.

Decidiu então concentrar-se nos estudos, principalmente de matemática e exatas, pois sabia que seriam fundamentais para conseguir cursar a Escola Preparatória de Cadetes da Aeronáutica. Acabou gostando tanto que, se por acaso não conseguir ser piloto, pretende cursar Engenharia Mecânica. “Eu sei que é um vestibular difícil, mas também sei que posso. Não me acho mais inteligente que os outros, me acho determinado”, explica. Usa essa mesma tenacidade para aprender a tocar instrumentos musicais: tem uma banda e sua posição oficial é nos teclados, mas, se precisar, assume também a bateria. “Nunca tive aulas, não posso dizer que sei tocar de verdade, mas fui aprendendo na raça”, resume.

O projeto que ele apresentou tem tudo a ver com esse amor pela aviação: “Alvorecer da Aviação na Ilha de Santa Catarina” rememora a história da Base Aérea de Florianópolis nos anos entre 1900 e1950; fala do impacto que teve na então minúscula cidade, a utilização de aviões na Guerra do Contestado, os acordos com os Estados Unidos, a presença de pilotos estrangeiros e outros detalhes. “A população ficou perplexa diante da nova tecnologia”, explica, citando datas e informações sem ler no telão.

Conheça outros trabalhos:

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: a teimosia para enfrentar os estereótipos

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: estudo das águas de Sombrio desperta para a pesquisa científica

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: demonstração das Leis de Newton ajuda na reação contra timidez

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: da corrida espacial à engenharia naval

Trabalhos do Pibic Ensino Médio carregam histórias de vida e o futuro da pesquisa científica

 

Fabio Bianchini/Jornalista da Agecom/DGC/UFSC

Tags: 4º Seminário de Iniciação Científica do Ensino MédioEEB Getúlio VargasPibicPrograma Institucional de Bolsas de Iniciação CientíficaUFSC

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: estudo das águas de Sombrio desperta para a pesquisa científica

24/10/2014 19:59
Futuras pesquisadoras: (e-d) Gergiane, Jaquelini, Mayara e Juliana - Foto Henrique Almeida

Futuras pesquisadoras: (e-d) Gergiane, Jaquelini, Mayara e Juliana – Foto Henrique Almeida

“Ainda vou descobrir a cura para alguma doença”, promete Gergiane Teixeira, 17 anos, da Escola de Educação Básica Profª. Maria Garcia Pessi, em Araranguá. O entusiasmo recém-descoberto pela pesquisa é compartilhado com as colegas de 3º ano do Ensino Médio: Juliana da Rosa, 17, Mayara Sartori (16) e Jaquelini Teixeira (17), com quem apresentou a pesquisa “Estudos do Potencial Tóxico das Águas de Rios do Município de Sombrio”. A outra integrante do grupo, Bruna Estevam, não pôde vir a Florianópolis.

As cinco coletaram amostras de água dos rios que desaguam na Lagoa do Sombrio, no Sul do Estado, em quatro pontos diferentes, desde a nascente em uma cachoeira até o ponto logo depois de ter passado por todo município de Sombrio e recebido esgoto em vários locais. Retiraram amostras de cada um desses pontos em cada uma das quatro estações do ano e testaram a reação e o desenvolvimento de brotos de cebola, sementes de alface e artêmias (pequenos crustáceos de até um centímetro utilizados na alimentação de peixes) com essa água. Observaram então que não houve diferenças e, portanto, não há evidências de toxicicidade nessa água.

Mesmo assim, garantem, não entrariam no rio no trecho depois de atravessar a cidade. “O aspecto já é outro, o cheiro também”, diz Jaquelini. “Só se fosse na parte da cachoeira, que é limpinha”, diz Juliana. Para elas, é importante continuar o trabalho, avaliando a água do rio logo após receber o despejo da água usada no cultivo de arroz na região, mas essa é uma tarefa que deixarão para a próxima turma. No ano que vem, já esperam estar na universidade, cada uma em um curso diferente, mas ainda unidas pela determinação: querem ser cientistas.

