Inscrições abertas para estudantes participarem do Programa de Buddies Spring 2019

08/01/2019 08:20

Estudantes de graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Universidade do Estado de Santa catarina (Udesc) podem se inscrever para participar do Programa de Buddies da University Studies Abroad Consortium (USAC), instituição universitária, sem fins lucrativos, conveniada com a UFSC desde 2012. O tempo de permanência dos estudantes estrangeiros no Brasil será de 22 de janeiro a, aproximadamente, dia 15 de maio. O Programa de Buddies é uma iniciativa para conhecer outros estudantes e culturas, como também aprimorar o inglês na prática.

Para participar é necessário que o estudante consiga se comunicar em inglês para ajudar o estudante estrangeiro com o português, ao mesmo tempo que melhora a sua fluência. Também, é fundamental se programar para participar de eventos programados pela USAC para o primeiro semestre (Spring) de 2019. Veja se você atende aos requisitos abaixo e faça a sua inscrição no endereço eletrônico https://goo.gl/forms/ZonwAKJp4G4w8ZFt2.

– Tempo livre para se encontrar com o estudante da USAC com frequência,
– Participar das atividades extras promovidas pela USAC,
– Ser capaz de incluir o estudante em suas atividades sociais e ajudar o estudante estrangeiro a conhecer melhor a cultura local.

O primeiro encontro com os estudantes da USAC está programado para ser realizado no dia 24 de janeiro, quinta-feira, às 16 horas, no Auditório da Reitoria da UFSC. No dia seguinte, sexta-feira (25), os participantes farão um tour pela Ilha de Santa Catarina, das 9 às 18 horas.
(mais…)

Tags: Estudantes EstrangeirosPrograma de Intercâmbio USAC-UFSCPrograma USAC 2019.1Programa USAC-UFSCUFSCUSAC

UFSC recepciona mais de 160 alunos estrangeiros para segundo semestre

08/08/2016 08:04

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizou nesta sexta-feira, 5 de agosto, uma cerimônia de recepção aos estudantes intercambistas que chegaram à Universidade para cursar o segundo semestre de 2016. Com início às 10h no auditório da Reitoria, o evento contou com a presença da vice-reitora Alacoque Lorenzini Erdmann, do secretário de Relações Internacionais da UFSC Lincoln Fernandes e com a responsável pelo Programa de Intercâmbio Natália Roth da Silva.

Alacoque iniciou a recepção trazendo alguns dados institucionais, como a existência de mais de 46 mil alunos matriculados na UFSC e de 116 cursos de graduação. Ela também ressaltou a criação, pela atual gestão, de uma Secretaria de Esportes e de uma Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades, bem como o incentivo às atléticas e Empresas Juniores.

Depois disso, o secretário Lincoln Fernandes deu orientações, em inglês, sobre cuidados com as praias, com rochas escorregadias, uso de protetor solar e de repelente para insetos. Ele disse que a UFSC preza pela saúde de seus estudantes e espera que os intercambistas “cresçam e aprendam a absorver o máximo dessa experiência” pela qual estão passando.

Vice-reitora Alacoque recepcionando os alunos estrangeiros, que somam mais de 160 para o segundo semestre de 2016.

Vice-reitora Alacoque recepciona os alunos estrangeiros, que somam mais de 160 para o segundo semestre de 2016

Por fim, Natália Roth explicou o sistema de notas da Universidade, como funcionam o Restaurante, a Biblioteca e o Hospital Universitários, o período de matrícula e os documentos necessários para apresentação na Polícia Federal. Ela ainda falou sobre o “apadrinhamento” de alunos estrangeiros. Por meio dele, estudantes da UFSC se responsabilizaram, após divulgação no site da Secretaria de Relações Internacionais (Sinter), a auxiliar um intercambista com questões locais, o que lhes proporciona uma troca cultural e a possibilidade de praticar outras línguas.

Este semestre, a UFSC recebeu cerca de 166 alunos de mais de 18 países. Há mais ou menos três anos, os países de onde mais vêm estudantes são Portugal, Alemanha, França e Espanha. Em relação a Portugal, Natália acredita que essa procura pelo Brasil é em função da proximidade cultural e histórica entre as duas nações. Quanto à Alemanha, ela acha que é por causa dos estudos de engenharia, muito fortes naquele país e que são bem conceituados dentro da UFSC.

A estudante chilena Araceli Cornejo, que está realizando seu primeiro intercâmbio, é graduanda do curso de Tradução, que não existe em Florianópolis. Para participar do programa, ela teve que se matricular em matérias correspondentes às disciplinas que cursava no Chile. Araceli, que está conhecendo a cidade pela primeira vez, conta que “as pessoas são muito agradáveis, simpáticas e ajudam no que se precisa”.

Kate Bethaay estuda Língua Portuguesa na Inglaterra e chegou em Florianópolis no final de julho para participar do programa de intercâmbio. Ao ser indagada do porquê de escolher o Brasil, ela disse que, dentre os países de língua portuguesa, lhe pareceu “o mais interessante”.

Carolina Maingué/ Estagiária de Jornalismo/ Agecom/ UFSC

Tags: Estudantes EstrangeirosPrograma de IntercâmbioUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina