Professor da UFSC é nomeado para órgão federal de combate à violência contra jornalistas

13/12/2023 12:47

O Diário Oficial da União publicou a portaria da Secretaria Nacional de Justiça (Senajus) que nomeia os membros do Observatório da Violência contra Jornalistas e Comunicadores, e um dos titulares é o professor Rogério Christofoletti, do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina.

O Observatório é um órgão criado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública para receber denúncias de ataques a jornalistas e profissionais da comunicação, acompanhar e acelerar processos judiciais e investigativos, reunir dados e propor políticas públicas para a área. O órgão foi criado no início de 2023 a partir da insistência de entidades da sociedade que monitoram as agressões a repórteres, e que estavam alarmadas com a explosão de casos de ameaças físicas, simbólicas, psicológicas e agressões online sofridos pela categoria nos últimos anos. Durante o governo Bolsonaro, a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) contabilizou 1442 ataques entre 2019 e 2022, praticamente um por dia.

Embora a portaria de composição do Observatório só tenha sido publicada no dia 8 de dezembro, o órgão desenvolveu uma série de atividades ao longo do ano, como reuniões de trabalho, participação em eventos (inclusive na Unesco e Organização dos Estados Americanos) e o lançamento de um canal de denúncias específico. “O Observatório se estrutura em grupos de trabalho e isso vai nos permitir também atuar em várias frentes, como a mitigação de assédio judicial contra jornalistas e a proposição de políticas específicas de combate. Nos últimos anos, as jornalistas têm sido alvo preferencial de ataques de certos grupos misóginos, por exemplo”, explica Christofoletti que integra o GT Ataques Digitais e Políticas de Proteção. “Estamos em contato, inclusive, com as grandes plataformas digitais para cobrar delas compromissos mais efetivos de proteção aos jornalistas, tendo em vista que o jornalismo é uma atividade de sustentação e fortalecimento da própria democracia”, conclui.
(more…)

Tags: departamento de JornalismoObservatório da Violência contra Jornalistas e ComunicadoresPrograma de Pós-Graduação em JornalismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Ato em solidariedade à jornalista Schirlei Alves ocorre nesta quinta-feira na UFSC

27/11/2023 16:34

O Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina (SJSC) promove um ato público em solidariedade à jornalista Schirlei Alves nesta quinta-feira, 30 de novembro, às 10h, no auditório do Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina (CCE/UFSC). O sindicato divulgou um manifesto em defesa da jornalista e contra o assédio judicial aos profissionais de imprensa, subscrito por cerca de 60 entidades até o momento.

O manifesto tem o apoio de diversos órgãos da UFSC, tais como o Colegiado do Departamento de Jornalismo (JOR/UFSC), o Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPJOR/UFSC), o Grupo de Pesquisa Transverso – Estudos em Jornalismo, Interesse Público e Crítica, o Sindicato dos Professores das Universidades Federais de Santa Catarina (Apufsc).
(more…)

Tags: Ato PúblicoCCEdepartamento de JornalismojornalismoPrograma de Pós-Graduação em JornalismoSchirlei AlvesSindicato dos Jornalistas de Santa CatarinaSJSCUFSC

Pós em Jornalismo e em Sociologia Política promovem debate sobre Habermas

31/08/2023 07:29

O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPGJor) e Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Ciência Política (PPGSP) promovem, na próxima quarta-feira, 6 de setembro, o debate Esfera pública e a perspectiva contemporânea em Habermas. O evento ocorre às 14h, no Auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH). Os professores João Pissarra Esteves, da Universidade Nova de Lisboa, Denilson Werle, da UFSC, e Emil Sobottka, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, são os debatedores.

A atividade marca o lançamento em português do mais novo livro de Jürgen Habermas, Uma nova mudança estrutural da esfera pública, publicado pela Editora da Unesp em tradução de Denílson Werle. Lançado exatos 60 anos após a publicação do primeiro livro de Habermas, o já clássico Mudança estrutural da esfera pública, o novo ensaio oferece uma atualização de seus temas diante da emergência das mídias sociais, do capitalismo de plataformas e suas consequências políticas.