Conheça outros trabalhos:

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: sonho de voar faz estudante colocar os pés no chão

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: a teimosia para enfrentar os estereótipos

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: demonstração das Leis de Newton ajuda na reação contra timidez

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: da corrida espacial à engenharia naval

Fabio Bianchini/Jornalista da Agecom/DGC/UFSC

Tags: 4º Seminário de Iniciação Científica do Ensino MédioAraranguáPibicPrograma Institucional de Bolsas de Iniciação CientíficaUFSC

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: demonstração das Leis de Newton ajuda na reação contra timidez

24/10/2014 19:54
Crianças acompanharam atentas a explicação - Foto Henrique Almeida

Crianças acompanharam atentas a explicação – Foto Henrique Almeida

Quando lembra da apresentação oral que fez na manhã de sexta-feira no Auditório da Reitoria, o estudante Leandro de Amorim Maia, 17 anos, da Escola de Educação Básica Professora Jandira D’Ávila, de Joinville, chega perto de ruborizar. “Às vezes ainda fico nervoso quando falo para muita gente, começo a olhar para um, depois para outro, e me perco”, explica. Entretanto, a frase não combina com a cena que se via de tarde, quando ele, desenvolto e confortável, mostrava o pôster de seu projeto para um grupo de crianças na Sala Aroeira, no Centro de Cultura e Eventos.

“É engraçado, nunca fui assim dinâmico, mas fiquei muito tranquilo com o interesse e a vontade de aprender que eu via neles. Antes daqui, levei essa apresentação para escolas lá em Joinville e também era assim”, conta. O projeto era “Aplicação de conceitos de física com o uso da robótica”, descrição de um sistema de pesos, peças encaixáveis e polias que serve para ilustrar aulas de física e facilitar a visualização das Leis de Newton. O caráter didático, que oferece descobertas em cada passo do processo, é o que atrai e prende a atenção das crianças, acredita.

O projeto motivou-o a escolher as carreiras de Mecatrônica ou Química a partir do próximo ano, quando começa o Ensino Superior. Além do interesse pela pesquisa e ciência e do contato com o método, a experiência de descobrir a autoconfiança e a capacidade de lidar com sua própria timidez é a outra herança de seu envolvimento com o Pibic. “Foi um aprendizado muito rico. Eu apresentava meu trabalho para os professores, para os colegas e para quem estivesse no laboratório. E acho que esse desembaraço vai ser importante para a minha vida universitária”, prevê.

Conheça outros trabalhos:

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: sonho de voar faz estudante colocar os pés no chão

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: a teimosia para enfrentar os estereótipos

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: estudo das águas de Sombrio desperta para a pesquisa científica

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: da corrida espacial à engenharia naval

Fabio Bianchini/Jornalista da Agecom/DGC/UFSC

Tags: 4º Seminário de Iniciação Científica do Ensino MédiojoinvillePibicPrograma Institucional de Bolsas de Iniciação CientíficaUFSC

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: a teimosia para enfrentar os estereótipos

24/10/2014 19:52
Carol Gomez falou sobre a objetificação da mulher - Foto Henrique Almeida

Carol Gomez falou sobre a objetificação da mulher – Foto Henrique Almeida

O tema escolhido por Carol Gómez, 18 anos, está relacionado a um assunto que a interessa desde o final do Ensino Fundamental: o feminismo e relações de gênero. Com o chamativo nome “A mulher não precisa do homem, precisa de Bombril!”, ela analisou a representação da mulher nos comerciais apresentados no Horário Nobre da Rede Globo. Para isso, além de observar os comerciais exibidos no horário durante três dias, ela utilizou questionários com jovens, entrevistas e análise de discurso. “A gente queria observar como as diferenças de idades, de ser meninou ou menina fariam as pessoas responder diferente”, diz.

Na sua apresentação, Carol observou como o discurso publicitário comumente coloca a mulher na posição de objeto sexual a ser vendido com o produto ou como produto, como conquista que o símbolo de status a ser vendido ajudará a obter, como mãe e como dona de casa. Ela também destaca a impressão nas entrevistas de que muitos enxergam essa situação como algo que se tornou natural ou, mesmo que indesejável, ajuda a atingir os objetivos da publicidade. “Ver como meus colegas reagem a essas coisas me faz refletir não só sobre o que eu vejo, mas também sobre o que eu quero fazer para mudar isso”, pondera.

