Espetáculo musical ‘Balança, Bruxa!’ tem produção de Grupo de Pesquisa e Extensão da UFSC

07/10/2019 08:47

O espetáculo musical “Balança, Bruxa!”, que conta com produção do Grupo de Pesquisa e Extensão Laboratório em Design, Audiovisual e Transmídi (Lab Dat) da Universidade Federal de Santa Catarina, será exibido no dia 26 de outubro, sábado, em duas sessões (às 18 e às 20 horas), no Teatro Álvaro de Carvalho. O acesso é gratuito e será acessível em Libras. Os interessados podem retirar o ingresso um hora antes de cada sessão.

Com direção de Jamil Vigano, a peça apresenta uma história inédita e original, livremente inspirada nas obras de Franklin Cascaes e com uma linguagem que alude aos épicos cinematográficos de fantasia, tais como Harry Potter e Senhor dos Anéis. Um novo olhar ao mundo fantástico criado pelo artista catarinense, assim como aos tradicionais elementos da cultura ilhéu, como o cerco das tainhas, a renda de bilro, o costume da benzedura e a festa do Divino Espírito Santo.

O objetivo vai além de apresentar uma diferente perspectiva a um público conhecedor do artista e suas obras, e busca atrair uma nova geração de consumidores ávidos pelas histórias e personagens mágicas das franquias de entretenimento, mas tem pouca proximidade sobre todo o universo surrealista e místico criado por Cascaes, como a monstruosa Bruxa que se balança no alto de uma árvore no morro da Lagoa no conto “Balanço Bruxólico”. 
(mais…)

Tags: Bruxa!"espetáculo musical "BalançaFranklin CascaesGrupo de Pesquisa e Extensão Lab DatLab DatUFSC

Autobiografia do ‘Peninha’, artista e servidor aposentado da UFSC, será lançada dia 30

24/07/2019 11:05

O livro “Narrativas absurdas: verdades contadas por um mentiroso”,  de Gelci José Coelho, conhecido também como “Peninha”, servidor aposentado da UFSC junto ao Museu de Arqueologia e Etnologia Oswaldo Rodrigues Cabral (MArquE), será lançado na terça-feira, 30 de julho, a partir das 19 horas, no Museu Histórico Municipal de São Jose.

Em “Narrativas absurdas: verdades contadas por um mentiroso”, o artista, pesquisador e museólogo traz um texto que mescla sua história de vida com lendas, contos e casos raros do litoral de Santa Catarina, narrando sua trajetória desde as primeiras lembranças até os dias atuais. Por mais de uma década, Peninha colaborou com o artista, folclorista e professor Franklin Joaquim Cascaes, que se dedicou a registrar as lendas, histórias e costumes dos descendentes açorianos na ilha de Florianópolis. Tornando-se admirador, incentivador e amigo de Franklin Cascaes, Peninha é responsável pela difusão das obras do artista, que se encontram no Museu da UFSC.
(mais…)

Tags: Franklin Cascaeslançamento de livroPeninhaUFSC

Autobiografia do artista e servidor aposentado da UFSC, ‘Peninha’, é lançada nesta quinta

20/03/2019 17:06

O livro “Narrativas absurdas: verdades contadas por um mentiroso”, do servidor aposentado da UFSC junto ao Museu de Arqueologia e Etnologia Oswaldo Rodrigues Cabral (MArquE), Gelci José Coelho, conhecido também como “Peninha”, será lançado nesta quinta-feira, dia 21 de março, às 19h, no Museu da Escola Catarinense (MESC). O evento contará com sessão de autógrafos, performances artísticas e a abertura da exposição “Um boitatá em dois tempos”, com registros fotográficos de Biah Schmidt. O livro será comercializado a R$ 45 no local de lançamento.