Tags: esfera públicaHabermasPrograma de Pós-Graduação em JornalismoPrograma de Pós-Graduação em Sociologia e Ciência Política

Grupo de pesquisa lança documentário sobre cobertura jornalística de feminicídios

02/03/2023 09:05

Diante dos inúmeros casos de feminicídio ocorridos e noticiados cotidianamente em Santa Catarina, o Grupo de Pesquisa Transverso: Estudos em Jornalismo, Interesse Público e Crítica, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina, lança o documentário História Mal Contada – os feminicídios na cobertura jornalística, produzido por sua equipe. A exibição será na sexta-feira, 10 de março, às 14h30, no auditório do Centro de Comunicação e Expressão, como parte de atividades da semana do Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março.

De acordo com os dados da Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina, do período de janeiro a outubro de 2022, os crimes de feminicídio cresceram 18,4%. Foram 56 casos em 2022, e apenas em dois meses de 2023, o estado já registrou seis mortes, dados que podem ser consultados no Observatório da Violência contra a Mulher de Santa Catarina. As medidas protetivas requeridas ao longo do ano passado alcançaram 23.308, e em 2023, já chegam a 2.617, de acordo com dados do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC).

O documentário faz parte de uma pesquisa mais ampla do Grupo Transverso, intitulada Os feminicídios em Santa Catarina e a cobertura jornalística: mapeamento de um problema público, coordenada pela professora Terezinha Silva, que é uma das líderes do Grupo. Terezinha destaca que o objetivo do documentário é discutir como a questão do feminicídio é tratada pelo jornalismo. “Precisamos estimular um debate sobre o papel do jornalismo na prevenção e no combate das violências que cotidianamente matam as mulheres”.

O projeto de pesquisa do qual o documentário é um dos resultados teve o apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade Federal de Santa Catarina (Propesq), e contemplado com financiamento destinado ao apoio a novos pesquisadores da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). Produzido pela Lilás Filmes, com cerca de 25 minutos, o documentário traz o depoimento de mulheres, representantes de movimentos sociais e pesquisadoras, que têm discutido e estudado o problema das violências de gênero que resultam em feminicídios.

Serviço

O que: Lançamento do Documentário História Mal Contada
Quanto: 10/03/2023 (sexta-feira), às 14h30
Local: Auditório do CCE/UFSC (Campus Universitário Trindade – Trindade, Florianópolis – SC)
Mais informações: www.transverso.ufsc.br

Tags: feminicídioGrupo de Pesquisa TransversoPrograma de Pós-Graduação em JornalismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC comemora 15 anos com semana de eventos especiais

11/11/2022 07:36

O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina celebra seus 15 anos com uma programação especial, que ocorrerá de 21 a 25 de novembro. A Semana Comemorativa engloba palestras, rodas de conversa e mesas que discutem temas variados da pesquisa em jornalismo e encerra uma série de eventos realizados durante todo o ano de 2022.

A programação começa na segunda-feira, 21, com a palestra da antropóloga e professora da UFSC, Letícia Cesarino, autora do recém-lançado livro “O Mundo do Avesso – verdade e política na era digital” (Ubu Editora). O evento ocorre no auditório do CFH, às 9h. Já no dia 22, terça-feira, Fabiana Moraes, jornalista e professora da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), autora do livro recém-lançado A pauta é uma arma de combate  também estará presente no evento, com palestra marcada para 13h30, no auditório Henrique Fontes, no CCE. Entre os dias 21 e 24, o evento segue com a socialização das pesquisas dos mestrandos e doutorandos do programa  durante a 12ª Jornada Discente.

O encerramento da programação especial ocorre na sexta-feira, 25, com a realização de mesas temáticas sobre a pesquisa em jornalismo no Brasil e o pioneirismo da UFSC, com a presença de professores fundadores do Programa. A programação inicia às 9h, no auditório do EFI.