A estudante do Colégio de Aplicação da UFSC coloca uma viagem de estudos a Minas Gerais na 7ª série como ponto inicial para a atenção que dedica à observação dos tratamentos de gênero. Na ocasião, foram estudar a Inconfidência Mineira e ela fez o vídeo “As Faces Desconhecidas das Inconfidentes”, sobre a atuação das mulheres no evento histórico, que nunca foi reconhecida e não aparece nos livros escolares. “Mas também eu sempre fui teimosa, sempre discuti muito essas coisas em casa, com todo mundo. E acho importante que no Aplicação a gente sempre tenha espaço para esses debates”.

Conheça outros trabalhos:

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: sonho de voar faz estudante colocar os pés no chão

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: estudo das águas de Sombrio desperta para a pesquisa científica

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: demonstração das Leis de Newton ajuda na reação contra timidez

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: da corrida espacial à engenharia naval

Fabio Bianchini/Jornalista da Agecom/DGC/UFSC

Tags: 4º Seminário de Iniciação Científica do Ensino MédioColégio de AplicaçãoPibicPrograma Institucional de Bolsas de Iniciação CientíficaUFSC

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: da corrida espacial à engenharia naval

24/10/2014 19:48
Pibic ajudou Victória a conhecer a UFSC Joinville - Foto Henrique Almeida

Pibic ajudou Victória a conhecer a UFSC Joinville – Foto Henrique Almeida

Victória Dolores Below também é da Professora Jandira D’Ávila, em Joinville, assim como Leandro de Amorim Maia. E também escolheu para seu trabalho uma demonstração mais realista de conceitos e fundamentos abstratos. Então, desenvolveu Space Race, um jogo que coloca em disputa a corrida pela construção de espaçonaves. Para desenvolver a competição, utilizou dados da verdadeira corrida espacial e do aparato tecnológico de diversos países, inclusive o Brasil, que tem os centros de lançamento em Barreira do Inferno, no Rio Grande do Norte, e Alcântara, no Maranhão.
“Eu preferi essa área quando tomei contato com o Pibic porque são assuntos que me interessam mais, que eu conheço mais. Sempre tive facilidade com ciências exatas”, diz. A interação com o programa aproximou-a também da UFSC Joinville, que ela não conhecia bem. “Fui olhar melhor os cursos que são oferecidos no campus de lá, os programas. E acabei sendo atraída pelo de Engenharia Naval, é o que eu quero fazer”, antecipa.

Conheça outros trabalhos:

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: sonho de voar faz estudante colocar os pés no chão

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: a teimosia para enfrentar os estereótipos

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: estudo das águas de Sombrio desperta para a pesquisa científica

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: demonstração das Leis de Newton ajuda na reação contra timidez

Fabio Bianchini/Jornalista da Agecom/DGC/UFSC

Tags: 4º Seminário de Iniciação Científica do Ensino MédiojoinvillePibicPrograma Institucional de Bolsas de Iniciação CientíficaUFSC

Dissertação aborda o papel do programa de iniciação científica da UFSC na formação de pesquisadores

12/09/2014 16:10

PIBICAlunos de graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) têm a oportunidade de desenvolver pesquisas científicas por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic). A análise desse programa foi realizada por Airton Costa, técnico-administrativo em Educação que atua como coordenador de Fomento à Pesquisa no Departamento de Projetos da Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq). O trabalho deu origem à dissertação “O programa de iniciação científica da UFSC no período de 1990 a 2012: seu processo de formação de pesquisadores”, defendida no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Informação (PPGCIN), no qual, atualmente, o pesquisador desenvolve seu doutorado. Atualmente não há nenhum estudo na UFSC nem em outra universidade brasileira parecido com o que Airton desenvolveu. “Achei pesquisas pequenas, feitas por alunos aqui na Universidade, mas nunca se realizou algo abrangendo o todo. Nada antes foi realizado de maneira tão metódica e com este tipo de detalhamento”, garante. A pesquisa de Airton foi um dos dois trabalhos feitos na UFSC nesta área a receber a indicação para concorrer ao prêmio de melhor dissertação pela Associação de Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (Ancib). A premiação ocorrerá no XV Enancib, no mês de outubro, em Belo Horizonte.
(mais…)

Tags: Adilson Luiz PintoAirton CostaIniciação CientíficaPibicPPGCINUFSC

Inscrições abertas para bolsas de iniciação científica

16/04/2014 17:29

A Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) publicou nesta segunda-feira, 14 de abril, os editais para a distribuição de bolsas de iniciação científica (Pibic, Pibic-Af e Pibid), tecnológica (Pibiti) e de ensino médio (Pibic-EM). Pela primeira vez os três editais são abertos de forma simultânea; anteriormente, o Pibic-EM estava desvinculado das outras duas chamadas e funcionava com calendário próprio. Os editais estão disponíveis em http://www.pibic.ufsc.br.

