Comitê Externo avalia Programa de bolsas de Iniciação Científica

25/06/2015 11:46
As reuniões de avaliação do Comitê de Consultores Externos do CNPq aconteceram nos dias 23 e 24 de junho. O Comitê avaliou os trabalhos desenvolvidos pelas 15 comissões do PIBIC e pela comissão do PIBITI para selecionar as propostas que receberão bolsas em 2015 e 2016.  (Foto: Divulgação)

O Comitê avaliou os trabalhos desenvolvidos pelas 15 comissões do PIBIC e pela comissão do PIBITI para selecionar as propostas que receberão bolsas em 2015 e 2016. (Foto: Divulgação)

O Comitê de Consultores Externos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) realizou, nos dias 23 e 24 de junho, a avaliação dos trabalhos desenvolvidos pelas 15 comissões do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) e pela Comissão do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI) para a seleção das propostas que receberão bolsas no período 2015/2016.  O Comitê é formado por sete pesquisadores de produtividade do CNPq, dois para a área das Ciências da Vida: Luciana Rossoni (USP) e Jeverson Frazzon (UFRGS); dois para as Ciências Exatas: Miguel Jafelicci Jr. (UNESP) e Marcos da Silva Paula (UNESC); e dois para as Ciências Humanas e Sociais Aplicadas: Silvia Vieira (UFRJ) e Manoel dos Santos (USP), para o PIBIC, e Raquel Mauler (UFRGS) para o PIBITI.

A avaliação do PIBIC-Ensino Médio, que será feita pela professora Vera Lúcia Gaspar da Silva (UDESC), está prevista para o dia 06 de julho. O trabalho do Comitê Externo, que atende a uma exigência do CNPq, tem por objetivo avaliar o grau de estruturação do programa na instituição, seu funcionamento e o processo de seleção de bolsas organizado pela UFSC. As atividades do Comitê Externo são divididas em três etapas: a avaliação dos relatórios das comissões internas; reunião para apresentação dos resultados das avaliações dos trabalhos das comissões e a elaboração do relatório com recomendações para as comissões internas, para a Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) e para o CNPq. A primeira parte aconteceu na terça-feira, dia 23; a segunda etapa na quarta-feira pela manhã e a terceira na quarta-feira à tarde. A organização das atividades é da equipe da Coordenadoria do Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica (PIICT), liderada por Airton Costa. A supervisão geral é do Diretor do Departamento de Projetos, Elias Machado.
(mais…)

Tags: comissões de avaliação PIICTPibicPIICTPró-Reitoria de PesquisaPROPESQUFSC

Pró-Reitoria de Pesquisa orienta comissões de avaliação do Programa de Iniciação Científica e Tecnológica

21/05/2015 17:40

A Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) realizou na quarta-feira, 20 de maio, na sala de reuniões do prédio da Reitoria II, um encontro com os presidentes das comissões de avaliação do Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica (PIICT) para orientação e esclarecimentos sobre os procedimentos que serão adotados no processo de avaliação que começa a partir desta quinta, 21 de maio, e termina dia 19 de junho. A reunião contou com a participação do diretor do Departamento de Projetos, Elias Machado e do Coordenador do PIICT, Airton Costa, além de representantes das 11 unidades dos campi de Florianópolis (Trindade e Itacorubi) e dos quatro campi no interior (Araranguá, Blumenau, Curitibanos e Joinville). “Os esclarecimentos são muito importantes porque todos os anos as comissões são renovadas e existem dúvidas a respeito dos procedimentos definidos pelo edital. O principal objetivo da Propesq é padronizar o trabalho das comissões e evitar recursos por erros de interpretação das normas do processo de seleção”, explicou o professor Elias Machado.

No caso do PIBIC em cada uma das 11 unidades e nos quatro campi os pedidos de bolsas são avaliados por uma comissão formada por pelo menos cinco pesquisadores do CNPq ou com produção científica reconhecida em suas áreas presidida por pesquisador do CNPq enquanto que os pedidos de bolsas para o PIBITI são avaliados por uma única comissão formada por pesquisadores do CNPq ou com experiência em inovação tecnológica presidida pela diretora do Departamento de Inovação Tecnológica (DITS). Antes da promulgação dos resultados o trabalho das comissões é avaliado por uma comissão de consultores ad-hoc, todos pesquisadores do CNPq formada por especialistas em cada uma das grandes áreas do conhecimento. Os pedidos de bolsas para o PIBIC-EM, que ainda estão abertos até o dia 22 de maio, são avaliados por comissão própria, formada por pesquisadores do CNPq ou com experiência em orientação de iniciação científica presidida por um pesquisador do CNPq indicado pelo pró-reitor de Pesquisa.
(mais…)

Tags: comissões de avaliação PIICTPROPESQ