Sobre o Programa de Pós-Graduação em Jornalismo

Criado em 2007,  surgiu da experiência bem-sucedida de três décadas de formação de profissionais jornalistas no curso de Jornalismo, sendo um produto do amadurecimento desta área acadêmica na instituição, por meio de um contínuo investimento na formação docente, na produção científica e na criação da infraestrutura necessária ao empreendimento.

O Programa conta com três linhas de pesquisa: 1 – Cultura e Sociedade; 2 – Tecnologias, Linguagens e Inovação; e 3 – Conhecimento e profissão e ao longo desses 15 anos formou mais de 170 pesquisadores.

Programação

21/11
09h – Palestra com a Profª Drª Letícia Cesarino – Auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH)

22/11
13h30min – Palestracom a Profª Drª Fabiana Moraes – Auditório Henrique Fontes (CCE – Bloco B)

21 a 24/11
12ª Jornada Discente do PPGJor/UFSC

25/11
9h – Mesas temáticas do PPGJOR – Auditório do EFI

Tags: 15 anos Programa de Pós-Graduação em Jornalismojornada discentePrograma de Pós-Graduação em Jornalismo

Pesquisadora da UFSC ganha prêmio nacional por estudo sobre transparência no jornalismo

27/09/2022 11:06

Com uma pesquisa sobre a transparência e o seu papel no jornalismo, a dissertação da doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC, Denise Becker, foi apontada como a melhor do Brasil na área pelo prêmio Adelmo Genro Filho, concedido pela Associação Brasileira dos Pesquisadores em Jornalismo. O estudo foi defendido em setembro de 2021, com o título Transparência como valor e prática: contribuições do Projeto Credibilidade para o jornalismo brasileiro, com orientação do professor Rogério Christofoletti, do Observatório da Ética Jornalística (Objethos).

Na pesquisa, Denise desenvolve a ideia de que a transparência jornalística  é um valor fundamental para explicar o processo e a procedência da informação. “Isso requer uma disposição para abertura das organizações de notícias e de jornalistas”, pontua ela, que analisou três veículos de referência no Brasil – a Folha de São Paulo, o Poder 360 e O Povo. “São três redações de referência no Brasil, com estilos diferentes, mas que adotam os protocolos de transparência The Trust Project, Projeto Credibilidade. Esse foi o critério principal de seleção, essencialmente porque o Projeto Credibilidade, aqui no Brasil, é quem fornece a metodologia de trabalho e orientações sobre a adoção da transparência e indicadores de credibilidade”, explica.

De acordo com a pesquisadora, existe, atualmente, uma insatisfação generalizada com a mídia noticiosa, além de um cenário político polarizado e de um desapontamento com as instituições. Isso faz com que exista uma necessidade “real e urgente” para o jornalismo em construir confiança junto ao seu público. “Isso requer, entre outras questões que o estudo aborda, um protagonismo profissional maior para promover o conteúdo produzido por este profissional”, pontua Denise.

Ela ainda lembra que os jornalistas podem reduzir a desconfiança, a dúvida e a incerteza sobre as práticas jornalísticas e os acontecimentos, restabelecendo e fortalecendo sua credibilidade. Isso é possível, por exemplo, quando o profissional adota a postura de mostrar as suas práticas, métodos de trabalho, motivações e processos. Para isso, ela acredita que técnicas baseadas em indicadores de transparência possam atender a algumas necessidades para o exercício da atividade. “A transparência tem um tom desafiador da representação consensual do jornalismo, de suas competências, práticas e rotinas, além de confrontar valores e a ideologia profissional. Provoca uma ruptura a padrões já estabelecidos de que o jornalista deve se distanciar das notícias. Pelo contrário, desloca jornalistas de uma postura objetiva e imparcial para uma outra, mais aberta, participativa e de relacionamento com o público”, destaca.