As inscrições serão recebidas até o dia 14 de maio, e os interessados em se candidatar às bolsas Pibic, Pibic-Af, Pibid e Pibiti poderão submeter propostas pelo formulário IC Online em http://www.pibic.ufsc.br. As propostas para o Pibic-EM deverão ser encaminhadas para o endereço .

Todos os candidatos devem ter seus projetos de pesquisa registrados no “Formulário de Pesquisa da UFSC” (http://notes.ufsc.br/aplic/pesquisa.nsf) até o dia 1º de maio, e aprovados pelo respectivo departamento do professor orientador, nos termos dos artigos 17 a 23 da resolução nº 009/CUn/2006.

As bolsas Pibic, Pibic-Af, Pibid e Pibiti têm valor de R$ 400,00; as do Pibic-EM, R$ 100,00. As solicitações serão julgadas por três comissões distintas, formadas por pesquisadores PQ ou com perfil equivalente, indicadas pelos diretores das unidades. As bolsas terão duração de doze meses – de 1º de agosto de 2014 a 31 de julho de 2015.

A lista com os “contemplas” (orientadores e escolas contemplados pelo Pibic-EM) será divulgada no dia 1º de julho. O prazo limite para a indicação do aluno bolsista pelo professor orientador é 6 de agosto, e o prazo limite para entrega do Termo de Outorga, 20 de agosto.

Mais informações:

Airton Costa e Gabriela Beck – (48) 3721-9332 ou .

 

Diretoria-Geral de Comunicação

Claudio Borrelli / Revisor de Textos da Agecom / Diretoria-Geral de Comunicação / UFSC

Tags: bolsas pibicPIBIPibicPIBIC Ensino MédioPibic-AfPIBITIPROPESQ

Comitês externos do PIBIC e PIBITI finalizam trabalho na UFSC

21/06/2013 10:32

Reunião faz parte do processo de aprovação de propostas de bolsas de iniciação científica. Foto: Airton Costa / Propesq / UFSC

O trabalho de apreciação das avaliações de propostas para bolsas dos programas de Iniciação Científica (PIBIC) e Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI) pelos comitês externos, iniciado na quarta-feira, foi finalizado nesta quinta, 20 de junho, com a apresentação de feedback aos presidentes das Comissão de Acompanhamento e Avaliação de cada Unidade Universitária. Este trabalho faz parte do processo de aprovação das propostas para bolsas e tem como objetivo principal identificar possíveis disparidades ou subjetividades na seleção de projetos de pesquisa.
(mais…)

Tags: PibicPIBITIPROPESQUFSC

Inscrições para bolsas do Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica terminam em 13 de maio

07/05/2013 17:12

A Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ) da UFSC, dentro do Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica (PIICT) e por intermédio do Departamento de Projetos de Pesquisa (DPP), informa que as inscrições para os editais do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica (PIBIC e PIBIC AF 2013/2014) e do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI 2013/2014) serão encerradas em 13 de maio.

Os Programas PIBIC, PIBIC/AF e PIBITI concedem bolsas a estudantes regulares dos Cursos de Graduação da UFSC, com duração de 12 meses. As bolsas terão início em 1º de agosto de 2013 e término em 31 de julho de 2014.
(mais…)

Tags: PibicPROPESQUFSC

Reitoria garante recursos para bolsas PIBITI

25/09/2012 18:26

A reitora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Roselane Neckel autorizou a liberação de recursos para pagamento das 13 bolsas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação, cortadas pelo CNPq, as quais os pesquisadores contemplados já foram informados pela Coordenadoria de Fomento e Apoio à Pesquisa. Como a UFSC recebeu este ano apenas 32 das 45 bolsas previstas, 13 pesquisadores aprovados pelo Comitê de Avaliadores que tinham indicado bolsistas e entregue o Termo de Compromisso ficaram sem receber a quota de bolsa aprovada. “A liberação dos recursos foi uma decisão estratégica, sobretudo porque permite que nossos alunos possam atuar junto a importantes e reconhecidos grupos de pesquisa de nossa universidade”, destaca Roselane.

