Especialização em Saúde Coletiva abre inscrições

09/01/2018 13:44

O  Curso de Especialização em Saúde Coletiva da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGSC/UFSC) recebe inscrições para o processo de seleção de candidatos de 8 de janeiro a 9 de fevereiro de 2018. São ofertadas 30 vagas, destinadas a profissionais  com formação ou atuação na área da saúde. As inscrições devem ser realizadas através de preenchimento de formulário online e posterior envio ou entrega da documentação solicitada no edital.

A seleção será realizada em duas etapas: prova escrita e análise de documento, com a prova sendo realizada presencialmente no período vespertino de 19 de fevereiro. O resultado final será divulgado em 22 de fevereiro na página: www.saudepublica.ufsc.br.

O curso possui uma carga horária de 420 horas/aula e será realizado de 8 de março de 2018 a 21 de junho de 2019.

Mais informações

Edital

Inscrições

Cronograma de atividades

Contato:  ou (48) 3721-9388, das 9h às 12h

 

Gabriel Martins/Agecom/UFSC

Tags: CCSCurso de EspecializaçãoeditalEdital de EspecializaçãoEspecialização em Saúde Coletivapós-graduaçãosaúde coletivaUFSC

SUS é tema da aula inaugural da pós em Saúde Coletiva com o ex-ministro Alexandre Padilha

15/03/2017 12:00

O Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da UFSC promove nesta sexta-feira, dia 17,  às 18 horas, no auditório do Bloco H do Centro de Ciências da Saúde (CCS), aula inaugural com a participação do ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha. O debate tem como tema “Os desafios do SUS em meio ao avanço das políticas neoliberais”.

Participam ainda o presidente do Conselho Nacional de Saúde, Ronaldo F. dos Santos, e Francisco M. da Cunha, da Frente Nacional contra a Privatização da Saúde e Coletivo Trabalhadores em Luta (Campinas)

O evento é uma realização da Rede de Médicas e Médicos Populares de Santa Catarina, com apoio da UFSC/PPGSC e Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares. susneoliberais

Tags: Alexandre Padilhaaula inauguralsaúde coletivaSUSUFSC

Inscrições para Curso de Especialização em Saúde Coletiva seguem até dia 10

06/02/2017 08:23

O Curso de Especialização em Saúde Coletiva da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), vinculado ao Departamento de Saúde Pública (SPB), está com inscrições abertas até o dia 10 de fevereiro para 30 vagas destinadas a profissionais da Saúde ou que atuem na área. O processo de seleção será composto pelas etapas de prova escrita e de análise documental – declaração de experiência no Sistema Único de Saúde (SUS). As inscrições devem ser realizadas aqui.

Além da inscrição on-line, os candidatos deverão entregar a documentação exigida para análise pessoalmente ou via sedex no endereço que consta do Edital de Seleção nº 001/SPB/2017. Os documentos para inscrição devem ser entregues até o dia 10 de fevereiro de 2017.
(mais…)

Tags: cursoeditalespecializaçãoinscriçõessaúde coletivaSPBSUSUFSC

Inscrições para 3º Congresso Catarinense de Saúde Coletiva encerram nesta quarta

16/08/2016 10:00

O III Congresso Catarinense de Saúde Coletiva e I Seminário de Bioética e Saúde Coletiva serão realizados nos dias 29 e 30 de agosto. O evento é uma parceria entre Departamento de Saúde Pública, Centro de Ciências da Saúde (CCS), Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina. O congresso ocorre no auditório Garapuvu, do Centro de Cultura e Eventos.

O evento receberá trabalhos para apresentação até o dia 17 de agosto, às 23h59. Os resumos somente deverão ser submetidos pela internet, por meio do site do Encontro. A divulgação do resultado da avaliação será no dia 22 de agosto, também no site do evento. Ao inscrever o trabalho, o autor deve informar o tipo de estudo, a área temática e a modalidade de apresentação. As inscrições para o evento vão até dia 25 de agosto. 