A pesquisadora segue investigando a temática na tese que desenvolve no mesmo programa de pós-graduação. “A proposta para a tese é a mesma, foco na transparência como uma técnica jornalística, mas quero perguntar às audiências se adicionar elementos de transparência às notícias muda a percepção e o sentimento de confiança sobre o conteúdo”, pontua ela, que ainda está definindo a temática junto ao orientador, Rogério Christofoletti. Denise considera que, no caso da dissertação premiada, o impacto do trabalho para a prática profissional é um processo gradual. “Efetivamente, acredito que, num futuro próximo, a técnica da transparência e o emprego de seus elementos para dar visibilidade ao conteúdo noticioso será ensinada nas escolas de jornalismo e nas redações profissionais de forma ampla. No fim das contas, trata-se de uma postura de aprendizado e abertura para nós, jornalistas, tanto na academia quanto na lida diária das redações”.

 

Tags: objETHOSPrêmio Adelmo Genro FilhoPrêmio Adelmo Genro Filho de Pesquisa em JornalismoPrograma de Pós-Graduação em Jornalismo

Rádio Ponto UFSC faz cobertura especial sobre a pandemia de Covid-19

06/05/2020 08:50

A Rádio Ponto UFSC está com uma cobertura especial sobre a pandemia do novo coronavírus. Desde o dia 17 de março, quando a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) suspendeu suas atividades presenciais, e sem acesso aos estúdios da emissora no campus de Florianópolis, uma equipe formada por alunos, professores e técnicos do Curso de Graduação em Jornalismo e do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo produz o podcast “Repórter UFSC”, carro-chefe da webrádio, agora em novo formato. Todos produzindo a partir de suas casas, respeitando as orientações da ciência, da área da saúde e das autoridades para a contenção da pandemia.

De segunda a sexta-feira, bolsistas, professores coordenadores e um grande número de estudantes voluntários trabalham para informar aos ouvintes atualizações do enfrentamento da Covid-19 na UFSC, em Santa Catarina, no Brasil e no mundo. Além das notícias, também vão ao ar boletins com dicas sobre o que fazer em casa no período de distanciamento social.

Para conferir novos episódios e também os anteriores, acesse a página da Rádio Ponto no Facebook ou o perfil no Spotify. O site oficial da emissora e suas demais redes, como Instagram, YouTube e Mix Cloud, voltarão a ser atualizados com o retorno de melhores condições de produção e transmissão.

 

 

Texto: graduando Lucas Ortiz, bolsista de extensão/produtor-chefe da Rádio Ponto UFSC.

Tags: coronavíruscurso de jornalismoPrograma de Pós-Graduação em JornalismoRádio PontoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Jornalismo lança edital para selecionar mestrandos e doutorandos

09/03/2020 14:11

O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPGJOR) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está com inscrições abertas para mestrado e doutorado. Interessados podem fazer suas inscrições gratuitas até 17 de março. São ofertadas 18 vagas de mestrado e 13 de doutorado.

A seleção tem três etapas: avaliação de projetos e currículos, prova escrita e entrevista. Datas, prazos e detalhes da disputa estão no edital do processo seletivo 2020, e um modelo de projeto de pesquisa a ser submetido está disponível no site do PPGJOR.

PPGJOR é um programa dedicado a pesquisar o jornalismo e a formar investigadores e professores na área. Seus 15 docentes estão distribuídos em três linhas de pesquisa: Cultura e Sociedade; Tecnologias, Linguagens e Inovação; e Conhecimento e Profissão. O programa existe desde 2007, é um dos únicos do país a oferecer mestrado e doutorado em jornalismo e tem nota 4 no sistema de avaliação da Capes.

Tags: doutoradojornalismomestradopós-graduaçãoPrograma de Pós-Graduação em JornalismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Construção da perspectiva de gênero no jornalismo é tema de livro de doutoranda da UFSC

13/11/2019 09:43

A possibilidade de existência de uma objetividade feminista no jornalismo, a partir da perspectiva de diversas mulheres, sejam elas jornalistas ou fontes noticiosas, com diferentes localizações é o tema do livro Jornalistas e feministas – a construção da perspectiva de gênero no jornalismo, da doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC Jessica Gustafson. A obra será lançada no dia 14 de novembro, quinta-feira, às 19 horas, na Fundação Cultural Badesc. A autora irá conversar e autografar a obra, que será comercializada pelo valor de R$ 50. 