O pró-reitor de Pesquisa em exercício, professor Elias Machado, e a diretora do Departamento de Inovação Tecnológica, professora Rozângela Pedrosa, reuniram-se na semana passada com as reitoras para discutir a questão e solicitar o aumento da contrapartida da UFSC. Após o parecer favorável, o pedido foi encaminhado à Proplan que aprovou a demanda nesta segunda-feira, dia 24.

Medidas

Logo que recebeu o comunicado sobre os cortes de 15 bolsas, duas na quota PIBIC e 13 na PIBITI, a Propesq entrou com recurso. O CNPq manteve a decisão e alegou que o corte tinha ocorrido porque no exercício 2011-2012 a UFSC deixou de implementar 15 bolsas, que foram repassadas para instituições que conseguiram utilizar todas as bolsas concedidas.  A partir de agora, para evitar que este tipo de situação volte a ocorrer, a Propesq cumprirá rigorosamente os prazos de indicação de bolsistas previstos nos editais do Programa PIBIC/PIBI/PIBITI. “Neste ano, por causa da greve, prorrogamos em um mês o prazo de indicação que estava programado para 6 de agosto. Quem não indicou bolsista, em cumprimento à determinação do edital, perdeu a quota que foi repassada para o próximo candidato aprovado no mérito pelo Comitê da Unidade”, explica o professor Elias Machado.

No momento, a Propesq está trabalhando para aperfeiçoar as normas de orientação do Programa PIBIC/PIBI/PIBITI/UFSC/CNPq e do PIBIC-EM (Ensino Médio). Entre os aspectos que serão modificados, está a geração do Termo de Outorga. A geração do termo e a concessão da bolsa ficarão condicionadas ao número final de quotas aprovadas pelo CNPq. Além destes pontos, serão rediscutidos os critérios para alocação de bolsas nas unidades, incluindo os novos campi de Araranguá, Joinville e a padronização dos comitês e das regras de corte em toda UFSC.  A Resolução sobre o Programa PIBIC/PIBI/PIBITI/UFSC/CNPq e do PIBIC-EM será submetida à aprovação pela Câmara de Pesquisa e pelo CUn até março de 2013.

Outras informações pelo telefone (48) 3721-9319, com a professora Tattiana Teixeira.

Tags: bolsasCNPqPibicPIBITIPROPESQUFSC

Abertas até 13 de agosto as inscrições para o 22º Seminário de Iniciação Científica

19/07/2012 09:17

Encontro é etapa obrigatória para bolsistas de iniciação científica

Estão abertas até 13 de agosto as inscrições para o 22º Seminário de Iniciação Científica da UFSC. O encontro será realizado nos dias 17, 18 e 19 de outubro, em conjunto com a 11ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex).

A participação é obrigatória para bolsistas de iniciação científica da UFSC, mas podem se inscrever graduandos de outras instituições de ensino superior. No site sic.ufsc.br há orientações sobre resumos, entre outros tópicos, e o formulário de inscrição.

(mais…)

Tags: PibicSeminário de iniciação científicasepexUFSC

Colégio de Aplicação estimula pesquisa desde cedo

20/04/2012 14:32
.

(clique para ampliar) Fotos: Wagner Behr

O vídeo falava de lembranças, e uma delas fez com que as crianças e os adolescentes pensassem em como se relacionam com os símbolos de exaltação da pátria: a professora de Letras da UFSC, Alai Garcia Diniz, registrou que, durante a ditadura brasileira (1964-1985), permaneceu cerca de um mês presa, sendo obrigada a cantar o hino nacional várias vezes todos os dias. Das tantas cicatrizes da época, a docente guarda a convicção de que seu sentimento patriótico tornou-se vazio e nunca mais entoou a canção oficial. Resultado final do trabalho intitulado “Ditadura Militar: olhares do passado e do presente”, de Ana Luiza Shimomura Spinelli, 16 anos, o vídeo foi apresentado durante a I Mostra de Projetos de Iniciação Científica (Pibic) do Ensino Médio do Colégio de Aplicação (CA) da UFSC, realizada na quarta, 18/04, no próprio CA. Ao todo, foram 31 trabalhos sobre os mais diversos temas desenvolvidos em 2011, via CNPq, por meio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação.

