Pibic Ensino Médio no 4º SIC: sonho de voar faz estudante colocar os pés no chão

24/10/2014 20:03
Leonardo da Costa Rankel sonha em ser piloto - Foto Henrique Almeida

Leonardo da Costa Rankel sonha em ser piloto – Foto Henrique Almeida

O estudante Leonardo da Costa Rankel, 18 anos, estudante do 2º ano do Ensino Médio na Escola de Educação Básica Getúlio Vargas, não usa meias palavras para descrever a importância do seu desejo de infância: “querer ser piloto de avião salvou a minha vida”, diz. Suas fotos de criança mostram-no sempre carregando aviõezinhos, nunca carrinhos, e os passeios preferidos eram quando o pai, suboficial da Aeronáutica, levava-o para a Base Aérea. Até perceber que talvez não estivesse no caminho da profissão com que sonhava. “Eu era… malandrinho. Comecei a me envolver com ganguezinhas, pixava muro e tal e acabei reprovando na quinta série”, lembra.

Decidiu então concentrar-se nos estudos, principalmente de matemática e exatas, pois sabia que seriam fundamentais para conseguir cursar a Escola Preparatória de Cadetes da Aeronáutica. Acabou gostando tanto que, se por acaso não conseguir ser piloto, pretende cursar Engenharia Mecânica. “Eu sei que é um vestibular difícil, mas também sei que posso. Não me acho mais inteligente que os outros, me acho determinado”, explica. Usa essa mesma tenacidade para aprender a tocar instrumentos musicais: tem uma banda e sua posição oficial é nos teclados, mas, se precisar, assume também a bateria. “Nunca tive aulas, não posso dizer que sei tocar de verdade, mas fui aprendendo na raça”, resume.

O projeto que ele apresentou tem tudo a ver com esse amor pela aviação: “Alvorecer da Aviação na Ilha de Santa Catarina” rememora a história da Base Aérea de Florianópolis nos anos entre 1900 e1950; fala do impacto que teve na então minúscula cidade, a utilização de aviões na Guerra do Contestado, os acordos com os Estados Unidos, a presença de pilotos estrangeiros e outros detalhes. “A população ficou perplexa diante da nova tecnologia”, explica, citando datas e informações sem ler no telão.

Conheça outros trabalhos:

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: a teimosia para enfrentar os estereótipos

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: estudo das águas de Sombrio desperta para a pesquisa científica

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: demonstração das Leis de Newton ajuda na reação contra timidez

Pibic Ensino Médio no 4º SIC: da corrida espacial à engenharia naval

Trabalhos do Pibic Ensino Médio carregam histórias de vida e o futuro da pesquisa científica

 

Fabio Bianchini/Jornalista da Agecom/DGC/UFSC