De acordo com a autora, ao longo da edição, o jornalismo feminista é visto através de um olhar crítico, mas ao mesmo tempo sensível, com rigor aos conceitos, métodos e técnicas, que busca primeiramente um mergulho histórico dos Estudos de Gênero – contextualizando o surgimento do movimento feminista nos Estados Unidos, na Europa e no Brasil, situando as diferentes frentes feministas e dando ênfase à perspectiva de crítica à Ciência.

A publicação integra a série Jornalismo a Rigor, uma parceria da Editora Insular com o Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que tem o objetivo de publicar obras que possam gerar reflexões acadêmicas e contribuam para elevar o senso crítico e a qualidade na prática do Jornalismo como atividade intelectual.

Autora

Jessica Gustafson é doutoranda e mestra em Jornalismo pelo Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC e especialista em Gênero e Sexualidade pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Serviço

O quê: Lançamento do livro Jornalistas e feministas – a construção da perspectiva de gênero no jornalismo, de Jessica Gustafson;

Quando: 14 de novembro, quinta-feira;

Horário: 19h;

Local: Fundação Cultural Badesc – Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro de Florianópolis;

Quanto: Entrada gratuita.

 

Tags: feminismofeministagênerojornalismoperspectiva de gêneroPrograma de Pós-Graduação em JornalismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Professor da UFSC lança livro sobre a crise do jornalismo

17/05/2019 10:21

Desde 2012, foram extintos mais de 2300 empregos para jornalistas no Brasil. Das 100 revistas mais lidas em 2014, 35 delas já não circulam mais. Nos Estados Unidos, mais de 1800 jornais desapareceram em 14 anos. Os números impressionam e poderiam sinalizar uma sentença dramática: o jornalismo morreu. “Sim, temos uma grande crise no setor, mas é preciso compreendê-la para apontar saídas”, argumenta o professor de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Rogério Christofoletti, que acaba de lançar “A crise do jornalismo tem solução?” (Editora Estação das Letras e Cores).
(more…)

Tags: A crise do jornalismo tem solução?jornalismolançamentolivroPPGJorPrograma de Pós-Graduação em JornalismoRogério ChristofolettiUFSC

‘Mídia e migração’ é tema da aula inaugural da Pós em Jornalismo

25/03/2019 08:51

O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPGJOR) realiza a aula inaugural do semestre com palestra da pesquisadora alemã Susanne Fengler, da Universidade de Dortmund. Com o tema “Mídia e Migração na Europa”, a palestra ocorre no auditório do EFI (CCE/UFSC), nesta segunda-feira, 25 de março, às 15h, com mediação professores Eduardo Meditsch e Cristiane Fontinha. A aula inaugural faz parte das comemorações dos 40 anos do Curso de Jornalismo da UFSC e é uma promoção do PPGJOR em parceria com o Centro Alemão de Ciência e Inovação São Paulo (DWIH São Paulo). 
(more…)

Tags: jornalismoPrograma de Pós-Graduação em JornalismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Jornalismo em debate: análise da cobertura eleitoral na América Latina

12/12/2018 08:35

O Seminário Internacional: mídia, política e credibilidade da informação jornalística marcou os nove anos de fundação do Observatório da Ética Jornalística (objETHOS) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e contou com duas mesas redondas para debater as temáticas Credibilidade jornalística e Mídia, política e a cobertura das eleições 2018. O evento, promovido pelo objETHOS, com apoio do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PPGJOR) e do Departamento de Jornalismo, foi realizado no dia 30 de novembro no Auditório Elke Hering da Biblioteca Central da UFSC. Pela manhã, o Seminário reuniu professores para discutir credibilidade jornalística, confira na matéria Jornalismo em debate: credibilidade da mídia é tema de seminário.
(more…)

Tags: CCECentro de Comunicação e Expressãodepartamento de JornalismojornalismoPPGJorPrograma de Pós-Graduação em JornalismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Tese de estudante da UFSC sobre transformações das redações jornalísticas é publicada em livro