Em “Narrativas absurdas: verdades contadas por um mentiroso”, o artista, pesquisador e museólogo traz um texto que mescla sua história de vida com lendas, contos e casos raros do litoral de Santa Catarina, narrando sua trajetória desde as primeiras lembranças até os dias atuais. Por mais de uma década, Peninha colaborou com o artista, folclorista e professor Franklin Joaquim Cascaes, que se dedicou a registrar as lendas, histórias e costumes dos descendentes açorianos na ilha de Florianópolis. Tornando-se admirador, incentivador e amigo de Franklin Cascaes, Peninha é responsável pela difusão das obras do artista, que se encontram no Museu da UFSC.
(mais…)

Tags: Franklin Cascaeslançamento de livroPeninhaUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Piloto de série de ficção policial com temas açorianos será exibido no MArquE

09/09/2016 13:44

O Museu de Arqueologia e Etnologia da UFSC (MArquE) exibirá na segunda-feira, 12 de setembro, o episódio piloto da série de ficção policial “Desterro”. Com direção e roteiro de Mariana Thomé, a produção explora os temas de mistério entrelaçando com o folclore açoriano e as temáticas de Franklin Cascaes. A exibição será gratuita e aberta ao público, com início às 15h.

Segundo a equipe de produção, Desterro contará o cotidiano dos policiais civis Laura Macedo (Mayana Neiva), que acabara de chegar em Florianópolis, e o manezinho Roberto Santos (Chico Caprario) em uma caçada a um serial killer. As investigações circundarão em casos de desaparecimento e assassinatos nas comunidades remotas da Ilha. Todos os episódios são inspirados livremente em contos e desenhos do historiador catarinense Franklin Cascaes – cuja obra está exposta permanentemente no MArquE.

 

Tags: Franklin CascaesMArquEpolicial

Projeto ‘Nossos Monumentos’ apresenta obras instaladas no campus universitário

12/08/2016 17:02
Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

A Agência de Comunicação da UFSC (Agecom) inaugura, com a obra Boitatá Incandescente, instalada ao lado do Centro de Cultura e Eventos, o projeto “Nossos Monumentos”. Trata-se de uma série que pretende apresentar, a toda a comunidade, os monumentos espalhados pelo campus sede da UFSC, no bairro Trindade, em Florianópolis. A cada semana, contaremos a história de uma obra, com informações sobre seu autor e contexto de criação.

Boitatá Incandescente: uma homenagem a Franklin Cascaes

Uma cobra gigante de olhos brilhantes que serpenteia pelo céu e deixa um rastro de fogo por onde passa. Este é o boitatá, um dos personagens folclóricos mais temidos pelos primeiros moradores da Ilha de Santa Catarina. A “m-boy tatá” ou “cobra de fogo”, como era conhecida pelos nativos, aos poucos foi sendo “aportuguesada” pelos colonizadores açorianos e deixou de ser cobra para se tornar um boi. O olhar de Franklin Cascaes sobre a criatura folclórica, em seus textos e ilustrações, foi o que inspirou o artista Laércio Luiz na construção da escultura Boitatá Incandescente, um dos mais conhecidos monumentos da UFSC.
(mais…)

Tags: Boitatá Incandescentecampus TrindadeFranklin CascaesLaércio LuizPonte Hercílio LuzProjeto Nossos MonumentosUFSC

Editora da UFSC promove inclusão digital também no vestibular

11/03/2014 13:43

A literatura catarinense conquistou espaço  nos vestibulares da Universidade Federal de Santa Catarina. Um clássico volta a figurar na lista de leituras do concurso de 2015: O Fantástico da Ilha de Santa Catarina, de Franklin Cascaes. Relançado em 2012 pela  Editora da UFSC (EdUFSC), dentro da Coleção Repertório, reúne, em volume único, 24 narrativas ilustradas pela própria pena do artista, cuja obra completa pode ser conhecida e visitada no Museu de Arqueologia e Etnologia  – Oswaldo Rodrigues Cabral, no campus de Florianópolis.  Praticamente esgotado, a EdUFSC está preparando mais uma reedição. O diretor da editora, Fábio Lopes, chama atenção para a política de inclusão da Universidade. “O Fantástico da Ilha de Santa Catarina está gratuitamente disponível para leitura na seção Acervo Digital do site da EdUFSC”. 

