Dia de Gratuidade nas fortalezas administradas pela UFSC será neste domingo, dia 4

31/07/2019 11:23

As fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim, Santo Antônio de Ratones e São José da Ponta Grossa estarão com acesso gratuito no próximo domingo, dia 04 de agosto, em mais um Dia de Gratuidade promovido pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que administra as três fortificações. Além da isenção para toda a comunidade, haverá guiamento gratuito dos visitantes feito por estudantes do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) na Fortaleza de São José da Ponta Grossa, na Praia do Forte, em Florianópolis. A fortaleza abre das 9h às 12h e das 13h às 17h. O guiamento inicia às 10 horas.

O guiamento na Fortaleza de São José da Ponta Grossa aos domingos é feito por alunos do Curso de Guia de Turismo Regional Santa Catarina do IFSC. Ao mesmo tempo em que os estudantes põem em prática os ensinamentos de sala de aula, os visitantes da fortaleza têm oportunidade de aprender mais sobre a história das fortificações locais. A parceira entre UFSC e IFSC foi viabilizada através do Projeto Turismo Receptivo na Fortaleza de São José da Ponta Grossa, coordenado pela professora Maria Helena Alemany Soares. O projeto começou no ano passado, atendendo em média 78 pessoas por dia, aos domingos, somando mais de 1.300 atendimentos de maio a agosto. Neste ano, o projeto se estende até novembro, atendendo aos domingos.
(mais…)

Tags: Dia de GratuidadeFortaleza de Santa Cruz de AnhatomirimFortaleza de São José da Ponta GrossaFortaleza Santo Antônio de RatonesFortalezas UFSCUFSC

Primeiro dia de visitação gratuita nas fortalezas da Ilha bate recorde de público

01/04/2019 13:45

Fortaleza de Santa Cruz, Ilha de Anhatomirim

A primeira vez que visitei uma das três ilhas que compõem as fortificações na Ilha de Santa Catarina foi ao final da década de 1990 em uma viagem de conclusão do Ensino Médio. Faz tempo, mas nunca esqueci a construção imponente da Fortaleza de Santa Cruz, localizada na Ilha de Anhatomirim, hoje área de jurisdição de Governador Celso Ramos. Anos depois, retornei em um passeio de barco que passou, também, pela Fortaleza de Santo Antônio, localizada na ilha de Ratones Grande, em Florianópolis. A experiência ficou completa em 2018 com uma visita, por terra, à Fortaleza de São José da Ponta Grossa, na Praia do Forte no norte da Ilha de Santa Catarina.

As fortalezas da Ilha de Santa Catarina são Patrimônio Histórico Nacional e retratam a história do sistema defensivo criado pela Coroa Portuguesa a partir de 1739. Os canhões, as guaritas, a casa de pólvora e tantos outros elementos que compõem as fortalezas foram construídos com a função de proteger a entrada da Barra Norte da Ilha catarinense.

Essa história está viva e ao alcance de todos. Antes abandonadas e às ruínas, hoje as fortalezas estão sob gestão da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio da Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina (CFISC/SeCArte), e podem ser visitadas todos os dias da semana das 9 às 17 horas, com exceção da Fortaleza de São José da Ponta Grossa que fecha o ingresso entre as 12 e 13 horas.

Os primeiros domingos do mês, entre março e novembro, têm atraído um bom público porque a entrada é gratuita. O primeiro dia de gratuidade deste ano, em 03 de março, bateu recorde de público desde a implantação da isenção, em 2017: Foram 2.100 visitantes em Anhatomirim, 545 em São José e 239 em Ratones.

Ainda, a partir de 2018 a Fortaleza de São José passou a contar com o serviço de guia de turismo. A iniciativa foi renovada para este ano por meio do projeto de extensão “Turismo receptivo na Fortaleza de São José da Ponta Grossa/SC” que oportuniza aos estudantes do curso técnico de Guia de Turismo Regional Santa Catarina (IFSC) colocarem em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula.
(mais…)

Tags: Fortaleza de Santa Cruz de AnhatomirimFortaleza de São José da Ponta GrossaFortaleza Santo Antônio de RatonesFortalezas da IlhaUFSCvisita fortalezas

Fortes e fortalezas de Santa Catarina recebem oficina para candidatura a Patrimônio Mundial

13/06/2018 09:00

Nos dias 13 e 14 de junho, em Florianópolis, no auditório da antiga Alfândega (Rua Conselheiro Mafra, 141), será realizada a Oficina de Alinhamento para a Candidatura do “Conjunto de Fortificações do Brasil” a Patrimônio Mundial, promovida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

As Fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim e de Santo Antônio de Ratones, ambas administradas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), estão entre as 19 fortificações brasileiras indicadas à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para tornarem-se Patrimônio da Humanidade. Entre os palestrantes do evento estará Salvador Gomes, coordenador das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina, que abordará a gestão desses monumentos, a qual vem sendo realizada pela UFSC há quase 40 anos.

(mais…)

Tags: Fortaleza de Santa Cruz de AnhatomirimFortaleza Santo Antônio de RatonesFortalezas da Ilha de Santa CatarinaFortes e fortalezas de Santa CatarinaInstituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)Patrimônio da HumanidadePatrimônio MundialUniversidade Federal de Santa Catarina (UFSC)