 

“A Mostra comprova que a pesquisa é possível, viável e muito importante na formação dos alunos”, defende o professor Manoel Teixeira dos Santos, coordenador de pesquisa e extensão do Colégio e orientador de Ana Luiza. Além de ressaltar a sensibilidade que os estudantes desenvolveram durante o trabalho de campo, com os entrevistados, o professor entende que o evento, como finalização de todo o processo, atingiu seu objetivo. “Constatamos nas apresentações que os estudantes dominaram os temas abordados, e a Mostra foi fundamental para que compartilhassem essas novas informações com os colegas, estimulando os bolsistas deste ano a avançarem em suas pesquisas”.

 

Lina Ribeiro Venturi, 16 anos, estuda clarinete, e Otto Henrique Thiel, 17, piano. Os dois decidiram entender o porquê da exclusão da mulher na história da música erudita. A partir do trabalho, produziram vídeo com passagens da vida de algumas musicistas, como Maria Anna Mozart – irmã de Wolfgang Amadeus –, entrevistas com professores do CA e profissionais da área. A pesquisa apontou que, antes do século XIX, as mulheres eram consideradas incapazes de produzir música de qualidade; peças com vozes agudas eram executadas por meninos, que, não raro, eram castrados – a fim de evitar a produção dos hormônios que tornam a voz dos rapazes mais grave a partir da puberdade – se quisessem continuar a cantar.

Isis Shandra Santos, 15 anos, também utilizou a bolsa Pibic para buscar respostas a questões do seu dia a dia. Integrante de uma família de vegetarianos, nunca tinha entendido muito bem porque a mãe insistia em utilizar cosméticos que não são testados em animais. Depois da pesquisa, a estudante percorreu o campus com lista de empresas que testam seus produtos e outra das que não testam em mãos. “Eu perguntava a marca do rímel que as mulheres usavam, então lhes contava como eram feitos os testes”.

Hoje ela diz que seu entendimento sobre a questão mudou. “Tenho outro olhar sobre as empresas; se as pessoas pararem de consumir, os processos serão modificados, evitando o sofrimento de muitos animais”. Isis quer cursar Biologia, mas pensa também em Direito, para se “especializar na área ambiental e defender os animais”. O próximo tema que pretende pesquisar é a influência que a mídia exerce nos jovens.

Pibic do Ensino Médio e PIP-CA
Desde 2010 o Colégio de Aplicação oferece anualmente 34 bolsas Pibic Ensino Médio a seus alunos. Com duração de 12 meses, o projeto do governo federal, vinculado ao CNPq e oferecido pela Pró-Reitoria de Ensino de Graduaçao (PREG), estipula que seus bolsistas sejam orientados por professores do CA, tenham currículos inscritos na plataforma Lattes e apresentem relatórios de pesquisa no decorrer do processo.

Para concorrer às bolsas os estudantes têm seus boletins avaliados e realizam entrevista com os orientadores. Devido à grande procura, em 2012 o CA criou o Programa de Iniciação à Pesquisa (PIP-CA), abrindo mais 18 vagas e mantendo as especificações do Pibic – incluindo aí o valor das bolsas, de R$100 mensais.

Desde o Fundamental
Antes de chegar ao Ensino Médio, porém, os alunos já têm contato com a pesquisa: na oitava série do Ensino Fundamental cursam a disciplina de Iniciação Científica, que é atrelada ao projeto Pé na Estrada do Conhecimento, instituído no CA há doze anos.

Por meio do projeto, os estudantes realizam viagens de estudo, conhecendo lugares como a barragem de Itá, onde entrelaçam diversas áreas do conhecimento, estudando a ocupação histórica, a geologia do local e a produção de energia.

Por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) em parceria com o CNPq, o Colégio mantém também o Pibic Junior, que oferece duas bolsas de pesquisa para alunos do Ensino Fundamental.