Nas narrativas do artista plástico, mitólogo e folclorista, o caldeirão bruxólico é composto pelo universo litorâneo, o imaginário ilhéu e o falar açoriano catarinense. No cardápio aparecem congressos, balanças e vassouras bruxólicas, bruxas ladras de baleeiras, baile de bruxas dentro de uma tarrafa de pescaria, e, pasmem, eleições!

As  histórias foram produzidas, em cadernos de anotações, no período de 1946 a 1975. Cascaes escreve com a convicção de quem acredita piamente no que ouviu e viu nas comunidades ilhoas. Tudo parece real! Organizado pelo discípulo e museólogo Gelci Coelho (Peninha), com apoio das pesquisadoras  Dulce Maria Halpap e Bebel Orofino, o glossário do livro coube ao professor  Oswaldo Antônio Furlan,  aposentado pela UFSC.

Franklin Cascaes nasceu em São José (SC) em 16 de outubro de 1908 e faleceu em Florianópolis em 15 de março de 1983. Em 2014, Santa Catarina lembra os 106 anos de nascimento e os 31 anos de morte do gênio da cultura popular. Cascaes é patrono das feiras da EdUFSC. Disponibilizar a sua obra em livro na versão digital reforça o papel da editora na divulgação e popularização da cultura local e regional.

No Acervo Digital pode-se acessar também outros 26 títulos do catálogo, inclusive obras dos vestibulares recentes.

Mais informações:
EdUFSC
Telefone: (48) 3721-9408
Site: 
www.editora.ufsc.br
Diretor executivo: Fábio Lopes ()/ celular (48) 9933-8887

Moacir Loth / Jornalista na Agecom/UFSC
 

Tags: EdUFSCFranklin Cascaeslivros vestibular 2015O fantástico na Ilha de Santa CatarinaUFSC

O fantástico na Ilha de Santa Catarina será relançado na Feira de Livros da Editora da UFSC

11/10/2012 17:24

A próxima novidade da Feira de Livros da Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC) será o relançamento, em volume único, do clássico da literatura popular O fantástico na Ilha de Santa Catarina, de Franklin Cascaes. O evento, com a presença do museólogo Gelci José Coelho (Peninha), está marcada para o dia 17, quarta-feira, a partir das 16h30min, na Praça da Cidadania, em frente ao prédio da Reitoria da UFSC, em Florianópolis. A feira, que oferece descontos de 50 a 70%, prossegue até o dia 25 deste mês.

(mais…)

Tags: EdUFSCFeira de LivrosFranklin CascaesO fantástico na Ilha de Santa Catarina

Prêmio Franklin Cascaes de Cultura

02/08/2011 18:06

Premiada na área de artes visuais como a melhor exposição do ano de 2010, Franklin Cascaes: desenhos e esculturas, realizada de 10 de julho a 27 de agosto de 2010, no Museu Histórico de Santa Catarina, recebeu na última sexta-feira, dia 29 de julho, o Prêmio conferido pela Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes. A mostra exibiu 29 desenhos e cerca de 100 esculturas de Franklin Cascaes (1908-1983), com curadoria de Fernando Lindote, e contou com uma programação educativa e cultural ao longo de toda a exposição.

O projeto foi realizado pela Associação dos Amigos do Museu Universitário Professor Oswaldo Rodrigues Cabral (AMU), Secretaria de Cultura e Arte (SecArte) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC), com o patrocínio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e da Carbocloro. A produção foi da Exato Segundo Produções Artísticas. O apoio é da Fundação Franklin Cascaes e do Rádio CBN Diário.

Saiba mais: http://cascaes-desenhos-e-esculturas.exatosegundo.com.br/

Tags: 2010Franklin CascaesPremio