Cada participante poderá submeter no máximo dois resumos vinculados à sua inscrição, ainda que não haja limite para participação como coautor em trabalhos inscritos por outros participantes. O texto do resumo deve ser objetivo e conciso, distribuído nos seguintes tópicos: Introdução/objetivos; Metodologia; Resultados; Conclusões/Considerações Finais. Mais detalhes sobre a formatação do arquivo podem ser acessadas no site do evento.
(mais…)

Tags: Congresso Catarinense de Saúde Coletivasaúde coletivaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pós em Saúde Coletiva publica edital da seleção de pós-doutorado

04/04/2016 08:15

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal de Santa Catarina divulgou o edital de seleção de pós-doutorado. As inscrições podem ser realizadas até 25 de abril.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-6130 ou pelo e-mail 

Tags: pós-doutoradoPrograma de Pós Graduação em Saúde Coletivasaúdesaúde coletivaUniversidade Federal de Santa Catarina

Simpósio ‘A vida medicada: medicalização da infância’ encerra-se nesta sexta

20/11/2015 09:44

A programação do simpósio “A vida medicada: medicalização da infância” segue nesta sexta-feira, 20 de novembro, com palestra, mesa redonda e apresentações de trabalhos. As atividades ocorrem das 9h da manhã às 18h30, no auditório e nas salas do Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A programação está disponível aqui.

O simpósio pretende gerar um espaço de interação e troca com pesquisadores brasileiros e estrangeiros interessados em discutir os limites e dificuldades do processo de medicalização da infância. Neste sentido, foram definidos três eixos temáticos do evento:promove palestras e

1. O DSM e a proliferação de novos diagnósticos: procura indagar sobre a influência do DSM na multiplicação de novos transtornos e os diferentes mecanismos de categorização dos sofrimentos psíquicos;

2. A medicalização da infância em perspectiva histórica: pretende compreender a partir da analise histórica o processo de criação dos chamados transtornos mentais da infância, o sistema classificatório utilizado, o surgimento dos testes e os modelos estatísticos, assim como as mudanças, continuidades e descontinuidades no saber médico psiquiátrico como parte da medicalização infantil e a detecção de diagnósticos precoces;

3. Ética, indústria farmacêutica e medicalização da infância: busca analisar criticamente o papel da indústria farmacêutica no processo de medicalização infantil, suas implicações éticas e os dispositivos de patologização dos sofrimentos psíquicos.

A atividade é organizada pelos programas de pós-graduação em Saúde ColetivaSociologia Política e Interdisciplinar em Ciências Humanas.

Mais informações no site.

Tags: infânciaMedicalizaçãosaúde coletivasimpósioSociologia PolíticaUFSCVida medicada

Pesquisa realizada pela UFSC revela dados de Florianópolis sobre qualidade de vida e discriminação

30/05/2014 16:45

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2012, que investigou a qualidade de vida da população de Florianópolis, na faixa etária entre 20 e 59 anos, revelou que nove em cada dez homens e oito em cada dez mulheres afirmaram ter uma qualidade de vida boa ou muito boa – entre os cerca de 1.200 entrevistados. Os resultados fazem parte do estudo do instituto EpiFloripa, que avalia as condições de saúde de adultos e idosos da Grande Florianópolis. O projeto é coordenado pelo professor Marco Aurélio Peres, do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC) do Centro de Ciências da Saúde (CCS).

Para o resultado final da pesquisa, os examinadores utilizaram um questionário – elaborado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e utilizado em diversos países – composto de 26 perguntas sobre aspectos psicológicos e físicos, e sobre relações sociais e de ambiente em relação à qualidade de vida.
(mais…)

Tags: PPGSCqualidade de vida em Florianópolissaúde coletivaUFSC

Psicóloga canadense palestra sobre doçura, saturação e saciedade

05/05/2014 16:04

Pesquisadora France Bellisle

A professora France Bellisle ministrou a conferência “Sweetness, satiation and satiety” (Doçura, saturação e saciedade) durante visita aos programas de pós-graduação em Nutrição (PPGN) e Saúde Coletiva (PPGSC) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), na terça-feira, 29 de abril, no Centro de Ciências da Saúde (CCS). Na apresentação, a professora discutiu o modo como respondemos ao sabor doce e como, por consequência, a cultura de ingestão de açúcares se forma.