Mais informações com o professor Manoel:

Por Cláudia Schaun Reis/Jornalista na Agecom

Leia também: Prevenção do câncer é tema iniciação científica entre “pesquisadores mirins”

BOLSISTAS PIBIC-EM: aluno/banner

 

BOLSISTAS

BANNER

  1. Eduardo de Medeiros Santos Junior
Alcoólicos Anônimos e sociedade: Funcionamento de um grupo de A.A.
  1. Clarissa Machado Haase
Obesidade infantil: tendências para o século XXI.
  1. Alexandre Andrigheto Speratto
Formando uma juventude cidadã Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires.
  1. Fernando F. de A. Fernandes
A representação da História nos Jogos Eletrônicos.
  1. Luise Budde Mior
Três Marias e Uma Enedê-Mulheres Estrelas.
  1. Paulo Roberto Nunes Júnior
Formando uma juventude cidadã Escuela Superior de Comércio Manuel Belgrano (Córdoba – Argentina).
  1. Thiago Eller Verzola
Formando uma juventude cidadã Colégio Estadual Simão José Hess.
  1. Mariana Cardoso Silvério
Levantamento sobre a situação de prevenção da dengue no Colégio de Aplicação.
  1. Amanda Gabriella Cipriano
Alergias e alimentação: perspectiva da comunidade do Colégio de Aplicação – UFSC.
  1. Heloisa Marques Baumgratz
  2. Júlia Ceccon Ortolan
Influência dos hábitos de vida sobre a incidência do câncer.
  1. Júlia Favaretto de Sousa
  2. Raquel de Ameida Viergutz
HIV, e eu com isso?
  1. Paulo Remos Gregório
Cannabis Sativa: Efeitos sobre a fisiologia do Sistema Nervoso.
  1. Pedro Mombelli Locatelli
Vida de catanhão no mangue do Itacorubi.
  1. Ana Luiza Shimomura Spinelli
“Ditadura Militar: Olhares do Passado e do Presente”
  1. Ana Paula M. Couto
“ As causas da Imigração alemã para o Brasil”
  1. Giullia B. Alberton
Novembrada: Florianópolis fazendo história.
  1. Arthur Bobsin
Qualquer semelhança é mera coincidência?  Até mesmo a semelhança de Triângulos?
  1. Iana Mabel de M. Fazzoni
Estudo da Semelhança de Triângulos: aplicações matemáticas e  práticas.
  1. Cristiane Catarina Ventura
Mídia e consumo entre crianças do Colégio de Aplicação – UFSC.
  1. Gabriel de Carlos F.S.B
Astronomia em uma homepage voltada para o Ensino Médio.
  1. Júlio Bernardo Dutra
A escolha da profissão
  1. Matheus Zaneti Daunis
Energia Nuclear e Catástrofes Naturais: O Caso de Fukushima.
  1. Isis Shandra S. Santos
O uso de animais em laboratórios de cosméticos, produtos de limpeza e higiene pessoal.
  1. Kiane Lúcia Casagrande
Desenhos Animados:  Situações que contrariam as leis da física?
  1. Lina Ribeiro Venturi
  2. Otto Henrique Thiel
Mulheres na Música Erudita: Participação e História. 
  1. Maiara Kessin Geraldi
A física na mágica dos brinquedos.
  1. Thiago Guedes Willecke
As faces culturais e históricas do Candombe.
  1. Yuri Varella
As faces culturais e históricas do Candombe.
  1. Thiago Novo da Cruz
Rebobinando o filme: um pouco da história do movimento estudantil do Colégio de Aplicação /UFSC (2004-2010).
  1. Gabriel Moresco
Religiosidade contemporânea: as percepções de estudantes sobre religião em suas vidas.
  1. Luiza H. Loch
Cotidiano com ou sem logaritmos, o que você acha?

 

Prevenção do câncer é tema iniciação científica entre “pesquisadores mirins”

Tags: Colégio de AplicaçãopesquisaPibicPREG

Publicado edital para bolsas de Iniciação Científica na UFSC

18/04/2012 15:50

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Extensão (PRPE) lançou o edital para a obtenção de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), período 2012-2013. De acordo com o edital, os professores orientadores devem apresentar suas propostas pelo Formulário IC Online, no site http://pibic.ufsc.br. O período para envio de propostas vai de 17 de abril a 14 de maio de 2012.

O edital abrange três programas: o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/CNPq), o Programa Institucional de Iniciação Científica – PIBIC nas Ações Afirmativas (PIBIC_Af/CNPq), e do Programa de Bolsas de Iniciação à Pesquisa Institucional (BIPI/UFSC), subvencionado pela UFSC.
Mais informações:

Notícia publicada pela PRPE

Link para acesso ao Edital

Formulário para fazer a inscrição

Site: http://pibic.ufsc.br

E-mail

Tags: editalPibicUFSC
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2