11/07/2018 18:46

A primeira tese de doutorado defendida no Programa de Pós-graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGJor/UFSC), de autoria do jornalista Alexandre Lenzi, acaba de ser publicada em livro. Com o título “Inversão de papel: prioridade ao digital, um novo ciclo de inovação para jornais impressos“, o trabalho foi orientado pela professora Raquel Ritter Longhi e envolveu mais de três anos de pesquisas e entrevistas com profissionais de oito jornais do Brasil, Argentina e Espanha.
(more…)

Tags: digitaldoutoradojornalismojornalismo onlinelançamentolivroPPGJorPrograma de Pós-Graduação em JornalismoteseUFSC

Programa de Pós-Graduação em Jornalismo promove palestra sobre notícias falsas nesta quarta-feira

09/08/2017 12:40

O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC promove a palestra “Notícias Falsas e outros problemas do Jornalismo contemporâneo” com Carlos Müller, jornalista e consultor da Associação Nacional dos Jornais (ANJ). O evento será realizado nesta quarta-feira, 9 de agosto, às 18h30, no auditório do Centro de Comunicação e Expressão (CCE). 

A palestra é aberta ao público.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-6610.

 

Tags: Pós em JornalismoPrograma de Pós-Graduação em JornalismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Programa de Pós, Curso e Departamento de Jornalismo da UFSC homenageiam Nilson Lage

07/12/2016 09:23

O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC (Posjor), em parceria com o Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina (SJSC), promove nesta sexta-feira, 9 de dezembro, a partir das 15h, um evento em homenagem ao professor Nilson Lage, pela passagem dos seus 80 anos. Além da cerimônia, haverá um painel sobre sua vida e obra, com palestras dos professores Samuel Lima e Eduardo Meditsch e do próprio Nilson Lage. Convite homenagem Nilson Lage

O evento encerra a 6ª Jornada Discente do Posjor, atividade destinada à apresentação de trabalhos dos alunos do Programa. O local é o Auditório do EFI (Espaço Físico Integrado) da UFSC, prédio da Universidade próximo ao Centro de Comunicação e Expressão (CCE).

Na cerimônia de homenagem, integram a mesa de saudação ao professor Nilson Lage a coordenadora do POSJOR, Raquel Longhi, a Chefe do Departamento de Jornalismo, Maria José Baldessar, a coordenadora do curso de Jornalismo, Rita de Cássia Paulino, e o presidente do Sindicato dos Jornalistas, Aderbal Filho.

Logo após a cerimônia, Lage profere palestra no painel “Em defesa da dignidade do Jornalismo, seu ensino e pesquisa”, ao lado dos professores Samuel Lima e Eduardo Meditsch, mediado pela professora Valci Zuculoto.

 

Tags: jornalismoNilson LagePOSJORPrograma de Pós-Graduação em JornalismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Revista ‘Estudos em Jornalismo e Mídia’ aborda verdades, sentidos e narrativas

04/12/2015 10:51

A revista Estudos em Jornalismo e Mídia, do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (Posjor), acaba de publicar o número 2 do volume 12, referente ao segundo semestre de 2015.

A edição tem como eixo temático Verdades, Narrativas e Sentidos. Além dos nove artigos do dossiê, a revista traz ainda seis textos de temas livres e uma resenha de livro.

Mais informações no site.

Tags: Estudos em Jornalismo e MídiaPOSJORPrograma de Pós-Graduação em JornalismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Programa de Pós-Graduação em Jornalismo promove 5ª Jornada Discente

03/12/2015 09:14

A V Jornada Discente do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (Posjor) da Universidade Federal de Santa Catarina reúne, nos dias 10 e 11 de dezembro, 48 trabalhos de mestrandos e doutorandos.  Criada em 2011, quando havia apenas Mestrado, a Jornada Discente comemora cinco anos em 2015, incorporando os projetos de Doutoramento, inaugurado em agosto de 2014. O evento será realizado nas salas Hassis e Drummond e no auditório do Centro de Comunicação e Expressão. As mesas temáticas serão mediadas por professores e pós-doutorandos do POSJOR.

