Livro de Cruz e Sousa com textos sobre negritude será lançado dia 12, na UFSC

10/09/2019 10:21

Negro – Cruz e Sousa”: o título já nos dá uma ideia sobre a abordagem do livro, organizado pela professora e pesquisadora Zilma Gesser Nunes, do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLV/UFSC). A obra, que será lançada na próxima quinta-feira, 12 de setembro, é um conjunto de textos nos quais o poeta simbolista exprime sua condição de negro e a consciência da negritude.  Nas palavras de Zilma, o livro “configura uma mostra da forma como o poeta tratou o negro em sua produção, seja em sua condição de escravo, em cenas de dor e humilhação, seja na condição de poeta emparedado por uma sociedade preconceituosa, seja em textos que evocam a sensualidade africana, a beleza e a volúpia dos prazeres carnais”.

Na apresentação da obra, o professor e pesquisador da UFSC Jair Tadeu da Fonseca destaca a contribuição de Cruz e Sousa para a negritude, antecipando-se ao político e poeta senegalês Leopold Senghor, que criou esse conceito. “O rigor e o apuro formais dos poemas e outros textos de Cruz e Sousa são inseparáveis do trato que deu à sua condição afro-brasileira”, afirma Jair. O lançamento será no Espaço Zahidé Muzart, localizado no hall do Centro de Comunicação e Expressão (CCE/UFSC), a partir das 17h30.

(mais…)

Tags: CCECruz e SousaDepartamento de Língua e Literatura VernáculasDLLV/UFSCUFS

Inscrições abertas para minicurso ‘Sintaxe da palavra & Sintaxe na palavra’

06/05/2019 16:21

O minicurso “Sintaxe da palavra & Sintaxe na palavra”, promovido pelo Departamento de Língua e Literatura Vernáculas da Universidade Federal de Santa Catarina (DLLV/UFSC) está com inscrições abertas. Ministrado por Vitor Nóbrega, o minicurso será realizado nos dias 13 e 14 de maio, das 18h às 21h, no Auditório Henrique Fontes, no Centro de Comunicação e Expressão (CCE).

Há pelo menos duas décadas, a teoria linguística de viés gerativista viu emergir diversas propostas que buscaram eliminar as regras de formação de palavras presentes no léxico, relegando somente à sintaxe o poder gerativo da gramática. Neste minicurso, será explorado o desenvolvimento dessas abordagens não lexicalistas, comumente rotuladas de neoconstrucionistas, em especial a Morfologia Distribuída e o Modelo Exoesqueletal, introduzindo as ferramentas elementares para se operar com uma sintaxe de pequenos objetos, derivando tanto a estrutura interna das palavras quanto das sentenças.
(mais…)

Tags: CCEDepartamento de Língua e Literatura VernáculasminicursoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Ciclo de palestras sobre o mundo greco-romano é adiado

02/04/2019 08:08

O segundo ciclo de palestras sobre o mundo greco-romano, promovido pelo Departamento de Língua e Literatura Vernáculas da Universidade Federal de Santa Catarina (DLLV/UFSC), e que seria realizado nesta quinta-feira, dia 4 de abril, foi cancelado. A organização irá trabalhar para que o encontro ocorra em nova data.

Mais informações pelo e-mail

Tags: BUciclo de palestras sobre o mundo greco-romanoDepartamento de Língua e Literatura VernáculasDicionário Latino-PortuguêsUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Núcleo de Estudos Gramaticais promove atividade com certificação

23/10/2018 12:09

O Núcleo de Estudos Gramaticais (NEG), vinculado ao Departamento de Língua e Literatura Vernáculas da Universidade Federal de Santa Catarina (LLV/UFSC), promove um teste de interpretação a ser realizado de modo presencial na quinta-feira, dia 1º de novembro.  A atividade é parte de uma pesquisa no campo da Linguística, não requer inscrições prévias e é aberta à comunidade. O teste garante certificado de 4 horas complementares e será realizado no bloco B do Centro de Comunicação Expressão (CCE), na sala 425, tendo duração máxima de 20 minutos.

Interessados devem entrar em contato pelo e-mail:

Tags: Departamento de Língua e Literatura VernáculasNúcleo de Estudos Gramaticais (NEG)teste de interpretaçãoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

‘O que o golpe quer calar: literatura e política no Brasil hoje’ é tema de palestra nesta quinta-feira

26/03/2018 17:15

O Núcleo de Literatura Brasileira Atual (Núcleo Literatual) do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLV/UFSC) promove, na quinta-feira, 29 de março, a palestra “O que o golpe quer calar: literatura e política no Brasil hoje”, com a professora Regina Dalcastagnè, da Universidade de Brasília (UnB). A atividade ocorre às 16h, no Auditório Henrique Fontes, no Bloco B do Centro de Comunicação e Expressão (CCE). Os participantes receberão certificado de extensão.