Formada em Psicologia, France Bellise apresentou sua pesquisa direcionada ao comportamento humano. O sabor doce provoca respostas comportamentais específicas, das quais foram destacadas a saturação (a sensação de que não conseguimos mais comer) e a saciedade (sensação de que estamos satisfeitos, sem estarmos totalmente saturados) – essas sensações também são estimuladas por outros sabores, mas com o doce ocorrem de forma específica. 
(mais…)

Tags: DoçuraFrance Bellislepós-graduação em nutriçãosaturação e saciedadesaúde coletivaUFSC

Inscrições abertas para o mestrado e doutorado em Saúde Coletiva

02/05/2013 13:51

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), comunica que estão abertas as inscrições para o processo de seleção da Turma de 2013 nos cursos de Mestrado e Doutorado em Saúde Coletiva. São 26 vagas para o mestrado e 14 para o Doutorado. As inscrições devem ser feitas até o dia 1º de junho, na Secretaria do PPGSC, andar térreo do Centro de Ciências da Saúde (CCS), das 9h às 11h30, e 14h às 17h. 
(mais…)

Tags: CCSmestrado e doutoradoPPGSCsaúde coletivaUFSC

Professor da UFSC lança livro sobre gestão do trabalho na saúde da família

06/06/2012 14:52
.

.

Será lançado no próximo dia 11/06, durante o XXVIII Congresso do Conselho Nacional de Secretárias Municipais de Saúde, em Maceió, a obra “Avaliação da Gestão do Trabalho em Saúde da Família”, do professor Rodrigo Otávio Moretti-Pires.

Fruto de pesquisa em Gestão na Amazônia, o livro aborda as mudanças de processos mais amplos e que incidem diretamente no trabalho em Saúde da Família, como as modificações do capitalismo contemporâneo – em termos reestruturação produtiva do capital que atinge o setor de prestação de serviços – e a terceirização dos serviços públicos a partir da Gestão compartilhada entre Administração Pública e Organizações Sociais.

 

Rodrigo Otávio Moretti-Pires
Vice-coordenador do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da UFSC, Rodrigo é professor efetivo do Departamento de Saúde Pública do Centro de Ciências da Saúde da Universidade, ministrando aulas nos cursos de Medicina, Nutrição e Fonoaudiologia. É bacharel em Odontologia, especialista em Saúde da Família, mestre em Ciências Médicas com área de concentração em Saúde da Comunidade, doutor em Ciências da Saúde com área de concentração em Saúde Mental e pós-doutor em Pesquisa no Fenômeno de Álcool e Drogas. Edita ainda o Periódico Saúde & Transformação Social/Health & Social Change.

Fonte: www.adjorisc.com.br

 

Mais informações com o professor Rodrigo: 3721.9388 ou

Tags: saúde coletiva

Presidente da Associação Epidemiológica Internacional ministra aula na UFSC

30/08/2011 07:58

Os programas de Pós-Graduação em Saúde Coletiva e em Nutrição realizam aula inaugural nesta terça-feira,  dia 30 de agosto, às 8h30min, no auditório do Hospital Universitário (HU). O ministrante será o professor Cesar Gomes Victora, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), atual Presidente da Associação Epidemiológica Internacional (período de 2011-14). O tema será  Por que fazer pesquisa? A palestra também comemora os 15 anos do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da UFSC.

Cesar Gomes Victora é médico pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e PhD emEpidemiologia da Assistência Médica pela Escola de Higiene e Medicina Tropical da Universidade de Londres. Co-fundador do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel)  e Professor Emérito de Epidemiologia na UFPel, onde trabalha desde 1977.

Realizou extensas pesquisas no Brasil e já atuou como pesquisador ou consultor em mais de 40 países, assessorando a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). Suas pesquisas incluem as áreas de saúde e nutrição materno-infantil, amamentação, coortes de nascimento, desigualdades sociais e avaliação de serviços de saúde, tendo resultado em cerca de 500 publicações científicas.

Em 2003, coordenou a Série de Sobrevivência Infantil Lancet/Bellagio, um conjunto de cinco artigos científicos com grande impacto sobre as políticas globais. Atua ainda como pesquisador nível 1-A do CNPq, Professor visitante das Universidades de Londres e John Hopkins e Membro do Conselho Editorial de várias revistas científicas internacionais.

Recebeu o Prêmio Conrado Wessel de Medicina em 2005 e o Prêmio Scopus/CAPES por produtividade científica em 2006, sendo eleito neste mesmo ano para a Academia Brasileira de Ciências e indicado para a Comissão Nacional de Determinantes Sociais em Saúde. Em 2008 recebeu o Prêmio Abraham Horwitz para Liderança em Saúde Inter-Americana, da Organização Panamericana de Saúde (OPAS), tendo sido também agraciado com o grau de Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico (2008) e da Ordem Nacional do Mérito Médico (2010).

Tags: nutriçãosaúde coletiva