Além das apresentações, a V Jornada inclui a mesa-redonda “Coronelismo Eletrônico: os donos da mídia no Brasil” e a exposição sobre o tema no hall do CCE, de 4 a 14 de dezembro. O Mestrado e o Doutorado em Jornalismo têm duas linhas de pesquisa: Jornalismo, Cultura e Sociedade e Tecnologias, Linguagens e Inovação no Jornalismo.

O evento é aberto a professores, pesquisadores, jornalistas, estudantes de graduação e de pós-graduação e interessados na temática, com direito a certificado.

Confira a programação.

Mais informações pelos telefones 3721-6610 (secretaria do Posjor, à tarde) e 9127-5546 (coordenação) e na página do Posjor.

Tags: jornada discentePrograma de Pós-Graduação em JornalismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Pesquisadores da Pós em Jornalismo apresentam trabalhos em Portugal, Espanha e Uruguai

06/11/2015 08:18

O professor Jorge Kanehide Ijuim vai representar o Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (Posjor) da UFSC no 9º Sopcom – Congresso da Associação Portuguesa de Comunicação -, que será realizado na Universidade de Coimbra, Portugal, de 12 a 14 de novembro. O pesquisador apresenta a comunicação “Imprensa, indígenas versus ruralistas: As tensões entre o modelo desenvolvimentista e o bom viver (tekove porã)”. O trabalho foi produzido em coautoria com a jornalista Moema Guedes Urquiza e o antropólogo Antônio Hilário Aguilera Urquiza, ambos pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.
(more…)

Tags: Programa de Pós-Graduação em JornalismoUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina

Rádio Ponto, TV UFSC, TJ UFSC e jornal Zero promovem debate nesta quarta-feira

28/10/2015 07:14

A Rádio Ponto, o telejornal TJ UFSC e o jornal Zero irão para promover um debate entre as duas candidaturas na disputa do segundo turno da consulta para a Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina. As duas chapas concorrentes – “A UFSC pode mais”, encabeçada por Luis Carlos Cancellier, e a “UFSC +”, por Edson De Pieri – confirmaram presença. O encontro será realizado nesta quarta-feira, 28 de outubro, às 19h, com transmissão ao vivo pela Rádio Ponto , TV UFSC e pelo TJ UFSC.

O evento será transmitido dos estúdios do Laboratório de Telejornalismo, no campus Trindade, pelos sites www.radioponto.ufsc.br e  www.tjufsc.ufsc.br. Para quem não puder assistir a transmissão ao vivo nos sites, o debate ficará disponível para acesso e/ou download, na íntegra, desde a manhã da quinta-feira, dia 29, nos sites e no Facebook.

O debate será mediado pelo professor do curso e do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PosJor) Rogério Christofoletti e pelo estagiário da Rádio, Guilherme Longo. A coordenação é dos supervisores da Rádio Ponto e LabRadiojornalismo, Valci Zuculoto e Eduardo Meditsch, da coordenadora do TJ, Cárlida Emerim, e do professor Marcelo Barcelos, do jornal laboratório Zero.

Uma comissão de observadores para avaliar eventuais pedidos de direito de resposta vai acompanhar todo o debate nos estúdios. Ela será formada pelo presidente da Comissão Estadual de Ética dos Jornalistas Catarinenses, Valmor Fritsche; pelo presidente do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, Aderbal João da Rosa Filho; e pela professora Rita Paulino.

O segundo turno da consulta está marcado para 11 de novembro. Estão aptos a votar professores, técnicos administrativos e alunos de todos os campi da UFSC (Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville), incluindo servidores do Colégio de Aplicação e seus estudantes com idade a partir de 16 anos.

 Com informações de Guilherme Longo/estagiário da Rádio Ponto UFSC

Tags: Colégio de AplicaçãoLaboratório de TelejornalismoPrograma de Pós-Graduação em JornalismoRádio PontoSindicato dos Jornalistas de Santa CatarinaTJ UFSCUFSCUniversidade Federal de Santa Catarina