Resumo: “Para se consolidar, o golpe de 2016 tem de conter o movimento de democratização que, de algum modo, se fortalecia no país, especialmente a partir do acesso à educação pública e com a valorização dos espaços periféricos de produção cultural. Esse golpe se estabelece, então, contra os direitos das mulheres, dos negros, dos trabalhadores, dos moradores das periferias, da população LGBT; contra sua inserção social e contra suas formas de expressão. Mais do que nunca, precisamos estar atentos ao que essas vozes têm a nos dizer, ao que elas acrescentam na compreensão de nossa realidade e em termos de ampliação dos recursos estéticos disponíveis para reinterpretar o mundo.”

Mais informações na página do Núcleo Literatual ou no Facebook.

Tags: Centro de Comunicação e ExpressãoDepartamento de Língua e Literatura VernáculasNúcleo de Literatura Brasileira AtualNúcleo LiteratualUFSC

Professor da UFSC participa de mesa sobre língua portuguesa na Bienal do Livro de São Paulo

30/08/2016 08:14

O professor Gilvan Müller de Oliveira, do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLV/CCE), estará presente na Bienal do Livro de São Paulo. Gilvan participa da mesa de discussão “Divulgação internacional da língua portuguesa: cenários e ações”, que ocorre nesta terça-feira, 30 de agosto, às 16h, no estande do SESC na Bienal.

Mais informações no site.
Tags: Bienal do LivroCCEDepartamento de Língua e Literatura VernáculasDLLVlíngua portuguesaUFSC

Nota de pesar: falece professora aposentada Edda Arzúa Ferreira

11/07/2016 07:42

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comunica com pesar o falecimento no sábado 9 de julho, da professora aposentada Edda Arzúa Ferreira. A professora esteve lotada no Centro de Comunicação e Expressão (CCE), no Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLV) e no Programa de Pós-Graduação em Literatura.

Tags: Departamento de Língua e Literatura VernáculasEdda Arzúa FerreirafalecimentoUFSC

10ª Semana Acadêmica de Letras ocorre de 6 a 10 de junho

06/06/2016 08:00

A X Semana Acadêmica de Letras da UFSC terá como tema “Cem anos do curso de Linguística Geral: Estruturalismos e Pós-Estruturalismos”. O evento ocorre entre 6 e 10 de junho e pretende oferecer aos alunos do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLV) e  do Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras (DLLE) diversas atividades para complementação de seus currículos, além de possibilitar a integração entre as diferentes áreas de ensino, pesquisa e extensão. Na programação estão previstas palestras, mesas-redondas, minicursos, simpósios, comunicações, oficinas, pôsteres e atividades artísticas.
(mais…)

Tags: Departamento de Língua e Literatura EstrangeirasDepartamento de Língua e Literatura VernáculasDLLEDLLVLinguísticaSemana de LetrasUFSC

Atlas de línguas da Unesco revela risco de extinção de milhares de idiomas

16/02/2016 10:08

Estima-se que existam 7 mil línguas faladas no mundo, com 50% da população utilizando apenas 50 delas, e a outra metade falando 6.950 idiomas diferentes. O Atlas of the World’s Languages in Danger (Atlas Mundial das Línguas em Perigo) da Unesco foi pensado para reunir informações sobre as línguas mais usadas e classificar as que correm perigo de extinção. O professor Gilvan Müller de Oliveira, do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), participou de um evento em Londres, no final de 2015, cujo objetivo foi discutir medidas para a elaboração de um novo quadro de avaliação de risco desses idiomas.

Essa ação da Unesco partiu do pressuposto de que existe a necessidade de desenvolvimento de novas iniciativas de políticas linguísticas e um melhor compartilhamento dos recursos linguísticos disponíveis.O Atlas é baseado no Índice de Vitalidade das Línguas, que estuda o que leva um idioma a ser ameaçado, as políticas de Estado em relação a ele, seu uso nos meios de comunicação, e o fato de ele ter registros na internet. O índice divide as línguas em cinco categorias: vulneráveis; seriamente em perigo; severamente em perigo; absolutamente em perigo; e extintas.

Também há a categoria de línguas revitalizadas, ou seja, as que foram extintas, mas, por um processo de regeneração, voltaram a ser utilizadas. Um dos meios utilizados para a recuperação de línguas é o de ninhos linguísticos. A proposta é de um idoso permanecer em uma creche ensinando e conversando com as crianças apenas na língua falada por ele, para, assim, não deixar parte fundamental da cultura de um povo morrer. Um exemplo é o caso do idioma córnico, da Cornuália (Inglaterra), que havia praticamente desaparecido, mas que, por meio de políticas de revitalização como essa, atualmente possui cerca de 300 falantes.
(mais…)

Tags: Atlas Mundial das Línguas em PerigoAtlas of the World’s Languages in DangerDeclaração dos Direitos HumanosDepartamento de Língua e Literatura VernáculasFórum Global de Juventude do Impacto Acadêmico da ONUGilvan Müller de Oliveiraunesco

UFSC sedia colóquio internacional sobre poesia moderna e contemporânea

03/11/2015 11:15

coloquio-internacional2coloquio-internacionalA partir desta terça-feira, 3 de novembro, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) recebe o colóquio internacional “Poesia: linhas de fuga”, com a participação de pesquisadores de universidades brasileiras e estrangeiras. Entre os convidados estão  Silvio Mattoni, da Universidad Nacional de Córdoba (Argentina); Nanne Timmer, da Leiden University (Holanda); Florencia Garramuño, da Universidad de San Andrés (Argentina); Osvaldo Manuel Silvestre, da Universidade de Coimbra (Portugal). O evento marca o encerramento das atividades do Programa Nacional de Cooperação Acadêmica (Procad) do projeto de pesquisa “Por uma teoria da poesia moderna e contemporânea”, coordenado pela professora da UFSC Susana Scramim, e dos professores Marcos Antonio Siscar (Unicamp) e Alberto Pucheu Neto (UFRJ).

A abertura do colóquio será às 14h, na Sala Drummond, bloco B do Centro de Comunicação e Expressão (CCE). A seguir, às 15h, ocorrerá a conferência inaugural “O tempo, um pharmakon que libera e purifica”, com o professor Raúl Antelo, do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLE), e mediação de Maria Lúcia de Barros Camargo, coordenadora do Programa Pós-Graduação em Literatura (PPGLit). A programação segue até sexta-feira, 6 de novembro, e está aberta a todos os interessados.

Mais informações: (48) 3721-3790 || (48) 3721-9582 || E-mail: 

Tags: Colóquio InternacionalDepartamento de Língua e Literatura VernáculaspoesiaUFSC

Professor da UFSC participa de ‘Encontro Global de Especialistas sobre o Multilinguismo no Ciberespaço’ na Rússia

07/07/2015 08:33

O professor do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas e do Programa de Pós-Graduação em Linguística da UFSC, Gilvan Müller de Oliveira, participa do Encontro Global de Especialistas sobre o Multilinguismo no Ciberespaço, realizado de 4 a 9 de julho, em Khanty-Mansiysk, na Federação Russa.

Gilvan Müller de Oliveira apresentou na segunda-feira, 6 de julho, na Ugra Chess Academy, a comunicação “Mapeando línguas para as políticas linguísticas brasileiras”, numa sessão plenária com a participação de Adama Samassekou, do Mali; Irmgarda Kasinskaite-Budderg, da Unesco-Paris; e Sozinho Matsinhe, de Moçambique. Logo em seguida, também coordenou uma sessão plenária de comunicações envolvendo participantes da China, Espanha, Índia e Estados Unidos.

“O Encontro Global de Especialistas sobre o Multilinguismo no Ciberespaço reúne especialistas proeminentes de 40 países, representando organizações internacionais, agências governamentais, instituições educacionais, de pesquisa e culturais, organizações da sociedade civil, associações profissionais e indústrias de comunicação e tecnologia, dentre outros. São organizadores do evento: o Comitê Nacional Russo para o Programa Informação para Todos (Information for All Programme-IFAP) da UNESCO, o Governo de Khanty-Mansiysk Autonomous Okrug – Ugra, na Federação Russa, e o Interregional Library Cooperation Center (Federação Russa), em cooperação com a Unesco e a MAAYA World Network for Linguistic Diversity” (traduzido a partir do site da IFLA).

Para mais informações. clique aqui para acessar o caderno de programação do encontro (pdf em inglês).

 

Texto adaptado do Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Linguística.

 

 

Tags: Departamento de Língua e Literatura VernáculasEncontro Global de Especialistas sobre o Multilinguismo no CiberespaçoGilvan MüllerPrograma de Pós-Graduação em LinguísticaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina